Você está na página 1de 6

Seu Direito Inerente à Riqueza

A finalidade da natureza é a prosperidade e o desabrochar da vida, e todos


devem ter tudo que pode contribuir para o poder, a elegância, a beleza, e a
riqueza da vida. Ficar satisfeito com pouco é pecaminoso. A pessoa que
possui tudo que quer para ter a vida que é capaz de viver é rica, e ninguém
que não possa ter abundância de dinheiro pode ter tudo o que quer.
A vida progrediu e avançou tanto, e tornou-se tão complexa, que mesmo o
homem ou a mulher mais simples requerem uma grande quantidade de
riqueza, a fim de viver num modo que, ao menos, os aproxime da
plenitude.
Toda pessoa quer, naturalmente, ser tudo que é capaz de se tornar. Este
desejo realiza possibilidades inatas, é inerente à natureza humana; nós
não podemos evitar querer ser tudo que nós podemos ser.
O sucesso na vida está em ser o que você quer ser. Você pode transformar-
se no que você quer somente empregando coisas, o que você pode ter
livremente quando você se torna rico bastante para comprá-las.
Compreender a ciência para ficar rico é conseqüentemente o mais
essencial de todos os conhecimentos.
Não há nada de errado em querer ficar rico. O desejo de riqueza é na
verdade o desejo por uma vida mais produtiva, mais próspera, e mais
abundante. E esse desejo é louvável. A pessoa que não deseja viver com
mais abundância é anormal, assim como a pessoa que não deseja ter o
dinheiro bastante para comprar tudo que quer também o é. Existem três
motivos para os quais nós vivemos: nós vivemos para o corpo, vivemos
para a mente e vivemos para a alma. Nenhum deles é melhor ou mais
sagrado do que o outro; todos são igualmente desejáveis, e nenhum dos
três, corpo, mente ou alma, pode viver inteiramente se qualquer uma das
outras partes for suprimida da vida e da plena expressão.
Não é certo ou nobre viver somente para a alma e negar a mente ou o
corpo, e é errado também viver para o intelecto e negar o corpo ou a alma.
Nós todos estamos familiarizados com as indesejáveis conseqüências de
viver para o corpo e negar a mente e a alma; e nós vemos que viver
realmente significa a plena expressão de tudo que uma pessoa pode levar
adiante através do corpo, da mente e da alma. Seja o que for que
possamos dizer, ninguém pode ser realmente feliz ou satisfazer-se a
menos que seu corpo esteja vivendo plenamente em cada uma de suas
funções, e o mesmo vale para sua mente e sua alma. Onde quer que exista
uma possibilidade suprimida ou uma ação não executada, existe um desejo
insatisfeito.
O desejo é a capacidade à procura de expressão, e ação à procura de
desempenho. Uma pessoa não pode viver plenamente no corpo sem um
bom alimento, roupa confortável, e abrigo aconchegante, e sem a liberdade
conseqüente da labuta excessiva. O descanso e o lazer são também
necessários à sua vida física. Ninguém pode viver a plenitude mental sem
os livros e a hora
de estudá-los, sem oportunidade para as viagens e as observações, ou sem
companheirismo intelectual.
Para viver a plenitude mental uma pessoa deve ter lazer intelectual e deve
cercar-se com todos os objetos da arte e da beleza que é capaz de usar e
de apreciar. Para viver plenamente na alma, uma pessoa deve ter o amor,
e a expressão plena do amor é negada pela pobreza.
A maior felicidade de uma pessoa é encontrada na concessão de benefícios
àqueles que ama; o amor encontra sua expressão mais natural e mais
espontânea no gesto da doação. O indivíduo que não tem nada para doar
não pode assumir seu lugar como um esposo, um pai, um cidadão ou como
ser humano. É no uso das coisas materiais que uma pessoa encontra uma
vida
plena para seu corpo e desenvolvimento para sua mente e alma.
É perfeitamente normal que você deseje ser rico. Ter vida plena para seu
corpo, desenvolver sua mente e sua alma. Conseqüentemente é de
importância suprema para um indivíduo ser rico.
É perfeitamente certo que você deseje ser rico. Se você for um homem ou
uma mulher normal você não pode evitar. É perfeitamente certo que você
queira dar a maior e melhor atenção à ciência para ficar rico, porque é o
mais nobre e o mais necessário de todos os estudos. Se você negligenciar
este
estudo, você está negligenciando o seu dever para consigo mesmo, Deus e
a humanidade, porque você não pode legar à humanidade ou a Deus,
serviço maior do que dar tudo de si mesmo.

