Você está na página 1de 79

ARQUITETURA, URBANISMO E

SUSTENTABILIDADE - CCE1437
Curitiba, 2021
Professora TAMIRIS COSTA
O vocabulário básico da arquitetura
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura

QUESTIONÁRIO

1 – Idade média: qual o contexto do início da arquitetura da Idade Média, e quais


foram as características mais marcantes dos templos do início da época.
2 – Sobre a Arquitetura Gótica, qual foi a técnica construtiva mais utilizada na época
e quais os seus principais efeitos no espaço interno arquitetônico.
3 – Renascimento: qual a opinião geral dos arquitetos do Renascimento sobre o
estilo Medieval, e qual foi o ideal dos projetos da época?
4 – Barroco – Tendo a sua evolução do estilo Renascentista, e através do
Maneirismo, o Barroco teve início na Itália como estilo arquitetônico, cite as
principais características da arquitetura da época, exemplificando com fotos de
obras europeias conceituadas:
5 – O Barroco no Brasil – o barroco foi o primeiro estilo arquitetônico nas cidades
colonizadas brasileiras, quais as diferenças entre a arquitetura executada na Europa
e nas obras feitas no Brasil, se compararmos as construções religiosas?

AULA 02: EGITO O VOCABULÁRIO BÁSICO DA ARQUITETURA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Revolução Social e Científica

Contextualização

1700 Apogeu do Barroco na Europa Católica


Protestantes nunca aceitaram as extravagâncias do Estilo Meridional

• Revolução Francesa • Positivismo


• Iluminismo • Progressismo

Inglaterra Berço de um retorno à razão


Revalorização da estética e da racionalidade clássicas
Razões religiosas, morais e sociais
Era da razão, Século das Luzes

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Contextualização

Estilo em épocas anteriores era o modo como se faziam as coisas, a melhor maneira
para obter certos efeitos, havia um consenso sobre o modelo.
Era da razão= questionamentos sobre o modelo a seguir.
Modelo Clássico = linguagem clássica não tem mais sentido para o zeitgeist, apenas
de composição.

Início da consciência individual que levou pessoas a escolherem suas casas e obras
de arte como se fossem padrões existentes em um catálogo.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Uso livre da linguagem clássica

Revalorização da racionalidade
compositiva da tradição clássica.

Panteão de Roma
126

Villa Rotonda
1550

Chiswick House
1729

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Arquitetura

Rompimento com a tradição


ocasiona o aparecimento de
expressividades variadas.
Liberdade em relação à
regras pré-estabelecidas.

Residência Estilo Regency


Cheltenham, sec. XVIII
AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Arquitetura

Horace Walpole, Richard


Bentley e John Chute
Strawberry Hill
Londres, 1750-75

Horace Walpole, Richard


Bentley e John Chute
Strawberry Hill
Londres, 1750-75

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


A profusão de Neos

Francisco de Oliveira Passos


Theatro Municipal
Rio de Janeiro, 1909

Charles Garnier
Ópera de Paris
Paris, 1862

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Revolução Social e Científica

Inicialmente os arquitetos se mantém aos estilos históricos, combinando-os,


modificando-os e manipulando-os.

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL.
Revolução Industrial = reorganização econômica, consolidação do capitalismo.
Aparecimento de novos materiais e técnicas.
Aceleração da história = tempo, tecnologia, população, cidades.

A arquitetura criada agora não tem mais vínculo com a sua época, ela passa a ser
escolhida pelo gosto do cliente, desprovida de simbolismos regionais ou
temporais, não há mais vínculo com o tempo em que é produzida

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

OOvocabulário
vocabuláriobásico
básicoda
daarquitetura
arquitetura
Arquitetura do Ferro

Joseph Paxton
Palácio de cristal
Londres, 1851.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Arquitetura do Ferro

Gustave Eiffel
Torre Eiffel
Paris, 1889

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


A busca do zeitgeist

Art Noveau (sec. XVIII)


Busca da renovação através de um novo desenho e respeito às características dos
novos materiais, refletindo a nova época.

Uso de materiais como o ferro e o aço, na definição de um estilo novo, a-histórico.

Art Déco (sec. XX)


Ornamentação geometrizada, linhas retas e uso do concreto armado.

Arquitetura
Críticas à banalização estilística e inconformismo.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Art Noveau

Victor Horta
Hôtel Tassel
Bruxelas, 1893
AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Art Déco

Pavilhão de Galeries Lafayette


Paris - 1925

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Art Déco

Rockefeller Center
Nova York - 1987

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Art Déco

Edifício Garcez
Curitiba - 1927

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


O início do Século XX 1ª Guerra Mundial Europa destruída

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Arquitetura
Pós guerra

O estrago causado pela guerra impôs


uma nova necessidade à Europa: a
reconstrução das cidades, mais
especialmente do grande número de
habitações destruídas

casas simples, funcionais e


padronizadas, como
“uma máquina de morar”

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Arquitetura
Máquinas de morar

De acordo com Alonso Pereira:


“a composição arquitetônica passa a ser entendida como a combinação de peças
funcionais mínimas, que se agregam ou desagregam em diversas combinações.”

