Você está na página 1de 8

ATIVIDADE INDIVIDUAL

Matriz de análise

Disciplina: Gestão da Qualidade e Processos Módulo: On-Line

Aluno: Ismael Brando dos Santos Turma: 0721-1_10

Tarefa: Implantação de um plano de ação para uma empresa especializada no fornecimento de insumos.

Introdução
Diante do grande número de empresas existentes no mercado, o consumidor passou a ser mais criterioso em
sua decisão de compra, pois constantemente são expostos a diversas opções de produto ou serviço. E estas
empresas precisam pregar por algo em comum: a qualidade. É ela que pode determinar a tomada de decisão do
consumidor, podendo se tornar um ponto de virada da organização, caso seja bem implantada e seguida à risca.
Assim, se tornam mais competitivas e fidelizam seu cliente.

Entrentanto, estamos entrando numa nova realidade, onde melhorar e se adaptar deve fazer parte da gestão
operacional das empresas, não importando o seu tamanho, para que assim possam sobreviver em um mercado
cada vez mais competitivo e instável. Neste contexto de mudança no qual se encontram as organizações e a
economia mundial, ferramentas que podem auxiliar à rápida adaptação à realidade, demandas dos clientes e novos
negócios são usadas com frequencia dentro das empresas.

Com a inclusão da Super Insumos no programa de desenvolvimento de fornecedores da Mega Aço, a alta
direção decidiu buscar e implementar melhorias no seu modelo de gestão, identificando que existiam diversas
questões que estavam impactando na qualidade de seu produto.
Em face das oportunidades levantadas, este relatório tem como objetivo apresentar um plano de ação com foco
principal a gestão da qualidade e dos processos da empresa, para que se obtenha sucesso no programa na qual foi
inserida.
Desenvolvimento – identificação das ações necessárias para superação das questões apresentadas
pela Super Insumos.
Conforme comenta Lélis (2012), atualmente, muitas empresas falam em gestão da qualidade. Mas, é um
engano pensar que sempre foi assim. Antigamente, décadas atrás, antes do surgimento da Internet e da
globalozação, este tipo de gestão era um desafio e um mistérios para muitas empresas, principalmente as nacionais.

No passado, a gestão da qualidade não era presente nas organizações. Em função da menor quantidade de
emrpesas no mercaso, muitas acabavam ofertando um serviço ou produto de baixa qualidade que gerava um cliente
insastifeito, mas que continuava adquirindo devido à falta de opção. A partir dos anos 90, o Brasil passou a permitir a
entrada de produtos importados abrindo o mercado nacional para a competividade. A partir disto, o mercado passou
a mudar e no final se destacavam as organizações que conseguiam manter um padrão de qualidade e bons indicies
de satisfação com seus clientes (LÉLIS, 2012).

Segundo Lélis (2012), os ingredientes básicos para a qualidade são:


 Redução de custo
 Aumento da produtividade
 Satisfação do Clientes.

Portanto, gestão da qualidade propõe: fazer melhor, com menos custo, e entregar ao cliente produtos
que atendam ou até superem suas expectativas. Desta forma, uma exigência é o compromisso com a ética que
deve valer para todos os colaboradores de uma organização, desde o chão de fábrica até o dono da empresa.

1
Seguindo, conforme Melo (2011), a qualidade visa evitar o desperdício de materiais e de mão de obra,
reduzir o tempo de produção e gerar menos estresse e mais satisfação ao trabalhador.

Por fim, Melo (2011) menciona que a qualidade tem que ser planejada, não sendo um processo simples,
nem rápido e que nem sempre será infalível. Embora não seja a solução de todos os problemas, a qualidade
pode auxiliar a organização a se tornar mais competitiva e oferecer um posicionamento adequado em um
mercado cada vez mais restrito, na qual a sua implantação pode ser compensadora e lucrativa, mas exige
trabalho constante, além da mudança de modelos mentais e uma gestão participativa.

A gestão da qualidade é regulamentada pela norma ISO 9001:2015. Nesse documento encontra-se todas
as diretrizes para uma gestão possa garantir a qualidade do seu negócio (EMANOELE, 2020). Nesta norma, as
empresas são orientadas através de 7 princípios da qualidade necessários para um gerenciamento com eficácia
e eficiência. Para garantir essa característica, o gerenciamento da mesma deve ser feito relacionado 5 atributos.

