Você está na página 1de 8

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO

Entre:
O MEU ACONCHEGO, UNIPESSOAL, LDA., pessoa colectiva n.º 513 399 828, com sede na
Rua Venerando de Matos, n.º 9, 3.º Dto., 2560-365 Torres Vedras, Freguesia de Santa Maria,
São Pedro e Matacães, Concelho de Torres Vedras, neste acto representada pelo sócio-gerente
com poderes para o acto JOAQUIM ANTÓNIO GOMES PEREIRA DA COSTA, como PRIMEIRA
CONTRATANTE,

LÚCIA MARIA JORGE DIAS FERREIRA, contribuinte fiscal nº 206 382 995, portadora do Cartão
do Cidadão n.º 07201592 6 ZY4, com validade até 21-03-2021, residente na Rua Henriques
Nogueira, n.º 9 Cave, 2560-340 Torres Vedras, como TRABALHADORA.

É acordado e reduzido a escrito o presente CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO, em


1 de Julho de 2019, que se rege pelas cláusulas seguintes:

CLÁUSULA I
FUNÇÕES DA TRABALHADORA

1 - A PRIMEIRA CONTRATANTE admite a TRABALHADORA ao seu serviço para exercer as


funções inerentes à categoria profissional de Ajudante de Acção Directa.
2 - Para além das funções anteriormente identificadas, a TRABALHADORA poderá exercer
quaisquer outras funções que a PRIMEIRA CONTRATANTE lhe indique, em observância do
disposto no Art.º 120.º, n.º 1, do Código do Trabalho, desde que tal não implique, porém, a perda
de direitos e garantias para a TRABALHADORA, como a alteração da sua posição na instituição.

CLÁUSULA II

1
RETRIBUIÇÃO

1 - A PRIMEIRA CONTRATANTE pagará à SEGUNDA CONTRATANTE a retribuição ilíquida


mensal de € 600,00 (SEISCENTOS EUROS), sujeita aos descontos legais.
2 – O pagamento será efectuado por transferência bancária para o NIB da SEGUNDA
CONTRATANTE ou através de numerário até ao último dia útil de cada mês.

CLÁUSULA III
LOCAL DE TRABALHO

1 - O local normal de trabalho da SEGUNDA CONTRATANTE é na Rua Nossa Senhora da Pena


Nº2, Barro, 2560-241 Torres Vedras, no estabelecimento BARRO SENIOR RESIDENCE.
2 - A PRIMEIRA CONTRATANTE pode transferir a SEGUNDA CONTRATANTE para outro local
de trabalho, em caso de mudança de estabelecimento ou por outro motivo da empresa, se a
transferência não lhe causar prejuízo sério.

CLÁUSULA IV
HORÁRIO DE TRABALHO

1 - O período normal de trabalho será de 40 horas por semana.

2 - O período de trabalho diário é de 8 horas diárias, podendo, em alguns dias, atingir número de
horas superior, que serão cumpridas de acordo com o mapa de horário afixado no local de
trabalho, e de molde a cumprir o acordado entre as partes.

3 - O horário de trabalho acordado, bem como os dias de descanso semanais, poderão ser
alterados pela PRIMEIRA CONTRATANTE em qualquer momento, sempre que as
circunstâncias ou as exigências de volume de trabalho o justifiquem.

4 - A TRABALHADORA dá, desde já, o seu acordo à alteração do horário de trabalho pela
PRIMEIRA CONTRATANTE, bem como à sua passagem a outro regime de horário, se a

2
PRIMEIRA CONTRATANTE entender integrá-la em qualquer destes regimes ou, de qualquer
forma, alterar-lhe o mesmo.

CLÁUSULA V
FÉRIAS

1 – As férias da TRABALHADORA têm a duração de 22 dias úteis.

2 – No ano de admissão, a TRABALHADORA tem direito a 2 dias úteis de férias por cada mês
de duração do contrato, até 20 dias, que poderão ser gozados após seis meses de duração do
contrato.

CLÁUSULA VI
PRAZO E PERÍODO EXPERIMENTAL

1 - O presente contrato é celebrado a termo certo pelo prazo de seis meses, com início a 1 de
Julho de 2019 e termo a 31 de Dezembro de 2019.

