Você está na página 1de 7

“NÃO É O MAIS FORTE DA ESPÉCIE QUE

SOBREVIVE, NEM O MAIS INTELIGENTE QUE


SOBREVIVE. É O MAIS ADAPTÁVEL À
MUDANÇA.” —Charles Darwin.

Em questão de semanas, tudo mudou. A incerteza é a


única coisa certa. A maioria das empresas foi impactada
negativamente. Empresas, CEOs, executivos,
empreendedores, funcionários e proprietários de negócios
estão enfrentando um momento de grande incerteza e o
que está por vir não está claro.
Os micros e pequenos empresários foram os que mais
sofreram.
Os empreendedores sabem que alguns dos melhores
negócios surgem dos piores momentos - porque às vezes,
em nossos momentos mais sombrios, novas ideias e
inovações fornecem uma luz, que nos ilumina como um
farol que orienta os navios.
Tudo o que precisamos é do brilho de uma grande ideia!
Que novas empresas, produtos, movimentos nascerão de
nossa nova realidade?
Como empresário, Coach e Consultor que atua há mais de
18 anos no ramo de treinamento e desenvolvimento,
conheço os problemas que as empresas enfrentam hoje. O
impacto econômico que estamos experimentando agora é
sem precedentes, mas ainda há oportunidades para sairmos
mais fortes do que nunca.
Eu pessoalmente tive que mudar diversas vezes e, embora
possa ser assustador, também pode ser um momento de
crescimento. Agora é a hora de experimentar, criar e
inovar. Claro, é mais fácil falar do que fazer. É difícil
impulsionar seus negócios em tempos de grandes
mudanças. Antes de pivotar, eu recomendo primeiro
estabilizar seu negócio da melhor maneira possível. É
importante apertar o cinto, avaliar seus custos e garantir
que você tome as medidas necessárias para enfrentar a
crise.

Provavelmente, há mudanças que você gostaria de fazer


em seu negócio, mas não fez, e agora é a hora de agir.
Avalie seu talento, revise seus contratos, decida o que é
realmente necessário para administrar seu negócio.
Certifique-se de gastar seu dinheiro com sabedoria.
Observe atentamente suas finanças para ver como reduzir
suas perdas. É hora de agilizar para que você possa seguir
em frente sem o peso de uma carga de custos
desnecessária.
Um negócio que já estava fraco antes da crise,
provavelmente está pior agora, com uma economia ruim.
Se seu negócio não está funcionando agora e não estava
funcionando bem antes, pode ser hora de reexaminar sua
viabilidade a longo prazo. Winston Churchill disse uma
vez: "Nunca deixe uma boa crise ir para o lixo." Use esta
crise para sair de um negócio – que te aprisiona – e já não
estava funcionando. Invista seu dinheiro, tempo e energia
em algo que realmente dê resultados palpáveis. Agora é a
hora de ser brutalmente honesto consigo mesmo!
É também um bom momento para aproveitar os recursos
financeiros disponíveis. Muitos empresários se
inscreveram em programas de apoio e incentivo do
governo federal. Se ainda não o fez, é importante aprender
sobre as muitas formas de ajuda, recursos e suporte
disponíveis.

Depois de estabilizar seu negócio, é hora de se concentrar


no futuro. Aqui estão 5 maneiras de impulsionar sua
empresa não apenas para sobreviver, mas também para
prosperar:

