Você está na página 1de 51

~

CHEFE DE FASE DICAS DE MESTRE LAÇOS TEMPORAIS CAVERNA DO SABER CONTO


Shang Chi em 3D&T Um novo Tormenta ALPHA? Fique preso nesta adaptação sem sitema A economia no mundo de jogo Era das Arcas: Ágata

DRAGAO
BRASIL

ANO 17 • EDIÇÃO 171

TOOLBOX
USANDO BEM AS PASSAGENS DE TEMPO

BREVES JORNADAS
UMA AVENTURA RÁPIDA EM TORMENTA20

RESENHAS
BATTLE ROYALE • HUMANKIND • A LENDA DO CAVALEIRO VERDE

OS NOVOS NÚCLEOS
A segunda parte do
preview de 3D&T
Victory,, com mais sobre
Victory
os novos cenários
~
CHEFE DE FASE DICAS DE MESTRE NOVOS NÚCLEOS CAVERNA DO SABER CONTO
Shang Chi em 3D&T Um novo Tormenta ALPHA? A segunda parte do preview de 3DeT Victory A economia no mundo de jogo Era das Arcas: Ágata

DRAGAO
BRASIL

ANO 17 • EDIÇÃO 171

TOOLBOX
USANDO BEM AS PASSAGENS DE TEMPO

BREVES JORNADAS
UMA AVENTURA RÁPIDA EM TORMENTA20

RESENHAS
BATTLE ROYALE • HUMANKIND • A LENDA DO CAVALEIRO VERDE
Use laços

PRISIONEIROS NO TEMPO
temporais como
em Deathloop,
e confunda seus
jogadores !
E D I T O R I A L S U M Á R I O

SÓ UM JOGO
~
DRAGAO 4 Notícias do Bardo 42 Monster Chefe

BRASIL
Crônicas da Tormenta Vol.3 está chegando! Os monstros criados ao vivo voltaram!

6 Pergaminhos dos Leitores 46 Conto


Obviamente, eu sou o verdadeiro Paladino! Preview da light novel Era das Arcas: Ágata!

R PG é só um jogo. Pronto. Está dito. Tragam as


tochas, os ancinhos e o cancelamento (mas todos
no mesmo dia, para não me tomar muito tempo).
www.jamboeditora.com.br
10 Resenhas
Battle Royale, Humankind, A Lenda do Cavaleiro
58 Breves Jornadas
Uma aventura curta completa para T20!
Verde.
64 Novos Núcleos
Vou repetir: RPG é só um jogo. Não se apeguem tanto ao termo “jogo”, Editor-Chefe
eu sei que tem quem odeie... apesar de que está literalmente no nome
original do negócio.
Guilherme Dei Svaldi
13 Sir Holand 2a parte do preview dos cenários de 3DeT Victory!
Editor-Executivo Tapa de mãe dói mais.
A ideia de transformar nosso hobby em uma atividade mágica, divina,
acima de todas as outras, praticada por seres iluminados, não é nova.
J.M. Trevisan
14 Dicas de Mestre 74 Encontro Aleatório
Colunistas Conheça o Terror Lo-Fi.
Eu ouço isso desde antes de vocês nascerem. Claro, jogar RPG te traz um O caminho de Tormenta ALPHA no novo 3D&T!
78 Pequenas Aventuras
Felipe Della Corte

22 Laços Temporais
monte de benefícios de socialização e companheirismo e cria laços (meu Leonel Caldela
grupo original já tem mais de 30 anos), mas o mesmo pode acontecer com Marcelo “Paladino” Cassaro Desafie o Senhor do Outono.
as minas que jogam futebol no final de semana, com os caras que jogam Aprisione em acontecimentos que se repetem!
baralho todo sábado, com a galera que se reúne para fazer raid em Final Colaboradores
30 Toolbox 80 Chefe de Fase
Fantasy XIV. RPG é incrível e me deu praticamente tudo que tenho, mas Textos: Bruno Schlatter, Camila Shang Chi para 3D&T e M&M, e os Dez Anéis para
não é o cristal único de elevação mental e espiritual que alguns gostam Como utilizar passagens de tempo na campanha. T20.
Gamino, Daniel Duran, Davide Di

36 Gazeta do Reinado 84 Gloriosos Diários


de achar que é. Benedetto, João Paulo “Moreau do
Levar o hobby para esse lado cria o famoso gatekeeping. Se você não Bode” Pereira, Marcela Alban,
Uma nova guilda de aventureiros. Os resumos de Fim dos Tempos, na pena de Arius.
é especial, não pode jogar. Se você não sabe o suficiente, não pode jogar. Marlon Teske, Thiago Rosa
Mais que isso: torna o jogo algo inalcançável a menos que o velhinho da
taverna seja seu guia: você não pode ser o MELHOR DOS MESTRES se não
Arte: Dan Ramos, Erica Awano,
Leonel Domingos, Rafael Françoi,
38 Caverna do Saber 88 Liga dos Defensores
Riquezas, fortunas e dinheiro na prática, em T20. Movimentação e posicionamento no novo 3D&T!
tiver a tutela do, er, melhor dos mestres. De preferência pagando, fazendo Rebirth Studio, Sandro Zambi
um workshop, assistindo uma série de videos gratuitos que te arrastam para
um curso pago. Fundo de tela: Rebirth Studio

Que fique claro: não tenho nada contra ganhar dinheiro com RPG, Edição do podcast:

A CAPA
inclusive o faço desde os 19 anos (tenho 45, antes que a curiosidade te Adonias L. Marques
mate). O problema não é esse. O problema é criar uma qualificação que Diagramação
não existe, para inventar uma necessidade que não existe. NINGUÉM é o J. M. Trevisan
melhor mestre de todos. Cada um tem seu estilo e cada grupo é diferente. O Rebirth Studio ataca de
Além disso, não é uma competição, irmão. Ninguém tem qualificação Revisão novo, com uma visão colos-
para garantir que você seja o melhor mestre de todos porque, de novo, Vinicius Mendes sal, estonteante e bastante
isso não existe. inusitada de Tormenta dentro
Não há nada de errado em passar seu conhecimento para frente, até Apoie a Dragão Brasil de 3DeT Victory! É só prestar
cobrando por isso. O problema é vender a ideia de que só com o que você atenção nos detalhes (ou ir
sabe o cara que acabou de comprar o livro vai jogar RPG de verdade. Que direto para a matéria princi-
sem os seus valiosos segredos, a campanha dele não vale nada. pal do mês e completar com
Siga a Jambô Editora a Dicas de Mestre)!
Isso é escroto, estúpido e uma praga disseminada amplamente por aí
em outras áreas. A gente não precisa disso no nosso meio.

J.M. TREVISAN
Dragão Brasil é © 2016-21 Jambô Editora.
N O T Í C I A S D O B A R D O N O T Í C I A S D O B A R D O

O maior universo de fantasia do Brasil de volta à literatura Que Calamidade! mo o criador do projeto: “Fiquei super
orgulhoso e satisfeito com o resultado
do Sul, uma cidade oitentista e amal-
diçõada. Sem recursos e sem a ajuda
Estreou no dia 04/09 a terceira tem- geral do episódio e com a recepção do de adultos, eles tentam desvendar o
porada da série de RPG por streaming público, mesmo na estreia com um episó- mistério do horror ao mesmo tempo que
Ordem Paranormal, o cenário de terror dio zero, com várias limitações técnicas” o perdem de vista devido à chegada
fantástico criado e apresentado pelo contou Cellbit, que chamou o evento de da maturidade. Quanto mais experiente
streamer e youtuber Cellbit (Rafael um “test drive” do formato presencial. e competente o personagem, menos
Lange). Calamidade é a continuação “No fim, a energia incrível do epi- consegue perceber os monstros ao seu
direta de Desconjuração, segunda tem- sódio superou qualquer dificuldade de redor. A capa é do nosso querido Dan
porada da série, e traz no elenco outros produção da estreia, e com certeza Ramos, diretor de arte da Jambô!
criadores de conteúdo como Calango, daqui pra frente as coisas só tendem a Sinistros & Malditos está em finan-
Felps, Gabi Cattuzzo, Guaxinim melhorar.” ciamento coletivo pelo Catarse. Parte
e Rakin, alguns deles interpretando da sua arrecadação será doada para
Ordem Paranormal: Calamidade é
personagens da temporada anterior. o Centro de Valorização da Vida,
transmitida ao vivo todos os sábados, a
A nova temporada traz duas gran- uma instituição que combate ao suicídio.
partir das 18h, no Twitch do Cellbit.
des novidades. Uma delas é que o
grupo está jogando presencialmente
em um estúdio com alta produção em Investigando Espada e macarrão
O faroeste espaguete foi um marco
pela vida
São Paulo. A outra é que o novo siste-
ma de regras usado foi desenvolvido do cinema mundial e até demorou para
com um time de design de primeira, Já temos alguns RPGs sobre investi- alguém querer misturar isso com D&D.
que envolve Felipe Della Corte (Tor- gação e monstros no Brasil, mas o novo Brancalonia inventa a “fantasia es-

CONTOS DE GUERRA E TORMENTA


menta20), Pedro Coimbra e Silvia jogo de Luiz Claudio Gonçalves paguete”, com espadas em vez de pis-
Sala (Skyfall RPG). (Thordezilhas) faz isso abrindo um de- tolas, misturado com mitologia italiana.
O episódio de estreia teve mais de bate sobre temas muito sérios do mundo Financiado com sucesso no exterior,
130 mil espectadores simultâneos na real: depressão e isolamento. Brancalonia chega ao Brasil pela edito-
Twitch (um record, superando o aclama- Em Sinistros & Monstros, os jogado- ra Retropunk e já está em pré-venda na
do Critical Role) e surpreendeu até mes- res encarnam adolescentes em Pacata loja da Jambô.

S oltem os fogos! Tormenta


está de volta à literatura:
Crônicas da Tormenta Vol.3
grande novidade deste lançamento, po-
rém, é a participação de novos talentos
a partir de um concurso aberto a qual-
soldados e pessoas comuns. Mas na
antologia há ainda histórias atempo-
rais, como o conto A Tribo, de Leonel
quer um que quisesse escrever histórias Caldela, e histórias sobre os aconteci-
é o primeiro lançamento
passadas em Arton, uma contribuição mentos mais recentes de Arton, como
literário do maior universo
que faz com que o Crônicas 3 leve aos Sangue e Areia, de Guilherme Dei
de fantasia do Brasil desde leitores a visão mais diversa de Tormen- Svaldi, publicada nas edições e 168
o lançamento de T20. ta até agora. São eles J. V. Teixeira e e 169 aqui da DB. Os leitores também
São 19 histórias de autores consa- Marcela Alban, que já tiveram contos podem contar com uma história inédita
grados e de novos talentos sobre os publicados aqui na Dragão Brasil, além sobre o mais infame de todos os clérigos Esta edição é dedicada à memória de
acontecimentos atuais, ou não, de Arton. de Carlos Alberto Xavier Gongal- da guerra, Mestre Arsenal, por Marce-
ves, Emerson Teixeira, Francine lo Cassaro.
José Belmiro Ferreira da Costa
O livro de contos foi organizado por
Vinicius Mendes (o revisor da Dra- Cândido e João Victor Lessa, todos Crônicas da Tormenta Volume 3 está
gão!), e conta com textos de veteranos, escritores publicando suas primeiras em pré-venda no site da Jambô Editora
como Ana Cristina Rodrigues, Bru- narrativas em Tormenta. por um preço especial de lançamento.
no Schlatter, Davide Di Benedetto, O tema do concurso foi a Guerra Para aqueles que quiserem uma amos-
Leonel Domingos, Lucas Borne, Artoniana contra a Supremacia Purista, tra do que esperar com a antologia, dá
J. M. Trevisan, Karen Soarele, e a maioria dos contos trata do impacto pra ler trechos de todos os contos no
Marlon Teske e Remo Disconzi. A desses eventos na vida de aventureiros, blog da Jambô.
4 5
PERGAMINHOS DOS LEITORES
Quer ver sua mensagem aqui? Escreva para
Sal e Tormenta
Saudações, Paladinos. Venho através
dragaobrasil@jamboeditora.com.br com o assunto
deste pergaminho agradecer pelas Dicas “Pergaminhos dos Leitores” ou “Lendas Lendárias”!
de Mestre da edição 156. Não só trouxe-
ram esclarecimento sobre o por que meus
Porém, além dessa rasgação de seda, problema algum em abandonar a história personagens e NPCs cozinheiros sempre 3) Na tabela de dinheiro inicial o 1° nível 2) Manoplas contam como armas só para
estou mestrando a Jornada Heroica para os principal e seguir outro caminho (isto é, funcionaram, como me fez recordar os bons é o único que possui um valor aleatório. Vis- efeito de receber aprimoramentos ou encanta-
meus amigos e tenho algumas dúvidas: haveria consequências, e o grupo teria que momentos gerados por uma tradição do to que existem muitas regras para diminuir mentos. Para outros efeitos, um ataque com
1) Apesar de conhecer o RPG há alguns lidar com elas). Nosso conselho é que os meu grupo de jogo que aconselho a todos a necessidade da presença do mestre na manopla não é considerado ataque armado.
anos, nunca tive uma oportunidade de jogadores tenham liberdade, mas também os mestres que possuam uma mesa pre- criação de personagem, porque isso não 3) Bem pensado. Para dinheiro inicial
jogar — e começar jogando como mestre saibam que existe um “caminho certo” a sencial. Entre as festas de natal e ano novo, se aplica ao dinheiro inicial? Qual seria um não aleatório de 1º nível, use 14 T$ (exata-
me traz muita insegurança. Como posso seguir para terminar esta história; deixar de nos reuníamos  para cozinhar alguma receita valor  adequado para o primeiro nível? mente a média de 4d6).
garantir liberdade a meus jogadores de segui-lo significa perder oportunidades, não especial em uma mistura de jogo e banquete 4) Boa sugestão, vamos levar essa ideia
4) Poderia pedir uma matéria sobre
explorarem e saírem do roteiro sem perder realizar os grandes feitos destinados aos e isso era maravilhoso! Será que algum dia à próxima reunião de pauta!
como rolar aventuras parecidas com filmes
o controle de tudo? heróis da campanha. Sabendo disso, se o rola  um livro com as receitas de Arton?
de assalto, como a série La casa de Papel e — TORMENTA TEM RECEITAS, TEM
Saudações humanamente corretas, 2) Caso seja lançada a magia Profanar e jogador ainda prefere pescar tilápia em vez Mas deixando as refeições de lado, o filme  Onze Homens e Um Segredo? DOCINHOS, E NINGUÉM ME DIZ NADA??!
reverenciados apoiadores da já-não- um osteon aliado esteja na área de atuação, de destruir a área de Tormenta, paciência! gostaria que respondessem algumas
-tão-nova Dragão Brasil. Sou eu, seu Sascha Borges Lucas — Hã... Paladina, claro que Tormenta
ele sofrerá as penalidades da magia? 2) Profanar não causa penalidades, ape- perguntas:
tem receitas.
Paladino todo humano, com a quan- 3) Um personagem que esgotou sua nas afeta dano de trevas e energia negativa. 1) Um personagem que não seja um Bom Sascha, que ideia ótima! Se exami-
tidade certa e correta de membros, Osteon, para todos os efeitos, contam como nar o site da Jambô, vai encontrar a sessão — COMO eu ia saber?! Só falam de
mana pode lançar Curar Ferimentos como conjurador divino, mas seja devoto de um
absolutamente dentro das regras. mortos-vivos. Por isso não são prejudicados Sal e Tormenta — justamente com iguarias presunto nesse diacho!!
um truque, que tem custo zero? Ou ele deus ainda perde todos os PMs se violar as
precisa ter mana para soltar a magia? por Profanar de nenhuma forma — pelo con- Obrigações e Restrições da divindade? baseadas no mundo de Arton. Não fique mui-
— Deixa ver... Um... Dois... Tá, você é
o Paladino normal lesado sem quatro Muito obrigado por produzirem con-
trário, podem curar melhor e receber bônus
por aprimoramentos da magia.
2) A manopla conta ou não como uma to surpreso, portanto, se um livro de receitas Sapato da Cura
braços. teúdo tão divertido e rico, que tem um uni- arma para o propósito dos seguintes esti- surgir no futuro! Saudações, Paladino, tudo bem por aí?
verso incrível e que traz muitas felicidades 3) Sim, pode. Não é preciso ter reserva los: Estilo Desarmado, Estilo de Uma Arma, 1) Sim. Qualquer devoto que viola seus Venho desta vez trazer algumas perguntas
— Paladina? Claro que sou! Quatro de mana para lançar magias como truques.
para seus fãs. Vida longa e próspera para Estilo de Duas Armas. votos perde PM, seja conjurador ou não. sobre itens em Tormenta20:
braços é um combo ilegal que não
Tormenta! — Olha que fofo, preocupado comigo por
existe em Tormenta20 — COMO ASSIM
Rodrigo Araujo, um Mestre Inseguro lidar com dois Paladinos. Não é fácil mesmo!
LESADO?!!
— Não são dois Paladinos! Só existe
Seja muito bem-vindo a Arton, bom
Mestre Inseguro Rodrigo. Que sua jornada como mestre seja um, o outro é fake!
livre de combeiros safados e generosa em — Vem cá, Palada. Qual de vocês é o
Olá Paladino e Paladina. Primeiramen- TPK. (Mentira, TPK é ruim.) original que perdeu um braço, e qual é a
te fico muito feliz que você tenha conse- mão que o Logginho comeu e regenerou?
1) Essa não é uma pergunta fácil, e não
guido sair do Logginho, mas preocupado
existe uma única resposta certa. Acompa- — Claro que eu sou o original! Ele é
com a Paladina tendo que lidar com dois
nhar as colunas Toolbox e Dicas de Mestre o clone!
de você, haha!
aqui na DB certamente vai ajudar. No seu — Pensando bem, não adianta pergun-
Sou iniciante no RPG. Basicamente caso, como está mestrando uma aventura tar. Um clone nunca admite ser o clone.
conheci Tormenta com a campanha de Fim já pronta, o ideal é que realmente seus jo-
dos Tempos e estou devorando tudo que en- gadores não fujam muito do roteiro — ou a — Eu tenho dois braços! Claro que sou
contro sobre. O universo criado por vocês é campanha não seguirá. Isso pode ser ruim o verdadeiro!
maravilhoso e me encanta cada descoberta. ou não; para alguns grupos, não haveria — Sei, sei...

6 7
1) Como funcionam exatamente os acú- 156 que dão  +4 em ofício, funcionam  em 2) Não. Escudos não recebem aprimo- deve saber, o primeiro Defensores de Tó- dedicado a suas criaturas. Quanto à própria — Deixa ver... aquele Paladino que per-
mulos entre aprimoramentos? Por exemplo, conjunto de um kit de ofício magistral da ramentos como armas. quio abreviava D&T como uma paródia de raça moreau (que na verdade são doze deu a mão aproveitou para comprar umas
um Tridente equilibrado certeiro pungente DB 168? 3) Sim. Itens próprios para sílfides são um RPG famoso aí — que nem combinava raças), a boa notícia é que sua adaptação extras. Então ele é o...
daria  +2, +4 ou  +6 em derrubar? No reduzidos. tanto assim, eram jogos muitos diferentes. para T20 deve acontecer bem antes, aqui — Paladina! Só tem lugar para dois
6) Na tabela de itens mágicos, quando
caso de uma armadura banhada a ouro apri- Então, agora nessa fase preliminar do sistema, mesmo na DB. Fique atento. braços por aqui, e são os meus!
sai um bordão ou uma corrente de espi- 4) Não. Escolher 10 é uma regra sobre
morada em Diplomacia, daria  +4 ou  +2? resolvemos testar algo diferente.
nhos, os encantos ou aprimoramentos vão testes, e todo teste só usa D20.
E uma armadura reforçada e polida,  +2 ou 

LENDAS
para as duas pontas ou só uma? — Ué, não era pra ser 3DdT?!
+3? No caso de selada e aprimorada em 5) Comidas contam como itens para
Kheo Jovem Combeiro todos os efeitos, incluindo acumular bônus. — Aí mudaria a pronúncia.
Fortitude, seria  +3 nessa resistência?
Portanto, as batatas e kit não acumulam. — Ficou estranho, prefiro que fique
2) Escudos podem receber encantos Saudações jovem Kheo. Faremos nos-
6) Apenas uma ponta. Veja em Armas 3D&T.
e aprimoramentos de arma, já que está so melhor para ajudar (melhor não) em sua

LENDÁRIAS
na tabela de armas marciais? Por estarem Duplas no Apêndice. — Talvez fique mesmo, quem sabe?
busca por combos mais apelões.
nesta tabela, podem ser escolhidos no nível — Como assim?! Quer dizer que meu — COMO ASSIM?! Já não aparece
1) Bônus de uma mesma fonte (neste
1 como uma arma marcial? bandolim aprimorado em Furtividade não desse jeito na revista?
caso, de aprimoramento de itens superio-
3) Todos os itens para sílfides são res) nunca se acumulam. Além disso, não funciona? — Você sabe que herói japonês se
considerados reduzidos, ou somente se pode aprimorar um item em qualquer — COMO DIABOS um bandolim poderia transforma, né?
armas mesmo? ser...? Afe, deixa pra lá! — Isso não faz sentido nenhum!!
coisa, apenas itens que já afetam a perícia.
4) A receita Justos de Khalmyr diz que Uma armadura não pode ser aprimorada
Jogando T20, o arcanista tenta uma build voltada para suporte e
— Mas quando foi que fez?!
se pode considerar o resultado como 10. em Diplomacia. Por exemplo, kit de medi- 3D e o Quê? roleplay. O  grupo percebe que, em batalha. ele só utiliza uma habili-
dade.
Os Doze Animais
Isso vale para dados que não sejam d20?  camentos é um item que afeta Cura, então
Olá Paladinos e Paladina. Fiquei muito
Por exemplo, convocar 11 kobolds com pode ser aprimorado para dar bônus em
o poder Servos do Dragão? Com o poder Cura. Não se pode aprimorar um sapato
empolgado lendo as coisas do novo 3DeT
Olá Paladino e Paladina. Por acompanhar
— Você só tem essas “setas” aí pra dar dano? — questiona o
Victory. Escrevo para tirar uma dúvida bucaneiro.
Mestre Cuca o valor mudaria para 11 no pra dar bônus em Cura — assim como e gostar muito da Dragonslayer, tenho um
simples: por que motivo mudaram de 3D&T
dado, em vez de 10? uma armadura não pode ser aprimorada carinho enorme pelos Reinos de Moreania. — Sim — responde o arcanista olhando a ficha.
para 3DeT? Abraços!
5) Comidas contam como uma fonte em Diplomacia. Se pudesse, não haveria a Porém, com a chegada do Tormenta20, o
de bônus separada, ou são itens mesmo? necessidade do aprimoramento banhada a
Raul Galli Alves reino feral comandado pela Dama Altiva e — É o famoso mago de sinalização de trânsito — diz o druida.
Indomável não foi tão explorado quanto a
Por exemplo, as batatas grelhadas da DB ouro, que faz justamente isso. Olá Raul. Não é nada demais. Como Mestre Zigui
gente gostaria no livro básico, então aqui
vem minha contestação. Será que, com •••••••••
o Vindouro Atlas de Arton, teremos mais
sobre os Reinos? Ou quem sabe em um Nos contam os bardos que a Deusa da Ambição recentemente
possível  bestiário teremos talvez as raças precisou consultar um clérigo-dentista devido a fortes dores na boca.
de Moreania para povoar nossas mesas?
Descobriu-se que ela estava com uma val-KARIE.
Victor Queiroz, Guarulhos/SP
João C. L. Lira
Obrigado por sua apreciação pelos Rei-
nos de Moreania, este sub-cenário dentro •••••••••
de Tormenta20. Como você notou, a Ilha
Nobre e seus nativos moreau foram rapi- Mestre: “Vocês notam um farfalhar num mato próximo.”
damente citados no livro básico, mas ainda Jogador: “Pokébola, vai!”
sem regras. O Atlas de Arton deve trazer,
sim, mais detalhes sobre a área — e talvez Matheus do Hangar do Kowalski
Ameaças de Arton também traga um trecho

8 9
R E S E N H A R E S E N H A

BATTLE ROYALE
Você aí achando que era só PUBG, Free Fire e Fortnite
HUMANKIND
Recriando a história da humanidade
Você sabe a verdade. Primeiro livro do autor, Humankind promete co- evoluir seu povo para uma cul-
Sabe que battle royale sua ideia teria nascido de um locar você como líder de tura diferente da atual. Dessa
não é apenas um gênero sonho breve: um professor de uma grande civilização, forma, você pode começar
um antigo show de TV, com com um povo de cultura chine-
ou modo de jogo em do início das eras até
um sorriso diabólico, apenas sa antiga, passar por um pe-
videogames. Não, nada dizia: “Muito bem, classe,
o fim dos tempos. Sim,
ríodo de Império Romano até
disso. Você está bem ouçam. Hoje vou mandar que você já viu isso antes — chegar aos soviéticos na era
ciente de que Battle matem uns aos outros!” pelo menos seis outras contemporânea. É como um
Royale é um LIVRO de O romance foi concluído vezes. Mas há um frescor grande “E se…” da história da
Koushun Takami, um em 1996 e inscrito no concurso e uma criatividade espe- Humanidade.
romance de terror distó- literário Japan Horror Fiction ciais que fazem esse jogo Em termos de jogabili-
pico publicado no Japão Awards, mas acabou desclassi- merecer sua atenção. dade, as semelhanças com
em 1999. ficado por seu teor controverso Desenvolvido pela Amplitude Civilization são óbvias. Para
(veja bem, desclassificado em Studios (Endless Space 2, Endless um jogador iniciante em jogos
Não sabia? Só conhecia em
um concurso de histórias de Legends) e distribuído pela Sega, de estratégia 4X, as mecâni-
game mesmo? Certo, vamos corri-
horror!). Publicado dois anos Humankind é um game de estra- cas podem se revelar muito
gir essa lamentável falha cultural.
mais tarde, foi um inesperado tégia 4X: focado em explorar, ex- complexas, mesmo com os
Em uma realidade alternativa, best seller. Em 2000 ganharia pandir, extrair e exterminar. Jogos tutoriais. O combate é mais
após a Segunda Guerra Mundial, adaptações para mangá e ci- desse gênero não são totalmente tático, levando o terreno e
o Japão saiu vitorioso. Países vizi- nema, uma das maiores (e mais focados em batalhas, contando a posição das unidades em
nhos foram anexados como a Re- sangrentas) bilheterias do ano. com várias formas serem vencidos. consideração. Há também
pública da Grande Ásia Oriental, Acabaria inspirando Jogos Vo- É possível vencer diplomaticamen- eventos especiais que podem
esmagando rebeliões populares e razes e, você bem sabe, todo te, por meio da influência da sua ocorrer dependendo da for-
erguendo uma ditadura militar fas- um universo em videogames. religião ou cultura, ou até supe- ma que você desenvolve sua
cista. A população é mantida sob
Não espere nenhuma rando as civilizações adversárias civilização, de forma similar
controle severo: “ideias subversi-
obra-prima, o livro é farto em em avanços tecnológicos! à série Crusader Kings. Nem
vas” como filmes de Hollywood e
momentos forçados e decisões sempre as consequências dos
o rock não são toleradas. Cada aluno recebe uma arma ou equi- “Ah, então esse jogo é tipo um
sem sentido. Engraçado notar quando o eventos ficam claras, o que só
Entre os métodos do governo to- pamento aleatório, entre armas de fogo, Civilization?” Sim e não. É natural Civ, onde você encarna uma figura his-
próprio autor perde a conta de quantos dá mais peso à sabedoria do jogador
talitário para intimidar o povo, existe facas ou até garfos. Coleiras eletrônicas lembrar de Civ e comparar os dois, afi- tórica do povo que escolheu para jogar,
alunos restam; surge alguém do nada, na hora de escolher seu rumo.
aquele conhecido pelo público como O não apenas detectam sua posição, mas nal o jogo da Firaxis pavimentou muito em Humankind você cria o avatar do
também explodem se tentam fugir ou que nem tinha sido citado até ali, só do que é conhecido do gênero 4X hoje. Humankind bebe da fonte de Civili-
Programa. A cada edição, um grupo de seu próprio líder. A customização não é
acessar áreas restritas. A intervalos de para morrer na mesma hora. Ainda as- Humankind não faz questão de escon- zation, mantendo o que há de melhor
estudantes é selecionado aleatoriamente muito extensa, mas já é o suficiente para
poucas horas, novas partes da ilha são sim, muito divertido! São mais de 650 der essas influências — ao contrário, as no gênero e misturando elementos novos
entre as escolas secundárias do Japão. passar uma ideia central do jogo: você
declaradas proibidas, reduzindo o campo páginas frenéticas. abraça sem vergonha alguma. A dife- e refrescantes ao mesmo tempo. Para
42 alunos são “recrutados”, levados até não vai jogar com uma civilização que
de jogo e forçando os confrontos. Battle Royale vem sendo publicado rença mesmo está no que a Amplitude existiu, mas sim construir a sua a partir quem quer um novo jogo de estratégia
uma ilha (ou outra área isolada) e orde-
nados a matar uns aos outros até que Uns tentam salvar e proteger os cole- em 17 países. A atual versão brasileira Studios tenta ir além. de diversos povos do nosso mundo real. que traz familiaridade e novidade em
reste apenas um. Pais e professores nada gas, outros se escondem, outros formam chegou em 2014, pela Editora Globo. Algumas das novidades são detalhes O jogo também é dividido em eras, um mesmo pacote, é a pedida certa.
podem fazer: aqueles que protestam são grupos, e outros abraçam o jogo por pequenos, mas que fazem mais diferen- como em Civilization. Entretanto, ao
sumariamente executados pelo Estado. completo, matando sem piedade. MARCELO CASSARO ça do que se espera. Ao contrário de entrar em cada era, você pode escolher GLAUCO LESSA
10 11
R E S E N H A

A LENDA DO CAVALEIRO VERDE Um clássico arturiano por outra ótica


Quando fiquei sabendo As atuações são muito
do filme A Lenda do boas, mas vale ressaltar o
Cavaleiro Verde, não ator principal, Dev Patel (o
sabia o que esperar. rapaz de Quem quer ser um
Milionário?), que carrega o
Não vi trailer, não li
protagonista muito bem, mos-
críticas, não havia visto
trando todas as suas facetas
nenhum comentário durante a atuação, deixando
nos meus círculos de sempre claro o que pensa e
amigos, mas como sou sente, mesmo sem palavras.
apaixonada por obras Além dele, Alicia Vikander
que envolvam o Rei (Tomb Raider: A Origem),
Arthur, quis ver. Sean Harris (Missão Impos-
Eu já havia sido avisada que sível — Efeito Fallout) e Erin
era uma obra diferente do que se Kellyman (Falcão e o Solda-
costuma ver sobre o assunto, mas do Invernal) fazem parte deste
o que eu vi na tela ia além: alguns elenco que entrega o que é
dos principais elementos estavam proposto com maestria.
ali, mas era uma história que eu Notem que em nenhum
jamais havia lido ou ouvido falar. O momento eu cito nomes de
manuscrito que serviu de inspiração personagens e seus respecti-
para A Lenda do Cavaleiro Verde vos papéis no filme: na minha
data do século XIV, é de autor des- opinião, estas descobertas fa-
conhecido e escrito todo em versos. zem parte da magia do filme.
Apesar das várias versões impressas
Depois de dizer tudo isso,
no mercado, a obra nunca havia
chegado em minhas mãos. obviamente minha avaliação
A fotografia é linda! As cenas abertas é positiva. A Lenda do Cavaleiro Verde
Mas, falemos do que viemos falar: o são muito bem pensadas e montadas, e
é visualmente lindo, intrigante, e eu
filme. O primeiro aviso é estar prepara- os tons na tela nos diferentes lugares fa-
recomendaria tanto para quem já está
do para ver as lendas de Arthur fugirem zem parte da cena em si de uma forma
familiarizado com as lendas tradicionais
do tradicional. O segundo é não esperar muito harmoniosa.
quanto para quem não tem conhecimen-
explicações para tudo: A Lenda deixa As divergências da obra original, to destas histórias. É um filme com um
que o espectador entenda por conta ao meu ver, foram ótimas escolhas, ritmo diferente do costumeiro (particular
própria boa parte da obra. melhorando a história contada; foram da produtora, A24), mas é o ritmo que
O filme foge das histórias tradicionais decisões de roteiro que engrandeceram o filme precisa para contar sua história.
de tal forma que, se eu comentar alguma o filme, tornando-o muito melhor do que
coisa sobre estas diferenças, estarei dan- seria se seguisse o manuscrito à risca Vale cada minuto assistido.
do spoilers cruciais. É realmente muito — sim, é óbvio que depois eu fui atrás
destoante do que costumamos ver. do original. CAMILA GAMINO
12
D I C A S D E M E S T R E D I C A S D E M E S T R E

Agora
Alcanço o melhor assento. O anão
motorista rosna, me acusa de ter entra-
do pela janela sem pagar. Pode ser, sei
lá, não lembro. Volto para a entrada, o
sensor lê meu celular, suga os dinheiros.

separados,
O anão resmunga uma aprovação, me
deixa voltar para o lugar que agora já
perdi. Nhé.
— Ágata M. Badeaux,
Herdeira do Gato, Era das Arcas

mas ainda 3 DeT Victory tem seu próprio mundo de


campanha, yaaay! Certo, você já sabe.
Como vai descobrir (já descobriu) nesta DB, o novo mun-
do de 3DeT na verdade é a Terra mesmo. Mas uma Terra
formada por cinco núcleos, cada um abraçando um grande

se visitam
gênero. Era das Arcas é fantasia urbana, com elfos, goblins,

3DeT
minotauros e povos-fera no mundo moderno (o famoso
“isekai invertido”). Espada da Galáxia é sobre guerra no
espaço. UniPotência, uma escola de heróis/magos/ninjas/
pilotos/maids. Operação ARSENAL, um grande torneio de
luta. Todos são temas recorrentes em animes e games, para
formar aquela mistura maluca que sempre foi 3D&T.

aos sábados
O quinto núcleo, apesar do nome familiar, não é mais
como antes. Tormenta ALPHA é sobre um jogo massivo
online onde os jogadores às vezes ficam presos, onde
missões e campanhas podem não existir apenas por diver-
são, e ameaças podem “vazar” para o mundo real. Como
qualquer otaku moderado percebe, é um aceno para séries
como .HACK//, Sword Art Online, Overlord, Log Horizon,

e domingos

e Tormenta
Konasuba, Okaa-san Online e tantas outras, sobre aventuras
reais em mundos de fantasia virtuais.
“Espera, não entendi. Então não tem mais Arton em
3D&T?”
Essa pergunta acaba de ganhar um significado novo.
Porque você vai notar, tanto as criaturas de Era das Arcas
quanto a ambientação virtual de Tormenta ALPHA parecem
ter a mesma origem. Vieram de algum lugar além-mundo.
Um lugar que você, jogador ou mestre, reconhece como
Arton. No entanto, perceba que o nome “Arton” não é
citado nenhuma vez na descrição do mundo de campanha.
Nem uma vez.
Arton é como o gato na caixa. Não está ali. Mas está.