2 - O período experimental tem o prazo de 30 dias a contar a partir da execução da prestação da


TRABALHADORA, sendo que ambas as partes podem denunciar o presente contrato nesse
período sem necessidade de aviso prévio ou de invocação de justa causa, não havendo direito a
qualquer indemnização.

3 - O contrato é renovável automaticamente por igual período, até três vezes, e a sua duração
não pode exceder os 3 anos.

4 - As partes podem acordar em renovações de prazo diferente do inicial, caso em que a


renovação terá que ser convencionada por escrito.

3
CLÁUSULA VII
CADUCIDADE DO CONTRATO

1 - Este contrato caduca, nos termos do Art.º 344.º da Lei Nº 7/2009 de 12 de Fevereiro, desde
que a PRIMEIRA CONTRATANTE ou a TRABALHADORA comunique, respectivamente, 15 ou 8
dias, antes de o prazo expirar, por forma escrita, a vontade de o fazer cessar.

2 - Na data da cessação do Contrato, seja qual for o motivo, a TRABALHADORA deverá


entregar imediatamente à PRIMEIRA CONTRATANTE todos os bens relacionados com o
negócio desta, ou que a ela pertençam, que estejam na posse ou sob o controlo da
TRABALHADORA.

CLÁUSULA VIII
DIREITOS DE TERCEIROS

1 - Este Contrato poderá ser alterado ou revogado mediante acordo entre a TRABALHADORA e
a PRIMEIRA CONTRATANTE, sem que seja necessário o consentimento de qualquer terceiro.

CLÁUSULA IX
VÁRIOS

1 - Para efeitos de declaração deste Contrato, a TRABALHADORA declara que não celebrou o
presente Contrato com base em qualquer representação, garantia ou obrigação de qualquer
natureza que não esteja referida neste Contrato ou expressamente mencionada como fazendo
parte integrante do mesmo.

2 - Qualquer comunicação à TRABALHADORA no âmbito deste Contrato poderá ser entregue


pessoalmente, ou enviada por correio registado para a morada constante deste Contrato;
qualquer comunicação à PRIMEIRA CONTRATANTE poderá ser deixada na sua actual sede ou
enviada para esta por correio registado.

4
CLÁUSULA X
PROTECÇÃO DE DADOS

1. LICITUDE DO TRATAMENTO DE DADOS: A PRIMEIRA CONTRATANTE fará a recolha,


conservação e tratamento de dados da TRABALHADORA por imposição do cumprimento de
obrigações legais, para cumprimento do presente contrato e ainda porque a TRABALHADORA
dá o seu consentimento.
2. RESPONSÁVEL PELO TRATAMENTO: A PRIMEIRA CONTRATANTE melhor identificada
neste contrato será a Responsável pelo tratamento dos dados da TRABALHADORA cujo
processamento de dados será interno ficando a PRIMEIRA CONTRATANTE expressamente
autorizada a caso assim o entenda efetuar esse processamento externamente.
3. RECOLHA DOS DADOS: Será efetuada pela TRABALHADORA directamente e
presencialmente incluindo preenchimento de impressos pela PRIMEIRA CONTRATANTE.
4. FINALIDADES DO TRATAMENTO DOS DADOS: A PRIMEIRA CONTRATANTE fará o
tratamento de dados com as seguintes finalidades:
4.1 GESTÃO CONTABILÍSTICA, FISCAL E ADMINISTRATIVA incluindo Gestão económica e
contabilística, gestão fiscal, gestão administrativa e gestão de faturação.
4.2 GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS incluindo seleção de pessoal e recrutamento,
processamento de remunerações, formação profissional, gestão de sanções disciplinares,
gestão de trabalho temporário, controlo de horário e assiduidade.
5. DADOS PESSOAIS CONTIDOS NO REGISTO: incluem nome, morada, contactos
telefónicos e endereços eletrónicos, data de nascimento, género, filiação, estado civil,
naturalidade, nacionalidade, composição do agregado familiar, identificação civil, identificação e
enquadramento fiscal, autorização de residência, passaporte, currículo profissional, profissão,
habilitações académicas, formação profissional e ainda dados biométricos.
6. COMUNICAÇÃO DOS DADOS A TERCEIROS: A PRIMEIRA CONTRATANTE vai comunicar
ou transferir em parte ou na sua totalidade os dados pessoais da TRABALHADORA a entidades
públicas e ou privadas sempre que tal decorra de obrigação legal e ou seja necessário para
cumprimento deste ou outros contratos ficando para tal expressamente autorizada pela
TRABALHADORA.
7. PRAZO DE CONSERVAÇÃO DOS DADOS: A PRIMEIRA CONTRATANTE vai conservar os
dados da TRABALHADORA pelos prazos necessários a dar cumprimento a obrigações legais

