Você está na página 1de 13

Conversando Com Deus É tu cantando e adorando, e eu trabalhando

Maurizélia É tu cantando e adorando, e eu te dando em dobro


Senhor, eu vim aqui falar contigo É tu cantando e adorando, e eu recebendo
Pois sei que és meu amigo e entendes minha dor É tu cantando e adorando, e a guerra vencendo
Senhor, acho que não vou suportar É tu cantando e adorando, e eu trabalhando
Está difícil caminhar e de seguir até o fim É tu cantando e adorando, e eu te dando em dobro
Senhor, as aflições me apavoram É tu cantando e adorando, e eu recebendo
As tempestades me afogam É tu cantando e adorando, e a guerra vencendo
Os inimigos caçoam de mim Canta no meio do vale, no meio da tempestade
Senhor, está difícil a minha vida Canta dentro da fornalha pois contigo sou
É como o barco à deriva no meio de um grande mar O segredo pra vencer é só louvar o meu nome
Deus, fala comigo, Tu és o meu alento Pois aonde tu louvar recebo o teu louvor
Fala comigo, quebra esse silêncio Canta no meio do vale, no meio da tempestade
(Aí Deus fala assim pra você) Canta dentro da fornalha pois contigo sou
Filho, hoje eu desci só pra você O segredo pra vencer é só louvar o meu nome
E decidi te responder e acalmar teu coração Pois aonde tu louvar recebo o teu louvor
Não temas, eu não perdi o controle Aquieta, te acalma
Eu quem permito a tua noite Me dá glória pois eu já me levantei por ti
E estou na situação Tranquiliza, faz a obra
Fui eu quem permitiu que acontecesse Pois quando eu me levanto é só pra agir
E o que tu tinhas, tu perdeste, te coloquei na provação Aquieta, te acalma
Fui eu quem permitiu que a enfermidade Me dá glória pois eu já me levantei por ti
Tua família assolasse, pois tu estás em minhas mãos Tranquiliza, faz a obra
Mas serei eu que vai chegar de surpresa Pois quando eu me levanto é só pra agir
Serei eu que vai entrar na peleja É tu cantando e adorando, e eu trabalhando
Serei eu que o quadro vai mudar É tu cantando e adorando, e eu te dando em dobro
Serei eu que o que está fora de repente vai por no lugar É tu cantando e adorando, e eu recebendo
Aquieta, te acalma É tu cantando e adorando, e a guerra vencendo
Me dá glória pois eu já me levantei por ti É tu cantando e adorando, e eu trabalhando
Tranquiliza, faz a obra É tu cantando e adorando, e eu te dando em dobro
Pois quando eu me levanto é só pra agir É tu cantando e adorando, e eu recebendo
Aquieta, te acalma É tu cantando e adorando, e a guerra vencendo
Me dá glória pois eu já me levantei por ti Fonte: Musixmatch
Tranquiliza, faz a obra Compositores: Cláudio Louvor
Pois quando eu me levanto é só pra agir
Sobrevivi Receba força, receba alegria
Receba equilíbrio, unção de ousadia
Essa guerra não te mata, vai te fortalecer
O vento não me derrubou
É neste deserto que Deus vai prover
O medo não me parou
Se prepare, tem novidade chegando pra você
A guerra me feriu
Mas a experiência ficou Deus dá força ao cansado, levanta o caído
Exalta o humilhado, Ele cuida do ferido
Eu não me calei e não vou me calar
Enquanto você adora Ele aqui
Enquanto houver fôlego, vou adorar
Ele cuida de tudo pra você
Posso até ter caído na guerra
Mas caído não vou ficar Então adore, que Ele cuida
Exalte, que Ele cuida
Sei que este vento vai passar
Glorifica, que Ele cuida
Também sei que o meu milagre vai chegar
Louve a Ele, que Ele cuida
Deus conhece a minha história
Sabe tudo sobre mim Se alguém perguntar como você venceu
É só olhar pra trás para ver Você vai dizer assim
Quantas guerras já venci
Sobrevivi adorando
Sobrevivi adorando Sobrevivi confiando
Sobrevivi confiando Sobrevivi, não desisti
Sobrevivi, não desisti Deus cuida de mim
Deus cuida de mim
Sobrevivi adorando
Sobrevivi adorando (eu sobrevivi) Sobrevivi confiando
Sobrevivi confiando Sobrevivi, não desisti
Sobrevivi, não desisti Deus cuida de mim
Deus cuida de mim Ele cuida de mim
Ele cuida de mim
Ele cuida da tua casa, cuida da família
Fonte: Musixmatch
Cuida do trabalho, Ele cuida da tua vida
Cuida do ministério, cuida da saúde
Cuida desta igreja, Ele cuida de ti
Adore, que Ele cuida
Exalte, que Ele cuida
Glorifica, que Ele cuida
Louve a Ele, que Ele cuida
Pode Ser Hoje Era mais uma vez, era apenas mais um louvor
Para a igreja era apenas mais um culto normal Era mais um dia de adoração
Para as irmãs que iam orar era apenas mais uma oração Mas lá em cima algo acontecia
E para os jovens que ensaiaram para cantar no conjunto O céu estava em movimento
Era mais um louvor em que sentiam a unção do Espírito Santo Pois na ordem de Deus
Para o pastor era mais um sermão Aquele culto não terminaria
Para as crianças era mais uma vez, na escolinha iam aprender a Pode ser hoje o seu último culto, adore
lição Pode ser hoje a última vez que você canta no coral
E para o pregador que foi convidado pra pregar Pode ser hoje a sua última oração, então ore
E para o cantor que foi convidado pra cantar Pode ser hoje sua última pregação
Era mais uma vez, era apenas mais um louvor Então pregue com a alma
Era mais um dia de adoração Pode ser hoje, então chore, adore, clame, exalte, pule e grite
Mas lá em cima algo acontecia Pode ser hoje, canta, prega, ora, fala em mistério e profetize
O céu estava em movimento Pode ser hoje
Pois na ordem de Deus Se levanta, corra em busca das almas perdidas
Aquele culto não terminaria Pode ser hoje
Pode ser hoje o seu último culto, adore O último dia que a igreja aqui na terra esteja reunida
Pode ser hoje a última vez que você canta no coral Hoje ninguém me segura, porque eu vou louvar
Pode ser hoje a sua última oração, então ore Como nunca cantei, cada louvor quero cantar
Pode ser hoje sua última pregação Saiam da frente impedimentos e barreiras
Então pregue com a alma Porque vou adorar (vou adorar)
Pode ser hoje, então chore, adore, clame, exalte, pule e grite E mais unção!
Pode ser hoje, canta, prega, ora, fala em mistério e profetize E mais unção pra minha vida Deus vai mandar

