Você está na página 1de 26

Genética Duplicação

BIOLOGIA I - PROFESSOR: MARCOS GOMES

ALUNOS: SILMAR- LUÍZA - LEONARDO - SAMIR - KELLINY - LUANA


Como primeiro passo
precisamos saber: o que são
ácidos nucleicos?
São moléculas formadas por nucleotídeos, por sua vez, são
formados por três partes:

um açúcar do grupo das pentoses;


um radical “fosfato”, derivado da molécula do ácido
ortofosfórico;
Fonte: brasilescola.uol.com.br
uma base orgânica nitrogenada.
Fonte: wikipédia, 2021
Estrutura dos Nucleotídeos:
As bases nitrogenadas são derivadas de Purina ou
Pirimidina:

Fonte: brasilescola.uol.com.br
Bases púricas: Bases pirimídicas:
Adenina (A) e guanina (G). DNA: Citosina (C) e Timina (T).

Tanto o DNA quanto o RNA apresentam as RNA: Citosina (C) e Uracila (U)
mesmas bases púricas.
Diferenciação entre o DNA e RNA

RNA
Ácido ribonucleico
Função: Sintetizar proteínas e transferir
informação do DNA até o local de síntese de
proteínas na célula.
Forma: Pode ser mensageiro, transportador ou
ribossômico
Localização: Pode ser encontrado no núcleo de
uma célula, no citoplasma e no ribossomo
Replicação: O RNA é sintetizado a partir do DNA
Diferenciação entre o DNA e RNA

DNA
Ácido desoxirribonucleico
Função: Armazenar informação genética,
controlar atividade celular e produzir RNA.
Forma: Apresenta uma forma básica
Localização: O DNA é encontrado no núcleo de
uma célula. (DNA mitocondrial)
Replicação: O DNA é auto-replicante
Sentido da Vida. 5' ---> 3'
As cadeias polipeptidicas apresentam
polaridade 5' - 3'.
Fosfato ligado ao carbono 5' -> inicio da
cadeia.
Hidroxila ligado ao carbono 3' -> fim da
cadeia.
As fitas são antiparalelas.
As extremidades apresentam ligações
fosfodiéster .
As ligações fosfodiéster são responsáveis
por unir os nucleotídeos consecutivos nas
fitas de DNA e RNA.
Replicação ou Duplicação do
DNA ou ADN Pontes de Hidrogênio

Ao analisarmos um pedaço da molécula de DNA


observamos que é formado por duas fitas sendo uma
de fosfato e pentose e a outra a base. Internamente das
fitas temos as bases:

Adenina Timina -----> A T


Guanina Citosina ---> G C

Estas ligações são de pontes de hidrogênio.


Sendo que Adenina e Tinina quanto maiores
concentrações será mais fácil a divisão por ter somente
duas ligações.

Fonte: preparaenem.com
Modelo de Watson e Crick (Dupla Hélice)

Duas fitas complementares que giram em torno de um eixo comum


seguindo um sentido antiparalelo.

Estabilizada por interações:


- Efeito hidrófobo
- Empilhamento de bases
- Ligações (ou pontes) de hidrogênio.

PARTE INVARIÁVEL ESQUELETO (ARCABOUÇO)


Parte externa da hélice:
PENTOSE + FOSFATOS

PARTE VARIÁVEL PORÇÃO LATERAL


Parte interna da hélice:
BASES NITROGENADAS
“REGRAS DE CHARGAFF"
1) A composição das bases varia entre as espécies.

2) A composição das bases não muda de acordo com a idade do


organismo, estado nutricional ou mudança ambiente

3) Amostras de DNA de diferentes tecidos de uma mesma espécie


possuem a mesma composição de bases.

4) O número de resíduos de adenosina é igual ao de timidina (A=T)


e o número de resíduos de guanosina é igual ao de citidina (G=C).

Logo, a soma dos resíduos de pirimidina é igual ao de purina.


A+G = T + C
Entendendo a regra
São fitas antiparalelas - sentido contrário - Observamos uma peça de nucleotídeo: fosfato + pentose + base.
Sentido da vida 5' para 3'. Fosfato (5,4,3) ligados a Base - Base ligados ao fosfato (3,4,5)
Ligação Fosfodiéster = liga fosfato para o carbono 3.

