Você está na página 1de 45

COMO FUNCIONAM OS IMPLANTES

ESPIRITUAIS.
Os implantes são estudados no meio espírita, ufológicos e científicos.
O número desses “hospedeiros” tem aumentado muito e torna-se urgente seu estudo e
também que seja ampliada sua divulgação de forma consciente e desmistificada.
Esses dispositivos são usados para potencializar algumas funções ou atividades que
podem ser:
Monitoração, influenciação, subjugação, possessão e até a influência sobre a
mediunidade, confundindo e iludindo os canais, caracterizando o mediunismo e a
confusão, o que se torna cada vez mais comum, com a crescente interação com seres deste
ou de outros orbes.
Este processo está acontecendo muito com os médiuns, trabalhadores da espiritualidade, o
que é muito triste, pois apenas ocorre quando os egos e as mistificações estão presentes.
As informações coletadas até agora mostram que são três os tipos mais comuns de
implantes:
Etéreo - que existe nas dimensões superiores.
Orgânico - que cresce no corpo junto com os órgãos (aqueles colocados, geralmente ao
nascer).
Físico – como um chip de computador colocado em diversas partes do corpo e de diversos
tamanhos, dependendo da tecnologia usada.
A ufologia relaciona vários casos de implantes a abduções. Essas abduções com colocação
de implantes ocorrem normalmente num “lapso temporal” de duas horas aproximadamente,
em que o abduzido perde a memória e a noção do tempo.
Normalmente, ficam sequelas físicas e/ou psíquicas que em hipnose podem aparecer como
fragmentos de lembranças dolorosas.
Como em todo estudo paracientífico, há muita mistificação, mas o que se sabe ao certo, é
que há dois tipos:
1 – Em que os seres extraterrestres estão monitorando nossa evolução, como o que fazemos
com cobaias em laboratórios, sem prejuízos do encarnado e que, de certa forma contribui para o
despertar da Humanidade, pois também oferece dados aos abduzidos ou contatados, que não os
teriam de outra forma.
2 – Extraterrestres ameaçados de extinção, que estariam nos usando, sem ética ou moral,
buscando a clonagem e buscando a “hibridização”.
Nas religiões espiritualistas, como o Kardecismo, a Umbanda, etc... implantes estão
relacionados a vampirismo, magia negra e obsessões de espíritos encarnados ou desencarnados,
numa simbiose de ódio que se materializa, normalmente, no cérebro da pessoa.
No Kardecismo, encontramos obras como a do espírito Luiz Sérgio, que relata o emprego de
aparelhos, pelas trevas, em decorrência do uso de drogas e álcool.
Essas “forças” conhecem partes do cérebro que são desconhecidas pela ciência atual e usam
este conhecimento para instalar seus chips para fins de manipulação e destruição, como um
vampirismo constante. Os seres trevosos atuam sobre áreas como a localizada perto do
hipotálamo, que é a área do prazer (sexo, álcool, drogas, etc..).
Normalmente, os dependentes químicos possuem aparelhos em sua mente, que levam a mais
desequilíbrio. O que piora o quadro é que são os encarnados que atraem essas energias
desqualificadas. É como dizem os Espíritas: obsidiado e obsessor possuem a mesma
frequência. As forças negativas atuam, sejam extraterrestres ou não, dominando as vontades,
mas pelo consentimento, mesmo que inconsciente, da pessoa que fica com o cérebro cada
vez mais “tomado” por essas energias. Essa malha magnética negativa que vai se formando
na mente, é responsável pelas imagens atordoantes que dominam o campo mental, trazendo
recordações e pensamentos destrutivos e constantes, que podem levar à loucura física. Uma
técnica muito usada é fixar o aparelho no crânio por meio de “parafusos” que fazem ligação
por meio de finíssimos ligamentos ao sistema nervoso central e à medula. A apometria é um
dos métodos usados para perceber esses chips que se instalam no corpo astral, o duplo
etérico, que é semelhante ao corpo físico.
Muitas vezes, a própria pessoa fornece a energia para o funcionamento destes aparelhos que
passam a atuar como parasitas.
Falando de implantes que ficam no físico, em 1995, o pesquisador Derril Sims, estudou dois
abduzidos, que tiveram seus implantes retirados pelo Dr. Leir, no cérebro e na mão. Estes
objetos apresentavam alto campo magnético. Normalmente, nas milhares de cirurgias que
vem sendo efetuadas, principalmente nos EUA, não se encontram incisões e os objetos doem
muito para serem retirados, mesmo com anestesia. Esses objetos nunca são rejeitados pelo
organismo. Através de contatos mediúnicos e telepáticos, tem se recebido informações de
seres de outros sistemas, sobre diversos temas. Sobre implantes, dizem que são “dispositivos
físicos ou extrafísicos, que são fixados para monitoração e influenciação de abduzidos”.
