Você está na página 1de 28

Termodinâmica

Banco de questões 2/2020


Professor Manuel

Prova 1
Questão 1 A pressão ao nível do mar é 1025 mbar. Suponha que você mergulhe a
18 m de ...

Capítulo 1 Questão 1

a) José Silva, um aluno de engenharia à moda antiga, acredita que o ponto de


ebulição da água é o ponto de referência mais adequado para as escalas de
temperatura. Infeliz com o fato de que o ponto de ebulição corresponde a algum
número esquisito nas escalas atuais de temperatura absoluta, ele propôs uma nova
escala de temperatura absoluta que chama de escala Silva. A unidade de
temperatura absoluta dessa escala é silva, representada pela letra S, e o ponto de
ebulição da água nessa escala é atribuído como 750 S. Determine o ponto de gelo
da água na escala Silva. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas
casas decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

549,05 S

+/- 54,91

b) José Silva, um aluno de engenharia à moda antiga, acredita que o ponto de


ebulição da água é o ponto de referência mais adequado para as escalas de
temperatura. Infeliz com o fato de que o ponto de ebulição corresponde a algum
número esquisito nas escalas atuais de temperatura absoluta, ele propôs uma nova
escala de temperatura absoluta que chama de escala Silva. A unidade de
temperatura absoluta dessa escala é silva, representada pela letra S, e o ponto de
ebulição da água nessa escala é atribuído como 1500 S. Determine o ponto de gelo
da água na escala Silva. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas
casas decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

1098,09 S

+/- 109,81

Exemplo:
Questão 1

TCV=99.975

TC0A=-273.15

TSV=750

TS0A=0

TCX=0

TSX=TS0A+(TCX-TC0A)*(TSV-TS0A)/(TCV-TC0A)

Capítulo 1 Questão 2

a) Um mergulhador a 5m de profundidade no oceano observa que o manômetro


do tanque de ar indica uma pressão de 65kPa. Em que profundidade em metros a
pressão manométrica será zero. Assuma a pressão atmosférica de 1 atm, densidade
da água 997 kg/m3 e aceleração da gravidade 9,81 m/s2. A resposta deve ser escrita
no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação
científica).

11,65m

+/- 1,16

b) Um mergulhador a 8m de profundidade no oceano observa que o manômetro


do tanque de ar indica uma pressão de 95kPa. Em que profundidade em metros a
pressão manométrica será zero. Assuma a pressão atmosférica de 1 atm, densidade
da água 997 kg/m3 e aceleração da gravidade 9,81 m/s2. A resposta deve ser escrita
no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação
científica).

20,71 m

+/- 2,07

Exemplo:
Questão 2

rho=997

g=9.81

hp1=5

PMP1=65000

h=PMP1/(rho*g)

hp2=hp1+h

Capítulo 2 Questão 1

a) Em um determinado local, o vento sopra a uma velocidade constante de 10m/s.


A partir do potencial de geração de potência de uma turbina eólica com pás de
60m de diâmetro naquele local, determine a geração real de potência elétrica em
W, supondo uma eficiência global de 35%. Suponha que a densidade do ar seja de
1,20 kg/m3. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas
decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

593761,01 W

+/- 59376,10

b) Em um determinado local, o vento sopra a uma velocidade constante de 11m/s.


A partir do potencial de geração de potência de uma turbina eólica com pás de
55m de diâmetro naquele local, determine a geração real de potência elétrica em
W, supondo uma eficiência global de 25%. Suponha que a densidade do ar seja de
1,15 kg/m3. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas
decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

454570,42 W

+/- 45457,04

Exemplo:
Questão 1

rho=1,20

V=10

D=60

rend=0,35

A=pi*D^2/4

mp=rho*V*A

Wp=mp*V^2/2

WpR=rend*Wp

Capítulo 2 Questão 2

a) A bomba de um sistema de distribuição de água é alimentada por um motor


elétrico de 12kW cuja eficiência é de 80%. A vazão de água na bomba é de 40l/s.
Os diâmetros dos tubos de entrada e saída são iguais, e a diferença de altura
através da bomba é desprezível. Se as pressões absolutas de entrada e saída da
bomba indicarem 175kPa e 325kPa, respectivamente, determine a eficiência
mecânica da bomba em %. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com
duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

