Você está na página 1de 65

Entendendo O Sistema da Corte

Celestial: Segredos Bombásticos


que Mudarão sua Vida
Bill Vincent

Traduzido por Anderson Sathler Vieira


“Entendendo O Sistema da Corte Celestial: Segredos Bombásticos que Mudarão sua
Vida”
Escrito por Bill Vincent
Copyright © 2019 Bill Vincent
Todos os direitos reservados
Distribuído por Babelcube, Inc.
www.babelcube.com
Traduzido por Anderson Sathler Vieira
“Babelcube Books” e “Babelcube” são marcas comerciais da Babelcube Inc.
Sumário
Página do Título

Página dos Direitos Autorais

Entendendo O Sistema da Corte Celestial: Segredos Bombásticos que


Mudarão sua Vida

Introdução

Capítulo Um Recuperando Autoridade

Capítulo Dois Anjos Soltos

Capítulo Três Faça Decretos

Capítulo Quatro O Julgamento de Deus

Capítulo 5 Decretos de Avanços Apostólicos

Sobre o Autor

Livros Recomendados
Heaven’s Court System
Heaven’s Court System
Bringing Justice for All
Bill Vincent
Heaven’s Court System
Copyright © 2016 by Bill Vincent. All rights reserved.
No part of this publication may be reproduced, stored in a retrieval
system or transmitted in any way by any means, electronic, mechanical,
photocopy, recording or otherwise, without the prior permission of the
author except as provided by USA copyright law.
Published By
Revival Waves of Glory Books & Publishing
PO Box 596
Litchfield, IL 62056
http://www.revivalwavesofgloryministries.com
Revival Waves of Glory Books & Publishing is committed to excellence
in the publishing industry.
Published in the United States of America
Paperback: 978-1-60796-594-7
Índice
Introdução
Capítulo Um: Recuperando Autoridade
Capítulo Dois: Anjos Soltos
Capítulo Três: Faça Decretos...........................................2
Capítulo Quatro: Julgamento de Deus
Capítulo Cinco: Decretos de Avanços Apostólicos
Sobre o Autor
Livros Recomendados
Introdução

E
stou lhe dizendo que este é o momento mais crítico e
crucial de todos os tempos. Eu realmente acredito que há
coisas que estão sendo iniciadas, coisas que derem início,
aleluia. Às vezes, ficamos tentando algo mas as portas não
se abrem, as coisas não acontecem. Você continua a seguir
e continua a seguir e nada parece abrir, o que está
acontecendo? Você precisa de uma decisão tomada nos
tribunais? Eu acredito que sim. Comecei a procurar em
meu coração pelo que Deus quis falar hoje e, de repente,
Ele começou a falar.
Deus disse, corte celestial, sempre que surgir, Deus
disse o tribunal agora está em sessão.
Não me importo onde você está nas coisas de Deus, há
coisas a ponto de surgirem, como nunca antes, no corpo de
Cristo. As decisões estão prestes a serem tomadas
especificamente para o seu benefício, aleluia.
Você acredita que há poder no profético? Há poder em
decretos proféticos, aleluia. Parte do tribunal celestial está
decretando. O primeiro ponto sobre o qual quero falar é o
grau profético.
Eu quero falar um pouco sobre isso porque, se não
sabemos como decretar que realmente atingimos o alvo,
podemos declarar tudo o que queremos, mas se não
declararmos decretos que são de Deus, saberemos que eles
não vão acontecer?
Precisamos declarar o que Deus quer fazer por uma
temporada. É o mandato de Deus para esta temporada, é
uma revelação sobre os tribunais celestiais. Às vezes,
falamos sobre os tribunais de louvor. Nós realmente não
temos a sensação de entender, eu acredito como uma igreja
sobre o que realmente está acontecendo no céu. Eu entrei
em detalhes reais em um dos meus livros e alguns
ensinamentos no passado do sistema de tribunal celestial.
Fui linha por linha e preceito sob preceito.
Você não quer pregar sobre suas coisas antigas o
tempo todo, a menos que isso vá explorar algo novo,
aleluia. Quero falar brevemente também sobre anjos.
Tivemos alguma atenção angélica em reuniões de
avivamento.
Nós já tínhamos alguns anjos, nós tivemos alguns
anjos e se você não acredita em anjos, você também pode
esquecer o sistema judicial porque adivinhe, quem você
acha que faz as decisões tomadas no céu acontecem? São
anjos, os que estão trabalhando. Prepare-se, alegria.
Além disso, vamos entender a importância de fazer
decretos para ativar os céus e enfrentar a batalha contra o
plano de Deus e trazer a restauração em nossas vidas.
Deus criou Adão e Eva, no início, para que tivessem
domínio, lembrem-se que foram criados para ter domínio
no domínio terrestre, ter autoridade para fazer decretos na
terra. Você sabe o que acontecia sempre que Adão
começava a ser informado sobre nomear os animais? Ele
estava falando palavras para fazer com que fossem
cumpridas. Tudo já estava pronto, até Adão recebeu
autoridade de porta-voz de Deus. Tudo o que Deus fez no
começo entregou a Adão para que continuasse. Ele tinha a
palavra de poder.
A maior parte disso está se referindo às escrituras para
manter a escrita profética. Adicionamos um capítulo para
mais uma referência bíblica no final desta.
Capítulo Um
Recuperando Autoridade

A
credito que ainda devemos ter isso. Você acredita
nisso? Eu realmente acredito que precisamos readiquirir,
retome a autoridade que foi dada no jardim. Eu acredito
por causa do que Jesus fez, que nós temos esse direito.
Adão e Eva destruíram as instruções de Deus. O diabo
conseguiu roubar o domínio deles. Conhecido como um
todo para a igreja o diabo conseguiu? Há muitas pessoas
bonitas reunidas nos domingos de manhã, muitas pessoas
estão se reunindo cantando uma música, ouvindo uma
palavra, indo para casa. Na próxima semana, eles fazem
isso de novo. Pessoas que você conhece, pessoas que eu
conheço, pessoas que você ama, pessoas que eu amo. O
problema é que eles estão vivendo em um dia de Adão e
Eva caídos, não um dia de Jesus Cristo ressuscitado.
Deus me disse esta manhã como eu estava ... Eu estava
com muito tempo, Tabitha estava fazendo algumas coisas
e, de repente, eu ouvi Deus dizer isso. Muitos dentro da
igreja me amam, falava sobre Ele, mas muitos dentro da
igreja não me conhecem. Isso se tornou tudo atos de uma
peça. Tudo virou uma brincadeira. Como igreja nos
tornamos inteiramenta longe do verdadeiro evangelho, o
verdadeiro poder de Deus. Estou lhe dizendo que Deus
conseguiu ... Saiu da Igreja. Todo mundo está por aí com a
antiga religião dos tempos antigos, aleluia. Me dê essa
religião antiquada, aquela antiga canção que
costumávamos cantar.
Me dê essa religião antiga, aleluia. Eu costumava
cantar aquela música e pensava estar indo a algum lugar,
Aleluia. Você sabe o que essa música realmente deve
significar e eu acredito que isso deveria significar algo
mais do que quando foi originalmente escrita, antes de ser
colocada em um hinário, me dê essa religião antiga do
livro de Atos. Isso é o que a religião deveria ser. Virando o
mundo de cabeça para baixo. A religião se torna morta em
vez de viva, Aleluia. Eu tenho que pregar sobre isso,
vamos continuar. Eu apenas O sinto agora.
Para piorar a situação, a desobediência de Adão e Eva
causou a toda a humanidade, todos nós sofremos sob uma
maldição de pecado para perder o nosso domínio sobre a
Terra. Não mudou muita coisa, a decisão de um homem
pode ser uma queda para muitos homens e mulheres. Às
vezes, você não percebe suas decisões e a importância
delas até que seja tarde demais. Quantos sabem que Adão
e Eva provavelmente não perceberam o que eles levavam
sobre seus ombros? Aleluia, mas, ao mesmo tempo,
podemos falar mal sobre isso e podemos nos referir a essa
história como Adão e Eva caídos, que tinham tudo o que
podiam pedir, mas ainda queriam a única coisa que não
poderiam ter.
Podemos zombar, podemos falar sobre isso, podemos
nos referir a isso, mas quer saber..., até que você seja
colocado neste lugar, até chegar ao lugar onde você é
colocado em um lugar de paraíso, e te dizem para não
participar de uma parte, uma fruta que você não deve
comer, Você nunca pode dizer que não iria tocá-la. Há
coisas que presenciei, onde ministros que me disseram que
nunca iriam ter um caso extraconjugal. Muitas vezes você
sabe o motivo pelo qual eles nunca teriam uma chance. Eu
nunca tive uma avestruz, mas ninguém também nunca me
ofereceu uma, aleluia.
Às vezes chegamos a um lugar e pensamos em nós,
estarmos mais alto e acima de todos, mas nunca estivemos
em seus lugares para saber de fato, nunca nos pusemos em
sapatos. Acredito que o que estou fazendo agora é que
precisamos para nos redimir como um corpo de Cristo
para que a corte celestial volte a sessão. Não podemos ter
o tribunal do céu nos apoiando se estamos caminhando no
caído. Todos perdemos o poder de fazer decretos reais,
mas Deus não nos deixou indefesos. Ele enviou Jesus
Cristo. Não sei como estaremos sozinhos neste fim de
semana, mas nós vamos dar tudo de qualquer forma. Ele
enviou Jesus Cristo para nos resgatar. Ele nos deu sua
palavra viva para vir corajosamente diante do trono da
graça para participar de um sistema de tribunal divino.
Nós somos capazes de fazer isso por causa do que
Jesus fez por nós. Deus nos deu um domínio melhor do
que no início. Mesmo com o que Adão e Eva fizeram, nós
temos um melhor domínio do que eles tiveram. Nosso
domínio inclui um domínio espiritual onde podemos tomar
autoridade sobre o diabo no reino celestial. Podemos
tomar autoridade. Você precisa tomar autoridade sobre o
diabo no reino celestial.
Às vezes você tem que lutar. Isso é chamado de céu,
você acredita nisso? A Terra é o céu, você acredita nisso?
Não parece ser céu nenhum para mim. É considerado
bíblicamente um céu. Onde o diabo está e todas os seus
correligionários estão no segundo céu. Esta é a nossa
residência temporária porque eles tem uma sentença onde
passarão a eternidade no inferno. Aleluia. Exceto para
aqueles que já foram lançados para os lugares secos. Há
um terceiro céu onde Deus é e todos os anjos são e a zona
do trono sobrenatural é. Aleluia, muitas vezes quando
você está pressionando e você não está sentindo de fato a
presença gloriosa de Deus, porque você está tendo que
lutar pelo segundo céu para chegar ao terceiro.
Muita parte do corpo de Cristo desistiu e ficamos
complacentes ao que não estamos lutando mais contra.
Estou dizendo-lhes sobre a necessidade violenta tomar
pela força. Temos que parar de permitir que o inimigo nos
distraia e nos empurre para trás. Temos um direito da parte
Deus de chamar o céu para descer. Sim nós temos. Temos
o direito de participar desse tribunal.
No céu, onde o diabo acusa e Deus e seus anjos
praticam a justiça. O diabo acusa do seu céu e Deus libera
a justiça do seu. Vamos em frente. Deixe-me dizer-lhe
algo, quando você se ajusta aos parâmetros da corte
celestial, a corte de Deus, tudo no céu sempre anula os
planos de Satanás. É um sistema judicial garantido, se
você for de maneira certa.
Capítulo Dois
Anjos Soltos

