Você está na página 1de 10

SECRETARIA DE ESTADO DA JUSTIÇA- SEJUS

EDITAL Nº. 001/2011 SEJUS

A Secret aria de Est ado da Just iça do Est ado do Espírit o Sant o- SEJUS,
faz saber que realizará Processo Selet ivo Sim plificado para Cont rat o
Adm inist rat ivo de Pr est ação de Serv iço em carát er t em porário para o
cargo de Agent e de Escolt a e Vigilância Penitenciária, com base na Lei
Com plem ent ar nº . 369, de 29/ 06/ 2006, na Lei Com plem ent ar nº 556
de 30/ 06/2010, na Lei Complementar nº 455, de 11/09/2008 da Lei nº
10.826, de 22 de dezem bro de 2003, do Decret o nº 5.123, de 1.º de
j ulho de 2004, e com por quadro de reservas, de acordo com as
normas estabelecidas neste Edital.

1- DO CARGO/ FUNÇÃO E DO OBJETO DO CONTRATO.


1.1. O cargo, a habilit ação exigida, o quant it at ivo de vagas e o
vencimento para o processo selet ivo de cont rat ação de prest ação de
serviço em carát er t em porár io de profissionais para at endim ent o às
necessidades da SEJUS, constam no quadro abaixo:

1.2. Contratação imediata:

Função Habilitação Quantidade Vencimento


Temporária exigida de
vagas
existentes
para o
sexo
masculino
AGENTE DE Ensino Médio 190 ( cent o e R$ 1.956,24
ESCOLTA E Completo noventa) ( Hum m il e
VIGILÂNCIA novecentos e
PENITENCIÁRIO cinqüent a e seis
reais e vint e e
quatro centavos)

1.3. Carga horária sem anal de 40 horas, a ser cum pr ido de acordo
com a necessidade do serviço.

1.4. São funções inerentes ao cargo:

CARGO FUNÇÕES
AGENTE DE ESCOLTA E Ex e r ce r a s a t ivida de s de vigilâ n cia da s
VIGILÂNCIA u n ida de s pe n it e n ciá r ia s, m u r a lh a s,
PENITENCIÁRIA gu a r it a s e a la m br a dos qu e com põem
a s u n ida de s; de se n volve r a çõe s de
con t e n çã o, vigilâ n cia do in t e r n o
du r a n t e o pe r íodo de t e m po n o qu a l se
fiz e r n e ce ssá r io su a m ovim e n t a çã o
in t e r n a , e x t e r n a ou pe r m a n ê n cia e m
loca l dive r so da u n ida de pr ision a l
( a pr e se n t a çã o de in t e r n os a os
j u iza dos, t r a n sfe r ê n cia , con du çã o à
r e de h ospit a la r de a ssist ê n cia m é dica
e odon t ológica ) ; con du z ir os ve ícu los
de t r a n spor t e de in t e r n os; e ou t r a s
atividades correlatas.

1.5. Os candidat os inscr it os no Processo Selet ivo est arão


concorrendo às vagas disponív eis na form a do Anexo I I I .
Classificando- se dent ro do núm ero de vagas disponív eis est ará apt o
a exercer suas funções em qualquer um a das Unidades Pr isionais no
âmbito da circunscrição da Secretaria de Estado da Justiça SEJUS.

2 DA VIGÊNCIA DO CONTRATO DE TRABALHO.


2.1. A vigência do cont rat o de t rabalho ser á de 12 ( doze) m eses, a
contar da cont rat ação, podendo ser prorrogado a crit ér io da
Administração, por igual período.

3 DA CESSAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO.


3.1. A cessação do cont rat o adm inist rat ivo de prest ação de serviços,
antes do prazo previsto, poderá ocorrer:
a) A pedido do contratado;
b) Por conveniência adm inist rat iva, a j uízo da aut or idade que
procedeu a contratação;
c) Quando o contratado incorrer em falta disciplinar;
d) Quando da hom ologação do concurso público para prov im ent o da
carreira/função equivalente.
e) Quando houver discordância, com relação ao art . 37, XVI da
CF/88.