62,50 %

+/- 6,25

b) A bomba de um sistema de distribuição de água é alimentada por um motor


elétrico de 10kW cuja eficiência é de 85%. A vazão de água na bomba é de 60l/s.
Os diâmetros dos tubos de entrada e saída são iguais, e a diferença de altura
através da bomba é desprezível. Se as pressões absolutas de entrada e saída da
bomba indicarem 225kPa e 350kPa, respectivamente, determine a eficiência
mecânica da bomba em %. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com
duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

88,24 %
+/- 8,82

Exemplo:

Questão 2

Wpm=12000

Em=0,80

Vv=40*0,001

Pe=175000

Ps=325000

Wpb=(Ps-Pe)*Vv

Eb=Wpb/(Em*Wpm)

Capítulo 3 Questão 1

a) Um tanque rígido contém inicialmente 1,5kg de uma mistura saturada de água a


150oC. Neste estado 1/8 do volume é ocupado pelo líquido e o restante pelo vapor.
Calor é então fornecido a água até que o tanque contenha apenas vapor saturado.
Determine a variação da energia interna da água em J. A resposta deve ser escrita
no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação
científica).

2613110,17 J

+/- 261311,02

b) Um tanque rígido contém inicialmente 1,8kg de uma mistura saturada de água a


100oC. Neste estado 1/16 do volume é ocupado pelo líquido e o restante pelo
vapor. Calor é então fornecido a água até que o tanque contenha apenas vapor
saturado. Determine a variação da energia interna da água em J. A resposta deve
ser escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não
utilizar notação científica).

3773212,78 J

+/- 377321,28

Exemplo:

Questão 1

m=1,5

pvl=1/8

pvv=1-pvl

T1=150

Consultar a tabela da H2O e determinar:

vl1=0,001091

vv1=0,39248

ul1=631,66

uv1=2559,10

x1=(pvv/vv1)/(pvl/vl1+pvv/vv1)

v1=vl1+x1*(vv1-vl1)

V=m*v1

u1=ul1+x1*(uv1-ul1)

v2=v1

Consultar a tabela da H2O e determinar:

T2=351,31

P2=16801,61
u2=2410,52

m*(u2-u1)*1000

Capítulo 3 Questão 2

a) Determine a pressão de vapor d’água a 614,92K e 0,027134m3/kg, utilizando a


tabela de vapor e o diagrama generalizado de compressibilidade. Assuma o valor
obtido pela tabela de vapor como referência e calcule o erro relativo percentual. A
resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a
vírgula (não utilizar notação científica).

0,28

+/- 0,03

b) Determine a pressão de vapor d’água a 582,52K e 0,040620m3/kg, utilizando a


tabela de vapor e o diagrama generalizado de compressibilidade. Assuma o valor
obtido pela tabela de vapor como referência e calcule o erro relativo percentual. A
resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a
vírgula (não utilizar notação científica).

0,34

+/- 0,03

Exemplo:

Questão 2

Tcr=647,1

Pcr=22060000

M=18,015

vcr=0,0560/M

R=461,5;

T=614,92;
v=0,027134;

Consultar tabela da H2O e determinar:

Pa=8469408,43

Pb=R*T/v

Tr=T/Tcr

vr=v/(R*Tcr/Pcr)

Consultar o gráfico do fator de compressibilidade e determinar:

Pr=0,385

Pc=Pcr*Pr

100*abs(Pa-Pc)/Pa

Capítulo 4 Questão 1

a) Um recipiente de volume igual a 2,5 litros contém um gás ideal A sob pressão de
3,0atm e a 30oC. Outro recipiente, com volume igual a 2,0 litros, contém um
segundo gás ideal B a 30oC sob pressão de 1,5atm. Os dois recipientes são
conectados mediante conduto de volume desprezível. E qual é a pressão total da
mistura (em Pa)? A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas
decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

236425,00 Pa

+/- 23642,5

b) Um recipiente de volume igual a 0,5 litros contém um gás ideal A sob pressão de
1,5atm e a 25oC. Outro recipiente, com volume igual a 2,5 litros, contém um
segundo gás ideal B a 25oC sob pressão de 3,5atm. Os dois recipientes são
conectados mediante conduto de volume desprezível. E qual é a pressão total da
mistura (em Pa)? A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas
decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

