Você está na página 1de 5

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE CELORICO DE BASTO

A)-Grande parte das palavras que usamos hoje em português evoluiram da língua latina. As
diferenças que encontramos entre a palavra atual e o vocábulo latino resultam de diversos
processos de transformação que ocorrem ao longo do tempo. Tais processos consistem na
queda, adição ou permuta de fonemas.

1) Atente na evolução fonética das seguintes palavras e descubra qual o processo adequado a cada
caso.

a) octo > oito ________________


b) spiritu > espírito ________________
c) lacu > lago _______________
d) manu > mão ________________
e) humile > humilde ________________
f) matre > madre ________________
g) plenum > pleno _________________
h) semper > sempre__________________

2)- As transformações fonéticas são diversificadas e podem ocorrer em qualquer parte da palavra
(princípio, interior, fim). Para já, vamos concentrar-nos nos fenómenos de queda de fonemas.
Quando cai um fonema no início da palavra dizemos que ocorreu uma aférese; quando é no interior
da palavra, ocorreu uma síncope; quando é no fim da palavra, ocorreu uma apócope.

2.1)- Classifique apenas os fenómenos de queda.

a) malu > mau __________________


b) inamorare > namorar ___________________
c) attonitu > tonto ___________________
d) colore > cor _________________
e) legale > legal _________________
f) plenum > pleno _________________
g) luna > lua __________________

3)- No que diz respeito aos fenómenos de adição, quando se acrescenta um fonema no início da
palavra, ocorre uma prótese; quando se acrescenta um fonema no interior da palavra, ocorre uma
epêntese; quando se acrescenta um fonema no fim da palavra, diz-se que ocorre uma paragoge.

3.1) Classifique apenas os fenómenos de adição.

a) stare > estar __________________


b) credo > creo > creio ____________________
c) humile > humilde ____________________
d) ante > antes _________________
e) spiritu > espírito _________________
4) Por último, existem fenómenos fonéticos que consistem na permuta de fonemas. São os seguintes:

metátese: fonemas que mudam de lugar; assimilação: fonemas que se tornam iguais ou semelhantes
dissimilação: fonemas iguais ou semelhantes que se
sonorização: uma consoante surda que se torna sonora
tornam diferentes
vocalização: sons consonânticos que se tornam palatalização: um conjunto de fonemas consonânticos que se
vocálicos torna palatal
nasalação: um fonema oral que se torna nasal desnasalação: um fonema nasal que se torna oral
contração: duas vogais que se contraem numa só ou
num ditongo ( crase e sinérese)

4.1) Classifique apenas os fenómenos de permuta.


a) semper > sempre _________________
i) ipsu > isso __________________
b) ipse > esse __________________
j) anima > anma > alma ___________________
c) rana > rãa > rã __________________
d) absente > ausente _________________ k) lege > lee > lei ___________________

e) legere > leer > ler _________________ l) lacu > lago __________________

f) amicu > amigo _________________ m) bona > bõa > boa __________________
g) vicinu > vizinho __________________ n) clave > chave _________________
h) oculu > oclu > olho ___________________
B) Atente nas transformações ocorridas durante a evolução das palavras que se seguem e
classifique todos os fenómenos fonéticos presentes.

a) lanam > lana > lãa > lã ______________________________________________________


b) legem > lege > lee > lei ______________________________________________________
c) clavem > clave > chave ______________________________________________________
d) macula > macua > magua > mágoa _____________________________________________
e) actu > autu > auto __________________________________________________________
f) tenebras > teebras > tebras > tevras > trevas _____________________________________
g) persicum > persicu > persico > pessico > pessigo > pêssego _________________________
h) materia > mateira > madeira __________________________________________________
i) plenum > plenu > pleno > cheno > cheo > cheio __________________________________
j) rana > rãa > rã _____________________________________________________________
k) rotundo > rodondo > redondo _________________________________________________
l) bona > bõa > boa ___________________________________________________________
m) dolore > door > dor _________________________________________________________