Existem os implantes provisórios e os permanentes. Os chips negativos são colocados por
Grays, Draconianos, Reptilianos (os maus), alguns provenientes de Órion e Sírius B, para
transmitir informações sobre nossa estrutura genética.
Quando a humanidade terrestre entender que é interdimensional e que seu Cristo interno é
parte de Deus em ação, estes dispositivos perderão sua utilidade e os trevosos deverão
procurar outras humanidades para fazer uso deles. Isto se dará, pois ao ir recobrando a
consciência de nossa origem divina, de nossa função na Terra e da evolução cósmica, nossa
vibração aumentará e a nossa frequência será positiva, o que neutraliza esses artefatos.
C1
C2
C3
C4
C5
C6
C7
Implante (chips) Orgânico Sutil: que normalmente é colocado entre a 2ª e 3ª cervical da
pessoa, criando um processo de ramificação até se estender na região lombar.
Dessa forma, esse instrumento, semelhante a uma centopeia, acaba por duplicar e assumir as
funções do sistema nervoso central da pessoa.
No período de 12 a 18 meses a pessoa fica sobre o controle total dessa tecnologia e da
consciência da entidade que o está controlando.
Com isso, a pessoa pode passar inclusive pelo processo de catalepsia, que para muitos é a
chamada morte aparente. Após, a alma que toma o poder é outra e a pessoa passa a agir
como se fosse outro ser. A alma original é aprisionada dentro de uma bolha de hiperespaço e
fica presa até que seja libertada. Este tipo de implante foi um dos mais temidos entre 1987 e
2003, por ser difícil a sua remoção e muito agressivo.
Isto devido a possuir ramificações no Umbral e planos sutis até 6ª dimensão, com
participação de Zetas e outros seres.
O SGS(SINISTRO GOVERNO SECRETO) utilizou muito esse tipo de implante em
diversos setores que são de seu interesse de domínio mundial.
Poucos terapeutas efetivamente conseguiram remover esse aparelho em sua totalidade, pois
ele se desdobra no mínimo em 6 partes entre o Umbral, físico e corpos sutis, isto até o
Mental Superior e em alguns casos o Causal.
Este implante gera a condição para os denominados entrantes, que é um dos tabus do estudo
da espiritualidade, pois são almas que usam corpos humanos e se disfarçam, conseguindo
atuar onde eles considerem importante. Um entrante acaba por utilizar a memória da pessoa
e o Corpo Físico, para atuar dentro da nossa realidade. Atualmente, esse chip deu origem a
uma série de ramificações tecnológicas que atuam dentro da corrente sanguínea,
dificultando muito a sua localização.
Funcionam como um micro vírus e se incrustam em pontos chaves do sistema nervoso e
hormonal das pessoas, efetuando um complexo mapeamento e alteração das reações
psíquicas. Com isso, a pessoa tende a ficar alterada e mesmo fora de controle, apresentando
uma alta irritação. E com isso, sendo um foco de emissão de energias desarmônicas.
Normalmente, o implante desenhado apresenta entre 7 e 9 centímetros nos primeiros 4
meses que foi inserido. No entanto, após o seu processo de reprodução, pode atingir toda a
extensão da coluna e tomar o controle das funções corporais.
Os monitoradores mais comuns deste tipo de implante são o SGS, Illuminatis, Grays,
Laurins, Xopatz, Draconianos, Antarianos e Anunakis.
FILAMENTOS

Chips de Silício: ele tem um tamanho máximo de 3 cm com centenas de filamentos


laterais que efetuam o intercâmbio com os processos celulares.
Este tipo costuma ser utilizado na análise e monitoramento das funções biológicas e
fisiológicas para pesquisas genéticas dos programas avançados de diversos povos estelares,
que vieram aqui ajudar no despertar da humanidade.
Trata-se de culturas semelhantes a nossa, que ainda estão trabalhando o despertar e buscam
superar as dificuldades de polaridade dentro de sua psique. São tecnologicamente superiores
e fazem parte da Federação Interplanetária.
Eles têm recebido autorização para colocar estes implantes, na tarefa de aprender como o
sistema nervoso e o organismo enfrentam as limitações que a nossa humanidade possui aqui
na Terra.
Estes implantes não interferem no processo de livre arbítrio dos seres, apenas é um
monitorador e coletor de informações de diversos aspectos clínicos, que ajudam na
restauração do código genético de culturas em aperfeiçoamento espiritual e fisiológico.