Pode ser hoje Pode ser hoje


Se levanta, corra em busca das almas perdidas Pode ser hoje o arrebatamento
Pode ser hoje Pode ser hoje
O último dia que a igreja aqui na terra esteja reunida Clame, exalte, pule e grite (pode ser hoje)
Hoje ninguém me segura, porque eu vou louvar Pode ser hoje
Como nunca cantei, cada louvor quero cantar Canta, prega, ore e celebre (pode ser hoje)
Saiam da frente impedimentos e barreiras Pode ser hoje, louve
Porque vou adorar (vou adorar) Pode ser hoje
E mais unção pra minha vida Deus vai mandar Pode ser hoje!
Fonte: Musixmatch
Oh, o-oh Compositores: De Assis Lozer Tangela Vieira
Gideão e Os Trezentos Porém quem baixasse perdendo atenção
Junta o povo Gideão Esse voltaria
Chegou a hora de lutar
Grande vai ser a escolha E o segredo de Jeová, naquele momento
Os covardes e medrosos Era escolher entre os trinta e dois mil
Do caminho irão voltar Somente trezentos
Mas trezentos com buzinas
Junta o povo Gideão Trezentos com cântaros
Eu vou marcar a tua história Trezentos com tochas
Te darei o livramento Trezentos com fogo
Pois somente com trezentos Trezentos que obedecem
Eu te darei vitória Trezentos corajosos
Trezentos verdadeiros
Trinta e dois mil, era a quantidade Trezentos valorosos
De homens a postos para pelejar
Aparentemente, todos corajosos Por que Deus quando entra na guerra
Preparados pra lutar É dele o comando
É dele a estratégia, manda quebrar o cântaro
Porém há momentos E toca as buzinas
Que Deus resolve, agir diferente Não tente entender o trabalhar de Deus
E o Senhor disse a Gideão
Ainda tem muita gente E o resultado é vitória, vitória, vitória
Vitória, vitória, vitória
E disse o Senhor a Gideão Vitória, vitória, vitória
Muito é o povo que está contigo Deus está dando o livramento
Para Eu dar os midianitas em tuas mãos
Afim de que Israel não se glorie contra mim dizendo E o resultado é vitória, vitória, vitória
A minha mão me livrou Vitória, vitória, vitória, vitória (vitória)
Apregoa pois agora aos ouvidos Se trinta e dois mil não
De todo o povo dizendo Querem ir, Deus usa os trezentos
Os covardes e medrosos voltem
Mas trezentos com buzinas
Então, o povo ouviu e começou a voltar Trezentos com cântaros
Um, dois, voltaram vinte mil Trezentos com tochas
Porém há momentos Trezentos com fogo
Que Deus quer agir diferente Trezentos que obedecem
E o Senhor disse a Gideão Trezentos corajosos
Ainda tem muita gente Trezentos verdadeiros
Trezentos valorosos
E disse o Senhor a Gideão
Faz descer o povo as águas e ali os provarei Se trinta e dois mil não querem ir
E há de ser que aquele que Deus usa os trezentos
Eu te disser esse irá contigo, esse contigo irá (A vitória é dos trezentos)
Porém todo aquele que eu disser Aleluia a vitória é do povo de Deus
Esse não irá contigo, esse não irá Fonte: Musixmatch
E Gideão ordenou descer as águas
E de longe começou entender
Que havia um segredo de Deus
Na forma que o povo água ia beber
Pois quem tomasse a água com mão
E levasse a boca, este serviria
Questiona ou Adora Te levar lá no deserto, e te deixar só
Flordelis E no meio da adversidade um exercito inimigo
Me peguei perguntando, o que pode Deus fazer? Vier te afrontar
Mudar todos os planos, fazer o seu querer O que é que você faz?
Fazer o que lhe apraz, sem dar explicação
Questiona ou adora?
Conhecer teu sentimento, e avaliar tua reação
Questiona ou adora?
E se ele não quiser, fazer o vento cessar
Se ele nada fizer me mostre a sua fé
E se ele não quiser, o mar acalmar
Questiona ou adora?
E no meio dessa tempestade, apenas te restar
(Adora) questiona ou adora?
A voz de um adorador
(Adora) questiona ou adora
E se ele não quiser, matar a faraó
Adora se ele nada fizer me mostre a sua fé
Te levar lá no deserto, e te deixar só
Questiona ou adora?
E no meio da adversidade um exercito inimigo
Vier te afrontar Nós vivemos num contexto onde tudo Tem que dar certo
Ou Deus faz ou Deus faz
O que é que você faz?
E quando isso não acontece nos decepcionamos
Questiona ou adora? Nos frustramos
Questiona ou adora? E achamos que Deus nos esqueceu, que Deus nos
Se ele nada fizer me mostre a sua fé abandonou
Questiona ou adora? Mas na verdade, Deus quer saber se você é um
Questiona ou adora? verdadeiro adorador
Questiona ou adora? Então adore
Se ele nada fizer me mostre a sua fé
Eu prefiro adorar, eu prefiro adorar
Questiona ou adora?
Se ele nada fizer eu uso a minha fé
E se ele não quiser, fazer o vento cessar Eu prefiro adorar
E se ele não quiser, o mar acalmar Eu prefiro adorar, prefiro eu prefiro adorar, prefiro
E no meio dessa tempestade, apenas te restar Se ele nada fizer eu uso a minha fé
A voz de um adorador Eu prefiro adorar
E se ele não quiser, matar a faraó Adorar
Além da medicina Mas ele vem aí, e vem pra decidir
Mara Lima Se o teu caso está perdido, ele faz o impossível
A dor, de procurar e não achar uma saída Pois ele tem poder, ele te faz vencer
É tão sofrido ver alguém perder a vida Sim, ele é o teu amigo
O desespero toma conta do coração O seu nome é Jesus Cristo

