Você está na página 1de 104

Planejamento e

Gerência de
Projetos Introdução
com ênfase no PMI
PMBOK – Capítulo 1
Objetivos

Apresentar e discutir:

1) As funções gerenciais
2) Características de um projeto
3) As boas práticas do gerenciamento de projetos
4) O conjunto de conhecimentos em gerenciamento
de projetos
5) O PMBOK 3ª. edição
Enfoque

As 5 funções gerenciais:

1) Planejar

2) Organizar

3) Controlar

4) Liderar

5) Coordenar
Dimensões

Gerenciamento de projetos abrange dois problemas


principais:

1) Desempenho efetivo das funções gerenciais para


obter um resultado sob severas restrições

2) Administrar um sistema temporário dentro de outro


permanente
Papeis do PMI

• Estabelecer um código de ética

• Estabelecer um código de conduta

• Recomendar as melhores práticas


Atuações do PMI

Atividades:
• Identificar e divulgar as melhores práticas - PMBOK

• Fornecer um vocabulário comum

• Desenvolvimento profissional

 Certificação Profissional – PMP


 Formação e treinamento – REPs
 Credenciamento de Programas Educacionais
PMBOK®

Extensões da aplicação do PMBOK:


• Para uma categoria específica de projetos

• Para atender contratos específicos

• As adições são complementares e não substitutivas

 Como fazer
 Diretrizes e práticas
 Novas entradas, ferramentas, técnicas e saídas
PMI & PMP

Informações sobre PMI e PMP

http://www.pmi.org

http://www.pmisp.org.br
Motivação

 Complexidade do mundo atual


 Incerteza
 Complexidade gerencial
 Demanda crescente
 Alto índice de falhas
Projetos

Definição de Projeto

 Um esforço temporário empreendido para criar um


produto, serviço ou resultado exclusivo

 Um esforço temporário de elaboração progressiva


Aboradagem

• A atividade tem começo, meio e fim

• A atividades é ≠ das atividades de rotina

• A solução deve ser apresentada dentro


de um prazo definido Aplique uma
abordagem de
• A solução do problema requer
projeto
competências e recursos multidisciplinares

• Indique um gerente de projeto


• Monte uma equipe de projeto
• Prepare e execute um plano de projeto
Introdução

Projetos X Operações

Realizados por pessoas

O que é comum? Restringido por recursos limitados

Planejado, executado e controlado


Introdução

Projetos X Operações

Operações são contínuas


Projetos são temporários
O que difere?
Operações são repetitivas
Projetos são exclusivos
Introdução

Exemplos de Projetos

Produtos Físicos - Tangíveis

• Desenvolvimento de um novo produto

• Reformar/ construir um imóvel

• Construir um navio
Introdução

Exemplos de Projetos

Produtos Conceituais – Intangíveis

• Escrever um livro

• Elaborar o curriculum de um curso

• Desenvolver um sistema
Introdução

Exemplos de Projetos

Produtos Evento - Atividades

• Planejar, organizar e realizar eleições


• Implantar sistemas e processos organizacionais
• Fazer uma expedição ao planeta Marte
• Produzir um filme, uma peça de teatro ou um show
Introdução

Gerenciamento de Projetos

É a aplicação de conhecimento, habilidades, ferramentas e


técnicas para realizar atividades e satisfazer os requisitos do
projeto

Gerente do Projeto é o responsável pela


realização dos objetivos do projeto
Introdução

Gerenciar um projeto inclui:

• Identificar as necessidades

• Estabelecer objetivos claros e viáveis

• Balancear demandas conflitantes frente às restrições

• Atender diferentes preocupações e expectativas dos interessados

• Identificar e solucionar problemas


Introdução

Gerenciar um projeto significa:

Administrar uma restrição tripla – escopo, tempo e custo


Introdução

Projetos

 Um esforço temporário empreendido para criar um


produto, serviço ou resultado exclusivo

 Um esforço temporário de elaboração progressiva


Introdução

Subprojetos

Unidades menores de um projeto – São definidos


segundo a natureza ou finalidade

Projetos são divididos em subprojetos para facilitar


o gerenciamento

Subprojetos são geralmente contratados de uma


empresa externa ou de uma outra unidade funcional da
organização
Introdução

A Estrutura do Guia PMBOK®

Seção II – A Norma de Gerenciamento de Projetos


Capitulo 3 – Grupos de Processos de Gerenciamento de
Projetos
3.1 - Iniciação
3.2 - Planejamento
3.3 - Execução
3.4 - Controle
3.5 - Conclusão
Introdução

A Estrutura do Guia PMBOK®

Seção III – As Áreas de Conhecimento de Gerenciamento


de Projetos

Capitulo 4 - Gerenciamento de integração de projeto

Capitulo 5 - Gerenciamento de escopo do projetos

Capitulo 6 - Gerenciamento de tempo do projeto


Introdução

A Estrutura do Guia PMBOK®

Seção III – As Áreas de Conhecimento de Gerenciamento


de Projetos

Capitulo 7 - Gerenciamento de custo do projeto

Capitulo 8 - Gerenciamento de qualidade do projeto

Capitulo 9 - Gerenciamento de recursos humanos do projeto


Introdução

A Estrutura do Guia PMBOK®

Seção III – As Áreas de Conhecimento de Gerenciamento


de Projetos

Capitulo 10 - Gerenciamento de comunicações do projeto

Capitulo 11 - Gerenciamento de riscos do projeto

Capitulo 12 - Gerenciamento de aquisições do projeto


Introdução

Áreas de Especialização

Além do conjunto de conhecimento em gerenciamento de


projetos, a equipe de gerenciamento de projetos eficaz exige:

• Conhecimento, normas e regulamentos da área de aplicação

• Entendimento do ambiente do projeto

• Conhecimento e habilidades de gerenciamento geral

• Habilidades interpessoais
Planejamento e Estrutura do
Gerência de Gerenciamento
Projetos de Projetos
com ênfase no PMI
PMBOK – Capítulo 2
Estrutura de
Gerenciamento

Finalidade do estudo

Projetos e seu respectivo gerenciamento são


executados em um ambiente mais amplo que o do
projeto propriamente dito

Entender esse ambiente mais amplo para


selecionar as fases do ciclo de vida, os processos
e as ferramentas e técnicas adequadas ao projeto
Estrutura de
Gerenciamento

Ciclos de Vida

Projetos podem ser divididos em fases  melhor controle

Em conjunto, as fases são conhecidas como ciclo de vida

O ciclo de vida define as fases que conectam o inicio do


projeto ao seu final
Estrutura de
Gerenciamento

Ciclos de Vida

Fases Inicial Intermediária Final

Definição Execução Controle Finalização

Planejamento A transição é geralmente


definida por uma transferência
técnica ou uma entrega
Estrutura de
Gerenciamento

Fases

Cada uma das fases apresenta um resultado que caracteriza a


evolução do projeto

Esses resultados são conhecidos como entregas (deliverables)


Estrutura de
Gerenciamento

Deliverables

O PMBOK define um deliverable como um produto


tangível ou verificável dos trabalhos

Os deliverables caracterizam a evolução do projeto


Estrutura de
Gerenciamento

Fases e Ciclos de Vida do Gerenciamento

O ciclo de vida de um projeto pode ser pradronizado ou variar


de acordo com o projeto. Os ciclos de vida geralmente definem:

• Quais trabalhos devem ser realizados em cada fase


• Quando as entregas devem ser geradas em cada fase
• Como cada entrega deve ser revisada, verificada e validada
• Quem está envolvido em cada fase
• Como controlar e aprovar cada fase
Estrutura de
Gerenciamento