O
que eu quero divulgar apenas por um momento são
anjos em missão. Você tem anjos em missão. Vocês tem
anjos em missão, uma tarefa especificamente atribuída a
você e a qualquer um que vá ao tribunal do céu. É como se
houvesse anjos em fila aguardando do lado do trono,
esperando que decisões sejam tomadas. Quando essas
decisões são feitas, Deus diz que vai para José. Que seja
assim. Os anjos executaram livremente o julgamento de
Deus ecoados no céu. Você ouviu o que acabei de dizer?
Ecoado, porque é ecoado? Tudo o que você ligar na terra
será ligado no céu. Tudo o que você soltar na terra será
solto no céu.
Quando você declara a terra que pertence a Formas de
Reavivamento de Glória, deve vir agora em nome de Jesus
como um decreto que foi lançado, e pelo fato de ter sido
lançado nos céus causou um eco. O que dissemos aqui eu
sinto o Espírito Santo, vamos lá, aconteça. Nós vamos
fazer isso.
Todo mundo diga ecoe minhas palavras. Em outras
palavras, você decreta, você liberta. Minha família deve
ser salva. Eu quero dizer isso ... Estou me preparando para
dizer isso de forma diferente.
E vem para dentro de lugares celestiais, E Pedro obtém
a luva de seu apanhador, pega, e diz aqui Deus e Deus diz
que a sua família seja salva. Eco. Quantos aqui já ouviram
sobre ligar e desligar assim na Terra como no céu, surgir
de tal forma? Eu estou dizendo que é como se Deus
estivesse dizendo que há mais coisa acontecendo naquela
escritura do que as pessoas jamais encontraram. Algumas
pessoas não sabem disso, oh desculpe. Eu sinto Muito.
Depois que uma decisão ou um julgamento é feito no céu,
um membro do conselho divino serve como um
mensageiro divino para anunciar a decisão do conselho ou
um anjo virá para executar o julgamento divino. É como se
você liberasse algo daqui para lá e você sabe quem você é
Nele, você é uma criança de Reis.

Você tem uma certa autoridade para liberarar essa palavra


nos céus e porque você tem essa autoridade que os anjos
tem que trabalhar em benefício seu. Eles não estão
trabalhando para você, eles estão trabalhando para Ele. Os
decretos proféticos mudam de ser suas palavras por causa
daquele eco às suas palavras. Ele ainda vigia sua palavra
para que venha acontecer. O rei Davi escreve
profeticamente, em Salmos, capítulo 103. Salmo 103,
versículo 19-21, O Senhor tem estabelecido o seu trono
nos céus, e o seu reino domina sobre tudo. Bendizei ao
Senhor, todos os seus anjos, vós que excedeis em força,
que guardais os seus mandamentos, obedecendo à voz da
sua palavra. Bendizei ao Senhor, todos os seus exércitos,
vós ministros seus, que executais o seu
beneplácito.Bendizei ao Senhor, todas as suas obras, em
todos os lugares do seu domínio; bendize, ó minha alma,
ao Senhor.
Os anjos trabalham para Deus. Quando você libera
algo no céu, eles vão e fazem o que foi declarado. Esse é o
seu propósito divino. Deus disse que existe um exército de
anjos especificamente projetado especificamente para seu
sistema judicial. Porque a igreja não os utilizou de fato,
eles estão mais ansiosos que nunca. Vamos.
Alguns deles quase estiveram na linha do desemprego
porque a igreja não está decretando, chamando as coisas
como são ou como se fossem.
Devemos chamar as coisas que não são, como se elas
fossem. Curado, livre, entregue, abençoado, os tribunais
vão. Temos que passar um pouco de tempo no sistema
judicial, sistema de tribunal celestial. Se você for a um
tribunal aqui nos Estados Unidos e eles te disserem que
você está multado em US$ 10.000, você sabe que vai ter
pagar de alguma forma ou US$ 10.000 ou passar algum
tempo na prisão. Quando há uma decisão feita no céu é um
acordo feito. Não fui mudado imediatamente, pois, temos
que passar por um determinado procedimento para chegar
até você. Se foi ordenado no céu para te reenbolçar o que
te foi roubado ou furtado ou ponderado de você, então os
anjos estão em ordem para resgatar o que lhe foi roubado.
Antes de seguirmos en frente, eu acredito pelo Espírito
de Deus
que aqueles que ouvirem isto, estes vão te pagar de
volta o que te roubaram ou furtaram. As finanças que lhes
são devidas e as coisas que você deveria ter, você vai
conseguir.
A cura que você tanto esteve lutando em ter, ainda não
recebeu por completo, se prepare. Gente até mesmo da
família que você ouviu dizer que seriam salvos, é hora de
chamar o tribunal celestial para entrar em ação. Eu não sei
você, mas eu quero que eles sejam salvos, não apenas
salvos por um dia. Está quente aqui. Precisamos falar
sobre o sistema da corte celestial.
Capítulo Três
Faça Decretos

