Você está na página 1de 19

MANUAL DE GESTÃO

Elaborado: Helena Lozano Aprovado: Jorge Lozano


Código: MG Revisão 2 de 03.15
Data: 06/03/2015 Data: 06/03/2015

1
ÍNDICE

1. INTRODUÇÃO / PROMULGAÇÃO ............................................................................ 3

2. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA ............................................................................. 4

3. NOTA HISTÓRICA ..................................................................................................... 6

4. CAMPO DE APLICAÇÃO ......................................................................................... 10

5. POLÍTICA DA JORGE LOZANO, LDA .................................................................... 11

6. ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO .......................................................... 12

6.1 – REQUISITOS GERAIS ........................................................................................ 12

6.2 – ABORDAGEM DE PROCESSOS ........................................................................ 12

6.3 – INTERACÇÃO DE PROCESSOS ........................................................................ 13

6.4 DOCUMENTAÇÃO DO SISTEMA .......................................................................... 14

7. CONTROLO DO DOCUMENTO ............................................................................... 16

8. ORGANIGRAMA ..................................................................................................... 19

Página 2 de 19
MANUAL DE GESTÃO

1. INTRODUÇÃO / PROMULGAÇÃO

A Jorge Lozano, Lda estabelece as questões da Qualidade como valores agregados


ao seu produto, procurando permanentemente um equilíbrio entre todas as partes
interessadas.

O Sistema de Gestão Integrado desta organização rege-se pelos princípios da Norma


NP EN ISO 9001:2008, pelos requisitos de acreditação da DGERT – Direcção Geral do
Emprego e das Relações de Trabalho.

O objectivo do Sistema de Gestão é assegurar que a empresa transforme os requisitos


dos clientes em satisfação dos mesmos e, em simultâneo, atingir e demonstrar uma
gestão sólida e eficaz.

A Gerência da Jorge Lozano, Lda assume um compromisso com toda a organização,


do cumprimento dos requisitos legais e outros aplicáveis e designa Jorge Lozano como
representante da gestão de topo, com a responsabilidade de cumprir e fazer cumprir,
as determinações do Sistema de Gestão, conducentes à elaboração,
implementação, manutenção e revisão do mesmo.

A Jorge Lozano, Lda disponibiliza a todas as partes interessadas e público em geral a


Política da Organização, através da Internet, entre outros.

A Gerência,

____________________________

(Jorge Lozano)

Página 3 de 19
MANUAL DE GESTÃO

2. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA

A Jorge Lozano – Trabalhos em Altura, Formação e Serviços, Unipessoal Lda é uma


empresa especializada na área dos Trabalhos Verticais, onde selecciona e vende
equipamentos individuais e colectivos Anti-Queda, forma e certifica técnicos e presta
todo o tipo de serviços de Trabalhos em Altura.

A empresa representa equipamentos normalizados e de reconhecidas marcas


europeias, como a Heightec, a Skalt, a Fallsafe, a Petzl, a Uniline, a Vertic, a HighStep
Systems e a Kee Safety Systems, forma e certifica técnicos no seu Centro Nacional de
Formação, apresentando-se igualmente no mercado com uma equipa de técnicos
devidamente treinados e certificados, o que lhe permite prestar um serviço único e
completo.

 Denominação social: Jorge Lozano - Trabalhos em Altura, Formação e Serviços,


Sociedade Unipessoal, Lda.

 Ramo de Actividade: Realização de Trabalhos em Altura, formação de técnicos,


prestação de serviços de consultoria, comercialização de equipamentos Anti-
Queda individuais e colectivos, revisão e inspecção periódica dos
equipamentos e sua instalação.

 Natureza Jurídica: Sociedade por quotas

 NIPC: 507 269 403

 Localização:
Complexo CREL Bela Vista
Rua da Tascoa, nº 16 – Armazém 17
Monte Abraão - 2745-851 Queluz - PORTUGAL

Página 4 de 19
MANUAL DE GESTÃO

Contactos:

jorge.lozano@jorgelozano.pt
helena.lozano@jorgelozano.pt

Vídeo Institucional (Dezembro, 2014):

Empresa associada da

Página 5 de 19
MANUAL DE GESTÃO
3. NOTA HISTÓRICA

A Empresa foi constituída a 7 de Março de 2005, sendo o Centro Nacional de


Formação oficialmente inaugurado a 21 de Setembro de 2006 (tendo tido a presença
neste acto, entre outras entidades oficiais, o Exmo. Sr. Presidente da Câmara de Sintra
Dr. Fernando Seara) com a finalidade de se especializar na formação de técnicos
para Trabalhos em Altura, na área da Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho.

