Você está na página 1de 40

MEDICINA DO TRABALHO

CLAUDIA GONÇALVES
LER\ DORT
▪ As afecções músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho,
▪ Brasil tornaram-se conhecidas como Lesões por Esforços
Repetitivos (LER),
▪ Representam o principal grupo de agravos à saúde, entre as
doenças ocupacionais em nosso país.
▪ Apresentando-se sob diferentes formas clínicas,
LER\ DORT
Segundo a Organização Mundial de saúde as doenças
relacionados ao trabalho dividem-se em duas categorias:

➢ doença profissional
➢doença do trabalho ou relacionada ao trabalho.
LER \ DORT
DOENÇA PROFISSIONAL DOENÇA DO TRABALHO
➢ doenças “inerentes” às atividades ➢São enquadradas as afecções nas quais
laborais não se identifica apenas um agente causal,
➢pois, “necessariamente” haveria ➢mas vários, entre os quais os laborais.
exposição a esses agentes.
➢o nexo causal entre atividades e
patologias seria automático
DOENÇA PROFISSIONAL
DOENÇA DO TRABALHO

Vários fatores laborais


contribuem para a sua
ocorrência. Fatores de trabalho
contribui total ou parcial para
seu aparecimento Ex.: LER
LER \ DORT
➢Pouco conhecida no Brasil até os anos 70, as LER - são doenças do
trabalho provocadas pelo uso inadequado e excessivo do sistema que
agrupa ossos, nervos, músculos e tendões.
➢Alguns especialistas e entidades preferem atualmente denominar
essas doenças por DORT - Doenças Osteomusculares Relacionadas ao
Trabalho.
➢Atingem principalmente os membros superiores (mãos, punhos,
braços, antebraços, ombros e coluna cervical), mas apesar disso,
podem afetar o homem como um todo.
LER \ DORT
➢As LER podem atingir qualquer ramo de atividade, desde que as funções e
postos de trabalho exponham os trabalhadores a esforços repetitivos.
➢ Entre os tipos de LER, estão:
❖ tendinite
❖ bursite
❖ tenossinovite,
❖dedo em gatilho
❖ síndrome do túnel do carpo
❖ lombalgia e outros
FATORES DE RISCO PARA LER \ DORT
➢ trabalho repetitivo
➢a manutenção de um ritmo acelerado no trabalho,
➢ausência de pausas durante o horário de trabalho,
➢trabalho rigidamente hierarquizado sob pressão da chefia,
➢ jornadas de trabalho prolongadas,
➢ sobrecarga de trabalho
➢e mobiliário inadequado que obriga o trabalhador a manter a postura
incorreta.
➢Vibrações e trabalhos estáticos
DIAGNÓSTICO DE
L.E.R./D.O.R.T.

• Quem faz o diagnóstico?


• O médico assistente;
• O médico perito da Previdência Social (INSS);
• O médico perito da justiça;
• O médico de empresa.
PREVENÇÃO LER \ DORT
➢depende do respeito com os limites do trabalhador.
➢ Entre outras coisas é preciso que se controle o ritmo de trabalho,
➢aumento do número de pausas durante o jornada de trabalho,
para que os músculos e tendões descansem e se mantenha o
ambiente em condições agradáveis e adequados para o conforto
do trabalhador.
TRATAMENTO LER \ DORT
➢Se forem diagnosticadas logo no início, as LER podem ser controladas com
tratamento adequado
➢O tratamento mais eficaz, importante e obrigatório é o afastamento do
trabalho.
➢Além desse, também é comum utilizar de medidas como:
❖ a imobilização do membro afetado,
❖fisioterapia
❖ anti-inflamatórios,
❖ cirurgia em casos especiais e apoio psicológico
EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO
Sobre as doenças ocupacionais e os Dort (Distúrbios osteomusculares relacionados com o
trabalho), assinale a alternativa correta.