Este tipo também tem sido utilizado pelas forças involutivas na tentativa de compreender os
efeitos físicos e astrais de outros programas e tecnologias de controle mundial via televisão,
mídia e satélites orbitais. Serve para fazer coleta de material e do ectoplasma para análise da
constituição genética, nos diferentes padrões emocionais que um ser emite, em sua longa
diversidade na estrutura terrena das polaridades e das dificuldades diárias.
Pode ser encontrado no cérebro, abaixo da estrutura óssea do crânio, podendo inclusive, em
alguns casos, ser detectado por equipamentos de ressonância magnética e Raios X.
Chips de Silício Menor: este implante é um dos mais conhecidos devido a sua
apresentação em alguns filmes e seriados de TV. Faz parte de um programa do SGS e
de outras culturas extraterrestres involutivas.
Serve para monitorar o sistema emocional e cerebral de um indivíduo transmitindo
informações diretamente para uma central computacional, onde a vida e a memória dessa
pessoa são registradas e passam a servir como base para espionagem. Além de reproduzir os
padrões cerebrais de ondas dessa pessoa.
A partir destas informações essa pessoa pode ser clonada e servir de base para pesquisas
avançadas na manipulação mundial, via substituição das verdadeiras almas dessas pessoas.
Essa situação já ocorre desde 1967 e tem sido enfrentada pelos grupos do Comando Ashtar e
da Fraternidade Branca, mediante a permissão da humanidade e do Conselho Terrestre.
Os grupos que praticam terapia tem conseguido efetuar a remoção desse implante com a
ajuda das entidades. No entanto, quando ele apresenta a situação de ser material dentro da
fisicalidade a situação se torna mais crítica, pois os terapeutas não podem efetuar o corte
para a remoção dentro do tecido. Neste caso, podem solicitar às hierarquias que
desmaterializem o mesmo em um prazo que varia de 2 a 8 dias, normalmente, conforme a
energia física da pessoa. Muitos desses implantes físicos possuem substâncias cancerígenas,
que são liberadas em sua remoção forçada. Por esse motivo é que solicitamos ajuda a um
Mestre como Hilarion, para que atue dentro desse tipo de situação.
Chip de Controle Direto:Este tipo de chip é um dos mais antigos empregados na
humanidade e tem a sua origem ainda na época dos Atlantes.
Ele é proveniente de tecnologia Zeta, dos rebeldes de Órion e Sírius do passado.
Está localizado, normalmente, na coluna e no cerebelo para monitorar e controlar os
impulsos cerebrais de uma pessoa.
Ela passa então, a ser uma marionete via controle à distância. Possui inúmeros filamentos
que podem ser facilmente cortados por cirurgiões espirituais. Este tipo de implante nem
sempre fica radicado no Corpo Físico, por ser muito denso na sua composição química.
O que o faz ser facilmente detectado e removido via cirurgia astral. A maior parte deles foi
implantado no Corpo Astral, que apesar de ser menos denso possui maior capacidade de
adaptação a esse tipo de material de origem extraterrestre. Ele tem a capacidade de
armazenar informações e copiar os padrões cerebrais do portador, podendo assim, serem
replicadas em um clone qualquer. Atualmente este tipo é pouco empregado por ser muito
arcaico para as atuais tecnologias, empregadas na dominação da humanidade ou dos grupos
em ressonância com as trevas. Este implante possui algumas variações que servem para
isolar o sistema nervoso central. Neste caso, podem ser encontrados na base do cérebro e na
lombar, controlando o nervo ciático, inclusive.
Assim, a pessoa fica sem condições de acessar os patamares da espiritualidade e perde a
sensibilidade mediúnica, ficando presa aos hologramas que lhe são enviados pela
programação do implante neural e do controle nervoso do que está na lombar.
Cristal Geométrico: é um cristal que pertence ao arquétipo monádico e espiritual da
pessoa, por estar dentro da hipófise e pineal, normalmente.
As equipes do Comando Estelar e da Operação Resgate, normalmente, usam esse ponto
como centro de canalização e contato com as pessoas.
Em geral, esses cristais, que podem ser em elevado número, possuem relação com o
potencial de canalização e sensibilidade mediúnica. Eles são implantes que desenvolvem a
consciência Crística das pessoas, dos transmigrados da Luz ou missionários da Luz. Esses
que devido à alta densidade molecular de seus corpos necessitam de impulsos de luz capazes
de restabelecer parte do equilíbrio necessário, para que possam efetuar suas tarefas
programadas antes de encarnarem.
