Você está na página 1de 8

Qj e são cargas elétricas em módulo, e k é a constante eletrostática que no

SI, para as cargas situadas no vácuo, é indicada por k^ e vale:

N-m'

P|,^l.l^jy»j»g J _ s Duas cargas puntiformes, = 5 • 10 C e = - 4 • 10 * C , no


n UUlClliaa UC vácuo, estão separadas poruma distância de 0,3 m. Determinar a força
elétrica entre elas. Dado k = 9 • 1 0 ' N • mVO.
Aplicação Resolução:
Q, = 5 - 1 0 - ' ' C ,ti&jiot:
Q,
Q 4 . c _
Dados
d = 0,3 m
k = 9 • 10^ N • mVO
Como as cargas têm sinais opostos, a força elétrica é de atração,
e sua intensidade é dada pela lei de Coulomb:

F = k o - ^ ^ F = 9.10^.5-10"-4.10-^^F = 2N
" d2 (0,3)2
Resposta: Força de atração de 2 N .

1 Duas cargas puntiformes, Qj e Q^, são fixadas nos pontos A e B , distantes entre si 0,4 m, no vácuo.
Sendo Qj = 2 - I O " " C , = 8 •10'' C e k„ = 9 -10', detemiinar a intensidade da força elétrica
resultante sobre uma carga = - 3 • 1 0 " ' C , colocada a 0 , 1 m de A , sobre a reta A B .
Resolução: m
=2-10'C
Q, Q2
=8-10-''C A . F, F, . E F, .B
i-^ .
Dados Q3 = - 3 - 1 0 - ' ' C d.

d, = 0 , l m
d^ = 0,3 m
k„ = 9 • 10" N • m V C ^
Cálculo da força de atração F^:
F, = k „ Q i : Q . ^ F . = 9 . 1 0 ^ 2 _ - 1 0 - 3 - 1 0 - ' o 1
F , = 5,4 N
(0,1)^

• Cálculo da força de atração F^: - • . n r . ; . j ,c

F , = k„ Q z l Q . ^ F . = 9 -10^ g - I Q " - 3 - 1 0 " =, F . = 2,4 N


,0
d| (0,3)^
• Cálculo da força resultante sobre Q3: 1

F« = F , - F . ^ F . = 5 , 4 - 2 , 4 ^ F , = 3N *
Resposta: 3N

365
J 2 é Duas cargas elétricas puntiformes de 5 • 10"^ C (Fuvest-SP) Um dos pratos de uma balança em
e 0,3 • 1 0 C , no vácuo, estão separadas entre equilíbrio é uma esfera eletrizada A. Aproxima-
si por uma distância de 5 cm. Calcule a intensi- se de A uma esfera B com carga igual, mas de
dade da força de repulsão entre elas. 5 4 N sinal contrário. O equilíbrio é restabelecido, co-
7 2 ? A intensidade da força entre duas cargas elétri- locando-se uma massa de 2,5 g no prato da
cas puntiformes iguais, situadas no vácuo a uma balança. A figura ilustra a situação.
distância de 2 m uma da outra, é de 202,5 N. Constante do meio: k = 9 • 10' N • m^ /O.
Qual o valor das cargas? 3 • lo^ c Adote g = 10 m/sl
a) Qual a intensidade da força elétrica? 2.5 • I O - ' N
J 2 t Uma pequena esfera recebe uma carga de 40 |xC,
b) Qual o valor da carga de A? 5 • io^« c
e outra esfera de diâmetro igual, localizada a
20 cm de distância, recebe uma carga de - 1 0 \íC.
a) Qual a força de atração entre elas?
b) Colocando as esferas em contato e afastando-
• isolante
as 5 cm, detennine a nova força de interação
A
elétrica entre elas.
3 cm
7 ? * As cargas da figura estão localizadas no vácuo.
Ache X para que a carga Q^ fique em equilíbrio B
sob a ação exclusiva das forças eletrostáticas. As
,Q( cargas Q j C Q^ são fixas. IJO cm /7777777777
Q, Q^ Q, M
(UFMG) Duas bolinhas idênticas, pintadas com
0,5 m
8uc - 4nc 2uc tinta metálica, estão carregadas. Quando estão
afastadas 4,0 • 10^^ m, elas se atraem com uma
i As cargas Q^ = 2 fiC, Q^ = 4 |xC e Q 3 = 5 \ÍC força de 27 • 10"^ N. Encosta-se uma na ou-
estão situadas no vácuo. Detennine a intensida- tra, sem tocá-las com a mão. Afastando-as
de da força resultante que age sobre as cargas: novamente até a distância de 4,0 • 10"^ m,
a) Q2 0,2 N b) Q3 2.36 N
elas se repelem com a força de 9-10"^ N.
Q, Q2 Q3 Resposta no iínal do livro,
a) Explique por que a força mudou de atrativa
para repulsiva.
0,2 m 0,3 m
b) Determine as cargas das bolinhas antes e de-
731 Na figura, as cargas Q^, Q^ e Q^ são iguais. Q^ pois de se tocarem, considerando que uma
exerce sobre Q^, uma força de intensidade das cargas, antes do contato, era positiva e o
3,0 • 10"'N. Detennine: ai 3.0 • 10 N bi2,4 • 10 N triplo da outra, e que k = 9 • 10' N • mVC^.
a) a intensidade da força que Q^, exerce em Qg; Uma bolinha A, canegada positivamente, está
b) a intensidade da força que Q^ exerce em Q^. suspensa de um ponto P, por meio de um fio de
seda. Com um bastão isolante, aproxima-se de
Q, Q, Q3
A outra bolinha B, também positivamente cane-
o__ c>—3--—-o
1 cm o cm gada. Quando elas estão na posição indicada na
Determine a intensidade da resultante das forças figura, permanecem em equilíbrio, sendo A B
produzidas pelas cargas Qj e sobre a carga direção horizontal e B P vertical Seja F a força
Q 3 , quando colocadas no vácuo, confomie indica elétrica que B exerce sobre A, W o peso de A, e
a figura. •. u T a força exercida pelo fio sobre A.
a) Reproduza no caderno a
figura dada ejndíque
as forças F, W e T .
/30°
Qi= 2nC Resposta no final do iivro.
Dados Q, = - 2 ^ C b) Sendo I W I =2_,0N,
Q3= 8\iC qual o valor de F? = 1,15 N