N
ão aceitar a nossa responsabilidade de fazer decretos
que Deus falou impede os anjos de entreter ou intervir nas
palavra de Deus em nossas vidas. Temos de assumir a
responsabilidade e e liberar decretos. Deus abriu nossos
corações e disse: Veja, eu quero que você libere decretos
proféticos sobre as coisas que eu já te falei em sua vida.
Eu quero liberar decretos proféticos sobre coisas que você
sabe que se encaixa com a minha palavra divina, é para ser
um bénefício para a palavra de Deus. Vamos, se alinhe
com a palavra de Deus, podemos liberar decretos dizendo
a palavra de Deus do jeito que elas são. Você precisa
profetizar a sua vida. Somos chamados a fazer decretos
celestiais e julgamentos reais como embaixadores.
Ouviu isso? Quem é um embaixador? Os filhos de
Deus. Sou um embaixador. Você quer ouvir algo? Fui a
Flórida um ano, costumava ir o tempo todo.
Bem, lá estava eu indo outra vez quando de repente,
era de praxe eu ir na mesma época todos os anos. Alguém
me deu um tempo para ficar em um resort. Naquele fim de
semana, antes de partir, preguei embaixadores de Cristo.
Chego lá e eles me dizem que havia um espaço de
estacionamento e queriam que eu o usasse. quando fui ver,
a vaga dizia: embaixador. Nós temos uma reserva. Temos
um lugar reservado no céu como embaixadores por que?
Porque você tem um direito legal. Não creio que tenha
sido um erro. Eu acredito que Deus estava me falando
profeticamente naquele dia.
Quando voltei para vaga, eu olhei e dizia: embaixador.
Eu disse, nossa! Eu deveria estar de férias, mas eu estava
denovo nas coisas de Deus, Eu disse: caramba, Aleluia.
Como é que eu poderia ir para jacuzzi agora? Aleluia?
Deus quer que deixemos de fazer juízos injustos, parar de
ver as situações através com olhos humanos. Você pode
olhar para sua situação e ver que não está boa. Já olhou
para suas finanças e suas contas e comparou as duas? Isso
te faz pensar. Graças a Deus pela fé. Agradeça a Deus por
milagres. Aleluia. Temos que chegar a um ponto e parar de
deixar que os julgamentos injustos passem pelos nossos
olhos.
Estamos fazendo julgamentos contra nós mesmos. Isso
é o que está acontecendo e isso é o que Deus diz que ele
vai fazer exatamente, através deste sermão, assim que
você olhar para uma área em sua vida e o inimigo falar
sobre isso e fazer sua mente pensar sobre esse pensamento
maldito. Assim você imediatamente entra no porão do
diabo. Os decretos quebram essa missão malígna. Essa é
uma razão pela qual devemos levar todo pensamento à
obediência de Cristo. Até que você faça um juízo justo e
decrete sobre a situação, Deus não poderá liberar avanços
verdadeiros dos quais tanto desejamos. Você diz por quê?
Eu já tive avanços sem ter que fazer decretos. Se Deus lhe
deu uma chave e lhe disser para usá-la e a porta não se
abrir sem a chave, então as mãos de Deus estão atadas.
Deus está dizendo que há uma chave. E ele está dando
ela para você, você tem apenas que abrir sua boca. Até
que você abra a boca e declare a palavra que Ele já falou,
Coloca a chave, vire a maçaneta, a porta abrirá ela não
abre até que você use a chave que ele te deu. Amém.
Estamos prestes a subir de nível. Salmos 82: 1 diz que este
Deus está na congregação dos poderosos. Ele julga entre
os deuses, por quanto tempo você julgará injustamente e
mostrará parcialidade aos ímpios?
Você diz o que está acontecendo? Por que você está
compartilhando isso? Deus está na congregação da terra a
julgar entre os poderosos. Você vê aquele pequeno D,
deuses? Aquele é você, aquele sou eu.
Nós somos os pequenos Ds. Nós somos, por quê?
Porque fazemos parte do sistema do tribunal celestial.
Isso não tira a glória de Deus, muito pelo contrário, isso dá
glória a Deus, pois, você é um associado. Se eu já disser
para você o que aconteceu com D? Você sabe do que eu
estou falando. Eu costumava ter um cara com quem
costumava trabalhar, ele fazia frango. Ele era nosso de
frangos. Todos os dias ele vinha e dizia: e aí D? E eu
respondia: fala aí P? Eu não sabia, eu inventava meu
próprio alfabeto, todo dia eu tinha um diferente. Eu era
sempre o D. Eu acho que ele sabia, ele simplesmente não
sabia que sabia. Aleluia, louvado seja Deus. A palavra
poderosa aqui também é juízes, governantes ou filhos de
Deus. Deus está na congregação dos juízes, dos
governantes, dos filhos de Deus.

Ele está no meio dos líderes, dos apóstolos, dos profetas e


dos santos na terra, como nós, que fomos confiados com o
poder para fazer proclamações proféticas, fazer decretos
proféticos. Pelo fato de você ser um pequeno D, você pode
dizer coisas e o grande D vai te respaldar. Eco, eco, eco.
Se você tiver um rei e seu filho de uma outra nação vier
para os Estados Unidos, e caso o filho tome a decisões,
então, os EUA tem de apoiar essa decisão. Ele toma a
decisão de que você não tem direitos de tocar no carro
dele, porque ele não é dos EUA, ele está sob uma outra
autoridade.
Eles têm que ouvir o pequeno D por causa da
associação que ele tem com o rei. Nossa nação tem mais
compreensão da corte governamental de Deus, do que a
própria igreja. Eles tem o que se chama unidade
diplomática. De repente, a próxima coisa que se sabe é
que, não podemos tocá-los porque eles são de outro
sistema judicial. Você é de outro sistema judicial. Você
não é deste reino, você é daquele reino. Nós estamos rumo
a algum lugar, então vamos, pequenos Ds, rumo a algum
lugar. Ele está julgando nossos julgamentos e nossas
proclamações para libertar os cativos.
Ele está julgando nossa misericórdia para com a viúva.
Ele perguntou por quanto tempo você julgará
injustamente. Você pensou que eu iria ignorar essa parte e
mostrar parcialidade aos perversos? A autoridade que
Deus nos deu, nós como igreja estamos julgando
injustamente. A igreja está se julgando em vez de julgar os
crimes que foram feitos contra a humanidade, coisas das
quais eu escrevi no livro, "As Revelações do
Arrebatamento", lá fala sobre os abortos. Fale sobre um
injusto. Quantos de voçês sabem que as crianças não têm
chance? A pílula do dia seguinte; uma garota de 16 anos
não poderia tomar uma pílula para dar-lhe munições, para
que tenha sexo a vontade com o sexo oposto e é só ela
tomar uma pílula depois e ela não vai engravidar. É algo
nojento.
Isso é terrível porque o que acontece é que eles não se
protegem contra doenças sexualmente transmissíveis. Eu
poderia pregar a noite inteira sobre algumas destas coisas,
mas não cheguei aonde eu quero chegar ainda. Aleluia. A
vida e a morte estão no poder da língua para anunciar a
minha palavra e os anjos atendem à voz da sua palavra
para provocar o meu juízo e justiça divina. Porque você é
o pequeno D do céu, todos nós.
Os julgamentos que fazemos acontecem no céu e
torna-se um julgamento divino. Deus ordena aos
poderosos, acredito que é no versículo três, defende os
pobres e os órfãos. Faça justiça aos aflitos e aos
necessitados. Isso abre o domínio do poder evangelístico.
Você pode ir às ruas de um homem desabrigado,
derrubado, ministrar o amor de Deus para ele e começar a
decretar no sistema judicial em seu nome. Você diz por
que em seu nome? Ele é um homem que foi quebrado e ele
não tem as chaves para poder tomar as decisões. Ele não
tem espaço de estacionamento de um embaixador. Sério.
Eu acredito que nós, como igreja, precisamos nos erguer
como uma nação e fazer justiça aos aflitos. Em vez disso,
se alguém desabrigado e malcheiroso entra e senta-se em
uma multidão, e caso a igreja o deixe ficar, eles
geralmente ficam sozinhos num canto. Quém sabe das
injustiças que ele sofreu? O que estamos fazendo como
igreja é injusto.
Nós devemos amar uns aos outros. Nós devemos
ajudar nossos irmãos até mesmo os mal-humorados, até os
de cabelos azuis, até os Moicanos, mesmo aqueles com a
saia curta. É isso mesmo.
Agora eu tenho estabelecido, um padrão que eu estou
tentando implementar para a equipe do ministério, mas se
alguém entrar de top curto, adivinhe, pelo menos, eles
estarão no lugar certo para se libertar de algo. Não tenho
que gostar. Talvez eu tenha que desviar o olhar, mas graças
a Deus, tenho um pescoço. Ao mesmo tempo, prefiro que
eles estejam na igreja do que no mundo fazendo algo ruim.
Adivinha só igreja, virá um dia, muito em breve, que
haverá mais piercings, tatuagens e roupas que são
questionáveis na igreja nos próximos anos e isso é porque
estão sendo atraídos pelo Espírito Santo. Se não os
aceitarmos quando o Espírito Santo os atrair, então,
afligiremos o Espírito Santo. O Espírito Santo os atrai e
nós os rejeitamos. Se eles entraram pela porta
provavelmente demoraram muito tempo para chegar a esse
lugar. Se os rejeitarmos, quem sabe quando eles voltarão.
Depois de viver em um mundo de pecado, quando entrei
para igreja, andava muito devagar porque estava com
medo de Deus. Eu sabia que não tinha nada a ver com a
igreja, mas adivinhe, por causa da misericórdia de Deus e
do que Jesus fez, eu tinha um direito divino de estar lá.
Nos versos seis e sete, Deus diz que vocês são juízes e
todos vocês são filhos do Altíssimo.
Capítulo Quatro
O Julgamento de Deus