A)Os Dort são enfermidades relacionadas aos tendões, nervos, músculos, articulações, bursas
e sintomas não específicos.
B)Os Dort limitam-se a um tipo de inflamação osteomuscular causadora de fortes dores
musculares.
C)Doença ocupacional é oriunda de pressões no trabalho e limita-se a ser desencadeada
pela falta de pausas e intervalos.
D)Doença oriunda de qualquer atividade, inclusive lazer e é diagnosticada quando há um
agravo à saúde.
E)Os Dort são consideradas doenças ocupacionais que se limitam a causar um agravo no
sistema dos nervos do indivídu
AS DOENÇAS OCUPACIONAIS SUBDIVIDEM-SE EM DOENÇAS PROFISSIONAIS E
DOENÇAS DO TRABALHO. SOBRE AS DOENÇAS PROFISSIONAIS É CORRETO AFIRMAR :
A)Decorre das condições de agressividade existentes no local de trabalho, que
agiram para acelerar, eclodir ou agravar a saúde do trabalhador.
B)Ocasiona quebra de resistência do organismo do trabalhador e aparecimento de
uma doença que não tem no trabalho sua causa única e exclusiva.
C)É aquela peculiar a determinada atividade ou profissão, também chamada de
doença profissional típica, possui um agente causador específico.
D)Adquirida ou desencadeada em função de condições especiais em que o trabalho
é realizado, vários agentes causadores.
NO AMBIENTE DE TRABALHO, É COMUM SE DEPARAR COM A SIGLA DORT, QUE ESTÁ
RELACIONADA COM O IMPACTO DA ROTINA LABORAL NA VIDA DO TRABALHADOR.
ASSINALE A ALTERNATIVA QUE INDICA CORRETAMENTE O SIGNIFICADO DA REFERIDA
SIGLA .
A)Doação de Órgãos Relacionados ao Trabalhador
B)Doenças Oculares, Reumatológicas e Transpiratórias
C)Doenças Ocupacionais pela Reincidência do Trabalho
D) Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho
AS DOENÇAS RESULTANTES DAS CONDIÇÕES ESPECIAIS DE UM AMBIENTE
PROFISSIONAL, ONDE NÃO SE IDENTIFICA APENAS UM AGENTE CAUSAL, MAS
VÁRIOS, ENTRE OS QUAIS OS LABORAIS, DENOMINAM-SE DE DOENÇA

A)profissional.
B)ocupacional.
C)do trabalho.
D)degenerativa.
E) infecciosa.
TENOSSINOVITE\ DEDO EM
GATILHO
TENOSSINOVITE\ DEDO EM GATILHO

envolve os tendões flexores dos dedos das mãos,


que passam por túneis dentro dos dedos.
Se houver a formação de um nódulo sobre o
tendão ou ocorrer um inchaço na bainha que o
cobre,
ele então se tornará mais largo, ficando
comprimido nos túneis por onde ele passa.
Conforme a pessoa mexe os dedos, ela irá sentir
um estalo ou escutar um barulho na articulação
DEDO EM GATILHO\ TENOSINOVITE
➢À medida que a doença progride, o travamento do dedo na posição de
flexão piora,
➢dor intensa durante o movimento e pode haver limitação da extensão total
do dedo acometido.
➢Os dedos mais frequentemente acometidos são os: polegares, dedos
médio e anular.
➢Pode haver o comprometimento de mais de um dedo e ambas as mãos
➢ Variar de acordo com a intensidade, gravidade
e das alterações anatômicas TRATAMENTO
➢ casos leves, com sintomas intermitentes
(pré-gatilho):
• repouso
• uso de órtese extensora no período noturno
• exercícios leves e suaves para manter a
mobilidade e cura edema
• aquecimento: com bolsas térmicas ou calor local
com água morna,
•massagem: pode aliviar a dor e reduzir o edema
(drenagem).
TRATAMENTO
➢ casos mais graves, com o travamento constante e limitação da movimentação dos dedos
acometidos
• anti-inflamatórios : podem promover alívio dos sintomas, combater o quadro
inflamatório, edema, dor e melhorar o deslizamento dos tendões
Esteroides: infiltração- Betametasona promovem alívio intenso dos sintomas de dor e
inflamação;
cirúrgico
PREVENÇÃO

Evitar o uso repetitivo das articulações,


mudança de função
Intervalos de repouso durante as atividades repetitivas
instrumentos e ferramenta alternativas:
➢ grampeador elétrico ou que ele seja acolchoado para evitar que a palma das mãos se force.
➢ luvas com gel para que amorteçam a batida contra a palma das mãos.

Você também pode gostar