Você está na página 1de 3

FAIT – 10 º PERÍODO - PRÁTICA CONSTITUCIONAL

Ana Carolina Galhoti do Amaral – RA 130930

ESQUELETO DA PEÇA

ENDEREÇAMENTO

Ao Excelentíssimo Senhor Doutor Desembargador Presidente do Tribunal de Justiça do Estado Beta

PREÂMBULO

*AUTOR Sindicato dos Servidores Públicos do estado Beta

(impetrante)

*RÉU Governador do Estado Beta

(impetrado)

* PJ À QUAL O Estado Beta


RÉU SE VINCULA
(se cabível)

NOME DA AÇÃO Mandado de Injunção Coletivo


(c/ LIMINAR, se
cabível)

*FUNDAMENTO
LEGAL DA PEÇA
Artigo 5º, LXXI, CRFB/88, artigo 12 e ss. da Lei 13.300/16 e artigo 319 do CPC.

TÓPICOS ESSENCIAIS

DO DIREITO

CABIMENTO DA • No caso em comento não existe norma estadual que regulamente o direito de adicional
AÇÃO
noturno aos servidores federais, previsto na Constituição Federal, carecendo os

representados de lei que cubra a lacuna para que possa exercer tal direito;

• O sindicato tem legitimidade;

• A ocorrência de um ato lesivo praticado por uma autoridade pública.


FAIT – 10 º PERÍODO - PRÁTICA CONSTITUCIONAL
Ana Carolina Galhoti do Amaral – RA 130930

TESES A Constituição Federal prevê o direito de adicional noturno aos servidores públicos federais, o

(Fundamentos que por analogia deve ser estendido aos servidores estaduais, a luz do princípio da simetria
jurídicos – mérito)
(artigo 39, § 3º, da CRFB/88).

PEDIDOS:

a) Notificação do impetrado para prestação de informações;

b) Que seja dada ciência ao órgão de representação judicial da pessoa jurídica interessada acerca da presente ação,

devendo-lhe ser enviada cópia da petição inicial, para que, querendo, ingresse no feito;

c) O reconhecimento do estado de mora legislativa, a fim de que seja concedida a injunção coletiva e a determinação

do prazo para que o impetrado sane a omissão, editando norma regulamentadora;

d) Que sejam estabelecidas as condições em que se dará o exercício do direito reclamado ou, se for o caso as

condições em que poderá o interessado promover ação própria visando exercê-los, caso não seja suprida a mora

legislativa no prazo determinado;

e) Que seja suprida a omissão legislativa acerca da regulamentação, a fim de conceder o direito ao adicional noturno

na base de 20%, aplicando-se por analogia o artigo 73, da CLT;

f) A intimação do Membro no Ministério Público.

FECHAMENTO
FAIT – 10 º PERÍODO - PRÁTICA CONSTITUCIONAL
Ana Carolina Galhoti do Amaral – RA 130930

Termos em que,

Pede deferimento.

Local ..., data....

Advogado..

OAB ....

Você também pode gostar