4 DAS INSCRIÇÕES.
4.1. A docum ent ação e o requer im ent o de inscrição deverão ser
remetidas, via Correios e através de AR, para a Secretaria de Estado
da Just iça ( AOS CUI DADOS DA COMI SSÃO DE PROCESSO SELETI VO
DE AGENTES DE ESCOLTA E VI GI LÂNCI A PENITENCIÁRIA) , sit o na
Avenida Governador Bley , nº 236, Ed. Fábio Ruschi, 9º andar,
Centro, Vitória/ES, CEP 29010- 150, em envelope lacrado, cuj a
post agem não poderá ult rapassar o últ im o dia de inscrição, não
sendo aceit as inscrições encam inhadas por e- m ail, int ernet , fax ou
outro meio de comunicação.
4.2. Ant es de efet uar a inscrição o candidat o deverá conhecer o
presente edit al e cer t ificar- se de que preenche t odos os r equisit os
exigidos.
4.3. São requisitos para inscrição:
a) Ser do sexo m asculino e t er nacionalidade brasileira ou
port uguesa e, em caso de nacionalidade port uguesa, est ar
am parado pelo est at ut o de igualdade ent r e brasileiros e
port ugueses, com reconhecim ent o de gozo de direit os polít icos, nos
termos do § 1º do art. 12 da Constituição Federal.
b) Estar em dia com as obrigações eleitorais.
c) Apresent ar Cert ificado de Reserv ist a ou de Dispensa de
Incorporação, em caso de candidato brasileiro do sexo masculino.
d) Possuir a habilit ação ex igida para o cargo e dem ais qualificações
requeridas no processo seletivo quando da contratação;
e) Não enquadrar- se na vedação de acúm ulo de cargos ( art igo 37,
XVI da CF)
f) Idoneidade e conduta ilibada na vida pública e na vida privada;
g) Conhecer as exigências est abelecidas nest e edit al e est ar de
acordo com elas.
4.4. Para efeit o de inscr ição, o candidat o preencherá form ulár io
padrão que deverá ser respondido com let ra legível, sendo os
docum ent os ordenados de form a seqüencial e num er ados pelo
candidato, não podendo haver rasuras ou emendas, nem omissão de
dados nele solicitados; o requerimento de inscrição será entregue ao
candidat o no at o de sua inscrição, devendo o m esm o fazer j unt ada
da documentação abaixo:
a) Cópia do documento de identidade;
b) Cópia do com provant e de escolar idade ( Diplom a ou Hist ór ico
Escolar);
c) Cer t ificados ( qualificação profissional) confor m e est abelecido
neste edital;
d) Nada consta civil e criminal da Comarca de onde reside;
f) Com provant e do cum pr im ent o das obrigações eleit orais e
militares;
4.5. A r esponsabilidade pela apresent ação dos docum ent os j unt ados
ao requerimento de inscrição será exclusiva do candidato.
4.6. A falta de qualquer dos documentos relacionados pelo candidato
no it em 4.4 im plicará no indeferim ent o da inscr ição, sendo
automaticamente eliminado do Processo Seletivo.
4.7. A qualquer t em po, poder- se- á anular a inscrição, o est ágio de
formação, a nom eação e a posse do candidat o, desde que
const at ada falsidade em qualquer declaração e/ ou docum ent os
apresentados.
4.8. No at o da inscrição o candidat o deverá verificar o quantitativo
de vagas m asculinas distribuídas para a Grande Vit ória, conform e
descrito no Anexo III, deste Edital.

5 DO PROCESSO SELETIVO E CLASSIFICAÇÃO.


5.1. O processo selet ivo será realizado em 03 ( três) et apas e
consistirão na avaliação de Cert ificados, invest igação social e exam e
psicot écnico, sendo que a prim eira et apa será de caráter
classificat ór io e elim inat ór io, as out ras duas de carát er apenas
eliminatório.
5.2. Para efeit o de classificação dos candidat os, a pont uação
referent e à qualificação pr ofissional, considerar- se- á som ent e a
apresent ação de no m áxim o 03 ( t rês) cer t ificados, conform e
especificados no item 6.2 na ÁREA I deste Edital.
5.3. O candidat o que obt iver m enos de 10 ( dez) pont os na not a,
será desclassificado.
5.4. O candidat o classificado nas duas et apas e dent ro do núm ero o
núm ero de vagas disponíveis para a Região escolhida ( de acordo
com o it em 5.6) no quadro da SEJUS, conform e Anex o I I I , ser á
encaminhado ao exame psicoténico.
5.5. Será aut om at icam ent e elim inado aquele que falt ar ou deixar de
cumprir os horários ou qualquer um a das inst ruções ou et apas dest e
processo seletivo.
5.6. Haverá form ação de Cadast ro Reserva que consist irá no
quantitativo de duas vezes o núm ero de vagas oferecidas para a
Grande Vitória.