366
2 Representação gráfica da lei de Coulomb
Representando a força de interação
elétrica em função da distância entre duas
cargas puntiformes, obteremos como grá-
fico uma hipérbole, conforme indica a
figura. ,

_F
2d
4
F_
3d
9
d 2d 3d

Capítulo Introdução ÍH
O conceito de campo elétrico pode ser mais bem
apresentado fazendo-se uma analogia do campo elétrico
com o campo gravitacional criado pela Terra.
A massa M da Terra cria em torno de si o campo
"""" Campo gravitacional g. Um corpo de massa m próximo da Terra
fica sujeito a uma força de atração gravitacional, a força
elétrico peso, decorrente da ação de g sobre m.

^mmmmímm P = m-g I
E

F = q-E

6 esigsi e»-'

Uma carga Q origina em torno de si um campo elétrico E. Uma carga de prova


q colocada nessa região fica sujeita à ação de uma força elétrica F.
É importante observar que o campo elétrico é uma propriedade dos pontos da
região influenciada pela presença da carga elétrica Q, não dependendo da presença
da carga de prova q nesses pontos para a sua existência. A carga de prova q é utilizada
somente para a verificação da existência do campo elétrico num determinado ponto
da região. j
Portanto: l .mmsoBã

Existe uma região de ir}fluêr}cia da carga Q onde qualquer carga de prova q, nela
colocada, estará sob a ação de uma força de origem elétrica. A essa região chamamos
de campo elétrico.

367
2 Vetor campo elétrico
Considere uma carga Q criando em tomo de si um campo elétrico. Colocando-se
num ponto P dessa região uma carga de prova q, esta fica sujeita a uma força elétrica F.
A definição do vetor campo elétrico E é dada pela expressão:
sq^n 6ÍTILÍ ooú

As características de vetor campo elétrico são:


a) Intensidade j; q
É dada por: E = ^ 4"

í> q
A unidade de medida de E no Sistema Internacional é o
C
b) Direção
jXtíK^ r O vetor E tem a mesma direção dã força F.
oc , ' . , - .
c) Sentido
ot Analisando a expressão F = qE, podemos associar o sentido do campo
ei elétrico com o da força elétrica da seguinte forma:

• Se q > O, E e F-têm o mesmo sentido. • S e q < 0 , E e F têm sentidos contrários.

rv,
q ,
-f
i

U m campo elétrico apresenta em um ponto P de uma região a


Problema de intensidade de 6 • 1 0 ' N/C, direção horizontal e sentido da esquerda
para a direita. Determinar a intensidade, a direção e o sentido da força
Aplicação elétrica que atua sobre uma carga puntiforme q, colocada no ponto P,
.nos seguintes casos:

a) q = 2 n C . .

b) q = - 3 |iC ,i!jf-,-> n ^nAri ibmBiéo sínslioqnn 1


Resolução: <^ <
E = 6 • 1 0 ' N/C '
a) Dados
q = 2 n C = 2 • 10-^ C
O' !

