Você está na página 1de 6

Data Revisão:

Código: IT.AG.01.OA.0001
04.10.2018

Revisão:01 Página: 1 de 6 Assunto: BORRACHARIA

1. OBJETIVO

Estabelecer critérios e procedimentos para trabalhos na Borracharia da Oficina Central.


Desenvolver a atividade de borracheiro com qualidade, segurança e maior agilidade.
Desenvolver habilidades que permitam a melhora contínua em nossos atendimentos internos,
reduzindo o tempo e equalizando os gastos para esta atividade.
2. AMPLITUDE

Esta instrução aplica-se a todos os borracheiros da Oficina Automotiva – COFCO INTL.


3. ATOS OPERACIONAIS

Reparar pneus e câmaras de ar;


Montagem e desmontagem de pneus de máquinas agrícolas, caminhões e veículos;
Avaliar a condição do pneu;
Realizar troca de pneus;
Calibragem de pneus;
Verificar aperto dos parafusos;
Medição de profundidade de sulco;
Marcar pneus novos com número de fogo, se necessário;
Prestar socorro na lavoura, ou em trajetos, em máquinas agrícolas, caminhões e veículos,
com o caminhão de apoio da borracharia;
4. DOCUMENTOS ASSOCIADOS

IT.AG.00.AUT.0013 - Retirar e Colocar o Conjunto Roda/Pneu do Equipamento


IT.AG.00.AUT.0014 - Retirar e Colocar Pneu da Roda
IT.AG.00.AUT.0015 - Conserto de Câmara de Ar
IT.AG.00.AUT.0016 - Medição de Sulco do Pneu
IT.AG.00.AUT.0017 - Calibragem do Pneu e Aperto dos Parafusos da Roda
IT.AG.00.AUT.0018 - Substituição de um Pneu Antigo por um Pneu Novo
Manutenção de Pneus.
Envio de Pneus para Reforma
Eliminação de Pneus.
Ficha de Medição de Sulco/Calibragem de Pneus.

Elaboração Revisão Aprovação

Talles Antônio Bonato Willian Pereira Paulo Alonso Alessandro de Luca


Engenharia Engenharia Coordenação Gerência
Data Revisão:
Código: IT.AG.01.OA.0001
04.10.2018

Revisão:01 Página: 2 de 6 Assunto: BORRACHARIA

5. RESPONSABILIDADES

Gerente de Manutenção Automotiva

Aprovar o conteúdo desta elaboração.


Coordenação, Engenharia e Supervisão

Monitorar a aplicação desta instrução.


Lavadores e Líderes

Executar a I.T conforme orientação.

Elaboração Revisão Aprovação

Talles Antônio Bonato Willian Pereira Paulo Alonso Alessandro de Luca


Engenharia Engenharia Coordenação Gerência
Data Revisão:
Código: IT.AG.01.OA.0001
04.10.2018

Revisão:01 Página: 3 de 6 Assunto: BORRACHARIA

6. INSTRUÇÕES

Antes de iniciar qualquer serviço, e, assim que terminá-lo, abrir e fechar o apontamento do
mesmo;

Preencher a PTS (Permissão de Trabalho Seguro), antes de iniciar o serviço;

Preencher a ATR (Autorização de Trabalho em Risco) e a APR (Análise Preliminar de


Risco) quando necessário;

Preencher todos os documentos indicados para cada tipo de serviço;

Utilizar todos os EPI's indicados para cada tipo de atividade;

Antes de começar qualquer serviço certificar-se de que o equipamento está devidamente


freado, calçado, e que a chave de partida não está na ignição, seguindo os procedimentos
da LOTO (Lock Out Tag Out);

O escoramento de máquinas e equipamentos deverá ser feito com estrutura metálica


resistente e nunca somente apoiado no macaco hidráulico ou por outro objeto não
apropriado;

Permanecer, o maior tempo possível junto ao setor de trabalho e aproveitar o tempo


disponível para eliminar as falhas potenciais, manter a organização e limpeza;

Transmitir informações sobre as condições do equipamento ao parceiro para continuidade


natural do trabalho;

Atentar-se aos riscos de contato acidental quando executar trabalho próximo a


equipamentos energizados (Mantenha distância);

Utilizar sempre o cinto de segurança, sempre que necessário.

Elaboração Revisão Aprovação

Talles Antônio Bonato Willian Pereira Paulo Alonso Alessandro de Luca


Engenharia Engenharia Coordenação Gerência
Data Revisão:
Código: IT.AG.01.OA.0001
04.10.2018

Revisão:01 Página: 4 de 6 Assunto: BORRACHARIA

7. ASPECTOS E IMPACTOS AMBIENTAIS

ASPECTOS IMPACTOS AÇÃO


• Armazenar os resíduos em
local coberto, protegido das
Geração de resíduos de intempéries, impedindo a
Contaminação do solo, da
pneus usados e aparas de proliferação de vetores até a
água e proliferação de vetores.
borracha. coleta do material para
reciclagem por empresa
licenciada.
• Sistema de controle e
combate a incêndio instalado e
em perfeitas condições de
Contaminação do solo, da serem utilizados.
Risco de incêndio.
água e do ar.
• A rede elétrica deve está em
boas condições de
conservação.