Princípios da gestão da qualidade Atributos

1- Foco no cliente 1- Moral


2- Liderança 2- Qualidade intrínseca
3- Engajamento das pessoas 3- Entrega
4- Abordagem de processos 4- Custo
5- Melhoria contínua 5- Segurança
6- Tomada de decisão baseada em evidências
7- Gestão de relacionamentos

Algumas ações são recomendadas para a implementação da gestão da qualidade nas organizações.
Através delas, pode-se obter resultados com maior facilidade, agilidade e estruturação, otimizando os recursos
e esforços aplicados. Para isto é necessário, segundo Redação Onclick ([s.d]):

 Mapear os processos: deve-se iniciar com um mapeamento dos processos, buscando entender a relação
entre eles e as possíveis inconformidades, realizando uma análise detalhada.
 Usar metodologias certas: utilizar metodologias já consagradas no mercado pela sua eficiência e
efetividade, podendo usar uma metodologia isoladamente ou um conjunto de várias delas, de acordo com a
necessidade.
 Realizar mudanças controladas: alterar um parâmetro por vez para uma maior segurança e melhor
percepção sobre os impactos de cada ação realizada, promovendo um entendimento maior sobre o andamento
do processo e permitindo um direcionamento alinhado ao que foi planejado.
 Acompanhar e otimizar resultados: fazer um acompanhamento dos resultados ao longo da
implementação, analisando como cada mudança se comporta e entendendo os impactos nos processos
mapeados, e no fim, aplicando o ciclo de melhoria contínua, buscando por novas otimizações.

Com o objetivo de elevar a motivação dos funcionários, sugere-se o uso da ferramenta de benchmaking.

De acordo com a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) (2017), o benchmarking pode ser definido como
um método para comparar o desempenho de um produto ou processo, que esteja sendo realizado de maneira
mais eficiente e eficaz, podendo ser dentro ou fora da organização, objetivando entender as razões do
desempenho superior, adaptá-las à empresa e implementar melhorias.

Dentro dos 5 tipos de benchmaking existentes, recomenda-se para a Super Insumos o benchmark de
processos, podendo comparar resultados e práticas para melhorar ou implantar novos processos na área de
recursos humanos.

2
Um estudo de benchmarking deve ter os seguintes passos: planejar, coletar, analisar, adaptar e
melhorar. Observando, nota-se que estas fases possuem o conceito da ferramenta PDCA, enfatizando ainda
mais o objetivo principal de um estudo de benchmarking: a melhoria (a Fundação Nacional da Qualidade,
2017).

Com base no que foi apresentado, recomendou-se a realização de um benchmarking com a empresa
Magazine Luiza, para poder observar a estratégia que a empresa possui em investir e valorizar seus
colaboradores. Pode-se notar, conforme escreve Freire (2014), que a Magazine foi eleita por dezesseis anos
seguidos entre as melhores empresas para se trabalhar. Neste benchmarking, observou as seguintes
oportunidades de melhorias:

 criação de departamento que difunda as práticas e valores da organização para todo novo colaborador e
cuidar para que todos sejam guardiões desses valores.
 desenvolvimento dos líderes que estejam alinhadas à cultura e objetivos estratégicos da companhia.
 adotar práticas e valores para incentivar a equipe.
 Realizar programas que visam dar qualidade de vida, capacitação técnica e evolução pessoal.
 criação de programas de desenvolvimento humano, benefícios e meritocracia.

Assim, com a implantação dessas alterações, será observado o clima organizacional por meio de pesquisa
para checar se as ações foram satisfatórias ou se necessita de ajustes. Por meio destas ações, busca-se uma
satisfação maior dos colaboradores, valorizando-os e tornando-os parte da organização.

Já para os problemas operacionais encontrados, a identificação das causas se dará pelo uso do diagrama
de Ishkawa, conhecido também por diagrama de espinha de peixe ou de causa e efeito. O diagrama de
Ishikawa é uma das 7 ferramentas da qualidade utilizada para o gerenciamento do controle de qualidade.
Confome cita Silveira (2012), nesta ferramenta, pode-se encontrar as causas que ocasionam os problemas e
sua composição leva em consideração de que as causas dos problemas podem ser classificadas em 6 tipos
diferentes de causas principais que afetam os processos (método, máquina, medida, meio ambiente, mão de
obra e material).