Trecho do livro "Ciência Para Ficar Rico", de Wallace D. Wattles

Mude sua maneira de pensar e mude sua vida


Muitas vezes, a única coisa que existe entre um homem e o que ele quer da vida é a
vontade de tentar e a certeza de que é possível. — RICHARD M. DEVOS

Talvez a mais importante de todas as leis mentais seja a Lei da Crença. Segundo esta lei,
tudo aquilo em que se acredita com convicção torna-se real. Você não acredita no que
vê; você vê aquilo em que acredita. Na realidade, enxerga seu mundo através de uma
lente de crenças, atitudes, preconceitos e idéias preconcebidas. Você não é o que pensa
que é; mas aquilo que pensa, você efetivamente é.
Provérbios 23:7 diz que assim como um homem "pensa no coração, ele é". Isto significa
que você sempre age exteriormente com base em suas mais arraigadas crenças e
convicções a respeito de si mesmo.
Em Mateus 9:29, Jesus diz: "Segundo a tua fé, (será feito) em ti." Trata-se de uma outra
maneira de dizer que aquilo em que você acredita com mais intensidade gera sua
realidade. São essas crenças que determinam o que lhe acontece.
Em 1905, o Dr. William James, de Harvard, disse: "A crença cria o fato." E acrescentou:
"A maior revolução de minha geração é a descoberta de que os indivíduos, ao mudarem
sua atitude mental, podem mudar os aspectos externos de suas vidas."
Todas as melhorias em sua vida derivam de mudanças em suas crenças sobre si mesmo
e suas possibilidades. O crescimento pessoal decorre da mudança de suas crenças a
respeito do que pode fazer e do que é possível para você. Gostaria de duplicar sua
renda? Claro que sim! Mais eis a pergunta: Você acredita que isto é possível? Gostaria
de triplicar sua renda? Acredita que isto também é possível?
Qualquer que seja seu grau de ceticismo, gostaria de lhe fazer uma pergunta. Desde que
começou em seu primeiro trabalho, você já não duplicou ou triplicou sua renda? Já não
ganha, hoje, muito mais do que ganhava quando começou? Já não foi capaz de provar a
si mesmo que é possível duplicar e triplicar sua renda? E o que já fez pode voltar a fazer
— provavelmente muitas e muitas vezes —, se aprender como. Basta acreditar que é
possível.
Escreveu Napoleon Hill: "A mente humana é capaz de realizar tudo que puder conceber e
tudo em que puder acreditar."

Talvez, o maior avanço no campo do potencial humano no século XX tenha sido a


descoberta do autoconceito. Tudo que você faz ou realiza na vida, cada pensamento,
sentimento ou ato, é controlado e determinado por seu autoconceito. Seu autoconceito
antecede e prevê seus níveis de desempenho e eficácia em tudo que você faz. Seu
autoconceito é o programa central de seu computador mental. É o sistema operacional
básico. Tudo que você realiza no mundo exterior decorre de seu autoconceito.
O que os psicólogos descobriram é que o seu autoconceito é constituído da soma de
suas crenças, atitudes, sentimentos e opiniões sobre si mesmo e seu mundo. Por isso,
você sempre funciona de acordo com seu autoconceito, seja ele positivo ou negativo.
Jogue fora o lixo acumulado
Eis uma descoberta interessante sobre o autoconceito. Mesmo que seu autoconceito
seja formado por crenças errôneas sobre si mesmo e seu mundo, para você elas são
reais, e portanto você pensará, sentirá e agirá de acordo com elas.
Acontece que suas crenças sobre si mesmo são, em grande parte, subjetivas.
Freqüentemente, não têm fundamento em fatos. Resultam de informações que você
absorveu ao longo da vida e da maneira como as processou. Suas crenças foram
moldadas e formadas por sua infância, seus amigos e colaboradores, suas leituras e sua
educação, suas experiências — tanto as positivas quanto as negativas — e mil outros
fatores.
As piores crenças são as crenças autolimitadoras. Se você acredita que tem algum tipo
de limitação, seja verdade ou não, isto se torna uma verdade para você. Se você acredita
nisto, passará a agir como se fosse deficiente nesta área específica do talento ou da
aptidão. Superar as crenças autolimitadoras e as limitações auto-impostas
freqüentemente é o maior obstáculo entre você e a realização de todo o seu potencial.