Weissenhof, de Stuttgart, exposição de moradias modernas organizada na


Alemanha, em 1927

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Arquitetura Moderna
Princípios

Economia material

Economia formal

Economia técnica

Le Corbusier
Ville Savoye
1929

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Arquitetura Moderna
Correntes - Arquitetos Racionalistas

Walter Gropius
Bauhaus (1925-26)
Dessau
Le Corbusier
Weissenhof Estate (1927)
AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA
Stuttgart / Alemanha
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Arquitetura Moderna
Correntes - Arquitetos Racionalistas

Philip Johnson
Casa de Vidro (1949)
New Canaan / Connecticut - USA

Mies Van der Rohe


Farnsworth House (1951)
Chicago / Illinois - USA

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Cinco pontos da Arquitetura Moderna

Planta Livre Janela em Fita

Fachada Livre Terraço Jardim

Pilotis

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Cinco pontos da Arquitetura Moderna

Através de uma estrutura independente permite a livre


Planta Livre locação das paredes, já que estas não mais precisam
exercer a função estrutural

Resulta igualmente da independência da estrutura, dessa


Fachada Livre
forma a fachada pode ser projetada sem impedimentos.

Sistema de pilares que elevam o prédio do chão,


Pilotis
permitindo o trânsito por debaixo do mesmo.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Cinco pontos da Arquitetura Moderna

Possibilitadas pela “fachada livre”, permitem uma


Janela em Fita
relação desimpedida com a paisagem.

“Recupera" o solo ocupado pelo prédio, "transferindo-o"


Terraço Jardim
para cima do prédio na forma de um jardim

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Urbanismo Moderno

Villa Savoye (1928)


Poissy-sur-Seine - França

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Urbanismo Moderno

Villa Savoye (1928)


Poissy-sur-Seine - França

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Urbanismo Moderno

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Cinco pontos da Arquitetura Moderna

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Lúcio Costa

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Parque Guinle
1944
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Lúcio Costa

Parque Guinle
1944

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Lúcio Costa

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

OOvocabulário
vocabuláriobásico
básicoda
daarquitetura
arquitetura
Oscar Niemeyer

Palácio da Alvorada
1958

Pavilhão do Brasil na
Exposição universal de NY
1939 – Com Lúcio Costa

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

OOvocabulário
vocabuláriobásico
básicoda
daarquitetura
arquitetura
Oscar Niemeyer

Catedral de Brasília
1958

Palácio do Planalto
1958

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Affonso Eduardo Reidy
(1909-1964)

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Affonso Eduardo Reidy

Conjunto habitacional Prefeito


Mendes de Moraes - Pedregulho
1947
AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Affonso Eduardo Reidy

Museu de Arte Moderna


1952
AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA
O vocabulário básico da arquitetura
Teoria Crítica da Arquitetura

João Batista Vilanova Artigas


(1915-1985)

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


João Batista Vilanova Artigas

A POÉTICA DO CONCRETO BRUTO

FAU USP
1961

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Concreto aparente – Caixa fechada

Rodoviária de Jaú
AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA 1973
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Paulo Mendes da Rocha
(1928)

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Paulo Mendes da Rocha

Ginásio do Clube Atlético Paulistano


Jardin América / São Paulo (1958)

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Paulo Mendes da Rocha

Casa do Arquiteto
Butantã / São Paulo (1960)

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Paulo Mendes da Rocha

Museu Brasileiro de Escultura - MUBE


Jardim Europa (1986)

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


A Queda da Modernidade

• O Modernismo “heroico” do entreguerras deu lugar ao


“alto” modernismo pós 1945, quando se torna
hegemônico e estabelece uma relação confortável
com os centros de poder dominantes da sociedade.
• O Modernismo perde seu atrativo revolucionário e
passa a ser visto como “tradicionalista”.
• Aparecimento de movimentos contraculturais e
antimodernistas nos anos 60 = política
neoesquerdista, antiautoritarismo, iconoclastia, ódio
ao ideal iluminista.
• Surgimento entre 1968 e 1972. Seagram Building
Mies Van der Rohe
Nova York. 1954

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Arq. Moderna X Arq. Pós-moderna

Arq. Moderna Arq. Pós-moderna


Industrial Pós-industrial
Objetividade Complexidade
Coletivismo Individualismo
Funcionalismo Hedonismo
Anti-referencial Referencial
Racionalidade Irracionalidade
Abstração Figuração
Anti-historicismo Historicismo
Anti-regionalismo Regionalismo
Industrialização Não-industrialização
Técnica Significado

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Robert Venturi

“Aprender de Las Vegas”: cobertura decorada – abrigo fechado com


elementos simbólicos a ele aplicados.
Forma mural prevalece sobre a forma volumétrica.