320862,50 Pa

+/- 32086,25
Exemplo:

Questão 1

T=30+273,15

VA=2,5*0,001

PA=3*101325

VB=2*0,001

PB=1,5*101325

VAB=VA+VB;

PAB=(PA*VA+PB*VB)/VAB

Capítulo 4 Questão 2

a) Ar passa por um processo politrópico de compressão em uma montagem pistão-


cilindro de P1=1,5bar e T1=25oC para P2=6bar. Empregando o modelo de gás ideal,
determine o calor transferido por unidade de massa, em J/kg. Assuma o expoente
do processo politrópico n=1,35, e calores específicos variáveis com a temperatura.
A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a
vírgula (não utilizar notação científica).

12612,80 J/kg

+/- 1261,28

b) Ar passa por um processo politrópico de compressão em uma montagem


pistão-cilindro de P1=1,75bar e T1=30oC para P2=5,5bar. Empregando o modelo de
gás ideal, determine o calor transferido por unidade de massa, em J/kg. Assuma o
expoente do processo politrópico n=1,25, e calores específicos variáveis com a
temperatura. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas
decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

33369,29 J/kg
+/- 3336,93

Exemplo:

Questão 2

P1=1,5*100000

T1=25+273,15

P2=6*100000

R=287

v1=R*T1/P1

n=1,35

v2=(P1/P2)^(1/n)*v1

T2=P2*v2/R

Consultar a tabela do Ar e determinar:

u1=212747,25

u2 = 305869,32

wb=(P2*v2-P1*v1)/(1-n);

q=u2-u1-abs(wb)

Capítulo 5 Questão 1

a) Vapor d’água entra um bocal convergente-divergente operando em regime


permanente com P1=50bar, T1=500oC, e uma velocidade de 15m/s. O vapor escoa
através do bocal com transferência de calor negligenciável e sem mudança
significativa em energia potencial. Na saída, P2=14bar, e a velocidade é 600m/s. O
fluxo de massa é 6kg/s. Determine a área de saída do bocal, em cm2. A resposta
deve ser escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não
utilizar notação científica).
21,73 cm2

+/- 2,17

b) Vapor d’água entra um bocal convergente-divergente operando em regime


permanente com P1=35bar, T1=600oC, e uma velocidade de 18m/s. O vapor escoa
através do bocal com transferência de calor negligenciável e sem mudança
significativa em energia potencial. Na saída, P2=12bar, e a velocidade é 700m/s. O
fluxo de massa é 3kg/s. Determine a área de saída do bocal, em cm2. A resposta
deve ser escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não
utilizar notação científica).

12,29 cm2

+/- 1,23

Exemplo:

Questão 1

T1=500

P1=50*100000

V1=15

P2=14*100000

V2=600

mp=6

Consultar a tabela da H2O e deternar:

h1=3434700

h2 = h1 + V1^2/2 - V2^2/2;

Consultar a tabela da H2O e deternar:


v2=0,217286390046296

A2=mp*v2/V2*1e4

Capítulo 5 Questão 2

a) Vapor d’água entra em uma turbina operando em regime permanente com uma
taxa de escoamento de massa de 4000kg/h. A turbina desenvolve uma potência de
saída de 1500kW. Na entrada, a pressão é 50bar, a temperatura é 600oC, e a
velocidade é 15m/s. Na saída, a pressão é 0,2bar, o título é 0,85 (85%), e a
velocidade é 60m/s. Calcule a taxa de transferência de calor entre a turbina e a
vizinhança, em W. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas
decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

66593,89 W

+/- 6659,39

b) Vapor d’água entra em uma turbina operando em regime permanente com uma
taxa de escoamento de massa de 5000kg/h. A turbina desenvolve uma potência de
saída de 1250kW. Na entrada, a pressão é 40bar, a temperatura é 500oC, e a
velocidade é 12m/s. Na saída, a pressão é 0,4bar, o título é 0,95 (95%), e a
velocidade é 55m/s. Calcule a taxa de transferência de calor entre a turbina e a
vizinhança, em W. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas
decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

33865,97 W

+/- 3386,60

Exemplo:

