Você está na página 1de 5

NOV 2001 NBR 14759

Combustíveis destilados - Índice de


cetano calculado pela equação de
ABNT – Associação
Brasileira de quatro variáveis
Normas Técnicas
Sede:
Rio de Janeiro
Av. Treze de Maio, 13 / 28º andar
CEP 20003-900 – Caixa Postal 1680
Rio de Janeiro – RJ
Tel.: PABX (21) 3974.2300
Fax: (21) 2220-1762/2220-6436
Endereço eletrônico:
www.abnt.org.br
Copyright © 2001,
ABNT–Associação Brasileira
de Normas Técnicas
Origem: Projeto 34:000.02-008:2001
Printed in Brazil/ ABNT/ONS-34 - Organismo de Normalização Setorial de Petróleo
Impresso no Brasil
Todos os direitos reservados CE-34:000.02 - Comissão de Estudo de Combustíveis e Produtos Especiais
NBR 14759 - Distillate fuels - Cetane index calculated by four variable equation
Descriptors: Fuel. Cetane index
Esta Norma foi baseada na ASTM D 4737:1996a
Válida a partir de 31.12.2001
IBP-Instituto Brasileiro
de Petróleo e Gás Palavras-chave: Combustível. Índice de cetano 5 páginas

Sumário
Prefácio
0 Introdução
1 Objetivo
2 Referências normativas
3 Resumo do método
4 Procedimento
5 Expressão dos resultados
6 Precisão e tendência
ANEXO
A Gráficos para determinação do índice de cetano
Prefácio
A ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujo
conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB) e dos Organismos de Normalização Setorial
(ABNT/ONS), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas
fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratórios e outros).
Os Projetos de Norma Brasileira, elaborados no âmbito dos ABNT/CB e ABNT/ONS, circulam para Consulta Pública entre
os associados da ABNT e demais interessados.
Esta Norma contém o anexo A, de caráter normativo.
0 Introdução
0.1 Advertência e precauções de segurança
O uso desta Norma pode envolver o emprego de materiais, operações e equipamentos perigosos e esta Norma não pre-
tende tratar de todos os problemas de segurança associados com seu uso. É responsabilidade do usuário estabelecer as
práticas de segurança e saúde apropriadas, e determinar a aplicabilidade de limitações regulamentares, antes de seu uso.
0.2 Significado e uso
0.2.1 O índice de cetano calculado pela equação de quatro variáveis é utilizado para estimar o número de cetano ASTM.
Em casos onde o número de cetano ASTM de um combustível foi determinado anteriormente, o índice de cetano calculado
pela equação de quatro variáveis é útilizado como uma estimativa de número de cetano em amostras subseqüentes da-
quele combustível, desde que a fonte do combustível e processo de produção permaneçam inalterados.
0.2.2 Dentro da faixa de número cetano de 32,5 a 56,5, o erro esperado de previsão do índice de cetano calculado pela
equação de quatro variáveis será menor que ± 2 números de cetano para 65% dos combustíveis destilados avaliados. Os
erros podem ser maiores para combustíveis cujas propriedades se situam fora da faixa recomendada de aplicação.
2 NBR 14759:2001

1 Objetivo

1.1 Esta Norma descreve o procedimento para o cálculo do índice de cetano pela equação de quatro variáveis, a partir da
massa específica e da curva de destilação.

1.2 O índice de cetano calculado pela equação de quatro variáveis não substitui o número de cetano ASTM.

1.3 Esta Norma é particularmente adequada para óleos diesel contendo produtos de destilação direta, craqueados e mistu-
ras dos dois. Esta Norma também pode ser utilizada para combustíveis mais pesados, com temperatura de 90% recupe-
rado menor que 382°C e para combustíveis contendo não derivados de petróleo, obtidos de arenito betuminoso e de xisto.

1.4 O índice de cetano calculado pela equação de quatro variáveis possui certas limitações inerentes, que devem ser re-
conhecidas na sua aplicação. Estas são as seguintes:

a) este método não é adequado para combustíveis contendo aditivos para elevar o número de cetano;

b) este método não é adequado para hidrocarbonetos puros, nem combustíveis derivados de carvão;

c) imprecisões substanciais na correlação podem ocorrer se a equação for aplicada para combustíveis residuais ou
óleos crus.

2 Referências normativas

As normas relacionadas a seguir contêm disposições que, ao serem citadas neste texto, constituem prescrições para esta
Norma. As edições indicadas estavam em vigor no momento desta publicação. Como toda norma está sujeita a revisão,
recomenda-se àqueles que realizam acordos com base nesta que verifiquem a conveniência de se usarem as edições
mais recentes das normas citadas a seguir. A ABNT possui a informação das normas em vigor em um dado momento.

