Você está na página 1de 3

INSTITUTO DE FÍSICA ARMANDO DIAS TAVARES

DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA QUÂNTICA


FÍSICA TEÓRICA E EXPERIMENTAL III
LISTA DE EXERCÍCIOS - CIRCUITOS ELÉTRICOS
HALLIDAY 10a EDIÇÃO

1 (H8) - Uma bateria de automóvel com uma fem de 12 V possui uma carga inicial de 120 A.h. Supondo que o po-
tencial entre os terminais permaneça constante até que a bateria esteja completamente descarregada, durante quanto
tempo ela pode fornecer energia a uma taxa de 100 W? R: 14,4h.

2 - No circuito da figura 1(a), ε1 = 12 V e ε2 = 8 V. (a) Qual o sentido da corrente no resistor? (b) Que bateria está
realizando trabalho positivo? (c) Qual ponto, A ou B, está no potencial mais alto? R: (a) anti-horário; (b) ε1 ; (c) B.

Figura 1: Questões 2 e 5.

3 - Suponha que as baterias do exercı́cio 2 tenham resistências internas desprezı́veis e que R = 1kΩ. Determine (a) a
corrente no circuito; (b) a potência dissipada no resistor R; e (c) a potência de cada bateria, indicando se a energia é
fornecida ou absorvida por cada bateria. R: (a) 4 mA; (b) 16 mW; (c) 48 mW e 32 mW.

4 (H16) - Uma célula solar gera uma diferença de potencial de 0,10 V quando um resistor de 500 Ω está ligado a ela
e uma diferença de potencial de 0,15 V quando o resistor anterior é substituı́do por um resistor de 1000 Ω. Qual a (a)
resistência interna e (b) a fem da célula solar? (c) A área da célula é de 5,0 cm2 , e a taxa por unidade de área com que
ela recebe energia da luz é de 2,0 mW/cm2 . Qual a eficiência da célula para converter energia luminosa em energia
térmica no resistor externo de 1000 Ω? R: (a) 1 kΩ; (b) 0,30 V; (c) 0,23%.

5 (H23) - Determine na figura 1(b) a corrente em cada resistor e a diferença de potencial entre os pontos a e b. Con-
sidere ε1 = 6,0 V, ε2 = 5,0 V, ε3 = 4,0 V, R1 = 100 Ω e R2 = 10 Ω. Suponha que a bateria não possui resistência. R:
i(R1 ) = 0,05 A; i(R2 ) = 0,30 A; 9V.

6 - Duas lâmpadas, uma com resistência R1 e a outra com resistência R2 , onde R1 > R2 estão igadas a uma bateria
(a) em paralelo e (b) em série. Qual lâmpadas possui maior brilho (dissipa mais energia) em cada caso? Justifique sua
resposta. R: (a) R2 ; (b) R1 ;

7 (H22) - Na figura 2(a), determine a resistência equivalente entre os pontos (a) F e H e (b) F e G. Todas as resistências
são iguais a 5,0 Ω.(Sugestão: para cada par de pontos, imagine que uma bateria está ligada entre as extremidades do
par.) R: (a) 3,13 Ω; (b) 2,50 Ω.
Figura 2: Questões 7 e 8.

8 (H41) - Na figura 2(b), ε1 = 3,00 V, ε2 = 1,00 V, R1 = 5,00 Ω, R2 = 2,00 Ω, R3 = 4,00 Ω e as duas baterias são
ideais. Qual a taxa com que se dissipa energia em (a) R1 , (b) R2 e (c) R3 ? Qual a potência (d) da baterial ε1 e da (e)
da bateria ε2 ? R: (a) 0,346 W; (b) 0,0050 W; (c) 0,709 W; (d) 1,263 W; (e) 0,158 W.

9 - (a) Calcule a corrente que atravessa cada bateria ideal representada na figura 3(a). Suponha que ε1 = 2,0 V, ε2 = ε3
= 4,0 V, R1 = 1,0 Ω, R2 = 2,0 Ω. (b) Calcule Va − Vb . R: (a) i(ε1 ) = 0,4 A; i(ε2 ) = 2,8 A; i(ε3 ) = 2,4 A; (b) 1,6 V.

Figura 3: Questões 9 e 15.

10 - Várias lâmpadas devem ser ligadas em paralelo a uma fonte de 120 V. Cada lâmpada dissipa uma potência média
de 60 W. O circuito inclui um fusı́vel F que queima se a corrente no circuito for igual ou maior que 9 A. Qual o
número máximo de lâmpadas que podem ser usadas no circuito sem queimar o fusı́vel? 17.

11 (H60) - Um capacitor com carga inicial q0 é descarregado através de um resistor. Em termos da constante de tempo
τ qual o tempo necessário para que o capacitor perca (a) a primeira terça parte de sua carga e (b) dois terços de sua
carga? R: (a) 0,41; (b) 1,1.

12 (H61) - Um resistor de 15 kΩ e um capacitor estão ligados em série, e então uma diferença de potencial de 12,0 V
é repentinamente aplicada entre as extremidades deles. A diferença de potencial entre as extremidades do capacitor
aumenta para 5,0 V em 1,30 µs. (a) Calcule a constante de tempo do circuito. (b) Determine a capacitância do capa-
citor. R: (a) 2,41 µs; (b) 161 pF.

13 (H64) - Um capacitor, com uma diferença de potencial inicial de 100 V, é descarregado através de um resistor
quando uma chave entre eles é fechada em t = 0. Em t = 10,0 s, a diferença de potencial entre as placas do capacitor
é de 1,00 V. (a) Qual a constante de tempo do circuito? (b) Qual a diferença de potencial entre as placas do capacitor

2
em t = 17,0 s? R: (a) 2,17 s; (b) 39,6 mV.

14 (H68) - Um capacitor de 1,0 µF com uma energia inicial armazenada de 0,50 J é descarregado através de um resis-
tor de 1,0 MΩ. (a) Qual é a carga inicial do capacitor? (b) Qual é a corrente no resistor quando a descarga começa?
Escreva expressões que permitam calcular, em função do tempo t, (c) a diferença de potencial VC no capacitor; (d) a
diferença de potencial VR no resistor e (e) a potência dissipada pelo resistor. R: (a) 1,0 mC; (b) 1,0 mA.

15 (H63) - No circuito da figura 3(b), ε = 1,2 kV, C = 6,5 µF, R1 = R2 = R3 = 0, 73 MΩ. Com C completamente
descarregado, a chave S é repentinamente fechada em t = 0. (a) Determine a corrente que atravessa cada resistor em
t = 0, e (b) t → ∞. Quais os valores numéricos de V2 em (c) t = 0 e (d) t → ∞? (e) Desenhe qualitativamente um
gráfico da diferença de potencial V2 entre as extremidades de R2 de t = 0 a t → ∞. (f) Qual o significado fı́sico de
”t → ∞”nesse caso? R: (a) i(R1 ) = 1,10 mA, i(R2 ) = 0,55 mA, i(R3 ) = 0,55 mA; (b) i(R1 ) = 0,82 mA, i(R2 ) = 0,82
mA, i(R3 ) = 0 mA; (c) 400 V; (d) 600 V. (f) circuito aberto.

Você também pode gostar