5
designadamente de 10 (dez) anos para cumprimento à obrigação legal de arquivo de toda a
documentação de escrita comercial.
8. DIREITOS DO TITULAR DOS DADOS: A TRABALHADORA poderá solicitar à PRIMEIRA
CONTRATANTE e esta salvo impedimento legal vai salvaguardar os direitos da
TRABALHADORA de acesso aos dados pessoais que lhe digam respeito, bem como a sua
retificação ou o seu apagamento, e a limitação do tratamento, e o direito de se opor ao
tratamento, bem como do direito à portabilidade dos dados. E ainda o direito de retirar
consentimento em qualquer altura, sem comprometer a licitude do tratamento efetuado com base
no cumprimento de obrigações legais ou com base no consentimento previamente dado. E
também o direito de reclamação sobre o tratamento de dados junto da Comissão Nacional de
Proteção de Dados.
9. SEGURANÇA NO TRATAMENTO DOS DADOS: Tendo em conta as técnicas mais
avançadas, os custos de aplicação e a natureza, o âmbito, o contexto e as finalidades do
tratamento, bem como os riscos, de probabilidade e gravidade variável, para os direitos e
liberdades das pessoas singulares, a PRIMEIRA CONTRATANTE aplica as medidas técnicas e
organizativas adequadas para assegurar um nível de segurança adequado ao risco, incluindo,
consoante o que for adequado.
10. VIOLAÇÃO DE DADOS PESSOAIS: Em caso de violação de dados pessoais a PRIMEIRA
CONTRATANTE notifica esse facto à Comissão Nacional de Proteção de Dados nos termos e
condições previstos na lei. Se essa violação for suscetível de implicar um elevado risco para os
direitos e liberdades do titular comunica-lhe esse facto, nos termos e condições previstos na lei.

CLÁUSULA XI
DEVER DE INFORMAÇÃO

A TRABALHADORA declara que foi prestada toda a informação necessária, de acordo com o
Art.º 106.º do Código do Trabalho.

CLÁUSULA XII
CONFIDENCIALIDADE

A TRABALHADORA obriga-se a guardar sigilo relativamente a quaisquer informações


respeitantes à PRIMEIRA CONTRATANTE, sendo-lhe, nomeadamente, vedado divulgar

6
informações relativas ao processo individual e situação de cada utente, bem como efectuar
quaisquer reproduções, cópia ou distribuição de documentos que lhe pertençam.

CLÁUSULA XIII
JUSTIFICAÇÃO

O presente contrato é justificado pelo acréscimo de actividade da PRIMEIRA CONTRATANTE,


motivado pela abertura do novo estabelecimento com um número superior de utentes
relativamente ao espaço anterior.

CLÁUSULA XIV
SEGURO DE ACIDENTES DE TRABALHO

A responsabilidade pela reparação de acidentes de trabalho da TRABALHADORA é transferida


para a Companhia de Seguros Fidelidade com o n.º de apólice AT63550448.

CLÁUSULA XV
LEGISLAÇÃO SUBSIDIÁRIA

Em tudo o que não se encontrar aqui acordado, aplica-se o Código do Trabalho em vigor, Lei n.º
120/2015, de 1 de Setembro de 2015.

Elaborado em duplicado, no dia 1 de Julho de 2019, o presente Contrato é assinado por todos os
CONTRATANTES que o aceitam nos precisos termos em que se encontra exarado.

Torres Vedras, 1 de Julho de 2019

7
P’la PRIMEIRA CONTRATANTE

______________________________________________________

A SEGUNDA CONTRATANTE

______________________________________________________

Você também pode gostar