Esquema:

Intensidade: F = qE F = 2 • I Q - ' • 6 • 1 0 ' =^ F = 1,2 N


Direção: horizontal
Sentido: como q > O, F tem o mesmo sentido de E .

368
•-utaoiq o o f i l 9 l « í . 0 n m « - ,, ^ , E = 6- 10'N/C • •- - i^ru-.i.O
f b Dados J
06?S30So:> ^ q = - 3 ^ C = - 3 - 10-^C

Esquema: ^ p

Intensidade: F = qE ^ F = - 3 • 1 0 ' • 6 -10' F = - 1 , 8 N ou


IFI=1,8N
9b siqmse èTSê osriíôls oqm
Direção: horizontal
Sentido: como q < O, F tem sentido contrário ao de Ê.
Resposta: Vide resolução.

PROBLEMAS PROPOSTOS
7 3 6 Uma carga de prova q = - 3 nC, colocada na 7 3 7 Sobre uma carga de 4 C, situada num ponto P,
presença de um campo elétrico E, fica sujeita a atua uma força de 8 N. Se substituirmos a carga
uma força elétrica de-intensidade 9 N, hori- de 4 C por uma outra de 5 C, qual será a inten-
zontal, da direita para a esquerda. Determine sidade da força sobre essa carga quando colocada
as características do vetor campo elétrico E , no ponto P?

3 Camno elétriro dí^jima raraa piiritiforrne


r •
Considere uma carga puntiforme Q, fixa, originando um campo elétrico de tal
forma que uma carga de prova q, nele colocada, num ponto P, a uma distância d da
carga criadora, do campo, fica sujeita a uma força F, cuja intensidade pode ser
calculada pela lei de Coulomb. y 6;
•P

F Q q

O campo elétrico no ponto P é dado por:

E =L^E =
q
Q é O módulo da carga elétrica.
Analisando a expressão anterior, concluímos que o vetor campo elétrico em um
ponto independe da carga de prova nele colocada.
As características do vetor E, determinado pela carga Q criadora do campo, são:
a) Intensidade
É dada por: E= ko
d2-
b) Direção
Da reta que une o ponto P à carga Q. ^
c) Sentido
O sentido do vetor campo elétrico depende do sinal da carga que
origina o campo.

369
Quando a carga criadora do campo for positiva, o campo elétrico produ-
zido será sempre de afastamento, como pode ser verificado pela colocação
de cargas de prova de sinais diferentes nos pontos Pj e P^.

q<0 q>0

Quando a carga criadora do campo for negativa, o campo elétrico será sempre de
aproximação, como mostra o esquema.

Q
F P, ^aprax

q <O ~q^ O

# Campo elétrico de várias cargas puntiformes


* O vetor campo elétrico resultante E^^
num ponto P de uma região onde existem
várias cargas puntiformes é dado pela soma
vetorial dos vetores originados por cada
carga no ponto P.

E R = E l + E2 + E3

PjiQ^jgjl^gg I U m a carga Q = - 4 \iC, fixa, encontra-se no vácuo, conforme indica


a figura ao lado.
Determinar, num ponto P , a 2 0 cm da carga:
Aplicação
a) a intensidade, a direção e o sentido do campo elétrico;
P b) a intensidade, a direção e o sentido da força elétrica que atua numa
I carga q = 5 n C , colocada no ponto P .

20 cm Resolução:
Q = - 4 n C = - 4 • 1 0 - ' C .-. 1Q1 = 4 • 1 0 - ' C
a) Dados d= 2 0 cm = 0 , 2 m
k„ = 9 • 1 0 ' Nm^

: i

Esquema: p
i [li-

Intensidade: E = k „ . 3 . ^ E = 9 - 1 0 ' - ^ = 9 - 1 0 ^ N/C


"d^
Direção: da reta que passa por Q e P.
Sentido: o campo é de aproximação, isto é, para a esquerda.

370
b)Dado:q = 5 j i C = 5 - l O - ^ C

Q F q
Intensidade: F = qE => F = 5 • 10 • 9 • 10^ =^ F = 4,5 N
Direção: a mesma de E .
Sentido: o mesmo de E . ;-.-._•«•,.
Resposta: Vide resolução.