Sua constituição pode variar do Quartzo, Berílio, Diamante, Topázio, Ametista, Citrino,
Lápis Lazuli, além de outras estruturas de cristais. Também pode, em casos mais raros, ser
da estrutura do Astrastone que é um super Diamante. Através da sua estrutura geométrica
estabelecem parte do equilíbrio necessário para as trocas de informações, entre a consciência
estelar e a terrestre. Muitos desses portadores são as águias do Comando Ashtar.
Trata-se de implantes de cristal afinados com a estrutura genética do ser físico. Portanto, são
implantes que se materializam à medida que o ser está preparado para desenvolver a tarefa
Crística que se comprometeu antes de encarnar.
Uma correção importante que deve ser feita neste material é esclarecer que estes cristais não
são implantes como se acreditava até então. São na verdade extensão do corpo Morontial,
que está interligado ao Átmico, e consequentemente, atua com os outros corpos sutis.
As pessoas que são mais sensíveis mediunicamente e tem maior gradiente de ativação,
apresentam maior concentração desses cristais em seu organismo. Este tipo de cristal não é
detectável por equipamentos comuns, mas médiuns podem detectá-lo. Ele pode se decompor
na corrente sanguínea e na urina de uma pessoa, quando não há mais necessidade do mesmo.
Serve apenas para transmitir impulsos e despertar a pessoa, podendo ser um transmissor de
impulsos superiores do Eu Superior e servir de monitoramento para os irmãos de Luz que
buscam ajudar a humanidade. Este tipo não pode ser retirado via cirurgia, pois está radicado
em todos os corpos sutis da pessoa.
Ele somente responde aos impulsos da Divina Presença EU SOU e das equipes de luz que o
projetaram para esse fim. Possui um programa em coordenação direta com o EU SOU, o que
invalida a sua utilização para manipulação das trevas. Esse cristal é uma extensão direta do
DNA Sagrado dos portadores, não causa dores e nem mal estar. Pode servir para controlar os
efeitos físicos da expansão áurica, que normalmente, cria problemas elétricos de espasmos
musculares. O que tem deixado milhares de pessoas perturbadas por não existir explicação
médica para esses casos.
Cada um dos diferentes tipos de cristais possui um determinado formato geométrico, de
acordo com a origem estelar de cada humano encarnado.
Alguns entrantes da Luz os empregam para ajudar a desenvolver suas funções aqui na Terra
e para não sofrerem as interferências negativas das forças sinistras, via mídia e outras
técnicas empregadas para densificar as energias psíquicas no planeta. Portanto, esse tipo de
cristal apresenta uma ajuda direta e não causa problemas para seu portador. Já que, no
momento em que o trabalho está concluído ou que o portador deixa de vibrar no caminho
determinado pela Luz e pela programação Crística, o mesmo se desintegra e é eliminado de
forma natural.
Muitos clones espaciais que aqui vem ajudar nos contatos com as cidades intraoceânicas e
intraterrenas, no esclarecimento ou no resgate espiritual, possuem este tipo de implante. Para
que assim, a alma que ocupa esse corpo transitório possa estar imune das radiações densas
deste planeta e não serem canalizadas para a mente espiritual do controlador desses clones.
Lembrando que muitas culturas extraterrestres, que buscam o despertar e caminham na
redenção de suas faltas, residem em grandes cidades nos oceanos há milhares de anos e
possuem comunicação com grandes bases e cidades intraterrenas.
Estas civilizações recebem regularmente visitas e em muitos casos, existem delegações de
luz de extraterrestres ligados ao Comando Ashtar para elevar e conduzi-los ao verdadeiro
despertar na Luz.
Estes implantes auxiliam ao despertar da 3ª visão. Na medida em que o ser desperta sua luz
interior, seu Cristo Interno, este implante se desintegra para que o Mestre surja de forma
plena. Existem diversas informações sobre este tipo de implante, mas que oportunamente
serão reveladas para cada um dos canais em particular, que o possuírem na sua jornada rumo
à reintegração cósmica.
Saibam então, que nem todos os implantes são de ordem maligna. Lembrem-se que o
organismo humano está dentro de uma esfera de energia muito densa, o que implica em
artifícios para que seus companheiros espaciais possam contatá-los e desenvolverem seus
programas de resgate planetário e espiritual.
No momento que estiverem com dúvidas sobre esse assunto apele para a amada Mãe Maria e
Arcanjo Rafael, que são autoridades nisso. Em casos de problemas com abduções apelem
para a autoridade do Arcanjo Miguel e Sananda.
