Você está na página 1de 8

Edifícios Sustentáveis x Indústria 4.

0
Projetos Sustentáveis x Gestão Ambiental
Gestão ambiental é considerada uma ferramenta útil para implementar e manter ações ambientais nas empresas,
assim como assegurar a continuidade e a melhoria.

As empresas também têm usufruído da adoção dessa ferramenta para melhorar o desempenho ambiental, tornar os
edifícios mais verdes.

A gestão ambiental é uma ação prática no levantamento dos aspectos e impactos ambientais e colabora em ações
corretivas e preventivas para a circunvizinhança.

A gestão ambiental requer a convergência de vários fatores para ser implementada diante dos desafios mundiais.

O planejamento é essencial, para isso é necessário, além do conhecimento das tecnologias de informação e
comunicação de apoio, ter familiaridade com os problemas que enfrenta a cidade, sociedade, aspecto e impacto
ambiental e suas ações preventivas e corretivas.

O modelo PDCA é considerado um processo de tomada de decisões, sendo utilizado como uma ferramenta para o
gerenciamento e também para uma melhor organização de metas a serem cumpridas. Também é embasado como
um processo de solução de entraves, em que cada meta de melhoria tem origem de uma intempérie específica e,
necessariamente, deve ser resolvida (MACHADO, 2007).

Esse processo é composto por uma sequência de quatro etapas distintas: plan, do, check e action, ou seja: planejar,
executar, verificar e agir.

A gestão ambiental é fundamental na Indústria 4.0, pois o cuidado com o meio ambiente deve ser prioridade em
qualquer negócio, principalmente os que envolvam industrialização, universidades, governo, área da saúde,
sociedade, contaminação e inovação.

Investimento na pesquisa científica e qualificação profissional é o diferencial!

Além das questões legais, uma política sustentável relaciona riscos a impactos, sejam eles ambientais, de saúde,
sociais ou econômicos.

Profissionais qualificados e ambientes inteligentes são preocupações com os efeitos da atividade industrial em toda a
cadeia produtiva.

A pesquisa científica é muito importante na inovação e fontes de energia renovável.

Ganhos ambientais e economia de longo prazo em relação a um Edifício Convencional


INTERATIVIDADE

O que é considerada uma ferramenta útil para implementar e manter ações ambientais nas empresas, assim como
para assegurar sua continuidade e melhoria?

a) Governança industrial.
b) Gestão ambiental.
c) Gestão da qualidade.
d) Gestão de transporte.
e) Quarta Revolução Industrial.

Gestão ambiental é considerada uma ferramenta útil para implementar e manter ações ambientais nas empresas,
assim como para assegurar sua continuidade e melhoria.

Saneamento Básico x Desafios Mundiais


Saneamento é o conjunto de medidas que visa preservar as condições do meio ambiente com a finalidade de
prevenir doenças, impactos ambientais e promover a saúde, melhorar a qualidade de vida da população e a
produtividade do indivíduo e facilitar a atividade econômica.

No Brasil, o saneamento básico é um direito assegurado pela Constituição e definido pela Lei n. 11.445/2007 como o
conjunto dos serviços, infraestrutura e instalações operacionais de abastecimento de água, esgotamento sanitário,
limpeza urbana, drenagem urbana, manejos de resíduos sólidos e de águas pluviais.

A falta de saneamento básico pode gerar inúmeros problemas de saúde. Portanto, o conjunto de fatores que reúnem
o saneamento levam a uma melhoria de vida da população na medida em que controla e previne doenças,
combatendo muitos vetores.

O saneamento ambiental é um conceito que está intimamente associado à sustentabilidade, ou seja, à conservação e
melhoria do meio ambiente a partir do impacto ambiental gerado.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cada dólar investido em água e saneamento resultaria em uma
economia de US$ 4,3 em custos de saúde no mundo.

Recentemente, organizações ligadas ao setor privado de saneamento, reunidas em São Paulo, reforçaram a teoria
da economia produzida por este investimento. Pelas contas do grupo, a universalização do saneamento básico no
Brasil geraria uma economia anual de R$ 1,4 bilhão em gastos na área da saúde.

A Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa) tem como desafio gerenciar os
usos e os níveis de água para evitar conflitos em períodos de estiagem.

Para lidar com esse cenário, a Agência passou a contar recentemente com o apoio da Inteligência Artificial na
nuvem Microsoft para monitorar cenários e se antecipar a possíveis crises hídricas no DF.
Contar com o Mercado de Resíduos também pode ser um auxílio importante para as geradoras que precisam se
adaptar à indústria 4.0. Consiste em uma plataforma eletrônica que facilita a venda e a compra de resíduos. Por meio
dela, as empresas geradoras podem comercializar resíduos, mas também trocar e comprar, além de contratar
fornecedores para transporte e tratamento.