A dor, de se chamar a petição não respondida Ele vai além da medicina


De esperar e ver a vida destruída Quando ele estende a sua mão
E concluir que não existe mais o que fazer Quando já não tem saída
Quando a morte vence a vida
Mas ele vem aí, e vem pra decidir Ele ainda tem a solução
Se o teu caso está perdido, ele faz o impossível
Pois ele tem poder, ele te faz vencer Sim foi ele, mesmo quem falou
Sim, ele é o teu amigo Que ele é a vida e a ressurreição
O seu nome é Jesus Cristo Quando ele disse: Lázaro, sai para fora
Ele surpreendeu aquela multidão
Sim foi ele, quem apareceu
Depois de quatro dias, que Lázaro morreu Ele vai além da medicina
Naquela tumba fria, já não existia Quando ele estende a sua mão
Uma esperança, uma solução Quando já não tem saída
Sim foi ele, mesmo quem falou Quando a morte vence a vida
Que ele é a vida e a ressurreição Ele ainda tem a solução (Jesus, Jesus)
Quando ele disse: Lázaro, sai para fora Ele ainda tem a solução (Jesus, Jesus)
Ele surpreendeu aquela multidão
Ele ainda tem a solução
Ele vai além da medicina
Fonte: Musixmatch
Quando ele estende a sua mão
Quando já não tem saída Compositores: Roberto Carlos
Quando a morte vence a vida
Ele ainda tem a solução
Meu Grande Herói Se não fosse tua morte, eu não teria vida
Elaine Fernandes Obrigada, obrigada nazareno
Ferido, lá no chão estava eu Me disseram que enquanto eu estava lá (estava lá)
Esperando, alguém vir me socorrer Um viajante de bondoso coração
Quem por mim passou, não me ajudou Me vendo caído sobre aquele chão
Mesmo vendo eu a ponto de morrer Se encheu de uma profunda compaixão
(Aí Jesus chega e muda tudo Otávio)
E olhou, e chorou
Me disseram que enquanto eu estava lá (estava lá) Com amor me falou
Um viajante de bondoso coração (te vendo caído) Vai ficar tudo bem
Me vendo caído sobre aquele chão Olha só, o pior já passou
Se encheu de uma profunda compaixão
Me pôs em seus braços, curou minhas feridas
E olhou, e chorou Das garras da morte Ele me arrancou
Com amor me falou Sua voz tão suave eu posso ouvir
Vai ficar tudo bem Dizendo que ainda não era o fim
Olha só, o pior já passou Salvou a minha vida e se foi
O meu grande herói (Ele vai voltar)
Me pôs em seus braços, curou minhas feridas
Das garras da morte Ele me arrancou Meu grande herói não tinha cavalo branco
Sua voz tão suave (eu posso ouvir) eu posso ouvir Armadura reluzente, nem espada, nem escudo
Dizendo que ainda não era o fim Meu grande herói era humilde, eu bem sei
Salvou minha vida e se foi Mas no céu Ele era rei, dono exclusivo de tudo
O meu grande herói Meu grande herói mudou mesmo a minha sorte
Me arrancou das mãos da morte e nem vi o rosto Dele
Meu grande herói não tinha cavalo branco
Meu grande herói, meu amigo mais fiel
Armadura reluzente, nem espada, nem escudo
Me salvou e foi pra o céu
Meu grande herói era humilde eu bem sei
Jesus Cristo é o nome Dele