O objecto da organização é a formação de técnicos para Trabalhos em Altura, a


prestação de serviços de consultadoria e a comercialização de equipamentos Anti-
Queda individuais ou colectivos, incluindo a realização de auditorias para a realização
de Trabalhos em Altura, bem como a instalação e inspecção periódica a este tipo de
equipamentos.

O Centro Nacional de Formação (CNF) para técnicos de Trabalhos em Altura, teve


como objectivo preencher uma lacuna que se sentia no mercado nacional a nível da
formação de técnicos nesta área. Muitas das empresas prestadoras de serviços não
tinham e não têm instalações próprias para facultar esta formação aos seus técnicos,
sobretudo ao nível da aquisição de competências práticas.

Assim, o CNF com as suas instalações (indoor e outdoor) e equipamentos próprios, veio
permitir aos técnicos que recebam uma formação teórico-prática adequada e
simulada aplicável às diversas áreas onde trabalham, tais como telecomunicações,
electricidade, indústria, construção, limpezas técnicas, espaços confinados, entre
outras.

Para além disso, o CNF permite que os técnicos liberais também possam frequentar um
curso de formação, não só como enriquecimento curricular, mas também a nível da
qualificação e melhoria do seu desempenho profissional.

Em 2005 iniciaram-se as Acções de Formação com os seguintes cursos: Trabalhos em


Altura de nível I e Trabalhos em Altura de nível II. Em Janeiro de 2006 procedeu-se à
abertura do curso de Trabalhos em Altura de nível III e em 2007, dando continuidade à
estratégia de desenvolvimento da empresa foram criados, igualmente, o curso de

Página 6 de 19
MANUAL DE GESTÃO
Trabalhos em Altura de nível IV (para chefes de equipa) e o curso de reciclagem e
aperfeiçoamento para técnicos com pouca experiência profissional.

Em Setembro de 2007, foi criado o curso de Técnico-Instalador de Linhas de Vida Fixas


para Trabalhos em Altura, assim como o curso de Reciclagem destinado a técnicos
com formação anterior adquirida, mas com pouca experiência profissional, detendo
actualmente 51 cursos de formação distintos, alguns dos quais feitos em função de
necessidades específicas dos segmentos de mercado onde os técnicos em causa se
inserem. Durante este período de existência da empresa e paralelamente aos factos
acima descritos, a empresa foi convidada por entidades oficiais e particulares, a
participar em vários seminários e demonstrações sobre Trabalhos em Altura, tendo
igualmente estado presente nas Feiras Ibéricas da especialidade, como por exemplo
a SEGUREX, em Lisboa e a SICUR, em Madrid, bem como na Feira Europeia e de
barómetro no mercado – A + A, em Dusseldorf e a Wind Energy, em Hamburgo, tendo
editado igualmente o Manual Prático sobre Trabalhos em Altura.

Actualmente, a empresa é associada da AIP – Associação Industrial Portuguesa e da


ANETVA – Associação Nacional das Empresas de Trabalhos Verticais de Espanha,
estando também a participar na implementação e desenvolvimento da ANETTA –
Associação Nacional das Empresas e Técnicos de Trabalhos em Altura.

A Gerência da Jorge Lozano, Lda está a cargo do Sr. Jorge Lozano, que com o seu
espírito empreendedor conseguiu Certificar o Sistema de Gestão de Qualidade da
empresa pelo referencial normativo NP EN ISO 9001:2008, bem como obter a
acreditação DGERT da Jorge Lozano, lda. em 2009, a qual foi já renovada em 2010.

Em Maio de 2010, a empresa adquiriu também a certificação PME pelo IAPMEI.

Em outubro de 2013, a J.Lozano, Lda. iniciou o processo nacional junto da ANQEP para
a qualificação profissional do Técnico/a de Trabalhos em Altura tendo sido o mesmo
aprovado em 2014 e desenvolvido posteriormente pela ANETTA.

Em 2014, a J.Lozano, Lda. obteve a certificação pela Bureau Veritas como empresa
formadora de técnicos de parques eólicos e o consequente reconhecimento da GWO
(Global Wind Organization).

Página 7 de 19
MANUAL DE GESTÃO
Paralelamente a isso, a J.Lozano, Lda. conseguiu obter a criação de uma comissão
técnica CT193 (trabalhos em altura) junto da entidade nacional de normalização IPQ
e cujos trabalhos se iniciaram em 2015.

