Você está na página 1de 11

UNISEP – FEFB – Engenharia Elétrica Máquinas Elétricas I

Máquinas Elétricas I:
Indutância mútua

Maycon A. Maran

UNISEP - FEFB

Maycon A. Maran
UNISEP – FEFB – Engenharia Elétrica Máquinas Elétricas I

Conteúdo dessa apresentação

• Indutância mútua;
• Energia armazenada em um indutor;

Aula 1c – Indutância Mútua Maycon A. Maran 2


UNISEP – FEFB – Engenharia Elétrica Máquinas Elétricas I

Indutância mútua
Quando em um circuito magnético possui dois ou mais enrolamentos,
deve-se considerar a influência mútua dos enrolamentos.
A FMM total que pode ser gerado no circuito é:

O fluxo gerado será

Aula 1c – Indutância Mútua Maycon A. Maran 3


UNISEP – FEFB – Engenharia Elétrica Máquinas Elétricas I

Indutância mútua
Por sua vez o fluxo concatenado pela bobina 1 será:

Indutância própria Indutância Mútua

Aula 1c – Indutância Mútua Maycon A. Maran 4


UNISEP – FEFB – Engenharia Elétrica Máquinas Elétricas I

Energia armazenada em um indutor


Sabe-se de circuitos elétricos que a tensão em um indutor é:

Se a indutância for constante no tempo:

Se a indutância não for constante no tempo:

A potência instantânea em um enrolamento então será:

Aula 1c – Indutância Mútua Maycon A. Maran 5


UNISEP – FEFB – Engenharia Elétrica Máquinas Elétricas I

Energia armazenada em um indutor


A energia do circuito será então:

No caso de um circuito com enrolamento único:

Se fizermos λ1=0

Aula 1c – Indutância Mútua Maycon A. Maran 6


UNISEP – FEFB – Engenharia Elétrica Máquinas Elétricas I

Exemplo
No circuito magnético do Exemplo 1 da aula 1a encontre:
(a) a indutância L,
(b) a energia magnética armazenada W quando Bc = 1,0 T e
(c) a tensão induzida e para um fluxo de núcleo,que varia no tempo a 60
Hz, dado por Bc = 1,0 sen ωt T em que ω = (2π)(60) = 377.

Resolução
a) Com os dados já calculados de relutância anteriormente

Aula 1c – Indutância Mútua Maycon A. Maran 7


UNISEP – FEFB – Engenharia Elétrica Máquinas Elétricas I

Exemplo
No circuito magnético do Exemplo 1 da aula 1a encontre:
(a) a indutância L,
(b) a energia magnética armazenada W quando Bc = 1,0 T e
(c) a tensão induzida e para um fluxo de núcleo,que varia no tempo a 60
Hz, dado por Bc = 1,0 sen ωt T em que ω = (2π)(60) = 377.

Resolução
b) Para um campo de 1T a corrente calculada anteriormente foi de 0,8A

Aula 1c – Indutância Mútua Maycon A. Maran 8


UNISEP – FEFB – Engenharia Elétrica Máquinas Elétricas I

Exemplo
No circuito magnético do Exemplo 1 da aula 1a encontre:
(a) a indutância L,
(b) a energia magnética armazenada W quando Bc = 1,0 T e
(c) a tensão induzida e para um fluxo de núcleo,que varia no tempo a 60
Hz, dado por Bc = 1,0 sen ωt T em que ω = (2π)(60) = 377.

Resolução
c) Utilizando a Lei de Faraday, para um campo senoidal (variável no
tempo) há uma tensão induzida (variável no tempo)

Aula 1c – Indutância Mútua Maycon A. Maran 9


UNISEP – FEFB – Engenharia Elétrica Máquinas Elétricas I

Exercício
Para a mesma geometria do problema anterior, repita o cálculo Bc = 0,8
T, supondo que o fluxo do núcleo varie a 50 Hz, em vez de 60 Hz.

Solução

a. A indutância L permanece inalterada.

b. W = 0,115 J

c. e = 113 cos (314t) V

Aula 1c – Indutância Mútua Maycon A. Maran 10


UNISEP – FEFB – Engenharia Elétrica Máquinas Elétricas I

Obrigado
Obrigado

Contatos:
maycon.a.maran@gmail.com
maycon@unisep.edu.br

Aula 1c – Indutância Mútua Maycon A. Maran 11