Implante Parasita – Chip Parasita: implante comum em centros públicos de atendimento. Ele
é um ser vivo que pode parasitar o organismo e se enredar por completo em todo o sistema
Raquidiano e ao longo da coluna vertebral como um poderoso obsessor, introduzindo vírus e
bactérias no seu portador, muitas vezes.
Ele é um tipo especial orgânico que cresce e participa dos processos de divisão celular de
seu portador, impedindo assim, a sua retirada convencional.
Normalmente, o uso de energia Crística dirigida tem o poder de desintegrá-lo e retirá-lo, mas
isso só pode ser feito por um grande Mestre de cura, que possui elevado conhecimento de
anatomia humana e estudos específicos em engenharia genética espiritual dos planos
superiores. Como exemplo temos o Mestre Hilarion.
Esse implante foi desenvolvido por seres de Vega, Zeta Reticulli e de Andrômeda. Pessoas
que são membros oficiais do SGS possuem este tipo de implante, para garantir que sejam
mantidas sob controle. Assim, os próprios mandantes são escravos de seus contratos com as
trevas e passam a trabalhar em muitos casos por pressão e medo da morte.
Muitos MIB’s (Agentes secretos com poderes extra-sensoriais e técnicas de extermínio, que
atuam acima da Lei e possuem livre acesso a todos os órgãos governamentais da Terra. São
capazes de controlar e assumir a mente das pessoas à distância, com a capacidade de impor a
sua vontade. Eles são para muitos, verdadeiros Scanners, como nos filmes. Existem duas
fileiras desse grupo, a original de Órion e as desenvolvidas pelo SGS desde os anos 70, com
clonagens avançadas e aperfeiçoamento genético dos projetos de Hitler, da raça perfeita.
Além de outras fontes extraterrestres miscigenadas a nossa estrutura genética)são
programados aqui na Terra pelo SGS possuem este tipo de implante para garantir que sejam
fieis à programação e não se libertem ou tenham acesso de conscientização Crística, como já
ocorreu no passado.
Alguns membros que vieram originalmente da Polícia Temporal e racial, de alguns planetas
da constelação de Órion, se libertaram.
Este tipo de implante não pode ser removido facilmente por médiuns. Além de ser uma
cirurgia espiritual difícil, pode resultar em paralisia do portador. Torna-se necessário que a
consciência desse portador seja transferida para um corpo reserva, clonado antes de
efetuarem a retirada.
Implante Arterial: nova forma de implante muito sutil que copia por completo o sistema
arterial e venoso de sua vítima. Dessa forma, permite extrair o sangue e inserir sangue verde
reptiliano e outras substâncias nos corpos Emocional e Astral da pessoa.
Em quatro meses, aproximadamente, a pessoa perde a conexão original com o seu EU SOU
e fica a mercê do clone que é controlado pelos grupos rebeldes.
Cada ponta dessa malha de veias ou artérias é conectada a um órgão do corpo humano, o que
remove a vitalidade ou insere o que for necessário nos corpos sutis. O desenho mostra uma
forma aproximada, que já foi encontrado em diversas pessoas, principalmente a partir de
agosto de 2008.
Ou seja, é uma nova tecnologia que muitas vezes é difícil de detectar, mesmo por médiuns
com a vidência bem trabalhada, pois está mais sutil do que os anteriores.
Ao removê-lo temos que ter cuidado, pois ele é profundo e usa pontos chaves dos meridianos
de Acupuntura para se instalar e ficar preso. Caso não seja removido por completo ele se
reproduz entre 72 e 108 horas, o que acaba por intensificar a sua energia como um vírus
astral.
Tem sido implantado por ordem dos Xopatz e seus grupos diretos, além da ajuda de Marduk
e outros Anunakis negativados.
NEURÔNIOS

AXÔNIO

O axônio é uma parte do neurônio responsável pela condução dos impulsos


elétricos que partem do corpo celular, até outro local mais distante, como um
músculo ou outro neurônio.
Implante Neural: é colocado sobre as ligações dos Axônios para inserir hologramas e monitorar as
trocas energéticas entre os diferentes corpos e as canalizações dos médiuns.
Passou a ser comum em pessoas com elevado stress e trabalhos que exijam lógica e matemática, que
possuem desenvolvimento mental do raciocínio.
Esses implantes tem a função de controlar as reações elétricas e bioquímicas do cérebro e com isso,
limitar o desempenho do raciocínio e inteligência das pessoas. Acredito que na nossa linha de
desenvolvimento tecnológico ele seja mais utilizado para controlar os trabalhos e a direção, que o
SGS e outros grupos querem que a tecnologia alcance. O que cria uma dependência do que já foi
instaurado por eles. Ele pode ser sutil ou mesmo físico. Possui o tamanho equivalente a bactérias, ou
seja, bem diminuto e por esse motivo não é visualizado por grande parte dos videntes.