6 CRITÉRIO DE PONTUAÇÃO.
6.1. A avaliação de cert ificados consist irá na som at ória de pont os
obtida com a apresent ação de cert ificados que est ej am em
conformidade com o presente edital:

Área Pontos

I Qualificação profissional 50,0

Total 5 0 ,0

6.2. A discr im inação, o valor em pont os e as form as de


comprovação dos títulos serão:
ÁREA I QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

6.2.a. Cargo de Agente de Escolta e Vigilância Penitenciária:

Discriminação para sexo masculino Pontos


1 Cert ificado de reserv ist a que prest ou o serviço de 6,0
m ilit ar inicial, dev idam ent e at ualizado relat ivo à
mobilização.
10,0
- Com provant e e/ ou declaração da Organização Milit ar
( Forças Arm adas ou Força Auxiliar) m ost rando a
prestação do serviço militar por mais de 2 anos.

2 Curso de Informática Básica (noções Windows, Word, 6,0


Excel e I nt ernet ) , com duração super ior ou igual a 60
horas.
3 Experiência em at iv idade de segurança prisional, 12,0
com provada at ravés de Declaração ou Cert idão de
Tem po de Serviço expedido pelo Depar t am ent o
Pessoal/ Recursos Hum anos da respect iva Secret aria da
área prisional, ou Cópia de Cart eira de Trabalho ( r egist r o
do( s) cont rat o( s) de t rabalho e páginas de ident ificação
do candidat o na respect iva cart eira de t rabalho fot o e
dados pessoais) . No caso de cont rat o em vigor ( cart eir a
sem dat a de saída) , o candidat o deverá t am bém anexar
declaração do em pregador, em papel t im brado, com
carim bo, dat a e assinat ura do responsável pela em issão
da declaração, at est ando o t érm ino ou cont inuidade do
contrato.

4 Experiência em at ividade de Segurança Privada por 8,0


m ais de 2 anos, com provada por Cópia de Cart eira de
Trabalho ( regist ro do( s) cont rat o( s) de t rabalho e
páginas de ident ificação do candidat o na respect iv a
cart eira de t rabalho fot o e dados pessoais) . No caso de
cont rat o em vigor ( cart eira sem dat a de saída) , o
candidat o deverá t am bém anexar declaração do
em pregador, em papel t im br ado, com carim bo, dat a e
assinat ura do responsável pela em issão da declaração,
atestando o término ou continuidade do contrato.
4 Nível superior em curso. 7,0
5 Nível superior completo 14,0

6.3. Na cont agem geral dos cert ificados apresent ados não serão
computados os pontos que ultrapassarem o limite total.
6.4. Para efeit o de qualificação profissional os cer t ificados acim a
descritos serão aceit os em cópia sim ples desde que apr esent ados os
originais para conferência;
6.5. Para com provação de nível superior com plet o o candidat o deverá
apresent ar cópia sim ples m ediant e original para conferência, do
diploma ou hist órico escolar; Para com provar nível superior em
andament o deverá apresent ar Declaração da I nst it uição de Ensino
Superior que comprove vínculo com a Faculdade/Universidade;
6.6. Os candidat os habilit ados e classificados dent ro do núm ero de
vagas serão subm et idos a invest igação social e farão exame
psicotécnico.
6.7. Os candidat os considerados apt os no exam e psicot écnico dent r o
do núm ero de vagas farão est ágio de form ação na Escola Penit enciár ia
- EPEN.
6.8. O est ágio de form ação na Escola Penit enciár ia - EPEN t erá carga
horária de 40 horas e será oferecido por esta Secretaria.
6.9. A pontuação da avaliação geral será conforme quadro abaixo:

