Você está na página 1de 9

voltar pagina inicial

Analise de Circuitos em Corrente Continua


Aula09: Divisor de Tensão com Carga
Bibliografia:
Analise de Circuitos em Corrente Continua - Rômulo O. Albuquerque - Editora Érica
Analise e Simulação de Circuitos no Computador - MultSIM2001 - Rômulo O. Albuquerque - Editora Érica

Divisor de Tensão sem Carga Divisor de Tensão com Carga Exemplos


Experiência07 Exercícios Propostos

1.Divisor de Tensão sem Carga ( Inicio )

Como já visto em aulas anteriores, um divisor de tensão é um circuito serie, figura1. Se a


tensão de entrada é a da bateria E, e a de saída é obtida em uma das resistências, R2, o seu
valor será dado por:

Divisor de Tensão sem Carga

Caso seja conectado uma uma resistência


entre A e B, de valor RL, o valor da
tensão entre A e B diminuirá pelo efeito de
carga exercido por essa resistência, pois o
valor efetivo da resistência entre A e B
agora será R2//RL, figura2.

Fig01: Divisor de tensão sem carga

2.Divisor de Tensão com Carga ( Inicio )

Se adicionarmos uma resistência ao divisor de tensão da figura1, o efeito de carga exercido


por essa resistência diminuirá a tensão ( em relação ao valor sem carga ).
Divisor de Tensão com Carga

A expressão da tensão na carga (RL)


será:

onde Rx=R2//RL

Fig02: Divisor de tensão com carga

Como Rx < R2 então a tensão entre A e B, UAB, com carga será menor do que UAB sem
carga.

Fig03: Divisor de tensão com carga - circuito equivalente

3. Exemplo ( Inicio )

Seja o divisor de tensão da figura4. Seja RL a resistência conectada em paralelo com R2.
Calcule a tensão indicada pelo voltímetro para 3 casos:

a) RL infinito ( sem carga ), chave A para cima( independentemente da chave B )


b) RL = 15K, chave A para baixo e chave B para baixo
c) RL=150KK, portanto RL>>> R2 =15K, chave A para baixo e chave B para cima.
Fig04: Divisor de tensão em três situações - sem carga - carga baixa - carga alta

Caso a - carga infinita

Nesse caso :

Caso b - RL =15K

Nesse caso o efeito de carga de RL será Rx=R2//RL = 15K//15K =7,5K

E portanto a tensão UAB valerá:

Caso c - RL =150K

Nesse caso o efeito de carga de RL será: Rx=15K//150K =13,6K

E portanto a tensão UAB valerá:

Como podemos verificar no ultimo caso o efeito de carga é pequeno ( a tensão com carga e
sem carga tem praticamente o mesmo valor ), pois o valor da carga ( RL) é muito alto.
Atenção!!! RL deve ser muito maior que R2//R1, quando você estudar o teorema de
Thevenin entenderá melhor essa questão ).
4. Experiência07 - Divisor de Tensão com Carga ( Inicio )

4.1) Abra o arquivo ExpCC07 e identifique o circuito da figura5. Os valores teóricos já


foram calculados. Ative o circuito e meça a tensão entre A e B para todas as combinações
das chaves A e B da tabela I.Anote os valores medidos na tabela I.

Fig05: Circuito para experiência07 item 1

Tabela I

Chave A para baixo Chave A para cima e B para baixo Chave A para cima e B para cima
UAB UAB UAB

4.2) Para o circuito da figura06 calcule os valores máximo e mínimo para a tensão entre A
e B. Anote os valores calculados na tabela II.
Fig06: Divisor de tensão variável

4.3) Abra o arquivo ExpCC07b e identifique o circuito da figura6. Meça a tensão entre A
e B usando o multímetro. Anote os valores medidos na tabela II.

Tabela II

Calculado Medido
Umin Umáx Umin Umáx

5.Conclusões:

6.Exercícios Propostos ( Inicio )

1) Calcule a tensão entre A e B em cada caso. Dica : Use a expressão do divisor de


tensão

2) Calcule a máxima e a mínima tensão entre A e B.


Clique para ver a solução:

Tensão mínima

Tensão máxima

ExProp1Aula09 - Clique no circuito para voltar


caso a
ExProp1Aula09 - Clique na figura para voltar
caso b

Mínima tensão
Máxima tensão