Características das Fases do Gerenciamento


Fase Inicial Fase Intermediária Fase Final

Alto Influência das partes


interessadas

Custo das mudanças


Baixo

Influência dos stakeholders ao longo do tempo


Estrutura de
Gerenciamento

Características das Fases do Gerenciamento


Fase Fase Fase
Inicial Intermediária Final

R$

Empenho de custo e pessoal ao longo do ciclo de vida


Estrutura de
Gerenciamento

Características das Fases do Gerenciamento


Idéia
Inputs Equipe de gerenciamento

Fases Inicial Intermediária Final

Outputs Termo de Declaração Plano Progresso Aceitação Entrega


abertura de Escopo Baseline Aprovação

Entrega Resultado
do projeto
Estrutura de
Gerenciamento

Stakeholders

• São pessoas e organizações ativamente envolvidas num projeto

• São pessoas e organizações cujos interesses podem ser afetados

• Influenciam os objetivos, resultados e andamento dos projetos


Estrutura de
Gerenciamento

Stakeholders

São competências do gerente de projeto:

 Identificar os stakeholders
 Determinar suas necessidades
 Determinar suas expectativas
 Gerenciar sua influência nos requisitos
Estrutura de
Gerenciamento

Stakeholders

Os stakeholders mais comuns são:

• Gerente de projetos • Equipe de gerenciamento

• Cliente/Usuário • Patrocinador

• Organização executora • Influenciadores

• Membros da equipe • PMO


Estrutura de
Gerenciamento

Influências Organizacionais

• Sistemas Organizacionais

• Cultura e Estilo Organizacional

• Estrutura Organizacional

• Sistemas de Gerenciamento de projetos


Planejamento e
Gerência de Processo de
Projetos Gerenciamento
com ênfase no PMI
PMBOK – Capítulo 3
Processo de
Gerenciamento

O gerenciamento de projetos é a aplicação de:

 Conhecimentos
 Habilidades
 Ferramentas
 Técnicas

necessário para que o gerente de projeto possa atender


os requisitos do projeto
Processo de
Gerenciamento
Para assegurar o sucesso a equipe do projeto deve:

Para exercer sua função o gerente de projeto deve:

 Selecionar entre os grupos de processos


os processos adequados para atender o objetivo

 Usar uma abordagem definida para adaptar os planos


e as especificações do produto de forma a atender os
requisitos

 Entender os requisitos para satisfazer as partes interessadas

 Balancear as demandas conflitantes de escopo, tempo,


custo, qualidade e risco
Processo de
Gerenciamento

Os processos de gerenciamento estão distribuídos


em 5 grupos:

 Iniciação
 Planejamento
 Execução
 Monitoramento e controle
 Encerramento
Processo de
Gerenciamento

O gerenciamento de projetos é realizado através de processos


que recebem entradas e geram saídas, apoiados em técnicas e
ferramentas

Input - 228 Processos - 44 Output - 178

Técnicas Ferramentas

186
Processo de
Gerenciamento

Concentração dos processos por grupo de


processo

Processos – PMBOK 3ª. Edição


Grupo de Processo Quantidade
Iniciação 2
Planejamento 21
Execução 7
Controle 12
Encerramento 2
Total 44
Processo de
Gerenciamento

Processos – PMBOK 3ª. Edição


Concentração de processos Área Quantidade
por área de conhecimento Integração 7
Escopo 5
Tempo 6
Custo 3
Qualidade 3
RH 4
Comunicação 4
Riscos 6
Aquisições 6
Total 44
Processo de
Gerenciamento

Processos e Boas Práticas

PMBOK documenta as informações necessárias para


iniciar, planejar, executar, monitorar e controlar e encerrar
um projeto

O PMBOK também identifica os processos de gerenciamento


de projetos reconhecidos como boas práticas

Os processos identificados no PMBOK se aplicam


globalmente e em qualquer setor
Processo de
Gerenciamento

ATENÇÃO:

O conhecimento, as habilidades e os processos descritos


podem ser aplicados uniformemente em todos os projetos

O gerente de projeto, com a colaboração da sua equipe é o


responsável por determinar os processos adequados e o
rigor com que cada um deles deve ser aplicado
Processo de
Gerenciamento

Fases do projeto

Projetos podem ser divididos em fases para


melhor controle gerencial

Coletivamente essas fases são chamados de ciclo de vida


Processo de
Gerenciamento

Os grupos de processos em uma fase devem apresentar


vínculos entre si

Iniciação Planejamento

Controle Execução

Conclusão
Processo de
Gerenciamento

Grupo de Processo de Iniciação

Formaliza a autorização para iniciar um projeto


ou fase do projeto

Figura 3.6
Processo de
Gerenciamento

Grupo de Processo de Planejamento

Define e refina os objetivos e planeja as ações


necessárias para alcançar os objetivos e atender o
escopo para os quais o projeto foi realizado

