Você está na página 1de 6

Sintaxe de Período - Orações Coordenad

Orações junta no mesmo período, mas t


Conceito
Ex.: Estou comprando um protetor solar
Não são ligadas através de nenhum conectiv
Assindética Conceito
Ex.: Seu pai esteve aqui, deixou um
São ligadas através de conectivos, con
Conceito
Ex.: Seu pai esteve aqui, porém não deix
Expressam ideia de som
Aditiva
Orações Ex.: Seu pai esteve aqui e deixou u
Coordenadas Alternativa
Expressam ideia de alternância, h
Ex.: Vá para casa agora, ou não va
Sindética
Expressam ideia de cont
Adversativa
Ex.: Irei estudar hoje, mas não estou
Expressam ideia de co
Conclusiva
Ex.: Vou estudar agora, portanto
Expressão ideia de exp
Explicativa
Ex.: Não me atrapalhe, pois vo

As orações mantêm uma relação de d


Conceito
Ex.: O homem que fuma v
Sua função é complementar o sentid
É sempre iniciada por uma Conjunçã
Conceito
Pode ser substituída por um
Ex.: Eu quero que você saia -> E
Quando exerce a função
Subjetiva
Ex.: É necessário que nos amamos (
Quando exerce a função de pred
Predicativa
Ex.: É preciso que você
Substantiva Quando exerce a função de
Objetiva Direta
Ex.: Você esparava que e
Quando exerce a função de O
Objetiva Indireta
Ex.: Eles necessitam de que polí
Quando exerce a função
Apositiva
Ex.: Só desejo uma coisa: q
Completiva Quando exerce a função de Comp
Nominal Ex.: Temos certeza de que você é

Sua função é caracterizar, de


Conceito
É a função própria do Adjetivo, ou se
Quando restringe, particulariza o
Orações Adjetiva Restritiva
Ex.: Os homens que são feios p
Subordinadas Explicativa
Quando generaliza, explica o se
Ex.: Os homens, que são feios, p
Orações
Subordinadas

Indica uma circunst


Conceito
Desempenha funções próprias de um Advérbio,
Expresa oposição entre su
Concessiva
Ex.: Irei à festa, embora não e
Expressa conformidade, acordo en
Conformativa
Ex.: O fato aconteceu como v
Expressa causa, motivo
Causal
Ex.: Como ele era forte, ninguém
Expressa uma consequência, um re
Consecutiva
Ex.: Gritou tanto, que acordo
Adverbial
Expressa uma hipótese, um
Condicional
Ex.: Se chover, não saire
Expressa uma compa
Comparativa
Ex.: A luz é mais veloz do
Expressa uma finalidade
Final
Ex.: Veio à escola para
Expressa tempo
Temporal
Ex.: Mal chegamos, ela f
Expressa proporciona
Proporcional
Ex.: O sol clareia à medida q
ações Coordenadas e Subordinadas
no mesmo período, mas têm estruturas individuais
Principais Conjunções
prando um protetor solar (1), depois irei à praia. (2)
ravés de nenhum conectivo. Estão apenas justapostas.
Não possui
pai esteve aqui, deixou um abraço para você.
através de conectivos, conjunções coordenativas
eve aqui, porém não deixou um abraço para você.
Expressam ideia de soma, adição e, nem, não só...mas também, senão ainda,
pai esteve aqui e deixou um abraço para você como também, etc
am ideia de alternância, hipótese ou escolha ou, ou...ou, ora...ora, quer...quer, seja...seja,
ara casa agora, ou não vai ganhar um abraço já...já, etc.
Expressam ideia de contrariedade mas, porém, todavia, contudo, entretanto,
udar hoje, mas não estou nem um pouco afim senão, no entanto, não obstante, etc.
Expressam ideia de conclusão assim, logo, portanto, por isso, por
estudar agora, portanto não me atrapalhe conseguinte, por consequência, pois, etc.
Expressão ideia de explicação que (sentido de porque), porquanto, porque,
ão me atrapalhe, pois vou estudar agora pois, etc.

mantêm uma relação de dependência entre elas


Ex.: O homem que fuma vive pouco
é complementar o sentido da Oração Principal
iciada por uma Conjunção Integrante (Que, Se)
de ser substituída por um Substantivo
quero que você saia -> Eu quero sua saída
Quando exerce a função de sujeito
essário que nos amamos (Suj. Implícito "Nós")
o exerce a função de predicativo do sujeito
Ex.: É preciso que você seja fiel
ando exerce a função de Objeto Direto
Ex.: Você esparava que ele voltasse
ndo exerce a função de Objeto Indireto
es necessitam de que políticos ajudem-nos
Quando exerce a função de aposto
x.: Só desejo uma coisa: que seja feliz
exerce a função de Complemente Nominal
mos certeza de que você é uma boa pessoa

função é caracterizar, detalhar um ser


Principais Conjunções
própria do Adjetivo, ou seja, Adjunto Adnominal
restringe, particulariza o sentido de um ser
s homens que são feios precisam ser ricos
que, o qual, dos quais, quem, onde, cujo, etc.
do generaliza, explica o sentido de um ser
homens, que são feios, precisam ser ricos
Indica uma circunstância
Principais Conjunções
próprias de um Advérbio, ou seja, de um Adjunto Adverbial
Expresa oposição entre suas orações
embora, ainda que, se bem que, etc
Irei à festa, embora não esteja disposto
conformidade, acordo entre um fato e outro
conforme, segundo, como, consoante, etc.
O fato aconteceu como você descreveu
Expressa causa, motivo, razão
porque, visto que, já que, uma vez que, como, etc.
o ele era forte, ninguém ousou confrontá-lo
uma consequência, um resultado, um efeito.
tanto...que, tão...que, tal...que, etc.
: Gritou tanto, que acordou os vizinhos
pressa uma hipótese, uma condicação salvo se, caso, se, exceto se, sem que, a menos que,
Ex.: Se chover, não sairei de casa etc.
Expressa uma comparação
tal...qual, tão...como, tanto...quanto, como, etc.
Ex.: A luz é mais veloz do que o som
Expressa uma finalidade, objetivo
a fim de que, para que, porque, que, etc
Ex.: Veio à escola para estudar
Expressa tempo quando, enquanto, apenas, mal, logo, assim que,
Ex.: Mal chegamos, ela foi saindo depois que, desde que, etc
Expressa proporcionalidade
à medida que, à proporção que, ao passo que, etc.
: O sol clareia à medida que o sol surge

Você também pode gostar