V
ocê ainda morrerá como homem e cairá como um dos
príncipes. Os juízes se referem aos juízes supremos na
terra; você e eu. Deus nos ordena que façamos justiça em
favor dos pobres e dos órfãos. Somos uma geração
abandonada de uma geração órfã. Nada me marca mais do
que um bebê nascendo e o papai indo embora. Há um
homem da família da Tabitha (minha esposa), um bebê
nasce, uma garota linda. Praticamente ainda não tinha nem
nascido, e ele abandonou a esposa. Você sabe porque? Na
verdade, pode crer, verifiquei com o espírito de Deus, ele
ficou com ciúmes de quanta atenção o bebê teria em
relação a ele. Eu teria que me arrepender, mas esse é o tipo
de cara que eu daria um belo de um corretivo. Só ia
precisar de uns dez minutos.
Eu acredito em cura e ressurreição, então ficaremos
bem. Deus, posso matá-lo para que eu possa ressuscitá-lo?
A razão pela qual estou dizendo isso é porque somos a
geração órfão. Isto é, nos Estados Unidos da América, há
mais crianças criadas sem pais. É difícil. As pessoas não
sabem o quão difícil é. Deixe-me dizer-lhe algo, vou dizer
isso e eu digo isso com todas as fibras do meu ser, o apoio
à criança não é um substituto de um pai. Mesmo que você
der um pouco de dinheiro, nunca será suficiente para
cobrir tudo o que uma criança precisa. Como você sabe?
Porque eles querem jogar softball, eles querem jogar
voleibol, querem jogar beisebol, querem jogar basquete,
querem estar numa banda, querem ir à lua. Fico pensando
o que vai querer fazer depois, passar uma noite na lua?
Aleluia.
Isso custa muito e as pessoas não percebem que não dá
para substituir um homem sendo um pai. Não me importa
se eles dão mil dólares por semana, ainda não é serve
como substituto para um pai. Eu acredito que é no
versículo oito que Asafe conclui o seu Salmo ao suplicar.
Levante-se, Deus, julgue a terra e herdará todas as nações.
Ele convida Deus a trazer o seu julgamento de volta à
Terra porque não estamos a trazer a justiça.
Você ouviu isso? Deus nos ordena através do decreto
profético para executar seu juízo e justiça divina. Estou lhe
dizendo se você quer que a justiça seja feita, você terá que
decretá-la. Seria melhor do que ter Deus vindo para julgar
os Estados Unidos. Você sabe porque? Porque estamos
associados a isso.
Algumas das coisas que estão acontecendo agora são
julgamentos contra a América. A economia, está ridícula.
Nos livros, eu cito alguns presidentes e suas esposas por
causa das decisões que tomaram. Escute, eu falo sobre as
decisões. Assim que você assina em uma linha pontilhada
para permitir que a homossexualidade seja um direito
legal, há coisas que nossa nação tem feito por uma
décadas, e que convida que a ira de Deus volte a cair sobre
nós. Você diz que Deus não é esse tipo de caminho. Você
se lembra dos dias de Noé? Você se lembra dos dias de
Moisés? Se não fosse por Moisés, Deus teria aniquilado a
raça humana por duas vezes.
Você pensa ... pense no que está acontecendo na igreja
hoje em dia. Podemos não ter um bezerro derretido no
meio do santuário, mas nós construímos ídolos.
A igreja tem ídolos em todo o lugar. Não acredito em
Deus, mas acredito que uma grande parte da nação dos
Estados Unidos e do mundo merecem outra inundação.
Não acredito que seja biblicamente possível, graças a
Deus. Aleluia, louvado seja Deus. Somos chamados para
sermos poderosos. Deus nos fez juízes, e é Deuso rei que
governa, quem nos fez julgar. Em outras palavras, ele lhe
entregou toda a autoridade. Você recebeu autoridade.
Deus literalmente a entregou a você. Ele preparou um
caminho em um lugar, um tribunal celestial, uma
administração judicial ou um sistema onde Ele será, e tudo
que ele quiser será executado. Para participar do sistema
da corte celestial de Deus, para ativar sua salvação, cura,
entrega de poder em favor daqueles que estão presos e
oprimidos, é preciso a tomada de um decreto profético por
nós, os poderosos. Aqui vamos, um último encerramento.
Se um cara mata alguém nos Estados Unidos, ele é
inocente até que se prove culpado. Em outras palavras,
nada acontece até um juiz, um pequeno D bata o martelo e
diga: culpado. Não importa a evidência, nada importa.
É até que um juiz tome uma decisão. Vocês são os
juízes. O corpo de Cristo é o pequeno "D" dos juízes.
Podemos passar por um sem-teto e precisamos liberar
decretos nos lugares celestiais. Houve injustiças feitas
contra você e você precisa fazer decretos para fazer justiça
onde a justiça é devida. Amigos podem podem fazer
decretos de justiça em favor dos outros, porque existem
injustiças que foram feitas para você. Houve injustiças
feitas a você e precisamos fazer decretos em favor um do
outro e lhes digo, sempre que fazemos decretos, estamos
fazendo o julgamento, e Deus irá fazer ecoar a sua
decisão.
Quando algum documento nos Estados Unidos é
assinado por um juiz, o único momento em que este
documento não é cumprido é quando o grande D (Deus)
assina contra. A única vez que qualquer coisa que você
decretar volta sem ter sido entregue é sempre que Deus for
contra. Se você faz um julgamento que se alinha com a
palavra de Deus, Deus promete que seremos curados.
Deus prometeu que devemos cuidar das viúvas e dos
órfãos, dos órfãos e dos desabrigados e dos pobres.
Devemos zelar por aqueles que foram feridos e
machucados .
Devemos zelar pelo corpo de Cristo. Somos familiares,
somos um grupo do corpo de Cristo. Nós somos unidos e
nós deveríamos estar ajudando uns aos outros, levantar
um ao outro. Estou lhe dizendo, seja o que for, se estiver
alinhado com a palavra por causa da posição que você se
encontra todo o sistema judicial irá ajudá-lo. Então vamos.
Recebeu? Aleluia. É hora de reivindicar as coisas como
elas são. Deus é bom. Nós te louvamos Deus. Aleluia.
Louvar te, ei, tudo bem. Todo assalto que tenha sido
injustiça, podemos chamá-lo, julgue. Por quê? Porque é
uma injustiça.
Todo bloqueio que o inimigo conseguiu fazer em sua
vida é uma injustiça. Todas as orações de bruxaria que
surgiram do corpo de Cristo, é uma injustiça. Deixe-me
dizer-lhe algo, você não pode usar o ... você não pode usar
o sistema judicial do céu nesse sentido. Você não pode
usar o sistema judicial do céu para trazer retorno às
pessoas que rezaram a feitiçaria. O que acontece é que a
injustiça traz a justiça na injustiça. Isso não significa que
algo vai dar errado com estas pessoas. Isso é entre eles e
Deus.
Rezando a feitiçaria sobre nós ou sobre você ou orando
para que as pessoas sejam amaldiçoadas ou rezando para
que as pessoas sejam feridas, fiquem doente, aflitas, que
ministérios falhem e todas as orações que surgiram de
pessoas que eu conheço de fato surgiram , isso é entre eles
e Deus. Deixe-me dizer-lhe a primeira coisa que eu falei lá
no começo, eles nunca terão justiça em nenhum
julgamento até se arrependerem. Estou lhe dizendo se você
rezou orações de feitiçaria em alguém que precisa se
arrepender. Eu quero que você limpe seu coração.
Eu quero que você comece a liberar decretos. Não
importa se eu posso ouvir ou não. Não importa se o seu
vizinho pode ouvir. Fale com sua boca através da justiça,
família doente e afligida curada, famílias salvas. Você
pode ter visto alguém que é um decreto de desânimo.
Temos que entender o tribunal celestial do qual Deus disse
estar em sessão. Se estiver em sessão, precisamos
aproveitar. Não estou dizendo isso porque eu sou o
pregador, estou dizendo isso porque o Espírito Santo é o
pregador. Isso é mais do que qualquer pessoa pode conter
em uma hora, ou uma hora e meia. Há algumas chaves
ocultas aqui que precisamos ler novamente.
É hora de proclamar vitória. Agora, em nome de Jesus,
preparamos nossos corações para que purifiquemos nossos
corações, oh Deus, que façamos nossos corações puro
diante de ti Senhor, para que possamos fazer julgamentos.
Nós não queremos que nada seja atrasado por causa de
coisas erradas em nossos corações assim agora em nome
de Jesus enquanto nos arrependemos, enquanto pedimos
perdão a Deus, o Senhor simplesmente nos purifica, Deus
e então, Senhor, nós sabemos que quando decretamos
coisas, todo o céu vai apoiar as palavras que falamos.
Nós lhe damos louvor e glória pela corte do céu estar
agora em sessão. Nós lhe damos louvor; aleluia, Vamos
adorar, nos arrepender, purificar corações. Nos preparar;
aleluia. Não se esqueça de decretar algumas aleluias. Eu
acredito que Deus vai dar mudanças imediatas na vida de
algumas pessoas hoje, receba!
Capítulo 5
Decretos de Avanços Apostólicos
(Préviamente publicado no livro “Descoberta Apostólica”)