C) Resumindo: (risque o que não interessa)

a) A aférese consiste na queda/adição de um fonema no início/interior/fim de uma palavra.


b) A assimilação/vocalização consiste na transformação de fonemas iguais ou
semelhantes/diferentes em fonemas iguais ou semelhantes/diferentes.
c) A epêntese consiste na permuta/adição de um fonema no interior/fim da palavra.
d) A apócope consiste na permuta/queda de um fonema no fim/início da palavra.
e) A vocalização/nasalação consiste na transformação de uma consoante/vogal nasal em
vogal/ditongo.
f) A prótese consiste na adição/permuta/queda de um fonema no início/inteior/fim da palavra.
g) A contração/sonorização consiste na transformação de duas vogais numa só ou num ditongo.
h) A palatalização/sonorização/metátese consiste na mudança de lugar de fonemas dentro de uma
palavra.
i) A palatalização/sonorização/metátese consiste na transformação de uma consoante surda numa
sonora.
j) A paragoge/síncope é um fenómeno de queda/permuta.
k) A dissimilação/palatalização consiste na transformação de fonemas semelhantes ou iguais em
fonemas diferentes.
l) A nasalação/palatalização consiste na transformação de um grupo consonântico em
ditongo/palatal.
CORRECÇÃO DA FICHA

PROCESSOS DE EVOLUÇÃO FONÉTICA

a) octo > oito – permuta


b) spiritu > espírito – adição
c) lacu > lago – permuta
d) manu > mão – queda
e) humile > humilde – adição
f) matre > madre – permuta
g) plenum > pleno – queda
h) semper > sempre – permuta

FENÓMENOS DE QUEDA

a) malu > mau – síncope


b) inamorare > namorar – aférese do “i” e apócope do “e”
c) attonitu > tonto – aférese do “a” e síncope do “i”
d) colore > cor – síncope do “l” e apócope do “e”
e) legale > legal – apócope
f) plenum > pleno – apócope
g) luna > lua – síncope

FENÓMENOS DE ADIÇÃO

a) stare > estar – prótese


b) credo > creo > creio – epêntese
c) humile > humilde – epêntese
d) ante > antes – paragoge
e) spiritu > espírito – prótese

FENÓMENOS DE PERMUTA

a) semper > sempre – metátese


i) ipsu > isso – assimilação
b) ipse > esse – assimilação
j) anima > anma > alma – dissimilação
c) rana > rãa > rã – nasalação / contração
d) absente > ausente – vocalização k) lege > lee > lei – contração

e) legere > leer > ler – contração l) lacu > lago – sonorização

f) amicu > amigo – sonorização m) bona > bõa > boa – nasalação > desnasalação
g) vicinu > vizinho – sonorização / palatalização n) clave > chave – palatalização
h) oculu > oclu > olho – palatalização
CLASSIFICAÇÃO DOS DIVERSOS FENÓMENOS QUE OCORRERAM DURANTE A
EVOLUÇÃO DESTAS PALAVRAS

a) lanam > lana > lãa > lã – apócope > síncope > nasalação > contração
b) legem > lege > lee > lei – apócope > síncope > contração
c) clavem > clave > chave – apócope > palatalização
d) macula > macua > magua > mágoa – síncope > sonorização
e) actu > autu > auto – vocalização
f) tenebras > teebras > tebras > tevras > trevas – síncope > contração > sonorização >
metátese
g) persicum > persicu > persico > pessico > pessigo > pêssego – apócope > assimilação >
sonorização > assimilação
h) materia > mateira > madeira – metátese > sonorização
i) plenum > plenu > pleno > cheno > cheo > cheio – apócope > palatalização > síncope >
vocalização
j) rana > rãa > rã – síncope > nasalação > contração
k) rotundo > rodondo > redondo – sonorização > dissimilação
l) bona > bõa > boa – síncope > nasalação > desnasalação
m) dolore > door > dor – síncope > apócope > assimilação

Você também pode gostar