Você está na página 1de 7

ATIVIDADE INDIVIDUAL

Matriz de atividade individual

Disciplina: Finanças corporativas Módulo: 4

Aluno: Aline Ayumi Cassiano dos Santos


Turma: ONL021B2-POGFISP11T4
Susuki

Tarefa: Atividade Individual

Custo de capital próprio e custo médio ponderado de capital

1.a) Custo de capital próprio:


O resultado de β foi calculado através do risco sistêmico do setor de roupas, que
deve ser 20% superior a carteira de mercado: 1+ 0,2 = 1,200

Prêmio de risco de mercado 8%.


Conforme acima os resultados obtidos demonstram a capacidade de criação de valor
aos acionistas, sobre o capital próprio superando o custo de 13%.

1.b) Custo médio ponderado:

O Custo médio ponderado serve para termos uma base de quanto vale cada item no
financiamento, ou seja, ele pode quantificar cadas elemento na clarificação entre
lucro e prejuízo.

1
Projeção dos resultados e dos fluxos de caixa livres da empresa e do acionista

O cenário 2 apresenta um fluxo de caixa livre e do acionista maior a partir do 2º mês,


portanto é mais recomendado do que o cenário 1.

2
Análise de viabibilidade

VPL

O VPL serve para calcular o valor presente dos pagamentos futuros, deduzindo a
taxa de custo do capital.
Na Analise abaixo consideramos o valor de CMPC – 9,64% e TMA – 13%.

Conforme acima, o VPL dos dois cenários é positivo indicando que haverá lucro,
porém o 2º cenário apresenta um valor maior, indicando ser a melhor opção nesta
análise.

3
TIR

A TIR informa qual será o retorno obtido sobre o investimento, sinalizando se o


investimento é viável ou não.

Conforme acima, em ambos os cenários a TIR são maiores que a taxa de retorno
esperada, demonstrando que o projeto trará o lucro esperado, porém o 2º cenário
novamente demonstra ser mais viável e rentável que o 1º.

4
Payback simples

O payback serve para medir quanto tempo um projeto demora para pagar aos
investidores o capital investido.
O payback simples não considera o valor do dinheiro no tempo e o custo de
capital, conforme abaixo os dois cenários apresentam resultados dentro do
esperado pelo investidor, porém o cenário 2 tem um menor tempo de retorno, ou
seja o mais viável para investimento.

5
Payback descontado

O payback descontado considera o valor do dinheiro no tempo presente, conforme


abaixo novamente o cenário 2 apresenta o menor tempo de retorno, porem
apenas o FCLA esta dentro do prazo esperado que seria os 48 meses.

6
Conclusão da análise

Ao realizarmos todos os cálculos e fazer a análise de viabilidade do investimento,


utilizando como parâmetro os índices VPL, TIR, Payback Simples e Descontado,
obtemos resultados financeiros positivos, e vemos que o cenário 2 possui
melhores indicadores do que o cenário 1, porem ao analisarmos o Payback
descontado identificamos que apenas o FCLA do cenário 2 esta dentro do prazo
esperado de 48 meses, para remuneração do capital proprio investido
prejudicando a viabilidade do projeto.
Com as análises demonstradas acima, mesmo fazendo cálculos individuais, ao
final deste projeto percebemos a importância de todos os indicadores, e uma
análise do todo para termos a certeza de que o investimento poderá ou não ser
rentável.

Referencias Bibliograficas

CURY, Marcus Vinicius Quintella; ABREU, José Carlos; SOUZA, Cristóvão


Pereira; AMÉRIO, Danilo. Finanças corporativas. 12 ed. Rio de Janeiro: FGV,
2017.

ASSAF NETO, A. Finanças corporativas e valor. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2015.

Você também pode gostar