Você está na página 1de 9

Simulado de Português para Nível Médio - ​Edital Concursos Brasil

1 - O menino enraiveceu ao ser chamado de bobo.


O verbo da oração acima é formado por:

A. justaposição
B. derivação imprópria
C. derivação parassintética
D. aglutinação

2 - Leia o Texto:

Descendo o rio Negro, no Amazonas, o contraste da frondosa copa de uma árvore,


muito acima das outras, atiça a ir ao seu encontro. Deve ser uma sumaumeira, que
um livro de viagem apresenta como tendo no máximo 40 metros de altura. Para o
piloto da embarcação, descendente dos índios baniwa, ia pra lá dos 50, e seu tronco
não podia ser abraçado ao mesmo tempo pelos guerreiros de uma tribo. Era
necessário conferir.

A visão era inverossímil. A sumaúma, com seu tronco desmedido, escorado por
raízes enormes, verdadeiros contrafortes, é uma verdadeira obra-prima. Da família
Bombacaceae (Ceiba pentandra), é também conhecida como árvore-da-seda,
árvore-da-lã, ceiba, paina-lisa. Espécie tropical, é um dos gigantes da floresta
amazônica. Encontrada nas matas de várzea e em áreas periodicamente alagadas,
apresenta raízes tabulares, as sapopemas, que podem atingir, dependendo da idade,
comprimentos superiores a 7 metros. As flores têm pétalas brancas; o fruto, uma
cápsula fusiforme com 10 centímetros, provido de pequenas sementes envoltas por
pelos, ou painas. Na iminência de um temporal, o enorme tronco, que armazena
grande quantidade de líquido, dá uma descarga de água para as raízes – resultado
da variação atmosférica. Ouve-se à distância o ruído do movimento da água.

O barulhão da sumaumeira rendeu uma das mais difundidas histórias da Amazônia.


Segundo a crença, o Curupira é o responsável pelo estrondo na mata. Armado com

https://editalconcursosbrasil.com.br​ - Concursos Abertos no Brasil


Simulado de Português para Nível Médio - ​Edital Concursos Brasil

um casco de jabuti, ele bate com força nas sapopemas, a fim de verificar se elas
estão fortes para resistir às tempestades. Para os índios ticuna, a sumaúma nos
remete à formação da Amazônia: "No princípio estava tudo escuro, sempre frio e
sempre noite. Uma enorme sumaumeira fechava o mundo, e por isso não entrava
claridade na terra. Quando a árvore caiu, a luz apareceu. Do tronco formou-se o rio
Amazonas. De seus galhos surgiram outros rios e igarapés."

Da imaginação para a realidade, o que é certo é que ao seu redor se realizam rituais
de fertilidade, fartura, prosperidade e assembleias gerais, em que se discutem os
interesses da tribo. É a árvore da troca, das crenças, da vida. Um monumento da
natureza.

(Heitor e Silvia Reali. Brasil - Almanaque de cultura popular. São Paulo: Andreato
Comunicação e Cultura, Dezembro 2006, Ano 8, n. 92, p. 23, com adaptações)
De acordo com o texto, o fenômeno da variação atmosférica

A. determina a ocasião favorável para a realização de rituais indígenas


B. justifica a frondosa copa da sumaúma, árvore característica da Amazônia
C. gera a quantidade de água necessária para o tronco da sumaumeira
D. esclarece cientificamente as razões do ruído provocado pela sumaumeira
E. controla a ocorrência de fortes temporais na região de floresta amazônica

3 - Leia o Texto:

A economia do Nordeste beneficiou-se, principalmente, de um modelo econômico


que priorizou a demanda. A expansão dos programas sociais e, sobretudo, o
aumento do salário mínimo tiveram sobre a região um impacto bem maior do que no
restante do país. A economista Tânia Bacelar, da Universidade Federal de
Pernambuco (UFPE), lembra que metade das famílias que ganham um salário
mínimo se encontra no Nordeste. A população nordestina também absorve 55% do
orçamento destinado ao Bolsa Família. "Pela estrutura de renda da região, mais

https://editalconcursosbrasil.com.br​ - Concursos Abertos no Brasil


Simulado de Português para Nível Médio - ​Edital Concursos Brasil

baixa que no resto do país, o efeito das políticas que mexeram com a renda foi maior
aqui. O aumento dessas receitas impulsionou o consumo e atraiu investimentos,
especialmente dos grandes grupos de alimentos, bebidas, varejistas e distribuição de
alimentos."