Questão 2

mp=4000/(60*60)

Wps=1500000

P1=50*100000
T1=600

V1=15

P2=0,2*100000

x2=0,85

V2=60

Consultar a tabela da H2O e determinar:

h1= 3666900

Consultar a tabela da H2O e determinar:

h2= 2255278

Qps=mp*(h1-h2+V1^2/2-V2^2/2)-Wps

Prova 2
Capítulo 6 Questão 1

a) Um método promissor de geração de energia envolve a coleta e o


armazenamento de energia solar em um lago artificial com poucos metros de
profundidade, denominado lago solar. A energia solar é absorvida em todas as
partes do lago e a temperatura da água aumenta em todos os lugares. A parte de
cima do lago, porém, perde para a atmosfera muito do calor absorvido e, por isso,
sua temperatura cai. Essa água fria serve como isolamento da parte de baixo do
lago e ajuda a aprisionar a energia. Em geral coloca-se sal no fundo do lago para
evitar que a água quente suba. Uma usina de energia que utilize um fluido orgânico
– como álcool – como fluido de trabalho pode ser operada entre as partes de cima
e de baixo do lago. Se a tempera da água for de 35oC nas proximidades da
superfície e de 80oC no fundo do lago, determine a eficiência térmica máxima (em
%) que essa usina de energia poderá ter, em %. A resposta deve ser escrita no
formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação
científica).

10,20 %

+- 1,02 %
b) Um método promissor de geração de energia envolve a coleta e o
armazenamento de energia solar em um lago artificial com poucos metros de
profundidade, denominado lago solar. A energia solar é absorvida em todas as
partes do lago e a temperatura da água aumenta em todos os lugares. A parte de
cima do lago, porém, perde para a atmosfera muito do calor absorvido e, por isso,
sua temperatura cai. Essa água fria serve como isolamento da parte de baixo do
lago e ajuda a aprisionar a energia. Em geral coloca-se sal no fundo do lago para
evitar que a água quente suba. Uma usina de energia que utilize um fluido orgânico
– como álcool – como fluido de trabalho pode ser operada entre as partes de cima
e de baixo do lago. Se a tempera da água for de 25oC nas proximidades da
superfície e de 90oC no fundo do lago, determine a eficiência térmica máxima (em
%) que essa usina de energia poderá ter, em %. A resposta deve ser escrita no
formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação
científica).

17,90 %

+- 1,79 %

Exemplo:

Questão 1

Rend=(1-(273,15+35)/(273,15+70))*100

Capítulo 6 Questão 2

a) Um inventor afirma ter desenvolvido um ciclo de potência capaz de produzir um


trabalho líquido de saída de 340kJ para uma entrada de energia por transferência
de calor de 1.000kJ. O sistema que opera sob o ciclo recebe a transferência de calor
de gases quentes a temperatura de 500K e descarregam energia por transferência
de calor para a atmosfera a 300K. Determine a eficiência térmica máxima que esse
ciclo de potência poderá ter, em %. A resposta deve ser escrita no formato decimal
e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

40%

+- 4,0%
b) Um inventor afirma ter desenvolvido um ciclo de potência capaz de produzir um
trabalho líquido de saída de 410kJ para uma entrada de energia por transferência
de calor de 1.000kJ. O sistema que opera sob o ciclo recebe a transferência de calor
de gases quentes a temperatura de 625K e descarregam energia por transferência
de calor para a atmosfera a 325K. Determine a eficiência térmica máxima que esse
ciclo de potência poderá ter, em %. A resposta deve ser escrita no formato decimal
e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

48%

+- 4,8%

Exemplo:

Questão 2

Rend=(1-(300)/(500))*100

Capítulo 7 Questão 1

a) Vapor entra em uma turbina com uma pressão de 35bar, a temperatura de 450oC,
e a uma velocidade de 180m/s. Vapor saturado a 120oC sai com a velocidade de
120m/s. No estado estacionário, a turbina desenvolve trabalho igual a 600kJ por kg
de vapor escoando através da turbina. Transferência de calor entre a turbina e sua
vizinhança ocorre a uma temperatura média da superfície externa de 400K.
Determine a entropia gerada por kg de vapor escoando, em J/kg K. Negligencie a
variação de energia potencial entre a entrada e a saída. A resposta deve ser escrita
no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação
científica).