Abaixo apresentamos o diagrama para cada problema apontado pela Super Insumos:
4
Os diagramas apresentados acima tiveram como objetivo identificar as causas raízes dos problemas
operacionais da Super Insumos para que assim, possa ser definida soluções.

Para solucionar o problema de extravio de mercadorias, foi montado um plano de ação para o setor de
logística baseado na ferrameta 5W2H. Esta ferramenta tem como propósito a definição de tarefas eficazes e seu
acompanhamento, de maneira visual, ágil e simples. Conforme descreve Sestrem (2021), a ferramenta é
formada por sete perguntas essenciais que devem ser respondidas. Com as respectivas respostas é possível
formular um plano para que a execução e a gestão do projeto ocorram de forma mais clara e eficiente.
As sete perguntas, em inglês, são:

 What? (O que será feito?)


 Why? (Por que será feito?)
 Where? (Onde será feito?)
 When? (Quando será feito?)
 Who (Por quem será feito?)
 How? (Como será feito?)
 How much? (Quanto vai custar?)

Na tabela abaixo, é apresentada as ações criadas usando esta ferramenta.

Ação Responsável Prazo Onde Por quê Como Quanto


custa
Realizar Carlos Vargas 01/01/22 Mercado Empresa refêrencia Entrar em R$ 8.000,00
Benchmarking Ramal: 7070 a Livre em logística na contato por (por pessoa)
com empresa Logística 01/05/22 região telefone e e-mail
Mercado Livre carlosvargas@superinsumos.com.br para
agendamento de
visita

Revisar Juliana Santos 01/02/22 Super Atualmente Revisar de forma R$ 0,00


contratos com Ramal: 7098 a Insumos mercadorias não geral os
transportadoras Departamento jurídico 01/03/22 possuem seguro contratos
e incluir seguro julianasantos@superinsumos.com.br contra furtos e
de mercadoria roubos

Adquirir João Marques 01/02/22 Super Atualmente Pesquisar ERP R$ 18.000,00


programa para Ramal: 7065 a Insumos mercadorias existentes no
monitoramento Tecnologia da informação 01/04/22 controladas por mercado
de mercadoria joaomarques@superinsumos.com.br planilhas
Inserir João Marques 01/02/22 Super Ausência de Implemetar R$ 5.000,00
informações nas Ramal: 7065 a Insumos informações na comunicação de
etiquetas para Tecnologia da informação 01/04/22 etiqueta atual etiquedora com
rastreamento de joaomarques@superinsumos.com.br computador com
produto ERP

Criar área para Carlos Vargas 01/01/22 Super Local atual com Criar área para R$ 50.000,00
conferência de Ramal: 7070 a Insumos pouco espaço para conferência
material Logística 01/07/22 realização da
carlosvargas@superinsumos.com.br conferência
Criar indicadores Carlos Vargas 01/01/22 Super Atualmente, não se Realizar R$ 0,00
de qualificação Ramal: 7070 a Insumos sabe quais são as auditorias nas
de Logística 01/05/22 melhores transportadoras,
transportadoras carlosvargas@superinsumos.com.br transportadoras que controlando a
prestam serviço à qualidade do
empresa serviço.

Realizar Rita Vasques 01/01/22 Super Equipe sem Realizar R$ 0,00


teinamento Ramal: 7055 a Insumos treinamento treinamentos
operacional com Recursos humanos 01/03/22 qualificado focados nas
equipe da ritavasques@superinsumos.com.br descrições de
logística cargos com
atenção especial
às
responsabilidades

Por fim, recomenda-se a utilização da ferramenta Seis Sigma para a solução dos seguintes problemas:

6
insumos fora da especificação, falta de conformidade na coleta de lixo industrial e devoluções de lotes por falta
de conformidade na fabricação de chapas metálicas. Segundo Marques (2018), o seis sigma é um conjunto de
práticas que foram desenvolvidas para maximar o desempenho de processos em uma empresa ou organização,
eliminando os defeitos e não conformidades. Por tanto, trata-se de uma ferramenta que busca o defeito zero.
Ainda segundo o autor, a ferramenta funciona por meio de definição de metas e aplicação de projetos.
Entretanto, seu sucesso vai depender da mobilização e participação de todos os envolvidos. Ela é divididad em
cinco etapas, onde cada possui função bem específica:

 Definição: tem o objetivo de selecionar o projeto a ser desenvolvido e definir seu líder. Aqui, também é
feito o levantamento das necessidades e expectativas do cliente.
 Medição: realizar o mapeamento do processo, determinando suas necessidades.
 Análise: determina as principais fontes de variação do processo, mediante uso de técnicas e estatísticas
para analisar os dados do processo.
 Melhoria: reduz as principais fontes de variação e, como resultado, obtém uma menor variação e maior
produtividade e capacidade.
 Controle: monitora o desempenho do processo e assegura que os ganhos de qualidade produtividade se
perpetuem ao longo do tempo.

