Você está na página 1de 3

1.

Díploe é um termo grego que significa, embrulho duplo e em anatomia ele se refere a
uma placa de osso compacto externa com uma placa intermediária de osso esponjoso
e outra placa interna de osso compacto. Onde encontramos este tipo de constituição
óssea?
a. Na cabeça do fêmur
b. Na cabeça do úmero
c. Nos ossos planos do crânio
d. Na epífise distal da tíbia
e. Na diáfise do rádio

2. A traquéia é um cartilaginoso que mede cerca de 12 cm de comprimento por cerca de


2,5 cm de diâmetro, que se estende desde a cartilagem cricóide até a carina, onde
teremos sua bifurcação em brônquios principais direito e esquerdo. Sua porção
cartilaginosa não é completamente fechada, portanto temos semi-anéis não fechado
completamente em sua porção:
a. Anterior
b. Posterior
c. Lateral
d. Inferior
e. Superior

3. O nervo isquiático ou ciático é o nervo mais calibroso do corpo, e emerge do plexo


sacral em direção à região posterior da coxa através do recesso infrapiriforme, onde
emitirá apenas ramos motores para os músculos da coxa através do nervo tibial. Qual
grupo muscular é inervado por este ramo do nervo ciático na coxa?
a. Isquiotibiais
b. Quadríceps femoral
c. Adutores da coxa
d. Abdutores da coxa
e. Tríceps sural

4. Quando você se depara com um paciente com pé equino varo observa-se um pé caído,
semelhante ao que se observa em um cavalo, daí veio o nome pé equino. Em qual das
seguintes situações observa-se esta condição?
a. Lesão do ramo tibial do nervo ciático
b. Lesão do ramo safeno do nervo femoral
c. Lesão no ramo posterior do nervo obturatório
d. Lesão do ramo plantar medial do nervo tibial
e. Lesão do ramo fibular comum do nervo ciático

5. Linfonodos submandibulares, glândula submandibular, A. e V. facial são estruturas


encontradas em qual trígono cervical?
a. Trígono suboccipital
b. Trígono submentual
c. Trígono carotídeo
d. Trígono submandibular
e. Trígono facial

6. Quais são os limites musculares anterior, posterior e inferior do trígono occipital,


respectivamente:
a. Esternocleidomastóide, Trapézio e ventre superior do omo-hióide
b. Trapézio, Esternocleidomastóide e ventre inferior do omo-hióide
c. Esternocleidomastóide, ventre posterior do omo-hióide e clavícula
d. Esternocleidomastóide, Trapézio e ventre inferior do omo-hióide
e. Trapézio, Esternocleidomastóide e ventre superior do digástrico

7. Qual dos seguintes músculos NÃO é um músculo da planta do pé?


a. Extensor curto do hálux
b. Flexor curto do hálux
c. Flexor curto dos dedos
d. Extensor curto dos dedos
e. A e D estão corretas

8. O músculos lumbricais plantares são músculos que não tem origens ósseas, sendo
assim quais são as origens dos músculos lumbricais plantares?
a. Tendão do flexor longo do hálux
b. Tendões do flexor longo dos dedos
c. Tendões do extensor longo dos dedos
d. Tendões dos flexores curtos dos dedos
e. Tendão do abdutor do hálux
9. O nervo FEMORAL tem suas origens nas raízes de ____ a ____ na divisão __________
do plexo ___________.
a. L2 – L4 – posterior – lombar
b. L2 – L5 – posterior – lombar
c. L2 – L4 – anterior – lombar
d. L2 – L4 – posterior – sacral
e. L2 – L5 – anterior – sacral

10 . São ramos colaterais da divisão POSTERIOR do plexo sacral:

a. Nervos para o gêmeo superior e obturador interno


b. Nervos para o quadrado da coxa e gêmeo inferior
c. Nervo glúteo superior, nervo glúteo inferior e nervo para o músculo piriforme
d. Nervo fibular comum e nervo tibial
e. Nervo pudendo e nervo para o levantador do ânus

Você também pode gostar