Você está na página 1de 12

Rapidamente móvel – BRT

A nova mobilidade exige novos conceitos


A solução para o trânsito
de cidades em crescimen-
to: BRT
Para evitar um colapso do trânsito em metrópoles superpovoadas, o
transporte individual tem que ser minimizado. Isto também significa que
o transporte coletivo público tem que ter a capacidade de transportar
cada vez mais pessoas em intervalos cada vez mais curtos – uma tarefa
nada fácil.

Para poder vencer o crescente número de pessoas, empresas moder-


nas de transporte e urbanistas apostam no conceito do “Trânsito Rápido
por Ônibus” (Bus Rapid Transit - BRT). BRT é um sistema de transporte
do mais alto nível: com faixas livres e exclusivas para ônibus é possível
transportar mais pessoas de forma rápida e eficaz.

Os sistemas BRT são flexíveis e individualizados: as preferências e espe-


cificidades locais constituem aspectos fundamentais para sua concreti-
zação – do BRT leve, passando pelo BRT padrão até o BRT completo.

2
Isto é BRT
O sentido principal do BRT consiste em: levar o BRT leve
(serviço de ônibus ampliado)*
máximo de passageiros a seu destino com rapidez e
Os ônibus têm prioridade mas sem
conforto. Para isso, os ônibus têm que oferecer aos ter uma faixa totalmente exclusiva,
passageiros um espaço amplo e que seja acessível condução mais rápida, pontos de pa-
rada de melhor qualidade, ônibus com
sem degraus. Somente assim o embarque/desembar-
bons padrões ambientais, identidade
que e o transporte dos passageiros pode ser rápido de mercado
e confortável e somente assim os ônibus podem
atingir a maior velocidade média possível. Mas o
sistema BRT também tem que ser economicamente
viável e ecológico. O menor consumo possível de
combustível é o fator determinante para ambas as
metas. Afinal, as condições urbanísticas e as prefe-
rências políticas constituem fatores fundamentais
e que definem o conceito que apresenta os maiores
benefícios para a cidade: BRT leve, BRT padrão ou BRT padrão*
Faixas exclusivas, em geral com pas-
BRT completo.
sagens pré-pagas, pontos de parada
de melhor qualidade, veículos com
bons padrões ambientais, identidade
de mercado

*Subdivisão efetuada com base em: BRT completo*


Bus Rapid Transit Planning Guide de 2007
Institute for Transportation & Development Policy, Nova York
Serviço de metrô, rede integrada de itinerários e corredores, estações
fechadas de alta qualidade, sistema de passagens pré-pagas, condução
rápida e frequente, ônibus segundo os mais modernos padrões ambien-
tais, identidade de mercado, excelente serviço de atendimento ao cliente
Em Pequim é realizado um tempo de parada nos pontos de 16 segundos.
Durante os horários de pico, os ônibus circulam em intervalos de 50
segundos e chegam a transportar até 160.000 passageiros por dia e até
8.000 passageiros por hora e por sentido.

3
O driveline do BRT

Elevadas exigências feitas ao ônibus exigem elevadas Perfil de velocidade do BRT


exigências feitas ao driveline: os aspectos que mais Em sistemas BRT, os ônibus estão sujeitos a condições bem mais
severas do que no trânsito urbano convencional. Após um curto
chamam a atenção de um passageiro no ônibus são
tempo de parada segue uma fase de aceleração máxima para
a suavidade na condução e na frenagem bem como a que o ônibus atinja uma elevada velocidade final. Neste contexto,
velocidade média elevada. Por isso, além de um motor a segurança e o conforto dos passageiros são fundamentais, ou
de alta potência, a transmissão e o respectivo eixo de seja, a aceleração e a frenagem têm que ser suaves. Este ciclo
se repete constantemente de forma semelhante, pois a distância
tração perfeito para o ônibus são fundamentais. As entre os pontos de parada é, no geral, inferior a um quilômetro.
empresas de ônibus procuram manter os custos opera-
cionais (custos do ciclo de vida) em nível mínimo, que

Velocidade (km/h)
são influenciados em primeira linha pelo consumo de
60

combustível. Freios isentos de desgaste que agem até o 50

veículo praticamente parar reduzem não apenas os cus- 40

tos, mas também a emissão de resíduos na frenagem. 30

Pois para a população e para a política é imprescindível 20

que os veículos sejam equipados com tecnologia “lim- 10

pa”. As emissões de gases de escapamento, de micro- 0


Distância (m)
partículas e de ruídos devem ser mínimas para que os
0 200 400 600 800 1000 1200 1400 1600
1450 m

centros urbanos ofereçam qualidade de vida.