15
D I C A S D E M E S T R E D I C A S D E M E S T R E

Não tem mais Arton? Ledd e outros mangás, personagens já usavam classes e
magias de TRPG, não 3D&T.
Por isso, logo no início do desenvolvimento do novo
3D&T, algumas decisões foram tomadas:
Claro que isso não é uma crítica a Tormenta20 (logo eu?).
Esse clima de alto risco deixou o jogo muito mais empol-
Existe um RPG para jogar em Arton. Ele se chama Tor- gante e divertido! Jogar uma sessão, assistir a uma stream,
Houve fãs desapontados. De olhos compridos, acompa- • A separação definitiva precisa acontecer. 3DeT Victory
menta20. sem garantias de que todos os personagens vão terminar
nhavam grandes títulos como Piratas & Pistoleiros, Guia da não será sediado em Arton. Não terá exemplos de Arton,
Defensores de Tóquio e Tormenta estiveram fortemente li- Trilogia, Contra Arsenal, Império de Jade. Queriam que cada nem raças ou magias de Arton embutidas nas regras básicas, vivos. Não é como se algum roteirista já tivesse escolhido
gados por muito tempo, desde suas origens. O primeiro livro novo acessório TRPG tivesse um equivalente 3D&T. Isso era como em versões anteriores. as vítimas. Não é como “torcer pelos heróis” de um filme
Tormenta tinha regras para 3D&T. Foi uma parceria conve- algo que simplesmente não podia mais ser feito, por limitações ou série, no fundo já sabendo que vão triunfar, ou mesmo
• 3DeT tem sua comunidade, seu público leal, seus fãs. escapar. Em T20, existe chance real de isso não acontecer!
niente: os autores tinham seu próprio cenário de campanha da editora: era preciso optar entre lançar um acessório novo, Eles não merecem estar sempre à sombra de outro jogo.
e seu próprio sistema de regras. Fazia sentido juntá-los. inédito, que faria Arton crescer; ou apenas repetir um acessó- (Kirito, protagonista de Sword Art Online, disse: “Não
rio antigo com regras para outro sistema. O novo prevalecia. • Não vamos tomar Arton sem dar nada em troca. 3DeT há nada mais chato que assistir alguém jogar RPG.” Ele não
Isso também fazia sentido porque, em seu início, Tormen-
Victory terá seu próprio mundo original. podia estar mais errado!)
ta tinha influência de anime/mangá muito mais forte. Sua Então veio uma solução parcial, chamada Tormenta Alpha.
primeira grande história foi Holy Avenger, já estabelecendo • O antigo fã de Arton será recompensado. Era das Altos riscos são estimulantes, mas 3DeT Victory vem com
Arcas será um gigantesco jardim de easter eggs, uma usina
Arton Alternativa
para o cenário um tom mais leve e divertido, muito diferente uma proposta diferente. O clima é otimista, colorido e des-
de Greyhawk, Forgotten Realms, Dragonlance e outros mun- de referências à Arton que ele conhece e ama. preocupado. Apesar das crises recentes e tensões atuais,
dos da época. Mas mesmo nesse início já havia um proble- Trazendo o título da versão mais atual de 3D&T, a linha • Mesmo em um mundo diferente, as opções de persona- este é um mundo de futuro promissor, cheio de paz e pro-
ma: 3D&T existia para emular personagens superpoderosos, Tormenta Alpha tinha a proposta de ajustar o nível de poder gem que o antigo fã tinha em Tormenta também estarão em gresso. A Terceira Convergência trouxe perigos e desafios,
destruidores de cidades e mundos — enquanto Arton era entre o jogo e o cenário. O tom era outro, as escalas eram 3DeT Victory. mas também poderes/itens mágicos, seres com habilidades
muito mais contido. Arton tinha cara de anime, mas menos outras. Em TRPG seu personagem é um herói épico, mas únicas e novas ciências.
• O antigo fã ainda terá a opção de jogar a Arton exa-
Cavaleiros e DBZ, mais Lodoss War e Slayers. ainda muito inferior a adversários como sumo-sacerdotes, gerada de Tormenta Alpha, dentro do MMORPG de mesmo Aqui não se morre com facilidade. Existe perigo e aven-
Nessa época, 3D&T era o sistema principal para Tor- dragões-reis, avatares, lordes da Tormenta e deuses. Essa li- nome. tura, mas morrer será muitíssimo raro (as próprias regras
menta. Ganhava acessórios frequentes. Manual do Aventu- mitação não existe em 3D&T; um personagem jogador pode tornam isso mais difícil que em T20). Ser derrotado, isso
reiro, Manual dos Monstros, O Reinado, Só Aventuras, Holy aumentar seu poder infinitamente, até ser capaz de enfrentar • Uma vez que a literatura de Tormenta não contempla
3D&T, o mundo de 3DeT Victory terá sua própria literatura, sim, pode acontecer muitas vezes — como nos animes que
Avenger 3D&T. Mas, para se ajustar àquele mundo, tudo as entidades cósmicas que criaram universos. inspiram o jogo. Mas derrota não é o mesmo que morte, ser
no sistema de jogo era forçado a se manter em nível baixo/ sua própria linha de romances originais (mais sobre isso
Tormenta Alpha não tinha nenhuma obrigação ou fideli- ainda nesta DB.) reduzido a 0 PV não significa perder o personagem. Vale
moderado. Aventuras e bestiários nunca traziam monstros dade com a cronologia oficial dos romances e HQs. Era uma para heróis e também para vilões: derrotados, eles escapam
realmente fortes. Nunca havia kaijus ou mechas gigantes ou Arton explosiva e exagerada, onde as regras de Defensores com bombas de fumaça ou veículos de fuga, ou desapa-
vilões destruidores de mundos. Leitores buscavam combos
com personagens recém-criados para derrotar os maiores
podiam ser exploradas em sua totalidade. Quem acompa- Everybody Lives! recem como uma estrela no céu, para se vingar outro dia.
nhou a campanha online Joias para Lamashtu percebe Mesmo um kaiju pode ser aniquilado hoje e retornar bem
heróis e vilões do cenário — porque as regras padrão assim Pausa. Outra grande incompatibilidade entre Tormenta e
bem a diferença: dragões-reis são interesses românticos, vivo em algumas semanas. (Acompanha Ultraman? Quantas
permitiam. Limitado por um mundo mais sóbrio, Defensores 3D&T agora será resolvida.
golens feitos de canhões são monstros aleatórios, combates vezes você não viu Gomora, Red King e Zetton explodindo
nunca podia alcançar seu potencial completo. explodem tudo em volta. Aqueles que acompanham as várias streams de Tor- em pedaços, para depois voltar sem nenhuma explicação?)
Enquanto isso, a própria Arton também se afastava menta20 — como Fim dos Tempos — já perceberam uma
Muito divertido e libertador. O problema parecia resolvido, Mortes são tragédias; 3DeT Victory não é um jogo trá-
mais. Ganharia sua primeira versão Tormenta D20, usan- coisa: Arton é um mundo interessante, divertido e cheio de
cada sistema agora com sua versão do cenário. Só que não. gico. Os jogadores podem ser mais ousados, descuidados,
do a Licença Aberta OGL e as mecânicas de Dungeons & maravilhas, mas também um mundo temerário. Os riscos
Era apenas uma solução temporária, uma “Arton alternati- para seus aventureiros são altos, as chances de morrer são até irresponsáveis. Existe muita luta, pode-se ser derrubado e
Dragons; tornava-se um cenário do antigo D&D 3ª Edição,
va”. Porque Tormenta20 ainda representa a Arton canônica, consideráveis. A possibilidade de TPK (total party kill, quan- brutalmente espancado. Mas nenhum ferimento é tão grave
exigindo seus livros básicos. Depois se libertaria dessa ne-
oficial, por assim dizer. Sua literatura, suas HQs, sua linha do todos os heróis morrem e a aventura acaba) é bem real. que não se possa curar com descanso, um curativo na testa,
cessidade quando Tormenta RPG nasceu, com seu primeiro
de tempo e acessórios — tudo isso continuaria sem versões Um personagem mal construído, uma estratégia mal formu- ou um frango achado no lixo durante a luta. Mortes, quan-
livro básico completo e seu conjunto de regras. Começando
com O Inimigo do Mundo, suas histórias também ressalta- Alpha. A própria Dragão Brasil atual, ao trazer material de lada, uma decisão errada, podem levar à ruína. E a morte, do acontecem, são empecilhos temporários — ressuscitar é
riam um tom diferente e maduro, não mais lembrando tanto campanha para Tormenta, raras vezes inclui conceitos ou quando vem, não é revertida com facilidade — ressurreições comum para heróis, trazidos de volta por preces de pessoas
os animes shonen de sua origem. Seguia a própria jornada estatísticas de 3D&T. mágicas são raras, acessíveis apenas a heróis lendários. Em amadas, reconstruções biônicas ou pela maré. Pense em
rumo ao futuro. O velho problema persistia: um único cenário com dois resumo: Arton é perigoso. Muito perigoso. quão longa é a saga de One Piece, quantas batalhas ocor-
sistemas de regras. Um deles, sempre desfavorecido. reram, e quantos personagens efetivamente morreram.
Quanto mais esses jogos evoluíam, mais se afastavam, Percebe-se, isso é muito mais próximo de Game of Thro-
mais incompatíveis se tornavam. Suas regras e histórias não Tormenta Alpha teve seu sucesso, cumpriu sua função. nes e O Senhor dos Anéis — a Sociedade do Anel perdendo Morrer em 3DeT Victory é possível. Mas nunca será co-
combinavam mais. Tormenta seguiu dramático, seus roman- Mas não podia seguir acompanhando a Arton canônica, os seus integrantes pelo caminho — que de anime. Mesmo mum, nem algo a ser temido.
ces trazendo heróis e vilões densos, suas ilustrações aos eventos oficiais do cenário, sobretudo agora em sua mudan- naqueles mais violentos e trágicos, como Attack on Titan, (Exceto mordomos e maids; se mexer com eles, você vai
poucos evitando o estilo mangá. Mesmo em Holy Avenger, ça para Tormenta20. protagonistas não morrem com frequência. morrer!)
16 17
D I C A S D E M E S T R E

Elfo na Cafeteria “E quanto aos antigos jogadores de Tormenta Alpha?!


Paladino anão no mundo moderno é legal, mas eu quero é
Voltando. Era das Arcas é sobre coisas de “algum” andar em Valkaria, Vectora e Malpetrim!”
mundo de fantasia — sobretudo personagens, criaturas e
Aí entra o mundo virtual baseado em Arton. Ele tem o
masmorras — surgindo em uma Terra moderna de 20XX.
papel de permitir que fãs visitem localidades familiares, ao
Sem caminho de volta, nem lembranças da terra natal. Esse
mesmo tempo em que emula os animes sobre MMORPG.
outro mundo não é nomeado em nenhum momento.
Este Reinado (o nome e mapa completo do mundo ain-
O leitor, claro, reconhece ser Arton. Reconhece suas ra- da não foram revelados) se mantém mais pirotécnico e
ças, este ou aquele nome. Reconhece Tormenta ALPHA como exagerado que T20. Embora não tenha sido descrito em
uma imitação online daquele mundo. detalhe, suas cidades também serão ligeiramente diferen-
Então temos esta Terra tresloucada de 20XX, onde hou- tes. Repare bem nas proporções da estátua de Valkaria na
ve as Grandes Convergências — fenômenos cósmicos que abertura desta coluna.
trouxeram personagens e criaturas de Arton para a Terra. Este é um universo novo e separado, livre de obriga-
O jogador pode ter um clérigo elfo, um paladino golem, ções em seguir a cronologia oficial de T20. Ganhará suas
um inventor osteon, exatamente como teria em Arton. Ex- próprias histórias em acessórios, light novels e possíveis
ceto que agora esses personagens podem viajar em naves HQs. Mesmo assim, as opções de Arton ainda estão
estelares, lutar em torneios mundiais, pilotar robôs gigantes disponíveis: Você pode ser um guerreiro minotauro, um
e ter supermordomos. Não é algo exatamente novo, vários goblin inventor, um paladino anão. Você pode explorar
RPGs clássicos como Changeling, Shadowrun e Urban masmorras e pilhar tesouros. Exceto que agora, também
Arcana já introduziam magia e raças de fantasia a um pode reunir seu grupo em uma cafeteria, em vez de ta-
mundo moderno/futurista. verna. Pode ser astro de reality shows, liderar safáris de
E as masmorras? Isso sim, é novidade. Existem am- monstros, ou ser um menestreamer.
bientações modernas com suas próprias versões de “mas- O que é um “menestreamer”? Sim, você deve ter muitas
morras” — bases militares, túneis de esgoto, laboratórios perguntas. Este mundo só está começando.
e galpões infestados de soldados mercenários, zumbis
infectados, monstros genéticos e outras ameaças “atuais”.
Contudo, nenhum outro game ou anime trouxe masmorras ••••••••
mágicas medievais completas para a Terra atual; esta é
uma ideia totalmente original de Era das Arcas (você leu
aqui primeiro). A existência desses lugares mágicos na Assim, 3DeT Victory vai ganhar um mundo próprio, ajus-
era moderna, com seus riscos e tesouros, é a característica tado a suas regras e seu estilo. Mas a relação do jogo e sua
mais forte no mundo de campanha. O modo como cada comunidade com Arton é poderosa, não pode ser rompida.
nação lida com as Arcas, enxergando-as como ameaças Não será.
e covis de demônios ou fontes de conhecimento e riqueza, O jogo dos Defensores enfim cresce e deixa a casa dos
explorando-as para extrair tesouros técnicos, fazer pro- pais para se virar sozinho. Mas ainda visita Tormenta para
gredir a humanidade. a macarronada aos domingos.
Claro, o motivo principal para existirem as Arcas em
3DeT Victory está em permitir o enredo mais clássico possível; MARCELO CASSARO
grupos de aventureiros explorando masmorras, derrotando
monstros e pilhando tesouros.

18 19
LAÇOS TEMPORAIS
A D A P TA Ç Ã O A D A P TA Ç Ã O

Direto de jogos como Deathloop

e 12 minutos,
minutos, conheça uma nova

e intrigante ferramenta para

aventuras em qualquer sistema!

por Thiago Rosa


A D A P TA Ç Ã O A D A P TA Ç Ã O

“Loporo acordou resmungando, inco- 1941, na revista americana Unknown Fantasy Fiction,
modado pela luz da vela nos olhos. que publicava histórias pulp de ficção especulativa. Tom Cruise, preso no
Tinha certeza que, dessa vez, havia laço de temporal de fazer
O autor Malcolm Jameson, figurinha carimba-
lembrado de soprá-la. Receoso, abriu da da Era de Ouro da ficção científica, escreveu o a franquia Missão Impossível
seu livro de magias. Como já esperava, conto Doubled and Redoubled. Nele, Jimmy Childers
a bola de fogo que havia copiado do tem um dia sensacional, incluindo promoção no traba-
pergaminho na noite anterior não esta- lho, sorte no jogo e começo de noivado. Infelizmente,
va mais lá. Seus esforços mais uma vez mesmo tanta felicidade deixa de ter o mesmo brilho
haviam sido em vão. Hoje era o dia que quando se repete infinitamente do mesmo jeito. Preso
seu grupo seria dizimado por piratas na em seu dia perfeito, Childers faz tudo que pode para
Ossada de Ragnar pela septuagésima escapar do laço.
nona vez, caso suas contas não estives- A verdade, entretanto, é que o conceito se tornou
sem erradas”. realmente popular no ocidente com o filme Feitiço do

A
Tempo (quem nunca ouviu falar do famoso Dia da
pesar de todos os avanços da nossa
Marmota?), com Bill Murray, nos anos 90. Desde
ciência moderna, existem alguns
então, é usado de forma recorrente tanto em histórias
desafios que ainda não chegamos nem
de fantasia quanto de ficção científica.
perto de superar. Um deles é o avanço
inexorável do tempo. De certa forma,
estamos todos viajando no tempo agora Significado temático
mesmo; na mesma direção, na mesma Afinal, o que torna laços temporais tão atraentes?
velocidade. O desejo de fazer esta Por que histórias empregam essa variante de viagem
trajetória de formas diferentes (em outra no tempo em detrimento de outras? Existem tantos
direção, em outra velocidade) é fonte motivos para isso quanto existem histórias sobre laços
rica de histórias para a ficção científica temporais, mas uma razão recorrente é que um laço
e a fantasia. Dentre essas várias formas
de viagem, uma delas é curiosa por suas
pode reforçar tematicamente alguns elementos. dos laços temporais mais famosos, o o já citado filme
O Feitiço do Tempo (veja mais adiante).
Mecanismos do laço
Um laço temporal é cíclico por natureza e, por
Quando se trata de laços temporais, existem dois
características, formato e possibilidades isso, se relaciona muito bem tematicamente com ciclos Considerando que a única coisa mutável dentro
fatores principais que podem alterá-los. O primeiro é
únicas: o laço temporal. viciosos. Quando um personagem se comporta de for- do laço é o personagem, também surge a possibi-
o motivador do laço; a situação que, quando ocorre,
E agora — adivinhe — você vai poder usar isso na ma destrutiva, esse ciclo tende a se alimentar e causar lidade de aprendizado em aspectos mais práticos.
mal tanto a ele quanto às pessoas ao seu redor. Preso Embora muitas vezes grande parte do tempo dentro faz com que os personagens voltem a determinado
sua mesa de RPG!
em um laço temporal, porém, o personagem pode ver do laço seja ocupado com eventos obrigatórios (uma momento no tempo.

O que é um laço temporal?


com clareza o resultado de suas ações e tentar agir tradição que remonta a Doubled and Redoubled), o Em alguns casos, como em Feitiço do Tempo, isso
de forma diferente, percebendo que existe alternativa período restante pode ser aproveitado para desen- acontece quando uma quantidade pré-determinada
Do inglês time loop, também conhecido como dis- viável para tentativas. volver habilidades. de tempo (frequentemente um dia) se passa. O motiva-
torção temporal, um laço temporal é um evento no qual Além da abordagem temática, o laço serve como Isso já foi comparado com o uso de jogos salvos dor mais comum é a morte do personagem principal,
o tempo corre de forma natural durante determinado uma ferramenta de desenvolvimento do personagem. em videogames, repetindo várias vezes até obter como visto em No Limite do Amanhã e Boneca Russa.
período (comumente um dia) e depois volta para um Isolado do mundo nessa situação em que tudo se repe- sucesso, em histórias como a do filme No Limite do Algumas raras vezes, como em Repeteco ou A Garo-
ponto fixo pré-estabelecido, como se estivesse fechado te e somente ele tem livre arbítrio (ainda que limitado, Amanhã. Dentro de uma história maior, portanto, um ta Que Conquistou O Tempo, o protagonista tem um
na volta de um laço. em certos casos) o personagem finalmente se permite laço temporal pode ser empregado para permitir que controle mais consciente e direto de quando o laço é
Um dos registros mais antigos do uso de um laço mudar. De um ciclo imutável surge a evolução. O determinado personagem se torne mais habilidoso ou ativado. Nesse caso específico, especialmente pelo
temporal em uma história de cultura popular é de exemplo mais icônico dessa utilização também é um aprenda alguma coisa nova. uso limitado, o laço temporal pode ser entregue como

24 25
da Liberdade! Que pena!

A D A P TA Ç Ã O A D A P TA Ç Ã O

uma ferramenta aos jogadores numa campanha co- nagem, é fácil encarar um laço temporal como uma em cada iteração do laço novas informações são eles sejam afetados e repitam o dia juntos. Isso
mum. Por exemplo, uma ampulheta mágica que, caso maldição individual em vez de um evento que força o apresentadas e — muitas vezes através de tentativa enfraquece a questão metafísica de aprendizado
quebrada, faça o dia voltar para a última vez que o mundo inteiro a voltar no tempo. Assim, um mago ou e erro — os protagonistas conseguem manipular os individual, mas ainda pode ser aplicada como um
personagem acordou. Essa é a melhor forma de intro- clérigo normal pode ser responsável pela situação. eventos para obter os resultados que desejam. aprendizado para o grupo como um todo. Talvez
duzir laços temporais na sua mesa ao mesmo tempo O uso de um laço do tempo como enigma permite eles estejam sendo punidos por uma divindade vin-
Em ambos os casos, um artefato pode ter a culpa
que conserva integralmente a agência do jogador. muita liberdade para os jogadores, já que eles pos- gativa e precisem aprender juntos uma lição; talvez
pelo laço. Se quiser ser especialmente cruel, esse item
suem certa impunidade das consequências e podem um NPC precise da ajuda dos heróis para completar
O outro fator principal dos laços temporais é sua mágico pode até ter o formato de um laço que não
tentar abordagens ainda mais esdrúxulas do que seu próprio aprendizado. De uma forma ou de outra,
origem. Embora muitos casos, como (de novo) Feitiço pode ser desfeito e lembra o símbolo de infinito!
fariam normalmente. Caso deseje coibir um pouco o grupo inteiro navega pelo laço unido.
do Tempo, ignorem a origem dos laços para lidar com
Outra possibilidade é usar uma aventura de laço
O Enigma do Tempo
seus temas e tratar de aprendizado, em outras histórias esse lado experimental, o mestre pode incluir uma al-
a saída do laço reside em identificar sua fonte e lidar ternativa que encerra o laço de forma prejudicial aos temporal quando apenas um jogador está disponível.
com ela. Isso acontece tanto em obras mais recentes, Quando removemos a questão metafísica de apren- jogadores; especialmente caso o objetivo principal Numa sessão solo, os demais personagens dos joga-
como Raging Loop, quanto no laço temporal original dizado, o mistério de sua origem e a estranheza do não seja escapar. Em No Limite do Manhã, por exem- dores funcionam como NPCs, repetindo seus últimos
Doubled and Redoubled. mundo estático, um laço temporal é um enigma; um plo, caso o protagonista receba uma transfusão de atos até que o único personagem consciente consiga
quebra-cabeça usando personagens, locais e ações sangue, perde para sempre sua habilidade de resetar escapar do laço de alguma forma. Caso esse perso-
Como uma situação fora do escopo normal da nagem esteja num nível mais baixo que o restante do
como suas peças. os dias. Caso o laço ocorra devido a um artefato, ele
maior parte dos sistemas de magia, um laço temporal grupo, tanto melhor: essa é uma oportunidade para
pode ter uma quantidade limitada de usos.
normalmente será causado pelos deuses ou por outro Esse uso é bem comum em videogames, permitindo que ele alcance o mesmo patamar dos colegas e os
tipo de entidade tão poderosa quanto eles. Porém, assim a interação direta com jogador com o laço, em A repetição de padrões em mesa de jogo, porém,
salve ao mesmo tempo! Talvez outros personagens
quando ligado especificamente a um único perso- casos como 12 Minutos e Deathloop. Basicamente, pode ser frustrante para jogadores, especialmente
possam ser recrutados para auxiliar o personagem
quando eles não têm muita direção do que fazer.
conforme o laço se repete, de forma similar ao que
Diferente da maior parte das aventuras, dentro de
ocorre no anime Suzumiya Haruhi.
12 Minutos:
Minutos: você vai um laço temporal normalmente não é possível ape-
nas inserir um elemento novo para fazer com que a Como laços temporais às vezes acontecem após
ver muito essa salinha
história volte a se desenrolar. Caso isso precise ser uma tragédia, é possível que um deles seja iniciado
feito, porém, sempre é possível revelar que um outro depois do grupo inteiro morrer em combate — o
personagem também está ciente do laço, podendo famoso TPK, total party kill. Com o grupo inteiro eli-
servir como guia ou apenas para clarificar algumas minado, parece que a campanha acabou: mas uma
questões específicas. Este é um artifício usado em vá- nova chance surge, talvez como resultado de alguma
rias das obras citadas na nossa lista de inspirações… magia, intervenção divina ou mesmo maldição, que
mas se disséssemos quais, seria um tremendo spoiler! dá uma chance para que os eventos mudem de tal
forma que a tragédia seja evitada.