Hotel Venetian
Las Vegas

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Robert Venturi

Longaberger Basket Company


Ohio

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura

Resgate da História

• Usa elementos mas afasta-se da forma original, distorcendo-a e


modificando suas relações sintáticas.
• Olhar panorâmico sobre a História.
• Historicismo é a palavra-chave para entender o pós-modernismo.
• Uso intensivo de referências para dar significado às obras.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

OOvocabulário
vocabuláriobásico
básicoda
daarquitetura
arquitetura
Resgate da História
Robert Venturi

Tucker House
Robert Venturi
Katonah. 1974.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Resgate da História
Charles Moore

Piazza d’Italia
Charles Moore
Nova Orleans. 1974-78.
AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Resgate da História
Charles Moore

Piazza d’Italia
Charles Moore
Nova Orleans. 1954.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Resgate da História
Michael Graves

Michael Graves
Edifícios Portland
Oregon. 1980-82.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Resgate da História
Brasil

Edison Musa
Ed. RB1
Rio de Janeiro. 1988.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Resgate da História
Louis Khan
Métodos projetuais renascentistas (eixos ortogonais, simetria múltipla,
espaços hierarquizados formalmente).

Louis Khan
Assembléia Nacional de Dacca
Bangladesh. 1962-74.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Resgate da História
Louis Khan
Historicismo culto, latente e discreto.

Louis Khan
Assembléia Nacional de Dacca
Bangladesh. 1962-74.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Resgate da História
Louis Khan

Louis Khan
Biblioteca Phillips Exeter
New Hampshire. 1967.
AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Regionalismo Crítico
Regionalismo Crítico (Keneth Frampton)
Neovernacular/Contextualismo (Charles Jencks)

Revalorização do vernacular e da cultura local.


Escolas regionais que trabalham com o contexto local.
Não necessariamente pós-moderno.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Regionalismo Crítico
Alvaro Siza

Alvaro Siza
Banco Borges
Vila do Conde. 1978-86

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Regionalismo Crítico
Alvaro Siza

Alvaro Siza
Casa de Chá Boa Nova
Matosinhos. 1966.

Alvaro Siza
Museu Iberê Camargo
AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA Poto Alegre. 2003.
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Regionalismo Crítico
Mário Botta

Mario Botta
Casa Riva de San Vitale.
Itália. 1971.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Defesa do Moderno

• Pós-moderno historicista não vinga.


• Contextualismo inspira vertentes da arquitetura contemporânea.
• Referências modernas se transformam e estão na base das grandes
obras dos arquitetos contemporâneos: neopurismo, high tech
e desconstrutivismo.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Tecnologia e desconstrução
A arquitetura do experimentalismo

• Ideário moderno – tecnologia usada como base para produções


arquitetônicas
• Apoio para propostas utópicas
• Envolvimento de computadores e programas computacionais para projeto

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


High - tech

Archigram

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


High - tech

Torre Cápsula

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


High - tech

Centro Pompidou
Paris

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Arquitetura Pós-moderna

• Inclusão do humor, da ironia, da provocação e do cotidiano na arquitetura.


• Arquitetura não é eterna – é transitória e sua duração é limitada.
• Arquitetura não deve “ser levada tão a sério”.
• Não tem a intenção revolucionária de mudar a ordem estabelecida, mas
de expô-la.
• Expressão popular, representante da baixa cultura.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Fantasias

Grupo SITE
Supermercado BEST
Richmond, Virgínia. 1975.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Fantasias

Grupo SITE
Supermercado BEST-Alameda
Genda Shopping Center
AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA
Houston, Texas. 1975.
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Fantasias

Frank O. Ghery e Claes Oldenburg


Agência Chiat-Day
Venice, CA. 1991
Friedensreich
AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA
Hundertwasser
Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Frank O. Ghery
Fantasias Dancing House
Praga. 1994-96.

Friedensreich
Hundertwasser

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Defesa do Moderno

Five Architects (MOMA, 1969)


“Os brancos”/ “Os cinco de Nova Iorque”

Releitura do purismo de Le Corbusier.


Moderno como “passado” atualizado.
• Richard Meier
• Michael Graves
• Charles Gwathmey
• John Hejduk
• Peter Einsemann

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Regionalismo Crítico
Richard Meier

Richard Meier
Douglas House
Harbor Springs, Michigan. 1971-73.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Regionalismo Crítico
Richard Meier

Richard Meier
Centro Cultural The Atheneum
New Harmony, Indiana.1975-79.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Regionalismo Crítico
Peter Einsemann
Desconstrutivismo

Peter Einsemann
Casa III
Lakeville, Conecticut. 1971.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Desconstrutivismo
Rem Koolhaas

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Desconstrutivismo
Frank Gehry

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA


Teoria Crítica da Arquitetura

O vocabulário básico da arquitetura


Mundo contemporâneo

No cenário contemporâneo, a diversidade que


caracteriza os anos pós-modernos persiste, de
forma ainda mais pulverizada: cada vez mais
destacamos a individualidade da obra e a
personalidade de cada arquiteto, de forma
desvinculada de um discurso mais amplo ou de
uma agenda comum.

AULA 06: RENASCIMENTO O CLÁSSICO EM PERSPECTIVA