Você está na página 1de 8

Planilha1

PSICOPATOLOGIA
FUNÇÃO PSÍQUICA ALTERAÇÃO PSÍQUICA
Hiperestesia (aumento da sensação)
Hipoestesia (diminuição da sensação)
Sensação
Anestesia (perda da sensação dos órgãos)
Analgesia (perda da capacidade de sentir dor)
Agnosia (descreve objeto, mas não sabe o que é)
Ilusão (percepção deformada, olha e vê outra coisa)
Percepção
Aberrações perceptivas/cromáticas (as cores ganham vida)
Perda da síntese perceptiva (não percebe o que acontece em volta)
Sonorização do pensamento (ouvir os próprios pensamentos)
Auditiva Vozes em diálogo (vozes conversam entre si sobre o enfermo)
Automatismo mental (vozes de comando, interferem na atividade)
Autoscópica (Percebe seu corpo como se estivesse fora do mesmo)
SENSOPERCEPÇÃO
Visual Extracampinas (Percepções fora do campo sensorial usual. Ver atrás da nuca)
Liliputiana (personagens minúsculos e pequenos animais)
Tátil/de contato
Olfativa/Gustativa
Representação Alucinação
Funcionais (Alucinações desencadeadas por estímulos reais. Ex. Abre a pia, escuta vozes)
Cenestésicas (alterações no esquema corporal. Ex. Coração podre, cérebro remexido)
Cinestésicas (falsas percepções de movimentos corporais)
Sinestésicas ou Combinadas (troca de sensações diferentes. Ex. Ver a cor do som)
Psíquicas (palavras sem som, comunicação direta de pensamentos, sem elemento sensorial)
Pseudo-alucinações (não possui projeção espacial e nem corporeidade)
Alucinoses (manutenção da lucidez e crítica diante dos distúrbios)
Alucinose Peduncular (natureza hipnagógica, desfile de imagens como filme cinematográfico)

Página 1
Planilha1

PSICOPATOLOGIA
FUNÇÃO PSÍQUICA ALTERAÇÃO PSÍQUICA
Obnubilação da consciência (grau leve a moderado - compreensão dificultada)
Rebaixamento
do Nível de Sopor (incapacidade de ação espontânea, não reage)
Consciência
Coma (grau profundo - impossível qualquer atividade voluntária consciente)
Delirium (Síndrome confusional aguda, rebaixamento da consciência acompanhada de desorientação
Quantitativas
temporoespacial com surtos de ansiedade,além de ilusões e/ou alucinações visuais.)
Estado Onírico (o indivíduo entra em um estado semelhante a um sonho muito vívido; predomina atividade
alucinatória visual intensa com caráter cênico e fantástico, com cargas emocionais de angústia, terror ou pavor.)
CONSCIÊNCIA Amência ou Confusão Mental (rebaixamento do nível da consciência com excitação psicomotora, incoerência do
pensamento, perplexidade e sintomas alucinatórios oniróides)
Estados Crepusculares (estado patológico transitório no qual a obnubilação da cs é acompanhada de relativa
conservação da atividade motora coordenada; surge e desaparecer de forma abrupta e tem duração variável)
Dissociação da consciência (perda da unidade psíquica comum do ser humano, na qual o indivíduo "desliga" da
Qualitativas realidade para parar de sofrer)
Transe (espécie de sonho acordado com a presença de atividade motora automática e estereotipada acompanhada
de suspensão parcial dos movimentos voluntários)
Estado Hipnótico (técnica refinada de concentração da atenção e de alteração induzida da cs)
PSICOPATOLOGIA
FUNÇÃO PSÍQUICA ALTERAÇÃO PSÍQUICA
Hipertenacidade (fixação da atenção acentuada)
Ativa (tenacidade)
Hipotenacidade (fixação da atenção diminuída)
Espontânea Hipervigilância (deslocamento da atenção acentuado)
(vigilância) Hipovigilância (deslocamento da atenção diminuído)
ATENÇÃO Hiperprosexia (Hipertenacidade + Hipovigilância) Atenção exacerbada, com surpreendente infatigabilidade.
Hipoprosexia (Hipotenacidade + Hipovigilância) Perda da capacidade concentração, com fatigabilidade aumentada.
Aprosexia (Falta absoluta de atenção)
Distração (Hipertenacidade + Hipovigilância) Concentração ativa sobre determinado conteúdo ou objeto, com inibição de tudo mais.
Distraibilidade (Hipotenacidade + Hipervigilância) Incapacidade para fixar-se em qualquer coisa, com mobilidade acentuada da atenção
voluntária, facilmente desviada de um objeto a outro.

Página 2
Planilha1

PSICOPATOLOGIA
FUNÇÃO PSÍQUICA ALTERAÇÃO PSÍQUICA
Desorientação Apática ou Abúlica (há falta de motivação e interesse, inibição psíquica ou insuficiente energia
psíquica para a elaboração das percepções e raciocínio)
Desorientação Amnéstica (Incapacidade do doente em fixar acontecimentos (memória) e consequentemente,
incapacidade de orientar-se no tempo, espaço em relações com outras pessoas)
Autopsíquica
Desorientação Demencial (Além da perda da memória de fixação, déficit de reconhecimento ambiental e
(relativa ao
desorganização global das funções cognitivas)
próprio indivíduo)
Desorientação por redução do nível de Cs ou Amencial (por comprometimento do nível de consciência,
observada no delirium tremens e nas psicoses orgânicas)
Desorientação Delirante (produzida por perturbações do juízo de realidade, devido à presença de falsos
ORIENTAÇÃO
conteúdos (ou conteúdos anormais) no campo da consciência)
Desdobramento da personalidade (Desarranjo psíquico em que um mesmo indivíduo se comporta como dois
seres com personalidades diferentes)
Desorientação por Déficit Intelectual ou Oligofrênica (A pessoa está com alteração do nível de orientação pois
Alopsíquica este não possui inteligência para correlacionar ambientes, pessoas, dias, etc.)
(relativa ao tempo
e espaço) Dupla Orientação (permanência simultânea da orientação verdadeira ao lado de uma falsa, ou seja, o mundo real
sincrônico ao mundo psicótico)
Despersonalização (Caracterizado por um inexplicável sentimento de estranheza, inicialmente relacionado com o
meio exterior e se estende, progressivamente, até a própria personalidade)

Página 3
Planilha1

Página 4
Planilha1

Página 5
Planilha1

Página 6
Planilha1

Página 7
Planilha1

Página 8