Laços temporais De uma forma ou de outra, existem duas formas


gerais para usar laços: como um objetivo para um
na mesa de jogo fim (seja crescimento de personagem, evitar uma tra-
gédia ou ambos) ou como uma armadilha de onde
Entendendo as particularidades dos laços temporais, os personagens devem escapar. Essas formas podem
talvez pareça estranho utilizá-lo em jogos coletivos como ser combinadas, mas decidir exatamente qual abor-
RPGs de mesa. Afinal de contas, em quase toda história dagem adotar antes da mesa começar vai ajudar a
de laços temporais uma única pessoa está submetida calibrar as expectativas. Por exemplo, caso o laço
aos seus efeitos. Como a mesma dinâmica pode ser seja apenas uma armadilha, não faz sentido que os
aplicada, por exemplo, a um grupo de aventureiros? jogadores tenham controle de quando ele reseta ou
A forma mais direta de utilizar um laço temporal que tenha uma quantidade limitada de usos; ele preci-
com um grupo é simplesmente fazer com que todos sa ser o mais forte possível para que a fuga dele seja

26 27
A D A P TA Ç Ã O A D A P TA Ç Ã O

tão desejável quanto difícil. E caso o laço funcione Deathloop: videogame americano de 2021, da
como uma ferramenta, o ideal é que os jogadores te- produtora Arkane (Dishonored). No papel de um
nham alguma conhecimento sobre seu funcionamento assassino preso em uma linha devido a um laço tem-
(mesmo que adquirido por tentativa e erro ao longo poral, o jogador precisa competir com uma rival para
das repetições) para que possam exercer sua agência assassinar oito alvos específicos e parar de repetir os
e influenciar a história de forma satisfatória. dias por toda a eternidade.
Raging Loop: videogame japonês de 2015. Um
Laços temporais na ficção viajante chega a uma vila sob sítio de uma nebli-
na mística que oculta lobisomens. Para descobrir
Ao longo deste artigo, citamos vários filmes,
quem são os lobos entre eles, todos os dias após
quadrinhos e jogos para exemplificar o uso de laços
uma votação os habitantes da vila enforcam um dos
temporais na ficção especulativa. A seguir temos um
seus. Sempre que o viajante é morto, porém, seu dia
resumo deles, para que possam servir como inspira-
recomeça: permitindo que ele desvende o mistério e
ção para suas mesas ou apenas caso não tenha visto
até namore um pouco.
algum e queira matar a curiosidade.
A Garota Que Conquistou O Tempo: uma das
Feitiço do Tempo: filme americano de 1993, fi-
mais antigas e influentes histórias de laços temporais,
gurinha fácil de reprises na TV aberta. Bill Murray
foi lançada em versão de romance em 1967 por
(Os Caça-Fantasmas) interpreta um repórter egoísta
Yasutaka Tsutsui (Paprika). Sua versão mais co-
e egocêntrico que acaba preso em uma cidadezinha
nhecida no Brasil é um longa-metragem de animação
durante o feriado do Dia da Marmota. O dia se re-
pete uma infinidade de vezes até que ele finalmente lançado em 2006, que funciona ao mesmo tempo
se torne uma pessoa decente. Apesar da recepção como continuação e atualização da história. Uma
crítica mediana no lançamento, hoje é considerado menina acidentalmente recebe a habilidade de voltar
um clássico. no tempo, mas descobre rapidamente que existem
limites para tudo. Seu sucesso é tão grande no Japão
No Limite do Amanhã: filme americano de 2014. que o laço temporal se tornou um clichê recorrente em
Tom Cruise (Missão: Impossível) é um burocrata anime e mangá, figurando em obras como Kimaruge
militar que acaba envolvido em combate com aliení- Orange Road e Suzumiya Haruhi.
genas e adquire a habilidade de voltar o tempo um
dia inteiro caso morra. Com a ajuda de Emily Blunt 12 Minutes: videogame americano de 2021.
(O Diabo Veste Prada), ele usa essa habilidade para O jogador assume o papel de um homem num dia
enfrentar os invasores e no processo se tornar uma aparentemente comum, até que os mesmos doze
pessoa melhor. Inspirado no mangá All You Need is (desagradáveis) minutos comecem a se repetir e ele
Kill, de Takeshi Obata e Ryosuke Takeuchi. precise navegar o laço para escapar… e sobreviver!
Repeteco: quadrinho canadense de 2014, de Suzumiya Haruhi: essa franquia inclui livros, man-
Bryan Lee O’Malley (Scott Pilgrim). Katie é uma gás e anime, mas não é toda relacionada ao tema.
chefe talentosa com uma vida confortável até que, Esse elo acontece apenas no arco Agosto Infinito,
num único dia, tudo vai por água abaixo. Recebendo um laço temporal que se estende por surpreendentes
de uma garota misteriosa um cogumelo que, quando oito capítulos do anime enquanto os personagens
comido, lhe permite dormir e acordar de novo no descobrem muito lentamente o que está acontecendo
começo do mesmo dia, a jovem cozinheira tem a até conseguirem tomar uma decisão para escapar.
chance de consertar todos os seus erros… ou errar
de formas novas. THIAGO ROSA

28 29
T O O L B O X T O O L B O X

Use rítmo e E
Jack Bauer: você nquanto escrevo esta coluna, faz um melhor quando há uma “bomba relógio” e a noção do tempo
não lembra dele, ano (quase exatamente) que começamos passando era uma maneira de automaticamente aumentar a
mas se ele lembrar, Fim dos Tempos, a campanha online de tensão. Além disso, era enervante não poder acompanhar
dois acontecimentos que ocorriam ao mesmo tempo!
você está morto Tormenta20 que mestro toda quinta-
feira. Aproveitando o marco, parei para 24 Horas é o exemplo perfeito não só por sua premissa,

passagem do
mas pela época em que foi transmitida. Quando a série come-
analisar tudo o que aconteceu durante
çou, ainda não existiam serviços de streaming e o mercado
este tempo. Além da evolução em níveis, de caixas de DVDs com temporadas inteiras era incipiente.
os personagens jogadores se conheceram, Ou seja, os produtores de conteúdo ditavam o ritmo como a
descobriram que existem segredos a seu série seria consumida. O público via um episódio e precisava

tempo em
respeito... e desvendaram vários deles! esperar até a semana seguinte para ver outro. Mesmo que in-
Muitos NPCs foram encontrados, alguns telectualmente soubéssemos que tudo se passava ao longo de
se tornaram amigos dos heróis. Um casal um dia, nossa percepção de tempo era dilatada. Assim, Jack
de NPCs se uniu e teve um fim trágico, Bauer podia levar um tiro às 10 da manhã e nem demonstrar
qualquer dor às 2 da tarde. Mais absurdo ainda: em certa
houve pelo menos dois arcos de redenção
temporada, ele começou viciado em drogas pesadas no início

suas histórias
de NPCs, além de descobertas sobre o da manhã e já estava totalmente livre da adição ao meio-dia!
passado e a cosmologia de Arton e a Todo mundo fazia piadas sobre a rapidez com que Bauer se
introdução de um grupo de vilões. recuperava e resolvia tudo, mas isso não estragava a diversão
A única conclusão possível é: em Fim dos Tempos, as até que a “maratona” passou a ser nosso meio principal de
coisas acontecem muito, muito rápido! Na verdade, rápido consumir séries. Vendo um episódio atrás do outro, o absurdo

de um modo
demais para uma narrativa tradicional. da premissa fica evidente. Ou seja, o problema nunca esteve
no tempo, mas na percepção dele.
E isso é bom.
Agora vamos analisar algo curioso: eu tenho absoluta
Sincronizem seus relógios, leitores! Hoje vamos falar de rit- certeza de que, se os roteiristas resolvessem usar o tempo de
mo, duração e senso de tempo em todos os tipos de narrativas. forma mais realista, nós não gostaríamos!

eficiente!
Imagine só: Bauer toma um tiro às 10 da manhã. Descon-
NOW!!! siderando o tráfego do Los Angeles, ele chega ao hospital
às 10:30 e às 11:00 está liberado, partindo para capturar
Para começar, precisamos estabelecer algo: o tempo que
terroristas com um ferimento e sentindo muita dor. Temos um
se passa na narrativa, seja RPG, literatura, quadrinhos ou
episódio lidando com o tiro — ok, interessante. Às 11:00
qualquer outra coisa, não equivale ao tempo percebido pelo

Tic-Tac!
ele enfrenta um capanga e precisa ser criativo para vencer,
público. Isso pode parecer óbvio: se você está assistindo
porque está debilitado. Dois episódios lidando com o tiro,
Highlander, é claro que não vai passar 500 anos na frente
um ângulo novo. Ok, continua interessante. Ao meio-dia ele
da TV! Mas, saindo dessa noção básica, precisamos ir além.
precisa dirigir até o local onde está uma bomba, mas só
Em geral, o tempo que mais importa para uma obra de pode usar um braço por causa do tiro. Três episódios e o
ficção não é o tempo que transcorre na história, nem o tempo problema começa a ficar repetitivo. Às 13:00 ele tem um
que o público passa consumindo: é o tempo que o público tiroteio com terroristas e de novo precisa ser criativo porque
percebe entre um acontecimento marcante e outro. Já vamos está debilitado. Quatro episódios e pela primeira vez temos
entender isso melhor. uma situação repetida. Às 14:00 ele tem uma reunião com
O exemplo mais básico é o seriado 24 Horas, lembram? seus chefes e eles perguntam o que aconteceu. Cinco episó-
Na série, o agente Jack Bauer, temporada após temporada, dios e já não aguentamos mais! Isso não é 24 Horas, é O
precisava deter uma grande ameaça aos EUA num perío- Show do Tiro. Mas não é nada para a recuperação de um
do de, bem, 24 horas. Havia um truque: cada episódio se tiro, mesmo num universo cinematográfico.
passava em tempo real, ao longo de uma hora no mundo Os roteiristas não tinham apenas “permissão” de jogar
da série. A premissa era brilhante de um ponto de vista de com nosso senso de tempo. Eles tinham obrigação de fazer
enredo: histórias de ação e espionagem costumam funcionar isso para nos agradar!
31
T O O L B O X T O O L B O X

Sobre o Tempo cional. Por isso, uma excelente técnica é fazer com que tudo
aconteça rápido!
Em primeiro lugar, se você puder inserir algum tipo de
pausa ou interrupção no mundo real, vai contribuir com a
Quando você estiver narrando passagem de tempo, evite
fazer tudo dentro do mesmo sumário. A progressão de tempo
O senso de tempo em narrativa não tem a ver com o sensação de passagem de tempo. Por exemplo, numa sessão na forma de um pensamento contínuo (um parágrafo, uma
Um bom truque para conseguir essa impressão sem cor-
tempo que se passa no mundo ficcional, nem mesmo com one-shot, pode pedir um intervalo para pedir pizza ou mes- descrição de um mestre de RPG) pode ser confusa e diminuir
rer demais é: uma mudança ou objetivo grande depende de
o tempo que se passa para o público. Tem a ver com as mo ir ao banheiro logo depois de anunciar a passagem de o impacto. Em vez disso, prefira uma estrutura com alguma
só uma tentativa, seja um sucesso ou um fracasso. Mais de
divisões de tempo e o tempo percebido de cada uma. tempo. Num romance, pode fazer uma quebra de capítulo. quebra. Exemplo desse tipo de sumário que não costuma
uma tentativa, ao longo de um episódio ou muitos, causa a
Uma série, seja semanal, seja em streaming, tem muitas sensação de insistência, perseverança, esforço. Um tipo de No mínimo, você precisa de uma quebra de cena — e funcionar bem: “Depois da guerra, o reino passou por um
divisões de tempo (os episódios) e por isso tem obrigação história válido, mas bem específico e nem sempre o que você não apenas de um sumário. Já falamos sobre isso aqui mes- período de fome. Dez anos se passaram e o povo finalmente
de inserir muitas mudanças e acontecimentos marcantes, ou quer. Mais ainda: tentativas sucessivas cimentam o objetivo mo na coluna, mas vamos relembrar. está se reerguendo”. É bem provável que o público ignore
criará uma noção de morosidade e lentidão. Não se trata só na percepção do público. Assim, este objetivo pode parecer ou esqueça “dez anos se passaram” e entenda tudo como
“Cena” é uma descrição de acontecimentos com algum uma descrição única no mesmo ponto do tempo.
de uma história interessante, mas do ritmo em si. a maior meta do personagem, mesmo que objetivamente detalhamento. Quando você descreve ações físicas, diálo-
Vamos a mais um exemplo de sitcoms, como vem acon- seja algo pouco importante. gos, momentos de tensão ou apenas intervalos de tempo Para que a passagem de tempo dê certo, você pode fa-
tecendo nas últimas colunas. Sitcoms são muito úteis! Veja Mais exemplos com spoilers! Em Fim dos Tempos, Ignis não muito maiores que algumas horas, provavelmente está zer um sumário narrando a passagem de algum tempo ou
qualquer série de comédia com pessoas solteiras e você escrevendo uma cena. “A arqueira pulou para o lado e dis- resumindo os acontecimentos passados. “Neste verão em que
convenceu o dragão Elmer a tentar deixar seu vício com
verá um número desproporcional de casamentos “rápidos parou duas flechas” é um exemplo de início de cena. vocês defenderam as Colinas Centrais, conheceram muitos
uma tentativa. Da mesma forma, Ayla redimiu o Ladrão de
demais” que não dão certo. A razão é só uma: os roteiristas tipos exóticos...”. Então faz a transição com uma frase rápi-
Rabos com uma tentativa e Rexthor conquistou a confiança “Sumário” é um apanhado geral de fatos ou aconteci-
estabelecem um relacionamento entre dois personagens da, que nem será muito lembrada. “Mas agora que 10 anos
da aldeia pacifista de Placidez com uma tentativa. Isso não é mentos, sem que você se detenha muito em nenhum deles.
ao longo de vários episódios. Mesmo que poucos meses se passaram, tudo está diferente”. Em seguida, insira uma
nem um pouco realista e mesmo em uma HQ ou outra mídia Grandes passagens de tempo (como os meses ou anos que
se passem tanto na vida real quanto no mundo da série, cena bem representativa do novo status quo. “Vocês estão
seriada pareceria “corrido”. Por outro lado, se eu fizesse citamos ali em cima), explicações de temas grandes ou qual- na beira de um vulcão, enfrentando o Exército do Reinado,
temos a impressão de que muito tempo se passou por causa uma cena de Ignis lidando com Elmer a cada sessão, isso quer trecho em que o narrador se afasta dos personagens quando surge um dragão!”. Só depois da cena volte com um
das divisões de episódios, tornando mais plausível que o seria notado como o objetivo de vida do paladino. e das ações são sumários. “A terra viveu oito anos de paz, sumário para explicar melhor a passagem de tempo, mesmo
relacionamento de desenvolva com essa velocidade. Assim A diferença é que RPG passa pouco tempo analisando enquanto a cidade era reconstruída” é um exemplo de início que precise voltar e esclarecer algumas coisas que acabaram
como em 24 Horas, isso também é um pouco prejudicado os pensamentos e vida interna dos personagens: quase tudo de sumário.
por “maratonar” as séries, mas é menos aparente porque acontece fisicamente, numa relação com o mundo exterior.
apresenta um acontecimento gradual (a evolução do relacio- Pode ser uma conversa emotiva ou um combate, mas se pas-
namento), não um único acontecimento drástico. Quando tudo acontece
sa através de interações com outros personagens e com o
Em compensação, imagine se os relacionamentos fossem ambiente. Numa mídia que examina os pensamentos internos ao mesmo tempo...
tratados de forma realista: o casal se conhece, se apaixona e dos protagonistas (como a maior parte das mídias), grandes
planeja o casamento ao longo de vários anos. Isso significaria acontecimentos podem exigir vários passos ou tentativas por-
que teríamos a noção do casal estabelecido entre uma tempo- que temos a noção de continuidade através da introspecção.
rada e outra — ou seja, entre dois marcos muito grandes no Além disso, tendo acesso aos pensamentos dos personagens,
ritmo da história. Mesmo que só um ano tenha se passado, temos uma noção da importância real daquele objetivo.
nossa impressão é que um tempo enorme se passou! O marco A técnica de “um problema, uma tentativa” também funcio-
da finalização da temporada nos ensina que o casal estabele- na bem em histórias com muitos personagens, onde mais uma
cido é o novo “status quo”, o novo normal. Por isso, se daqui vez não temos muito acesso aos pensamentos de cada um ou
a duas ou três temporadas eles acabarem, veremos o término muito tempo com cada um. Em Brooklyn Nine Nine, é comum
como uma tragédia, como se uma parte fundamental da his- que uma situação se resolva em duas cenas: apresentação do
tória fosse simplesmente arrancada. A trama é a mesma: um problema e resolução, sem segundo ato no meio.
casal se conhece, se apaixona, marca casamento, se separa.
A diferença está na interrupção da narrativa, que assenta o
relacionamento como firme e permanente. Tempo ao Tempo
Voltando ao mundo nerd, Fim dos Tempos e qualquer Mas também pode acontecer o contrário: numa obra con-
outra campanha de RPG lida com muitas divisões de tempo tínua e única, como um romance ou uma aventura one-shot,
(as sessões de jogo) e ainda gera a impressão adicional você pode querer esticar o tempo, fazer com que vários
de passagem de tempo através dos níveis: é comum falar dias, meses ou anos se passem sem precisar gastar espaço
“Nossa, isso aconteceu lá no 1° nível”, quando se passaram de página ou tempo real neles. Isso pode ser feito com um
três meses de tempo real e algumas semanas de tempo fic- pouco de esperteza. Vamos aos truques!
32 33
T O O L B O X

O tempo passou
mesmo em Friends

de acontecer. “Nestes 10 anos, seus inimigos conseguiram o personagem continuou sendo exatamente igual! Porque
convencer o Reinado de que vocês são os verdadeiros vilões. seria impossível interpretar uma mudança tão drástica. Ele
Todas as grandes cidades têm cartazes oferecendo recompen- tinha passado uma vida inteira na corte do rei, certamente
sa por suas cabeças e as crianças têm pesadelos com seus não teria mais ligação com seus colegas e seria uma pessoa
rostos”. É claro, a ordem exata desses elementos pode mudar, totalmente diferente. A campanha passaria a ser sobre isso.
mas a estrutura sumário-cena-sumário costuma funcionar bem. Resultado: isso foi ignorado e, na percepção do público,
Uma mudança drástica, que exige atenção constante aquele tempo não passou. Muito melhor teria sido fazer ele
do público, também serve para marcar a passagem de um passar seis meses ou um ano na corte do rei e então voltar
longo período de tempo. Não pode ser algo facilmente com um item mágico novo ou alguma mudança de regras.
esquecível, como a cor de cabelo de um personagem ou o Ele teria muito a contar e estaria um pouco mudado, mas
fato de que os computadores ficaram mais rápidos. Deve não seria outra pessoa.
ser algo com que o público precise lidar: um personagem
tem um filho, monstros invadiram a cidade e agora todos
precisam sussurrar, o que antes era uma guilda de ferreiros
Fim dos Tempos
agora é o edifício de uma grande corporação... Passagem de tempo e ritmo de narrativa são ferramentas
fundamentais para deixar o público curtir sua história como
Por outro lado, evite mudanças tão drásticas que você
você planejou. Mal utilizadas, resultam em confusão, absur-
e o público sejam simplesmente incapazes de lidar com
dos e sensação de que “algo está faltando”. Bem utilizadas,
elas — elas serão ignoradas e a passagem de tempo vai
podem criar vínculos com o público, dar a eles a sensação
desaparecer. Numa stream estrangeira de RPG que ouvi
de que conhecem ainda melhor os personagens e o cenário.
certa vez, um personagem que estava com seu grupo de
aventureiros há no máximo um ano caiu em outra dimensão Controlando o tempo, você tem acesso às emoções e
e passou 100 anos na corte de um rei interdimensional. Ele percepções do público. Vale a pena investir um tempo nisso!
então voltou para o grupo “transformado”. O que acon-
teceu? Essas mudanças foram sumariamente esquecidas e LEONEL CALDELA
34
Surpresa no Pântano Proibido
Notícias do Mundo de Arton • Edição 102 • Escrita e editada pelos Goblins de Valkaria M oradores da cidade de Barud, a decadente capital de Lomatubar, foram surpreendidos por relatos recentes vindos
do sul: uma cidadela inteira e funcional teria inexplicavelmente emergido das águas escuras do Pântano Proibido!

NOVA GUILDA DE AVENTUREIROS


Um dos lugares mais inóspitos do reino, o Pântano Proibido foi especialmente afetado pela Praga Coral. A doença de origem
mágica normalmente mata, mas o mesmo não ocorre com criaturas não-humanas. Ao contrário, estas se tornam maiores, mais
violentas e fortes. Feras já naturalmente perigosas — como certas serpentes e crocodilos — são enormes ali.
Os quase oitenta habitantes do vilarejo que emergiu aparentam gozar de boa saúde, apesar de confusos em relação à descrença
dos que os encontram morando ali. Eles não têm lapsos de memória, mas desconhecem completamente todos os acontecimen-
tos marcantes em Arton dos últimos vinte anos.
A boa gente de Barud prefere não comentar sobre o assunto. Como o acesso à capital continua restrito a qualquer um que tenha
tido algum contato com a Praga direta ou indiretamente, a cidadezinha — apelidada de Vila Serena — passou a receber todos
que buscam suprimentos para se aventurar pela região. Selentine é conhecida por seus artesãos de cristal e vidro. Dentre eles,
um dos mais famosos é Glassard, capaz de forjar espadas de um material cristalino inquebrável tão cortante que rivaliza com o
Gelo Eterno das Uivantes. Para a preocupação de todos, ele também é uma das vítimas da misteriosa doença.

A ascenção dos maltrapilhos Emboscada no Refúgio


U ma coluna de maltrapilhos vagando pelas imediações
das ruínas de Cosamhir — outrora capital do extin-
to reino de Tyrondir — chamou a atenção da guarda na
A guarda de Valkaria, capital imperial do Reinado,
está envolvida em uma situação peculiar: alguns
dos soldados da guarnição acabaram inadvertidamente
região sul de Deheon. Apesar de pacífico, o bando vem amaldiçoados. Eles estão condenados a reviver forçosa-
causando problemas, invadindo e roubando pequenas mente o mesmo dia, morrendo incontáveis vezes!
propriedades atrás de comida. Há semanas, um grupo foi destacado para uma diligência
O que mais assusta é a quantidade de pessoas. São quase no Refúgio da Felicidade, bairro famoso por abrigar mui-
trezentas, mais que a população local de quase todos os vila- tos novos ricos. O alvo era um mago cronomante chamado
rejos dali. Formada por um grande número de goblinoides, há Famir, que acumula várias queixas sobre pesquisas de
também membros de outras raças nas fileiras, principalmente natureza questionável. Várias destas, inclusive, colocam

A rton é um mundo de aventuras. Uma a cada dez Inspirados pelo sucesso de outras organizações (dentre humanos refugiados da Guerra Artoniana ou que perderam inocentes em perigo.
pessoas estará de alguma forma envolvida com si- elas, a afamada Guilda dos Exploradores de Gorendill), é tudo na queda da Flecha de Fogo. Acuado em seu sobrado, o feiticeiro utilizou um de seus mal-
tuações que ultrapassam os limites do bom senso. Mas com orgulho que este periódico planta a primeira semente fadados feitiços para se proteger e para a surpresa inclusive
Os moradores estão assustados e sem saber a quem recor-
Arton também é um mundo grande. Nem sempre é fácil da Guilda de Aventureiros de Arton. Uma organização livre, do próprio, o resultado foi catastrófico. Além de não escapar
rer. Por um lado, não desejam a morte dos maltrapilhos. Por
encontrar gente disposta a arriscar o pescoço pelo bem da qual aventureiros de todo o Reinado podem participar, das autoridades, acabou aprisionado junto com eles em uma
outro, os ataques estão se tornando mais frequentes con-
comum. Principalmente em início de carreira. levando paz e justiça para quem precisa. espécie de ciclo temporal. Sempre que alguém cai em alguma
forme a coluna e a fome aumentam. Alguns sítios menores
E se jovens aventureiros têm dificuldade em descobrir desa- simplesmente não conseguem se recuperar após todas as das muitas armadilhas do lugar, todos os ocupantes voltam
Sua sede não poderia ficar em outro lugar exceto Valkaria,
fios com recompensas justas, o contrário também é válido. frutas e animais serem roubados, e os desvalidos acabam no tempo até àquela mesma fatídica manhã.
mas logo haverão filiais em Nova Malpetrim e em algum
Há problemas que exigem a atenção de heróis poderosos, — por bem ou por mal — se unindo à coluna, aumentando a Outros guardiões foram destacados para auxiliar o primeiro
ponto dos Reinos Livres de Sambúrdia. Há planos ainda para
geralmente ocupados salvando o mundo. Eles podem receber fileira de miseráveis. grupo, mas também acabaram aprisionados, assim como al-
um posto avançado em Vectora, por conta da localização
o seu pedido de socorro apenas quando for tarde demais. Os apelos feitos à Coroa até então permanecem sem resposta. guns transeuntes e desavisados que entraram no lugar antes
estratégica e pelo fluxo de pessoas. A filiação será feita após
A Gazeta do Reinado sempre recebeu inúmeros pedidos Há rumores sobre o desejo de acolher essa gente, fixando-os que ele fosse completamente interditado. No momento, além
o pagamento de uma pequena taxa de admissão. Além disso, de oito membros da guarda e do próprio Famir, três orcs, uma
como estes. Seja de vilas afastadas, atacadas por monstros, em uma região erma qualquer. O assentamento teria um siste-
uma parte da recompensa e dos tesouros conquistados de- dúzia de goblins, dois trolls das cavernas, um tigre e um porco
seja o resgate do filho de algum regente desaparecido (quase ma de administração semelhante ao criado por Guss Nossin.
vem ser revertidos para a manutenção da Guilda. (!) estão dentro do prédio.
sempre, na barriga de algum monstro). Em posse dessas in- Entretanto, o lugar é muito distante e precisará de ouro ou
formações, tentamos com nossos recursos divulgá-las através Interessados devem entrar em contato com a sede da Gazeta de heróis voluntários para lidar com os monstros e outros A guarda cogita o envio de aventureiros remunerados ca-
das páginas deste jornal. Agora, decidimos fazer mais. do Reinado para mais informações. perigos que certamente surgirão. pazes de romper o ciclo.

36 37
C AV E R N A D O S A B E R C AV E R N A D O S A B E R

Como lidar V
Tibar, o deus ocê já deve ter ouvido mais de uma Isso quer dizer que um aventureiro de primeiro nível, que
menor do comércio! vez algum dos autores de Tormenta começa o jogo com equipamento básico e uma média de T$14
dizer que “em Arton, os aventureiros são a T$16 no bolso, já possui mais dinheiro do que a maioria
dos camponeses consegue juntar em um ano de trabalho!
como rockstars”. Assim como no paralelo
Se formos considerar o segundo patamar de poder

com tesouros,
da música, milhares de jovens se arriscam
nessa carreira, por diversos motivos, (5º nível) como um aventureiro já “estabelecido” na pro-
fissão, temos uma riqueza base de T$2.000, o equiva-
mas bem poucos realmente alcançam o
lente a mais de oitenta anos de trabalho comum — juntar
sucesso. Tais aventureiros poderosos são essa quantia é um sonho praticamente impossível para
icônicos, controversos, influentes e, acima qualquer simples camponês.

posses,
de tudo, ricos. Claro que alguns nobres e comerciantes abastados pos-
Mas o que significa ser rico num mundo de fantasia suem muito mais riqueza do que a média dos aventureiros,
medieval? mas, em termos de comparação, eles são uma parcela muito
Muito diferente de um mundo globalizado como o nosso pequena da sociedade. Fazendo um paralelo com a vida
— com bancos interligados pela internet, dinheiro traduzido real, eles seriam os grandes bilionários, donos de empresas

dinheiro
em números digitais e taxas de câmbio predefinidas atuali- e terras, que vivem uma realidade bem diferente da do tra-
zadas diariamente —, a riqueza em Arton é traduzida em balhador comum.
bens materiais e tesouros. Isso significa que a mera presença de um aventurei-
Como diz o livro básico de Tormenta20, grande parte ro poderoso pode abalar a economia de uma vila, com
da população ainda vive de subsistência e escambo. Até o pessoas oferecendo efusivamente seus produtos e serviços

fortunas e
Tibar, a moeda mais comum nos reinos do norte, não é tão superfaturados na esperança de conseguir algumas moe-
amplamente usado fora de grandes capitais, onde operam das adicionais.
as maiores guildas mercantes.
Mesmo com a magia sendo tão presente no mundo, Você só tem
a produção da maioria dos itens ainda é artesanal, e
o que consegue
a economia
poucos são os trabalhadores realmente capazes de criar
carregar

Capangas &
as ferramentas avançadas que os aventureiros precisam.
Apesar dos esforços da igreja de Tanna-Toh em espalhar a
arte da escrita, a maioria da população artoniana não é
treinada em nenhum ofício, vivendo como camponeses ou Legal, aventureiros são super ricos. Mas onde fica

do mundo de jogo!
guardada essa riqueza? Não existe um “banco central” do
trabalhadores braçais.
Reinado, nem caixas eletrônicos onde aventureiros viajantes
Isso nos leva a um primeiro ponto bem interessante podem sacar suas moedas quando necessário. É aí que entra
sobre riqueza. um segundo fator importante.

A maioria dos Ao contrário de nobres que possuem terras arrendadas

EU SOU RICA!
ao custo de impostos, ou guildas que constroem sedes com

aventureiros já é muito cofres bem guardados, um aventureiro geralmente carrega


todos os seus bens e posses consigo o tempo todo.
mais rico do que um Vivendo na estrada, de taverna em taverna, os persona-
gens raramente possuem uma casa onde podem guardar
camponês comum sua riqueza acumulada em aventuras. Mesmo porque, ela
estaria vazia e desprotegida na maior parte do tempo!
De acordo com esse artigo escrito por Guilherme Essa era uma condição comum para comerciantes e mer-
Dei Svaldi no blog da Jambô, um camponês ou trabalha- cenários em tempos medievais e, por isso, a maioria preferia
dor simples vive com cerca de T$2 por mês, sendo que gasta transformar suas riquezas em joias preciosas, objetos de
pelo menos T$1 para seu sustento básico. valor e até moedas.
39
C AV E R N A D O S A B E R C AV E R N A D O S A B E R

