Você está na página 1de 3

A prova de conhecimentos de caráter eliminatório e classificatório foi composta de 70 questões.

O valor
máximo foi de 100 pontos, tendo a disciplina de Língua Portuguesa o peso 2. Veja abaixo a relação de
matérias cobradas:

Língua Portuguesa – 30 questões (mín. de acertos: 15 -> 30 pontos)Noções de Direito Penal, Processual
Penal, Administrativo e Constitucional – 30 questões (mín. de acertos: 15 -> 15 pontos)Noções de
Informática – 10 questões (mín. de acertos: 05 -> 05 pontos)

Somente foi considerado aprovado, o candidato que teve no total de pontos o valor igual ou superior a
50.

DICA 1

Estude o edital anterior, pois nele você encontrará os principais pontos do concurso anterior e ainda
começará a se preparar com mais base. Leia atentamente todo o documento, faça anotações com base
naquilo que será cobrado na prova.

DICA 2

Crie um cronograma de estudos eficaz e otimizado! Existem diversas metodologias para se criar um
plano de estudos. O ideal é que você encontre seu próprio método. Algumas perguntas podem ajudar na
hora de criar seu cronograma, são elas: Qual é o melhor horário e local para que você tenha total
concentração? Quantas horas você está determinado a estudar? Qual é o número de matérias que você
precisa estudar e quanto tempo resta até a data da prova? Anote suas respostas e procure adaptá-las a
sua rotina. A dica para facilitar a visualização das suas metas e horários, procure criar tabelas. Elas
podem ser facilmente feitas no word ou, se preferir, em uma cartolina colada na parede.

DICA 3

Material de estudos! Na internet é possível encontrar uma grande quantidade de materiais para
concursos públicos. Contudo, muitos deles estão desatualizados, o que certamente irá prejudicar sua
preparação. O ideal é adquirir material de qualidade que esteja de acordo com os últimos editais
publicados. Principalmente se tratando da disciplina de legislação, onde é comum haverem mudanças. A
Nova Concursos possui excelentes materiais, eles são elaborados de acordo com o que foi cobrado nas
últimas provas e resumem os tópicos mais importantes.
DICA 4

Resolva muitos exercícios da banca organizadora, isso te ajudará a fixar as matérias. Entenda como
funciona a banca organizadora. Busque as provas anteriores da banca organizadora que fará o concurso
para o qual você pretende prestar.

DICA 5

Estude por etapas! De nada adianta querer dominar os assuntos na primeira leitura ou ainda fazer
provas complexas quando você está amadurecendo nos estudos. A dica é dar um passo de cada vez e
saber evoluir seus conhecimentos aos poucos. Não se esqueça que não se deve estudar somente as
matérias mais fáceis, estude todas as matérias que constam no edital.

DICA 6

Os candidatos aprovados e classificados no exame de conhecimentos farão em seguida o teste físico.


Muitos concurseiros acabam esquecendo que em concursos da área policial o preparo físico é tão
importante quanto o conhecimento das disciplinas da prova objetiva. Importante lembrar que o teste
físico possui caráter eliminatório, então de nada adianta você fazer uma excelente prova objetiva e falhar
no teste físico. Os testes são: teste de apoio de frente sobre o solo (flexão e extensão de cotovelos);
teste de resistência abdominal; teste de corrida de 50 metros; teste de corrida de 12 minutos.

DICA 7

Não deixe de estudar Língua Portuguesa. Para compreender as outras disciplinas é preciso estar com o
português afiado.

DICA 8
Além de estudar os temas solicitados no edital é importante entender e estar por dentro do que
acontece no mundo. Atualidades é fundamental em qualquer profissão.

DICA 9

Ao estudar as matérias jurídicas, procure não ler resumos (encontrados na internet). A razão é que o
nível de dificuldade da prova tende a ser mais alto e, portanto a preparação deve ser mais completa. A
dica é recorrer a livros atualizados. Alguns Manuais de Direito podem explicar melhor a matéria, citar a
jurisprudência e ser bem didáticos.

DICA 10

Autoconfiança é essencial! A desmotivação pode destruir qualquer cronograma bem feito, qualquer
planejamento de estudos e ser a principal responsável pela reprovação. A dica aqui é acreditar em sua
capacidade e conseguir visualizar a aprovação!

Tweetar

Você também pode gostar