E
xistem decretos e existem decretos apostólicos. Existe um domínio mais
elevado de autoridade vindo por meio de um avanço apostólico. As
declarações APOSTÓLICAS, que são encomendadas no céu e enviadas por
Deus, têm uma grande autoridade para levar a cabo a Sua justiça. O Senhor
liberará avanços significativos quando declararmos decreto e proclamar Sua
vontade e Sua Palavra. Uma declaração apostólica é uma arma poderosa
que quebra os planos destrutivos do inimigo! É como se fosse um golpe
preventivo!
Deus começou a falar-me sobre declarações apostólicas. Ele destacou
essa escritura-chave,
Isaías 61: 2 A apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança
do nosso Deus; a consolar todos os tristes;
Eu lancei mandatos para os próximos anos e para o futuro é: declarar,
decretar e proclamar o ano aceitável do Senhor, o ano do favor do Senhor
ou Jubileu. Ele está nos unindo para cumprir esse mandato! Quando
fazemos um decreto como Moisés e o profeta Isaías, é como se
estivéssemos dizendo:
Deuteronômio 32: 1 Inclinai os ouvidos, ó céus, e falarei; e ouça a terra
as palavras da minha boca.
Isaiah 1: 2 Ouvi, ó céus, e dá ouvidos, tu, ó terra; porque o Senhor tem
falado: Criei filhos, e engrandeci-os; mas eles se rebelaram contra mim.
Você sabia que o Jubileu significa libertação total para nós,
cancelamento de dívidas para cada um de nós e nossa família e libertação
de qualquer tipo de escravidão, tarefa ou opressão sobre nossas vidas? Na
unção, podemos proclamar "Jubileu!" E colocar em ação, como as leis da
gravidade, um poder ou uma força de poder que faz com que tudo em
nossas vidas comece a entrar no eixo divino.
Agora, isso é uma unção! Não precisamos esperar o ano do Jubileu!
Quando a palavra de Deus é declarada, os anjos do céu atuam sobre esse
decreto e uma doação sobrenatural de poder vem em nossas vidas como
nunca antes. Tem mais! Quando o Espírito do Senhor Deus está sobre nós
para proclamar "Favor!" Tudo ao nosso redor começará a mudar por causa
do favor de Deus. Uma hora não temos esse poder e, em outro momento,
sob a unção, podemos proclamar: "Favor, favor, favor!" De repente, uma
enxurrada de favores dos quais faltava dois há minutos, vem, como uma
tangível "túnica de muitas cores", deixando o céu como unção. Veremos os
resultados! Você sabia que a mesma palavra para "graça" é "favor" e ambas
as palavras podem ser usadas da mesma maneira? Quantos de nós,
adoraríamos que um espírito de graça viesse sobre nós hoje? Deus não quer
apenas nos dar favor.
Ele quer liberar o espírito de graça sobre nós, através de uma doação de
poder sobrenatural.
Parece que todo mundo está tentando conseguir favor, mas há princípios
envolvidos que liberam favor sobre as nossas vidas. Antes de tudo, Deus é
um recompensador daqueles que o buscam diligentemente (Hebreus 11: 6).
Deus ama todos de forma igual, mas aquele que o ama e o procura mais,
será aquele que ele mais favorecerá. Deus ama até o pecador mais perverso
e vil, da mesma maneira que nos ama, mas, mais de Seu favor é liberado
para aquele que o ama profundamente, aquele que tem fome e sede dEle.
Quando falhamos em buscar a DEus de forma apaixonada, nosso nível de
favor pode não ser igual ao de outros crentes que o buscam de todo coração.
Jesus disse:
Mateus 7: 7 Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-
se-vos-á.
Nós podemos realmente crescer em favor pela obediência e por buscá-
Lo diligentemente. Quando pensamos em obter o favor de Deus, muitas
vezes pensamos que se trata de um processo de entrar no favor. Contudo, os
níveis de favor crescem.
Jesus cresceu em favor, tanto com Deus quanto com os homens.
Quando nosso favor com Deus cresce, nosso favor com o homem cresce.
Lucas 2:52 E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para
com Deus e os homens.
A vida de devoção do rei Davi ao Senhor atraiu o coração e o favor de
Deus; Mesmo que, às vezes, houvesse algumas áreas da vida dele bem
bagunçadas. Era como se Deus olhasse para Davi e dissesse: "Mas esse cara
tem um coração de paixão por Mim!" Quando David tornou-se capitão de
cerca de 400 homens descontentes, o favor de Deus tornou-se evidente e
esse favor cresceu até as pessoas fizeram dele rei de Judá e todo o Israel.
1 Samuel 22: 2 E ajuntou-se a ele todo o homem que se achava em
aperto, e todo o homem endividado, e todo o homem de espírito desgostoso,
e ele se fez capitão deles; e eram com ele uns quatrocentos homens.
1 Samuel 2: 4 O arco dos fortes foi quebrado, e os que tropeçavam
foram cingidos de força.
Então, crescer no favor de Deus depende da nossa busca intensa por
Ele. Quando Deus vê o nosso amor por Ele e a nossa determinação em
buscá-Lo com todo o nosso coração, Ele libera uma unção para proclamar
"Favor!" Sabe, tem muito mais do que Jubileu e favor chegando! Nosso dia
de vindicação está chegando também! Agora, voltemos para Isaías,
Isaías 61: 2 A apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança
do nosso Deus; a consolar todos os tristes;
A segunda parte desse versículo é declarar e decretar o dia da vingança
de nosso Deus. Ele irá libertar uma unção sobre nós para que possamos de
fato convocar que o tribunal esteja em sessão e chamar o céu para ser nossa
testemunha quando houver injustiça. É uma unção para declarar a
reivindicação de Deus (Definição de reivindicação: defender contra crítica
ou censura [Webster's Dictionary]).
Podemos acessar o sistema de corte celestial onde o Espírito Santo
preside como nosso defensor e conselheiro em questões relativas à nossa
vida, destino, herança e morte. Quantos de nós gostariam que Deus
atendesse nossa causa agora? Há circunstâncias em nossas vidas,
enfermidade, doença, morte, pobreza, escravidão, opressão, falsas
acusações que sabemos que não são a vontade de Deus para nós. Sim,
podemos pensar em todos os tipos de injustiça, mas o Espírito do Senhor
está em cima de nós para declarar a reivindicação. Conhecemos a escritura
onde Deus diz: "A vingança é minha, eu pagarei", diz o Senhor, mas Ele
nos convidou, como santos de Deus, para um lugar de poder de decreto.
Hebreus 10:30 Porque bem conhecemos aquele que disse: Minha é a
vingança, eu darei a recompensa, diz o Senhor. E outra vez: O Senhor
julgará o seu povo.
Na verdade, podemos abordar o sistema de tribunal celestial; não só
para obter justiça em nosso favor, mas também para pedir a Deus o
julgamento divino contra os nossos inimigos. Deus defenderá a causa de
Seu povo, mas temos que aprender a ascender os tribunais do céu.
Como filhos de Deus, temos o direito de ver a injustiça removida e ela
será removida quando declararmos e proclamarmos a Palavra de Deus, Sua
verdade. A palavra de Deus prevalece e destrói a injustiça!
Agora, vamos examinar algumas escrituras de fundo para que possamos
entender mais completamente como nossos decretos desarmam a injustiça
no reino celestial. O sistema de corte celestial é conhecido por outros nomes
nas escrituras:
a) Assembleia divina?
Salmos 82: 1
b) Conselho de El (Deus)?
Jó 15: 8
c) O conselho de Yahweh?
Jeremias 23:18
d) Conselho dos santos?
Salmos 89: 7
Eu gostaria de definir concílio divino, e conselho divino. Quando um
grupo se reúne como um órgão administrativo, consultivo ou legislativo
para discussão e aconselhamento, chamamos este agrupamento, de concílio.
Então, quando o tribunal celestial está em sessão, os membros do tribunal
formam um corpo chamado concílio divino. Mas, quando esses membros
do concílio divino ouvem a mensagem do Senhor e se envolvem em
discussão, os membros estão ouvindo o conselho e a sabedoria de Deus e
seus conselhos divinos. Abaixo, vou listar alguns dos membros do concílio
divino:
a) Deus
b) As Forças dos céus também chamaram as estrelas do céu: "Desde os
céus pelejaram; até as estrelas desde os lugares dos seus cursos pelejaram
contra Sísera. "Juízes 5:20 (As hostes do céu incluem: os anjos: os
querubins e os serafins, Miguel, o arcanjo, líder dos anjos na batalha e o
arcanjo sobre a nação de Israel e Gabriel, que traz interpretação da
revelação divina sobre os tempos e a estação da igreja.)
c) A nuvem das testemunhas: os apóstolos, os profetas e os santos da
antiguidade
d) Os profetas que estão vivos na terra e os crentes
e) Os doze discípulos que julgam a nação de Israel
f) Os 24 anciãos
g) Demônios
O concílio divino de Deus é descrito de forma diferente em vários
lugares nas escrituras. Os tribunais celestiais podem ser encontrados na
terra ou no céu e tanto o concílio quanto o conselho de Deus estão sempre
ligados à morada de Deus. Pode acontecer na montanha ou na configuração
de um templo:
a) O monte da congregação:
Isaías 14:13
b) O monte santo de Deus:
Ezequiel 28:14
c) Uma imagem terrena ligada à
Tenda ou Tabernáculo de Deus:
Isaías 33:20
Quando ele chega diante do trono em espírito, o apóstolo João vê Deus,
sentado no trono, como pedra jaspe em aparência de cornalina. Ele vê uma
bela cena de adoração.
Apocalipse 4: 1-11 Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma
porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta ouvira falar
comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem
acontecer. E logo fui arrebatado em espírito, e eis que um trono estava posto
no céu, e um assentado sobre o trono.
E o que estava assentado era, na aparência, semelhante à pedra jaspe e
sardônica; e o arco celeste estava ao redor do trono, e parecia semelhante à
esmeralda. E ao redor do trono havia vinte e quatro tronos; e vi assentados
sobre os tronos vinte e quatro anciãos vestidos de vestes brancas; e tinham
sobre suas cabeças coroas de ouro. E do trono saíam relâmpagos, e trovões,
e vozes; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os
sete espíritos de Deus. E havia diante do trono um como mar de vidro,
semelhante ao cristal. E no meio do trono, e ao redor do trono, quatro
animais cheios de olhos, por diante e por detrás. E o primeiro animal era
semelhante a um leão, e o segundo animal semelhante a um bezerro, e tinha
o terceiro animal o rosto como de homem, e o quarto animal era semelhante
a uma águia voando. E os quatro animais tinham, cada um de per si, seis
asas, e ao redor, e por dentro, estavam cheios de olhos; e não descansam
nem de dia nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus, o
Todo-Poderoso, que era, e que é, e que há de vir. E, quando os animais
davam glória, e honra, e ações de graças ao que estava assentado sobre o
trono, ao que vive para todo o sempre, Os vinte e quatro anciãos
prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, e adoravam o
que vive para todo o sempre; e lançavam as suas coroas diante do trono,
dizendo: Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu
criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas.
Mais adiante, no livro de Apocalipse capítulos do cinco ao oito, embora
o cenário permaneça o mesmo, o trono de Deus, a cena muda para um
tribunal que libera julgamento.
Como cristãos, muitas vezes temos uma imagem mental de dois lugares
distintos no céu: um, o quarto do trono onde os santos adoram e dois, o
tribunal de Deus, onde os julgamentos são feitos. No entanto, no livro de
Apocalipse, parece que tanto a adoração quanto o julgamento ocorrem no
mesmo lugar, apenas em momentos diferentes. Na sala do trono, João vê e
se refere a cada membro da Trindade. Em primeiro lugar, identifiquei Deus
como "Um sentado no trono" (Apocalipse 5) como o Leão da tribo de Judá,
o grande vencedor. Existe a Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo, na sala do
trono! O profeta, Daniel, dá uma das melhores descrições da sala do trono
que se encontra nas escrituras; Tanto o Ancião de Dias como o Filho do
Homem são vistos juntos em sua autoridade governamental:

Daniel 7: 9, 10 Eu continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e um


ancião de dias se assentou; o seu vestido era branco como a neve, e o cabelo
da sua cabeça como lã puríssima; o seu trono era de chamas de fogo, e as
rodas dele eram fogo ardente. Um rio de fogo manava e saía de diante dele;
milhares de milhares o serviam, e miríades de miríades assistiam diante
dele. Assentou-se para o juízo, e os livros foram abertos.
Na passagem acima, Daniel identifica o Ancião de Dias como aquele
que preside o julgamento e o Filho do Homem, Jesus Cristo, recebendo Seu
reino glorioso. Daniel e João descrevem a presença do Cordeiro de Deus.
Apocalipse 4 e Ezequiel 1 e 10 descrevem o trono, mas de duas maneiras
diferentes.
O apóstolo João se refere a um trono no chão, no mar de vidro como o
cristal. Por outro lado, em sua visão, Ezequiel olha para o trono através do
firmamento. Ele vê o trono, movendo-se sobre rodas dentro das rodas e
coberto de olhos. Novamente, ambos os livros proféticos falam de quatro
seres vivos, mas de maneiras diferentes. Embora o Apocalipse não fale de
um trono com rodas, Ezequiel descreve quatro criaturas vivas que realmente
criam uma carruagem celestial para que o trono monte.
É por isso que o trono tem rodas, ele se move. Você sabia que o trono de
Deus vai numa em uma carruagem com rodas e que as quatro criaturas
vivas fazem parte da carruagem que transporta o trono?
É uma imagem profética dos sacerdotes levíticos que carregaram a Arca
da Aliança, que era um símbolo e sinal atual da presença de Deus. Onde a
arca ia, a presença de Deus ia atrás.
1 Crônicas 15: 2 Então disse Davi: Ninguém pode levar a arca de Deus,
senão os levitas; porque o Senhor os escolheu, para levar a arca de Deus, e
para o servirem eternamente. Sempre que falamos sobre o quarto do trono,
devemos imaginá-lo como o tabernáculo de Moisés (Êxodo, capítulo 35 a
38) e o templo de Salomão (1 Reis, capítulo 6 a 8), todas as imagens do
tabernáculo. Podemos pensar em todas as referências ao trono de Deus
como uma referência à arca de Deus, bem como simbolizar a presença de
Deus, o lugar onde Deus estava. Além disso, tanto a arca como o trono se
moveram quando a presença de Deus se movia.
A sala do concílio divino, também chamada de tribunal celestial, está
situada no Salão do Trono. Lembre-se, é um lugar onde os julgamentos são
decididos, mas também funciona como uma sala de adoração do trono.
Tenha em mente que o diabo pode ir diante do trono do julgamento, levando
acusações contra os crentes, mas ele não tem acesso à sala do trono do
culto. Uma cena descritiva de envolvimento demoníaco na sala do conselho
encontra-se,
1 Reis 22: 19-23 Micaías prosseguiu: "Ouça a palavra do Senhor: Vi o
Senhor assentado em seu trono, com todo o exército dos céus ao seu redor,
à sua direita e à sua esquerda.

E o Senhor disse: ‘Quem enganará Acabe para que ataque Ramote-Gileade


e morra lá? ’ "E um sugeria uma coisa, outro sugeria outra, até que,
finalmente, um espírito colocou-se diante do Senhor e disse: ‘Eu o
enganarei’.
" ‘De que maneira? ’, perguntou o Senhor. "Ele respondeu: ‘Irei e serei
um espírito mentiroso na boca de todos os profetas do rei’. "Disse o Senhor:
‘Você conseguirá enganá-lo; vá e engane-o’. "E o Senhor pôs um espírito
mentiroso na boca destes seus profetas. O Senhor decretou a sua desgraça".
Esta parte da escritura nos dá uma imagem de uma sessão judicial no
céu. Miquéias, o profeta, começa por descrever o Senhor sentado no seu
trono, cercado pelo exército dos céus. Nós lemos que um espírito maligno
responde a pergunta do Senhor. "Quem persuadirá Acabe a subir, que pode
falhar em Ramote-Gileade?" O demônio avança, respondendo: "Vou
persuadi-lo. Eu sai e serei espírito na boca dos seus profetas. "Então o
Senhor dá permissão ao espírito maligno:" Você o persuadirá e prevalecerá.
Saia e faça assim. "Então, mesmo os espíritos malignos, às vezes, podem
ser parte do conselho divino do céu para cumprir a vontade de Deus! Mas
os espíritos malignos não têm a última palavra! Temos uma parte no
julgamento contra o adversário, que está constantemente lutando contra a
prosperidade que entra em nossa vida.
Embora precisemos de Deus para julgar, Ele te convida para participar
do concílio divino sobre nossa vida e morte, nosso destino e herança.
Os líderes bíblicos e espirituais passados tinham acesso à sala do
concílio divino. Josué, um desses líderes, foi visto por Zacarias diante do
Senhor nos tribunais celestiais. Após a tentativa mal sucedida de Satanás de
se opor a Josué e depois de suas roupas sujas serem substituídas por ricas
túnicas, aqui está o que o Senhor lhe disse.
Zacarias 3:7: Assim diz o Senhor dos Exércitos: Se andares nos meus
caminhos, e se observares a minha ordenança, também tu julgarás a minha
casa, e também guardarás os meus átrios, e te darei livre acesso entre os que
estão aqui. Josué teve acesso para caminhar entre o concílio dos céus. Além
disso, podemos ver, depois de examinar a vida do profeta Jeremias, que era
um homem de Deus piedoso e justo, que estava no concílio do Senhor e
depois pronunciou os julgamentos de Deus.
Nos versos seguintes, por mais que Deus esteja perguntando: "Pois,
quem ficou no concílio do Senhor e percebeu e ouviu Sua palavra?" Nós
podemos identificar com segurança Jeremias como alguém que estava no
concílio do Senhor enquanto os julgamentos de Deus eram pronunciados
sobre os ímpios:
Jeremias 23: 18-20 Mas qual deles esteve no concílio do Senhor para
ver ou ouvir a sua palavra? Quem deu atenção e obedeceu à minha palavra?
Vejam, a tempestade do Senhor! A sua fúria está à solta! Um vendaval vem
sobre a cabeça dos ímpios. A ira do Senhor não se afastará até que ele tenha
completado os seus propósitos. Em dias vindouros vocês o compreenderão
claramente.
Os anjos executam livremente os julgamentos de Deus ecoados no céu
depois de decretar o que Deus nos falou na terra.
Depois que uma decisão ou julgamento é feito no céu, um membro do
concílio divino serve como um mensageiro divino para anunciar a decisão
do concílio ou um anjo virá para executar o julgamento divino. O rei David
escreve profeticamente sobre o ministério dos anjos:
Salmos 103: 19-21 O Senhor tem estabelecido o seu trono nos céus, e o
seu reino domina sobre tudo. Bendizei ao Senhor, todos os seus anjos, vós
que excedeis em força, que guardais os seus mandamentos, obedecendo à
voz da sua palavra.
Bendizei ao Senhor, todos os seus exércitos, vós ministros seus, que
executais o seu beneplácito.
Não aceitar a nossa responsabilidade de fazer os decretos que Deus
falou, impede os anjos de intervir em nossas vidas. Somos chamados a fazer
decretos celestiais ou julgamentos reais como seus embaixadores. No
entanto, Deus quer parar de fazer juízos injustos, deixar de olhar para as
situações através dos olhos humanos.
Até que façamos julgamentos justos e decretos sobre situações, Deus
não pode liberar os avanços verdadeiros que desejamos! Aqui está o que o
Senhor disse sobre os julgamentos de Seu povo:
Salmos 82: 1 Salmo de Asafe.Deus está na congregação dos poderosos;
julga no meio dos deuses.
Deus está de pé nas congregações da terra, julgando entre os poderosos
ou pequenos "d"——deuses, você e eu. A palavra aqui poderosa também
significa juízes, governantes ou filhos de Deus. Então, ele está no meio dos
líderes, apóstolos, profetas e santos na terra, como nós, que somos
encarregados de fazer decretos e proclamações proféticas. Ele está julgando
nossos julgamentos, nossas proclamações, para libertar os cativos; Ele está
julgando nossa misericórdia para a viúva e para os pobres. Ele pergunta:
"Quanto tempo você julgará injustamente e mostrará parcialidade aos
ímpios?" É como se Ele estivesse dizendo: "Eu não fiz de você um dos
meus juízes? Não fiz de você filhos de Deus na terra?
Eu lhe dei o poder através do decreto profético. A vida e a morte estão
no poder da língua para anunciar a Minha palavra e os anjos atentam à voz
da sua palavra para provocar o Meu juízo e a justiça divina. "Deus ordena
aos poderosos no verso três:" Defenda os pobres e os órfãos . Faça justiça
aos aflitos e necessitados ". E, no versículo seis, Deus diz:" Vocês são juízes
e todos vocês são filhos do Altíssimo, você ainda morrerá como homens e
você cairá como um de seus príncipes ".juízes faz referência aos supremos
juízes aqui na terra; como você e eu. Claramente, Deus nos ordena que
façamos justiça em favor dos pobres e dos órfãos. Somos chamados, com
grande responsabilidade e poder, a fazer julgamentos através do decreto
profético contra o inimigo.