No caso de aventureiros, essa riqueza também pode


estar na forma de armaduras, armas, itens alquímicos,
Porém, há exceções:
• Itens alquímicos, poções, pergaminhos e outros itens
Você só tem Limite de Preço: T$29
Limite de Unidade: 6
poções mágicas, e outros apetrechos que podem ser
usados para escambo. Como falei antes, boa parte das
muitos leves ou pequenos ocupam meio espaço. Ou seja, o que consegue
cada dois desses itens ocupam um espaço. Cidade
pequenas vilas ainda utiliza o escambo de mercadorias
como principal atividade de troca, então negociar uma • Armas de duas mãos (sejam corpo a corpo ou à dis- carregar Uma área maior e mais urbanizada, com até 100 mil
estadia de duas semanas em um quarto privado na melhor tância), armaduras leves, escudos pesados, criaturas habitantes. A cidade tem muito mais ofertas de comércio e
Minúsculas e outros itens pesados ou volumosos ocupam Para isso funcionar bem, um terceiro ponto precisa ser adi-
hospedaria da cidade (estalagem confortável, média de serviço, geralmente com rotas de transporte, uma organiza-
dois espaços. cionado ao jogo.
T$56) em troca de uma essência de mana (T$50) não é só ção política complexa e uma guarda treinada, como Nova
extremamente comum, como geralmente vantajoso para o • Armaduras pesadas, criaturas Pequenas e outros itens Uma das consequências da produção artesanal é a Malpetrim e Sternachten.
dono do negócio, já que itens alquímicos provavelmente muito pesados ou volumosos, como um barril ou baú, escassez. Não existem indústrias de produção em massa Itens disponíveis: armas simples e marciais, armadu-
são bem raros na região. ocupam cinco espaços. em Arton, e mesmo as maiores guildas de fabricantes não ras e escudos, itens alquímicos, itens esotéricos, itens gerais,
conseguem suprir ou distribuir material para todo o vasto alimentação, animais, hospedagem, veículos, vestuário,
Por outro lado, embora encorajar os personagens a usa- • Itens extremamente pesados ou volumosos, como uma
território do continente. Também não é fácil encontrar tudo condução (terrestre e marítima), mensageiro e magias. Itens
rem seus tesouros e itens como moeda de troca — ao invés criatura Média (por exemplo, para carregar um aliado
que se precisa em qualquer vilarejo. O ferreiro local pode superiores.
de apenas um número de moedas anotado na ficha — deixe inconsciente), ocupam dez espaços. Itens ainda maiores
não ter utilidade para espadas, e não existe um alquimista
o jogo mais verossímil e valorize mais os itens de jogo, a podem ocupar mais espaços ou serem impossíveis de Limite de Preço: T$199
capaz de fazer poções mágicas em qualquer esquina!
proposta esbarra em outro probleminha um pouco chato: a carregar, a critério do mestre. Limite de Unidade: 10
regra de peso e carga. Para tornar mais lógica a compra e venda de equipa-
• Cada mil moedas, independentemente do tipo, ocu-
mento e valorizar ainda mais os itens de aventura, mestres
Falando sério, a gente sabe que a maioria das mesas pam um espaço. Isso também serve para itens de valor
podem optar por delimitar não só o número de itens à dispo- Cidade Grande
prefere ignorar essa regra. Ela é meio burocrática e envolve com o tamanho e peso aproximados de uma moeda. Por
cálculos um pouco complexos para gerenciar os recursos sição dos personagens, como também a raridade de certos Algumas das mais importantes cidades do mundo, gran-
exemplo, mil gemas preciosas no valor de T$50 cada.
dos personagens, o que atrasa um pouco o andamento das materiais à venda. des centros urbanos extremamente organizados e diversos,
Essa nova regra de carga nasceu para adicionar um com até 500 mil habitantes, geralmente construídas ao redor
partidas. Assim, para acompanhar essa ideia de escambo, O tamanho do local determina os tipos de itens disponí-
elemento tático ao jogo, fazendo com que o jogador precise de locais importantes ou de grande importância, como Norm
facilitar o gerenciamento de inventário e valorizar as esco- veis, seu limite de preço e a quantidade de unidades,
escolher o que levar em cada aventura — ou que item aban- e Yuvalin.
lhas de equipamentos e recursos que o personagem está
donar caso encontre um item valioso numa masmorra mas já
carregando, desenvolvemos uma regra alternativa.
esteja com seus espaços ocupados. Também previne certos Vilarejo Itens disponíveis: todos os tipos de itens comuns e
superiores, poções e pergaminhos mágicos.
abusos que a regra de peso atual permite, como sair por aí Também chamado de povoado ou aldeia, é uma pequena
Nova Regra: carregando itens com 50 essências de mana! comunidade com menos de 200 pessoas, que geralmente Limite de Preço: T$1.999
Limite de Unidade: 15
A regra usa espaços em vez de peso por dois motivos: vivem de subsistência rural. Raramente têm algum tipo de
Ao invés de contabilizar o peso dos itens, a quantidade
primeiro, para considerar tanto peso quanto volume, que estrutura política, confiando mais em seus anciões para
de equipamento que você pode carregar é medida em es-
paços de itens. Você pode carregar um número de espaços também influencia na capacidade de carga. Segundo, para aconselhamento. Metrópole
de itens igual ao seu valor de Força. Se ultrapassar esse evitar cálculos chatos. Em vez de ficar somando o peso de Itens disponíveis: itens gerais, alimentação, animais, As grandes capitais, monumentos da civilização moder-
limite, fica sobrecarregado (penalidade de armadura –5 e cada item, o jogador simplesmente faz uma marcação de es- hospedagem (apenas comum), condução (apenas terrestre). na, com mais de um milhão de habitantes, como Valkaria,
deslocamento –3m). paços de itens baseados no seu valor de Força e contabiliza Limite de Preço: T$9 Ghallistryx e a antiga Tiberius.
o número de espaços ocupados.
O máximo de espaços que você pode carregar é o dobro Limite de Unidade: 3 Itens disponíveis: Todos os tipos de itens e serviços,
do seu valor de Força. Assim, um personagem com Força 15 Obviamente, a regra é abstrata. Em caso de dúvida, o itens superiores e itens mágicos menores.
pode carregar até 15 espaços de item sem penalidade, e até mestre deve decidir o que achar mais coerente. Lembre-se da
30 espaços ficando sobrecarregado. Ele não pode carregar filosofia da regra: 1 item padrão = 1 espaço. Para definir o Vila Limite de Preço: Nenhum. No entanto, itens com valor
acima de T$5.000 só existem sob encomenda, seguindo as
mais de 30 espaços de itens. A regra considera que você pos- que é “um item”, pense em termos de funcionalidade. Uma Aglomerado populacional de tamanho superior com até
regras de tempo de fabricação.
sui uma mochila onde carregar seu equipamento. A própria espada e sua bainha ocupam apenas um espaço porque 5 mil habitantes, geralmente com uma economia autossufi-
mochila não ocupa um espaço. De forma similar, recipientes a bainha sozinha não tem utilidade. Porém, uma bainha ciente de comércio e serviços, e uma organização política Limite de Unidade: 30.
cuja única função seja carregar outro item não ocupam um es- mágica, com poderes, ocupa um espaço próprio. Isso pode um pouco mais hierarquizada, com líderes estabelecidos,
paço. Por exemplo, a bainha de uma espada está incluída no não fazer muito sentido em termos de simulação, mas é um não raro religiosos. FELIPE DELLA CORTE
espaço da própria espada. Porém, recipientes que forneçam preço pequeno a se pagar pela simplicidade. Itens disponíveis: armas simples, armaduras e escu-
algum tipo de benefício em jogo ocupam um espaço. Essa regra também valoriza bastante a escolha de equi- dos, itens gerais, alimentação, animais, hospedagem (co-
Nessa regra, a vasta maioria dos itens ocupa 01 espaço. pamentos e, principalmente, as recompensas de aventuras. mum e confortável) e condução (terrestre e marítima).
40 41
O Monster Chefe retornou à
programação de lives da Jambô, e
agora, com a meta em dia, também às
por lugares apertados sem a necessidade de testes. No
fim de seu turno, o enxame faz com que cada criatura
em seu espaço perca 1d4+1 PM automaticamente. Uma
criatura que perca pontos de mana desta forma contrai a
páginas da Dragão Brasil!
doença Peste Ônix (Fortitude CD 22 evita). Um enxame
A receita de hoje é um cardume de “piranhas de é imune a manobras de combate e efeitos que afetam
mana” que habita o Deserto da Perdição, um enxame de apenas uma criatura e não causam dano, e sofrendo
insetos terríveis conhecido como... apenas metade do dano de ataques com armas. Porém,
sofre 50% a mais de dano por efeitos de área.
Terror de Ônix ND 6 Fome de Mana O terror de ônix recupera 1 PV para
cada ponto de mana que ele fizer uma criatura perder.
No Deserto da Perdição, além do calor escaldante e
das tempestades de areia, um dos grandes perigos são Peste Ônix Uma criatura contaminada por esta doença
grandes manchas escuras, muitas vezes confundidas com fica alquebrada e deve fazer um teste de Fortitude (CD
oásis, que atraem viajantes incautos. Trata-se na verdade 22) por dia. Se falhar, sofre uma penalidade em PM
de um enxame gigantesco de parasitas do deserto que cumulativa de –1; esta penalidade aumenta em 1 para
ficam escondidos debaixo da areia com apenas seus olhi- cada 5 pontos pelos quais o resultado do teste for inferior
nhos para fora, brilhando como pequenas pedras de ônix. à CD. Se passar em dois testes seguidos, está curada e
a penalidade em PM se transforma em pontos de mana
Quando sente um alvo em sua área, o enxame colos-
gastos (que podem ser recuperados normalmente). Uma
sal tenta envolver a criatura e usar seus pequenos ferrões
criatura que tenha seus pontos de mana reduzidos a zero
especiais para se alimentar do Mana do personagem,
por esta doença morre. A menos que seu corpo seja des-
sugando sua energia. O enxame também infecta os alvos
truído, um novo terror de ônix surge de seu interior nas
com seus ovos, causando uma doença terrível chama-
próximas 2d12 horas.
da Peste Ônix. Vítimas dessa enfermidade apresentam
manchas escuras crescentes em sua pele, conforme os
pequenos parasitas em seu corpo sugam gradativamente For 8, Des 18, Con 21, Int 2, Sab 14, Car 6
seu Mana, crescendo a ponto de matar o hospedeiro e
eclodir de seu cadáver como um novo enxame adulto.
Perícias Furtividade +10 (+15 em desertos).
Existem ainda relatos de enxames menores, que apren-
deram a se esconder em cargas de caravanas ou mesmo em Tesouro Olhos de ônix (T$ 1.500 total). Um artesão
masmorras que recebem a visita constante de exploradores. habilidoso pode criar uma espécie de pasta grossa com
os olhos, que pode ser aplicada como tinta em uma arma
ou item esotérico, funcionando como um aprimoramento
Monstro (enxame) 14, Colossal de item superior. Sempre que faz um acerto crítico ou
Iniciativa +15, Percepção +9, percepção às cegas reduz um ou mais inimigos a 0 PV usando um item de
(alcance médio, apenas para criaturas em contato com o olho de ônix, você recupera 1 PM.
solo), visão no escuro
Defesa 23, Fort +16, Ref +15, Von +9, imunidade a Receita Monstruosa:
por Felipe Della Corte, sangramento, sono e veneno, resistência a dano 5
Paella Negra
Pontos de Vida 210
Rafael Dei Svaldi, Marcelo Deslocamento 12m (8q), escalar 9m (6q)
Um cozido de olhos de ônix, de caldo grosso e escuro,
acompanhado de arroz e legumes. Seu caldo é nutrido

Cassaro e J.M. Trevisan


pelo Mana absorvido pelas criaturas, fazendo dele uma
Enxame O terror de ônix é uma aglomeração de cria- ótima refeição antes de um bom descanso.
turas que agem em conjunto. Em termos de regras, pode Em sua próxima noite de sono, você aumenta a sua
arte: Enrico Tomasetti entrar no espaço ocupado por um personagem e passar recuperação de pontos de mana em +2 por nível. CD 20.

42 43
44 45
Texto por Era das Arcas:

Ágata
Marcela Alban e
Marcelo Cassaro
Arte por
Erica Awano
Era das Arcas: Ágata será o primeiro título de
uma linha de light novels, mistura de romances e mangás,
que apresentam o mundo de 3DeT Victory. Confira
agora o início da primeira grande história do novo 3DeT!

O canto dos mortos findou-se no golpe que degolou o último deles.


O gemido sepulcral, esganiçado e angustiante selou o fim da
horda de mortos-vivos.
No chão lamacento da Floresta de Ossos, o sangue enegrecido e malcheiroso se
uniu ao nosso, puro e vermelho.
As armas deles, podres pedaços de metal, jaziam ao lado dos corpos em decom-
posição lenta. As nossas eram lavadas com bálsamos e orações, brilhantes e mortais.
A aparência decrépita dos zumbis trouxe uma sensação ilusória de vitória rá-
pida. Mas a jornada é ladeada de flores e espinhos, sorte e imprevistos. Nenhuma
batalha é fácil. Nenhuma nos faz completamente imunes ao flagelo.

47
Havia cinco para cada um de nós. para o grande Olec e sua armadura pesada feito rocha. Por outro, a sensação de
O céu enegrecido era promessa de tempestade. Me trouxe a lembrança dos morte é ainda maior. Falta cor, luz e ar.
olhos vazios que me sentenciaram à morte, da boca fétida que me buscava o pes- Nemesin discorda de mim em silêncio, com um olhar de soslaio. A confiança
coço. Por sorte, ou por flores, a espada de Olec cortou a cabeça do morto-vivo élfica me inspira inveja e medo.
antes que a minha fosse. Gesticulando com graça, ele sussurra encantos. De suas palmas, um brilho
Flechas quebradas, frascos vazios de poções que curam o corpo e renovam a perolado percorre o perímetro. As vestes, impecáveis mesmo após tanta luta, farfa-
mágica, lascas de couro e metal das armaduras. Restos esquecidos no chão. Como lham com a emanação de poder.
também podíamos ter acabado. O ar é denso naquela região inóspita. Difícil respirar. E piora quando sentimos
Exaustos, acolhemos de bom grado a magia vital de Nemesin, o estoico elfo a aura mágica de Nemesin passar por nós. A pele arrepia e o coração dispara de
curandeiro. As feridas não se fecharam por completo, e nem recobramos toda a excitação. Uma nova batalha está próxima.
vitalidade. Mas foi como ser limpo do tormento com água morna, acalentando o — Ali — o elfo avisa. — A entrada.
desesperador sentimento de dissabor. Em meio ao nada, vazio de árvores ou arbustos, apenas um amontoado rochoso
A missão não tem sido fácil, e sequer chegou ao fim. O Diadema da Deusa não se destaca. Cinza e morto como tudo o mais, talvez o símbolo maior daquele lugar.
estava na Floresta de Ossos, como nos contaram; havia sido roubado por kobolds. Quase imperceptível, no entanto, há uma pequena passagem próxima à base, onde
Os pequenos monstros canídeos se escondiam no subterrâneo rochoso, em algum a magia de Nemesin circula bruxuleante antes de desaparecer.
lugar da Arca de Vallindra ainda inexplorado por nós. Olec apanha o escudo e se posiciona adiante. Solta um fraco suspiro de preparo,
Se me permitem, compararei a sensação de chegar até aqui, de apresentar a retesa músculos dos ombros e costas. A perna de apoio racha o solo seco. Sabe que
seus olhos o desconhecido, com o início da prosa contada por outro menestrel, o tem trabalho duro pela frente, especialmente com a ausência de Montrak, que
saudoso Azz’Ecos. ainda não nos alcançou.
Vem lá do âmago, da essência que nutre o coração aventureiro. Não é frio ou — Farei com que venham até nós — Bartoh anuncia. Ele apanha uma flecha
quente, tampouco bom ou ruim. Dá medo, dá coragem. Interrompe sonhos, alimenta de um compartimento especial na aljava, diferente das comuns; penas brancas e
ilusões e catalisa a ambição. É genuíno, puro, forte. É a sensação que apenas quem ponta cristalina, faiscante, como uma gema lapidada.
luta e sonha pode sentir. As garras longas e escuras não são impedimento para a mira perfeita. As orelhas
Pouca vegetação se atreve a nascer aqui. O solo árido em muito difere do lama- lupinas se elevam em atenção. Minha respiração acompanha a sua, antes do tiro
çal que foi palco da luta recente. Por um lado, o movimento é mais fácil, sobretudo preciso. Perfeito.

48 49
A flecha atravessa a entrada cavernosa — e vem a explosão de luz. Cubro os Onde está Montrak? Já devia ter nos alcançado.
olhos com o braço. Ouço guinchos de dor e surpresa, que começam a desvendar Bartoh se esquiva das armas rústicas e salta, pousando nas costas de nosso guerreiro.
um mundo atrás das rochas. Logo surgem os primeiros kobolds, de armas em Equilibrando-se nos ombros revestidos de metal enquanto Olec faz seu movimento
punho. Espalham-se como vespas raivosas e letais. circular, o arqueiro feral dispara saraivadas, cada flecha buscando um kobold sem
Se duas dezenas de zumbis bastaram para levar nossa fortitude ao limite, aquela erro. Saque e disparo tão rápidos que, para olhos inexperientes, parecem magia.
meia centena de cães-lagartos promete responder se nossas vidas e trajetórias valem Com sua visão privilegiada do alto, Bartoh aponta uma garra em direção a
um diadema mágico. outro enxame kobold, que começa a nos cercar.
Sem hesitar, Olec avança com o escudo à frente. Atropela três kobolds de uma — Nemesin! KedroP! Ali está!
vez. Faz um meio giro com os calcanhares, desce a espada como um raio prateado, Em meio a vinte ou mais cães-lagartos, percebo um deles equilibrando uma
corta de cima abaixo um quarto monstro. O guerreiro arreganha dentes, gira a tiara na cabeça pequena demais. O Diadema da Deusa. A relíquia que valia todo
lâmina duas vezes. Mais dois que vinham atacá-lo com machadinhas são abatidos. aquele infortúnio.
— Mestre KedroP! Nemesin recua um passo atrás de mim.
Bartoh me chama com uma flecha entre os dentes afiados, enquanto mira outra — Cubra-me.
em minha direção. Esquivo com um salto, o projétil passa rasteiro sob meus sola- Não há muito que eu possa fazer. Minha flauta não afetaria tantos inimigos,
dos. Atrás de mim, um guincho de dor e um kobold ferido. Giro a adaga entre os minha adaga tampouco seria eficaz como uma espada ou machado. Mas vocês bem
dedos antes de desferir o golpe de misericórdia. sabem, não é minha primeira vez nesta situação. Empunho a adaga com ambas as
Nemesin, que percebo estar próximo, ergue as mãos aos céus — e minha nuca mãos, buscando proteção contra a horda que se aproxima, mas meu olhar segue
arrepia com a onda de energia mágica que nos envolve. Sua voz suave entoa pala- preso ao artefato valioso e brilhante que balança na cabeça daquele kobold.
vras incompreensíveis a ouvidos destreinados, os dedos ligeiros traçam símbolos de O elfo começa a proferir palavras que, após inúmeras batalhas juntos, aprendi
força e defesa no ar, runas peroladas voam como plumas mágicas até Olec e Bartoh. a reconhecer. Meu sorriso desponta. Está tudo resolvido. Vamos voltar para casa.
A proteção não os alcança em tempo. O ar carregado de mana arde nas narinas, um sentimento invasivo me estremece
Olec urra ao ser cortado na perna por uma machadinha, atrás do joelho, na quando a onda mágica atravessa meu corpo, até alcançar seus verdadeiros alvos.
fresta da armadura. O sangue suja o prateado do metal polido. Em furioso ataque Mas todo o incômodo se vai quando vejo o resultado: os kobolds estão paralisados,
reflexo, o guerreiro golpeia com a mão imensa e fratura a cabeça reptiliana. O os olhos tão arregalados que eu poderia arrancar cada um com os dedos.
kobold cai com os olhos virados e a língua bifurcada fora da boca. Nossos companheiros gritam ao fundo, suas armas gorjeiam profecias de vitória.

50 51
Tenho poucos segundos. Guardo a adaga que salvou minha vida tantas vezes, e — Para o glifo! — repito. Se alcançarmos logo a saída, nem todos os kobolds
minha mão se estende acima das cabeças congeladas, buscando aquela que traz o do mundo poderão nos seguir.
Diadema de forma tão desonrosa. Em posse do que viemos buscar, abrimos caminho através dos monstros aos
Rápido. Preciso ser rápido. gritos, apenas com força bruta, e fugimos. Poucos kobolds conseguem nos alcançar.
A magia está dissipando. Kobolds próximos começam a recuperar movimentos. Estes são abatidos por Olec feito insetos.
Estico o braço em desespero até, enfim, agarrar a tiara com as pontas dos dedos. Agora corremos lado a lado, em busca de lugar seguro. O terreno é livre de
Argh! obstáculos, mas o ar denso torna a corrida fatigante, laboriosa.
Uma lâmina inimiga me rasga na altura das costelas, apenas um arranhão que — Achei que precisaria pedir apoio desta vez — confesso.
deixará cicatriz. A caverna despeja uma nova horda, e dezenas mais emergem de Olec gargalha alto, sacudindo um último kobold ainda agarrado à perna ferida.
frestas nas rochas. Uma maré de monstros escamados cerca Olec e Bartoh, costas Não vejo graça na quase derrota, mas um alívio imenso me faz querer rir também.
com costas tentando se proteger. Outros tantos já alcançam Nemesin e eu. Quase podemos ver o caminho de volta até a Floresta de Ossos, quando Bartoh
Precisamos sair daqui. para de súbito. Meu peito arde e quase o agradeço pela pausa.
Onde está Montrak? — Esperem — Bartoh estende as mãos, as orelhas voltando-se para trás, o
— Missão cumprida! — eu grito, erguendo alto o Diadema como evidência. focinho farejando algo.
— Voltemos ao glifo! Olho ao redor. Não vejo nada.
Nemesin urra de dor ao meu lado enquanto sinto segurarem minhas pernas. — O que foi?
Bartoh tenta abrir caminho golpeando com o arco — suas flechas são inesgotáveis, Bartoh volta-se para o caminho por onde viemos, os olhos amarelos de lobo
mas também inúteis àquela distância. Olec derruba tantos quanto consegue com fixos ao longe. Busca o arco, encaixa uma flecha.
seu escudo, mas é como tentar afastar o oceano. Vejo a pergunta no desespero em Todos olhamos na mesma direção. Procuramos a ameaça terrível que faz treme-
seus olhos: rem as mãos sempre firmes de nosso arqueiro.
Onde está Montrak? Mas não há nada, nem ninguém. Apenas rochas distantes e restos de uma luta
Só posso apontar na direção de onde viemos, esperando que compreendam. A que não vencemos. E um silêncio, um vazio, que não deveria ser.
única escolha é recuar, refazer nosso caminho até aqui, na esperança de reencon- Não sou o único a olhar confuso para Bartoh.
trar nosso companheiro — que ficou para trás, carregando nossos suprimentos e — Onde estão os kobolds?
espólios de batalha. Sem hordas de cães-lagartos. Nem corpos. Nem armas caídas. Nada.

52 53
Era esperado que sumissem, mas não assim tão rápido. — Reportar… — volto a tentar.
Olec urra, ergue a espada em intimidação, abre os braços desafiador. Não há — KedroP — Olec aponta. — Sua gema.
inimigo à vista, mas entendo sua reação preocupada. Nemesin o segura pelo ombro Apanho a joia mágica na correia em meu pescoço. Está apagada, cinzenta. Inativa.
enquanto aperta os olhos élficos. Assim como aquelas que meus companheiros também usam.
Algo está ali. Algo está vindo. — Não funciona. Nenhuma delas!
— O que é isso? Magia? Bartoh parece não ouvir, o focinho voltado para o céu escuro, tempestuoso,
O clima muda subitamente, e isso nunca é bom. É sempre prenúncio de perigo. sinistro. Sigo seu olhar.
Difícil respirar. Minha pele está arrepiada, podem ver? Percebo movimento nas nuvens baixas demais, perto demais. Elas rodopiam.
Algo vai acontecer. Parecem formar um redemoinho, um furacão.
— Essa sensação… — Bartoh arfando, a voz profunda e intensa. — Só senti Não. Não um furacão. Uma abertura.
isso uma vez. Foi em nível alto. Muito mais alto. — O que está acontecendo?
Vocês sabem o que ele quer dizer. Mas isso não faz sentido aqui. Neste mapa. Montrak enfim nos alcança, quase sem fôlego, como se precisasse. Uma das mãos
Nesta parte de Vallindra. ossudas busca o ombro forte de Olec; a outra empunha sua pistola automática.
— Vou chamar o suporte — decido. — Eu disse para correr! — ele grita, cheio de horror nos olhos não existentes.
Ninguém se opõe. A gema de comunicação em meu colar brilha quando a Isso nunca aconteceu antes. Nunca! Alguém deveria aparecer agora, acho. Re-
aciono por voz. solver esse problema, sei lá. Nos salvar daqui!
— Reportar S.O.S. Está tudo errado.
Agora é aguardar. Mesmo assim, vou tentar outra… — O que é aquilo? — Bartoh sussurra, sua própria pelagem eriçada. Meu
— Corram! queixo treme sem conseguir responder.
É a voz de Montrak que vem de longe, seguida por sua silhueta inconfundível, Montrak grita como apenas um crânio vazio poderia. Aponta a pistola e atira na
cheia de aberturas. direção das nuvens. Seus gritos são estridentes, desesperadores, de rasgar a garganta
Meu coração pula com o susto, mas se alegra por revê-lo com vida. Ou tão vivo se houvesse uma.
quanto poderia. Vocês entenderam. Meu corpo não quer reagir, meus olhos não acreditam no que veem. Onde está
Todos vamos a seu encontro. Nemesin começa a conjurar encantamentos que, o suporte?
desta vez, não consigo compreender. Os tiros e gritos de Montrak se unem aos trovões. Ouvem? Conseguem ouvir?

54 55
Ainda podem me ver? Droga, como vou saber? Nemesin conjura uma luz vermelha de emergência e busca abrigo atrás da
Olec recua um passo e empunha a espada. Também há horror em seus olhos. montanha que é Olec. O elfo está ofegante, sua luz perolada está fraca.
Bartoh treme mais, as orelhas baixam até colar à cabeça, a cauda busca escon- O elfo atira a luz aos céus e fagulhas destacam-se perante as nuvens cinzas. A
derijo entre as pernas. Nunca o vi assim. imagem é surreal.
Nemesin une as mãos e sussurra uma prece. Isto é, se alguém ainda consegue nos ver…
Os tiros enfim cessam. Um silêncio estarrecedor, interrompido apenas por tro- Os ouvidos zunem com os disparos rápidos, mal sinto meus dentes rangendo.
vões distantes, são a trilha sonora do que está por vir. Bartoh rosna maldições, sem conseguir causar mínimo dano. Montrak grita, seus
Ele, aquilo, flutua através da abertura nas nuvens. Está envolto em algum manto ossos vibrando a cada disparo sem sucesso. Olec apenas aguarda, fatalista.
longo, esvoaçante, tão cinza e escuro quanto o céu em volta. O rosto, se existe, está Nenhum de nós está pronto. Isto não acontece.
oculto. As mãos parecem erguidas em alguma prece. São mesmo mãos? Alguém?
— Vou usar a sub do Montrak — Bartoh superando seu medo, ou sendo mo- A criatura está quase sobre nós. Exceto pelo esvoaçar do manto, agora quase
tivado por ele. — Tentem ativar as coordenadas com o módulo analógico. KedroP, encobrindo o céu, ele não faz nenhum movimento.
alguém responde? Seus seguidores ainda nos veem? O que é? Quem é? Ainda não há rosto, nem notícias anteriores sobre essa aparição.
— Não sei. Não tenho como saber. Está perto.
Montrak poucas vezes precisou utilizar a sua outra forma em batalha, pouquís- O impensável vai acontecer? A morte existe aqui?
simas. Os pés ossudos se prendem ao chão como raízes, os ossos da caixa torácica se Perto.
arreganham, constroem uma estrutura esquelética. Uma mão continua segurando Se estiverem aí, sinto muito. Por fazê-los assistir a isto.
a pistola, a outra se une ao corpo-arma como componente indispensável — um Está aqui.
gatilho. Socorro!
Bartoh se posiciona, apoia a cabeça próxima ao crânio de Montrak. Não há
como algo resistir a esse ataque.
Um urro de coragem e Bartoh dispara o canhão necromântico naquilo que desce
lentamente. A aparição não reage, não se esquiva. Novas rajadas negras parecem
atravessar sem qualquer efeito.
Não somos ameaça.

56 57
B R E V E S J O R N A D A S

infinidade de cheiros invade quem vaga por Nova Ele explica que vem investigando a série de seques-

Breves
Malpetrim, atiçando o estômago. Não há nenhuma tros, mas que infelizmente está sozinho e não pode
barraca ou taverna que não ofereça algum tipo de fazer nada, pois alguém de poder tem bloqueado
amostra grátis. ativamente seus esforços. Todas as pistas misteriosa-
Sendo nativos ou tendo acabado de chegar mente somem e testemunhas se calam. Porém, ele tem

Jornadas
à cidade dos aventureiros, os personagens terão um plano: se os personagens participarem das com-
chances de se unir como grupo, seja através de um petições, as pessoas estarão mais dispostas a contar
dos eventos desportivos, seja apreciando uma ca- alguma informação. Caso perguntem o motivo dele
neca de cerveja. Nesse momento, eles podem fazer não fazer isso por conta própria, ele explica que está
apostas com a perícia Jogatina, comer ou mesmo ocupado patrulhando a Feira, e que não pode lutar
fazer compras, pois as competições irão começar diretamente por causa de sua fé. Apesar disso, Fer-
mais tarde (se aceitarem sugestões, o Polvo Canho- dinandus oferece T$ 50 para cada personagem, so-
to e a Estalagem do Macaco Caolho – Empalhado mente ao fim da investigação. Como aventureiros são
imprevisíveis, se ainda assim não quiserem participar

A Resumo da Aventura
ideia de Breves Jornadas é clara: são locais bastantes famosos*).
da investigação, faça os sequestradores atacarem os
oferecer aventuras completas Infelizmente, descanso de aventureiro dura pouco. personagens durante a Feira, obrigando-os a tomar
de Tormenta20, de forma rápida e Sequestros na Grande Feira é uma aventura curta,
ideal para uma sessão ou para começar uma nova uma atitude.
descomplicada, com tudo o que você
campanha. Ela é pensada para grupos de quatro Cena 1 – Socooorro!
precisa ao alcance das mãos. Fichas
específicas são fornecidas, enquanto
personagens de 1º nível em Tormenta20. Enquanto os personagens relaxam em uma das Cena 2 – Os jogos começam!
No começo da histórias, os personagens estarão diversas tavernas ou barraquinhas, ouvem o som de Agora os personagens se encontram livres para
estatísticas presentes no livro básico terão
na Grande Feira de Marah, em Nova Malpetrim, In- algum tipo de confusão. Em uma esquina afastada, um explorar a feira e todas suas modalidades de desa-
indicadas a página em que se encontram. grupo de cinco pessoas usando mantos e cobrindo os
felizmente a diversão deles será interrompida quando fios, porém, sem esquecer a investigação (ao menos
O objetivo é fazer com que mestres tenham um presenciarem um sequestro. Após esta confusão, um rostos, estão tentando arrastar e amordaçar uma anã, é o esperado). Deixe-os decidirem onde ir, mas para
ponto de partida eficiente para se divertir por uma capitão da guarda, o pacífico minotauro Ferdinandus, que, apesar de amarrada, continua brigando tanto conseguirem informações terão apenas duas opções.
tarde ou até começar uma campanha. A aventura de pede que eles participem das atividades do festival quanto consegue. Assim que ela vê os personagens,
com o objetivo de descobrir pistas sobre os seques- pede ajuda a eles. Com os usos Obter Informação, dentro de Inves-
hoje se chama Sequestros na Grande Feira!
tros. Quando os aventureiros descobrirem a base dos tigação, ou Pedir Favor, em Diplomacia, os perso-
Criaturas. Bandidos x5 (Tormenta20, p. 275). nagens conseguem apenas uma informação da lista
Introdução vilões, devem derrotá-los!
Se três sequestradores forem derrotados, os outros apresentada abaixo, independente de qual das duas
dois tentarão fugir, sendo interceptados pela guarda de perícias for usada. Isso acontece porque as pessoas
Poucas cidades têm tantas histórias quanto Mal-
petrim. Nem mesmo Valkaria, a cidade sob a deusa,
Introdução – A Grande Nova Malpetrim acompanhada de uma turba zangada. se fecham, e a partir desse ponto, apenas partici-
pode roubar o título de Cidade dos Aventureiros! Feira de Marah A anã, Katherimm*, agradece a ajuda e promete bebi-
das grátis caso passem na barraca de sua cervejaria.
pando das competições será possível conseguir mais
informações.
Graças aos eventos recentes, a cidade teve de ser Antigamente um festival da colheita, a Grande
reconstruída, e nova Malpetrim hoje é o palco para Os guardas requisitam aos personagens que Participar em um dos diversos eventos é gratui-
Feira de Marah é hoje uma das maiores festas de
aguardarem para questionamento, mas um minotauro to, e não há nenhum prêmio em dinheiro. A única
a Grande Feira de Marah! Arton, e com certeza é um evento imperdível! Bardos
jovem, de postura altiva e tom de voz cortês e gentil, premiação que existe é normalmente uma bebida
Apesar da alegria trazida pelo festival, um gru- cantando nas ruas, tavernas com pratos especiais e,
claro, dezenas de competições amistosas acontecen- pede para falar com eles. O minotauro não carrega ou um prato, que vale para todos participantes e
po de criminosos pretende se aproveitar do evento: nenhuma arma, mas veste a armadura da guarda, e o título de “campeão” da prova, que é simbólico,
do ao mesmo tempo.
escravagistas. Escondidos, esses criminosos estão se- seu escudo tem a pintura de um coração e uma pena. mas oferece descontos de 10% em qualquer item
questrando pessoas e apenas os personagens podem Bandeiras multicoloridas enfeitam as ruas, en- Se apresenta como o capitão da guarda, Ferdinandus comprado durante o evento (cumulativo com quan-
impedir esse crime horrendo. quanto todo tipo de pessoa anda pela cidade. Uma de Marah. tas provas tenha vencido).

