Você está na página 1de 14

OPERAÇÕES UNITÁRIAS I

OPERAÇÃO ENVOLVENDO SÓLIDOS GRANULARES


PENEIRAÇÃO

Objetivo: Classificar as partículas de acordo com o tamanho.

Balanço de massa: 𝐴 = 𝐹 + 𝐺 → Alimentação = Finos + Grossos


PENEIRAÇÃO

DIÂMETRO DE CORTE (𝑫𝒄 ): Diâmetro de corte é o diâmetro teórico que separa


as partículas que serão consideradas finas das grossas. o 𝐷𝑐 é definido em
função das características do processo e de possíveis mudanças na matéria
prima. Assim, as partículas que apresentarem o diâmetro menor que o diâmetro
de corte estabelecido serão consideradas partículas finas do processo. Ou seja,
as partículas que tiverem diâmetro maior que 𝐷𝑐 serão consideradas partículas
grossas do processo.
PENEIRAÇÃO
𝒙𝑨 (𝒂𝒍𝒊𝒎𝒆𝒏𝒕𝒂çã𝒐) : É o somatório das frações mássicas que tem diâmetro
representativo menor que o diâmetro de corte na alimentação.

𝒙𝑭 (𝒑𝒓𝒐𝒅𝒖𝒕𝒐) : É o somatório das frações mássicas que tem diâmetro


representativo menor que o diâmetro de corte nos finos.

𝒙𝑮 (𝒓𝒆𝒋𝒆𝒊𝒕𝒐) : É o somatório das frações mássicas que tem diâmetro representativo


menor que o diâmetro de corte nos grossos.
PENEIRAÇÃO

Balanço de massa para os finos: Balanço de massa para os grossos:


𝑭 𝒙𝑨 − 𝒙𝑮 𝑨 ∙ (𝟏 − 𝒙𝑨 ) = 𝑭 ∙ (𝟏 − 𝒙𝑭 ) + 𝑮 ∙ (𝟏 − 𝒙𝑮 )
𝐴 ∙ 𝑥𝐴 = 𝐹 ∙ 𝑥𝐹 + 𝐺 ∙ 𝑥𝐺 → =
𝑨 𝒙𝑭 − 𝒙𝑮
PENEIRAÇÃO

RECUPERAÇÃO DE FINOS (𝒓)

Significa a quantidade dos finos que ficaram retidos pelos grossos. Se


todos os finos passarem, 𝑟 = 1.

𝑭 ∙ 𝒙𝑭
𝒓=
𝑨 ∙ 𝒙𝑨
PENEIRAÇÃO

REJEIÇÃO DE GROSSOS (𝑹)

Significa quanto dos grossos passaram com os finos. Se todos os


grossos ficarem retidos, a rejeição será 1

𝑮 ∙ 𝟏 − 𝒙𝑮
𝑹=
𝑨 ∙ 𝟏 − 𝒙𝑨
PENEIRAÇÃO

EFICIÊNCIA (𝑬)

𝐹 ∙ 𝑥𝐹 𝐺 ∙ 1 − 𝑥𝐺
𝐸 =𝑟∙𝑅 =1 → 𝐸= ∙
𝐴 ∙ 𝑥𝐴 𝐴 ∙ 1 − 𝑥𝐴

𝒙 𝑨 − 𝒙𝑮 𝒙𝑭 𝒙𝑨 − 𝒙𝑮 𝟏 − 𝒙𝑭
→ 𝑬= ∙ ∙ 𝟏− ∙
𝒙 𝑭 − 𝒙𝑮 𝒙𝑨 𝒙𝑭 − 𝒙𝑮 𝟏 − 𝒙𝑨
PENEIRAÇÃO

EXEMPLO: Por trituração e moagem, através de uma peneira de 14 #


(Mesh) se produz uma tonelada de dolomita por hora. De acordo com
a análise das peneiras, calcular:

A) A carga total do triturador

B) A eficiência da peneira
Alimentação Produto Rejeito
Mesh
𝑨 % F % 𝑮 %
+4 14,3 ---- 20
+8 20,0 ---- 28
+ 14 20,0 ---- 24
+ 28 28,5 40 24
+ 48 8,6 30 ----
+ 100 5,7 20 ----
+ 200 2,86 10 ----
A) A carga total do triturador

𝑥𝐺 = ෍ 𝑥𝐺 < + 14 # = 24 = 24 %

𝑥𝐴 = ෍ 𝑥𝐴 < + 14 # = 28,5 + 8,6 + 5,7 + 2,86 = 45,66 %

𝑥𝐹 = ෍ 𝑥𝐹 < + 14 # = 40 + 30 + 20 + 10 = 100 %
A) A carga total do triturador

𝐹 𝑥𝐴 − 𝑥𝐺 100 − 24 𝒕𝒐𝒏
= → 𝐴= ∙ 1 𝑡𝑜𝑛 = 3,51
𝐴 𝑥𝐹 − 𝑥𝐺 45,66 − 24 𝒉
B) A eficiência da peneira

𝑥𝐴 − 𝑥𝐺 𝑥𝐹 𝑥𝐴 − 𝑥𝐺 1 − 𝑥𝐹
𝐸= ∙ ∙ 1− ∙
𝑥𝐹 − 𝑥𝐺 𝑥𝐴 𝑥𝐹 − 𝑥𝐺 1 − 𝑥𝐴
B) A eficiência da peneira

100 1−1
= 0,285 ∙ ∙ 1 − 0,285 ∙ = 0,6241 = 62,41 %
45,66 1 − 0,4566

Você também pode gostar