Discriminação Pontos

Avaliação de certificados 50
Total 50

6.10. Serão considerados apt os a ingressar no Sist em a Prisional


como Agentes de Escolta e Vigilância Penitenciária os candidatos que
est iver em classificados dent r o do núm ero de vagas est abelecidas
neste Edit al. Os dem ais classificados que obt iver em not a igual ou
super ior a 10,0 pont os est ar ão habilit ados a com por quadro reserva
conforme estabelece o subitem 5.6, deste Edital.
6.11. O preenchim ent o das vagas ofert adas para a Grande Vit ória
dar- se- á na ordem de classificação decrescente por pontos conforme
estabelece o item 6.9, deste Edital.
7- DO DESEMPATE
7.1. Em casos de desem pat e, será dada preferência ao candidat o
mais idoso, nos t er m os do art igo 27, § único da Lei Nº . 10.741, de
01 de out ubro de 2003; perm anecendo o em pat e ao candidat o que
obt iver m aior núm ero na qualificação profissional; per m anecendo o
em pat e ao candidat o que obt iver m aior núm ero de pont os na
entrevista.

8 DA DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS.


8.1. A r elação dos candidat os que t iverem suas inscr ições deferidas
será publicada no Diário Oficial, e divulgada na int ernet , no
ender eço elet rônico ht t p: / / www.sej us.es.gov.br, obedecendo a
crit eriosa ordem de classificação dos pont os obt idos, cabendo
recurso.
8.2. Após análise dos r ecur sos, o r esult ado final será expresso pela
classificação e divulgado no Diár io Oficial, bem com o no endereço
eletrônico http://www.sejus.es.gov.br.

9 DOS RECURSOS
9.1. Os pedidos de recur sos, dos result ados provisórios de
classificação deverão ser dirigidos à Banca Exam inadora de
Concur so e pr ot ocolizados na Avenida Gov ernador Bley , nº 236, Ed.
Fábio Ruschi, 9º andar, Cent ro, Vit ória/ ES, CEP 29010- 150, no
prazo estabelecido no Anexo IV.
9.2. O candidat o dev erá ser claro, consist ent e e obj et ivo em seu
pleito. Recurso inconsist ent e ou int em pest ivo, bem com o aqueles
cuj o t eor desr espeit e a banca exam inadora serão prelim inarm ent e
indeferidos.
9.3. Todos os recur sos serão analisados e est arão à disposição dos
candidatos para conhecim ent o no prazo m áxim o de at é 07 ( set e)
dias, na SEJUS no endereço supracitado.
9.4. Não serão aceit os recursos via fax, via correio elet rônico ou
correio.
9.5. Em nenhum a hipót ese serão aceit os pedidos de r evisão de
recursos.

10 - DA CHAMADA
10.1. A cham ada dos candidat os classificados para ocuparem as
vagas exist ent es será efet uada pela SEJUS, de acor do com a
classificação decrescent e de pont uação e necessidade da
Administração, por m eio de Edit al publicado em Diário Oficial e no
site http:www.sejus.es.gov.br.
10.2. O não com parecim ent o do candidat o classificado no m om ent o
da chamada, im plicará na alt eração da ordem de classificação
devendo ser subst it uído pelo próxim o candidat o com m aior núm ero
de pontos.

11 DA CONTRATAÇÃO
11.1. A cont rat ação em carát er t em porário de que t rat a o Edit al,
dar- se- á m ediant e assinat ura de cont rat o adm inist rat ivo de
prestação de serviços entre a SEJUS e o profissional contratado;
11.2. De acor do com o ar t igo 37, inciso XVI , da Const it uição da
República Federat iva do Brasil, é v edada a acum ulação rem unerada
de cargos públicos, ex cet o, quando houver com pat ibilidade de
horários, observado em qualquer caso o disposto no inciso XI:
a) A de dois cargos de professor;
b) A de um cargo de professor com outro, técnico ou científico;
c) A de dois cargos ou empregos privativos de profissionais de
d) saúde.
11.3. No at o da cont rat ação o candidat o deverá apr esent ar os
seguintes documentos e suas respectivas cópias:
a) CPF;
b) Carteira de Identidade;
c) Comprovante de Cadastramento no PIS/PASEP;
d) Carteira de Trabalho da Previdência Social (CTPS);
e) Título de Eleitor com comprovante de votação da última eleição;
f) Cert ificado de Reserv ist a ou CDI ( Cer t ificado de Dispensa de
Incorporação), para os candidatos do sexo masculino;
g) Comprovante de Escolaridade;
h) Com provant e de Residência ( cont a de água; energia elét rica ou
telefone);
i) At est ado de Ant ecedent es ( expedido pelo Depart am ent o de
Identificação da Superintendência de Polícia Técnico Científica);
j ) Cer t idão Negat iva de Nada Const a ( expedida pela Cont adoria do
Fórum da Com arca onde r eside o candidat o) com sér ie e dat a de
expedição;
k) Certidão Negativa de nada consta da Justiça Federal;
l) Declaração de não acumulação de cargos;
m ) At est ado Médico Adm issional, fornecido por m édico especializado
em Medicina do Trabalho;
n) 02 (duas) fotos 3x4 recentes;