224,55 J/kgK

22,46 J/kgK

b) Vapor entra em uma turbina com uma pressão de 32bar, a temperatura de


420oC, e a uma velocidade de 150m/s. Vapor saturado a 110oC sai com a velocidade
de 110m/s. No estado estacionário, a turbina desenvolve trabalho igual a 570kJ por
kg de vapor escoando através da turbina. Transferência de calor entre a turbina e
sua vizinhança ocorre a uma temperatura média da superfície externa de 370K.
Determine a entropia gerada por kg de vapor escoando, em J/kg K. Negligencie a
variação de energia potencial entre a entrada e a saída. A resposta deve ser escrita
no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação
científica).

330,26 J/kgK

33,03 J/kgk

Exemplo:

Questão 1

P1=35*100000

T1=450

V1=180

T2=120

V2=120

T0=400

ws=600000

Consultar a tabela da H2O e determinar:

h1=3338100

s1=7007,40

Consultar a tabela da H2O e determinar:

h2=2706000

s2=7129,20

qs=h1-h2+(V1^2)/2-(V2^2)/2-ws

sg=(s2-s1)+qs/T0

Capítulo 7 Questão 2
a) Vapor d’água entra um bocal operando em regime permanente a P1=1,4MPa e
T1=350oC com uma velocidade de 45m/s. A pressão e temperatura da saída são
P2=0,1MPa e T2=150oC. Não existe transferência de calor significativa entre o bocal
e sua vizinhança, e variações em energia potencial entre a entrada e saída podem
ser negligenciadas. Determine a eficiência isoentrópica do bocal, em %. A resposta
deve ser escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não
utilizar notação científica).

67,06%

6,71%

b) Vapor d’água entra um bocal operando em regime permanente a P1=1,2MPa e


T1=400oC com uma velocidade de 35m/s. A pressão e temperatura da saída são
P2=0,2MPa e T2=200oC. Não existe transferência de calor significativa entre o bocal
e sua vizinhança, e variações em energia potencial entre a entrada e saída podem
ser negligenciadas. Determine a eficiência isoentrópica do bocal, em %. A resposta
deve ser escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não
utilizar notação científica).

87,16%

8,72%

Exemplo:

Questão 2

P1=1,4*1000000

T1=350

V1=45

P2=1,0*100000

T2=150

Consulta a tabela da H2O e determinar:

h1=3150100,00

s1=7137,90
Consulta a tabela da H2O e determinar:

h2= 2776600,00

Consulta a tabela da H2O e determinar:

h2s=2592619,38

V2=2*(h1-h2+(V1^2)/2)^0,5

V2s=2*(h1-h2s+(V1^2)/2)^0,5

ES=(V2^2)/(V2s^2)*100

Capítulo 9 Questão 1

a) A razão de compressão de um motor a gasolina é 8 para 1. Sabendo que a


pressão máxima no ciclo é igual a 5000kPa, que a temperatura e pressão do ar
antes da compressão são iguais a 280K e 85kPa, determine a razão entre o trabalho
de expansão e o de compressão. Admita que as propriedades do ar sejam aquelas
do ar padrão. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas
decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

3,51

0,35

b) A razão de compressão de um motor a gasolina é 9 para 1. Sabendo que a


pressão máxima no ciclo é igual a 4500kPa, que a temperatura e pressão do ar
antes da compressão são iguais a 290K e 95kPa, determine a razão entre o trabalho
de expansão e o de compressão. Admita que as propriedades do ar sejam aquelas
do ar padrão. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas
decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

2,37

0,24

Exemplo:
Questão 1

r=8

T1=280

P1=85*1000

P3=5000000

Consultar a tabela do Ar e determinar:

u1=199750

vr1= 738

vr2=vr1/r

Consultar a tabela do Ar e determinar:

T2=631,53

u2= 458963,06

P2=P1*r*T2/T1

T3=T2*P3/P2

Consultar a tabela do Ar e determinar:

u3=1735358,82

vr3= 2,52

vr4=vr3*r

Consultar a tabela do Ar e determinar:

u4=825215,73

we_wc=(u3-u4)/(u2-u1)

Capítulo 9 Questão 2
a) Uma usina a turbina a gás que opera em um ciclo Brayton ideal. A temperatura e
a pressão do gás são de 290K e 90kPa na entrada do compressor e 1500K e 1,1MPa
na entrada da turbina. Determine o fluxo de massa de ar (em kg/s) para a potência
líquida de 80MW, assumindo que a turbina e o compressor têm eficiência
isentrópica de 95% e 85%, respectivamente. Admita as hipóteses do ar padrão. A
resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a
vírgula (não utilizar notação científica).