Fonte: Prof. Guilherme Goulart - Biologia


A duplicação ocorre sempre
antes da célula se dividir
(Meiose/ Mitose)

Alongando a fita de um DNA,


pode se chegar a 2m de
comprimento.
Processo de Duplicação

A duplicação começa com formação de "bolhas de


replicação" entre as duas fitas principais,

Semiconservativas: Metade da fita "velha" e metade


nova.

Com vários pontos de replicação, pois sentido da


vida é 5' para 3'.

Fonte: geneticavirtual.webnode.com.br
Processo de Duplicação ou Replicação
A replicação do DNA ocorre nos processos de divisão celular (mitose e meiose),
onde o material genético é duplicado.
A REPLICAÇÃO É SEMICONSERVATIVA
A nova dupla-hélice
sintetizada (fita filha)
apresenta uma das suas
fitas oriunda da fita
parental

A adição de novas bases


nitrogenadas ocorre de
forma que as fitas filhas
crescem no sentido 5’-3
FITAS SÃO COPIADAS SIMULTANEAMENTE:

--> FITA LÍDER (ou contínua)


--> FITA RETARDADA (ou descontínua)
Então conforme até aqui, temos que:
1- É semiconservativa, ou seja, as novas fitas contém 50% da fita
antiga incorporada.
2- Este processo sempre ocorre no sentido 5’-3’ sendo ambas as
fitas copiadas simultaneamente, o que gera a necessidade de
uma fita ser copiada continuamente (fita líder) e outra
descontinuamente (fita retardada).
3- O local onde existe a maquinaria enzimática para a replicação
do DNA é denominado forquilha de replicação.
Replicação do DNA:
O processo de separação ocorre com uma enzima chamada de Helicase, atua como
uma tesoura cortando as pontes de hidrogênio.

Construção fragmentada

Construção continua

Fonte: pt.khanacademy.org
Etapas: Iniciação:
ABERTURA DA HÉLICE DO DNA
NA ORIGEM.
ESTABELECER COMPLEXO DE
PRÉ-INICIAÇÃO.

ÚNICA FASE REGULADA:


UMA VEZ A CADA CICLO CELULAR.
Iniciação e Alongamento:

SÍNTESE DA FITA LÍDER


SÍNTESE DA FITA RETARDADA
Iniciação:
HELICASE (DnaB): Desenrola e quebra as pontes de H entre as fitas do duplex.
TOPOISOMERASE: alivia o estresse topológico causado pela separação das fitas; adiciona
super-hélices negativas para evitar o superenovelamento da fita que está sendo separada.
PROTEÍNAS SSB: estabilização das fitas separadas (impede a formação das pontes de
hidrogênio (duplex) antes do momento adequado).
PRIMASE (DnaG): formação de pequenas fitas iniciadoras.
Alongamento:
DNA POL. III: adição dos nucleotídeos correspondentes.
DNA POL. I: substituição dos nucleotídeos de RNA das sequências primers por
nucleotídeos de DNA.
DNA LIGASE: ligação dos fragmentos de Okazaki.
TELOMERASE: adição de uma proteção contra a degradação. (Transcriptase reversa)

Terminação:
TELOMERASE: adição de uma proteção contra a degradação. (Transcriptase reversa)
Referências Bibliográficas
NELSON, D.L.; COX, M.M. Princípios de Bioquímica de Lehninger. 6. ed. São Paulo:
Artmed, 2014.

GOULART, Guilherme. Vídeo YouTube (12 min.). DNA e RNA (Ácidos Nucleicos).
Publicado pelo canal Prof. Guilherme Goulart - Biologia em 21/08/2018. Disponível
em: https://www.youtube.com/watch?v=hvKWk4jEGmY

PINTO, Mariana Tomazini. DNA, o sentido da Vida. Ciência e Educação - Casa da


Ciência. Folhetins publicado em 2013. Disponível em:
http://ead.hemocentro.fmrp.usp.br/joomla/index.php/publicacoes/folhetins/469-
dna-o-sentido-da-vida
GOULART, Guilherme. Vídeo YouTube (20:34 min.). DNA: Estrutura . Publicado pelo
canal Prof. Guilherme Goulart - Biologia em 13/04/2021. Disponível em:
https://www.youtube.com/watch?v=U1AthDBSMBk

RIBEIRO, Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca. Ácidos Nucleicos. Publicado no site


Mundo Educação. Disponível em:
https://mundoeducacao.uol.com.br/biologia/acidos-nucleicos.htm.
Vídeo - Genética Duplicação
Kahoot.it
5 questões
Código: 9329015

Você também pode gostar