Asafe conclui o seu Salmo por apelar a Deus:


Psalms 82: 8 Levanta-te, ó Deus, julga a terra, pois tu possuis todas as
nações.
Ele convida Deus a trazer o seu juízo de volta à terra porque estamos
falhando em produzir justiça.
Mas Deus nos ordena, através do decreto profético, executar o seu juízo
divino e justiça. Embora nos chamemos de poderosos, e Deus nos fez
juízes, é Deus, o Rei, que governa! Ele preparou um caminho e um lugar,
um tribunal celestial e uma administração ou sistema celestial funcional,
onde Sua vontade deve ser executada. Mas, para participar do sistema de
corte celestial de Deus, para ativar Sua salvação, curar, entregando poder
em favor daqueles que estão presos e oprimidos, ele toma um decreto
profético por nós, os poderosos.
Várias escrituras no livro de Jó revelam o poder do decreto profético,
expresso através do amigo de Jó, Elifaz:
Jó 22: 27-29 Orarás a ele, e ele te ouvirá, e pagarás os teus votos.
Determinarás tu algum negócio, e ser-te-á firme, e a luz brilhará em teus
caminhos. Quando te abaterem, então tu dirás: Haja exaltação! E Deus
salvará ao humilde.
O amigo de Jó compreendeu o coração de Deus quando disse: "Você
decretará uma coisa ela será estabelecida" e "Quando eles te banirem e e
você declarar". Essa escritura nos dá a chave para a vitória, declarando a
vontade de Deus!
Nossos avanços são liberados quando declaramos obedientemente a
vontade de Deus; nossas palavras ativam os anjos para atender a voz de Sua
palavra. Então, quando declaramos a vontade de Deus que, prosperidade e
cura ou exaltação virão e a vitória ou o favor virá, realmente liberamos
Deus para salvar os humildes. Lembre-se, Deus defenderá a causa de Seu
povo.
Como mordomos e membros da corte celestial ou concílio divino,
quando declaramos e cantamos com fé, "A exaltação virá", então Ele virá e
salvará o humilde. Pelo nosso decreto, Ele libertará até mesmo aquele que
não é inocente.
Os crentes que dão grande valor ao que Deus dá valor, trazem grande
prazer para Ele. Escute! Ele nos deu a oportunidade de ser canais que
liberam seu poder de salvação, cura e entrega de poder, quando declaramos
Sua palavra e Sua vontade. Isso não é pouca coisa aos olhos de Deus! Mas,
hoje, se não conseguimos proclamar a liberdade aos cativos e a recuperação
da visão aos cegos, então o destino desses acabam prejudicados, roubados e
saqueados. Isaías expressa o coração de Deus quando escreve:
Isaiah 42:22 Mas este é um povo roubado e saqueado; todos estão
enlaçados em cavernas, e escondidos em cárceres; são postos por presa, e
ninguém há que os livre; por despojo, e ninguém diz: Restitui.
Quer saber? Nos dias de hoje, não estamos fazendo um bom trabalho
falando palavras de cura para os doentes, proclamando liberdade aos cativos
ou decretando liberdade para os prisioneiros. (Nosso destino também é
afetado negativamente, quando negligenciamos decretar a Palavra de Deus
e Sua vontade).
Por isso, Deus julgou os poderosos em Salmos 82; Ele estava dizendo:
"Você não está cuidando dos pobres, dos necessitados e dos aflitos. Você
não está fazendo decretos de justiça. "Hoje em dia há crentes na igreja,
presos em vícios e escravidão, escondidos nas prisões. Há tanta derrota! Se
somos honestos, admitiremos que há momentos em que estamos
encurralados. Nós pensamos: "Ei, eu sei quem vai ganhar no final, mas
estou perdendo agora e não sei o que está acontecendo!" No entanto,
quando começamos a nos levantar em autoridade, fazendo declarações para
colocar os cativos livres, ainda estamos vendo a vitória para a qual estamos
lutando. Nosso problema não está nas palavras que decretamos, mas na fé
por trás delas. Muitas vezes, na verdade, não acreditamos que exista
autoridade e poder em nossas palavras.
Deus está realmente sendo impedido de salvar a humilde e devastadora
vingança contra o inimigo quando não entendemos o poder nas declarações:
"A exaltação virá" e "Decreto uma coisa e tal será cumprida" (Jó 22:28, 29
). Devemos aprender a abordar o tribunal celestial e utilizar a provisão que
Deus criou para nós naquele cenário. Lembre-se, os anjos anunciam ou
executam as decisões tomadas no tribunal celestial.
Esses ministérios celestes executam nossos decretos proféticos terrestres
que se alinham com a verdade da Palavra de Deus e da Sua vontade. Então,
Deus quer salvar e trazer a restauração aos humildes! Eu acredito que o
poder dele para restaurar está em movimento quando declaramos:
"Restaurar!" "Restaurar!" Então os anjos no céu são liberados para executar
este decreto certo e justo!
Estamos em uma batalha agora mesmo! Estamos sendo atacados!
Muitas vezes, ficamos encurralados e saimos perdendo. Alguns estão
perdendo na luta contra o pecado, a doença e morte. Estamos lutando pela
prosperidade e pelo cumprimento da palavra profética em nossas vidas. A
luta é para que nossos filhos conheçam Jesus. Estamos lutando pela
hipoteca, pelo terreno, pela propriedade. Esta guerra tem sido travada por
séculos! O profeta, Daniel, viu essa guerra que enfrentamos hoje: "Eu
olhava, e eis que este chifre fazia guerra contra os santos, e prevaleceu
contra eles."(Daniel 7:21). Isto foi com o anticristo ou o espírito ani-
ungüento. Isso nos faz lembrar da batalha delineada em Daniel 10 sobre o
Príncipe da Pérsia que se opõe a Michael o arcanjo por 21 dias. À medida
que o inimigo se opunha a Daniel, os espíritos da anti-unção e do anti-cristo
ia contra a todos os nossos destinos e heranças em Deus ATÉ ....
Daniel 7:22 Até que veio o ancião de dias, e fez justiça aos santos do
Altíssimo; e chegou o tempo em que os santos possuíram o reino.
Quando o Ancião de Dias vier executar julgamento em nosso favor,
teremos justiça em nossas vidas. Hoje pode ser o dia! Neste momento,
poderíamos ascender aos tribunais do céu, chegar junto ao Ancião de dias,
julgar e apresentar o nosso caso! Podemos começar a agir como filhos de
Deus na terra com o poder da declaração apostólica em nossa boca! Como
dizemos: "A exaltação virá!" Nós liberamos Deus para salvar os humildes e
lereber os que estão amarrados. Quando dizemos: "Restaure!" Nós
liberamos a unção de Deus "reparador da brecha" (Isaías 58:12), o que fará
com que tudo perdido e quebrado em nossas vidas seja restaurado não
apenas em dobro, e não apenas cinco vezes, mas sete vezes o ladrão deve
pagar o povo de Deus. A restauração acontecerá quando declararmos
"Restaurar!" "Restaurar!" "A exaltação virá!"
Antes de começarmos a abordar os tribunais celestiais, quero que você
pense em todos os casos que você tem agora e em todas as áreas da sua vida
que você está esperando por um avanço. Pode ser que o Diabo esteja
impedindo que você receba sua herança e esteja se intrometendo em seu
destino. Ou a sua dificuldade pode ser relativa à sua saúde; Ele está
trazendo doenças e enfermidades, roubando, matando e destruindo.
Qualquer área da sua vida agora, onde você sabe que há injustiça e você
tentou lutar por você mesmo, pense em seu caso. Talvez você esteja
tentando se defender, fazer vingança por conta própria. Você precisa de
Deus para defender sua causa.
Quando pedimos ao Ancião de Dias em apenas um momento com o
nosso caso, os anjos prestarão atenção à voz de Sua Palavra falada por nós,
os santos. Lembre-se, sempre que uma decisão é tomada, um membro do
concílio divino serve como um mensageiro para anunciar a decisão do
concílio, ou um anjo virá para executar o julgamento divino para que a
justiça de Deus pode aplicada.
A Igreja do Antigo Testamento foi encarregada por Deus para trazer
juízos em seus próprios tribunais em cinco assuntos: a vida, a morte, o
destino, a realeza ou a herança. (Você sabe que eles tiveram seus próprios
tribunais.) Lembra quando eles levaram Jesus para Pôncio Pilatos? Havia
certos limites para os tribunais que os fariseus, saduceus e judeus tinham e
assim eles levaram Jesus para os romanos ou como queriam apedrejar a
mulher que foi achada em adultério.) Agora, se você puder pensar em
qualquer área da sua vida que não está sendo vivendo na plenitude da
promessa e da Palavra de Deus nestas cinco áreas, você tem um direito de
ascender aos tribunais do Céu e solicitar ao Ancião de Dias, que venha para
pronunciar o julgamento em seu favor. Já estive em reuniões onde o Senhor
nos deu permissão para fazer decretos dos quis resultaram em numerosos
testemunhos que surgiram depois. De forma bobrenatural várias pessoas
tiveram milhares de dólares constando em suas contas bancárias logo após o
culto!
Deus está convidando você a se aproximar de Seu trono para apresentar
o seu caso agora. Podemos pedir a Deus em conjunto o Seu julgamento e
fazer declarações e decretos apostólicos.
Lembre o deus das promessas proféticas que você recebeu e então
nomeie cada injustiça. Agora ouça, Deus também nos confia hoje para
começar a proclamar liberdade aos cativos e à abertura da prisão para
aqueles que estão enclausurados. Podemos dizer "Restaurar!" E "Exaltação
virá!" Podemos dizer "Restaurar!" E "Exaltação virá!", Com a palavra de
Deus em nossa boca. Ele nos deu autoridade para libertar os cativos, no
poderoso nome de Jesus! Agora ore comigo para executar o juízo na terra e
proclamar o favor de Deus em nossas vidas:
Deus, hoje, pedimos uma petição ao tribunal do céu e nós estamos
pedindo a você, aquele que é fiel e justo, aquele que é verdadeiro!
Os santos hoje se aproximam do tribunal nos céus, onde o julgamento é
feito; juízo divino para a justiça divina em favor dos atados e aflitos e dos
oprimidos. Obrigado, Senhor, que hoje podemos colocar no concílio dos
céus como vozes proféticas, como poderosos e juízes e governantes nesta
terra com poder para fazer o decreto. Hoje, Ancião de Dias, com tudo
respeito viemos ao seu trono e fazemos pedidos e requerimentos. Deus,
agora,juntos, estamos pedindo aos membros do concílio celestial, pedindo
que o exército dos céus comece a ouvir, com você, o Ancião de Dias que
está em Seu trono, pedimos conselho sobre onde precisamos do seu juízo
divino e da Sua vindicação. Você é o Deus que reverte a censura.
Você é o Deus que defende a causa de seu povo, o Deus que pronuncia
julgamento e favor sobre os santos do Altíssimo. Nós solicitamos você hoje
em intercessão e apresentamos nossos casos. Por favor Deus, nos ouça!
Que os tribunais celestiais estejam abertos agora e que a corte entre em
sessão
agora mesmo. Oramos para que o Senhor entre em nossos lares e
congregações no meio dos poderosos. Deus, vamos fazer um decreto: a
exaltação virá! Restaurar! Restaurar! Restaurar! Deus o perdemos no céu.
Restaurar! Restaurar! Restaurar! Ordem divina que vem agora. Em todas as
áreas onde houver roubo, assassinato e destruição, falamos a palavra do
Senhor. e dizemos sobre o que foi perdido, restaure! Diabo, devolva tudo de
volta! O ladrão e o mentiroso devolva tudo! Deus, acreditamos que você irá
restaurar e nós reivindicamos isso! Deus, nós pedimos isso! Nós declaramos
isso! Deus, proclamamos o dia da sua vingança. Nós proclamamos que este
é o ano do seu favor! Este é o ano do favor do Senhor! Este é o ano! Este é
o ano aceitável, a libertação e o Jubileu! Senhor, eu digo isso sobre as
pessoas hoje: Favor! Favor! Favor! Favor Divino! Proclamo e decreto:
Favor! Favor! Favor! A vingança de Deus! A vingança de Deus! Nossa! Eu
sento a Glória!
Agora, senhor, deixem os anfitriões angélicos executarem o seu
julgamento. Deixe os anjos guerreiros agirem para derrotar o inimigo e
restaurar o nosso destino real. Deixe-os vencer no mundo espiritual, em
nome de Jesus! E deixe os hospedeiros angélicos superarem todos os
poderes ou fortalezas demoníacas e todas as tarefas que visam nossas
heranças!
Nós a vencemos! Nós tomamos autoridade sobre nosso reinado sobre
todo poder que resiste. Conhecemos a Deus, o Senhor virá e fará justiça em
favor dos santos; é o que precisamos agora. Agradecemos, Senhor, hoje
pela vitória!
Sobre o Autor
Bill Vincent não é nenhum novato sobre entender o poder de Deus. Não só,
ele passou mais de vinte anos como ministro com uma forte unção
profética, agora é também um apóstolo e autor com o "Revival Waves of
Glory Ministries" em Litchfield, IIlinóis. Junto com sua esposa, Tabitha,
ele, lidera uma equipe que providencia supervisão apostólica em todos os
aspectos do ministério, incluindo o serviço, o ministério pessoal e o caráter
divino.
Bill oferece uma ampla gama de escritos e ensinamentos de libertação, a
experiência da presença de Deus e o desenvolvimento da estrutura de igreja
apostólica de ponta. Com base no poder do Espírito Santo através de anos
de experiência em Revivificação, Sensibilidade Espiritual e ministério de
libertação, Bill agora se concentra principalmente na busca da Presença de
Deus e na quebra do poder do diabo na vida das pessoas.
Seus livros somam mais de 50 e contando, eles já ajudaram muitas
pessoas a superar os espíritos e as maldições de Satanás.
Para mais informações ou para acompanhar as mais recentes
publicações de Bill Vincent, visite:
www.revivalwavesofgloryministries.com.
Siga-o no twitter @revivalwaves.
Livros Recomendados