195,16kg/s

19,52kg/s

b) Uma usina a turbina a gás que opera em um ciclo Brayton. A temperatura e a


pressão do gás são de 280K e 85kPa na entrada do compressor e 1900K e 1,2MPa
na entrada da turbina. Determine o fluxo de massa de ar (em kg/s) para a potência
líquida de 90MW, assumindo que a turbina e o compressor têm eficiência
isentrópica de 90% e 80%, respectivamente. Admita as hipóteses do ar padrão. A
resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a
vírgula (não utilizar notação científica).

157,94kg/s

15,79kg/s

Exemplo:

Questão 2

T1=290

P1=90*1000

T3=1500

P2=1100*1000

Wdot=80*1000000

EST=0,95

ESC=0,85
Consultar a tabela do Ar e determinar:

h1=290160,00

Pr1= 1,23

Pr2=Pr1*P2/P1

Consultar a tabela do Ar e determinar:

h2=593553,80

Consultar a tabela do Ar e determinar:

h3=1635970,00

Pr3=601,90

Pr4=Pr3*P1/P2

Consultar a tabela do Ar e determinar:

h4=828760,93

wts=h3-h4

wcs=h2-h1

mdot = Wdot/((wts*EST)-(wcs/ESC))

Capítulo 10 Questão 1

a) Uma central de potência a vapor, operando num ciclo Rankine, apresenta


pressão máxima igual a 6MPa e mínima de 20kPa. Sabendo que o valor mínimo
aceitável para o título do vapor na seção de descarga da turbina é 96% e que a
potência gerada na turbina é igual a 9MW, determine a vazão mássica de água no
ciclo, em kg/s. Considere uma eficiência isoentrópica de 85% e 80% para a turbina e
a bomba, respectivamente. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com
duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

6,72kg/s

+- 0,67kg/s
b) Uma central de potência a vapor, operando num ciclo Rankine, apresenta
pressão máxima igual a 4,5MPa e mínima de 10kPa. Sabendo que o valor mínimo
aceitável para o título do vapor na seção de descarga da turbina é 93% e que a
potência gerada na turbina é igual a 10MW, determine a vazão mássica de água no
ciclo, em kg/s. Considere uma eficiência isoentrópica de 90% e 85% para a turbina e
a bomba, respectivamente. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com
duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

7,21kg/s

+- 0,72kg/s

Exemplo:

Questão 1

P1=20,0*1000

P2=6,0*1000000

x4=0,96

Wdot=9,0*1000000

NSC=0,80

NST=0,85

Consultar a tabela da H2O e determinar:

v1= 0,001017

h1= 251420,00

h2= h1+v1*(P2-P1)

Consultar a tabela da H2O e determinar:

h4=2514600,80

s4=7624,29

s3=s4
Consultar a tabela da H2O e determinar:

h3=4098418,26

wcs=h2-h1

wts=h3-h4

wl=wts*NST-wcs/NSC

mdot=Wdot/wl

Capítulo 10 Questão 2

a) Considere uma usina de potência a vapor que opera em um ciclo de Rankine


com reaquecimento e produz 90MW de potência líquida. Vapor d`água entra na
turbina de alta pressão a 15MPa e 600oC e na turbina de baixa pressão a 1,4MPa e
600oC. O vapor deixa o condensador como líquido saturado a uma pressão de
15kPa. As turbinas e a bomba operam de forma internamente reversível e
adiabática. Determine o fluxo de massa do vapor em kg/s. A resposta deve ser
escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar
notação científica).