Em 2015, a organização iniciou o seu processo de internacionalização no mercado do


médio oriente.

Actualmente, a empresa é também Membro e Centro de Formação acreditado pela


IPAF (Federação Internacional de Plataformas Elevatórias), tendo já realizado inúmeros
cursos e certificado técnicos nacionais.

O Centro Nacional de Formação para Técnicos de Trabalhos em Altura pretende com


a melhoria contínua consolidar o seu posicionamento no mercado nacional e
internacional utilizando as suas instalações (indoor e outdoor), equipamentos próprios
e das marcas exclusivamente representadas, e técnicos qualificados para fornecer
uma formação teórico-prática adequada e simulada aplicável às diversas áreas desta
actividade profissional, tais como telecomunicações, electricidade, indústria,
construção (edificação, reabilitação, demolição), manutenção industrial, limpezas
técnicas e espaços confinados.

O Centro Nacional de Formação Jorge Lozano - Trabalhos em Altura, Formação e


Serviços tem uma área específica de formação que é constituída por:

2 Salas de Formação;

2 Áreas de Formação Prática (uma área INDOOR e outra OUTDOOR com o total de
600 m2) constituídas com diferentes estruturas metálicas para treino de acesso
vertical adaptadas às diversas condições e segmentos de trabalho.

4 Gabinetes de Gestão;

1 Área técnica e oficina;

Recepção/Sala de Apoio Administrativo;

1 Biblioteca;

Página 8 de 19
MANUAL DE GESTÃO
2 Balneários;

Mini-bar de apoio logístico aos cursos

A qualidade dos seus produtos/serviços apresentados, interligado com a satisfação


dos seus clientes e o cumprimento da legislação aplicável é a base da gestão da
Jorge Lozano, Lda.

A filosofia da Jorge Lozano, Lda baseia-se num relacionamento dinâmico entre as


actuais e novas oportunidades de mercado, capacidade técnica, engenho dos
colaboradores, tendo sempre presentes os princípios da integridade, sustentabilidade,
optimização e inovação. Procura igualmente a eficácia e a eficiência numa lógica de
continuidade, transmitindo uma CULTURA DE SEGURANÇA, com vista a obtenção de
resultados sustentáveis e socialmente responsáveis.

Página 9 de 19
MANUAL DE GESTÃO

4. CAMPO DE APLICAÇÃO
4.1 Âmbito do Sistema de Gestão

A Jorge Lozano, Lda tem um Sistema de Gestão no âmbito da: “Comercialização de


equipamentos Anti-Queda individuais e colectivos, formação de técnicos e soluções
técnicas para a realização de Trabalhos em Altura.”

Este sistema encontra-se de acordo com a norma de referência NP EN ISO 9001:2008


para o âmbito que traduz todas as actividades e produtos / serviços produzidos e de
modo a que estes vão de encontro aos requisitos dos Clientes, requisitos legais e
regulamentares aplicáveis.

Não se consideram quaisquer exclusões ao referencial normativo.

Página 10 de 19
MANUAL DE GESTÃO
5. POLÍTICA DA JORGE LOZANO, LDA.

Missão

Prestar um serviço com qualidade e rigor nas áreas comercial, técnica e de formação
profissional, bem como na prestação integral de serviços na área de trabalhos em
altura, cumprindo a legislação aplicável.

Contribuir para o aumento das competências dos recursos humanos das organizações
criando soluções que eliminem ou reduzam os acidentes de trabalho relacionados
com os trabalhos em altura.

Valores

Ética profissional
Respeito pelos compromissos
Valorização dos colaboradores
Capacidade de Resposta
Qualidade no Atendimento e na Prestação de Serviço
Defender a imagem e o nome da Jorge Lozano, Lda

Estratégia

Oferecer aos clientes um serviço de que todos nos orgulhemos.


Criar uma política de crescimento nacional em segurança, na área dos trabalhos em
altura.
Contribuir para a redução da sinistralidade laboral
Dotar os técnicos de competências para o desempenho de trabalhos em altura.
Disponibilizar recursos, meios e apoios adequados.
Desenvolver competências de relacionamento interpessoal.
Motivar e envolver todos os colaboradores para uma melhoria continua.
Contribuir para o desenvolvimento permanente da sua área de especialização
Oferecer Formação de Segurança Básica reconhecida pela GWO, nos módulos de
Trabalhos em Altura e Primeiros Socorros

Queluz, 03 de Novembro de 2014

A Gerência,

Jorge Lozano

Página 11 de 19
MANUAL DE GESTÃO

6. ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO

6.1 – REQUISITOS GERAIS

A Jorge Lozano, Lda estabeleceu uma estrutura organizacional com base no


organigrama em anexo, no sentido de operacionalizar o Sistema de Gestão,
procurando uma melhoria contínua na sua eficácia.