Mas no céu Ele era rei, dono exclusivo de tudo
Meu grande herói mudou mesmo a minha sorte Ele é Jesus
Me arrancou das mãos da morte e nem vi o rosto Dele O amado da minha alma
Meu grande herói, meu amigo mais fiel O teu, o nosso
Me salvou e foi pra o céu Meu grande herói
Jesus Cristo é o nome Dele
Oh, nós te louvamos nazareno
Obrigada nazareno Oh samaritano, nós te louvamos
Se não fosse a cruz eu não estaria aqui Nós te louvamos Senhor
Aleluia!
História de Um Profeta Vem aqui Elias, vem aqui Elias
Miriam Araújo Vem que hoje, eu quero te usar de novo
Vem aqui Elias, vem aqui Elias
Vim aqui pra falar com você
Abre a tua boca e fala com meu povo
Hoje eu quero saber o que aconteceu
Como pode um guerreiro valente Você é vencedor, você não é vencido
Esquecer de repente tudo que aprendeu É um profeta ungido desde de que nasceu
Me diz quem é homem para te calar?
É difícil entender como alguém
Se quem está contigo é o Senhor teu Deus
Que venceu mais de cem
Fugiu de uma mulher Abre a tua boca e fale o que eu mandar
Não é uma atitude correta Não tire uma vírgula e nem mesmo um til
Me diga profeta, onde está sua fé? Diz pra este povo que hoje tem milagre
E vou derramar bênção mais de sete mil
Você é vencedor, você não é vencido
É um profeta ungido, desde de que nasceu Vai profetizando, vai determinando
Quem é o rei Acabe, quem é Jezabel? Eu vou fazer cumprir o que você falar
Quem é o seu exército contra o teu Deus? Profetiza aí pra quem está do teu lado
É hoje que o Senhor vai te abençoar
Peça chuva aí que vou fazer chover
Levanta a mão pra o céu o fogo vai descer Profetiza e veja o céu descendo aqui
Elias hoje eu quero te usar de novo Enquanto, eu mando glória, vai glorificando
Abre tua boca e fala com meu povo Não temas o vento terremoto e fogo
Abre a tua boca é Deus que está falando
Vai profetizando, vai determinando
Vai entregando a bênção para os sete mil Vem aqui meu filho, vem aqui meu filho
Profetiza cura, chuvas de milagres Vem que hoje, eu quero te usar de novo
Grandes maravilhas que ninguém já viu Vem aqui meu filho, vem aqui meu filho
Abre a tua boca e fala com meu povo
Profetiza e veja o gigante caindo
As portas se abrindo no poder da unção Vem aqui meu filho, vem aqui meu filho
Vai profetizando, vai determinando Vem que hoje, eu quero te usar de novo
Que a vitória é sua e do teu irmão Vem aqui meu filho, vem aqui meu filho
Abre a tua boca e fala com meu povo
Vem aqui Elias, vem aqui Elias
Vem que hoje, eu quero te usar de novo Vai profetizando, vai determinado
Vem aqui Elias, vem aqui Elias Eu vou fazer cumprir o que você falar
Abre a tua boca e fala com meu povo Profetiza aí pra quem está do teu lado
É hoje que o Senhor vai te abençoar
Profetiza e veja o céu descendo aqui
Enquanto, eu mando glória, vai glorificando
Não temas o vento terremoto e fogo
Abre a tua boca, é Deus que está falando