Partida rápida Desaceleração rápida
Alta velocidade final Veículo parado

A ZF-EcoLife é a melhor transmissão automática para


aplicação em ônibus utilizados no BRT, pois combina
forte aceleração, elevados níveis de velocidade final
bem como frenagem potente e confortável com baixo
Unidade eletrônica local
consumo. Neste aspecto, a EcoLife supera até mesmo
a Ecomat, a transmissão clássica do BRT, comprovada Trocador de calor da
transmissão
milhares de vezes diariamente em linhas de BRT no
mundo inteiro. A ZF-EcoLife supera as elevadas expec-
tativas com relação ao tempo de vida útil que a ZF-Ecomat Trocador de calor do
retarder
atualmente já atende e ainda melhora o consumo de
combustível bem como o conforto dos passageiros e
pedestres quanto à emissão de ruídos.

4
Referências
Transmissões automáticas da ZF – comprovadas milhares de
vezes em todas as variantes de BRT no mundo inteiro

No BRT leve, padrão ou completo, com ou sem plataforma, em ôni-


bus com piso elevado ou rebaixado:
A competência em matéria de transmissão e driveline – adquirida
pela experiência de longas décadas com as mais modernas transmis-
sões automáticas para ônibus de todas as montadoras e através da
análise de milhares de dados operacionais – revela-se na aplicação
fundamentada e na consultoria de driveline altamente qualificada.

Abaixo encontram-se algumas referências:

Cidade BRT BRT BRT


(país) leve padrão completo

Johanesburgo (África do Sul) 25 km de BRT · 1 linha · aprox. 140 ônibus · 100 % ZF


Pequim (China) 16 km de BRT · 3 linhas · aprox. 320 ônibus · 100 % ZF
Rhein-Neckar (Alemanha) 380 km de BRT · 52 linhas · 110 ônibus · 82 % ZF
Istambul (Turquia) 40 km de BRT · 1 linha · 350 ônibus · 100 % ZF
Curitiba (Brasil) 72 km de BRT · 10 linhas · 2200 ônibus · 60 % ZF
Santiago do Chile (Chile) 200 km de BRT · 15 linhas · 4500 ônibus · 55 % ZF
Orlando (EUA) 5 km de BRT · 1 linha · 9 ônibus · 36 % ZF

Rhein-Neckar
Pequim
Istambul
Orlando

Curitiba Johanesburgo
Santiago do Chile

Não importa se os passageiros do BRT embarcam no nível


da calçada ou em plataformas elevadas – o importante é
que este processo seja rápido. Os ônibus se adaptam. E
com eles, o driveline com a transmissão automática da ZF:

Ônibus com piso elevado


para plataforma de
embarque elevada

Ônibus com piso rebaixado


para plataforma
em nível 5
Velocidade média
elevada

Por que os ônibus equipados com uma EcoLife são, em média,


mais rápidos? Tudo começa com o conversor: o novo conversor
de torque que apresenta uma nova curva característica faz com
que os motores modernos acelerem com mais potência. Depois
de um curto espaço de tempo o conversor é bloqueado, para
que a caixa de mudança mecânica de 6 marchas possa aplicar
todas as suas vantagens: marchas perfeitamente escalonadas e
alto grau de eficácia. Os novos modelos de embreagens e freios
de disco com lona em um único lado garantem tempos de troca
de marcha mais curtos.

