Você está na página 1de 4

CÉLULA EUCARIÓTICA

As células eucariontes são células que apresentam como característica principal


a presença de um núcleo definido, ou seja, o material genético nessas células está
envolvido pelo envelope nuclear. Além da presença de núcleo, elas se destacam por
possuir organelas membranosas, as quais desempenham as mais variadas funções, tais
como respiração celular, digestão intracelular e síntese de substâncias. Esse tipo de
célula pode ser encontrado em algas, protozoários, fungos, plantas e animais.

Características das células eucariontes


É comum ouvirmos dizer que as células apresentam três partes básicas: membrana
plasmática, citoplasma e núcleo. Entretanto, isso não é bem verdade, uma vez que nem
todas as células possuem essa última estrutura. As chamadas células eucariontes (do
grego eu, que significa verdadeiro, e karyon, que significa núcleo) são as células que
apresentam núcleo, ou seja, apresentam o material genético envolvido pelo envoltório
nuclear, o qual é constituído por duas membranas concêntricas.
Além da presença de núcleo definido, observa-se nesse tipo celular a presença, no
citoplasma, de organelas membranosas, tais como:

• mitocôndria;

• complexo golgiense;

• retículo endoplasmático;

• lisossomo;

• peroxissomo;

• vacúolo central (célula vegetal);

• cloroplasto (célula vegetal).

Essas organelas são fundamentais para garantir o funcionamento adequado da célula,


sendo responsáveis por realizar diferentes funções. Além das organelas citadas,
os ribossomos também estão presentes nas células eucariontes. Eles, no entanto, não
são considerados organelas por muitos autores, pois não apresentam membrana.
A célula eucarionte apresenta núcleo e organelas celulares.

• Membrana plasmática
A membrana plasmática é uma estrutura presente em todos os tipos celulares,
estando, portanto, também presente nas células eucariontes. Ela consiste basicamente
em uma bicamada fluida de fosfolipídeos, onde estão inseridas, parcial ou totalmente,
moléculas de proteínas. A membrana plasmática não é uma estrutura fixa, sendo
observado o movimento de lipídios e algumas proteínas. Ela exerce diferentes funções,
sendo responsável por separar o meio intra e extracelular e selecionar o que entra e o
que sai da célula. Devido à capacidade de controlar a entrada e a saída de substâncias
da célula, dizemos que a membrana plasmática apresenta permeabilidade seletiva.

• Citoplasma
O citoplasma é a região compreendida entre a membrana plasmática e o núcleo da
célula. É nesse local que encontramos as organelas, além de inclusões lipídicas, grânulos
de glicogênio e uma rede de proteínas denominada citoesqueleto. Entre as organelas,
temos o chamado citosol ou matriz citoplasmática, que possui a consistência de gel e é
formado por água e substâncias dissolvidas,
como carboidratos, proteínas, aminoácidos, lipídios e íons.
• Organelas celulares
As organelas celulares são estruturas envolvidas por membrana suspensas no citosol
de células eucariontes. Complexo golgiense, retículo endoplasmático, lisossomo e
mitocôndrias são exemplos de organelas. Alguns autores se referem aos ribossomos
como organelas não membranosas; outros, no entanto, preferem não classificar os
ribossomos como organelas devido à ausência de membranas. Para saber mais, leia
nosso texto específico: Organelas celulares.
No quadro a seguir, encontram-se algumas das organelas celulares e suas funções.

Organelas celulares e suas funções


Organela Função
Mitocôndria Gera energia por meio do processo de
respiração celular.

Cloroplasto (célula vegetal) Local onde ocorre o processo de


fotossíntese.

Retículo endoplasmático liso ou agranular Relacionado com processos de síntese de


lipídios e desintoxicação.

Retículo endoplasmático rugoso ou granular Relacionado com a síntese de proteínas.

Complexo golgiense Relacionado com modificação, distribuição


e empacotamento de substâncias.

Lisossomo Atua na digestão intracelular.

Peroxissomo Atua na oxidação de moléculas tóxicas.

Vacúolo central ou de suco celular (célula Relacionado com funções como


vegetal) armazenamento e controle do pH da célula.

Ribossomo (estrutura não considerada organela Realiza síntese de proteínas.


por alguns autores)
Centríolos Relacionado com a divisão celular.

• Núcleo
O núcleo é a característica mais marcante de uma célula eucarionte. É nele que
encontramos a maior parte do DNA desse tipo celular. Ele se destaca por ser envolvido
por duas membranas concêntricas, que, juntas, formam o chamado envoltório nuclear
ou carioteca e separam o citoplasma do conteúdo nuclear. Dentro do núcleo, o DNA
está organizado em cromossomos, que são moléculas de DNA associadas a proteínas.
Os cromossomos tornam-se mais compactos à medida que a célula se prepara para a
divisão celular.
Devido à presença do DNA, dizemos que o núcleo é o centro de controle de todas as
atividades da célula. Vale salientar ainda que no núcleo ocorre a síntese de todo os
tipos de RNA e que, no nucléolo, um dos componentes do núcleo, ocorre a formação
das subunidades ribossomais.

Você também pode gostar