vem aqui meu filho


Vem que hoje, eu quero te usar de novo
Vem aqui meu filho, vem aqui meu filho
Abre a tua boca e fala com meu povo

Vai profetizando, vai profetizando


Abre a tua boca e fala com meu povo
Vai profetizando, vai profetizando
Abre a tua boca, é Deus que está falando

Vai profetizando, vai profetizando


Abre a tua boca e fala com meu povo
Vai profetizando, vai profetizando
Abre a tua boca, é Deus que está falando

Fonte: Musixmatch

Compositores: Agaílton Silva


Vaso de Alabastro Sou pequeno e tão falho (sou pequeno e tão falho)
Mara Lima Não mereço teu amor (teu amor)
Mas eu sei que mesmo assim
Pra te adorar, Senhor
O Senhor cuida de mim
Te dar o meu louvor
Um tão pobre pecador
Quero me prostrar
Vou me derramar Purifica as minhas vestes
Aos teus pés, Senhor Com seu sangue remidor
Me ajude a ser fiel
O meu vaso de alabastro
Eu quero chegar no céu
Quero lhe oferecer
E te abraçar, Senhor
Me humilho aos seus pés
Porque santo tu és Pra te adorar, Senhor (pra te adorar)
Vem meu louvor receber Te dar o meu louvor (meu louvor)
Quero me prostrar
Sou pequeno e tão falho
Vou me derramar
Não mereço teu amor
Aos teus pés, Senhor (aos teus pés, Senhor)
Mas eu sei que mesmo assim
O Senhor cuida de mim O meu vaso de alabastro
Um tão pobre pecador Quero lhe oferecer
Me humilho aos seus pés
Purifica as minhas vestes (purifica as minhas vestes)
Porque santo tu és
Com seu sangue remidor (Com seu sangue remidor)
Vem meu louvor receber
Me ajude a ser fiel
(Meu louvor receber) por que tu és Santo, Santo
Eu quero chegar no céu
E te abraçar, Senhor Pra te adorar, Senhor (de todo o meu coração)
Te dar o meu louvor (te dar o meu louvor, pois tu és Digno)
Pra te adorar, Senhor
Quero me prostrar (quero me prostrar, Senhor)
Te dar o meu louvor
Vou me derramar (me derramar)
Quero me prostrar
Aos teus pés, Senhor (aos teus pés, Senhor)
Vou me derramar
Aos teus pés, Senhor O meu vaso de alabastro (recebe)
Quero lhe oferecer
O meu vaso de alabastro
Me humilho aos seus pés (eu me humilho aos seus pés Senhor)
Quero lhe oferecer
Porque Santo tu és
Me humilho aos seus pés
Vem meu louvor receber
Porque santo tu és
Vem meu louvor receber Recebe Senhor
Quem Viver Verá
Damares
E vai soprar seu nome em todo o universo
Ele era só um menino à frente daquele gigante Muita gente vai ficar surpreendida
No ponto de vista humano, Davi morreria ao primeiro instante Quando ver na sua vida Deus fazer sucesso
Porque na lógica do homem o maior vence o menor
E o mais fraco sempre acaba lá no pó Quem não acredita que você consegue
Vai sentir o gosto amargo da decepção
Quem olhava pra aquele cenário dizia: Está tudo perdido Vai te ver brilhando na unção de Deus
O menino jamais terá chance contra esse gigante tão forte e temido Aplaudido pelo rei e pela multidão
Davi desceu aquele vale, por muitos desacreditado Quem te viu chorando, vai te ver sorrindo
Mas quando venceu foi aplaudido elogiado Quem te viu gemendo, vai te ver cantar
Quem te viu na prova, vai te ver na bênção
Essa história se parece com a sua
Quem te viu no anonimato, vai te ver brilhar
Quantas vezes alguém fala por aí
Que o gigante em sua vida é tão grande Quem viver verá, quem viver verá
E o melhor que você faz é desistir Deus mudará tua história, quem viver verá
Mas não desista porque Deus está bradando Quem viver verá, quem viver verá
E vai soprar seu nome em todo o universo Deus te entregará a vitória, quem viver verá
Muita gente vai ficar surpreendida
Quando ver na sua vida Deus fazer sucesso Quem viver verá, quem viver verá
Deus mudará tua história, quem viver verá
Quem não acredita que você consegue Quem viver verá, quem viver verá
Vai sentir o gosto amargo da decepção Deus te entregará a vitória, quem viver verá
Vai te ver brilhando na unção de Deus
Aplaudido pelo rei e pela multidão Quem viver verá, quem viver verá
Quem te viu chorando vai te ver sorrindo Deus mudará tua história, quem viver verá
Quem te viu gemendo vai te ver cantar Quem viver verá, oh (quem viver verá)
Quem te viu na prova vai te ver na bênção Deus te entregará a vitória, quem viver verá
Quem te viu no anonimato vai te ver brilhar Oh, quem viver verá
Quem viver verá, quem viver verá Fonte: Musixmatch
Deus mudará tua história, quem viver verá
Quem viver verá, quem viver verá Compositores: Agailton Costa E Silva
Deus te entregará a vitória, quem viver verá

