Você está na página 1de 4

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTAS


Fornecimento de telefonia clandestino - VOIP

IC - Inquérito Civil nº 06.2011.002044-0

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA


CATARINA, representado neste ato pelo Promotor de Justiça Eduardo
Sens dos Santos, titular da Promotoria de Justiça de Seara, e de outro
lado CHAPECÓ VOIP LTDA., CGC nº 12.708.195/0001-08, neste ato
representada por seu gerente, o Sr. EDSON LUIZ ALVES DE
OLIVEIRA, CPF nº , residente na Rua Borges de Medeiros, 328-D,
Chapecó, telefone 49 3319-5600, 49 3452-3700, doravante
denominado compromissário,

Considerando as funções institucionais do Ministério


Público previstas nos arts. 127 e 129 da Constituição Federal, na Lei
n. 8.625/93 (Lei Orgânica Nacional do Ministério Público) e na Lei
Complementar Estadual n. 197, de 13 de julho de 2000 (Lei Orgânica
Estadual do Ministério Público de Santa Catarina);

Considerando as informações obtidas no Inquérito Civil


Público nº 06.2011.002044-0, que identificou que a empresa fornece
telefonia via VOIP sem autorização da Anatel e que diversos
consumidores ficaram sem sinal;

RESOLVEM celebrar o presente compromisso de


ajustamento de conduta, com a permissão do artigo 5º, § 6°, da Lei n.

1
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA
7.347, de 24 de julho de 1985, mediante os seguintes termos:

Cláusula 1ª - O compromissário comprovará à


Promotoria de Justiça de Seara, até o dia 13/09/2011, a obtenção de
outorga para funcionamento da telefonia VOIP na região;

Cláusula 2ª - Os compromissários apresentarão, até o


dia 1º de maio de 2011 comprovante de devolução dos valores
cobrados de Mauri Antônio Matielo;

Cláusula 3ª - Os compromissários se comprometem a


resolver em 48h os problemas técnicos ordinários do sistema de
telefonia que fornecem no município, tais como má qualidade do
sinal, falta de sinal, queima de fontes, dentre outras que exijam
resposta mais simples;

Cláusula 4ª - Os compromissários se comprometem a


resolver em no máximo 5 dias úteis os problemas técnicos mais
complexos e excepcionais, tais como queima de torres, antenas,
transformadores e placas-mãe; o prazo desta cláusula só será
considerado justificado quando o problema atingir toda a antena;

Cláusula 5ª - Em caso de falha no sistema, os


compromissários concederão automaticamente desconto na fatura
mensal do consumidor em valor proporcional ao número de dias em
que houver falha;

Cláusula 6ª - Até o dia 10 de maio de 2011 os


compromissários comprovarão o pagamento das multas aplicadas

2
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA
pelo Procon de Seara em decorrência dos fatos narrados nesta ICP;

Cláusula 7ª - As determinações, requisições e


solicitações do Procon de Seara devem ser cumpridas em no máximo
5 dias úteis, a partir da data do envio de e-mail aos compromissários,
através do endereço chapecovoip@gmail.com;

Cláusula 8ª - Incidirão os compromissários,


solidariamente, em multa de R$ 10.000,00 por ocorrência, no caso de
descumprimento das cláusulas anteriores; a multa será de 20% por
mês sobre o valor das cláusulas 2ª e 6ª deste TAC, em caso de
descumprimento das obrigações ali assumidas;

Cláusula 9ª - O Ministério Público se compromete a não


adotar qualquer medida judicial coletiva ou individual, de natureza
civil, contra os compromissários, desde que cumpridos os itens
ajustados, no prazo estabelecido;

Cláusula 10ª - As multas eventualmente aplicadas


reverterão em favor do Fundo Municipal de Defesa do Consumidor, de
Seara.

Cláusula 11 – As regras aqui estabelecidas valerão


também para o fornecimento de sinal de internet, quando conjugado;

Dito isto, por estarem as partes ajustadas e


compromissadas, firmam o Termo de Compromisso de Ajustamento
de Conduta em 2 (duas) vias, que terá eficácia de título executivo
extrajudicial a partir da data da sua assinatura.

Seara, 13 de abril de 2011

3
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA

Eduardo Sens dos Santos Edson Luiz Alves de Oliveira


Promotor de Justiça Chapecó - VOIP
Compromissário

Clo
doa
ldo
We
ber
Pro
con
de
Sea
ra