Você está na página 1de 3

Microscopia de Varredura de Tunelamento

O desenvolvimento da família de microscópios de sonda de varredura começou


com a invenção original do microscópio de tunelamento de varredura ( Scanning
Tunneling Microscope - STM) em 1981. Gerd Binnig e Heinrich Rohrer
desenvolveram o primeiro STM funcional enquanto trabalhavam no laboratório de
pesquisa da IBM em Zurique, Suíça. Com essa grande criação, Binnig e Rohrer
ganharam o prêmio Nobel de Física em 1986.
O microscópio de tunelamento de varredura (STM) funciona escaneando uma
ponta de fio de metal muito afiada sobre uma superfície. Trazendo a ponta muito
perto da superfície e aplicando uma voltagem elétrica à ponta ou amostra,
podemos imaginar a superfície em uma escala extremamente pequena - para
resolver átomos individuais.
O STM é baseado em vários princípios. Um é o efeito da mecânica quântica do
tunelamento. É esse efeito que nos permite “ver” a superfície. Outro princípio é o
efeito piezoelétrico1. É esse efeito que nos permite escanear com precisão a ponta
com controle de nível de angstrom. Por último, é necessário um loop de feedback 2,
que monitora a corrente de tunelamento e coordena a corrente e o posicionamento
da ponta.
O tunelamento é um efeito da mecânica quântica. Uma corrente de tunelamento
ocorre quando os elétrons passam por uma barreira pela qual classicamente não
deveriam ser capazes de passar. Em termos clássicos, se você não tem energia
suficiente para passar “por cima” de uma barreira, não o fará. No entanto, no
mundo da mecânica quântica, os elétrons têm propriedades ondulatórias. Essas
ondas não terminam abruptamente em uma parede ou barreira, mas diminuem
rapidamente. Se a barreira for fina o suficiente, a função de probabilidade pode se
estender para a próxima região, através da barreira! Devido à pequena
probabilidade de um elétron estar do outro lado da barreira, com elétrons
suficientes, alguns realmente se moverão e aparecerão do outro lado. Quando um
elétron se move através da barreira dessa maneira, isso é chamado de
tunelamento.

A mecânica quântica nos diz que os elétrons tem propriedades de onda e de


partícula. O tunelamento é um efeito da natureza ondulatória.
1- Efeito Piezoelétrico
O efeito piezoelétrico foi descoberto por Pierre Curie em 1880. O efeito é criado
comprimindo os lados de certos cristais, como quartzo ou titanato de bário. O
resultado é a criação de cargas opostas nas laterais. O efeito também pode ser
revertido; aplicando uma voltagem em um cristal piezoelétrico, ele se alongará ou
se comprimirá.
2- Loop de feedback

Aparelhos eletrônicos altamente sensíveis são necessários para medir a corrente,


escanear a ponta e traduzir essas informações em um formato que possamos
gerar as imagens do STM. Um loop de feedback monitora constantemente a
corrente de tunelamento e faz ajustes na ponta para manter uma corrente de
tunelamento constante. Esses ajustes são registrados pelo computador e
apresentados como uma imagem no software STM.

Você também pode gostar