Ele possui uma cor etérica diferente da estrutura neural das pessoas, por esse motivo ao se
concentrarem podemos visualizá-lo.
Pode ter esse tipo de estrutura, mas em diferentes formas, em alguns casos já apareceu como uma
membrana de celofane cobrindo a rede neural da pessoa, muito parecido com a sua energia.
É difícil de ser detectado, porém a sua remoção é fácil utilizando a projeção mental, cores
ativas de Violeta, Dourado e Verde Fogo, além de ancorar a energia dos Mestres e
respectivas equipes da Ordem Santa Esmeralda.( O Comando Santa Esmeralda surgiu a
partir de uma aliança de cura estelar e pesquisas na área de genética. Essa aliança foi feita
por uma importante Hierarquia de seres de luz de Alfa Centauro, onde nosso amado Mestre
Hilarion é um dos representantes dessa hierarquia para nosso planeta, dentro das fileiras da
Fraternidade Branca, coordenando o quinto raio de cura e verdade. Porem, na verdade, a
atuação deste Comando multidimensional é sustentado por um poderoso Merkabah que se
manifesta além da nona dimensão, tendo o Arcanjo Rafael no comando dessa Nave de Luz e
cura. O Comando Santa Esmeralda ou federação Santa Esmeralda atua paralelamente com as
Equipes do Comando Ashtar e as Fraternidades solares dentro do projeto de resgate Crístico
da Terra.)
Implante de Monitoramento: pelo que sabemos é um implante que serve de monitoramento e
indutor de energia radiônica para colocar a pessoa em um campo de sinalização e
observação.
Funciona como um rastreador.
Normalmente, os que foram identificados nesta classificação são de origem física e só
podem ser removidos de forma cirúrgica, o que em algumas situações não é recomendado.
A hierarquia pode efetuar a remoção, por desintegração, no prazo de 3 a 8 dias, conforme a
energia da pessoa e a contaminação que ela tenha com energia ou contratos com os
responsáveis.
Implante Draconiano: ele é inserido em qualquer parte da coluna da pessoa e se acopla
em todo o sistema nervoso central.
O problema deste tipo é que pertence a uma linha draconiana de répteis, que está sendo
inserida no sistema nervoso para ativar a ancestralidade reptiliana de almas que no momento
estão encarnadas na forma humana, mas que eram draconianos antes de estarem na Terra.
Normalmente, o que temos que fazer aqui é ajustar as disparidades e deixar as equipes
maiores realizarem o trabalho de ajuste e equilíbrio. Os corpos sutis e o corpo criogênico
desse ser estão conectados ao Físico, servindo de base para a transferência de material
genético e informações entre os dois corpos e demais realidades paralelas.
Este implante possui desdobramento de no mínimo 12 corpos, normalmente, para poder
atuar com a linha draconiana e humana. Portanto, ele tem relação umbralina entre 6ª
infradimensão, até 7ª dimensão sutil dos draconianos estelares.
Isso resulta em uma extensa e complexa projeção dos desdobramentos dessa raça e das
realidades temporais que utilizam na Terra, além de outros impérios que eles são ainda
sustentadores.
Neste caso só se consegue atuar com a permissão do Conselho de Sananda, Arcanjo Miguel
e seres dessa magnitude, pois acabamos interagindo com frequências além da estrutura
terrestre, que na maioria dos casos envolve política interestelar.
Implante Medusa: implante na forma de Medusa encontrado frequentemente. Pertence ao grupo dos
Xopatz, sendo um dos que eles mais fazem uso.
Normalmente, é colocado nas costas da pessoa sobre o Umeral deixando ela sem vitalidade e sem
controle de sua personalidade. Com o tempo ele corta a conexão espiritual e coloca a pessoa na
condição de um zumbi dessa raça.
Este implante tem frequência do Umbral entre 3ª e 7ª infradimensão e pode ser detectado até 6ª
dimensão, onde ele se desdobra em diversos pontos sutis dos impérios intraterrenos dos Xopatz e dos
planetas que eles tem dentro de seu âmbito de poder.
A remoção é relativamente fácil se o realizador quântico tiver com um Tronado bem acoplado e com
o foco de Miguel e Gabriel. Este implante sai como uma carapaça da pessoa, porém tem que penetrar
em todas as realidades que ele atua no corpo. Isso pode demorar alguns minutos e deixá-lo exaurido.
