Você está na página 1de 8

Behaviori

smo
 Estímulo incondicionado (EI):

Ivan Pavlov comida.


 Resposta incondicionada (RI):
salivação com a ração.
Foi um fisiologista e médico Russo
 Estímulo condicionado (EC):
que estudou os reflexos inatos e
som
consequentemente os aprendidos, e
criou a “Teoria do reflexo  Resposta condicionada (RC):
condicionado”. salivação com o sino

Pavlov fazia pesquisas com cães,


apresentando alimento aos mesmos,
observando a quantidade de saliva
John B.
Watson
produzida e posteriormente
introduziu o som de um sino.
A partir disso, ele pode perceber que
o cão, produzia a saliva quando via o Foi um psicólogo norte-americano
alimento, e ao relacionar a comida muito importante para o
com o som do sino durante um “Behaviorismo Metodológico”.
período de tempo, o cão, Watson desejava descobrir se uma
consequentemente começou a pessoa poderia ser condicionada a ter
produzir saliva ouvindo o som do sentimentos em resposta à um estímulo,
sino. para isso ele desenvolveu um
experimento envolvendo bebês.

O pequeno Albert
“Albert B” era um bebê de nove
meses quando foi utilizado por
Watson para seu experimento. O
objetivo era determinar se era
possível ensinar uma criança a sentir Caracteriza-se por ser um
medo de um animal, apresentando-o comportamento voluntário, e ele não
repetidas vezes a um barulho alto. é considerado produto de um
estímulo que o antecede, mas é
Assim foi feito, nas primeiras vezes
seguido de consequências.
que Albert foi exposto a um rato
branco ele não esboçou nenhuma Condicionamento clássico:
reação negativa. Porém, quando o
rato foi mostrado ao bebê associado a Formar uma associação entre dois
um barulho externo de batidas (que já estímulos, resultando em uma
causava medo em Albert), ele resposta aprendida.
demonstrou medo e chorou. A partir Condicionamento
disso, quando via o rato ou outros
respondente
animais branco e peludos ele sentia
medo. É o a resposta ou reflexo que
chamamos de não voluntária e inclui
Com isso, Watson provou que as
respostas produzidas por estímulos
emoções humanas são suscetíveis
antecedentes ao ambiente.
ao condicionamento clássico. Ele
descobriu que o comportamento Reforçamento
humano poderia ser não apenas
previsto, como também controlado Chamamos de reforço toda
e modificado. consequência que, seguindo uma
resposta, altera a probabilidade futura
 Estímulo incondicionado (EI): de ocorrência dessa resposta
barulho alto
 Reforço positivo: quando o
 Resposta incondicionada
sujeito aprende novos
(RC): medo
comportamentos, cujo efeitos
 Estímulo condicionado (EC):
são agradáveis e acrescentam
rato
algo para ele.
 Resposta condicionada (RC):
 Reforço negativo: quando
medo do rato
aprendizagem tem como

Termos
objetivo parar, remover ou
evitar algum resultado negativo.
Tendem a envolver algum
desconforto, seja físico ou

importantes psicológico, mas não


necessariamente se tratam de
uma forma de agressão.
Condicionamento operante:
Clássico: considera apenas Nesse estudo, um rato era colocado
comportamentos observáveis como dentro de uma caixa, que tinha em
objeto de estudo. (Estímulo e seu interior uma alavanca especial.
resposta, sempre a partir de um Toda vez que pressionava a alavanca,
estímulo vou obter a mesma resposta) o animal recebia uma porção de
comida. Com o tempo, o animal
Behaviorismo aprendia que a comida surgiria
sempre que a alavanca fosse

Radical
acionada, e passava então a
pressioná-la de propósito, para ganhar
o alimento.
 Behaviorismo: considera o
Comparando os ratos que recebiam o
comportamento humano como
alimento com os ratos que não
objeto de estudo da psicologia.
recebiam, ou recebiam menos,
 Radical: considera eventos
Skinner concluiu que os animais
privados (observável ou não)
são condicionados pelas respostas
como objeto de estudo da
que recebem por suas ações e do
psicologia. (Propabilidade,
ambiente.
interacionismo....)
Surge com Skinner para
compreender o comportamento
humano através de metodologia
Visão
cientifica de investigação.
MONISTA
Frederic e
Skinner MATERIA
Foi um psicólogo norte-americano,
seguir do Behaviorismo de Watson e
criou o Behaviorismo Radical com
uma proposta filosófica sobre o
LISTA
comportamento humano. Para Skinner, mente e corpo são uma
coisa só. O ser humano é produto da
Caixas de Skinner sua natureza, e tudo que compõe faz
parte dela também, ambos se  Estímulo: é uma mudança no
modificam constantemente. ambiente
Cada indivíduo se torna único a partir  Resposta: é uma mudança no
dessa interação com o meio. organismo