Novo Plano de Negócio: As empresas precisam estar atentas e preparadas para se adaptar às exigências do novo
modelo industrial. Para se tornar uma fábrica inteligente será preciso não só automatizar e digitalizar processos, mas
também gerenciar corretamente os resíduos.

A revolução da indústria pelo modelo 4.0 será feita através da integração da tecnologia com os processos
operacionais, buscando otimizar o tempo de produção e dos colaboradores que estão envolvidos no processo.

Com resultados precisos e em tempo real, os gestores serão estratégicos e não mais operacionais, fazendo com que
melhores decisões sejam tomadas e mais benefícios sejam agregados à indústria, aos recursos naturais, financeiros
e a toda a sociedade.

Antigamente:

Dias atuais:
INTERATIVIDADE

O que é o conjunto de medidas que visa preservar as condições do meio ambiente com a finalidade de prevenir
doenças, impactos ambientais e promover a saúde, melhorar a qualidade de vida da população e a produtividade do
indivíduo e facilitar a atividade econômica?

a) Saneamento básico.
b) Inteligência artificial.
c) Gestão das águas.
d) Plano de gestão de resíduos.
e) Sistema integrado.

Certificações ambientais x Desafios mundiais

As certificações ambientais são uma importante ferramenta para contribuir com nosso planeta, evitando impactos
negativos ao meio ambiente e que são um elemento fundamental no cumprimento das metas propostas pela ONU 17
ODS.

Através das certificações ambientais consegue-se mensurar, avaliar e mitigar os impactos ambientais da
implantação, construção de qualquer empreendimento, não só para a esfera ambiental do desenvolvimento
sustentável e científico, como também a econômica, saúde e social.

a) ISO-9.001. Qualidade

b) ISO 14.001 atualizada 2015. Meio ambiente

c) ISO 14.064. Mudanças climáticas

d) OHSAS 18.001 – ISO 45.001. Saúde e segurança de trabalho

e) SA 8.000 E ISO 26.000. Responsabilidade social

f) ISO 50.001. Gestão de energia

g) LEED ou AQUA. Certificações de construção sustentável

h) SGI. Sistemas de Gestão Integrados


i) ONA. Organização Nacional de Acreditação

Qual é o contexto onde nós e as organizações estamos inseridos atualmente?

Para desenvolver a cultura da qualidade, o governo da Índia lançou, em agosto de 2015, uma iniciativa para
melhorar a qualidade dos produtos manufaturados no país, com a criação do programa Defeito Zero Efeito
Zero (ZED, na sigla em inglês). O ZED é um sistema de certificação integrado e holístico que irá explicar a
qualidade, a produtividade, a eficiência energética, a mitigação da poluição, o estado financeiro, os recursos
humanos e a profundidade tecnológica, incluindo o design e os direitos de propriedade intelectual nos
produtos e processos.

As diretrizes da política pública chinesa no sentido de garantir a sustentabilidade de sua competitividade


industrial em escala global. Por meio de um esforço de planejamento estratégico do qual fazem parte
importantes programas como o Made in China 2025 e o Internet Plus estrutura-se um conjunto de ações que
se estendem em áreas com o forte incentivo à robotização, ao avanço no desenvolvimento da internet das
coisas (IoT), certificações ambientais, entre outras.

O desenvolvimento sustentável é hoje um imperativo para todos os pacotes de política industrial. Mais e mais
políticas industriais abrangentes e certificações ambientais enfatizam o impacto ambiental e a inclusão social,
incentivam o uso de energia renovável ou promovem indústrias específicas que respondem ao desafio da
mudança climática. Muitos países desenharam estratégias nacionais dedicadas aos objetivos do
desenvolvimento sustentável (ODS).

INTERATIVIDADE

Qual norma ISO é baseada no modelo de sistema de gestão de melhoria contínua, também utilizado para
outros padrões bem conhecidos, como ISO 9001 e ISO 14001? Isto facilita para as organizações integrarem
o gerenciamento de energia em seus esforços a fim de melhorar a qualidade e gestão ambiental?
a) ISO 14.001
b) ISO 14.064
c) ISO 50.001
d) ISO 9.001
e) ISO 26.001

A ISO 50.001 é baseada no modelo de sistema de gestão de melhoria contínua, também utilizado para
outros padrões bem conhecidos, como ISO 9001 e ISO 14001. Isto facilita para as organizações integrarem o
gerenciamento de energia em seus esforços a fim de melhorar a qualidade e gestão ambiental.

Sustentabilidade x Desafios mundiais

O mundo concentra-se em sete áreas tecnológicas-chave e sete sistemas de apoio sustentável (recursos
humanos de classe mundial, pesquisa básica e meio ambiente, inovação de PMEs, globalização de ciência e
Indústria do Futuro no Brasil e no Mundo tecnológico, inovação regional, infraestrutura de ciência e
tecnologia e cultura de ciência e tecnologia).