Todas as operações de troca de marcha e regulagem da trans-


missão são controladas pelo programa de mudança TopoDyn
Life que sempre seleciona a marcha ideal quando a topogra-
fia se altera, além de considerar todos os demais fatores de
resistência à condução. Neste processo, a potência de frenagem
do retarder primário integrado é continuamente adaptada ao
declive, de modo que o retarder possa aplicar totalmente e da
melhor forma possível sua elevada potência de frenagem em
todas as marchas engatadas, freando o veículo em uma veloci-
n Melhor força de tração
dade elevada até o veículo praticamente parar. O acumulador n Aceleração mais rápida
de óleo integrado garante tempos de reação mais curtos do
retarder, enquanto o trocador de calor separado assegura um n Velocidade final mais elevada
arrefecimento ideal e, consequentemente, a disponibilização
contínua da potência de frenagem.
n Desaceleração mais potente

Conversor de partida com embreagem lock-up


e amortecedor torcional

Planetário com 6 marchas


e elementos de mudança

Retarder primário e conceito de arrefecimento duplo


com trocador de calor separado para o retarder

Unidade eletrônica de controle com TopoDyn Life

6
Rentabilidade
Por que os ônibus equipados com uma EcoLife são mais econômicos? Em primeira linha
porque consomem menos combustível. A fase de maior consumo na partida hidráulica com o
conversor é extremamente curta. O novo conversor é bloqueado rapidamente. O amortecedor
torcional montado em série reduz as rotações nas trocas de marcha, possibilitando que o motor
funcione a uma velocidade reduzida. E pelo fato de a EcoLife dispor de seis marchas totalmente
mecânicas, novos elementos de mudança e muitas outras inovações tecnológicas, o que leva ao
seu elevado grau de eficácia. Por sua vez, a maior eficácia reduz o consumo de combustível. O
resultado: uma redução de até 10% no consumo de combustível com a EcoLife!

Mas a EcoLife também reduz o desgaste fora do driveline; como única transmissão automática
para ônibus a EcoLife possui um retarder primário que minimiza consideravelmente o desgas-
te dos freios de serviço, mantendo-os arrefecidos e prontos para entrar em funcionamento –
para a segurança de todos os passageiros! Consequentemente, o óleo mais frio faz com que as
transmissões EcoLife tenham um tempo de vida útil mais longo e custos de manutenção mais
reduzidos. O resultado: 40% de aumento do tempo de vida útil.

n Consumo mais reduzido


n Tempo de vida útil mais longo
n Custos do ciclo de vida / de manutenção mais baixos
n Vida útil mais longa das lonas dos freios

7
Conforto na condução

Por que os passageiros se sentem tão confortáveis em um ônibus


equipado com uma EcoLife? Este aspecto também é condicionado
pelo novo conversor de torque que permite ao ônibus acelerar com
rapidez e suavidade. Nas marchas mais elevadas, seu amortecedor
torcional de turbina também garante uma condução suave e trocas
de marcha com um número reduzido de rotações do motor. Como
as rotações reduzidas do motor propiciam uma condução no geral
mais suave, os passageiros sentam imediatamente maior conforto.

O conjunto planetário com suas seis marchas escalonadas possibi-


lita rotações mais reduzidas – e, consequentemente, menos ruído
emitido pelo motor. Duas marchas overdrive permitem que o mo-
tor funcione com baixas rotações mesmo em velocidades elevadas.
As engrenagens helicoidais também propiciam mais suavidade no
funcionamento, enquanto os discos de engrenagem com controle
gradativo garantem trocas de marcha suaves e sem trancos.

n Condução suave
n Nível de ruído baixo
n Frenagem suave
n Mais segurança

8
Meio ambiente

Por que os ônibus equipados com uma EcoLife são ecológicos? O baixo consumo de com-
bustível conduz a níveis mais baixos de emissões de gases. Tudo o que reduz o consumo de
combustível também protege o meio ambiente: o bloqueio precoce do conversor, a eficiência
na transmissão de torque pelo planetário, a potência extremamente elevada e o TopoDyn
Life. Mesmo antes da parada do veículo, a função eletrônica AIS (Automatic Idle Shift) é
ativada e desacopla a transmissão do driveline – o que realmente economiza combustível.

