Você está na página 1de 10

Formação Econômica do

Brasil
Prof(a). Dra. Ariane Maria Machado de Oliveira
ECONOMIA DE TRANSIÇÃO PARA UM
SISTEMA INDUSTRIAL

▰ As tendências ao desequilíbrio externo


▰ Nível de emprego e concentração de renda no final do século XIX
▰ A crise da economia cafeeira

2
AS TENDÊNCIAS AO DESEQUILÍBRIO EXTERNO
NO FINAL DO SÉCULO XIX

Regra do padrão-ouro - princípio da


economia internacional, em que cada
país deveria dispor de uma reserva
metálica suficientemente grande para
cobrir os déficits ocasionais de sua
balança de pagamentos.
Fonte: https://pt.freeimages.com/photo/golden-coins-1426194

3
BALANÇA DE PAGAMENTOS

▰ Balança de pagamentos - relações comerciais de um país com o


resto do mundo.
▰ Balança comercial é um registro econômico que representa as
importações e exportações de bens entre os países.
Superávit
x
Déficit
4
NÍVEL DE EMPREGO E
CONCENTRAÇÃO DE RENDA

▰ O empresário não tinha estímulos para aumentar


a produtividade de terra ou mão-de-obra devido
às condições em que se desenvolvia a cultura do
café. Essa era a forma racional de crescimento
de uma economia onde existia capacidade
ociosa de terra e mão-de-obra, e onde era
escasso o capital.

5
A CRISE DA ECONOMIA CAFEEIRA

▰ Ao final do séc. XIX e começo do ▰ O fato da grande maioria da


séc. XX uma série de fatores produção mundial de café no
acabou por criar um ambiente final do séc XIX ter se
extremamente favorável à concentrado no Brasil deu aos
economia cafeeira. cafeicultores brasileiros a
oportunidade de controlar o
mercado internacional.

6
A CRISE DA ECONOMIA CAFEEIRA

▰ 1893 - crise da economia americana


▰ Queda no preço internacional da mercadoria
▰ O problema da superprodução

7
CONVÊNIO DE TAUBATÉ (1906)

 o governo compraria e armazenaria


o excedente da produção, a fim de
 o governo financiaria estas
compras com empréstimos
reduzir a oferta no mercado
internacionais
mundial.
 o pagamento dos juros e  Que os governos estaduais das
regiões produtoras
amortização desses empréstimos
desestimulariam a abertura de
ocorreria com dinheiro proveniente
novas áreas de produção
de um novo imposto indexado em
ouro sobre a exportação do café.
8
LEITURA COMPLEMENTAR

MELLO, Maria Tereza Chaves de. A modernidade republicana.


Tempo [online]. 2009, vol.13, n.26, pp.15-31. ISSN 1413-7704.
Leia o artigo na íntegra disponível em:
http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-
77042009000100002&script=sci_arttext

9
Obrigada!
Ariane Maria Machado de Oliveira
Contatos: ariane_maria@hotmail.com

10

Você também pode gostar