12- DAS DISPOSIÇÕES FINAIS E TRANSITÓRIAS


12.1. É com post a um a Com issão de seleção encar regada de
examinar as proposições técnicas e realizar o processo seletivo;
12.2. O processo selet ivo t erá validade de 12 ( doze) m eses,
podendo ser prorrogado a crit ér io da adm inist ração por igual
período;
12.3. Nenhum candidat o poderá alegar desconhecim ent o das
instruções contidas neste Edital;
12.4. Toda docum ent ação ent r egue pelo candidat o conform e
solicitado nest e Edit al, não será devolvida, ficando arquivada nos
autos do referido processo seletivo, e;
12.5. De acordo com a necessidade da SEJUS as vagas poderão ser
remanejadas de uma Unidade para outra;
12.6. A inexat idão, a falsidade de declaração, as irregularidades nos
docum ent os ou no cert am e, verificadas a qualquer t em po, em
especial por ocasião da cont rat ação, acarret ará a nulidade da
inscrição com t odas as suas decorrências, sem prej uízos das dem ais
medidas de ordem administrativa, cível ou criminal;
12.7. No que tange ao Cadastro de Reserva este constitui somente e
t ão som ent e, com o um a expect at iva de direit o do candidat o
selecionado, port ant o, não obrigando est a Secret aria à convocação
deste último;
12.8. Os it ens dest e Edit al poderão sofrer event uais at ualizações ou
ret ificações, enquant o não consum ada a providência ou event o que
lhes disser respeito, circunstância que será mencionada em Edital ou
Aviso a ser publicado no Diário Oficial do Estado;
12.9. Os casos om issos serão resolv idos pela SEJUS, observados os
princípios e normas que regem a Administração Pública.

Vitória/ES, 22 de fevereiro de 2011.

ÂNGELO RONCALLI DE RAMOS BARROS


Secretário de Estado da Justiça

ANEXO I
REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO
PROCESSO SELETIVO SEJUS
EDITAL Nº. 001/2011

PROTOCOLO N.º ______ (campo a ser preenchido pela SEJUS)

CARGO: AGENTE DE ESCOLTA DE VIGILÂNCIA PENITENCIÁRIA

Nome do Candidato: _____________________________________________


Documento de Identidade:___________________ CPF: _________________
Data de Nascimento: _____/_____/_______
Endereço ( Rua, Avenida) :
___________________________________________
______________________________________________________________
__
Bairro:_________________________________________________________
__
Cidade:________________________________________________________
__
CEP:_________________Estado:___________________________________
__
Telefone: (___)_________________________________________
Nível de Escolaridade:___________________________________

Se tem parentesco consangüíneo ou por afinidade com o preso.


( ) pai/ m ãe ( ) cônj uge/ com panheiro( a) ( )
filho(a)/enteado(a)
( ) padrasto/madrasta ( ) tio(a) ( ) sobrinho(a)
DECLARO SEREM VERDADEI RAS TODAS AS I NFORMAÇÕES
PRESTADAS NESTE REQUERI MENTO, TER CONHECI MENTO DO
PRESENTE EDI TAL E PREENCHER OS REQUI SI TOS E AS CONDI ÇÕES
NELE ESTABELECIDAS.
_______________, ES_______de____________________de 2011.