Alteração da qualidade da
Uso de água superficial e • Uso de circuito fechado para o
água e esgotamento do
subterrânea. reuso da água
recurso hídrico.

• O efluente sanitário deve ser


drenado para rede de esgoto
sanitário, onde será tratado
através do sistema de fossas
Contaminação da água e do
Esgoto sanitário. sépticas. Após o tratamento, o
solo
efluente ficará armazenado, até
que o caminhão venha
succioná-lo e encaminhá-lo á
ETE municipal

Elaboração Revisão Aprovação

Talles Antônio Bonato Willian Pereira Paulo Alonso Alessandro de Luca


Engenharia Engenharia Coordenação Gerência
Data Revisão:
Código: IT.AG.01.OA.0001
04.10.2018

Revisão:01 Página: 5 de 6 Assunto: BORRACHARIA

8. SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL

Os Procedimentos de Segurança desenvolvidos pela COFCO INTL, tem a finalidade de


estabelecer medidas de controle visando preservar a integridade física dos trabalhadores,
bem como danos a propriedade e ao meio ambiente.
Os Procedimentos para Travamento e Sinalização de Fontes de Energia visam estabelecer
normas mínimas para neutralizar todas as fontes de energia, incluindo elétrica, mecânica,
hidráulica, pneumática, química etc.; assegurando que máquinas e/ou equipamentos sejam
mantidos em “Estado de Zero Energia” e, prevenindo a ocorrência de Acidentes que possam
resultar do acionamento acidental de máquinas e equipamentos.
Procedimentos de Segurança

Para obter-se o máximo de proteção diante da possibilidade de um movimento mecânico


inesperado, se faz necessário estabelecer passo a passo um “Estado de Zero Energia”.
Todas as fontes de energia que possam gerar movimento de parte da máquina devem estar
bloqueadas.
Bloquear os fluidos pressurizados (ar, óleo etc.), fechar válvulas e reduzir a pressão no lado
da máquina através do escape para atmosfera ou escoamento para um
tanque/reservatório/meio externo.
Todos os tanques/reservatórios de ar-comprimido devem se reduzidos à pressão atmosférica
ou tratados como fonte de energia e serem bloqueados.
O potencial de energia mecânica de todas as partes da máquina deve estar abaixo de valores
práticos (operacionais), assim o rompimento de uma tubulação ou mangueira não produzirá
um movimento inesperado.
A energia cinética das partes da máquina deve ser mantida em baixos valores.
As partes da máquina, soltas ou livres devem estar asseguradas contra movimentos
acidentais (calçadas, amarradas etc.).
Peças ou materiais suportados ou controlados pela máquina serão considerados como partes
da máquina e deverão estar em conformidade com este procedimento.
O “Estado de Zero Energia” será alcançado executando-se passo a passo os procedimentos,
assegurando-se da inexistência de pressão residual em qualquer tubulação e/ou
componentes do maquinário.
EPI’s:

Capacete;
Óculos de segurança transparente;
Protetor auricular;
Botina de segurança com biqueira de aço;
Luva couro de vaqueta;
Uniforma refletivo;

Elaboração Revisão Aprovação

Talles Antônio Bonato Willian Pereira Paulo Alonso Alessandro de Luca


Engenharia Engenharia Coordenação Gerência
Data Revisão:
Código: IT.AG.01.OA.0001
04.10.2018

Revisão:01 Página: 6 de 6 Assunto: BORRACHARIA

Toca árabe (lavoura);


Perneira (lavoura);
Perigos Potenciais

Lesões de Pele e/ou Oculares;


Queda de Nível;
Ruído Excessivo e/ou Vibração;
Piso Molhado e Escorregadio.
9. AÇÕES NO CASO DE NÃO CONFORMIDADES DE SEGURANÇA

As não conformidades de todas as atividades relacionadas a segurança do trabalho que


ultrapassem o nível de autoridade do operador devem ser alavancadas junto ao
Líder/Supervisor.
10. AÇÕES NO CASO DE NÃO CONFORMIDADES OPERACIONAIS

Paralisar as operações em casos de: incêndios e falta de segurança no local de trabalho;


Todas as não conformidades de todas as atividades relacionadas que ultrapassem o nível de
autoridade do borracheiro devem ser alavancadas junto ao Líder/Supervisor;
Todas as não conformidades que ultrapassem o nível de autoridade do Líder/Supervisor
devem ser alavancadas junto ao Coordenador.

Elaboração Revisão Aprovação

Talles Antônio Bonato Willian Pereira Paulo Alonso Alessandro de Luca


Engenharia Engenharia Coordenação Gerência