Com essa iniciativa, a Coreia do Sul visava tornar-se um dos sete principais poderes científicos e
tecnológicos do mundo.

1) Tecnologias industriais chave (que incluem as tecnologias utilizadas na indústria automotiva, eletrônica
de consumo, semicondutores, indústria naval, máquinas carros-chefes da indústria de transformação sul-
coreana, Reengenharia Ambiental).
2) Tecnologias industriais emergentes (tecnologias convergentes baseadas em tecnologia de informação,
ciências do cérebro, medicamentos, equipamentos de diagnóstico, ciência ambiental, entre outros).
3) Tecnologias de serviços baseadas no conhecimento (tecnologias de manufatura inteligente, design,
tecnologia da cultura).
4) Tecnologias lideradas pelo Estado (que incluem o programa espacial do país, desenvolvimento de
energia nuclear e tecnologias militares, como armas de próxima geração).
5) Tecnologias relacionadas a assuntos nacionais (megatendências relacionadas ao bem-estar da
população, smart city, universidades sustentáveis).
6) Tecnologias relacionadas a problemas mundiais (novas fontes de energia, meio ambiente e mudança
climática).
7) Pesquisa básica e tecnologias convergentes que são a base das inovações de próxima geração (biochips
e biosensores, robôs inteligentes, nanotecnologia baseada em materiais compósitos, grafeno, xisto,
biotecnologia e geotecnologia). Nessas sete áreas tecnológicas foram identificadas 50 tecnologias
críticas e 40 tecnologias prospectivas.

Inovação, manufatura avançada e o futuro da indústria – ABDI, Agência Brasileira de Desenvolvimento


Industrial.

O documento encomendado pela ABDI ao Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap) propõe para
o Brasil um programa para a Indústria do Futuro.

Suas recomendações destacam quatro grandes temas: governança, integração internacional, laboratórios 4.0
e rede testbeds.

No tema governança a proposta é de instituição do programa sob responsabilidade de um Comitê de


Liderança dirigido pelo Presidente da República e composto por representantes do governo, dos empresários
e da academia, com representação empresarial majoritária porque o tema é muito novo e existem várias
tecnologias para serem desenvolvidas com graus diferenciados de incerteza.

O segundo tema é o da internacionalização. Como as tecnologias da Indústria 4.0 ainda são muito recentes,
há a necessidade de cooperação internacional, seja para acelerar o processo interno de capacitação, seja
para acompanhamento das novidades que estão sendo desenvolvidas em todo o mundo. Nesse sentido, o
trabalho propõe a intensificação de acordos internacionais envolvendo tanto empresas como instituições de
pesquisa tecnológica e sustentável. São propostos alguns instrumentos de política: financiamento para a
internacionalização; atração de investidores estrangeiros para as empresas de base tecnológica no Brasil.

Sobre o tema de laboratórios, o documento menciona a existência no Brasil de instalações em universidades


e institutos de pesquisa, mas a apreciação é de que eles nem sempre atuam de forma articulada com
empresas, e os projetos são considerados de baixo valor e de pouca ambição. A recomendação é de
constituir uma rede de laboratórios de inovação dedicada às tecnologias de suporte da Indústria 4.0. O
pressuposto é de que esta rede garantiria toda a articulação necessária entre as instituições e as empresas e
conseguiria mobilizar recursos para projetos sustentáveis.

Por fim, a rede de testbeds: O testbed é uma infraestrutura que agrega empresas e grupos de pesquisa.
Segundo o documento, “em resumo, os testbeds possuem infraestrutura básica para a simulação de
sistemas de produção, recebem, por período de tempo determinado, tecnologias adicionais de empresas e
ICTs [Instituições Científicas e Tecnológicas] interessadas na realização de testes e podem, nesse caminho,
ser utilizados para fins de demonstração para eventuais interessados”.

O meio ambiente continua um mistério para Ciência!

INTERATIVIDADE

Possuem infraestrutura básica para a simulação de sistemas de produção, recebem, por período de tempo
determinado, tecnologias adicionais de empresas e ICTs [Instituições Científicas e Tecnológicas].
Assinale alternativa correta relacionada ao texto acima:

a) As certificações.
b) Acordo internacional.
c) Os testbeds.
d) Big data.
e) Teoria do caos.

O testbed é uma infraestrutura que agrega empresas e grupos de pesquisa. Segundo o documento, “em
resumo, os testbeds possuem infraestrutura básica para a simulação de sistemas de produção, recebem, por
período de tempo determinado, tecnologias adicionais de empresas e ICTs [Instituições Científicas e
Tecnológicas].

Você também pode gostar