58 59
B R E V E S J O R N A D A S B R E V E S J O R N A D A S

As competições são três testes da mesma perícia, usando Enganação, ou corrida de barcos à vela, com pontas dos chifres quase tocando o teto. Qualquer um Criaturas. Astérios de Tauron (abaixo) e Bandi-
CD 15, 20 e 25. Nenhum sucesso significa que a Pilotagem. Escolha uma condição que faça sentido treinado em Conhecimento, Religião ou que conheça dos x2 (Tormenta20, p. 275).
personagem se feriu ou passou vergonha de alguma em caso de falha e divirta-se. o mínimo de história recente pode reconhecer aquele No primeiro turno do combate, Astérios está pronto
forma, 1 sucesso significa que o personagem fez o As informações, na ordem que podem ser desco- como Tauron, o falecido deus da força. para tomar a poção de Alterar Tamanho, se tornan-
mínimo, 2 sucessos significam que os personagens bertas, são as seguintes: À frente da estátua existe um altar para oferendas, do uma criatura grande. Caso tenham percebido os
conseguem coletar a informação, e com 3 sucessos, aonde os personagens podem perceber, com um teste personagens devido ao barulho, o minotauro terá
• 1ª — A maioria dos sequestrados são
além da informação, você se torna um campeão. Caso de Percepção CD 15, que existem riquezas. Os per-
elfos. preparado a ação de beber a poção, já começando
mais de um personagem participe da mesma prova, o sonagens que se aproximarem devem lidar com uma o combate grande. Astérios vai tentar enredar os
maior valor ganha e o maior bônus desempata. • 2ª — Apesar da escravidão ter sido
armadilha de rede (Tormenta20, p. 302). Se algum personagens assim que possível, e os bandidos vão
A seguir, uma lista com algumas competições, proibida, ainda existe quem à pratique
personagem for enredado, um grupo de ratos gigan- constantemente flanqueá-los.
suas perícias e possíveis penalidades em caso de ilegalmente.
tes que fizeram morada no armazém o ataca. Astérios vai lutar até morrer se for preciso. Os ban-
nenhum sucesso. • 3ª — A maioria dos desaparecimentos
Criatura. Ratos gigantes x4 (Tormenta20, p. 274). didos, porém, fogem assim que o líder for vencido.
Corda bamba e Corrida com obstáculos aconteceu perto de um armazém aban-
donado. Após vencerem os ratos e escapar da armadilha, Ao investigar o corpo de Astérios, os personagens
(Acrobacia): durante a competição o personagem cai encontram um bilhete:
os personagens encontram as oferendas. Role duas
de mau jeito, sofrendo 1d6 pontos de dano não-letal • 4ª — Um minotauro suspeito foi visto
vezes na tabela de tesouros para ND 1. Caso ignorem
de impacto. recentemente, usando um símbolo de
o altar e procurem ao redor da sala, encontrarão uma Suas operações estão chamando
Corrida e Natação (Atletismo): a personagem Tauron.
escada que desce ao porão do armazém.
sofre algum tipo de câimbra, recebendo uma penalida- • 5ª — Existe uma entrada secreta para o atenção indesejada. Não falhe novamente e
armazém abandonado. lembre-se do seu lugar. Caso esqueça,
Cena 4 – O covil
de de −1,5m em seu deslocamento pelo resto do dia.
farei que se lembre.
Canto, Dança e Repente (Atuação): a per- Eles podem contar ao capitão Ferdinandus, que es-
sonagem passa vergonha diante de todos, sofrendo tará patrulhando a Feira, cada uma das informações, O porão do armazém está cheio de gaiolas de tama-
uma penalidade de −2 em todos os testes baseados mas somente a partir da terceira, que aponta uma lo- nho humano e dentro delas estão as pessoas sequestra- Epílogo – A vitória da liberdade
em Carisma até o dia seguinte. calização, ele poderá fazer algo. Infelizmente, por sua das. Além deles, no centro da sala, existem outros quatro
Ao sair do armazém, Ferdinandus irá chamar a
natureza pacifista, o minotauro ainda precisa que as sequestradores, vestidos como os que tentaram raptar a
Corrida de Cavalos (Cavalgar): sua montaria guarda para auxiliar na libertação do resto das víti-
personagens o acompanhem. Se concordarem com isso, anã, e um minotauro, muito forte e alto, vestindo uma
se machuca de alguma forma, ficando indisponível mas. Ele está emocionado, mas não esquece da pro-
Ferdinandus é um aliado iniciante do tipo Guardião. túnica e uma couraça com o símbolo de Tauron pintado.
pelo resto do dia. messa de pagamento que ofereceu aos aventureiros.
Um de seus chifres está partido e uma cicatriz cascuda
Jogos de carta ou Xadrez (Jogatina): mes- Os personagens também podem, por conta pró- Após libertarem as vítimas dos sequestradores, os
e vermelha passa por seu olho esquerdo.
mo sendo um evento gratuito, você fez algum tipo de pria, investigar o armazém, sem a companhia do personagens são ovacionados como heróis! O miste-
capitão da guarda. Caso os personagens tenham feito barulho, remo-
aposta, perdendo T$ 1d10. rioso bilhete parece indicar algo maior acontecendo
vendo as tábuas para entrar sem o teste de Força ou
Pesca (Ofício (Pescador) ou Sobrevivência): por trás das cortinas... mas hoje é dia de comemorar!
o personagem passa tanta vergonha na frente dos pes- Cena 3 – O armazém abandonado combatendo os ratos, eles estarão esperando os per-
sonagens. Porém, se tiverem descoberto a passagem
O grupo não só aatrapalharou os esforços de escra-
cadores de Malpetrim que fica alquebrado até o final O armazém ligado aos sequestros está fechado, vagistas como também subiu ao 2º nível!
secreta e feito uso dela, ignore o andar superior e
do dia. com tábuas nas janelas e portas, que podem ser venha direto para essa cena.
Arquearia ou Arremesso de Arma (Ponta- arrancadas com um simples teste de For, CD 10, ou
Quando o minotauro percebe os personagens, NPCs & Criaturas
ria): durante um tiro, a corda do seu arco arrebenta, um minuto de trabalho barulhento.
ele diz:
ou algo acontece que danifica sua arma até ser con- O espaço do armazém parece um tipo de salão, de
— Vocês ousam atrapalhar o sagrado vínculo entre Capitão Ferdinandus de Marah
sertado com o teste apropriado de Ofícios. pé direito bem alto, e logo que entram os personagens
fortes e fracos? Como ousam se intrometer? Se o deus Minotauros sempre foram conhecidos por sua be-
Outras modalidades também existem, então um jo- percebem que no fundo do armazém uma imensa es-
da força não pode agir, Astérios de Tauron irá mostrar licosidade e proeza guerreira, mas Ferdinandus não
gador pode sugerir algo como um jogo de charadas, tátua de um minotauro com a cabeça em chamas, as
porque o fraco obedece ao forte! era um membro qualquer de sua espécie.

60 61
B R E V E S J O R N A D A S B R E V E S J O R N A D A S

Seus pais — um caso de um minotauro e uma Deslocamento 9m (6q)


humana apaixonados de verdade — fugiram do
Império para viverem a vida livres das amarras da
Corpo a Corpo Machado de guerra +13 (1d12+5,
sociedade táurica, rumo à irredutível cidade livre
x3) e chifres +13 (1d6+5).
de Malpetrim. Criado em um ambiente de amor,
Ferdinandus desde pequeno preferiu a manutenção À Distância Rede +9 (enredar).
da paz do que qualquer forma de violência. Algemar (Completa) Asterios tenta algemar uma
Conforme crescia, apesar do desenvolvimento de criatura adjacente. Para ser alvo dessa habilidade, a
um físico poderoso, o jovem minotauro sempre preferiu criatura deve ser Grande ou menor e estar enredada,
servir como o escudo daqueles que não tinham como agarrada ou imóvel. Asterios e a vítima devem fazer
se defender. Ao descobrir a deusa Marah, Ferdinan- um teste de manobra. Se o escravagista vencer, al-
dus encontrou uma deidade que combinava com sua gema a criatura, que fica sem poder usar ambas as
personalidade. Para continuar protegendo os outros, mãos até se soltar das algemas (veja “algemas”, em
juntou-se a guarda de Nova Malpetrim. Tormenta20, p. 150).
Aliado Iniciante Guardião: um personagem Enredar Se acertar a rede em uma criatura Grande
recebe +2 em Defesa. ou menor, ela fica enredada (veja “rede”, em Tormen-
ta20, p. 146).
Astérios de Tauron ND2 Medo de Altura Se estiver adjacente a uma queda
de 3m ou mais de altura (como um burado ou penhas-
Quando Tauron caiu, a fé de muitos dos seus clérigos
co), o escravagista fica abalado.
foi partida como vidro barato. Mas não a de Astérios.
Poção de Alterar Tamanho (Padrão) Astérios
Na época um jovem sacerdote do deus da força,
bebe uma poção da magia Alterar Tamanho, tornan-
Astérios estava em Tiberus durante a queda. Tendo
do-se uma criatura de tamanho Grande e recebendo
que lutar para fugir, mesmo quando seu patrono parou
um bônus de +4 em Força, até o final da cena.
de responder suas preces, o minotauro sabia que seu
deus ainda o amparava, até mesmo quando perdeu Valentão Astérios recebe +2 em testes de ataque e
o olho e metade de um de seus chifres. Mas, após rolagens de dano contra oponentes caídos, despreve-
aquele evento, o Império mudou. Fragmentado e com nidos, enredados, flanqueados ou indefesos.
uma liderança partida, mesmo o laço entre o forte e
o fraco foi abolido. For 20, Des 12, Con 16,Int 8, Sab 10, Car 10
Astérios não aceitaria isso. Juntou-se à grupos es-
cravagistas no desejo de perpetuar a tradição terrível Perícias Intimidação +8.
em que fora criado. Para ele, desde que o fraco esteja
à serviço do forte, seu trabalho está feito. Equipamento Algemas, couraça reforçada, macha-
do de guerra, poção de Alterar Tamanho, rede.
Tesouro Padrão.
Minotauro 8, médio
Iniciativa +9, Percepção +9, faro DANIEL DURAN
Defesa 20, Fort +11, Ref +5, Von +4
Pontos de Vida 40

62 63
Na segunda parte arte por
Rebirth Studio

da prévia de 3DeT Victory, texto por


Marcelo Cassaro
Bruno Schlatter
conheça dois novos e Tiago “Oriebir”

núcleos e Tormenta ALPHA

como você nunca viu!

OS NOVOS NÚCLEOS
A edição anterior da Dragão Brasil
trouxe os primeiros dois núcleos
no cenário de 3DeT Victory: Era das
A crescente população foi sendo formada por, além de
alunos e suas famílias, um enorme número de profissionais
e empregados ligados à enorme infraestrutura urbana. As
No mundo da Terceira Convergência, não faltam pes-
soas com poderes estranhos. Qualquer desses superdota-
dos pode ser aceito na SAVE, todo tipo de superpoder é
trata-se da Torre Invertida, a única Arca conhecida em
Akibara. Como o nome sugere, sua estrutura desce rumo
às profundezas, cada vez mais longe no subterrâneo.
demandas por recursos e trabalhadores especializados são válido: há quem diga não existir qualquer outro critério Ali, em seus níveis mais superficiais, acontecem aulas
Arcas, o núcleo principal, sobre criaturas
imensas — basta lembrar que bairros inteiros são reconstruí- para o processo seletivo. práticas de magia.
e masmorras de algum outro mundo dos semanalmente, após demolições causadas durante os
chegando à Terra; e Espada da Galáxia, O espaço físico é, no mínimo, peculiar. Inicialmente Arcanistas formados no Liceu muitas vezes atuam como
treinamentos dos estudantes, ou como resultado da rivalida- estava restrito a um complexo de dormitórios com saguões, magos autônomos — mas é muito mais comum serem
sobre uma guerra interplanetária entre de intensa entre suas cinco academias principais. Embora quadras de treino e um grande estádio esportivo. O au- contratados por governos e corporações que financiam a
raças alienígenas poderosas. números exatos não sejam revelados, diz-se que a própria mento de alunos e o conteúdo volátil das aulas práticas UniPotência, como seus agentes, soldados, exploradores
Vitória não raras vezes recorre à sua fortuna pessoal em
Hoje você vai conhecer os outros três fez com que mais prédios precisassem ser construídos (e e cientistas de elite. Entre os estudantes, existe rivalidade
tesouros mágicos para manter a metrópole ativa. (Rumores reconstruídos), tantas vezes que passaram a surgir sem
grandes núcleos. maldosos afirmam que, apesar de semidivina, a exuberante
ferrenha pelo cobiçado título de Arquimagi, o formando
controle ou lógica, ocupando cada espaço possível. mais graduado de cada turma.
cabeleira ruiva já apresenta alguns fios brancos.)
UniPotência Hoje, Akibara é uma metrópole dedicada à esperan-
Contudo, de alguma forma, esse pesadelo de enge-
nharia urbana respeitou o desenho inicial do estádio
Apesar do rigor em educar os alunos no uso responsá-
vel da magia, explosões e conjurações de bestas gigantes
As mudanças causadas pela Terceira Convergência ça e formação da próxima geração de heróis. Um lugar
central, com passarelas do tamanho de avenidas rami- são infelizmente muito comuns no campus...
não se restringiram ao surgimento das Arcas e à chegada onde técnicas secretas, domínio de poderes incríveis, ma-
ficando em torno, conectando prédios cada vez mais
gia ancestral e tecnologia de ponta caminham próximas,
Ginásio Ninja Akibara
de seres fantásticos. Magia e outras forças sobrenaturais apinhados, centros comerciais, bares e restaurantes. Este
(ou, como dizem, “ciência que ainda não entendíamos”) ensinadas e treinadas como disciplinas acadêmicas.
lugar de proporções titânicas é conhecido como o Monu-
são agora reais e abundantes. Mesmo humanos até Ainda que a UniPotência ofereça literalmente centenas mental — maior arena de esportes do mundo e também “Guerreiros das sombras pertencem ao mundo das
então completamente comuns passaram a desenvolver de cursos e especializações, abrigando dúzias de escolas a segunda maior construção de Akibara, perdendo em lendas.” Com seu título nada discreto e um lema intrigante,
mutações diversas sem motivo aparente. Em vários casos, e professores particulares, o grosso do corpo estudantil se altura apenas para o prédio da reitoria. não está muito claro o que este campus realmente ensina.
ganharam poderes! encontra reunido em cinco campi principais — cada cam- Devem os ninjas modernos agir às claras, de maneira
pus ocupando seu próprio distrito municipal. Suas áreas
Fácil imaginar que isso traria problemas. A Terra
de ensino: Supers, Magos, Ninjas, Mechas, Maids. Liceu de Artes Arcanas oposta às histórias antigas? Ou, muito pelo contrário,
aqueles realmente habilidosos acabam tão esquivos
mudou de forma irreversível, e Vitória soube que de-
veria fazer algo a respeito. A semideusa reuniu cinco Campus dedicado ao estudo e aprofundamento de quanto fantasmas, invisíveis e intangíveis? Tornando-se,
escolhidos, os maiores especialistas em suas áreas, para Escola Superior SAVE magia (ou “ciências além-Convergência”), o Liceu de
Artes Arcanas Benandanti é localizado no distrito de
de fato, lendas?
colocar em prática o que se tornaria o maior projeto de O Ginásio Ninja é o campus que ocupa a maior
A Escola Superior SAVE (Superação de Ameaça e mesmo nome.
suas vidas: uma grande escola, não apenas para treinar parte do território original de Akibara, uma zona rural
Violência Ecumênica) representa aquilo que a maioria
e desenvolver aqueles com habilidades fantásticas, mas A área lembra muito uma cidade medieval, completa com campos de cultivo de arroz. Embora existam núcleos
das pessoas imagina quando pensa em uma escola de
para orientá-los a fazer bom uso desses poderes. Uma com um grande castelo central e vilarejos coloridos em urbanos mais próximos dos outros distritos, numerosos
heróis: uniformes multicoloridos, poderes absurdos de
instituição para formar as próximas gerações de defenso- volta. Pareceria bastante mundano, até historicamente dojos e outras estruturas se espalham pela região natu-
fontes estapafúrdias e atos sobre-humanos impressio-
res do planeta. Uma academia de heróis! acurado, não fossem as várias estruturas flutuantes — em ral em volta — sendo difícil saber exatamente onde o
nantes em nome da honra, dever e justiça. E tudo isso
O apoio político e financeiro foi fornecido pelas geral presas ao chão por grandes correntes de prata. De distrito acaba. A vida bucólica do interior, bem como
é verdade.
Nações Unidas, assim como grandes corporações in- fato, muitas instalações do Liceu são acessíveis apenas a proximidade das grandes florestas montanhosas na
Diferente de seus colegas dos outros campi — que por voo, um aparente requisito mínimo para estudar ali.
teressadas em empregar futuros formandos. A cidade região do Fuji, torna esta área perfeita para ensinar suas
muitas vezes treinam duro durante anos para desen- Existe até mesmo uma zombaria tradicional dos veteranos:
interiorana de Akibara, na região do Monte Fuji, foi disciplinas. Sejam quais forem.
volver suas habilidades —, a SAVE acolhe aqueles “Nem sabe voar e já quer aprender magia de verdade?”
selecionada como base para esta façanha sem preceden- já nascidos com poderes sobre-humanos, ou que os Percorrer longas distâncias através de áreas selvagens
tes. Inicialmente nomeada Academia Akibara, começou tenham adquirido por acidente. Seu objetivo principal Além de auditórios para as aulas, existem inúmeros é algo rotineiro para os alunos, como parte de seu treino.
a matricular seus primeiros alunos. Durante os anos se- não é despertar superpoderes, mas sim auxiliar os estu- observatórios, depósitos de itens mágicos, sedes adminis- Também ocorre que, durante o trajeto, sejam atacados
guintes receberia novas estruturas e complexos, acabaria dantes em seu controle, bem como encontrar um lugar trativas, estufas e laboratórios de alquimia, entre outras por avaliadores ou mesmo professores, entre outros
praticamente engolindo a cidade que a acolheu. E em neste mundo onde tais habilidades sejam proveitosas. instalações. Quase todas são espaços dimensionais adversários exóticos (que ninguém tem muita certeza se
pouco tempo não era mais uma cidade, mas uma metró- Mais ainda, educar os poderosos para que usem seus maiores por dentro. são contratados pela universidade ou não). Tais ataques
pole universitária. dons em nome da proteção, dignidade e felicidade de Entre as construções aéreas, destaca-se uma torre que têm propósitos educacionais, como etapas da formação
Foi então renomeada Universidade Potência, todos os seres (e principalmente evitar que acabem se paira muito acima do Castelo Benandanti. Seu interior ninja, e nunca causam danos reais. Quase nunca. Às
abreviada UniPotência. Ou “Unipawa” para os locais. voltando para o mal). é quase vazio, exceto por um glifo no saguão principal: vezes. Ok, quase todo dia!

66 67
Aqueles graduados no curso acabam resultando entre pilotos prodígios ou superdotados que derrotam vetera-
os maiores combatentes do mundo — mas qual seria seu nos, devastam o distrito e/ou salvam o mundo logo no Aqui a porrada come solta!
papel neste mundo pós-Convergência, é incerto. Podem primeiro dia de aula...
acabar integrando qualquer grupo de forças especiais,

Instituto Maior de Intendência


soldados de elites, agentes secretos ou Arcanautas. Talvez
seu treino especial para atingir algum grande objetivo ou
tomam parte em alguma guerra secreta ninja que nin- Em meio a escolas que formam super-heróis, magos,
guém mais no planeta ouviu falar. Ou não. ninjas e pilotos mecha, o Instituto pode causar alguma
estranheza. Neste rico distrito de arquitetura inglesa,
Alta Academia Gattai formado quase totalmente por castelos e mansões, a
UniPotência mantém o curso mais rigoroso e disputado,
Um dos mais prestigiados e rigorosos campus na
aquele que forma os profissionais mais bem pagos do
UniPotência é aquele responsável por treinar operadores
mecha. Não apenas pilotos, mas também seus técnicos, mundo. E também os mais perigosos.
engenheiros, tripulantes e outros profissionais de elite. Não, não se trata de superespiões, caçadores de
O uso de mechas é extensivo em vários pontos do recompensa ou assassinos de elite. Obviamente estamos
mundo (e fora dele, no espaço ou colônias interplanetá- falando de criados. Copeiras e mordomos. Maids e
rias), não apenas em campos de batalha, como muitos butlers. Ou apenas Intendentes.
imaginam, mas em vários ramos da construção civil, Porque ninguém em todo este mundo é mais letal que
agricultura, mineração, transportes e manutenção da lei, um Intendente! Nem supers, nem ninjas, nem deuses ou
entre outros. Escolas de treinamento para tais mechas dragões. Ninguém! (Se você não conhece este simples
“comuns” existem em todas as grandes cidades do pla- fato sobre o mundo pós-Convergência, é uma surpresa
neta. A Alta Academia, no entanto, é especializada em
ainda estar vivo.)
formar apenas os melhores entre os melhores — aqueles
que devem pilotar máquinas de última geração contra o
Império Metaliano, expulsar dragões e kaijus de grandes
O treinamento no Instituto de Intendência é ainda mais
sigiloso que aqueles ministrados nas maiores agências Operação ARSENAL mundialmente, é o acontecimento esportivo mais esperado,
assistido e comentado por todos os habitantes da Terra.
cidades, operar protótipos experimentais ou artefatos hu- de espionagem no planeta. Diz-se que apenas as formas No futuro da Terceira Convergência, as artes marciais

A Ilha do Martelo
manoides místicos, representar seu país em super-torneios de vida mais poderosas no universo conseguem ser os atingiram um novo patamar de poder e explosão. Alguns
interdimensionais... Enfim, salvar o mundo. primeiros em cada turma. “Por que eles não acabam com dizem mesmo que elas despertaram: capacidades ex-
Sem muita surpresa, este campus ocupa a maior área as grandes ameaças, então?” Oh, mas eles acabam — o traordinárias e sobre-humanas, antes relegadas a lendas Apesar da fácil identificação por seu formato pecu-
construída na UniPotência, com estruturas do tamanho de fato de você jamais ouvir falar desses perigos extremos e histórias de fantasia, voltaram a ser possíveis — e até liar, ninguém sabe ao certo a origem desta ilha. O lugar
bairros. O distrito lembra mais algum grande complexo é a prova máxima de sua eficiência. A própria Vitória razoavelmente comuns. Simples torneios escolares se tor- simplesmente não constava em mapas antes da Terceira
industrial, com construções futuristas que parecem partes talvez não saiba quantas vezes o tempo e espaço foram nam muito mais emocionantes quando seus participantes Convergência; se teria sido transportada para cá, ou
de robôs gigantes (ninguém duvida de que são mesmo!). disparam bolas de energia e criam ondas de choque com surgiu por ocorrência de algum outro evento natural ou
salvos da aniquilação por criados do Instituto.
Seus inúmeros hangares acomodam máquinas de todos o impacto dos golpes! sobrenatural, impossível dizer.
Não há grande líder global sem um criado ou co-
os tamanhos, desde os “pequenos” exoesqueletos pes- Com isso, torneios de luta tornaram-se também um en- Cerca de trinta anos atrás, artistas marciais e com-
peira da Intendência a seu lado. Da mesma forma,
soais até mechas de vinte metros, que também podem ser tretenimento muito popular, talvez o principal esporte da batentes de todo o mundo receberam correspondências
não há herói ou grupo relevante sem o suporte de um
vistos patrulhando ou sobrevoando o campus. nova era. Grandes campeonatos são transmitidos para o misteriosas em um envelope púrpura, lacrado com um
formando; pois estes nobres mordomos e camareiras mundo todo, e seus competidores possuem glamour e pres- selo trazendo o emblema de um martelo. Dentro, instru-
Mas ocupar a cabine de comando é um passo ainda são mestres em administração doméstica, etiqueta,
distante para os novos alunos: seus primeiros semestres tígio de astros internacionais. Para sustentá-los e revelar ções para chegar ali por céu ou mar, e um convite para
culinária, primeiros socorros, computação quântica, talentos, foi organizada toda uma rede de competições participar do primeiro Torneio da Ilha do Martelo.
são dedicados apenas a aulas teóricas e treinos simula-
estratégia militar, invocações demoníacas e quaisquer menores e locais com prestígio e fama variáveis, onde os
dos. Os veteranos chamam esses novatos de “aspiran- Aqueles que aceitaram foram recebidos em instala-
outras habilidades necessárias. aspirantes começam seus passos rumo ao estrelato.
tes”, pois esta fase é quando ocorrem mais reprovações ções elegantes, com suítes luxuosas, academias para
e desistências. Apenas após muito estudo, altas notas e Quanto à relação com alunos de outros campi, basta Nenhum evento é mais prestigiado, no entanto, que o treinos — e dúzias de arenas especiais em vários pontos
centenas de horas em simuladores, um estudante será dizer que os Intendentes são campeões da Taça da Vitória, grande Torneio da Ilha do Martelo, realizado a cada dois da ilha, onde combates podiam ocorrer em ambientes
autorizado a efetivamente pilotar. Claro, há casos de o campeonato anual entre escolas, desde sua fundação. anos em uma ilha isolada no Oceano Pacífico. Transmitido diversificados. A maior delas, conhecida como a Grande

68 69
Arena, é sediada em um estádio com arquibancadas e hotéis para que possam se concentrar nos treinamentos com a Grande Arena em ruínas, o líder da ARSENAL le- realidade virtual já existissem, os novos modelos trouxeram
telões, localizada no ponto exato em que a cabeça do e combates. O torneio em si é dividido em duas fases vantou-se como o único sobrevivente na primeira e única novos níveis de realismo e intensidade, usando magia
martelo encontra sua base. Serve como centro ao redor principais: de grupos e individual. vez em que o comando da ilha trocou de mãos. ilusória (isto é, ciência de geração de imagens até então
do qual todos os combates periféricos são organizados. Na fase de grupos, os combatentes formam equipes Desde então, o General transformou a ilha na base desconhecida) para projetar o mundo de jogo diretamente
Desde então essa estrutura se expandiu, e hoje conta de até cinco membros, escolhidos pelos próprios partici- do seu exército e ali comanda suas atividades. O torneio na mente do usuário.
ainda com hotéis luxuosos, restaurantes de prestígio inter- pantes ou aleatoriamente pela organização. São então nunca deixou de ser realizado; embora muitos questionem O resultado seria uma imersão profunda, incompa-
nacional, e mesmo lojas de conveniências e souvenires. dispostos em chaves eliminatórias, cada fase reduzindo o que leva a organizar uma competição que, em última rável a tudo que veio antes. Usar o PORTAL seria como
No entanto, viagens só são possíveis durante o torneio, o número de grupos à metade; a equipe que vence a instância, pode depô-lo do seu posto, parece existir uma imergir em outra realidade, com outras leis e parâmetros
seja para competir ou assistir aos combates; a ilha não maior parte dos adversários passa adiante, enquanto o força maior que o obriga a manter a tradição sem inter- físicos. Pelo menos, em teoria.
recebe visitantes em nenhuma outra época, mantendo grupo derrotado é desclassificada por inteiro (incluindo rupções. Mas é certo que o vilão tem objetivos maiores, O primeiro VRMMORPG empregando o novo hard-
apenas uma pequena população local — composta, em aqueles que venceram seus duelos). o que preocupa organizações internacionais. Por isso, é ware (hoje conhecido como Tormenta 1.0) foi um fracasso
sua maioria, por membros do exército ARSENAL. comum que lutadores convidados sejam abordados para total. Era ainda uma tecnologia incipiente, os dispositivos
Quando restam quatro equipes, começa a fase
colaborar secretamente nas investigações. falhavam, a própria ciência (magia) envolvida e seus efeitos
Todos que visitaram a ilha concordam que há algo individual; membros de cada equipe lutam entre si até
estranho ali, algum poder sobrenatural pairando no ar, restarem dois finalistas. Estes preenchem as chaves do Talvez mais preocupantes que os objetivos secretos colaterais não eram plenamente compreendidos. Houve
sentido sobretudo por praticantes de artes marciais. Uma torneio final, em lutas 1x1 na Grande Arena da Ilha do do General sejam os vários mechas gigantescos posicio- incidentes em que jogadores ficaram “presos” na ilusão do
espécie de faísca ou centelha que inflama seus espíritos e Martelo, até que reste apenas um vencedor. nados à volta da Grande Arena... jogo, incapazes de voltar a perceber o mundo real. Em meio
corpos, impelindo a combater com mais vontade, vigor e à avalanche de reportagens sensacionalistas, investiga-
Mas claro que o torneio não se encerra aí! Ao cam-
Tormenta ALPHA
ferocidade. Não à toa, seus embates são especialmente ções policiais e processos indenizatórios, Nicht e Leer
peão é dada uma escolha: uma fortuna em dinheiro…
disputados e violentos, considerados o ápice do circuito recuaram. Os óculos foram retirados do mercado, novas
ou a oportunidade de enfrentar o próprio senhor da Ilha
de lutas esportivas internacionais. No mundo da Terceira Convergência, Tormenta pesquisas buscaram corrigir seus bugs. Retomaram uma
do Martelo em combate individual! Se vencer, tomará seu
ALPHA é o maior fenômeno dos jogos eletrônicos. Este versão anterior do game — a versão Alpha, alcunha
lugar como o novo governante e general do exército local.
VRMMORPG — jogo de RPG massivo multijogador de que se manteve no título desde então —, refazendo tudo
O Torneio Desde o início do torneio, apenas uma vez o senhor realidade virtual — conta com mais de cem milhões de a partir dali.
Apenas os maiores lutadores do mundo são convi- da ilha foi desafiado e vencido. jogadores ativos, e sabe-se lá quantos inativos. Piadas Então veio o grande relançamento e o sucesso. As
dados a participar do Torneio da Ilha do Martelo. Os exageradas entre os fãs dizem que todos os habitantes do falhas haviam sido eliminadas, o projetor de ilusões
critérios exatos de seleção, no entanto, não são claros: O Exército ARSENAL planeta têm uma conta, e alguns fora dele! funcionava perfeitamente. Grandes gamers e influencers
campeões de modalidades importantes esperam ansio- O jogo se passa em uma terra fantástica chamada sim- declararam ser a melhor experiência de suas vidas. O
O exército independente conhecido como ARSENAL
sos pelo envelope que nunca chega, enquanto outros plesmente O Reinado, levemente inspirada (embora com renascido Tormenta Alpha apagaria por completo as
é uma força atuante na Terra desde a Terceira Convergên-
que nunca participaram de competições oficiais, como muitas, erm... liberdades artísticas) na idade média terres- lembranças ruins do game original, arrebanhando uma
cia. Talvez a maior e mais poderosa força de mercenários
membros de forças armadas, podem ser surpreendidos tre. Há castelos e cavaleiros, e também magia, dragões, legião de assinantes e trazendo fortunas para a Pantheon,
do mundo, participou de eventos definidores da situação
com o convite fechado sobre a mesa de trabalho. elfos e outros seres fantásticos. E metrópoles enormes, hoje líder em entretenimento eletrônico mundial.
política atual do planeta, algumas vezes ajudando grupos
Causa mais confusão ainda que lutadores de qualquer de heróis, outras como seus adversários. barcos voadores, robôs tecnomágicos. E muito mais! O casal Nicht e Leer retirou-se da vida pública pouco
arte marcial podem ser convidados. Mesmo praticantes de antes de Tormenta Alpha atingir a marca de dez milhões
No comando está o misterioso General Púrpura, assim
combate armado, como esgrima, arquearia e até armas chamado pela cor da armadura que utiliza em conjunto PantheonSoft Co. Ltd. de jogadores. Ninguém sabe onde estão ou o que fazem
hoje; alguns apostam que desenvolveram, em segredo,
de fogo! Seria absurdo em outros tempos, verdade; mas com um gigantesco martelo de batalha. Não se sabe seu Tormenta ALPHA foi desenvolvido e é administrado uma tecnologia para abandonar em definitivo o mundo
no mundo pós-Convergência, com seres que esquivam de verdadeiro nome ou origem, apenas que chegou à Terra pela empresa de jogos e softwares PantheonSoft. Origi- real e viver apenas dentro do jogo. A própria Pantheon
balas e disparam raios pelas mãos, uma metralhadora durante a Terceira Convergência. Passaria então a reunir nalmente uma pequena desenvolvedora em uma gara- é hoje administrada por um conselho de vinte executivos,
não oferece tanta vantagem assim. o exército que ficaria conhecido como ARSENAL. gem apertada, logo se expandiu com o sucesso. Hoje que tomam todas as decisões burocráticas e orientam
Para os fãs, claro, essa desordem é pouco importan- Dez anos atrás, o General teria recebido o convite ostenta a reputação de maior e mais próspera empresa as equipes de desenvolvedores, apenas repassando aos
te, e serve para aumentar a aura de mistério. Há quem misterioso e participou do Torneio, sagrando-se campeão. de games no mundo. Muito de seu domínio deveu-se ao fundadores sua parcela nos lucros.
ganhe grandes somas apenas apostando em quem vai Diante da oferta de enfrentar o antigo senhor da ilha, gênio dos fundadores, Robson Nicht e Martha Leer.
ser convidado! O casal provocou uma revolução em hardware com a
Uma vez que aceitem o convite e sigam para a ilha
aceitou sem hesitar. O combate ainda é lembrado como
um dos maiores e mais ferrenhos já realizados em toda a invenção dos Óculos P.O.R.T.A.L. (Projetor Onírico de O Mundo de Arton
— com despesas pagas pela organização —, os lutado- história da Terra, transmitido ao vivo em rede mundial e Roto-Transversalidade e Amplitude Lateral), desenvolvido a Qualquer semelhança entre Tormenta ALPHA e qualquer
res são recebidos com toda pompa e luxo, alocados em até hoje compartilhado em serviços de streaming. Ao fim, partir de tecnologia extraída das Arcas. Embora jogos de outro mundo além-Convergência é pura coincidência. Não

70 71
há nenhuma relação. Se houvesse, ninguém saberia. Dentro Certos pontos do extenso mapa-múndi passariam
do jogo, o hub principal é a grande metrópole de Valkaria. a mostrar comportamento estranho. Surgiriam áreas
Uma cidade enorme, tomada de arranha-céus anacrônicos tomadas de códigos defeituosos, causando lentidão
e veículos voadores mágicos nos céus; nenhum, no entanto, e travamentos. Encontros com monstros aleatórios
é mais impressionante que a grande estátua da deusa com também são afetados — as criaturas locais têm parâ-
quem a cidade divide o nome, padroeira da humanidade e metros sem sentido, armas e perícias não causam seus
sua ambição de conquista e progresso. efeitos normais. Além disso, tais seres exibem gráficos
Ali é onde novos jogadores surgem após completar o danificados, pixelizados ou borrados: quase como se
registro e criar um personagem, mas veteranos também os sistemas de magia ilusória estivessem se recusando
encontram muito o que fazer, explorando seus becos e a mostrá-los por completo.
esgotos repletos de perigos, completando suas quests As partes defeituosas surgem e persistem por semanas,
urbanas. Há também dois hubs secundários dentro da forçando os jogadores a evitá-las, até que eventualmente
cidade, com suas próprias linhas de missões e histórias: o somem. Por sua sinistra coloração ferruginosa no mapa-
distrito étnico de Nitamu-ra e a Academia Arcana. -múndi, tais regiões ficariam conhecidas nos fóruns como
Deixando a metrópole, o mapa-múndi de Arton se abre Zonas Vermelhas.
para ser explorado, com ermos selvagens, planícies exten- Muitos rumores já se espalharam na comunidade de
sas e uma infinidade de masmorras, ruínas e outros locais jogadores tentando decifrar o que são e para que servem.
tomados de monstros, perigos e tesouros. As vizinhanças As teorias são variadas e coloridas. Alguns suspeitam ser
da capital são muito frequentadas, jogadores casuais parte de uma campanha viral para uma nova expansão,
encontram ali conteúdo para anos de aventuras. Para os atiçando a curiosidade por novos inimigos, mapas e
que querem mais, atualizações e expansões aumentaram tesouros. Outros afirmam ser bugs comuns provenientes
a área de jogo, com novas cidades adicionadas. das últimas atualizações, que devem estar sendo investi-
A primeira expansão trouxe Malpetrim. Cidade gados e apagados conforme descobertos.
pesqueira e rústica, de aventureiros embrutecidos, cer- Mais alarmantes são os boatos sobre jogadores que,
cada de masmorras e áreas infestadas de monstros. após percorrer as Zonas Vermelhas e fazer contato com
Mais tarde chegaria Vectora, incrível cidade mercante suas criaturas perniciosas, teriam sofrido efeitos colate-
voadora, acessível apenas durante eventos especiais no rais — além de dificuldades para desconectar da ilusão,
jogo. Então lugares como Quelina, refúgio secreto de como acontecia na versão 1.0. Questionada, a Pantheon
piratas e aventuras marítimas. Smokestone, cidade de manteve silêncio, atribuindo tais casos a exageros de
pistoleiros foras-da-lei. E tantos outros focos de missões. jogadores compulsivos.
Dizem que alguns Viajantes acham o mundo de Tor- De concreto, a desenvolvedora passou a restringir
menta ALPHA familiar. Quase como se tivesse semelhan- acesso às Zonas Vermelhas através de meios diversos,
ças como sua terra natal, se ainda houvesse qualquer como paredes invisíveis, guardiões NPCs invencíveis e
lembrança de tal lugar em suas mentes. Verdade ou não, mesmo GMs advertindo jogadores que cheguem muito
esses jogadores às vezes conseguem prever reações perto. Existe pressão de todas as partes, desde especia-
de NPCs, adivinhar fraquezas de chefes, ou deduzir o listas em saúde a Viajantes amedrontados com “algo”,
conteúdo de missões antes que estas sejam lançadas. para um desligamento total dos servidores. Até agora
Não é surpresa que estejam nas posições mais altas dos os advogados da empresa conseguiram impedir essa
placares mundiais. grande perda de lucros.
Nicht e Leer têm sido procurados para opinar, até
As Zonas Vermelhas agora sem sucesso.
Apesar do sucesso mundial, nem tudo é belo e seguro
no Reinado virtual de Tormenta ALPHA. De fato, desde
sua esquecida e malfadada versão 1.0, é possível que
esteja voltando a ser um mundo de problemas.