________________________________________
Assinatura do Candidato/Procurador

ANEXO II
FORMULÁRIO DE ANÁLISE DOS CANDIDATOS
NOME:___________________________________________
______________
TEL:____________________________________________
_______________

CARGO: AGENTE DE ESCOLTA E VI GI LÂNCI A


PENITENCIÁRIA

Relação de documentos (cópias):


a) CPF;
b) Carteira de Identidade;
c) Comprovante de Cadastramento no PIS/PASEP;
d) Carteira de Trabalho da Previdência Social (CTPS);
e) Certidão de Nascimento ou Casamento;
f) Tít ulo de Eleit or com com provant e de v ot ação da últ im a
eleição;
g) Cer t ificado de Reserv ist a ou CDI ( Cer t ificado de Dispensa
de Incorporação), para os candidatos do sexo masculino;
h) Comprovante de Escolaridade;
i) Com provant e de Residência ( cont a de água, energia
elétrica ou telefone);
j ) At est ado de Ant ecedent es ( expedido pelo Depart am ent o
de I dent ificação da Super int endência de Polícia Técnico
Científica);
k) Cert idão Negat iva de Nada Const a ( expedida pela
Cont adoria do Fórum da Com arca onde reside o candidat o)
com série e data de expedição;
l) Certidão Negativa de nada consta da Justiça Federal;
Observações:
________________________________________________
________________
________________________________________________
________________
________________________________________________
________________
________________________________________________
________________
________________________________________________
________________
________________________________________________
________________
________________________________________________
________________
________________________________________________
________________

ANEXO III

DA DISTRIBUIÇÃO DAS VAGAS EXISTENTES:


MASCULINO
Grande Vitória 190 vagas

ANEXO IV

Cronograma do Processo Seletivo

INSCRIÇÕES:

INSCRIÇÃO/MUNICÍPIO ENDEREÇO* DATA E


HORÁRIO
Grande Vitória Ed. Fábio Ruschi, Av. 10 a
Governador Bley, 17/ 03/201
236, 9º andar, 1
Cent ro, Vit ória/ ES,
CEP 29010- 150

* O endereço supracit ado é aonde dev erão ser rem et idos a


docum ent ação e o requerim ent o de inscr ição, conform e
estabelecido no item 4.1 deste Edital.

HABILITAÇÃO E DIVULGAÇÃO DE RESULTADO PROVISÓRIO

Grande Vitória PUBLI CAÇÃO NO DI ÁRI O ATÉ


OFI CI AL DO ESTADO DI O e 01/ 04/2
site http:www.sejus.es.gov.br 011

PRAZO RECURSAL

Grande Vitória Ed. Fábio Ruschi, Av . 04 a


Governador Bley, 236, 9º 06/04/2011 das
andar, Centro, Vitória/ES 09:00 as 17:00h

ANALISE DOS RECURSOS

Grande Vitória Ed. Fábio Ruschi, Av . 07 a


Governador Bley, 236, 9º 14/ 04/2011
andar, Centro, Vitória/ES

CONVOCAÇÃO PARA O EXAME PSICOTÉCNICO

Grande Vitória DI ÁRI O OFI CI AL DO ESTADO 18/ 04/2011


DI O e sit e
http:www.sejus.es.gov.br

REALIZAÇÃO DO EXAME PSICOTÉCNICO

Grande Vitória Div ulgação do local no DIÁRIO 29 a


OFI CI AL DO ESTADO DI O e 06/ 05/2011 das
site http:www.sejus.es.gov.br 09: 00 as 17: 00
h

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO DO EXAME PSICOTÉCNICO

Grande Vitória PUBLI CAÇÃO NO DI ÁRI O OFI CI AL DO 11/ 05/201


ESTADO DI O e sit e 1
http:www.sejus.es.gov.br

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO FINAL DO PROCESSO SELETIVO


Grande Vitória PUBLI CAÇÃO NO DI ÁRI O OFI CI AL DO 16/ 05/2011
ESTADO DI O e sit e
http:www.sejus.es.gov.br

CONTRATAÇÃO

Grande Vitória Ed. Fábio Ruschi, Av. Governador 18 a 20/ 05/2011


Bley , 236, 9º andar, Cent ro, das 09:00 as 17:00h
Vitória/ES

Interesses relacionados