Texto extraído do livro Metas, de Brian Tracy

Creia no sucesso e terá êxito

O sucesso significa muitas coisas maravilhosas, muitas coisas positivas. Sucesso


significa prosperidade pessoal; uma bela
casa, férias, viagens, novidades, segurança financeira, significa dar aos filhos o máximo
de vantagens. O sucesso representa conquistar a admiração, a liderança, ser olhado
com respeito por todos, no escritório e na sociedade. Sucesso significa liberdade:
libertar-se dos aborrecimentos, dos temores, das frustrações, e do fracasso. O sucesso
significa respeitar-se a si próprio, encontrando mais felicidade e satisfação na vida, e ser
capaz de fazer mais pelos que dependem de você.
Sucesso significa vencer. Obter o sucesso, realizar-se, é o objetivo da vida!
Todo ser humano deseja sucesso. Todo mundo deseja o melhor que a vida tem para dar.
Ninguém tem inveja dos que vivem rastejando na mediocridade. Ninguém gosta de se
sentir inferior ou de ser forçado a sê-lo.
Na passagem bíblica que diz que a fé pode mover montanhas, encontramos um dos
meios mais práticos e sábios para alcançar o sucesso. Acredite, acredite realmente, que
você é capaz de mover uma montanha e você o conseguirá. Não há muitas pessoas que
se acreditem capazes de mover montanhas. Por isso não há muita gente que o consiga
fazer.
É possível que você já tenha ouvido alguém dizer algo parecido com "É absurdo
imaginar que você possa mover uma montanha apenas pelo fato de dizer: `Montanha,
move-te." É simplesmente impossível."
As pessoas que dizem isso fazem confusão entre acreditar e pensar com sabedoria. É
lógico que você não pode mover uma montanha com o simples fato de "desejar" ou ter
vontade de fazê-lo. Tampouco pode ocupar um cargo de chefia simplesmente porque
deseja. Ou conseguir uma casa de cinco quartos e três banheiros. Ou aumentar seus
rendimentos. Você não pode alcançar uma posição de liderança só porque deseja.
Mas você pode mover uma montanha se se acreditar capaz de movê-la. Você pode
alcançar o sucesso acreditando-se capaz de ser bem-sucedido.
Nada há de mágico ou místico no poder da crença. A crença age da seguinte maneira.
Acredite que a atitude de "Eu sou positivo - Eu sou capaz" gera o poder, a habilidade e a
energia necessários para realizar qualquer coisa. Quando você crê que pode realizar
algo, surge o modo de como realizá-lo.
Diariamente, em todo o país, há jovens que começam a trabalharem novos empregos.
Cada um deles "deseja", um dia, alcançar o sucesso que acompanha a ascensão aos
postos mais altos. Acontece, porém, que a maioria desses jovens não se acredita capaz
de chegar ao alto. E não chegam. Acreditando que é impossível subir, eles não
encontram os degraus que os levarão até lá em cima. Procedem conforme a "média" das
pessoas.
Um pequeno número, contudo, acredita realmente que obterá o sucesso e se lança ao
trabalho com a atitude de "eu vou subir".
E, apoiados nesta crença, alcançam o cimo. Acreditando que será bem-sucedida, e nada
há de impossível nisso, essa gente estuda e observa o comportamento dos chefes mais
antigos. Aprendem como as pessoas bem-sucedidas atacam os problemas e tomam
decisões.
A pessoa que se acredita capaz de realizar sempre acha como realizar.
Há dois anos, um jovem conhecido meu resolveu montar uma agência para vender
"trailers". Muita gente lhe disse que ele não devia, que não seria capaz de montá-la.
Suas economias não chegavam a 3 mil dólares, e advertiram-no de que o capital
necessário para um tal negócio era de muitas vezes aquela quantia.
- Já pensou na concorrência? - perguntaram-lhe os seus conselheiros - E, além disso,
que experiência tem você na venda de "trailers", de dirigir sozinho um negócio?
Esse jovem, porém, acreditava nele próprio e na sua capacidade de alcançar o sucesso.
Prontamente admitiu que lhe faltava capital, que a concorrência era grande, e que não
tinha experiência.
- Mas - ponderou ele - tudo indica que a indústria de "trailers" tende a expandir-se. Além
disso, estudei meus concorrentes e cheguei à conclusão de que ninguém nesta cidade
será capaz de vender "trailers" melhor do que eu. Sei que vou cometer alguns erros, mas
vou vencer depressa.
E assim aconteceu. Não foi difícil arranjar o dinheiro. Sua crença absoluta no sucesso do
empreendimento granjeou-lhe a confiança de dois investidores. E, armado com esta
crença, realizou o "impossível" - conseguiu que um fabricante de "trailers" lhe
adiantasse uma remessa sem pagamento. No ano passado, vendeu casas rebocáveis no
valor de 1 milhão de dólares.
- No ano que vem - diz ele - espero ultrapassar os 2 milhões.
Quem crê, quem crê com firmeza, faz com que a mente trabalhe imaginando meios e
modos de fazer. E se você acreditar que será bem-sucedido, os outros confiarão em
você.

Texto extraído do livro: A Mágica de Pensar Grande.