72 73
E N C O N T R O A L E A T Ó R I O E N C O N T R O A L E A T Ó R I O

Só descansaria quando conseguisse transformar isso em 1. Realismo fantástico. Histórias de terror lo-fi estão

Quando uma
A já iconica lo-fi girl uma matéria da Dragão Brasil! mais próximas ao gênero do realismo fantástico. Aqui o sobre-
natural não é visto com espanto pelas personagens, e sim como

Conceitos no liquidificador
algo banal. O absurdo está na naturalidade em que aceitam
sua existência e em implicações incômodas advindas disso. O

vibe casual
Não caberia colocar aqui meu “processo criativo” passo problema, por exemplo, não é a existência de um fantasma
a passo. Quando acabamos de construir um prédio, não assassino em uma loja, e sim a maneira impiedosa que a em-
deixamos os andaimes. Cabe assinalar, porém, pontos de presa obriga funcionários a continuarem a trabalhar no lugar.
partida. Para uma história ser qualificada como terror lo-fi, 2. Estilo casual. As histórias costumam ser episódicas.

se junta ao
precisava essencialmente de duas coisas. Favorecem contos ou aventuras one-shot, com a presença de
Ser de terror. E ser lo-fi. monstros da semana. O foco não é a destruição do mundo
ou tramóias políticas de seres imortais, é o dia a dia das
Quanto ao que é terror, existem infinitas definições, personagens. Se existem ficções “Slice of Life”, aqui elas

sobrenatural!
mas resolvi pedir ajuda ao escritor Stephen King. Bebi são um “Slice OF DEATH”. Protagonistas de terror lo-fi ge-
de alguns preceitos destrinchados por ele no livro Dança ralmente (mas não necessariamente) são detetives do oculto
Macabra (1981). e caça-fantasmas. Em sua realidade isso é visto como uma
Quanto ao que é lo-fi, basta dizer, não é bem um gênero profissão normal, que, contudo, envolve boas doses de risco
musical. Originalmente esse termo era voltado para músicas e demanda psicológica. Como ser bombeiro, policial, médi-
de gravação caseira, de baixa qualidade, dentro da filosofia co, militar, etc...
faça-você-mesmo. Com o passar do tempo, tornou-se uma 3. Estética DIY. Histórias do gênero devem preferencial-

Terror Lo-Fi
quase estética. Alguns músicos passaram a incluir deliberada- mente ser descritas e imaginadas como se emulassem um filme
mente defeitos e distorções no que compunham, se valendo de baixo orçamento. Acontecem em poucas locações, não há
de equipamentos antigos para alcançar determinados efeitos. “grandes nomes” no elenco (nenhuma das personagens é fa-
O chamado lo-fi hip-hop ou chillhop, no entanto, se po- mosa ou possui altos níveis de poder). Monstros são revelados
pularizarou em tempos mais recentes: de 2015 para cá. o menos possível. Pirotecnias para mostrar o sobrenatural são
Transmitido em rádios online 24 horas, esse tipo de música administradas no conta-gotas, sendo mais comuns “efeitos
raramente possui vocais e mistura batidas para criar uma práticos” que poderiam ser feitos sem muito custo.
vibe relaxante. É muito adotado em ambientes de estudo ou 4. Cenários de contraste. As tramas acontecem em
trabalho. Os chats desses canais ao vivo se tornaram até lugares que evocam sentimentos de conforto e relaxamento.

Q uando não se pode contar com uma A jornada da engenheira Amanda Ripley através de corre- mesmo agregadores de pessoas solitárias. Algumas playlists Deve se evitar usar clichês de terror, como castelos, mansões
atmosfera perturbadora para causar dores claustrofóbicos e mal iluminados em busca dos últimos de chillhop, e de parentes seus, como o chillwave, são reple- e estações espaciais abandonadas, ou então subvertê-los
registros deixados pela mãe em uma estação espacial virou tas de nostalgia, remixando gêneros musicais do passado de alguma forma. Ambientações comuns são apartamentos
incômodo, o que resta? Nesta matéria
algo diferente. Converteu-se na história de uma zeladora de ou inserindo trechos de diálogos de filmes e animes em meio aconchegantes, ambientes de trabalho, cafeterias bem-ilumi-
misturando dois elementos opostos, confira às músicas. O visual de anime, aliás, é bem recorrente na nadas e finais de balada.
astronave. Amandinha caminhava tranquila por seu ambien-
dicas para transformar histórias de terror te de trabalho enquanto ouvia playlists, executava tarefas e cena. A Lo-Fi Girl, uma das mascotes mais populares, era 5. Antagonistas ambíguos. Existem antagonistas,
em algo atípico... lidava com a solidão do lugar. Quando o famigerado xeno- originalmente o GIF de uma personagem de Sussurros do mas raramente são criaturas “vilanescas”, tendendo mais
A esta altura, você deve estar se perguntando: OK, mas morfo da franquia Alien apareceu... o monstro ainda gerou Coração (1995), obra do Studio Ghibli. para entidades esquisitas, misteriosas, ambíguas. Nesse
o que diabos é terror lo-fi?! Eis a resposta: é uma mistura de certo desconforto, mas por ser algo que não se encaixava. Essas coisas juntas me sugeriram uma série de conceitos, gênero não há histórias do bem contra o mal. Se tais valores
autodesafio e piada interna, surgida nas lendárias lives do Um elemento (literalmente!) alienígena se infiltrando no meio impressões, palavras-chave. Ruminei e compilei, até chegar morais absolutos existem no universo da narrativa, são antes
editor desta revista, J.M Trevisan. Um dia, o mesmo foi daquela rotina mundana. Pelo menos, essas foram minhas a dez elementos básicos que você confere abaixo. Vamos histórias do mal contra o mal ou do bem contra o bem.
impressões. pretensiosamente apelidá-las de os... 6. Pesquisas místicas. Autoconhecimento, empenho,
atropelado por uma questão filosófica. A pergunta foi:
Também fui acometido por uma questão filosófica. Fui estudo, força de vontade e buscar ajuda para não sucumbir
“Se eu substituir a trilha sonora do jogo de terror Alien:
Isolation por relaxantes batidas de música lo-fi hip-hop, ainda
longe. E se o terror lo-fi não fosse só brincadeira? E se
realmente fosse um gênero de ficção? Algo do qual se 10 Fundamentos do terror lo-fi ao desespero são temas importantes. Na maioria das vezes,
pesquisar é a melhor forma de vencer uma ameaça. Manter
dá medo?!” poderiam derivar aventuras de RPG e contos? Obcecado Você não precisa incluir todas essas características para uma rotina ativa, concentração e saber lidar com estresse
Como testemunha ocular e auditiva da stream em ques- pela ideia, imergi em longos períodos contemplativos, ter uma história de terror lo-fi, mas se caprichar nelas, já emocional, pode ser essencial quando você está devorando
tão, posso responder: Não, nem um pouco. pesquisando na internet. conseguirá dar um toque peculiar à sua narrativa. dezenas de grimórios malditos em latim!
74 75
E N C O N T R O A L E A T Ó R I O E N C O N T R O A L E A T Ó R I O

7. Nostalgia revisionista. Assim como o lo-fi remixa da instituição têm pouco a fazer. Precisam manter o foco no bem alimentadas, organizando lugares para descanso e in- criou e tentativas de tirá-lo do ar falharam. O chat do canal
samples, batidas, trechos de áudio conhecidos, ou emula trabalho para se proteger de investidas psíquicas, realizan- teragindo com elas! Quando a saída é alcançada, se todas continua ativo e é frequentado pelas almas das vítimas.
música antiga, temas de “passado assombrando o presente” do testes mentais. Quem falha vai parar em outro mundo as três facetas tiverem conseguido formar algum tipo de laço Interrogar os mortos para encontrar pistas é possível, mas
são comuns. Alguns monstros são “fantasmas semióticos”. por alguns momentos, sofrendo ataques do lorde... Mas não emocional com o grupo, recuperam seus poderes e ajudam envolve se expor a energias nocivas. A única maneira de
Remetem à infância das personagens ou tempos mais simples. percebe de imediato a transição! a enfrentar seu aspecto maligno. fazer isso, e sobreviver, é revezando-se com outras pessoas.
Tramas de terror lo-fi costumam ser derivadas de clássicos Detetives que conseguem manter uma rotina ativa durante 5. A tripulação de uma nave está visitando um Um dos mortos conhece o dono do canal. A alma dele tam-
do cinema, literatura e jogos de horror. Não se trata de criar o dia ficam imunes a emboscadas durante o sono. Ao longo entreposto alienígena, quando seu capitão e di- bém está presa no chat mas só surge durante a madrugada.
algo completamente inédito e sim pegar o que é familiar e da semana, o grupo pode descobrir fraquezas e poderes da versos engenheiros de bordo sofrem metamorfo- Quem consegue se comunicar com ele recebe um endereço.
levar em uma direção inesperada. entidade pesquisando em tomos antigos. se, logo após voltarem de restaurantes locais. Eles No lugar apontado há um apartamento contendo seu
8. Ma (Ou “Espaço vazio”). Conceito japonês pre- 2. O grupo foi recrutado pela prefeitura de uma se convertem em seres horrendos e, depois de derrotados, cadáver e um computador monstruoso, ligado a diversos
sente nas animações de Hayao Miyazaki. É aplicado cidade turística para ajudar a conter uma praga seu sangue ácido destroça os motores e o casco da nave, aparelhos de gravação amaldiçoados, com cabos e plugs
como momentos de pausa nas histórias. Cenas que não de vampiros-zumbis. Mas a administração demorou deixando todos presos no lugar. tentaculares. Destruir a “rádio on-line” é a única maneira de
servem para avançar a trama, mas sim para absorver mais tempo demais para responder ao problema e a praga fugiu A transformação foi um castigo: os extraterrestres não libertar as almas aprisionadas nela.
as personagens, o cenário e criar um efeito poético. Pouca do controle. O governo do país colocou uma redoma ao aceitam as formas de pagamento que o grupo dispõe. Para 9. Um homem-javali emprega detetives para
coisa acontece aqui. Personagens podem estar em um vagão redor da cidade, isolado-a em defintivo! consertar a nave é preciso recrutar um engenheiro especia- serem suas “babás” e ajudarem a proteger outras
de trem esperando chegar à estação, descansando a beira
O lugar mais próximo e seguro para se proteger era uma lizado, mas eles são raros no entreposto. O jeito mais fácil pessoas... de si mesmo. O grupo precisa descobrir um
de uma lagoa ou contemplando o pôr do sol. No terror lo-fi
cafeteria-livraria, onde o grupo se entrincheirou há algum de encontrar um é entre viajantes que atendem uma casa de mistério: por que de tempos em tempos ele se transforma
esses momentos quase sempre serão melancólicos e, quando
tempo. A única maneira de sair da cidade é provar às auto- banhos, mas apenas funcionários e clientes são permitidos em um humano assassino! O javali é um militar reformado,
não, logo serão interrompidos por um elemento brutal.
ridades que a praga foi contida. Para vencer os vampiros, é dentro dela. Ser cliente, não é uma opção, pois todas as possui um casamento feliz com uma humana e filhos adultos.
9. Trilha dissonante. Se você usa música para escrever, preciso se embarreirar durante noite e sobreviver à pressão termas são ácidas...
elimine trilhas sonoras tensas ou sombrias. Escutar canais de lo- Seus passatempos são praticar aeromodelismo, visitar a
psicológica dos gritos horrendos, fazendo testes para des- 6. Uma família é contratada para restaurar o feira da cidade para fazer compras, voar em um antigo avião
-fi pode ajudar a criar uma atmosfera de personagens fingindo cansar adequadamente. De dia, é preciso destruí-los um a farol de uma ilha remota. Eles descobrem, todavia, monomotor e brincar com seus netos. Ao acompanhar sua
que nada de ruim está acontecendo ao seu redor. Se você usa um, caçando-os em seus covis. Mas alguns monstros estão que o lugar é assombrado pelo espírito de um ancestral rotina, o grupo se dá conta que as transformações acontecem
música para ambientar partidas de RPG, recorra a playlists lo-fi despertos e se escondem nas sombras. dinossauro marinho. A criatura morreu após despertar das quando ele pensa em aeroplanos. Se confrontado com isso,
com temáticas de Halloween, ou então toque álbuns do gênero
3. Detetives precisam caçar um demônio em profundezas e descobrir que o som ouvido na superfície não o suíno revela seu passado: foi coagido a voar em aviões
musical hauntology. Casam bem com a proposta.
um clube noturno, mas há duas complicações que era de outro de sua espécie, e sim a sirene de nevoeiro do sobre o oceano enquanto outros soldados arremessavam pri-
10. A lei do rei. Faça como Stephen King. Tente sempre a princípio desconhecem. A primeira é que sempre apa- farol. A família precisa lidar com o isolamento da ilha, as sioneiros políticos da cabine para que morressem sem deixar
manter as narrativas no plano do terror. Em outras palavras, tarefas de restauração e, ao mesmo tempo, encontrar uma
rece no horário próximo da manhã, quando DJs começam rastro. O sentimento de culpa é o pivô das metamorfoses. O
não revele o monstro. As pistas da sua presença é que de- maneira de exorcizar o espírito.
a tocar músicas mais calmas em ambientes especiais para javali promete desistir de sua paixão por aviões se o grupo
vem perturbar e criar estranhamento. Se precisar entrar no
relaxamento, com pouca luz. 7. Após uma pane elétrica, o site de uma loja não expuser seus crimes.
horror, ou seja, revelar a criatura, mantenha sua aparência
impactante e breve. Só recorra a repulsa em último caso, A outra é que consegue assumir a forma de todas as geek começa a mostrar produtos impossíveis. São 10. Uma kombi tem assombrado os arredores
quando não puder mais esconder o monstro... capriche na pessoas com quem já dançou! A criatura foi invocada por action-figures, cartas colecionáveis, HQs, jogos de tabulei- de um ferro-velho, atropelando e matando pes-
descrição! Deve ser algo tão nojento que nem mesmo toda um dos ex-DJs da casa, tocando um disco de vinil profano ao ro... Porém, nenhum deles deveria existir. São números novos soas durante a noite. Tentativas convencionais
música lo-fi do mundo será caáz de fazer com que o grupo contrário. Ele queria se vingar de seus antigos empregadores de um mangá cancelado, o boneco de um vilão obscuro que de destruição ou exorcismo são inúteis, pois ela
esqueça o que viu. por explorá-lo, mas perdeu controle do ritual. nunca foi popular, etc... sempre ressurge. Pesquisas de campo na região revelam
4. Um castelo foi trazido de terras distantes e Esses artefatos enlouquecem a equipe da loja, deixan- que pertenceu a uma banda. Apesar de tocarem juntos, os

10 Ganchos de aventura reconstruído pedra por pedra. Na verdade é uma do-a obcecada pelo passado. Alguns dos objetos tornam-se músicos tinham crenças e gostos bem diversos. Morreram
entidade mística que deseja assumir forma humana. Com perigosos: caubóis de plástico de um forte de brinquedo em um acidente enquanto brigavam para decidir o que
A seguir, veja alguns ganchos de aventura inspirados falsas mensagens, atraiu caça-fantasmas para seu interior ganham vida e assaltam o estabelecimento. O único de jeito ouviriam na estrada. O centro de poder da assombração é
nos fundamentos estabelecidos para o terror lo-fi: e aprisionou o grupo com o intuito de drenar suas energias de parar o fenômeno de vez é entrar na parte mais profunda seu velho aparelho de fitas cassete. Para libertar os espíritos
mentais. Para sair, o grupo precisa resolver quebra-cabeças do estoque da loja e selar uma fenda espaço-temporal, mas dos músicos, é preciso descobrir qual era o álbum favorito
1. Uma agência é formada por detetives com
mortíferos ao longo de vários dias, abrindo sucessivas pas- ela é povoado pelos maiores medos de infância de cada de cada um, encontrar cópias, e tocá-las no rádio da kombi
conhecimentos insólitos. O lorde de um mundo moribun-
sagens secretas. membro do grupo, transubstanciados em monstros. até o fim. Sempre que isso é feito, os poderes do veículo
do deseja eliminá-la, por ameaçar seu plano de invasão da
Terra. Ninguém dentro da agência sabe ainda que se tornou Na biblioteca do castelo há mais três pessoas aprisio- 8. Mortes estranhas têm sido noticiadas pelos diminuem.
alvo da entidade. Após sete dias, o lorde se corporificará, nadas. São facetas benignas da entidade, reprimidas pelo jornais. A única coisa que parece ligar as vítimas é um
podendo ser enfrentado. Enquanto isso, porém, integrantes edifício vivo. Elas tentam ajudar “as visitas”, mantendo-as canal de música ao vivo na internet. Ninguém sabe quem o DAVIDE DI BENEDETTO
76 77
P E Q U E N A S AV E N T U R A S P E Q U E N A S AV E N T U R A S

De repente, todas as folhas caem das árvores. A capacidade defensiva e usa um galho de bordo mágico
comida some de tigelas, bocas e estômagos. Copos se como escudo. Depois de ser ferida, a entidade lança um fei-
enchem de sangue. tiço que exige testes de resistência mental. Quem falha cai
— Como ousa desrespeitar minha hospitalidade?! vítima de sono mágico por 1d4 turnos ou até sofrer dano.
Mentir para mim? — diz a princesa, e se transforma em Ela repete isso se estiver prestes a ser derrotada. O portador
um oni, flutuando em meio ao ar. — Você irá dormir até da lança, porém, descobre que a arma do seu senhor é
se lembrar de quem é! encantada e luta sozinha — pode continuar fazendo ata-
ques com ela, mesmo se estiver inconsciente! Se a Princesa
Ela então se vira para o resto do grupo.
Demônio é derrotada, revela ser o espírito da montanha e
— E vocês? Como permitem que este tolo fique aqui esvanece mais uma vez, em meio a gargalhadas.
vendo as folhas caírem enquanto o povo sente fome e
O senhor desperta de seu transe, mas ainda está muito
guerras são travadas em seu nome? Deviam tê-lo empur-
abalado e fraco, e se recusa a falar sobre o ocorrido. Ape-
rado montanha abaixo!
nas pede para o levarem de volta para casa, onde explicará
A Princesa Demônio desaparece, logo em seguida, tudo. Nesta cena, cada integrante do grupo pode narrar
mas a mesma transformação se dá entre as pessoas que um trecho da viagem, os lugares e paisagens avistados pelo
a acompanham. Nesta cena, o grupo é enfrentado por senhor e seu séquito. Se alguém quiser, pode fazer uma
monstros que sejam um desafio adequado à sua capaci- cena de interação em que personagens conversam. Ou sim-
dade. Se sobreviverem, percebem o senhor caído, vítima

O senhor do outono
plesmente compartilham um momento em silêncio. Durante
do encantamento. Agora ele está preso em um sono a jornada, cada personagem recebe um pequeno bônus
repleto de pesadelos, incapaz de ser acordado. em sua ficha, representando o autoconhecimento adquirido
em contato com a natureza e os espíritos.
Espíritos da montanha Quando o grupo está prestes a chegar a seu destino,
o senhor interrompe a marcha. O que revela a seguir
Quando o grupo ainda se recupera do ataque, a mú-
coloca personagens honrados, ou que tenham determina-
sica volta a tocar do nada e uma criatura zombeteira e
dos códigos de conduta, diante de um dilema.

E
frenética surge dançando. É um espírito da montanha. Ele
sta mini-aventura está disponível alguém desconfiado e de ira fácil, além de um grande mes- — Não sou um nobre, e sim um simples ator! O dublê
se apossa da lança do senhor adormecido, sem cerimônia.
para uso em RPGs de fantasia como tre no uso da lança. Mas em meio ao seu recém-formado de corpo do antigo senhor destas terras! Ele faleceu durante
séquito mantém uma postura relaxada, de alívio. — Se quiserem salvá-lo, precisarão enfrentar a Princesa
Blood & Honor, Império de Jade e Lenda uma emboscada, mas sua família me convenceu a assumir
Demônio! É perigoso sair daqui, levem isto! Esta lança não
dos Cinco Anéis. É uma estrutura de — No meu palácio os muros e jardins têm olhos,
tem nome, mas é uma aliada valorosa. Eu a entregarei a
o lugar dele para preservar seu domínio. Com o passar
história sem regras, para ser expandida ouvidos. Mas aqui junto a novas amizades pretendo ter dos anos, tive cada vez mais medo de ser descoberto! Tor-
quem entre vocês for o mais honrado. Então... Quem será?
e adaptada conforme a necessidade. dias de paz. nei-me um homem terrível porque interpretava o papel de
O espírito estende a arma esperando que alguém a um homem terrível e temia cada sombra, pois eu também
O senhor do outono pode ser jogada Deixando o palácio cedo, o grupo chega às monta- apanhe. Deixe cada integrante do grupo justificar porque era uma sombra. Mas agora lembrei de quem sou! Um
como aventura avulsa ou parte de uma nhas ainda de manhã e encontra uma enseada de onde merece ou não a lança, ou apontar quem deveria ficar filho de camponeses. Quero interpretar um novo papel!
campanha. pode observar a paisagem. Outras pessoas se aproxi- com ela. Se ninguém diz ser merecedor, o espírito diz O de um homem que foi transformado por esta jornada.
mam. É o cortejo de uma princesa que também veio ver a “Vocês mentem muito mal!” e a lança desaparece. Mas a Voltem comigo e ajudem mudar a vida de meu povo. Não
queda das folhas. A princesa convida o séquito do outro
Festim entre as árvores
primeira pessoa a se aproximar e tomá-la, ou a primeira a há honra nesta trapaça, mas o que é a honra se não outro
nobre para um banquete ao ar livre e o senhor de terras mostrar desejo de ficar com ela, recebe-a de bom grado. papel que interpretamos? Os espíritos nos enganaram, e
Um senhor de terras contrata guarda-costas e artistas prontamente aceita. Enquanto música embala a cena, ela “Finalmente! Uma alma honesta!”. Quando questionado com isso nos mostraram uma valiosa verdade.
de diferentes lugares para uma excursão às montanhas. Ele pede que cada personagem conte uma história sobre si, sobre onde a Princesa Demônio pode ser encontrada,
como retribuição pelo festim. Quando chega a vez do E conclui.
deseja apenas passar um dia agradável, contemplando as o espírito grita “ATRÁS DE VOCÊ!” e a entidade surge
deslumbrantes cores das folhas no outono, que agora co- aristocrata, porém, ele o faz de maneira breve e vaga: novamente, atacando o séquito. — Neste mundo nada é o que parece!
meçam a cair. A aventura começa com o grupo escoltando — Nasci rico e meu clã sempre governou estas terras. Use a ficha de um monstro de desafio elevado para o
o contratante durante a jornada. O senhor tem fama de ser É a minha história. Agora vamos comer! grupo para representar a Princesa Demônio. Ela tem boa DAVIDE DI BENEDETTO

78 79
C H E F E D E F A S E C H E F E D E F A S E

No Brasil, fez tanto sucesso que aparecia em programas fato tamuraniano perdido que foi parar no continente;
infantis ombro a ombro com Superman e Batman. talvez nos braços de um famoso gladiador da Arena
de Valkaria. Com a retomada do Império de Jade, uma

Um legado do mal organização criminosa quer os anéis de volta. É claro


que os personagens dos jogadores acabam pegos no
Shang Chi é filho de um barão do crime organizado. fogo cruzado!
Na versão MCU, seu pai é Xu Wenwu, o Mandarim.
Tanto Shang quanto sua irmã eram próximos da mãe,
que lhes ensinou o estilo de artes marciais de seu povo e Variações de Shang Chi
revelou sobre a longevidade do pai enquanto portador
Nos quadrinhos, Shang Chi não tem relação com o
dos Dez Anéis. Sua morte foi presenciada pelos filhos,
Mandarim, embora seu pai seja um dos maiores senho-
durante um ataque de inimigos de seu marido.
res do crime do mundo. Atualmente, o próprio Shang
O Mandarim jurou vingança pela morte da amada e Chi está no comando da organização do pai (As Cinco
fez com que Shang Chi recebesse um treinamento extre-
Armas) e tentando afastá-la da ilegalidade enquanto lida
mamente intenso para garantir que pudesse se proteger.
com a relutância de sua irmã. É uma situação ideal para
Ao mesmo tempo que pedia que os filhos ajudassem na
vingança, o pai se afastava deles cada vez mais, por ver que os personagens dos jogadores cruzem seu caminho.
na prole o reflexo de seu amor perdido. Quando Shang Durante o evento Guerras Secretas, uma realidade
Chi finalmente realizou a vingança, ainda adolescente, se alternativa misturou elementos de Punho de Ferro nas
arrependeu e fugiu para São Francisco. Muitos anos de- histórias de Shang Chi. É fácil apimentar uma campanha
pois, ele descobriria que não é possível fugir do passado.

Shang Chi
passando o título de Protetor de K’un Lun (mais detalhes
na DB 118) de Danny Rand para Shang Chi. Como o
Usando Shang Chi em mesa jovem artista marcial vai lidar com as responsabilidades
acumuladas já é um bom gancho para aventuras. Inclusi-
Mesmo sem os Dez Anéis, Shang Chi é um lutador ve, esse é um bom ponto de partida para uma campanha
extremamente habilidoso e pode ser incluído facilmente inteira baseada em torneios de artes marciais.
em campanhas baseadas em torneios de artes marciais,
como Street Fighter (DB 127), Mortal Kombat (DB 146), Tony Stark já fez braceletes e nunchakus que apri-
Guilty Gear (DB 169) ou a que você quiser inventar (DB moravam as habilidades de Shang, durante seu período
163). Um oponente muito completo, com habilidades com os Vingadores. Esses efeitos são pequenos se com-
sólidas e diversas, ele pode ser um grande desafio (e parados com os bônus concedidos pelos Dez Anéis, mas
potencial aliado) para seus personagens jogadores. podem ser um bom meio termo em algumas campanhas.