Normalmente, a dor que esse implante gera é aguda e produz uma estranha sensação nas
costas. Ao penetrar os pulmões gera sérios problemas de respiração e falta de ar. Cada um
desses tentáculos penetra no corpo da pessoa e seus filamentos acabam por perfurar e deixar
carga virótica em cada órgão atingido. Por esse motivo a sua remoção é delicada e
demorada, pois é necessário remover cada filamento encontrado. Eles podem inclusive
atingir a corrente sanguínea.
Normalmente, os membros da Ordem Santa Esmeralda é que realizam a cirurgia e o
tratamento de restauração orgânica da pessoa durante, pelo menos, sete dias após a remoção
desse aparelho. Esse tipo de Medusa faz a remoção do material genético para clonagem.
Implante de Fluxo de Energia: este implante é encontrado no coração da pessoa, normalmente. Possui
a função de criar um campo emissor de energia e frequências que interferem no fluxo de energia da
Chama Trina, para que a intuição da pessoa não possa ser manifestada.
Normalmente, é utilizado quando a pessoa já possui outros implantes e está com algum entrante nas
proximidades, se encontrando tomada pelas forças sinistras. Ele se localiza no coração e,
normalmente, em quatro diferentes níveis de energia dimensional. Dessa forma, pode controlar as
emissões psíquicas de intuição e afastar os amparadores do ser.
Em algumas pessoas já localizei algo similar com esses discos na glândula pineal e nas têmporas,
mas o mais comum é no coração e nas suas ramificações. Acredito que essas ramificações sejam para
efetuar o controle mais extenso de outros corpos e o nível de radiação de interferência.
Além de criar hologramas e falsas visões intuitivas na pessoa. Ele foi criado para dificultar a
comunicação das pessoas com a espiritualidade e impedir que os Mestres se comuniquem com seus
canais na realidade terrestre.
Implante Coletor de Material Genético: este foi encontrado em próstatas e testículos de
pessoas que passaram pelo processo de abdução por Grays e outras raças.
É usado para a remoção de material genético com a finalidade de criação de uma nova raça.
Ele é inserido na parte física da pessoa e possui um tamanho de até dois centímetros.
Permanece ramificado na genital masculina extraindo informações e sinapses endócrinas das
relações sexuais de suas vítimas. Com isso, se alimenta da energia do material que foi
extraído e está sendo usado em outros planos dimensionais.
Normalmente, a pessoa que passa por uma abdução dessa natureza fica presa para análises
com regularidade. Assim, o implante é uma ferramenta usada para manter sob controle e
estudo suas vítimas. Os outros corpos dessa pessoa são clonados para manter a linha de
contato, além disso, óvulos são fecundados com esse material genético.
A vitalidade física é atrelada a esse corpo que alimenta todos os testes e procedimentos do
estudo energético, para que a nova matriz se sustente em outra dimensão. Já existem mais de
830 mil seres criados a partir desses estudos, em naves de 5ª dimensão.
Eles são parte do projeto encarnacional dos Grays e Zetas para poderem, a partir disto, criar
uma nova civilização e eliminar o problema genético que possuem. A compatibilidade
genética entre humanos e Grays com Zetas está parcialmente solucionada.
Novas matrizes estão sendo empregues no desenvolvimento de um ciclo encarnacional. No
entanto, o SGS interferiu criando uma nova problemática, pois eles estão desde o Projeto
Rambow estudando os super soldados e outras ramificações a partir dos projetos Grays,
desviando pesquisas para seus interesses nefastos de poder e controle.
O que tem feito com que muitas dessas abduções não sejam dos Grays, mas sim do SGS que
acaba criando uma divulgação negativa contra os Grays e outras formas de vida.
Implante Uterino: este outro aparelho foi encontrado na parte energética de muitas mulheres que
foram abduzidas ou que estão sob vigilância.
Isto no mesmo tipo de projeto de reprodução de fetos em laboratórios em realidades paralelas dos
Grays e Zetas. Porém, o SGS também passou a se apoderar desse tipo de projeto e já inseriu algumas
variações desse aparelho em milhares de mulheres nos Estados Unidos e em outros países, onde a
sua ação é mais fácil.
Da mesma forma, como foi exposto no implante anterior, este gera um monitoramento da mulher e
análises de seu ciclo sexual. Em outros casos altera o ciclo menstrual e a libido da portadora.
Ele pode estar na parte sutil e em alguns casos no Físico. Seu tamanho é grande por estar acoplado
na pélvis feminina, principalmente na parede uterina e nos ovários, de forma a controlar todo o
processo de ovulação e o comportamento sexual.