O aspecto ecológico também abrange o conforto com relação à emissão de ruídos: a elevada
qualidade na troca de marcha proporcionada pelo amortecedor torcional é tão importante
quanto as duas marchas overdrive e o conjunto planetário helicoidal, que auxiliam a EcoLife
a manter o número de rotações do motor reduzido. O desgaste dos freios é reduzido pela
EcoLife com o retarder primário que propicia frenagem eficaz em todas as faixas de veloci-
dade. O trocador de calor separado possibilita a constante aplicação do retarder através do
arrefecimento eficiente do óleo Ecofluid Life, um óleo de transmissão especialmente desen-
volvido, que oferece longo tempo de vida útil e alto grau de disponibilidade.

n Baixo nível de emissão de gases


n Nível reduzido de ruído do veículo
n Desgaste mínimo dos freios

9
ZF –
muito mais que uma trans-
missão

Consultoria de driveline:
Um ônibus somente atinge seu melhor desem-
penho econômico se todos os componentes do
driveline – do motor até o eixo traseiro passando
pela transmissão – estiverem perfeitamente sin-
cronizados. E todo sistema BRT tem suas espe-
cificidades quanto a itinerário, distâncias entre
as paradas, tempo de parada, velocidade média,
velocidade máxima, capacidade de aceleração e
topografia.

Já na fase inicial os especialistas da ZF oferecem


suporte e consultoria não apenas no dimensiona-
mento da transmissão, mas também na determi-
nação e dimensionamento do eixo de tração e,
posteriormente, na configuração exata e ajuste
do software de controle às condições vigentes em
sua cidade e nas linhas.

ZF-Plus – serviço de longo prazo:


n Extended Coverage Program Bus
(programa para cobrir o risco de reparos)
Serviços de reparo e de manutenção dos sistemas de
transmissão realizados pelo serviço de assistência ao
cliente da ZF. O parceiro que fecha o contrato com
a ZF paga um valor fixo e o serviço de assistência ao
cliente da ZF presta serviços para as transmissões
ZF da operadora da frota.
n Life Cycle Cost Coverage Program
(programa para cobrir os custos do ciclo de vida)
Como prestadora de serviços, a ZF efetua a manu-
tenção preventiva e corretiva das transmissões pro-
duzidas pela ZF. Assim é garantido o grau máximo
de disponibilidade do veículo.
10
ZF – muito mais que uma
transmissão
Diagnóstico remoto:
Os sistemas BRT modernos são mais eficazes ainda
se, mesmo durante a condução, os ônibus já forem
submetidos a verificações e se os dados estatísti-
cos puderem ser analisados. Isto também se aplica
naturalmente aos dados da transmissão. Através da
interface existente, é possível efetuar a leitura da me-
mória do diagnóstico no próprio veículo bem como a
transferência por sistema de telemetria.

openmatics
openmatics – a nova plataforma telemática
Através de uma unidade a bordo do ônibus, o
openmatics coleta os dados operacionais do veículo
e da transmissão e os transmite constantemente a
um portal na Internet, onde são avaliados por meio
de diversos aplicativos ("apps"). Os resultados são
disponibilizados no mundo inteiro a um grupo de
usuários autorizados que poderão utilizá-los ao
mesmo tempo. A Ecomat e a EcoLife oferecem su-
porte ao openmatics – a plataforma telemática mais
moderna existente no mercado!

A ZF é sistemista!
Tudo de um único fornecedor: transmissões, eixos,
sistemas de direção e componentes de chassis
Além de transmissões, a ZF também desenvolve e
produz eixos, sistemas de direção e componentes
de chassis – no mundo inteiro. Isto permite que a
ZF possa fornecer combinações de transmissões e
eixos, tudo de um único fornecedor – perfeitamen-
te adequado à respectiva aplicação do BRT! E o
sistema de direção adequado também favorece uma
condução precisa e confortável em todas as linhas
do BRT.

11
ZF Friedrichshafen AG
Transmissões para ônibus
88038 Friedrichshafen
Alemanha
Telefone +49 7541 77-0
Telefax +49 7541 77-908000
www.zf.com/bus-transmission

BR 0000 762 561 - 2010

Driveline and Chassis Technology

Você também pode gostar