E
Nos quadrinhos, é comum que personagens com Em 3D&T, eles são armas F+1 que concedem Pontos de
m um universo com magos supremos, Shang Chi foi criado no começo dos anos 70, no
ápice do furor mundial por artes marciais. Bruce Lee alguma perda momentânea de poderes procurem Shang Magia Extras. Em M&M, são armas corpo-a-corpo de
deuses do trovão e super soldados, ser
já tinha feito um sucesso estrondoso com os quatro filmes Chi para melhorar suas habilidades em defesa pessoal. dano 4 que permitem ignorar uma vez por sessão a falha
um mestre de artes marciais pode não Isso já incluiu desenvolver um estilo de luta próprio para Cansativo dos poderes de Shang Chi.
clássicos que acabaram todos com “dragão” no título
parecer nada demais. A longa trajetória o Homem-Aranha, treinar o Capitão América e auxiliar
em terras tupiniquins e a Marvel também queria aderir à Shang Chi entrou em comunhão com a Bomba de
de Shang Chi, o Mestre do Kung Fu, (lucrativa) mania. Dominó com sua rival Topázio. Ele pode ser um bom
Origem e adquiriu a habilidade de se dividir em várias
mostra que isso não é verdade. mentor para um personagem jogador que se encontre
Obtendo os direitos do vilão pulp Fu Manchu, a editora cópias idênticas de si mesmo. Essa habilidade só foi uti-
numa situação parecida, talvez pedindo ajuda contra
Armado apenas com as habilidades adquiridas deu a Steve Engleheart (Vingadores) e Jim Starlin lizada uma vez e pode ter sido apenas temporária, mas
seus próprios inimigos como forma de pagamento (ou
através de um treinamento rígido e incessante, Shang (Thanos) a missão de criar um herói para enfrentá-lo. O re- caso queira incluí-la, adicione Separação em 3D&T e
parte do treinamento).
conseguiu entrar para os Vingadores, treinar o Homem- sultado foi o filho renegado do vilão, publicado em diversas Invocar 20 (Ativo, Capangas Múltiplos 10, Heroico, Hor-
-Aranha e até ser estrela de seu próprio filme. Tudo isso revistas, fazendo muitas participações especiais e sustentan- Em Tormenta20, Shang Chi em sim não se encaixa
da; custa “só” 520 pontos) em Mutantes & Malfeitores.
sem precisar se vestir de morcego! do seu título solo sem interrupções por mais de dez anos. bem. Os Dez Anéis, por outro lado, podem ser um arte-

80
81
C H E F E D E F A S E C H E F E D E F A S E

3D&T 60N Aumentada 9, Imunidade 1 (envelhecimento), Proteção


Impenetrável 9, Velocidade 2.
F3, H5, R3, A3, PdF3, 35 PVs, 25 PMs.
Vantagens:
Kit: lutador tradicional (ataques em série, maestria Ação em Movimento, Agarrar Aprimorado, Agarrar
marcial). Preciso, Agarrar Rápido, Ataque Acurado, Ataque De-
Vantagens: Ataque Múltiplo, Energia Extra 2, Es- fensivo, Ataque Dominó, Ataque Poderoso, Crítico Apri-
tilos de Luta (Aikidô, Boxe, Boxe do Bêbado, Jeet Kune morado 4 (desarmado), Derrubar Aprimorado, Desarmar
Do, Jiu-Jitsu, Karate, Muay Thai), Pontos de Vida Extras Aprimorado, Esquiva Fabulosa, Imobilizar Aprimorado,
x2, Técnica de Luta (Aparar, Ataque Forte, Ataque Im- Iniciativa Aprimorada 2, Prender Arma, Rolamento De-
prudente, Ataque Rápido, Ataque Violento, Bloqueio, fensivo 7.
Combo, Contra-Golpe, Defesa Agressiva, Derrubar, Perícias: Acrobacia 9 (+13), Atletismo 9 (+13),
Desviar Golpe, Desvio Acrobático, Finta, Força Oculta, Combate Corpo-a-Corpo (desarmado) 6 (+19), Engana-
Gingado, Golpe de Judô, Imobilização, Kiai, Pés Leves, ção 7 (+10), Furtividade 8 (+12), Intimidação 4 (+7),
Rajada, Recuperar Fôlego, Reino Animal, Torção, Um Intuição 8 (+11), Investigação 4 (+7), Percepção 9 (+12),
Contra Todos). Persuasão 4 (+7), Prestidigitação 4 (+8), Tratamento 4
Desvantagens: Código de Honra dos Heróis. (+7), Veículos 4 (+8).
Perícias: Crime. Ataques: Iniciativa +12, desarmado +19 (corpo-a-
-corpo, multiataque, dano 7), dez anéis +13 (corpo-a-cor-
Dez Anéis (200 PE): Uma arma +5, tanto para
po ou à distância, dano 13), dano deslocamento de ar
Força quanto para Poder de Fogo, que concede Acelera-
+13 (à distância, dano 7).
ção, Adaptador e PMs Extras (já inclusos) ao seu usuário,
que também se torna imune a envelhecimento. Defesa: Esquiva 15, Fortitude 11, Aparar 15, Resis-
tência 11, Vontade 15.

Mutantes & Malfeitores NP 13


Total: Habilidades 74 + Perícias 40 + Vantagens 26
+ Poderes 115 + Defesas 32 = 287.
For 4, Vig 4, Agi 4, Des 4, Lut 13, Int 3, Pro
3, Pre 3.
Poderes:
Os Dez Anéis T20
Esses anéis de ferro usados na prática de certos esti-
Mãos Mortais (22 pontos): Aflição 10 (Tonto, los de artes marciais são usados nos pulsos e funcionam
Atordoado, Incapacitado; resistido e sobrepujado por efetivamente como manoplas. Este conjunto específico é
Fortitude); Sentidos 2 (audição aguçada); Multiataque um artefato que concede habilidades adicionais para seu
em Dano de Força 7; Dano baseado em Força 3. usuário. Para cada anel, recebe +1 em Força e +1 PM.
Qigong (26 pontos): Força Aumentada 4, Vigor Au- Além disso, pode usar a habilidade Raio Arcano como
mentado 4, Agilidade Aumentada 4, Destreza Aumentada um arcanista de nível igual ao dobro da quantidade de
4 (todos com Ação Aumentada: Movimento, Cansativo e anéis usados (CD For).
Sustentado); Regeneração 10 (Sustentado, Ação Aumen- Enquanto utilizar todos os anéis, o usuário não enve-
tada: Movimento); Resistência Impenetrável 4 (Sustentado, lhece e dobra seu deslocamento.
Ação Aumentada: Movimento); Dano de Força Penetrante
4 (Sustentado, Ação Aumentada: Movimento); Movimento
4 (andar nas paredes 1, queda segura, estabilidade 2;
THIAGO ROSA
Limitado: exige teste de Atletismo CD 14); Saltar 2 (Limita-
do: exige teste de Atletismo CD 12); Dano à Distância 7.
Dez Anéis (43 pontos): Dano à Distância 13, Força

82
83
gloriosos
Por isso, tal qual havia aprendido com Kiki e a fada ao notar a ausência do garoto de dez anos. Notícias
Ayla, o paladino resolveu recorrer à astúcia no lugar da ruins continuavam a se espalhar dentro da fortificação. A
força bruta. Deixou os portões do Forte com os corpos soldado Edwina, estudiosa promissora das artes arcanas,

DiárioS
de zumbis amarrados ao seu chassi e escudo. Mancou e também havia caído em batalha.
avançou lentamente em meio a outra horda dos monstros
Os Cães da Colina partiram em uma busca pelo ga-
e então em meio aos bandidos. O horizonte cada vez
roto. Era preciso manter a moral das tropas. No fim, o
mais vermelho. Se Ignis tivesse um nariz, talvez tivesse
encontraram-no. Havia fugido para tentar se juntar à luta,
conseguido distinguir os cheiros do planalto. O sangue,
a putrefação, o odor de ozônio. O progresso do golem e quase havia se exposto aos monstros investindo contra
foi lento e constante, como a máquina que era. Cada a paliçada. A busca tomou tempo precioso, dando tempo
instante tomado de apreensão e agonia. para que penúltima onde inimigos se aproximasse com

E
facilidade do Forte.
sta coluna resume os episódios de Fim dos Tempos, uma campanha oficial de Quando chegou perto o bastante, ele se libertou do
Tormenta20, com o mestre Leonel Caldela e os jogadores Tácio Schaeppi, Katiucha disfarce e, impulsionado pelas suas engrenagens, ganhou Bandidos da Companhia dos Irmãos vinham na frente,
Barcellos, Guilherme Dei Svaldi, Karen Soarele e Rex. As aventuras são jogadas às velocidade e ímpeto, atropelando os oponentes no cami- escalando as paliçadas, trazendo granadas e armas de
nho. Ignis notou que nem todos os criminosos ao seu redor fogo, lutando sem honra. Não eram a maior ameaça. As
quintas-feiras, às 20h, na Twitch da Jambô Editora.
eram humanos... Seus mantos não eram capas e sim asas criaturas que Ignis provocara agora enxameavam o forte.
longas, escondendo corpos esguios e quitinosos, cobertos Havia homens-formigas disformes, poderosos guerreiros
O minotauro filósofo Arius e o grupo de heróis conhe- carregados com metal arco-íris. Esse foi apenas um dos de carapaças rubras. A tradução de formas horrendas com feições crustáceas e as mortíferas sombras em forma
cido como Os Cães das Colinas continuam ocupados. muitos truques da engenhosa barda medusa Kiki. demais para qualquer mente mental contemplar. de mosca com seus ferrões-adaga, trazendo devastação
enfrentando ondas incessantes de inimigos na Batalha do A artista conseguiu decifrar a frequência mística usa- e insanidade. Os monstros mais fortes passavam incólu-
Ignis corria em meio aos demônios da Tormenta.
Forte Cabeça de Martelo! Nas fileiras hostis, há irman- mes a ataques comuns.
da para controlar os mortos-vivos e interferir com ela. Ao lado de um dispositivo mecanomágico mesclando
dades de bandidos, cães infernais, vespas monstruosas e
Suas múltiplas ilusões enganaram o inimigo. Era como se necromancia e caos, ele enfim encontrou Syvarian, fican- Ignis foi obrigado a ativar seu plano de emergência:
zumbis aberrantes. São as hostes da Tripulação da Roca,
a batalha fosse somente mais um palco onde ela podia do frente a frente com seu algoz. Palavras foram ditas, Elmer, o Cavaleiro Dragão.
esquadra liderada por Syvarian, um kliren vindo do éter
demonstrar seu talento. O triunfo estrondoso dos heróis, mas nenhuma palavra pesa mais do que ações.
divino do espaço. Seu objetivo imediato é exterminar todos Seguindo as ordens do líder de sua ordem, o lagarto
os povos das Colinas Centrais para continuar sua missão. no entanto, enfurecia o outro lado.
O paladino lançou seu trunfo! peludo sobrevoou o campo de batalha, imprimindo sua
Embora o plano final do vilão ainda não tenha sido Nuvens rubras e raios elétricos começaram a tomar silhueta contra a luz da lua, projetando sombra. Então
Uma granada de mão sagrada contendo uma pepita
revelado, Os Cães conseguiram desvendar que as Colinas os céus acima do Forte. Após inúmeras artimanhas, o abriu a bocarra reunindo energia luminosa, prismática,
de metal arco-íris. Ainda distraído pelos engodos de Kiki,
são sagradas para os gnomos, antiga raça criada pelo vilão Syvarian resolveu jogar pesado. Fez uma aposta, pulsando com todas as cores. Os lefeu eram imunes a
Syvarian não conseguiu defletir o golpe a tempo. A bomba
deus Tilliann. A região é o local onde outrora o Deus da um ato de desespero. explodiu, o dispositivo-portal foi destruído e a tempestade fogo, contudo a rajada que os atingiu continha os poderes
Criatividade foi separado de sua essência divina. O minério A Tormenta apareceu como uma atriz que rouba a cena. dimensional se foi. O santo golem guerreiro não ficou para do deus Tillian. Metade dos inimigos caiu, exterminada
conhecido como “metal arco-íris” é, na verdade, seu san- lutar, recuou a passos largos. Havia cumprido sua missão. pelo sopro de Elmer, e depois disso, o próprio dragão
gue solidificado, possuindo propriedades místicas contra a Uma dezena de demônios insetoides se arremessou sobre com suas forças esgotadas.
Tormenta. Como descoberto, isso se deve ao fato de Tilliann * * * ele e alguns conseguiram vencer sua defesa, mas nem Ignis ainda não havia terminado.
ser um dos criadores originais dessa ameaça cósmica. mesmo eles conseguiram deter Ignis Crae.
Havia chegado a hora de Gronko, uma aberração
Enquanto Arius não larga a espada e volta a empu- Ignis Crae, O Paladino da Profecia. O golem retornou ao Forte vitorioso, mas a sensação resgatada do Circo de Horrores do maléfico ilusionista
nhar sua pena, confira abaixo os acontecimentos dos de triunfo foi fugidia, pois assim que voltou recebeu a
últimos episódios... O Santo de Ferro e Fogo. A Redenção Flamejante. Zardu, utilizar suas habilidades mais uma vez. O ata-
terrível notícia: uma criança desaparecera. que foi ordenado e Gronko caiu com sua mandíbula
Talvez, no futuro, cronistas e hagiógrafos pudessem
maldita e infinita sobre o mais poderoso dos lefeu. O
A noite dos maníacos registrar esses epítetos e muitos outros para o golem pa-
ladino de Thyatis, o Deus Fênix. Porém, Ignis sabia: se A noite dos maníacos demônio foi engolido e simplesmente desapareceu no

aberrantes, Parte 9
poço infindável...
aberrantes, Parte 10
não agisse logo, não haveria futuro nem para ele nem
para nenhum de seus companheiros. Pois a Tormenta A batalha começava a virar e, ainda assim, estava
Os zumbis aberrantes foram caindo um a um. não trazia a morte. Era a anti-vida. A negação de tudo Allon, filho de Nathanael e Ritanna Gallobalt, havia longe do fim. Arius havia conseguido derrubar um dos
E o que antes pareciam hordas infindáveis e invulne- aquilo em que acreditava. Lutar contra ela estava acima sumido. Depois de ter perdido seu o mais velho, agora demônios da paliçada, mas durante a luta o gladiador
ráveis desapareceram ante os estilhaços de explosivos de qualquer honra. a família de fazendeiros sulfures entrava em desespero Rexthor e o Sargento Morgan foram feridos gravemente.

84 85
A noite dos maníacos Esses tiveram um fim misericordioso.
O resto foi presa fácil para o demônio.
aberrantes, Parte 11
Metade dos inimigos havia caído, a outra continuava * * *
vindo.
Rexthor logo foi curado e colocado de pé por seus
companheiros. O gladiador reuniu os homens e mulheres Kiki gritou e então cantou, alcançando as notas mais
treinados por ele e, com a benção das deusas em que altas do fogo empíreo, conjurando uma esfera de pura
acreditava, trouxe novamente sua fúria ao inimigo. incandescência que moldou com suas mãos e arremessou
contra o pátio interno do Forte. A bola de fogo explodiu
Alguns dos demônios foram avassalados, recebendo
e a parede de ar e chamas se deslocou, acertando os
punhos como meteoros. Manoplas forjadas em aço-ar-
bandidos em cheio, matando-os pelo calor e pelo impac-
co íris que perfuravam carapaça como se fosse papel.
to. O ataque devastador da barda medusa abriu espaço
Sangue corrosivo e substâncias nauseabundas emergiam
dos lefeu, que voltavam a se levantar, mas os monstros e Arius adentrou a fortaleza. Ergueu o escudo, apontou
foram prensados pelos refugiados contra o chão. Com seu gládio e sozinho encarou o lefeu.
uma enxurrada de punhos mágicos, espadadas, lanças, A criatura era impossivelmente forte, um pesadelo tor-
foices, pedras e pedaços de pau, as criaturas foram nado vivo, ocupava mais espaço do que o minotauro na
espancadas e desmembradas, até que parassem de se sala e havia ceifado mais de trinta almas quando virou-se
mexer. Porém, um dos guerreiros-mosca conseguiu se es- para esmagar o recém-chegado.
guereirar por trás do gladiador, driblando seus sentidos Arius podia ser um filósofo mais afeito a ponderação,
e reflexos sobrenaturais. Com um golpe preciso de uma
uma alma gentil, mas também fora criado em uma família
adaga-óssea envenenada, Rexthor caiu mais uma vez...
de soldados. Manteve o sangue frio dos legionários. In-
E não levantou mais, ficando às portas da morte.
vestiu contra a mesma força maléfica que quase dizimara
Ayla dava seu melhor. As magias dela eram incapa- seu povo. A cada marrada de seus chifres mágicos, a
zes de danificar os lefeu, todavia suas adagas mentais cada golpe pesado defletido pelo seu escudo, se lembrou
ainda eram capazes de paralisá-los. Esgotando suas de como seu pai o havia dispensado, mandado para lon-
últimas energias, a fada deteve o avanço das criaturas ge, porque, ao contrário de seu irmão, fora considerado
o máximo que pode, dando tempo para que o resto do fraco demais para lutar.
grupo as enfrentasse e para que Gronko reunisse seus
poderes e devorasse outra delas. Ignis também detinha E sem hesitar, golpe após golpe, fez a Tormenta se
o avanço dos demônios, protegendo a todos com seu dobrar de joelhos diante de si, como um súdito se curva
corpo metálico, chamando para si os ataques, pulando diante se seu Imperador.
na frente de tiros de mosquete e garras letais.
Arius lutava como nunca. Tomado pelo júbilo da bata- * * *
lha, o minotauro vencera seu medo inato de altura. Salta-
va e corria sobre as paliçadas, derrubando demônios e
bandidos com seus chifres que queimavam com radiância Os cadáveres de aliados e monstros cobriam o chão
mística. Perfurava com seu gládio, batia com o escudo. do Forte Cabeça de Martelo, mas os Cães das Colinas
Ainda assim, todos seus golpes pareciam insuficientes.O permaneciam.
minotauro ouviu o grito de dezenas de pessoas ecoar pela Agora restava apenas uma onda a ser vencida...
noite. Bandidos haviam destroçado as portas da parte
interna do Forte, permitindo que um lefeu chegasse até
refugiados indefesos. Habitantes de vilarejo não estavam DAVIDE DI BENEDETTO
preparados para lidar com o horror da visão e alguns
caíram mortos meramente ao contemplá-la.

86 87
L I G A D O S D E F E N S O R E S L I G A D O S D E F E N S O R E S

Movimentação e 3 D&T nunca foi um jogo sobre combate


tático. Há regras para isso no Manual do
Defensor, mas, até por questão de espaço,
são bastante básicas, com muitos detalhes em
aberto para serem resolvidos pelo grupo na
hora de jogar. Alternativamente, na Dragão

posicionamento
Brasil 163, uma forma diferente de combate
tático foi apresentada, simulando a arena de
duas dimensões de um jogo de luta como Street
Fighter ou Mortal Kombat; ainda assim é uma
regra opcional, que só faz sentido em um duelo
entre dois personagens, e não em grandes

em 3DeT Victory
combates com muitos participantes.
Muitos regulamentos do próprio Manual 3D&T Alpha, no

CORRA
entanto, parecem contradizer essa máxima. Você sabe quanto
um personagem é capaz de se movimentar, e o alcance de um
ataque com Poder de Fogo. Magias possuem alcances curtos e
longos bem definidos. Mas mesmo estas definições não foram
feitas com um equilíbrio tático em mente, e sim para suprir a
necessidade de determinar um alcance para certas ações e po-
deres especiais; por isso, não levavam em conta coisas como as
escalas de poder, por exemplo.
No novo 3DeT Victory, tentamos uniformizar as regras de mo-
vimentação e posicionamento. No lugar de definições exatas em
metros ou quadrados percorridos, optamos por uma saída mais
abstrata, guiada pela narrativa do jogo: há quatro definições de

DEFENSOR
distância amplas, que você pode interpretar de diversas maneiras
de acordo com a escala e os próprios personagens. Como tudo em
3DeT, a distância é um elemento de regras que pode ser descrito
de diversas maneiras únicas em conflitos diferentes: o mesmo mo-

CORRA
vimento pode representar o deslocamento de dezenas de metros
quando você é um atleta olímpico, ou de quilômetros se for um
caça supersônico!
As novas regras de movimentação serão debatidas a seguir.
Lembre que ainda não são a versão final, mas estão resumidas e
adaptadas ao sistema Alpha, para que possam ser usadas e testadas
com as versões atuais das regras. Tudo ainda pode mudar até termos
o livro em mãos!

As quatro distâncias
Em um combate ou outro tipo de conflito, um personagem pode
estar posicionado em quatro distâncias diferentes com relação aos
outros: Perto, Longe, Muito Longe e Fora de Alcance.

88 89
L I G A D O S D E F E N S O R E S L I G A D O S D E F E N S O R E S

Hamilton e ele: Mxvrstpnn Para o alto e avante! contram um do outro. Estão perto ou longe? Podem ser
atacados com Força, ou apenas com Poder de Fogo?
(só ri quem ouve o podcast) As distâncias também valem na vertical. Quando um Será que está tão longe que mesmo um ataque com PdF
personagem com a vantagem Voo usa movimentos para mereça uma penalidade?
se afastar, apenas outros que também voem poderão usar
Também é possível usar diagramas de combate ge-
movimentos para alcançá-lo.
néricos, que ainda não sejam um mapa tático propria-
Você pode usar um movimento para saltar e alcançar mente. Pense em um sistema de batalha clássico de Final
um alvo voando Longe com um ataque de Força, sem pre- Fantasy, em que os personagens são divididos entre a
cisar voar, mas não somará a Habilidade na rolagem de “linha da frente” (própria para personagens que atacam
FA. Não é possível alcançar oponentes Muito Longe ou com armas corpo-a-corpo, como espadas e machados)
Fora de Alcance com um salto; para estes, você precisa e a “linha de trás” (para personagens que usam arcos,
voar, usar Poder de Fogo, ou outros poderes que atingem revólveres e outras armas de longo alcance, ou magia).
alvos distantes. Você pode desenhar as linhas em uma folha de papel, e
Voar também permite ignorar terreno difícil. No en- usar miniaturas ou marcadores para definir o posiciona-
tanto, alguns terrenos ou situações — cânions cheios de mento de cada personagem.
curvas sinuosas, fortes correntes de ar, espaços apertados Para quem quiser um combate mais arrojado, que
— podem contar como terreno difícil para um persona- ainda permita algum tipo de pensamento tático simpli-
gem voando. ficado, é possível mesmo usar um mapa ilustrativo, mas
Caindo. Uma queda causa 1D de dano para uma ainda sem definir distâncias exatas. Talvez em uma
altura igual a Perto, 2D para Longe, 3D para Muito Longe briga de taverna você decidir que todos os persona-
e 5D para Fora de Alcance. Um teste de Esporte reduz gens estão Perto uns dos outros se estiverem no mesmo
o dano à metade. Um salto para atingir um oponente andar; se um deles correr para as escadas e chegar a
Perto é quando algo pode ser alcançado com um Alcance. Isso, é claro, se o próprio oponente não usar um andar acima, ficará Longe; e se subir outro andar,
voando não é considerado uma queda.
ataque simples, corpo a corpo. É a distância para socos, seus movimentos para persegui-lo! Muito Longe.
chutes, golpes de espada e ataques com Força em geral. Viagens longas. Em viagens longas fora de com-
Como consideração final, destaco que a ideia de um
Não traia o movimento!
bate, o mestre decide o tempo de deslocamento. Ele diz
Longe é quando algo não pode ser alcançado com sistema de movimentação mais robusto, com distâncias
quantos dias demora para ir de uma cidade a outra, ou
ataques corpo a corpo. Você pode atacar apenas com exatas e movimentação tática, não está totalmente des-
As regras acima dão conta do fundamental de movi- para chegar até a entrada da rede de túneis subterrâneos
disparos ou projéteis (ou se esticando?). É a distância cartada em 3DeT Victory. No entanto, é praticamente
mentação e posicionamento. Mas é claro que, num RPG, no meio das montanhas.
padrão para ataques com Poder de Fogo ou usando certo que não haverá nada assim no livro básico, onde
Membros Elásticos. nenhuma situação é tão simples! Algumas condições es- Quando a viagem passa por terrenos difíceis, ou
queremos um sistema mais simples, ágil e dinâmico, pró-
peciais podem dificultar sua movimentação, ou oferecer oferece obstáculos, ou o grupo se esforça para chegar
Muito Longe é quando algo está muito mais distan- prio para combates rápidos, explosivos e exagerados.
possibilidades de posicionamento diferentes. mais rápido, o mestre pode usar as regras de testes
te. Mesmo um ataque com Poder de Fogo é impreciso, Mas é algo que pode vir a ser desenvolvido no futuro,
Terreno Difícil. Escalar uma montanha é mais difícil estendidos do Manual do Defensor. Cada sucesso deixa
difícil de acertar; ele deve ser feito sem considerar a em suplementos em que regras assim tenham contexto,
que correr em uma planície. Nadando, a água dificulta o grupo mais próximo do destino, enquanto cada falha
Habilidade na FA. Ataques com Membros Elásticos não ou em artigos na Dragão Brasil. Mesmo a arena de
o deslocamento. É mais complicado atravessar as ruínas atrasa a chegada em um ou mais dias. Uma falha total
podem ser realizados. batalhas em 2D para jogos de luta ainda pode vir a
de um terremoto recente que um estacionamento vazio. pode fazer com que se percam, levando a um lugar
Por fim, Fora de Alcance é quando algo está ainda aparecer novamente, revisada e retrabalhada para as
completamente diferente! novas regras.
à vista, mas longe demais para receber ataques. Apenas Quando um combate acontece em terreno difícil, o
algumas magias e poderes podem alcançá-lo. número de movimentos para mudar de distância é do- Até lá, se movimente! Não fique parado no mesmo
Em um combate, você pode se deslocar de uma brado: dois para Perto/Longe, quatro para Longe/Muito O mapa da mina lugar!
distância para outra usando movimentos. Um movimen- Longe, e oito (!) para Muito Longe/Fora de Alcance. Para quem está acostumado a medir distâncias exa-
to permite ir de Perto para Longe. A partir daí, cada Um teste de perícia, como Esporte ou Sobrevivência, tas, mudar para um sistema de posicionamento mais
BRUNO SCHLATTER
patamar de distância dobra o número de movimentos pode vencer terreno difícil e você se move normalmente. abstrato pode parecer esquisito. No entanto, na hora Que não se posiciona em cima do muro
do anterior: são dois movimentos (uma ação completa) A dificuldade é definida pelo mestre: Fácil para um rio de jogar, é mais simples do que parece: ao invés de se
de Longe para Muito Longe, e quatro movimentos (duas calmo, Médio para uma correnteza forte, Difícil para um preocupar em imaginar a localização exata de cada
rodadas completas) para ir de Muito Longe para Fora de redemoinho e assim por diante. personagem, apenas resolva a distância em que se en-

