Você está na página 1de 6

PROCV, PROCH e ponto Final.

Introdução

Neste artigo vamos abordar aspectos sobre o PROCV e PROCH para que
possamos definitivamente entender como funciona, principais aplicações e
principais problemas destas funções.

Sobre o Autor

“Especialista em Excel certificado pela Microsoft


(Microsoft Excel Expert - Office 2016) ,
empreendedor com mais de 20 anos de
experiência como executivo em Supply Chain em
grandes indústrias multinacionais. Acredita na
transformação de vidas através da educação e
que todo mundo é capaz de aprender.

Sempre fez do Excel seu grande aliado para


conquistar um novo emprego, ganhar destaque e
conquistar a sonhada promoção. Durante toda a
carreira se destacou apresentando dados e relatórios de forma clara, rápida
e objetiva. Agora, tem como missão transbordar todo o seu conhecimento
através do método com base nos cases e problemas reais usando o Excel. “

O que faz o PROCV e PROCH?

A função PROCV permite pesquisar um valor na coluna mais à esquerda de


um intervalo e retornar o valor correspondente em uma coluna à direita.

A pesquisa é vertical de cima para baixo. O PROCV busca na Vertical e o


PROCH busca na Horizontal.

Nos títulos e exemplos na sequência foram montados com o PROCV mas os


conceitos são exatamente os mesmo, com a única diferença que o PROCH
funciona na horizontal.
Como funciona?

ID Nome Sobrenome email Série


3 Carlos Silva carlos.silva@.gmail.com 3a A
12 Paulo Coelho paulo.coelho@.gmail.com 4a C
456 Ana Maria ana.maria@.gmail.com 3a B
2 Maria Oliveira maria.oliveira@.gmail.com 4a A
287 Paulo Bento paulo.bento@.gmail.com 4a A
233 Vicente Carrara mario.carrara@.gmail.com 5a A

Na tabela acima temos uma lista de alunos com os respectivos ID, Nome,
sobrenome, e-mail e série.

Se você precisar descobrir qual é o e-mail do aluno de ID 287, o PROCV é a


ferramenta adequada.

ID Nome Sobrenome email Série


3 Carlos Silva carlos.silva@.gmail.com 3a A
12 Paulo Coelho paulo.coelho@.gmail.com 4a C
456 Ana Maria ana.maria@.gmail.com 3a B
2 Maria Oliveira maria.oliveira@.gmail.com 4a A
287 Paulo Bento paulo.bento@.gmail.com 4a A
233 Vicente Carrara mario.carrara@.gmail.com 5a A

A função irá passar item a item na coluna ID até encontrar o ID solicitado e


retornará o valor correspondente da coluna e-mail.

SINTAXE
=PROCV(Valor_Procurado;Matriz_tabela;Núm_índice_coluna;Procurar_intervalo)

 Valor_Procurado (Obrigatório): é a Chave que usamos para buscar na base


de dados
 Matriz_Tabela (Obrigatório): é a base de dados onde a fórmula irá buscar e
trazer o resultado
 Núm_indice_coluna (Obrigatório): É um número positivo, inteiro que indica
qual a coluna (posição) na Matriz selecionada onde a função encontrará o
valor buscado
 Procurar_Intervalo (Opcional): Indicador para tipo de resultado exato ou
aproximado (1 ou Verdadeiro para valor aproximado; 0 ou Falso para valor
exato)

PROCV com correspondência exata


D11 – Indica o ID procurado na 1ª primeira coluna da Matriz (No exemplo o
valor procurado é o ID = 12)
B3:F8 – Matriz onde deverá ocorrer a busca sendo que a primeira coluna
deve ser onde a função irá buscar (neste caso obrigatoriamente tem que ser
a coluna ID)
4 – a a posição da coluna que a função retornará quando identificar o item
0 ou Falso – Correspondência exata, a função só retornará algum resultado
se encontrar o valor exato.

PROCV com correspondência aproximada

Na grande maioria das vezes usamos a correspondência exata, porém


existem situações em que a correspondência aproximada é extremamente
útil.

Imagine uma situação onde a nota de um determinado aluno determina o


grau que ele receberá em uma determinada matéria, ou ainda um % de
desconto que incide sobre uma faixa salarial, seria impossível criar uma
tabela com valores exatos, pois teríamos que prever todos os possíveis
salários para calcular o %. Para esses casos a correspondência aproximada é
a mais indicada.
Imagine a tabela abaixo onde cada aluno receberá uma avaliação
dependendo da nota obtida na avaliação.
Se tentar usar essa tabela com correspondência exata a fórmula retornará
erro caso o aluno receba nota 6,0 (não existe essa correspondência exata na
tabela), porém pela tabela fica claro que a o aluno deveria receber avaliação
C.

Assim como na correspondência exata na correspondência aproximada o


valor será procurado na primeira coluna da matriz selecionada, porém é
mandatório que a lista esteja em ordem crescente para que não retorne
valor equivocado.

PROCV Retorna o primeiro valor encontrado

O PROCV procura da esquerda para direita e de cima para baixo e, como


comento nas minhas aulas, é uma função preguiçosa, quando encontra o
primeiro valor para a busca. No exemplo abaixo quando encontra o 1º Paulo
para a busca e retorna a serie 4ª C
PROCV não dá ré

No padrão natural a função não busca valores da direita para esquerda, para
isso temos que usar de outros artifícios para retornar o valor. O formato mais
simples é criação de uma coluna de apoio.

Neste formato não é possível usar o PROCV em seu formato “Natural”, uma
possível alternativa é criar uma coluna de apoio.

PROCV não diferencia MAÌSCULO de MINUSCULO

Tanto na Matriz como no valor procurado, independe se é maiúsculo ou


minúsculo o valor é encontrado, veja o exemplo abaixo:
PROCV gera erro em 2 situações

As 2 principais situações que aparece um erro com o uso do PROCV são


relacionadas a #N/D quando o item não é encontrado e #REF quando a
coluna indicada está fora da matriz selecionada. Veja os exemplos:

Para corrigir esses erros informe um ID no primeiro caso válido ou crie uma
regra caso ocorra erro por exemplo com a fórmula SEERRO.
Para o 2º caso indique uma coluna válida para retorno.

PROCV aceita caracteres coringa

Existem 3 caracteres coringas que podem ser útil para localizar itens que
contenham determinada característica:

* - O Asterisco é usado para substituir uma série de strings (caracteres),


adicione antes ou após algum argumento. Ex. “*IPHONE“– significa qualquer
coisa que termina com a palavra IPHONE
? – Usado para substituir uma letra. Ex. “IPHONE?” qq palavra que tenha uma
letra após a palavra IPHONE como IPHONE1,IPHONE2..etc
~ - O til é usado para indicar que o próximo caracter não será considerado
um coringa e sim como ele próprio Ex. “~*IPHONE”, buscará por *IPHONE e
não como coringa.
Veja como as fórmulas trazem os resultados com os coringas:

Você também pode gostar