Você está na página 1de 4

Capítulo 1

1.23 O volume específico de 5 kg de vapor d’água a 1,5 MPa e 440°C é 0,2160 m /kg. Determine (a) o volume, in m ,
3 3

ocupado pelo vapor, (b) a quantidade presente, em mol, e (c) o número de moléculas.

1.27 Um sistema que consiste em 3 kg de um gás em um conjunto cilindro-pistão sofre um processo durante o qual a
relação entre a pressão e o volume específico é dada por pυ  = constante. O processo inicia com p  = 250 kPa, V  =
0,5
1 1

1,5 m  e termina com p  = 100 kPa. Determine o volume específico final, em m /kg. Represente o processo em um
3
2
3

gráfico de pressão versus o volume específico.

1.38 Conforme ilustrado na Fig. P1.38, um veículo de exploração submarina submerge de uma profundidade de 1000
ft (304,8 m). Considerando que a pressão atmosférica na superfície é de 1 atm, a massa específica da água é de
62,4 lb/ft  (999,5 kg/m ) e g = 32,2 ft/s  (9,8 m/s ), determine a pressão sobre o veículo em atm.
3 3 2 2

1.45 Considerando que a pressão da água na base da torre de água ilustrada na Fig. Pl.45 é de 4,15 bar, determine
a pressão do ar aprisionado acima do nível da água, em bar. Considere a massa específica da água como
10  kg/m  e g = 9,81 m/s .
3 3 2

1.56 Qual é (a) a temperatura mais baixa registrada na Terra, que ocorre naturalmente, (b) a temperatura mais baixa
registrada em um laboratório na Terra? (c) a temperatura mais baixa registrada no sistema solar da Terra, e (d) a
temperatura do espaço profundo, cada uma em K?
Capítulo 2
2.1 Uma bola de beisebol tem uma massa de 0,3 lb (0,14 kg). Qual é a energia cinética em relação à base principal
(home plate) de uma bola a 94 milhas por hora (42,0 m/s), em Btu?

2.27 O gás dióxido de carbono (CO ) armazenado em um sistema pistão-cilindro, é submetido a um processo do
2

estado p  = 5 lbf/in  (34,47 kPa), V  = 2,5 ft  (70,8 L) até o estado p  = 20 lbf/in  (137,9 kPa), V  = 0,5 ft  (14,16 L). A
1
2
1
3
2
2
2
3

relação entre a pressão e volume durante o processo é dada por p = 23,75 – 7,5V, na qual V é dado em ft  e p em 3

lbf/in . Determine o trabalho durante o processo, em Btu.


2

2.33 Um gás contido em um conjunto cilindro-pistão passa por três processos em série:

Processo 1-2:Volume constante de p  = 1 bar, V  = 4 m  até o estado 2, em que p  = 2 bar.


1 1
3
2

Processo 2-3:Compressão até V  = 2 m , durante a qual a relação pressão-volume é pV = constante.


3
3

Processo 3-4:Pressão constante até o estado 4, em que V  = 1 m . 4


3

Esboce os processos em série em um diagrama p-V e determine o trabalho para cada processo, em kJ.

2.77 Um gás em um conjunto cilindro-pistão percorre um ciclo termodinâmico composto por três processos em série,
iniciando no estado 1, em que p  = 1 bar, V  = 1,5 m , como a seguir:
1 1
3

Processo 1-2:Compressão com pV = constante, W  = –104 kJ, U  = 512 kJ, U  = 690 kJ.


12 1 2

Processo 2-3:W  = 0, Q  = 150 kJ.


23 23

Processo 3-1:W  = +50 kJ.


31

Não há variações na energia cinética ou potencial. (a) Determine Q , Q , e U , todos em kJ. (b) Esse ciclo pode ser
12 31 3

de potência? Explique.

2.78 Um gás em um conjunto cilindro-pistão percorre um ciclo termodinâmico composto por três processos:

Processo 1-2:Compressão com pV = constante, de p  = 1 bar, V  = 2 m  até V  = 0,2 m , U  – U  = 100 kJ.
1 1
3
2
3
2 1

Processo 2-3:Volume constante até p  = p . 3 1

Processo 3-1:Pressão constante e processo adiabático.


Não há variações significativas na energia cinética ou potencial. Determine o trabalho resultante do ciclo, em kJ, e a
transferência de calor para o processo 2-3, em kJ. Esse é um ciclo de potência ou de refrigeração? Explique.
Capítulo 3
3.10 Para H O, determine a propriedade especificada no estado indicado. Localize o estado em um esboço do
2

diagrama T–υ.

(a) T = 140°C, υ = 0,5 m /kg. Determine T, em °C.


3

(b) p = 30 MPa, T = 100°C. Determine y, em m /kg. 3

(c) p = 10 MPa, T = 485°C. Determine y, em m /kg.3

(d) T = 80°C, x = 0,75. Determine p em bar e y, em m /kg.3

3.12 Para cada caso, determine a propriedade específica no estado indicado. Localize o estado em um esboço do
diagrama T–υ.

(a) Água a υ = 0,5 m /kg, p = 3 bar. Determine T, em °C.


3

(b) Amônia a p = 11 lbf/in  (75,8 kPa), T = –20°F (–28,9°C). Determine y, em ft /lb.
2 3

(c) Propano a p = 1 MPa, T = 85°C. Determine y, em ft /lb. 3

3.47 Um tanque rígido fechado contém Refrigerante 134a, inicialmente a 100°C. O refrigerante é resfriado até que se
torne vapor saturado a 20°C. Determine as pressões inicial e final para o refrigerante, em bar, e o calor transferido,
em kJ/kg. Despreze os efeitos das energias cinética e potencial.

3.56 Um conjunto cilindro-pistão contendo, inicialmente, água líquida a 50°F (10°C) passa por um processo a uma
pressão constante de 20 lbf/in  (137,9 kPa) até um estado final em que a água é um vapor a 300°F (148,9°C). Os
2

efeitos das energias cinética e potencial são desprezíveis. Determine o trabalho e o calor transferido, em Btu por
libra, para cada uma das três partes do processo global: (a) do estado inicial líquido até o estado de líquido saturado,
(b) do estado de líquido saturado até o estado de vapor saturado e (c) do estado de vapor saturado até o estado final
de vapor, todos a 20 lbf/ in . 2

3.60 Conforme ilustrado na Fig. P3.60, um tanque rígido fechado com 20 ft  (0,57 m ) de volume contém 75 lb (34 kg)
3 3

de Refrigerante 134a e está exposto ao sol. Às 9h da manhã o refrigerante está a uma pressão de 100 lbf/in  (689,5 2

kPa). Às 15h, devido à radiação solar, o refrigerante se encontra como um vapor saturado a uma pressão maior do
que 100 lbf/in . Para o refrigerante, determine (a) a temperatura inicial, em °F, (b) a pressão final, em lbf/in , e (c) a
2 2

transferência de calor, em Btu.


3.79 Uma libra de ar contida em um conjunto cilindro-pistão é submetida ao ciclo de potência ilustrado na Fig. P3.79.
Para cada um dos quatro processos, calcule o trabalho e o calor transferido, ambos em Btu. Determine a eficiência
térmica do ciclo.

Você também pode gostar