6.2 – ABORDAGEM DE PROCESSOS

O Sistema de Gestão é entendido como um conjunto de processos que interagem


entre si.

A sua gestão é efectuada com o objectivo de melhorar continuamente a eficácia e


eficiência da organização.

Foram identificados:

Três processos de gestão

PG.01 – Processo de Gestão

PG.02 – Processo de Gestão de Recursos

PG.03 – Medição, Análise e Melhoria

Três processos de realização do produto

PO.01 – Processo Comercial

PO.02 – Processo Formação

PO.03 – Processo Técnico

Página 12 de 19
MANUAL DE GESTÃO

6.3 – INTERACÇÃO DE PROCESSOS

Página 13 de 19
MANUAL DE GESTÃO

6.4 DOCUMENTAÇÃO DO SISTEMA

Além dos processos acima referenciados o Sistema de Gestão inclui ainda a seguinte
documentação:

Manuais e Regulamentos

 Manual de Gestão

 Regulamento Interno

Procedimentos

 PG’s: descrevem os Processos de Gestão

 PO’s: descrevem os Processos Operacionais ou de Realização de Produto

 PD’s: são todos os Procedimentos Documentados identificados no sistema

Outros

Todos os documentos necessários para que a organização possa gerir o sistema de um


modo eficaz como por exemplo: legislação aplicável, normas de referência, ajudas
visuais entre outros.

Os processos e procedimentos documentados são descritos na seguinte matriz:

Página 14 de 19
MANUAL DE GESTÃO
Processos Procedimentos e Manuais

MG - Manual de Gestão

PG.01 – Processo de Gestão


Processo de Gestão – PG.01
PD.01 - Controlo de documentos e registos em vigor

PD.02 – Identificação, avaliação e metodologia de avaliação


dos riscos e perigos

RI - Regulamento Interno

PD. 03 – Recursos Humanos


Processo de Gestão de Recursos – PG.02
PD.04 - Compras

PD 05 – Controlo de EMM’s

PG.01 – Processo de Gestão

PG.02 – Gestão de Recursos


Processo de Medição, Análise e Melhoria – PG.03 PD.06 - Auditorias Internas

PD.07 – Controlo do Produto Não Conforme, Não


Conformidades e Melhorias

MG - Manual de Gestão

PG.01 – Processo de Gestão

Processo Comercial – PO.01 PG.02 – Processo de Gestão de Recursos

PG.03 – Processo de Medição, Análise e Melhoria

PO.01 – Processo Comercial

MG - Manual de Gestão

Processo Formação – PO.02 RI - Regulamento Interno

PO.02 – Processo de Formação

MG - Manual de Gestão

RI - Regulamento Interno
Processo Técnico – PO.03
PO.03 – Processo Técnico

Página 15 de 19
MANUAL DE GESTÃO

Matriz de Interligação dos Processos com a Norma NP EN ISO 9001:2008

REFERENCIAIS DOCUMENTAÇÃO DO SGQ


NP EN ISO 9001 MG (1) RI (2) PGs POs PDs
1. CAMPO DE APLICAÇÃO 4.
2. REFERÊNCIA NORMATIVA 4.
3. TERMOS E DEFINIÇÕES
4. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE 6.
4.1 REQUISITOS GERAIS 6.1, 6.2, 6.3

4.2 REQUISITOS DA DOCUMENTAÇÃO 6.4


MANUAL DA QUALIDADE MG
4.2.2

4.2.3 CONTROLO DOS DOCUMENTOS


PD01
CONTROLO DOS REGISTOS
4.2.4
5. RESPONSABILIDADE DA GESTÃO 1.