1. MODERNIZE SUAS OPERAÇÕES E INVISTA NA


INTERNET
Se você está praticamente sem uma loja física, é hora de
encontrar a versão digital de qualquer trabalho que esteja
fazendo. Você pode entregar seu produto ou serviço
eletronicamente? Os restaurantes foram atingidos de forma
especialmente dura pela pandemia, e muitos mudaram
para a entrega online e pedidos para viagem na calçada.
Se você possui uma boutique, agora é um ótimo momento
para lançar uma loja de comércio eletrônico. Se você é um
instrutor de fitness, pode realizar suas aulas de exercícios
regulares virtualmente com o Zoom, Google Meet entre
outros.
Com todos presos em casa, a demanda por conteúdo
online é maior do que nunca.
Pergunte a si mesmo: o que você pode fornecer online?
2. POTENCIALIZE SEUS ATIVOS E RECURSOS
EXISTENTES
Aproveite seus ativos e recursos atuais e alinhe-os às
necessidades atuais de seus clientes. O que você poderia
mudar para atender a essas necessidades?
Empresas de todos os tamanhos estão se adaptando para
atender às diferentes necessidades dos clientes e continuar
operando. Temos exemplos de Fabricantes de cosméticos,
que passaram a produzir desinfetantes para as mãos,
aproveitando sua experiência e capacidade de produção.
Ou Grandes fabricantes de roupas, como Gap, Nike e a
Zara, que estão usando suas fábricas para produzir
máscaras, batas e aventais.
Pergunte a si mesmo: O que as pessoas mais precisam
agora? Como sua empresa pode atender a essa necessidade
com os recursos existentes? Se sua empresa não consegue
operar, há uma maneira de mudar para o digital ou um
negócio que é considerado essencial?

3. ESTREITE OS RELACIONAMENTOS COM OS


CLIENTES EXISTENTES
Estamos juntos nessa. Seja verdadeiro, autêntico e
transparente sobre seus esforços para atender seus clientes
da melhor maneira possível - e diga a eles como podem
apoiá-lo em troca. Os clientes fiéis são os campeões da sua
empresa e os embaixadores da sua marca. Continue a
manter um forte relacionamento com seus clientes, seja
diretamente, individualmente, em newsletters e / ou nas
mídias sociais. Mostre a eles que você se importa. A
confiança é importante (mais do que nunca)!

Com as pessoas passando cada vez mais tempo online, é


um ótimo momento para compartilhar conteúdo relevante
e envolvente relacionado ao seu negócio.

Outro dia um amigo me perguntou se isso funcionaria para


qualquer modelo de negócios e deu como exemplo uma
loja de sapatos já que as pessoas estão em isolamento.
E eu afirmei que sim!!!
Uma loja de sapatos poderia compartilhar uma campanha
com montagens de fotos ou vídeos - de sua nova coleção
de sandálias - para a internet. Criando uma nova tendência
de moda voltada para o conforto e elegância dentro de
casa. Ou uma série temática de higienização das mãos com
belas imagens de chinelos e pantufas.
Descubra a melhor maneira de se envolver com seus
clientes atuais e fazê-lo de maneiras criativas.
Pergunte a si mesmo: Como posso melhor interagir e me
comunicar com meus clientes agora? O que posso fazer
para incentivar meus clientes atuais a apoiar meu negócio?
O que outras empresas estão fazendo para atrair clientes
que eu também poderia estar fazendo ou que poderia
ajudar meus negócios?
4. EXPLORE OS BENEFÍCIOS DA COLABORAÇÃO
Há um provérbio africano que diz: “Se você quiser ir
rápido, vá sozinho. Se você quer ir longe, vá junto.”. O
objetivo da colaboração pode ser novas ideias, explorar
sinergias e criar novas parcerias de negócios. As parcerias
podem dar, a você, acesso a novos clientes, novos
produtos ou novos mercados.
Com quais parceiros você pode trabalhar que também têm
recursos que você pode aproveitar?
Existe um parceiro que você acha que poderia ajudar a
vender seu produto ou serviço para a base de clientes dele?
O que você poderia oferecer a eles em troca?
Existe uma oportunidade de agrupar seus produtos?
Parcerias de sucesso precisão ter o sistema ganha-ganha.
Pergunte a si mesmo: com quem eu poderia colaborar?
Com quais empresas tenho sinergia ou perfil de clientes
comuns? Quais parcerias atuais seriam mutuamente
benéficas para meu negócio?

5. TENTE E FALHE (E TENTE NOVAMENTE!)

Nunca houve melhor momento para tentar (e falhar!).


Agora é a hora de experimentar. Lance novas ideias
rapidamente com um investimento mínimo. Foque nos
resultados. Aprenda e melhore a cada iteração. Nem tudo
que você experimentar vai funcionar. E tudo bem. Espere
falhar. Ir em frente. Podem ser necessárias várias
tentativas para descobrir o que funciona para você. Seja
corajoso. Tenha coragem. A persistência compensa no
final.

Você também pode gostar