49,57kg/s

+- 4,96kg/s

b) Considere uma usina de potência a vapor que opera em um ciclo de Rankine


com reaquecimento e produz 80MW de potência líquida. Vapor d`água entra na
turbina de alta pressão a 20MPa e 700oC e na turbina de baixa pressão a 1,6MPa e
700oC. O vapor deixa o condensador como líquido saturado a uma pressão de
10kPa. As turbinas e a bomba operam de forma internamente reversível e
adiabática. Determine o fluxo de massa do vapor, em kg/s. A resposta deve ser
escrita no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar
notação científica).

36,93kg/s

+- 3,69kg/s
Exemplo:

Questão 2

P1=15,0*1000

P2=15,0*1000000

P4=1,4*1000000

P5=P4

T3=600

T5=T3

Wpliq=90*1000000

Consultar a tabela da H2O e determinar:

v1=0,001014

h1=225940,00

h2=h1+v1*(P2-P1); % [J/kg]

Consultar a tabela da H2O e determinar:

h3=3583100,00

s3=6679,60

Consultar a tabela da H2O e determinar:

h4=2893506,53

Consultar a tabela da H2O e determinar:

h5=3695500,00

s5=7873

Consultar a tabela da H2O e determinar:

h6=2554432,83

wcs=h2-h1
wts=(h3-h4)+(h5-h6)

wliq=wts-wcs

mp=Wpliq/wliq

Capítulo 11 Questão 1

a) O sistema de ar condicionado de um veículo utiliza o refrigerante R134a e a


potência utilizada no acionamento do compressor é 5kW. As pressões nas seções
de alimentação e descarga do compressor são, respectivamente, iguais a 280kPa e
1MPa. Determine a vazão mássica de refrigerante no ciclo, em kg/s. Considere uma
eficiência isoentrópica de 90% para o compressor. A resposta deve ser escrita no
formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação
científica).

0,17kg/s

+- 0,02kg/s

b) O sistema de ar condicionado de um veículo utiliza o refrigerante R134a e a


potência utilizada no acionamento do compressor é 6kW. As pressões nas seções
de alimentação e descarga do compressor são, respectivamente, iguais a 320kPa e
0,9MPa. Determine a vazão mássica de refrigerante no ciclo, em kg/s. Considere
uma eficiência isoentrópica de 85% para o compressor. A resposta deve ser escrita
no formato decimal e com duas casas decimais após a vírgula (não utilizar notação
científica).

0,24kg/s

+- 0,02kg/s

Exemplo:

Questão 1

P1=280,0*1000

P2=1,0*1000000

Wep=5,0*1000
ESC=0,90

Consultar a tabela do R134a e determinar:

h1=249720,00

s1=932,10

Consultar a tabela do R134a e determinar:

h2s=276236,76

h2=h1+(h2s-h1)/ESC

Consultar a tabela do R134a e determinar:

h3=107320,00

h4=h3

we=h2-h1

mp=Wep/we

Capítulo 11 Questão 2

a) Uma bomba de calor utiliza refrigerante R134a como fluido de trabalho e opera
em um ciclo por compressão de vapor entre 1,2MPa e 200kPa. Se a vazão mássica
do fluido de trabalho for de 0,1kg/s, determine a diferença entre as taxas de saída e
entrada de calor no ciclo, em W. Considere uma eficiência isoentrópica de 90% para
o compressor. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas
decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

4158,24W

+- 415,82W

b) Uma bomba de calor utiliza refrigerante R134a como fluido de trabalho e opera
em um ciclo por compressão de vapor entre 1,0MPa e 240kPa. Se a vazão mássica
do fluido de trabalho for de 0,2kg/s, determine a diferença entre as taxas de saída e
entrada de calor no ciclo, em W. Considere uma eficiência isoentrópica de 85% para
o compressor. A resposta deve ser escrita no formato decimal e com duas casas
decimais após a vírgula (não utilizar notação científica).

6999,38W

+-699,94W

Exemplo:

Questão 2

P1=200,0*1000

P2=1,2*1000000

mp=0,10

ESC=0,90

Consultar a tabela do R134a e determinar:

h1=244460,00

s1=937,73

Consultar a tabela do R134a e determinar:

h2s=281884,15

h2=h1+(h2s-h1)/ESC

Consultar a tabela do R134a e determinar:

h3=117770,00

h4=h3

qe=h1-h4

qs=h2-h3

dQpse=mp*(qs-qe)

Você também pode gostar