Figura 3.7
Processo de
Gerenciamento

Grupo de Processo de Execução

Define quais são os processos necessários para o projeto


especifico da equipe

Figura 3.8
Processo de
Gerenciamento

Monitoramento e Controle

Define os pontos de monitoramento e controle dos processos


segundo um baseline

Controla os fatores que podem dificultar o gerenciamento de


mudanças

Figura 3.9
Processo de
Gerenciamento

Encerramento

• Verifica o adequado encerramento do projeto ou fase

• Entrega o produto/serviço/resultado obtido

• Encerra o projeto ou fase do projeto formalmente

• Encerra projetos cancelados

Figura 3.10
Planejamento e
Gerência de Áreas de
Projetos Conhecimento
com ênfase no PMI
PMBOK – Capítulos 4 a 12
Áreas do
Conhecimento

Visão Geral

9 são as áreas de conhecimento em gerenciamento de


projetos:

Integração Custos Comunicações

Escopo Qualidade Riscos

Tempo Recursos Humanos Aquisições


Áreas do
Conhecimento

Visão Geral
Para cada área de conhecimento de gerenciamento de projetos o
gerente do projeto executa 1 ou mais processos definidos nos
cinco grupos de processos de gerenciamento de projeto

Iniciação Planejamento

Controle Execução

Conclusão
Áreas do
Conhecimento

Fluxo Geral dos Processos de Gerenciamento

Todos os processos das áreas de conhecimento tem um


fluxo IPO para a sua realização

Entrada Processamento Saída

Input Process Output

Feedback
Planejamento e Gerência de
Projetos

Gerenciamento de Escopo

PMBOK – Capítulo 5
Escopo
PMBOK – Capítulos 5

Definições de Escopo

ESCOPO do Projeto
Trabalho que precisa ser realizado para entregar
um produto, serviço ou resultado.

ESCOPO do Produto
Características e funções que descrevem um
produto, serviço ou resultado
Escopo
PMBOK – Capítulos 5

Escopo do Projeto e Atividades do Projeto

Escopo ≠ Atividade

Subdivisão dos principais deliverables do


projeto em componentes menores

Tarefas que precisam ser realizadas para


produzir o deliverable
Escopo
PMBOK – Capítulos 5

Fluxo do Processo de Gerenciamento do Escopo

Iniciação

Entrada Processamento Saída

Termo de Abertura
Plano de Gerenciamento
Declaração Preliminar do Escopo
Artefatos
Fatores Ambientais do
Ativos de Processos Escopo

Feedback
Escopo
PMBOK – Capítulos 5

Processos de Gerenciamento do Escopo do Projeto

5.1 – Planejamento do Escopo

5.2 – Definição/Declaração do Escopo

5.3 – Criação da EAP (WBS)

5.4 – Verificação do Escopo

5.5 – Controle do Escopo


PMBOK - Figura 5.1
Escopo
PMBOK – Capítulos 5

5.1 - Planejamento do Escopo

Criação de um plano de gerenciamento do escopo do


projeto que documenta como o escopo será definido,
verificado e controlado e como será criada e definida a

EAP – Estrutura Analítica do Projeto


Escopo
PMBOK – Capítulos 5

5.2 – Definição/Declaração do Escopo

A declaração de escopo mostra produto, serviço ou


resultado definidos pelo planejamento e os seus
respectivos subprodutos, subserviços ou
subresultados
Escopo
PMBOK – Capítulos 5