Implante Uterino: este outro aparelho foi encontrado na parte energética de muitas mulheres
que foram abduzidas ou que estão sob vigilância.
Isto no mesmo tipo de projeto de reprodução de fetos em laboratórios em realidades
paralelas dos Grays e Zetas. Porém, o SGS também passou a se apoderar desse tipo de
projeto e já inseriu algumas variações desse aparelho em milhares de mulheres nos Estados
Unidos e em outros países, onde a sua ação é mais fácil.
Da mesma forma, como foi exposto no implante anterior, este gera um monitoramento da
mulher e análises de seu ciclo sexual. Em outros casos altera o ciclo menstrual e a libido da
portadora.
Ele pode estar na parte sutil e em alguns casos no Físico. Seu tamanho é grande por estar
acoplado na pélvis feminina, principalmente na parede uterina e nos ovários, de forma a
controlar todo o processo de ovulação e o comportamento sexual.
Conforme o que tenha sido estabelecido essa mulher muda por completo o seu
comportamento sexual e passa a ser abduzida com frequência. Sonhos com extraterrestres é
um sintoma comum, assim como dor na pélvis e ovários. Em alguns casos este implante faz
a conexão com seres do Umbral do tipo Íncubos ou Súcubos, gerando a condição de escrava
sexual de seres e vibrações mais densas.
Isso faz com que a pessoa tenha hábitos sexuais desarmônicos e uma intensa necessidade de
sexo. O que cria um fluxo de energia e emanação de ectoplasma que alimenta o corpo
clonado e a energia para dar sustentação ao útero sutil que é usado para gerar vida em ciclos
regulares.
A mulher passa a engravidar nos planos sutis e alimenta essa gravidez através do ectoplasma
que lhe é removido a cada relação sexual. Motivo pelo qual lhe é inserida a necessidade de
sexo, numa gama vibracional bem densa. Normalmente, se mistura drogas e outros materiais
para maior estímulo do efeito de vampirização.
Implante de Hologramas:ele foi encontrado poucas vezes e ainda é estranho, pois seu uso é
relativamente recente. Pelo que sabemos é utilizado para controlar e gerar hologramas na
percepção extrasensorial ou 3ª visão das pessoas.
Ele cria um bloqueio da visão sensorial e gera hologramas e sensações endócrinas que fazem
as pessoas acreditar nesses hologramas. Acredito que esteja em fase de testes.
Pelo que sabemos, ele foi aprimorado e pode ser encontrado em outros formatos mais
dinâmicos e sutis que esse. Essa tecnologia faz parte das pesquisas reptilianas e insectóides e
está sendo usada para estudos do processo endócrino da paranormalidade humana. Tem sido
empregado, em pesquisas após a abdução, para avaliação do processo em pessoas que estão
portando material genético reptiliano.
Por ser ainda muito recente não temos muitas avaliações do que eles ainda pretendem
realizar, mas o procedimento de alterar a sensibilidade da 3ª visão já é um fato. Ele é
inserido na testa da pessoa durante o sono, ficando entre o Duplo Etérico e o Astral e pode
ser cristalizado na fisicalidade em poucos meses.
Existem programas a serem desenvolvidos pelas pessoas que recebem determinados
implantes e essa programação está relacionada com a posição social e política que o portador
representa dentro da sociedade humana. Por esse motivo que a programação e mutável e
adaptada aos interesses dos grupos estelares que estão envolvidos com a política terrestre e
os Anjos Caídos.
A programação dos implantes pode levar a vida das pessoas a mudanças sem precedentes,
além de alterar o comportamento da mesma de forma que nem a família mais reconheça suas
atitudes.
É difícil definir um comportamento especifico, porém os dados mais comuns é que essas
pessoas perdem as lembranças mais distantes a partir dos 2 anos do momento presente delas,
passam a apresentar um comportamento frio e sem emoções, movimentos corporais lentos e
mecânicos, os olhos ficam negro com muita facilidade, ou seja, a dilatação da pupila é muito
rápida, e devido a essa hipersensibilidade, eles evitam olhar diretamente para os olhos das
pessoas.
Mas a maior diferença encontra-se no isolamento e mudança comportamental para com as
pessoas próximas, demonstrando alterações profundas nos relacionamentos familiares.
Dessa forma essas pessoas passam a controlar as famílias através das entidades existentes
em seu campo energético e a desestabilizar a união familiar, criando a separação psíquica.
Basicamente os implantes geram a condição da discórdia e desunião entre as pessoas que
estão próximas aos implantados, criando assim a desarmonia que facilita o quadro obsessor
entre as pessoas próximas.

Você também pode gostar