5.1 COMPROMETIMENTO DA GESTÃO 1.


FOCALIZAÇÃO NO CLIENTE 1.
5.2
5.3 POLÍTICA DA QUALIDADE 5.
5.4 PLANEAMENTO 6.3 PG01
5.4.1 OBJECTIVOS DA QUALIDADE 6.3
5.4.2 PLANEAMENTO DO SISTEMA DE
6.3
GESTÃO DA QUALIDADE

5.5 RESPONSABILIDADE, AUTORIDADE E PG01,


6.3
COMUNICAÇÃO PG02
PD03
5.5.1 RESPONSABILIDADE E AUTORIDADE 6.3
REPRESENTANTE DA GESTÃO 1.
5.5.2
5.5.3 COMUNICAÇÃO INTERNA 6.3 PG01

5.6 REVISÃO PELA GESTÃO 6.3


GESTÃO DE RECURSOS 6.3
6.
6.1 PROVISÃO DE RECURSOS 6.3

6.2 RECURSOS HUMANOS 6.3 RI


PG02 PD03
6.2.2 COMPETÊNCIA, CONSCIENCIALIZAÇÃO E 6.3 RI
FORMAÇÃO

6.3 INFRAESTRUTURA 6.3 PG02

6.4 AMBIENTE DE TRABALHO 6.3 PG02 PD02


REALIZAÇÃO DO PRODUTO 6.3
7.

Página 16 de 19
MANUAL DE GESTÃO
7.1 PLANEAMENTO DA REALIZAÇÃO DO 6.3
PRODUTO
7.2 PROCESSOS RELACIONADOS COM O 6.3 PO01,
CLIENTE PO02 e
7.2.1 DETERMINAÇÃO DOS REQUISITOS 6.3 PO03
RELACIONADOS COM O PRODUTO
7.2.2 REVISÃO DOS REQUISITOS 6.3
RELACIONADOS COM O PRODUTO
7.2.3 COMUNICAÇÃO COM O CLIENTE 6.3
7.3 CONCEPÇÃO E DESENVOLVIMENTO 6.3 PO02 e
PO03

7.4 COMPRAS 6.3


PROCESSO DE COMPRA 6.3
7.4.1 PG02 PD04
7.4.2 INFORMAÇÃO DE COMPRA 6.3
7.4.3 VERIFICAÇÃO DO PRODUTO 6.3
COMPRADO

7.5 PRODUÇÃO E FORNECIMENTO DO 6.3


SERVIÇO

7.5.1 CONTROLO DA PRODUÇÃO E DO 6.3


FORNECIMENTO DO SERVIÇO
PO01,
PO02 e
7.5.2 VALIDAÇÃO DOS PROCESSOS DE 6.3
PO03
PRODUÇÃO E DE FORNECIMENTO DO
SERVIÇO
IDENTIFICAÇÃO E RASTREABILIDADE 6.3
7.5.3

7.5.4 PROPRIEDADE DO CLIENTE 6.3


7.5.5 PRESERVAÇÃO DO PRODUTO 6.3
7.6 CONTROLO DOS EQUIPAMENTOS DE 6.3 PG02 PD05
MONITORIZAÇÃO E MEDIÇÃO
8. MEDIÇÃO, ANÁLISE E MELHORIA 6.3
8.1 GENERALIDADES 6.3
8.2 MONITORIZAÇÃO E MEDIÇÃO 6.3
8.2.1 SATISFAÇÃO DO CLIENTE 6.3 PO01
8.2.2 AUDITORIA INTERNA 6.3 PD06
8.2.3 MONITORIZAÇÃO E MEDIÇÃO DOS 6.3
PROCESSOS PG03
8.2.4 MONITORIZAÇÃO E MEDIÇÃO DO 6.3
PRODUTO
8.3 CONTROLO DO PRODUTO NÃO 6.3
CONFORME
8.4 ANÁLISE DE DADOS 6.3 PD07
8.5 MELHORIA 6.3
8.5.1 MELHORIA CONTÍNUA 6.3
8.5.2 ACÇÕES CORRECTIVAS 6.3
PG03 PD07
8.5.3 ACÇÕES PREVENTIVAS 6.3

Página 17 de 19
MANUAL DE GESTÃO
Legenda:

(1) Manual de Gestão (MG)


(2) Regulamento Interno (RI)

7. CONTROLO DO DOCUMENTO

Data de Páginas
Revisão Registo das Alterações
Aprovação Revistas

Actualização do Sistema e introdução da matriz


1 30/09/2014 Todas de interligação dos requisitos da Norma com a
documentação do sistema.

Actualização do Sistema à nova realidade da


2 06/03/2015 Todas
J.Lozano, Lda.

Página 18 de 19
8. ORGANIGRAMA

Página 19 de 19

Você também pode gostar