5.3 – Criação da EAP

EAP é um agrupamento de componentes do projeto


orientados para o deliverable

Os itens de mais baixo nível da EAP são conhecidos


como pacotes de trabalho (work packages)
Escopo
PMBOK – Capítulos 5

EAP – Estrutura Analítica do Projeto

EAP é o principal resultado do processo de decomposição

EAP é a representação hierárquica do trabalho do projeto

EAP é um instrumento extremamente útil ao gerenciamento


do projeto e portanto altamente valorizada pelo PMI
Escopo
PMBOK – Capítulos 5

Exemplo de EAP Projeto


Segurança

Abertura do Plano de Módulo de Segurança Hw&Sw


Projeto Gerenciamento de Acesso

Desenvolver project chart Desenvolver EAP Especicifar requisitos

Preparar termo de abertura Designar equipe Analisar sistema

Aceitar termo de abertura Identificar risco Projetar sistema

Preparar reunião inicial Estimar prazos Implementar sistema

Realizar Kickoff Preparar orçamento Testar sistema


Escopo
PMBOK – Capítulos 5

Fluxo para construção da EAP


Início

Identifique os principais deliverables

Decomposição já permite sim


Construa a EAP
estimar custos e prazos?

não Fim
Subdivida os deliverables
em subcomponentes
Escopo
PMBOK – Capítulos 5

Dicas para elaboração da EAP


Todo o trabalho do projeto deve estar incluido na EAP

A EAP deve se concentrar nos deliverables

A EAP deve ser desenvolvida com a equipe

O nível mais baixo da EAP é o pacote de trabalho ou nível


de atividade
Atribua identificadores exclusivos a cada item da EAP

Revise e refine a EAP até que todos os principais


interessados no projeto esteja satisfeitos
Escopo
PMBOK – Capítulos 5

Dicas para elaboração da EAP

O nível de granularidade dos pacotes de trabalho é variável

O nível depende do detalhamento do gerenciamento

Em programas e grandes projetos crie subprojetos


Escopo
PMBOK – Capítulos 5

Benefícios da Decomposição do Escopo


Facilitar a atividade gerencial

Melhorar a precisão das estimativas de prazo

Melhorar a precisão e a focalização das estimativas de custo

Melhorar a precisão das estimativas de recursos

Definir os parâmetros para execução de medição e controle

Facilitar atribuições bem definidas de responsabilidades


Escopo
PMBOK – Capítulos 5

5.4 – Verificação do Escopo

Formaliza como serão aceitas as entregas do projeto


após sua conclusão
Planejamento e Gerência de
Projetos

Gerenciamento de Tempo

PMBOK – Capítulo 6
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Definição

O gerenciamento do tempo do projeto inclui os


processos, técnicas e ferramentas utilizadas para
realizar o projeto no prazo e tempo estimado
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Tempo vs. Prazo

Tempo ≠ Prazo

Esforço medido em unidade de tempo (horas, dias, semanas, etc...

Distribuição do tempo num calendário


Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Fluxo do Gerenciamento

Declaração do Escopo
EAP
Escopo Tempo
Fatores Ambientais
Ativos de Processos
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Processos de Gerenciamento do Tempo

6.1 – Definição da Atividade

6.2 – Sequenciamento das Atividades

6.3 – Estimativa de Recursos das Atividades

6.4 – Estimativa de Duração das Atividades

6.5 – Desenvolvimento do Cronograma

6.6 – Controle do Cronograma


PMBOK - Figura 6.1
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Definição das Atividades

É a identificação e documentação do trabalho a


ser realizado nos pacotes de trabalho

Lembre-se: Atividades são os componentes de


mais baixo nível dos pacotes de trabalho obtidos
na decomposição do escopo
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Exemplo de Elaboração de Cronograma


Número Atividade Duração Precedente

1 Preparar lista 1 dia Nenhuma


2 Escolher local 1 semana Nenhuma
3 Escolher atrações 1 semana Nenhuma
4 Preparar orçamento 2 dias 1, 2, 3
5 Contratar atrações 1 dia 4
6 Enviar convites 3 dias 1, 4
7 Confirmar presença 1 semana 5
8 Receber pagamento 5 dias 7
9 Organizar local 1 dia 2, 8
10 Realizar almoço 1 dia 9
11 Limpar local 1 dia 10
12 Pagar Fornecedores 1 dia 11
13 Fazer balanço 1 dia 12
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

MDP – Método do Diagrama de Precedência

A B C

início fim

D E F

Nós representam atividades Setas representam dependencias


Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Estimativa de Recursos das Atividades