NBR 9619:1998 - Produtos de petróleo - Determinação das propriedades de destilação

NBR 14065:1998 - Destilados de petróleo e óleos viscosos - Determinação da massa específica e da densidade rela-
tiva pelo densímetro digital

3 Resumo do método

3.1 Uma correlação em unidades SI foi estabelecida entre o número de cetano ASTM e a massa específica e as tempera-
turas de 10%, 50% e 90% recuperado do combustível. A relação é fornecida por equação contendo estas quatro variáveis
(ver seção 5).
1)
3.2 A equação empírica para o índice de cetano calculado foi obtida utilizando-se a técnica dos mínimos quadrados .

4 Procedimento

4.1 Determinar a massa específica do combustível a 15°C com aproximação de 0,000 1 kg/L, como descrito na
NBR 14065.

4.2 Determinar as temperaturas de 10%, 50% e 90% recuperado, do combustível com aproximação de 1°C, como descrito
na NBR 9619.

5 Expressão dos resultados

5.1 Calcular o índice de cetano pela equação de quatro variáveis apresentada a seguir, com aproximação de um décimo:
ICC = 45,2 +

+ (0,0892)(T10N)

+ [0,131 + (0,901) (B)][T50N]

+ [0,0523 (0,420) (B)] [T90N]


2 2
+ [0,00049][(T10N) - (T90N) ]
2
+ (107)(B) + (60)(B)

onde:

ICC é o índice de cetano calculado pela equação de quatro variáveis;


(-3,5)(DN)
B = [e ] - 1;

DN = D - 0,85;

D é a massa específica a 15°C;

_________________
1)
A base de dados consistiu em 1229 combustíveis, incluindo combustíveis diesel comerciais, componentes de mistura de refinaria e
combustíveis não derivados de petróleo, derivados de arenito betuminoso, xisto ou carvão, conforme ASTM D 4737.
NBR 14759:2001 3

T10 é a temperatura de 10% recuperado, em graus Celsius, determinada pela NBR 9619 e corrigida para a pressão
barométrica padrão;
T10N = T10 - 215;

T50 é a temperatura de 50% recuperado, em graus Celsius, determinada pela NBR 9619 e corrigida para a pressão
barométrica padrão;
T50N = T50 - 260;
T90 é a temperatura de 90% recuperado, em graus Celsius, determinada pela NBR 9619 e corrigida para a pressão
barométrica padrão;
T90N = T90 - 310.
5.2 O índice de cetano calculado pela equação de quatro variáveis também pode ser determinado por meio dos gráficos
apresentados no anexo A.

6 Precisão e tendência

6.1 Precisão - A precisão do índice de cetano calculado pela equação de quatro variáveis depende da precisão das de-
terminações da massa específica e das temperaturas dos recuperados utilizadas no cálculo.

6.2 Tendência - Não foi determinada a tendência deste método por não se dispor de dados aceitáveis de valores de refe-
rência.

_________________

/ANEXO A
4 NBR 14759:2001

Anexo A (normativo)
Gráficos para determinação do índice de cetano

As figuras A.1 a A.3 apresentam gráficos que podem ser utilizados como alternativa para determinação do índice de cetano
pela equação de quatro variáveis. A figura A.1 é utilizada para estimar o índice de cetano de um combustível baseado em
sua massa específica a 15°C e em sua temperatura de 50% recuperado. A figura A.2 é utilizada para determinar uma
correção para a estimativa efetuada a partir da figura A.1, para compensar os desvios na massa específica e na
temperatura de 90% recuperado, do combustível a partir de valores médios. A figura A.3 é utilizada para determinar uma
segunda correção para a estimativa da figura A.1, para compensar os desvios nas temperaturas de 10% e de 90% re-
cuperado do combustível a partir de valores médios. As correções determinadas a partir das figuras A.2 e A.3 são soma-
das algebricamente com a estimativa do índice de cetano da figura A.1 para encontrar-se o índice de cetano calculado pela
equação de quatro variáveis.

O método de utilização destes gráficos é ilustrado pelo exemplo apresentado a seguir e se divide em três partes:

Parte 1 - Estimativa do índice de cetano baseada na temperatura de 50% recuperado, pela NBR 9619.

Figura A.1 - Índice de cetano estimado

Parte 2 - Correção para a tendência dos valores das médias na massa específica e na temperatura de 90% recuperado
pela NBR 9619.

Figura A.2 - Correção 1 do índice de cetano


NBR 14759:2001 5

Parte 3 - Correção para desvios nas temperaturas de 10% e de 90% recuperado a partir de valores médios, pela NBR
9619.

Figura A.3 - Correção 2 do índice de cetano

Os dados a seguir apresentam uma comparação entre o número de cetano determinado e o índice de cetano calculado por
meio dos gráficos:

a) propriedades medidas do combustível

Número cetano1) 37,00

Massa específica a 15°C, kg/L 0,885

Temperatura 10% recuperado, °C 234

Temperatura 50% recuperado, °C 274

Temperatura 90% recuperado, °C 323

b) índice de cetano calculado

Índice de cetano estimado (figura 1) 34,0

Correção 1 (figura 2) +0,6

Correção 2 (figura 3) ___+2,5____

ICC = 37,1

_________________

_________________
1)
Determinado conforme ASTM D 613:1995 - Standard test method for cetane number of diesel fuel oil.

Você também pode gostar