Considerações finais
Esta consultoria baseou-se em algumas das ferramentes da qualidade para propor um plano de ação que
buscasse superar as questões apontadas na última reunião realizada entre diretores e gerentes da empresa Super
Insumos. Foram apresentadas neste relatório as ferramentas de benchmarking, diagrama de Ishkawa, 5W2H e seis
sigma. E foi através do uso destas ferramentas, busca-se manter a empresa competitiva e acertiva no relaciomento
com seus clientes, nem que para isto, algumas mudanças precisem acontecer.
Nesse sentido, a gestão da qualidade possui papel de exterma importância para que todas as atividades
propostas possam acarretar a satisfação do cliente em questões, podendo até superar suas expectativas. E num
mundo competitivo que vivemos atualmente, é necessário que as organizações estejam em constante mudança e
aperfeiçoamento para que se mantenham no mercado.
Novas demandas de clientes e do mercado podem surgir a qualquer momento na Super Insumos. As
ferramentas de qualidade contribuem para que se possa se antecipar às tendências e ajuda na transformação de
uma emrpesa. A qualidade total é um processo contínuo e cíclico que mantém as pessoas envolvidas e focadas nos
resultados.

Referências bibliográficas
Redação Onclick. Entenda o que é gestão de qualidade e quais os seus pilares. Onclick. Marília, [s.d.].
Disponível em: https://onclick.com.br/artigos/entenda-o-que-e-gestao-de-qualidade-e-quais-os-seus-
pilares/. Acesso em 31 de julho de 2021.

EMANOELE, Alícia. Descubra o que é qualidade e qual a sua finalidade nas empresas. Grupo Voito. Belo
Horizonte, 2020. Disponível em: https://www.voitto.com.br/blog/artigo/o-que-e-qualidade. Acesso em 31
de julho de 2021.

LÉLIS, Eliacy Cavalcanti. Gestão da Qualidade. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012. Disponível em:
https://bityli.com/YBrhp. Acesso em 01 de agosto de 2021.

COUTINHO, Thiago. Entenda o que é gestão da qualidade e como seus 7 princípios podem levar sua
empresa ao sucesso! Grupo Voito. Belo Horizonte, 2021. Disponível em:
https://www.voitto.com.br/blog/artigo/gestao-da-qualidade. Acesso em 01 de agosto de 2021.

Fundação Nacional de Qualidade. #14 Benchmarking. São Paulo, 2017. Disponível em:
https://prod.fnq.org.br/comunidade/wp-
content/uploads/2018/12/n_14_benchmarking_fnq.pdf Acesso em 02 de agosto de 2021.

FREIRE, Hugo. Magazine Luiza: exemplo de alta performance na Gestão de Pessoas. Etalent. Brasil,
2014. Disponível em: https://etalent.com.br/artigos/treinamento-e-desenvolvimento/magazine-
luiza-exemplo-de-alta-performance-na-gestao-de-pessoas. Acesso em 03 de agosto de 2021.
SILVEIRA, Cristiano Bertulucci. Diagrama de Ishikawa, Causa e Efeito ou Espinha de Peixe. CitiSystems.
Sorocaba, 2012. Disponível em: https://www.citisystems.com.br/diagrama-de-ishikawa/. Acesso em 03
de agosto de 2021.

SESTREM, Thatiana. 5W2H: entenda os fundamentos e saiba como aplicar. Blog Qualyteam. Santa Catarina,
2021. Disponível em: https://qualyteam.com/pb/blog/5w2h/. Acesso em 03 de agosto de 2021.

MARQUES, José Roberto. Entenda o conceito dos seis sigma e sua metodologia. Instituto Brasileiro de
Coaching. Goiânia, 2018. Disponível em: https://www.ibccoaching.com.br/portal/entenda-o-conceito-
dos-seis-sigma-e-sua-metodologia/. Acesso em 04 de agosto de 2021.

Você também pode gostar