Você está na página 1de 4

MAQUETE DO SISTEMA SOLAR - FEIRA DE CIÊ... http://www.feiradeciencias.com.br/sala24/24_k15.

asp

Makemaquetes Qualidade, compromisso e tecnologia em maquetes fisicas e prototipos. www.makemaquetes.com


Maquete Eletrônica 3D Apresentações Técnicas e Artísticas de programas, projetos ou produtos www.screet.com.br
Maquete Eletrônica 3D Associe tecnologia e modernidade ao seu projeto. Ótimos preços. www.maxwell3d.com.br

a a
Tudo sobre Feiras | Projetos 5 /8 séries | Aparelhos indispensáveis | Cinemática | Dinâmica | Estática | Fluidos |
Física Térmica Óptica | Ondas e Acústica | Eletrostática | Eletrodinâmica | Eletromagnetismo | Corrente
Alternada | Eletrônica | Estroboscopia Sugestões Didáticas | Artigos | Leituras/Teorias Recomendadas | Fichas --
Laboratório de Física | Eletroquímica | Motores Gerais Mundo Atômico e Relatividade | Astronomia | Perpetuum
Móbile | Biologia | Artesanato Científico | Corredor dos Links | Colabore

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Maquete do sistema solar


Dúvidas e Perguntas?

Uma das atividades mais interessantes em Feiras de Ciências é a construção de um


modelo, em escala, do Sistema Solar. Normalmente são usados vários tamanhos de bolas,
dos mais diversos materiais. Elas podem receber pintura adequada, incluir os eixos de
rotação, mostrar detalhes da superfície e até exibir a representação dos anéis dos planetas
gasosos, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Complementa essas maquetes, a exibição de
painéis ressaltando as principais características de cada planeta, tais como, sua massa,
densidade, diâmetro, distância do Sol, número de satélites etc.
A montagem do modelo pode reunir vários alunos, numa equipe, ficando cada um
responsável por um destes itens. Mas, vejamos as dificuldades que devem ser enfrentadas:

Devido às pequenas dimensões dos componentes frente às enormes distâncias envolvidas,


é difícil construir uma verdadeira maquete em justa escala. Na melhor das hipóteses o
projeto se estenderia por vários quilômetros, quase que totalmente preenchido de
"vazios".
Uma solução alternativa, viável, é adotar uma escala logarítmica para as distâncias. Este
procedimento, por envolver um conhecimento específico de matemática, pode confundir os
visitantes. Para evitar erros, as distâncias devem conter informações específicas. Eis uma
sugestão:

Somos obrigados então a escolher uma, entre três alternativas possíveis, para harmonizar

1 de 4 02-04-2011 00:41
MAQUETE DO SISTEMA SOLAR - FEIRA DE CIÊ... http://www.feiradeciencias.com.br/sala24/24_k15.asp

as dimensões da maquete:

1- pelo tamanho dos componentes, ou


2- pelas distâncias entre eles, ou
3- pelos ângulos formados em torno do Sol.

A construção dos planetas é fácil, mas para o Sol são exigidos modelos relativamente
grandes, senão os menores planetas não poderão ser representados. Um bom tamanho
para o Sol é em torno de 1,5 m (1 500 milímetros).

Para facilitar o trabalho, use a calculadora da tabela abaixo, que além de exibir os dados
reais, fornecerá todas as dimensões necessárias. As distâncias reais estão em Unidades
Astronômicas (1 UA= distância da Terra ao Sol = 149 598 770 km).
Use sempre a dimensão do Sol (Tamanho) para calcular todos os outros valores, ou seja,
você escolhe o tamanho a ser dado ao 'seu' Sol e a tabela fornecerá os tamanhos dos
demais participantes.

Digite a dimensão do Sol (Tamanho) em milímetros e clique em Calcular.

Sol 1.391.900 1000 Calcular Centro

Diâmetro Tamanho Raio da Órbita


Planeta Distância (m)
(km) (mm) (UA)

Mercúrio 4.879 3.51 0,387 42

Vênus 12.103 8.7 0,723 78

Terra 12.756 9.16 1,000 107

Marte 6.794 4.88 1,524 164

Cinturão de Asteróides 2,780 299

Júpiter 142.984 102.73 5,203 559

Saturno 120.536 86.6 9,539 1025

Urano 51.118 36.73 19,19 2062

Netuno 49.528 35.58 30,06 3230

Plutão 2.302 1.65 39,53 4248

Cinturão de Kuiper 67.11 7211


Nesta escala a velocidade da luz
215 mm/s
seria de:

A terceira opção seria o sistema heliocêntrico, uma maquete angular, onde o Sol ocupasse
o centro e os planetas estivessem distribuídos nas posições sobre suas órbitas para
determinada data. Para isso precisaremos dos modelos dos planetas e uma área grande,

2 de 4 02-04-2011 00:41
MAQUETE DO SISTEMA SOLAR - FEIRA DE CIÊ... http://www.feiradeciencias.com.br/sala24/24_k15.asp

como um salão ou quadra de futebol. Para manter uma certa coerência, neste caso
poderemos usar a escala logarítmica para distribuir os raios das órbitas.

Fixe, no local escolhido para a maquete, uma direção, que será a origem da marcação dos
ângulos; o Primeiro ponto de Áries. Os ângulos serão medidos a partir desta reta origem,
no sentido anti-horário, considerando que o pólo norte é o superior. Os solstícios de
inverno e de verão (SI e SV) e os equinócios ascendente e descendente (EA e ED) podem
ser indicados.

Uma das vantagens deste tipo de modelo é a análise da visibilidade dos planetas para
aquela data. Usando um globo escolar posicionado adequadamente poderemos demonstrar
quais planetas poderão ser vistos desde o entardecer até a madrugada.

Sobre as órbitas podem ser marcadas as posições de vários dias, para que os visitantes
possam ter uma idéia da velocidade de deslocamento de cada planeta.

A tabela mostra o período sideral (tamanho do ano em dias terrestres) para cada planeta.
Para encontrar o ângulo de posição atual dos planetas use o calculador abaixo.

Insira o número de dias decorridos desde 01-junho-2005 e clique em Calcular.

Dias decorridos 2160 Calcular

Planeta Per.Sid.(d) Ângulo (graus)

Mercúrio 87,96 138.4

Vênus 224,68 283.5

Terra 365,25 190.4

3 de 4 02-04-2011 00:41
MAQUETE DO SISTEMA SOLAR - FEIRA DE CIÊ... http://www.feiradeciencias.com.br/sala24/24_k15.asp

Marte 686,95 343.3

Júpiter 4.337 15.2

Saturno 10.760 190.3

Urano 30.700 2.8

Netuno 60.200 328.5

Plutão 90.780 271.5

INSERIR ESTE SITE NOS MEUS FAVORITOS | TOPO DA PÁGINA | HALL |


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

4 de 4 02-04-2011 00:41