Eventos privados: sentimentos, Reflexo na Linguagem Cotidiana


pensamentos, sonhos, imaginação, Sinônimo de uma ação que ocorreu
fantasias temporalmente muito próxima a
Eventos públicos: ações observáveis algum evento ambiental antecedente.
por outros indivíduos Reflexo na Psicologia
Determinismo para o Relação entre uma ação e o que
behaviorismo: o comportamento é aconteceu antes dela, sendo que o que
produto de uma história anterior o indivíduo fez é chamado de
Fatores do determinismo: resposta, e o que aconteceu antes da
resposta é chamado de estímulo.
 Filogenese: história da espécie
 Ontogenese: história do próprio
indivíduo
 Cultura: história das práticas
Contingênci
culturais.
Para Skinner nossas escolhas são a
minimamente baseadas em
Contingências são modos de
acontecimentos passados.
descrever como ambiente e
O comportamento é definido pela organismo interagem de forma
interação entre o organismo e o condicional.
ambiente, ele altera o meio e o meio
Uma contingência é definida como
altera o organismo. O ser nunca “é
uma descrição de relações
algo”, mas ele sempre “está algo”
condicionais entre eventos, isto é,
naquele momento por consequência
relações do tipo: se..., então...
do meio naquela fase.
 Por exemplo, se uma luz forte

Reflexo incide sobre a retina (estímulo),


então ocorre a contração da
pupila (resposta).
Reflexo é uma relação entre estímulo
Dessa forma, podemos dizer que uma
e resposta e já nascemos com ele,
relação reflexa é uma relação de
começa na vida uterina
contingência.
Quanto + estímulo + resposta
Respostas
Leis do
emocionais
Reflexo Respostas emocionais ocorrem
sempre em função de uma situação
Lei da intensidade-magnitude
antecedente eliciadora que pode ser
Estabelece que a intensidade do um pensamento, uma lembrança,
estímulo é uma medida diretamente música ou palavra
proporcional à magnitude da resposta,
Muitas emoções são reflexo,
ou seja, em um reflexo, quanto
respostas à estímulos ambientais
maior a intensidade do estímulo,
maior será a magnitude da  Medo = liberação de adrenalina
resposta. pelas glândulas supra-renais,
contração de vasos sanguíneos,
Lei do limiar concentração de sangue nos
Estabelece que, para todo reflexo, é músculos (ficar branco)
necessária uma intensidade mínima
do estímulo para que a resposta seja  Segundo nível de seleção
eliciada. Essa quantidade mínima ontogênese (aula 31/08)
pode variar de pessoa para pessoa.
Lei da latência
Latência é o nome dado a um
Comportam
intervalo entre dois eventos. No caso
dos reflexos, latência é o tempo
decorrido entre a apresentação do
ento
estímulo e a ocorrência da resposta. A
lei da latência estabelece que, quanto
maior a intensidade do estímulo,
Operante
(aprendizagem através da interação
menor o intervalo entre sua com o meio)
apresentação e a ocorrência da
resposta Definição: comportamento que
produz consequências que se
constituem em alterações no
ambiente e cuja probabilidade de
ocorrência futura é afetada por tais  Reforçador Natural:
consequências. consequência reforçadora é o
“Os comportamentos modificam os produto direto do próprio
ambientes e essas modificações no comportamento.
ambiente levam por sua vez a  Reforçador Arbitrário: a
modificação no comportamento consequência reforçadora é o
subsequente” (Skinner) produto indireto do
comportamento. (elogios/notas)
S -> R -> S // S - > R -> C
Com a suspensão ou encerramento do
S’- Estímulo que EVOCA resposta. reforçamento de um compt, este
R - Resposta é EVOCADA pelo tende a diminuir sua frequência,
estímulo retornando ao seu nível operante, ou
seja, retornando à frequência com que
.S” - Consequência à resposta.
ocorria antes de ter sido reforçado,
Skinner distingue comportamento que pode ou não ser igual a 0
eliciado de comportamento emitido.
Efeitos da extinção:
 Eliciado: resultado da
Aumenta variabilidade das respostas,
apresentação de determinado
evoca respostas emocionais
estímulo. (Sempre na presença
do estímulo) Intermitencia do reforçamento X
 Emitido:: são respostas que esquema de reforçamento
ocorrem sem um estímulo continuo:
gerador prontamente Quando um comportamento às vezes
identificável. é reforçado e às vezes não, ele se
A análise das consequências nos dá 2 tornará mais resistente à extinção do
possibilidades: prever que um comportamento reforçado
comportamentos e manipular as todas as vezes que ocorre
variáveis.
 Consequência reforçadora:
tipo de consequência que
Modelação
aumenta a probabilidade de que Também chamada de Aprendizagem
volte a ocorrer o compt que a por observação de modelos
produziu. Trata-se de uma
O comportamento de um organismo
contingência de reforçamento.
tem a sua probabilidade alterada em
(Ex: dar o brinquedo depois da
decorrência da observação do
birra vai aumentar as chances
de acontecer a birra)
comportamento de outro organismo e probabilidade de emissão
da consequência que este produz. futura.
 Reforçamento negativo: Uma