2 Duas cargas puntiformes de 4 -10 ' C e - 5 • 1 0 " ' C estão fixas e separadas entre si, no vácuo, peia
distância de 6 cm. Determinar a intensidade do vetor campo elétrico no ponto médio M do segmento
que une as cargas.
Resolução:
'QJ=4-10-'C Q. M Ê, Q2
= -5-lO-'C T- - f

g Dados.
d = 6 cm = 6 - 1 0 - 2 m •d,

dj = d, = 3 - 1 0 - ^ m 6 cm

t k„ = 9 • 1 0 ' N m V C ^
I Cálculo da intensidade do campo elétrico de afastamento Ê,:
4.10
E =k A =9 • 10' = 4 - 1 0 ' N/C
/ ' à\T

' Cálculo da intensidade do campo elétrico de aproximação Ê^:

E =k A = 9- 1 0 ' - - ^ - ^ = 5 - 1 0 ' N/C


' " d^ (3-10-^)^

• Cálculo da intensidade do campo elétrico resultante E : o síiipic - M . C


E = E j + E^ E = 4 • 1 0 ' + 5 -10^ = 9 - 1 0 ' N / C
Resposta: 9 • 1 0 ' N / C — —

3 E m dois vértices de um triângulo equilátero de lado 0,3 m se encontram duas cargas positivas Q = 4|iC.
Determinar o módulo do vetor campo elétrico resultante no outro vértice.
Resolução: Esquema:
-Q^ = Q^ = Q = 4nC = 4 - 1 0 - ^ C -
Dados J dj = d2 = d = 0,3 m
_ k„ = 9 • 1 0 ' N m V C ^

Os campos E j e E^ são de afastamento; logo:

4 10-'
E = E , = k„ 4 ^ E , = L = 9 • 1 0 ' • . E j = E j = 4 • 10^ N/C
' ' ° d' ' ' (0,3f

• Intensidade

E = VE?+E2 + 2 E I E 2 C O S 6 0 ° = * E = (4-10'f+(4-10'f+ 2 4-10'-^

ER = 4^3-10'N/C i

Resposta: O vetor campo elétrico resultante tem módulo 4^/3 • 10^ N / C .

371
4.

PROBLEMAS PROPOSTOS
738 Uma carga puntual Q, negativa, gera no espaço elétronigualal,6 • 10'"Ceaconstantedielétrica
um campo elétrico. Num ponto P, a 0,5 m dela, do meio igual a 9,0 • 10' NmVC'.
o campo tem intensidade E = 14,4 • IO*" N/C. a) Qual o valor do campo elétrico em P? 44 N / C
Sendo o meio o vácuo, onde k^^ = 9 • 10' NmyC^ b) Qual a direção do campo elétrico num ponto R
detennine Q. : • sobre a mediatriz do segmento AB? i .,1 ,;tiu d A B

73f Considere uma carga puntiforme, fixa, de - 5 \iC,


no vácuo.
tR
a) Determine o vetor campo elétrico criado por
essa carga num ponto A localizado a 0,2 m
da carga. 125 ^ in"N/C. de aproximação 9-
b) Determine o vetor força elétrica que atua
7 4 3 (Puccamp-SP) A figura representa dois pontos, A
sobre uma carga de 4 ^C, colocada no ponto A.
e B, de uma reta separados 1 m. Duas cargas de
forca de atração de intensidade 4 , 5 N
mesmo sinal são colocadas nesses pontos. Sendo
74© O diagrama representa a intensidade do campo a carga colocada em A quatro vezes maior que a
elétrico, originado por uma carga Q, puntifonne, colocada em B, determine o ponto onde o campo
fixa no vácuo, em função da distância à carga. elétrico resultante é nulo. Ill a Oirdita dc A

E(N/C)

I m

5,4 • 10'

10 d (cm) 7 4 4 Duas cargas puntiformes, Qj = 50 • 10"' C e


Detennine: Qj = 32 • 10 ' C, estão colocadas nos vértices de
a) o valor da carga Q, que origina o campo; um triângulo retângulo, como mostra a figura.
6 • m Detemnine a intensidade do vetor campo elétrico
b) a intensidade do campo elétrico situado num resultante no ponto P. = 34.2 .N/C
ponto P, a 50 cm da carga Q; Q,
c) a intensidade da força elétrica que atua numa
carga q = 2 • 1 0 ' ° C, colocada no ponto P.

741 Duas cargas puntiformes de 4 |iC e - 5 |iC estão


fixas nos pontos A e B, localizadosjio vácuo,
Q2 4,0 m
conforme indicaafigura.SabendoqueAC= 20 cm
e C B = 30 cm, determine a intensidade do vetor 7 4 5 Nos vértices de um quadrado de 0,1 m de lado
campo elétrico no ponto C. i.4 • I O ' N / C colocam-se quatro cargas de módulos iguais a
2 liC, confonne indica a figura. Detennine a inten-
4iiC - 5 L I C sidade do vetor campo elétrico resultante no centro

,
a—j-—o
_ ^ ^ B
do quadrado.

742 Têm-se duas pequenas esferas. A e B, condutoras,


descarregadas e isoladas uma da outra. Seus cen-
tros estão distantes entre si 20 cm. Cerca de
5,0 • IO' elétrons são retirados da esfera A e
transferidos para a esfera B. Considere a carga do

372

Você também pode gostar