Investimentos em infraestrutura, como a duplicação da BR-101, a transposição do rio


São Francisco e a construção da ferrovia Transnordestina injetaram bilhões na
economia e ajudaram a dinamizar a construção civil, assim como os investimentos
da Petrobras que asseguraram à indústria naval a demanda necessária para voltar a
investir depois de mais de uma década sem produzir um único navio.

A interiorização das universidades federais e a criação de novos institutos


tecnológicos também mudam a cara do Nordeste, especialmente nas cidades
médias. É o caso de Caruaru, um dos municípios que mais crescem na região. Nos
últimos anos, a "Princesa do Agreste", mais conhecida por suas confecções e pelas
feiras que movimentam milhões de reais, atraiu estudantes e professores de todos os
lugares e observou uma profunda transformação em seus hábitos.

A outra face do "novo Nordeste" está no campo. Nas áreas de Cerrado, como no
oeste da Bahia e no sul do Maranhão, o agronegócio avança e transforma
chapadões em imensas propriedades produtoras de soja. No Semiárido, onde as
condições são bem menos favoráveis, o aumento dos recursos destinados a
financiar a agricultura familiar e o empreendedorismo dos pequenos ajudam a mudar
a vida das pessoas. É o que se observa em Picos, polo produtor de mel e caju no
sertão do Piauí.

(Gerson de Freitas Jr., Carta Capital, 15 de dezembro de 2010, p. 24, com


adaptações)

Considere as afirmativas seguintes:

I. As aspas que aparecem no 1° parágrafo isolam um trecho que reproduz as


palavras da economista citada.

https://editalconcursosbrasil.com.br​ - Concursos Abertos no Brasil


Simulado de Português para Nível Médio - ​Edital Concursos Brasil

II. Na expressão "Princesa do Agreste" (3° parágrafo) as aspas assinalam a forma


como é conhecida popularmente a cidade de Caruaru.

III. Em A outra face do "novo Nordeste" (4º parágrafo), as aspas chamam a atenção
para o que é dito no texto sobre o atual desenvolvimento observado em toda a
economia nordestina.

Está correto o que consta em

A. I, apenas
B. III, apenas
C. I e II, apenas
D. II e III, apenas
E. I, II e III

4 - Leia o Texto:

Descendo o rio Negro, no Amazonas, o contraste da frondosa copa de uma árvore,


muito acima das outras, atiça a ir ao seu encontro. Deve ser uma sumaumeira, que
um livro de viagem apresenta como tendo no máximo 40 metros de altura. Para o
piloto da embarcação, descendente dos índios baniwa, ia pra lá dos 50, e seu tronco
não podia ser abraçado ao mesmo tempo pelos guerreiros de uma tribo. Era
necessário conferir.

A visão era inverossímil. A sumaúma, com seu tronco desmedido, escorado por
raízes enormes, verdadeiros contrafortes, é uma verdadeira obra-prima. Da família
Bombacaceae (Ceiba pentandra), é também conhecida como árvore-da-seda,
árvore-da-lã, ceiba, paina-lisa. Espécie tropical, é um dos gigantes da floresta
amazônica. Encontrada nas matas de várzea e em áreas periodicamente alagadas,
apresenta raízes tabulares, as sapopemas, que podem atingir, dependendo da idade,

https://editalconcursosbrasil.com.br​ - Concursos Abertos no Brasil


Simulado de Português para Nível Médio - ​Edital Concursos Brasil

comprimentos superiores a 7 metros. As flores têm pétalas brancas; o fruto, uma


cápsula fusiforme com 10 centímetros, provido de pequenas sementes envoltas por
pelos, ou painas. Na iminência de um temporal, o enorme tronco, que armazena
grande quantidade de líquido, dá uma descarga de água para as raízes – resultado
da variação atmosférica. Ouve-se à distância o ruído do movimento da água.

O barulhão da sumaumeira rendeu uma das mais difundidas histórias da Amazônia.


Segundo a crença, o Curupira é o responsável pelo estrondo na mata. Armado com
um casco de jabuti, ele bate com força nas sapopemas, a fim de verificar se elas
estão fortes para resistir às tempestades. Para os índios ticuna, a sumaúma nos
remete à formação da Amazônia: "No princípio estava tudo escuro, sempre frio e
sempre noite. Uma enorme sumaumeira fechava o mundo, e por isso não entrava
claridade na terra. Quando a árvore caiu, a luz apareceu. Do tronco formou-se o rio
Amazonas. De seus galhos surgiram outros rios e igarapés."