By Bill Vincent
Overcoming Obstacles
Glory: Pursuing God’s Presence
Defeating the Demonic Realm
Increasing Your Prophetic Gift
Increasing Your Anointing
Keys to Receiving Your Miracle
The Supernatural Realm
Waves of Revival
Increase of Revelation and Restoration
The Resurrection Power of God
Discerning Your Call of God
Apostolic Breakthrough
Glory: Increasing God’s Presence
Love is Waiting – Don’t Let Love Pass You By
The Healing Power of God
Glory: Expanding God’s Presence
Receiving Personal Prophecy
Signs and Wonders
Signs and Wonders Revelations
Children Stories
The Rapture
The Secret Place of God’s Power
Building a Prototype Church
Breakthrough of Spiritual Strongholds
Glory: Revival Presence of God
Overcoming the Power of Lust
Glory: Kingdom Presence of God
Transitioning to the Prototype Church
The Stronghold of Jezebel
Healing After Divorce
A Closer Relationship With God
Cover Up and Save Yourself
Desperate for God’s Presence
The War for Spiritual Battles
Spiritual Leadership
Global Warning
Millions of Churches
Destroying the Jezebel Spirit
Awakening of Miracles
Deception and Consequences Revealed
Are You a Follower of Christ
Don't Let the Enemy Steal from You!
A Godly Shaking
The Unsearchable Riches of Christ
Heaven’s Court System
Satan’s Open Doors
Armed for Battle
The Wrestler
Spiritual Warfare: Complete Collection
Growing In the Prophetic
The Prototype Church: Complete Edition
Faith

To Order:
Email:
rwgcontact@yahoo.com

Web Site:
www.revivalwavesofgloryministries.com
Mail Order:
Revival Waves of Glory
PO Box 596
Litchfield, IL 62056

Shipping $5.00
If you mail an order and pay by check, make check out to Revival Waves of Glory.
Most books are in multiple formats such as Hardcover, Soft-Cover, Ebook (such as Kindle
& Nook), and Audio Books.
I Would Love to Hear from You
As a writer, I welcome your input.
One way to really bless me, however, is to write an honest review of
any length of this book on Amazon. This helps others decide if they should
buy this book. Writing a review costs you nothing, and it is one way to let
me know that you enjoyed the book. Please take the time to do so, even if
you have never written one before.
Sua classificação e suas recomendações diretas farão a
diferença

Classificações e recomendações diretas são fundamentais para o sucesso de


todo autor. Se você gostou deste livro, deixe uma classificação, mesmo
que somente uma linha ou duas, e fale sobre o livro com seus amigos. Isso
ajudará o autor a trazer novos livros para você e permitirá que outras
pessoas também apreciem o livro.

Seu apoio é muito importante!


Procurando outras ótimas leituras?

Seus livros, seu idioma

A Babelcube Books ajuda os leitores a encontrar ótimas leituras. Ela tem o


papel de mediadora, aproximando você e seu próximo livro.
Nossa coleção é alimentada por livros produzidos no Babelcube, um
mercado que aproxima autores de livros independentes e tradutores e
distribui seus livros em vários idiomas no mundo todo. Os livros que você
encontrará foram traduzidos, para que você possa descobrir leituras
incríveis em seu idioma.
Temos a satisfação de trazer livros do mundo todo até você.
Caso queira saber mais sobre nossos livros, acesse nosso catálogo e
solicite nossa newsletter. Para conhecer nossos lançamentos mais recentes,
visite nosso site:

www.babelcubebooks.com

Você também pode gostar