Controle ação subtrai, remove ou elimina


algo, fazendo com que alguma
coisa que estava lá antes do ato

Aversivo desaparecesse. Aumento


probabilidade de emissão
futura.
Controle = significa que a
probabilidade de ocorrência do Punição: tipo de consequência do
comportamento que depende das comportamento que torna a sua
modificações que ele causa no ocorrência menos provável.
ambiente A distinção entre punição positiva e
negativa consiste na mesma distinção
 Consequências reforçadoras:
feita com relação ao reforçamento
aumentam a probabilidade do
positivo e negativo: se um estímulo é
comportamento ocorrer.
acrescentado ou subtraído do
 Consequências punitivas:
ambiente. Ambas diminuem a
diminuem a probabilidade do
probabilidade do comportamento
comportamento ocorrer.
voltar a ocorrer
Estímulo Aversivos: são estímulos
 Punição positiva: Contingência
que reduzem a frequência dos
em que o comportamento
comportamentos que os produzem
produz a apresentação de um
(punição positiva) ou aquele que
estímulo que reduz a sua
aumentam a frequência dos
probabilidade de ocorrência
comportamentos que os retiram
futura.
(reforço negativo).
 Punição negativa: é uma
Reforço negativo X Punição consequência que consiste na
 Reforço (positivo ou negativo): perda de reforçadores de outros
aumenta a frequência do compt. comportamentos
 Punição (positiva ou negativa): EXTINÇÃO: O Comportamento
diminui a frequência do compt. produzia uma consequência
 Reforçamento positivo: A ação reforçadora, e, por algum motivo,
de uma pessoa é seguida pela esta deixa de ocorrer. A Supressão do
adição, produção ou comportamento ocorre de forma
aparecimento de algo novo, que gradual, aos poucos.
não estava antes. Aumento na
PUNIÇÃO NEGATIVA: um
comportamento passa a ter uma nova
consequência, que é a perda de
potenciais reforçadores de outros
comportamentos. Porém, a
contingência de reforçamento que
mantém esse comportamento
permanece intacta.
O contracondicionamento,
como sugere o próprio nome,
consiste em condicionar uma
resposta contrária àquela
produzida pelo CS. Por exemplo,
se determinado CS elicia uma
resposta de ansiedade, o
contracondicionamento consistiria
em emparelhar esse CS a outro
estímulo que elicie relaxamento
Dessensibilização sistemática
é uma técnica utilizada com base
na generalização respondente. Ela
consiste em dividir o procedimento
de extinção em pequenos passos
Para utilizar a dessensibilização
sistemática, seria necessário
construir uma escala crescente de
estímulos de acordo com as
magnitudes que produzem, a
chamada hierarquia de ansiedade