Da imaginação para a realidade, o que é certo é que ao seu redor se realizam rituais
de fertilidade, fartura, prosperidade e assembleias gerais, em que se discutem os
interesses da tribo. É a árvore da troca, das crenças, da vida. Um monumento da
natureza.

(Heitor e Silvia Reali. Brasil - Almanaque de cultura popular. São Paulo: Andreato
Comunicação e Cultura, Dezembro 2006, Ano 8, n. 92, p. 23, com adaptações)

... e por isso não entrava claridade na terra. (3º parágrafo)

O pronome grifado refere-se ao fato de que

A. a sumaumeira fechava o mundo.


B. estava tudo escuro.
C. era sempre frio e sempre noite.
D. a luz apareceu.
E. se formou o rio Amazonas.

https://editalconcursosbrasil.com.br​ - Concursos Abertos no Brasil


Simulado de Português para Nível Médio - ​Edital Concursos Brasil

5 - Se chegares sempre aonde quiseres, ganhaste.

Se a frase acima for reescrita na 1ª pessoa do plural ficará assim redigida:

A. Se chegar sempre aonde quiser, ganhou.


B. Se chegardes sempre aonde quiserdes, ganhastes.
C. Se chegarmos sempre aonde quisermos, ganhamos.
D. Se chegarem sempre aonde quiserem, ganharam.
E. Se chegar sempre aonde quiser, ganhaste.

6 - A unidade ortográfica

Velhíssima questão a da unidade ortográfica do português usado no Brasil e em


Portugal. Que a prosódia seja diferente, é natural. Num país imenso como o nosso,
há diversas formas de pronunciar as palavras, e o próprio vocabulário admite
expressões regionais o mesmo acontecendo com todas as línguas do mundo.

O diabo é a grafia, sobre a qual os portugueses não abrem mão de escrever director,
por exemplo. Não é o mesmo caso de facto e fato, que têm significações diferentes
e, com boa vontade, podemos compreender a insistência dos portugueses em se
referir à roupa e ao acontecimento.
Carlos Heitor Cony, publicado na Folha de S. Paulo, em 10 de agosto de 2004

O termo prosódia refere-se :

https://editalconcursosbrasil.com.br​ - Concursos Abertos no Brasil


Simulado de Português para Nível Médio - ​Edital Concursos Brasil

A. à polêmica da reforma ortográfica


B. à grandeza dimensional do Brasil
C. à pronúncia das palavras
D. à antiguidade da questão da unidade ortográfica

7 - Analise e indique a correta:

1. Achamos presentes o mais belos possíveis


2. Somos bastantes cuidadosos
3. Não precisamos de pseudos-moralistas
4. Salvo enganos, estamos todos perdidos
5. Seguem em anexo diferentes os selos antigos

8 - Em Não supões a gratidão de que se mostrou capaz. só não podemos concluir:

A. Oração complexa
B. Oração subordinada adjetiva restritiva = de que se mostrou capaz.
C. Adjunto adnominal oracional de gratidão = que se mostrou capaz.
D. Verbo transitivo direto = supões.
E. De que se mostrou capaz = predicado nominal.

9 - Assinale a alternativa que completa correta e respectivamente as lacunas:

I. ________ o que sentes!


II. ________ as suas coisas.

https://editalconcursosbrasil.com.br​ - Concursos Abertos no Brasil


Simulado de Português para Nível Médio - ​Edital Concursos Brasil

A. Diga Pegue
B. Diga Pega
C. Diz Pega
D. Diz Pegue

10 - Assinale a alternativa que contém um substantivo comum-de-dois:

A. A irmã dele foi seqüestrada


B. Ela tem muito medo de barata
C. A vítima foi socorrida pelos bombeiros
D. O cliente tem sempre razão

https://editalconcursosbrasil.com.br​ - Concursos Abertos no Brasil


Simulado de Português para Nível Médio - ​Edital Concursos Brasil

Gabarito: ​1 - c; 2 - d; 3 - e; 4 - a; 5 - c; 6 - c; 7 - d; 8 - c; 9 - d; 10 - d

https://editalconcursosbrasil.com.br​ - Concursos Abertos no Brasil

Você também pode gostar