É a determinação da quantidade de recursos necessários


para a execução das atividades

Entende-se por recurso: pessoas


equipamentos
materiais

software
tempo
conhecimento
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Estimativa de Duração das Atividades


É o processo de cálculo da duração das atividades que
envolve o trabalho das pessoas ou de processos de
maturação

O cálculo do esforço ou empenho é pertinente aos


processos executados por pessoas

A duração de uma atividade pode ser afetada pelo fator


de risco

CHUTE Atenção: Não use o Cálculo


Hipotético Utilizando
Técnicas Estatítisticas
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Desenvolvimento do Cronograma

É o processo de organziação (distribuição) dos


esforços mensurados em um calendário

A distribuição das unidades de tempo em


calendário deve ser realista e formalizado

O cronograma precisa ter a aceitação dos


membros da equipe e das partes interessadas
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Desenvolvimento do Cronograma

Estimativa análoga

Estimativa paramétrica
Mais provável

Estimativa dos três pontos Otimista

Pessimista
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Desenvolvimento do Cronograma

Mais provável

Estimativa dos três pontos Otimista

Pessimista

te  tempo esperado
to + 4tmp + tp to  duração otimista
te =
tp  duração pessimista
6
tmp duração mais provável
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Desenvolvimento do Cronograma

Diagrama de rede

Gráficos de barra (Gantt)

Gráfico de marcos
Tempo
PMBOK – Capítulos 6

Controle do Cronograma
As ferramentas e técnicas mais utilizadas são:

Relatórios de progresso
Sistema de controle de mudanças
Medição de desempenho
Software de gerenciamento de projetos
Análise de variação
Gráficos de barra de comparação
Planejamento e Gerência de
Projetos

Gerenciamento de Custos

PMBOK – Capítulo 7
Custos
PMBOK – Capítulos 7

Definição

O gerenciamento da custos inclui os processos


envolvidos em planejamento, estimativa, orçamentação e
controle de custos

Finalidade:

Terminar o projeto dentro do orçamento previsto


Custos
PMBOK – Capítulos 7

Processos de gerenciamento de custos

7.1 – Estimativa de custos

7.2 - Orçamentação

7.3 – Controle de custos


Custos
PMBOK – Capítulos 7

Processos de gerenciamento de custos

Estimativa de custos

Orçamentação

• Interagem entre si
• Cada processo ocorre pelo
Controle de custos menos uma vez
Custos
PMBOK – Capítulos 7

Nível de precisão

Os custos estimados serão arredondados até uma


precisão definida

Pode-se incluir quantia de contingência


Custos
PMBOK – Capítulos 7

Unidades de Medidas

Define todas as unidades de medidas utilizadas

Exemplo: Equipe/hora
Valor hora
Valor global
Valor unitário
Valor líquido
Custos
PMBOK – Capítulos 7

Limites de controle

Indica a variação permitida


Custos
PMBOK – Capítulos 7

Formato de relatórios

• Define-se os diversos formatos de relatários

• Padroniza-se a informação
Custos
PMBOK – Capítulos 7

Descrição dos processos

Documentar cada um dos processos de gerenciamento


de custos
Custos
PMBOK – Capítulos 7

Estimativa

Determinar os custos dos recursos necessários


para terminar cada atividade do cronograma

Deve sempre considerar variações, inclusive as


devidas ao risco

As estimativas podem ser revistas com a evolução


do projeto
Custos
PMBOK – Capítulos 7

Estimativa

É uma avaliação quantitativa

Previna-se contra inflação, ou contingências


Custos
PMBOK – Capítulos 7

Orçamentação

Agregação dos custos estimados de atividades


individuais ou pacotes de trabalho

O nível de agregação escolhido formará a linha


de base dos custos do projeto
Custos
PMBOK – Capítulos 7

Controle de custos

• Controlar os fatores que geram mudança no baseline


• Garantir que houve acordo em relação às mudanças solicitadas
• Monitorar as mudanças
• Assegurar que estouro de custos não ultrapasse o limite
• Monitorar o desempenho dos custos
• Evitar assumir custos não previstos
• Posicionar os stakeholders