Essa história se parece com a sua


Quantas vezes alguém fala por aí
Que o gigante em sua vida é tão grande
E o melhor que você faz é desistir
Mas não desista porque Deus está bradando
Mãos Ungidas Em Fervente Oração
Shirley Carvalhaes Kemuel
De onde vem, esta unção, este poder Em fervente oração, vem o teu coração
De curar, enfermidade, tirar a dor, com autoridade Na presença de Deus derramar
De onde vem, tanta unção Mas só podes fluir o que estás a pedir
Que minhas mãos, estão ungidas Quando tudo deixares no altar
Posso ordenar, em nome de Jesus
Quando tudo perante o senhor estiver
Levanto as minhas mãos E todo o teu ser ele controlar
E posso ordenar, que o mal vá embora Só então hás de ver que o senhor tem poder
Pra nunca mais voltar, curado vai ficar Quando tudo deixares no altar
Com as mãos ungidas
Não há mal que resista, tanto poder Ooh
Poder que só nos dá, recebe só quem crer Maravilhas de amor te fará o senhor
Enfermidade vai embora Atendendo a oração que aceitar
Quando levanto as minhas mãos, pra repreender Seu imenso poder te fará socorrer
O mudo fala, o cego enxerga, o coxo anda Quando tudo deixares no altar
Tudo obedece a Sua voz quando Ele manda Quando tudo perante o senhor estiver
Se Ele mandar estendo a mão e o morto se levanta E todo o teu ser ele controlar
É o Senhor dos impossíveis, creia agora Só então hás de ver que o senhor tem poder
Deus vai usar as minhas mãos e nessa hora Quando tudo deixares no altar
O surdo vai ouvir a voz de Deus aqui
Porque Ele ungiu minhas mãos, enfermidade vai sair Se orares, porém, sem o teu coração
Ter a paz que o senhor pode dar
Fonte: LyricFind Foi por Deus não sentir que tua alma se abriu
Tudo, tudo deixando no altar
Quando tudo perante o senhor estiver
E todo o teu ser ele controlar
Só então hás de ver que o senhor tem poder
Quando tudo deixares no altar
Fonte: Musixmatch
Compositores: Ministerio Coral Kemuel

Você também pode gostar