90 91
AMIGOS DE KLUNC
Danilo Andrade
Danilo Carlos Martins
Edson Toledo
Eduado
Para ter seu nome aqui, seja um
Danilo Henrique Eduardo Amarães
Eduardo Assis Das Chagas
apoiador da DRAGÃO BRASIL em nível
Aventureiro ou Conselheiro-Mor
Danilo Martins Rafael
Danilo Steigenberger Eduardo Cazorla Alves
Aventureiros Allisson Oliveira Artur Augusto Davi Fontebasso Eduardo Fernandes Augusto
Altair Machado Freitas Bracher Capute Davi Roberto Limeira Eduardo Fukamachi
27
Álvaro Da Rosa Cunha Artur De Oliveira Da David Córdova Loures Eduardo Mendes Marcucci Fabio Soares Fillipe Cesar Oliveira Da Silva Giovani Barros
Adalbero Marinho
Álvaro Ferreira Rocha Franco Eduardo Neves Junior Fabio Vaz Flávio Cruz Ferro Giovanni Fadiga
Da Silva Júnior David Lessa
Aryandson Da Silva Fábio Zuim Flavio Henrique Campos Nogueira De Souza
Adalberto Oliveira Amauri Matos De Jesus Davidson Catein Pinheiro Eduardo Nogaroto
Ásbel Torres Da Cunha Querobi Dos Santos Fabricio Maciel De Araujo Giuliano Bortolassi
Adonias Albuquerque Ana Lucia Lieuthier Davidson Guilherme
At Matos Goncalves Dos Eduardo Tavares Machado Fabricio Siegnord Francisco Eduardo Gláucio José Magalhães
Adriano De Oliveira Ana Lúcia Merege
Augusto Ruckert Santos Borba Eliel Junior Fausto Reis Rocha Júnior Gledson Gondim
Santos Ayub Anderson De Mello Ogliari
Augusto Santos Débora De Oliveira Borges Elivaldo Sapucaia Felipe Da Silva Guimaraes Francisco Marques Guilherme Amato Marinho
Affonso Miguel Heinen Neto Anderson Guerra Da Silva Junior
Benaduce Guilherme Denilson Belo Coelho Elton Rigotto Genari Felipe Do Espirito Santo Guilherme Antônio Faust
Agamenon Nogueira Lapa Anderson Leal Mozer Garcia Francisco Olimpio Da Silva
Benuel Farias Denis G Santana Elton Rodriguez Felipe Eleuterio Hoffman Guilherme Augusto
Airton Luiz Tulio Júnior Andre Augusto Frederico Bethônico Monteiro
Bernardo Nassau De Souza Dereck Gonçalves Elvis Junior Felipe Gabriel Figueiredo G. De Moura
Alan De França Santana Nogueira Alves Caio Cosme Cassio Santos Silva
Felipe Horas Frederico Castro Pena Thum Guilherme Begotti Domingos
Alan Felipe Ferreira André Belfort Brayan De Oliveira Lima Caio Cruz Cassius Nunes Diego Adão Fanti Silva Elvis Sãngelis Dias
Marinheiro Felipe Ibrahim Aziz El-Corab Frederico Detofano Guilherme Cossu
Alan Machado De Almeida André Fernando Peres Breno Bonioli Caio Fábio Silveira Sousa Celso Guedes De Jesus Diego Aparecido Alves
Gomes Figueira Emanuel Max Felipe Leonardo De Mattos Gabriel “Mortyiz” Felipe Guilherme Da Silva Alves
Alan Portela Bandeira André Luiz Noronha Baracho Breno Melo Caio Guimaraes Junqueira Cesar Monteiro Junior
Diego Barboza Emanuel Mineda Carneiro Felipe Lira Fernandes Gabriel Almeida Guilherme De Souza Pereira
Albano Francisco Schmidt André Macedo Matos Breno Muinhos Caio Henrique De Chris Azeredo
Diego De Camargo Silva Emanuel Victor Felipe Maia Ribeiro Da Silva Gabriel Áquila Guilherme Lacombe
Alberto Barreira André Morato Dias Cardeal Breno Nunes De Sena Keller Paula Santos Christian Meinecke Gross
Diego De Niro Enrico Olivan Felipe Melo Gabriel Bohn Silva Oliva Da Fonseca
Alberto Calil Elias Junior André P. Bogéa Breno Taveira Mesquita Caio Palhares Christoph Fanton
Diego Henrique Negretto Enzo Kapps De Oliveira Felipe Respeita Gabriel Da Silva Pessine Guilherme Lopes Vitoriano
Alcides Carlos De Andre Peixoto Brnvsantos Calvin Semião Christopher Pavan
Diego Leão Diniz Enzo Murilo Melo Felipe Tenorio Gabriel Fernandes Sarmento Guilherme Luiz De
Moraes Neto Andre Russo Moreira Bruno Andrade Figueiredo Camille Nunes Claudio Chill Lacerda
De Oliveira Diego Machado Monnerat Enzo Scarpatti Felippe Moreira Rodrigues Gabriel Gasperini Oliveira Aleixo
Aldeny Cardoso André Santos Camillo Ferreira Franco Clayton Dos Santos
Bruno Baère Pederassi Diego Mello Enzo Venturieri Fellipe De Paula Campos Gabriel Giani Reis Guilherme Morato De
Aldrin Cristhiam Manzano Angelo Daniel Dagnoni Caramelo Presentes Kirchleitner
Lomba De Araujo Eric Ellison Gabriel Kolbe Teixeira Moura E Silva
Alex H. Santos Fernandes Cárlisson Borges Clécio Júnior Diego Noura Fellipe Petruz
Bruno Bitencourt Oliveira Érico De Paula Lima Campos Gabriel Maschio Jacobsen Guilherme Pupin Conacci
Alex Ricardo Parolin Antônio Caixeiro Tenório Galdino Cléo Fernando Martins Diego Silveira Martins Fernanda Pederiva
Bruno Carvalho Machado Marques Erik Andrade Oliveira Gabriel Melo Santos Guilherme Ribeiro Viana
Alex Rodrigo Rezende Antônio Henrique Botticelli Carlos “Grande Castor” Fernando Coelho Gomes
Bruno Da Silva Assis Colemar F. Cunha Diego Vitoriano Da Silva Estêvão Rendeiro Gabriel Menino Guilherme Sales Fernandes
Alexandre Bertin Antonio Jansem Targino Gonçalves Fernando Da Silva Trevisan
De Sousa Filho Bruno Daniel Cristiane Weber Diogo Castro Eugênio Luiz Gabriel Moreira De Oliveira Guilherme Spindola
Alexandre Camilo Simões Carlos Alberto De Fernando De Souza Alves
Antonio Napy Charara Neto Bruno De Jesus Farias Silva Carvalho Netto Dalton Souza Diogo Fontes Eurico Alves Girao Fernando Do Nascimento Gabriel Portugal G. Santos Guilherme Tamamoto
Alexandre Leite
Antonio Pedro Costa Bruno Diniz Carlos Alberto Daniel Bonaldo Diogo Schmitz Langwinski Evandir De Souza Fernando Henrique Gabriel Rodrigues Gustavo Araujo Fonseca
Alexandre Machado
Oliveira Pretti Espindula Bruno Eron Schwarzer Junior Daniel Carvalho Douglas Drumond Everton Lauton Fernando Igarashi Gabriel Santos Gustavo Creutzberg
Alexandre Mantovani Negro
Antônio Ricart Bruno Esteves Carlos Eduardo Da Silva Leal Daniel Chagas Douglas Jackson Everton Luiz F. De Souza Gabriel Scantamburlo Ribeiro Gustavo De Brito Perandré
Alexandre Straube
Antonio Victor Melo Trindade Bruno Fernandes Carlos F. Dos Santos Daniel Diego Lacerda Cirilo Almeida Silva Fabiano Fernandes Fernando Lins Fagundes Gabriel Távora Videira Gustavo De Oliveira Ceragioli
Alexsander Lavoura
Aroni Da Luz Alves Junior Carlos Giovane Haefliger Daniel Felipe Meireles Douglas Toseto Marçal Dos Santos Fernando Luís Merízio Gabriel Vandarte Casadei Gustavo Felix Cardoso
De Mattos
Arthur Carvalho Laurindo Bruno Godoi Carlos Henrique De Souza De Oliveira Fabiano Martins Caetano Fernando Mateus Ferreira Gabriel Zuanetti Gustavo Gonçalves Quintão
Alexsandro Alves
Arthur De Andrade Arend Bruno Lira De Oliveira Mesquita Do Prado Daniel Gomes Lacerda Dylan Torres Fabio Caetano De Souza Vale Dos Santos George Carlos Gustavo Maiorini
Alisson Luiz Lima
De Menezes Arthur Emílio Do Bruno Meneghetti Carlos L G Batista Daniel Maprelian Eder Sparenberger Fabio Cristiano Faria Melo Fernando Sanches Gonçalves Da Silva Gustavo Martinez
Allan Adann Caires Nascimento Gonçalves Bruno Veck Milão Carlos Ogawa Colontonio Daniel Poleti Éderson Carlos Rodrigues Fábio Familiar Da Silva Fernando Scaff Moura Gervasio Da Silva Filho Gustavo Moreira
Marcelino Da Silva Arthur Endlein Correia Caio Alexandre Carlos Roberto Hirashima Daniel Ramos Edgard Amaral Fábio Marques Fernando Takao Gilberto Silveira Da Magalhães De Oliveira
Allan Vitor Rodrigues Arthur Galdino Consorti Paixão Carlos.Bernardino@ Daniel Sacramento Edilazio Luiz Fabio Ramalho Almeida Fernando Wecker Costa Junior Gustavo Vicente Justino
Da Silva Artino Filho Caio Castro Vaz Bezerra Hotmail.Com Daniel Sevidanes Alves Edmilson Zeferino Da Silva Fabio Rezende Filipe Barbosa Gio Mota Haniel Ferreira De Paiva
Allec Ribeiro Artur Andrade Caio César Caroline Dos Santos Daniel Sugui Edson Moreira Chapine Filho Fábio Rodrigues Dos Santos Filipe Itagiba Giovane Santos Araújo Pinto Harley Lucas Gonçalves
Heber Agnelo Antonel Fabbri Jhonatan Cassante José Rodrigues De Leoš Brasil Luiz Cláudio Marcos Vinicius Mauricio Penha De Carvalho Pedro Angelo Rafael Prandi Guedes Roberto Levita
Hebert J Jhonatan Da Silva Marques Oliveira Neto Lex Bastos Luiz Dias Souza Correia Mauro Araújo Gontijo Pedro Aurélio Pinheiro Moreira Robertson Schitcoski
Heitor Carriel De Abreu Jhonny Campos De Britto José Romildo Lincoln Ruteski Dos Santos Luiz Felipe Martins Silva Marcos Vinicius Troll Mauro Vinícius Dutra Tercino Da Silva Rafael Reis Robson C Oliveira
Heitor Corrêa Clares João Ângelo De Vicentini Junior Lores Wiliam Tick Marcus Antônio Max Pattacini Pedro Baldansa Rafael Richard Robson De Braga Castelo
Luiz Fernando Ioti
Helder Aparecido Pereira Medeiros Da Silva Jose Silvio De Oliveira Da Siqueira Rosado Ferreira Santana Santos Maxwell Rocha Santos Pedro Cesar Bento Mendes Rafael Rodrigues Michetti Branco Junior
Joao Carlos Freitas Lucena Freitas Neto Marcus Lins Robson F. Vilela
Helder Poubel Luca Meneghin Macuco Luiz Fernando Reis Mayck Szezech Pedro Curcio Rafael Rossi
Josevan Silva Marcus Otavio Pereira Rodolfo Caravana
Henrique Costa João Guilherme Pedrílio Lucas Alencar Nogueira Luiz Geraldo Dos Messyo Sousa Brito Pedro De Almeida Lima Rafael Sangoi
Jucenir Da Silva Serafim Santos Junior Andrade Rodrigo Amaral Pantoja
Henrique Da Costa Joao Lobo Lucas Amoêdo Michael Prust Pedro Freitas Duarte Rafael Sirosse
Gallo Neto Júlia Bevilaqua Stefanel Luiz Henrique Lira Nogueira Marcus Vinicius De Rodrigo Aparecido De Toledo
João Matheus Catin Lucas Anderson Miguel Wojtysiak Benevenga Pedro Godeiro Rafael Souza Oliveira
Juliano Cataldo De Albuquerque Alvarenga
Henrique Emanoel Nigre João Neto Lucas Bogaz Collinetti Mitae Do Mato Pedro Henrique Rafael Vieira Alexandre Rodrigo Da Silva Santos
Coelho De Souza Juliano Meira Santos Luiz Hugo Guimarães Sales Marcus Vinicius Lima Sousa
João Pedro Lucas C. Alves Bittencourt Morgan Morgado Estumano Gomes Raimundo Júnior Rodrigo De Oliveira
Henrique Gavioli Juliano Zachias Luiz Paulo De Lima Marcus Vinicius Pereira Freze
João Pedro Areco Jorge Lucas Camargo Messas Murillo Campos Pedro Iezzi Forli Ramiro Alba Alba Filho Rodrigo Fischer
Henrique Rodrigues Da Silva Soares Da Silva Mariana Medeiros Ferrari
João Pedro Moreira Lucas Conrado Savieto Luiz Paulo Lindroth Pedro Ivo Brandão Mattos Rangerfantasma Silveira De Souza
Julio Cesar Mário Brandes Silva Murilo Vieira Guidoni
Hess Grigorowitschs Veloso Dos Santos Lucas Coquenão Luiz Rocha Pedro Lamkowski Raphael Felipe Souza E Silva Rodrigo Frances De
Julio Cesar Da Silva Mário Ferrari Neto Mushi-Chan
Hiromi Honda Joao Ricardo Ramos Luiz Santos Dos Santos Souza Silva
Barcellos Lucas Correa Tonon Narciso Dos Santos Filho Raphael Ribeiro
Hugo Oredes Agapito Marllon Schlischting Rodrigo Freitas
João Trindade Lucas Ferreira Luiz Tiago Balbi Finkel Neilson Soares Cabral Pedro Marques Telles Raphkiel
Júlio N. S. Filho Marlon Ricardo
Hugo Ribeiro Da Silva Jonas Barletta Lutero Cardoso Strege De Souza Rodrigo José De Almeida
Julio Noval Santos Lucas Francisco Da Neves D. Hiago Raul “Seuraul”
Hugor Soares De Melo Mateus Becker Pedro Moniz Canto Torres Filho
Jonatan Guesser De Lucena Costa Helt Luther Vasque Vieira Nicolas De Almeida Martins Lucena E Silva
Humberto Meale Mateus Carmona Maciel Pedro Netto Rodrigo Lemes De Souza
Jonatas Bruno Julio Vedovatto Lucas Francisco Pereira Luykarlo Ramos De Sena Nicolas Moreira Vieira Raul Barbosa
Hypia Miranda Sanches Queiroz Araújo Mateus Do Nascimento Pedro Oliveira Torres Rodrigo Marques
Kaede Kisaragi De Gois Correia Magias & Dragões Raul Galli Alves
Rocha Nikolas Martins Rodrigo Montecchio
Ian Ruviaro Jonathan Fried Lucas Gabriel Leon Magno Santana De Andrade Raul Guimarães Sampaio
Kássio José Lara Mateus Freitas Dantas Brandão Oliveira
Ícaro Bulhões Jonathan Pinheiro De Almeida Pedro Paulo Carvalho Rodrigo Moreira
De Rezende Maico Alexandre Kley Nill Chesther Nunes Ravi Martinez Zimmermann
Dos Santos Mateus Guida De Miranda Clares De Souza
Ignaltus Necro Kellisson Felipe Silva Freire Lucas Helano Rocha Maicon Alexandre Vieira De Azevedo Régis Fernando
Jonathan R S Santos Magalhaes Mateus Luiz Demarchi Peter Pantoja Rodrigo Santiago De
Igor Almeida Larissa Guilger Maicon Grazianne De Odair De Barros Junior Bender Puppo
Matheus Armentano Arruda Loiola
Igor Rodrigues De Almeida Jones Dos Santos Vieira Leandro Andrade Lucas Manço Oliveira Maia Peterson Lopes Renan Cordeiro Costa
Matheus Augusto Odilon Duarte Rodrigo Zeymer Auad
Iman Griebeler Jorge Alexandre Leandro Bitencourt Lucas Pineda Manoel Firmino Da Silva Neto Philipe Salvador Loredo Renan Rodrigues
Matias Santos Olivia Pachele Mattiazzo Roger Da Silva Naue
Inácio Fëanor Bueno Aymore Lucas Porto Lopes Philippe Pittigliani Magnus
Leandro Freitas Marcel Pinheiro Matheus De Alcântara Mota Orlando Luiz Renan Tedesco Rogério Fabiano Dos Passos
Iran Eduardo Jorge Gomez Lucas Prudencio Eiterer Pietro Atore
Leandro Murano Sartori Marcela Alban Matheus De Souza Othon Gilson Renato Junior Romario José
Íris Firmino Cardoso Jorge Henrique Lucas Seixas Lima Piterson Nunes Martins
Leandro Sampaio Marcelo Josafá De Macedo De Lucena Otto Menegasso Pires Renato Motta Ronald Antunes
Isaac Batista Thimóteo Ramos Lucas Silva Borne Rafael Anton Faria
Leandro Soares Da Silva Marcelo Jose Dos Anjos Matheus Dias Pablo Ferreira Rhenan Pereira Santos Ronald Rios Rocha
Isla Santos Jorge Janaite Neto Lucian Costa Silva Rafael Augusto
Leandro Teixeira De Moura Marcelo Lima Souza Matheus Dias De Oliveira Pablo Jorge Maciel Ricardo A Ritter M Barroso Ronaldo Hasselman
Israel Silva Da Silva Jorge Luis Medeiros Da Silva Lucian M Ribeiro Albuquerque Miquelini
Leldias Marcelo Massahiko Miyoshi Matheus Farencena Righi Paula Sousa Ribeiro Ricardo Barbosa Da Silva Nascimento
Italo Machado Piva Jorge Theodoro Luciano Da Silva Fernandes Rafael Augusto Rocha Maia
Leo Silva Un Marcelo Monteiro De Matheus Hobit Paulo Andre Aguiar Ricardo Batista Rubens São Lourenço Neto
Eduardo Brock Rafael Augusto Terentin
Iury Goncalves Nunes Leonardo Assis Luciano Portella Rodovalho Aquino Bertazzo Ricardo Branco
José Antônio Teodoro Matheus Kilp Paulo Cesar Nunes Samuel Cardoso
Ivan San Martín Leonardo Bacchi Fernandes Lucio Pedro Limonta Marcelo Oho Rafael Cascardo Campos Santiago Junior
Borsato Matheus Maia De Mindicello Ricardo Dos Santos
Jaciel Albuquerque De Souza Leonardo Bonvini Ludmila Cunha Marcelo Seara Mendonça Souza Pereira Paulo Cunha Rafael Caselli Domingues Samuel Marcelino
José Augusto
Jacqson Reis Santos Leonardo Cardoso Luis Augusto Monteiro Marcio Dias Matheus Nicolas Paulo Fernando Rafael Cmb Ricardo Rodrigues Pereira Sanmy Rocha
Costermani Vale
Jean Alexsandro Silva Fazan Dos Santos Coelho Marco Antônio Bezerra Silva Gomes Velloso Rafael Da Silveira Ricardo Silva Rodrigues Saulo Daniel Ferreira Pontes
José Carlos Madureira
Jean Blaskoski Leonardo Cibulski Luís Felipe Hussin Bento Matheus Paes Maciel Paulo Henrique Santo Pedro Melo Devera De Sousa
Pinheiro Junior Marco Aurelio Soares Sávio Souza
Jean De Oliveira Santos Jose Eduardo S G Brasil Leonardo Dias Pesqueira Luís Felipe R Toledo Goudart Junior Matheus Peregrina Paulo Herique Dihl Rafael De Andrade Teixeira Ricardo T. Mendes Sergio Migueis
Jean Lima José Erick Reis Leonardo Marengoni Luis Guilherme B G Ruas Marcos Alberto Hernandes Paulo Ítalo Medeiros Rafael Figueiredo Richard Aguiar Bueno Sidnei Gomes De
Jean Lucas Sgarbi Carassa Jose Manoel Santos Leonardo Neri Souza Oliveira Luis Gustavo Paranhos Prietsch Loureiro Matheus Pereira Da Silva Paulo Junior Rafael Guarnieri Richard Cardoso Oliveira Filho
Jeferson Cardoso De Santana Leonardo Neves Luis Paulo Koppe Marcos José Mariano Matheus Rocha Pereira Paulo Ramon Nogueira Rafael Lichy Richard Pinto Silas Moreira
Jeferson Da Rosa José Moacir De Carvalho Leonardo Souza De Moura Luiz Augusto Monteiro Teixeira Matheus Rocha Vasconcellos De Freitas Rafael Louriçal Richard Sassoon Silvio Oliveira De
Jefferson Frias Araújo Júnior Leonardo Sponchiado Flores Santiago Marcos Lima Mauricio Bomfim Paulo Roberto Rafael Noleto Rinaig Yanniz Mendes Jesus Junior
Jeovany Nascimento José Roberto Tenório Junio Leonardo Trevisan Luiz Braga Marcos Santos Maurício Osório Kellermann Montovani Filho Rafael Oliveira Bezerra De Carvalho Simonarde Lima
Simone Rolim De Moura Tiago Misael De Vítor Marinho De Adolfo Toshiro André Nascimento Bruno Wesley Lino Dannilo Silva Eduardo Batista Dos Felipe Nunes Porto Gabriel Luis Gonçalves Rosa
Soren Francis Jesus Martins Oliveira Valença Cotarelli Sasaki Andre Tosta Bryan De Campos Danyel Pablo Batista Muniz Santos Saigh Felipe Queiroz Gabriel Madeira Pessoa
Stefano Rezende Tiago Moura Vítor Nascimento Da Adriano Chamberlain Neves Angelo Castelan Bryan Luiz Silveira Sipião Darlan Fabricio Silva Santos Eduardo De Lucas Felipe Rizardi Tomas Gabriel Mascarenhas
Suely M Marchesi Tiago Santa Maria Silva Andrades Adriano Silva Antônio Bruno Andrade Bryan Sousa De Oliveira Dartagnan Quadros Cavalcante Enes Felipe Schimidt Tomazini De Souza
Rodrigues Marto Wagner Armani Adso Willen Rangel Medeiros Caio Felipe Giasson Davi Freitas Eduardo Dos Santos Sousa Felipe Vilarinho Gabriel Mendes De Almeida
Sulleman Silva Martiniano
Tiago Tachard Wagner Azambuja Alan Diogo Gomes Melo Antonio Mombrini Caio Souza Davi Mascote Domingues Eduardo Maciel Ribeiro Felipe Wawruk Viana Gabriel Miranda
Tadeu Filho
Tobias Tadeu De Wagner Larsen Alan Serafim Dos Santos Antonio Mourão Da Camila Gamino Da Costa David De Andrade Nunes Eduardo Milani Felipe Wellington Gabriel Moreira
Tafarel Camargo
Oliveira Arruda Wagner Rodero Junior Alcides Pinheiro Silva Oliveira Eduardo Nunes Gabriel Novaes
Tales Zuliani Carine Ribeiro Dayane Aparecida Fellearon Onii
Uelerson Canto Wallace Dias Alcyr Neto Ariel Alves Dutra Baraldi Ferreira Eduardo Wohlers Gabriel Nunes Da
Tatiana Freitas Carlos Castro Fernando Abdala Tavares
Ulysses Basso Wallison Viana De Carvalho Aldenor C. Madeira Neto Ariel Leonardo Alencar Leitão Carlos Eduardo Oliveira Deivide Argolo Brito Elias Leite Freitas Silva Sobral
Tayrone Duque Esteves Fernando Augusto
Vanilo Alexandre Walter Britto Gaspar Aleksander Sanandres Arthur Calderon Guimarães Deivis Pereira Elimar Andrade Moraes Iwata Yamamoto Gabriel Paiva Rega
Teophanes Barbosa
Victor Augusto Walter Sandrini Neto Alex Aguilar Dos Santos Arthur Fanini Carneiro Carlos Eduardo Denis Carvalho Elios Monteiro Fernando Bouvie Couras Gabriel Ripfom
Moraes Neto
Martins Ribeiro Arthur Nobrega De Pereira Santana Denis Oliveira Elvys Da Silva Benayon Gabriel Rodrigues Pacheco
Thales Campelo Wefferson David De Alex Farias De Lima Fernando De Pinho Araújo
Victor Eduardo Guilherme Lima Saraiva Carlos Frederico Veiga Diego Barba Emerson Luiz Xavier Gabriel Santos Passos
Thales Leonardo Souza Silva Alex Frey Fernando Guarino Soutelino
De Medeiros Augusto César Duarte Carlos G C Cruz Endi Ganem Gabriel Soares Machado
Machado Mendes Welington Haas Hein Alex Gabriel Diego Bernardo Chumah Fernando Modesto Dutra
Victor Florêncio Rodrigues Cassio Pereira Enéias Tavares
Thauan Lobianco Rodrigues Wellington Botelho Alex Pongitori Diego Mascarenhas Ramos Fernando Radu Muscalu Gabriel Vilella
Victor Hugo Antunes Augusto De Moraes Nobre Cassio Segantin Enzo Negri Cogo
Thaynah Silva Wellington Souza Branco Alex Rodrigo R. Oliveira Diego Matos Moura Fernando Zocal Giancarlo Moura Gurgel
Victor Hugo Simões Santos Augusto Netto Felix Cauê Guimarães Erick Ferreira
Theógenes Rocha Wesley Albuquerque Alexandre Andrade Diego Moreira Filipe Santos Gilberto M. F. Jhunior
Victor Kullack Bernardo Rocha Cavaleiro Morto Erick Rodrigo Da
Thiago Abade Maranhão Alexandre Ferreira Soares Diego Oliveira Lopes Flavio Emanoel Do Espirito Gilmar Alves De Oliveira
Victor Milani Batista De Paiva Silva Santos
Wesley Francisco Da Silva Alexandre Lins De Celso Giordano Tonetti Diego Pagan Santo Terceiro Gilmar Farias Freitas
Thiago Allison Lima Silva Bernardo Stamato
Victor Sapateiro Chrysthowam A. Santos Erik Duane Fonseca Hewitt Gilvan Gouvêa
Thiago Almeida William Ferreira Albuquerque Lima Diego Tavares Da Flavio Hiasa
Vinicius Bernardes Silva Betina Costa Estevão Costa
William Rodrigues Aguido Alexandre Lunardi Cícero Leandro Júnior Silva Trindade Flávio Junio Martins Da Silva Giordano Zeva
Thiago Alves Da Silva Costa Brayan Kurahara
Vinícius Carvalho Cj Saguini Diego Toniolo Do Prado Everton Vieira Martins Giovanni Grosso
Thiago Augusto Zanellato Willian Marques Da Silva Alexandre Murayama Flávio Martins De Araújo
Vinícius Cesar Bruna Charabe
De Lima Clarissa Sant´Anna Da Rosa Diego Torralbo Fabiano Raiser Dias Bexiga Giuliano Tamarozi
Dos Santos Willian Renne Bruna De Aguiar Torrezan Flávio Rodrigues
Vinicius Coutinho Santos Alexandre Pereira Teixeira Claudio Quessada Cabello Diogo Benedito Fabiano Silveira Glauco Lessa
Thiago Bussola Willian Viana Neves Bruno Belloc Nunes Schlatter Francisco Duque
Vinícius De França Cardoso Alexandre Santos Cleber E Morellato Diogo De Almeida Camelo Fábio Abrão Luca Gounford Thiago
Thiago Cares Cantano Willian Walter De Sá Arruda Bruno Brinca De Francisco José Marques
Vinicius Feltz De Faria Alexandre Uhren Mazia Cleison Ferreira Diosh Smith Fabio Bompet Machado Gregório De Almeida
Thiago Curvelo Wilson A S Faria Jesus Limeira Francisco Santana
Vinicius Gomes Alfama Alexandre Zibetti Fagundes Conraddo Daroit Dmitri Gadelha Fabio Carvalho De Azeredo Fonseca
Thiago De Souza Wladimir Araújo Neto Bruno De Mello Pitteri
Vinícius Macuco Alexandro De Sousa Cristian Drovas Douglas Camillo-Reis Fabio Casanova Franklyn Fagundes Varzon Guilherme Aurélio Da
Thiago Destri Cabral Yago Pedrotti Araujo Mansilla Bruno Eduardo Augusto
Vinícius Nunes De Lima Rodrigues Cristiano “Leishmaniose” Douglas Figueiredo Fabio Donizetti Borges Faria Silva Arantes
Thiago Donadel Yan Marques Cunha De Oliveira E Silva Franz Pietz
Vinicius Rodrigues De Sales Alexsandro Teixeira Cuenca Cavalcante Douglas Nascimento Fábio Gicquel Silveira Guilherme Correa Virtuoso
Thiago Jansen Yan Oliveira Prado Bruno Emerson Furtado Frederico Jose
Vinícius Sousa Fazio Ana Cristina Rodrigues Cristiano Lopes Lima Douglas Ramos Da Silva Fabricio Silva De Amorim Ribeiro Franca Guilherme Feitosa
Thiago Lima Yasser Arafat Belem Bruno Fajardo
Vitor Albani Ana Rosa Leme Camargo Dan Cruz Douglas Santos De Abreu Fagner Ferreira Frederico Moreira Guilherme Inojosa Cavalcanti
Thiago Loriggio De Figueiredo Bruno Fávaro Piovan
Vitor Alves De Sousa Anderson Brambilla Chaves Daniel Alves Vieira Douglas Vieira Dias Rodrigues Da Silva Gabriel Alves Brandão Guilherme Nascimento
Thiago Monteiro Ygor Vieira Bruno Felipe Teixeira
Vitor Augusto Do Anderson Costa Soares Daniel Bezerra De Castro Douglas Zanotta Felipe Alves Machado Guilherme Peruçolo
Thiago Ozório Yuri Araujo Bruno Filipe De
Carmo Sousa Anderson Rodrigues Oliveira Ribeiro Daniel Carlos Duda Vila Nova Felipe Amalfi Gabriel Alves Rêgo Guilherme Tolotti
Thiago Pinheiro Yuri Bitencourt Felipe Augusto Souza Mello
Vitor Carvalho Anderson Rosa Cecilio Bruno H M Silva Daniel Corrêa Pereira Eddie Junior Gabriel Amaral Abreu Guilherme Tsuguio Tanaka
Thiago Rodrigues De Souza Vitor Davis Yuri Nóbrega Felipe Becchelli Guilherme Vanuchi
De Oliveira Bruno Henrique Da Daniel Duran Galembeck Eddu Fuganholi Gabriel Bernardo De
Thiago Russo Nantes Vitor Elizeu Yuri Travalim Anderson Thelles Da Silva Felipe De Almeida Penteado Souza Nascimento Gustavo Almeida Agibert
Cunha De Lucca Éder “Dzr13” Fialho
Thiago Sos Vitor Fabre Duarte Bastos Z Andre Angelo Marques Daniel Macedo Felipe Doria Gabriel Braga E Braga Gustavo Amâncio Costa
Bruno Lauriano Doyle Eder Wilson Sousa
Thiago Tavares Corrêa Vitor Gabriel Etcheverry André Bessa Bruno Leão Pereira Daniel Martins Bezerra Da Luz Filho Felipe Intasqui Gabriel Chaud Giollo Gustavo Freire Schafhauser
Thiago Thomaz Rolim Vitor Godoi Mendes Conselheiros André Centeno De Oliveira Bruno Martins Daniel Paes Cuter Edevaldo Santos Messias Felipe Lopes Forte Gabriel Cholodovskis Gustavo Marques Lattari
Tiago Alexandrino Vitor Hugo Boechat Dantad Adalberto Antônio Da André Dorte Dos Santos Bruno Rezende De Abreu Daniel Regis Alló Weiss Edgar Cutar Junior Felipe Malandrin Machado Gustavo Martins Ferreira
Tiago Augusto Carlos Vitor Hugo Rodrigues Silva Gomes Filho André Duarte De Bruno Victor De Daniel Saraiva De Souza Ednardo Oliveira Pena Araújo Felipe Martins Gabriel Cozza Gustavo Nobre Wotikoski
Tiago Douglas Da Silva Dos Santos Adelmo Felipe Bento Ávila Ribeiro Mesquita Ferreira Daniel Ximenes Edson Carlos Da Silva Felipe Massao T. Masutani Gabriel Elias Gustavo Samuel
Tiago Ferreira Vitor Kern Ademir Benedito Andre Moshiba Bruno Vieira Danilo Machado Ghiotto Junior Felipe Noronha Gabriel Hirata Guto Jardim
Hayniere Hayan Jessica Niohanne Karen Soarele Luis Augusto Patrick Marielle Zum Bach Patrick Tavares Rafael Gonçalves Roberto Freires Batista Silvino Pereira De Victor Hugo De Paiva
Delmondes De Aguair Parente Cipriano Kayser Martins Feitosa Cordeiro Tavares Marina Ferreira De Oliveira Paulo Emilio Rafael Ishikawa Dos Santos Roberval Ranches Amorim Neto Victor Lopes
Heitor Alencar Moraes Jessica Portugal Keyler Queiroz Cardoso Luis Felipe Alves Marina Gonçalves Paulo Felipe Souza Rafael Machado Saldanha Robson Jonas De Sphere Victor Otani
Helton Falcão Jessy Michaelis Kyan Derick Luís Guilherme Varela Fortes Marlon Vinícius Machado Paulo Rafael Guariglia Rafael Marques Rocha Oliveira Junior Stevan Nogueira Victor Pires Mendonça
Helton Garcia Cordeiro Jilseph Lopes Lais Consolmagno Luis Oliveira Marth Júnior Escanhoela Rafael Mudesto Robson Luciano Pinheiro Tabriz Vivekananda Victor T Melo
Henrique Carvalho Gomes Joan Emilio Deitos Lariandilass Lanathor Luiz Anthonio Prohaska Marvin Nereu Fiori Paulo Ricardo De Rafael Oliveira De Faria Ferreira Dos Santos Pereira Tácio Schaeppi Vinicius Cipolotti
Henrique Castro João Carlos De Lucena Lira Leandro Carvalho Moscatelli Maryana F Gomes Souza Dourado Rafael Ramires Leite Robson Martins Tárik Raydan Vinícius Costa
Henrique Martins João Carlos Rodrigues Leandro Duque Mussio Luiz Aparecido Gonçalves Mateus Duarte Bonfim Paulo Vitor Rafael Ribeiro Rodolfo Nemes Silva Thadeu Silva Vinicius De Aquino Calheiros
Henrique Oliveira João Gabriel De Almeida Leandro Ferraro Luiz Busca Mateus Pulicarpo Pedro Almeida Rafael Santiago Luiz Peleteiro Rodolfo Santos Entringer Thales Barreto Vinicius De Paiva Costa
Henrique Santos Pereira Da Cunha Leandro Franco Miranda Luiz Calmon Neto Matheus Araujo De Carvalho Pedro Augusto Pereira Rafael Schmitt Wilhelms Rodolfo Xavier Thalles Etchebehere Vinicius Gomes De Oliveira
Herbert Aragão João Marcos Vasconcelos Luiz Filipe Carvalho De Freitas Rodrigo Alano Sffair Gonçalves Martins Vinícius Lemos
Leandro Godoy Matheus Back Almeida Rafael Sirotheau
Herik Gonçalves João Mário Soares Silva Luiz Frederico Jr. Pedro Cruz Rodrigo André Da Thalles Oliveira Vinicius Mattos
Leandro Lima Dos Santos Matheus Barbosa Santiago Rafael Soares Da Costa
Hugo A. G. V. Rosa João Mokdeci Luiz Guilherme Da Pedro Dias Costa Graça Thalles Rezende Vinícius Nery Cordeiro
Leandro Moreira Matheus C. Medvedeff Ramon Alberto
Hugo Genuino Joao Paulo Naldi Fonseca Dias Pedro Grandchamp Neto Machado Costa Rodrigo Araujo Ribeiro Vieira Thiago Almeida Bispo Vinícius Roviello
Leandro Santiago Lima Matheus Henrique
Hugo Persechini Joao Pereira Luiz Guilherme Da Rosa Pedro Henrique De Ramon Mineiro Rodrigo Dani Thiago Barbosa Ferreira Vinicius Soares Lima
Leo Aguiar Matheus Lopes Vieira
Humberto Gs Junior João Victor Mello Luiz Junior Nakahara Mattos Draeger Rodrigo Darouche Gimenez Thiago Barroso
Leonardo Batagin Matheus Martins De Oliveira Raoni Dias Romao Vitor Alves Patriarcha
Humberto Reis João Victor Pereira Luiz Nogueira Pedro Henrique Dos Rodrigo Fernando Comin Thiago Carvalho Dias
Leonardo Costa Matheus Pivatto Raoni Godinho Vitor Augusto Joenk
Anunciação Santos Gonçalves
Icaro Issa Leonardo Costa De Oliveira Luiz Otávio Gouvêa Matheus Rodrigues Rapha Token Rodrigo Ferreira Dos Thiago De Souza Pacheco Vitor Faccio
João Zonzini Pedro Henrique Martins Santos Ruiz Calejon
Igor Daniel Côrtes Gomes Leonardo Fiamoncini Luiz Otavio Silva Santos Matheus Torres Raphael Cristian Thiago Dorneles De Souza Vitor Francisco Da
Joaquim Silva Pedro Henrique Matos Rodrigo Keiji
Igor Mendes De Souza Luiz Ramiro Maurício De Moura Almada Raphael Espesse Thiago Edgard Lima Silveira Ribeiro
Jonas De Moraes Custódio Pedro Henrique Rodrigo Monteiro De Castro
Igor Silva Leonardo Luiz Raupp Luiz Roberto Dias Mauricio Maximiano Raphael Estevao Vítor Lucena
Ramalho Dias
Igor Teixeira Jonatas Monteiro Fernandes Lukas Wyllis Louza Borges De Oliveira Rodrigo Nunes Dos Santos Thiago Freitas Vitor Mendes Demarchi
Leonardo Rafael De Mauricio Pacces Vicente Pedro Henrique
Igor Thiago Jonathan Da Silva Bandeira Bairos Rezende De Oliveira Raphael Levy Lima Rodrigo Peron Thiago Lorena Vitto Giancristoforo
Mauro Juliani Junior Seligmann Soares
Ismael Marinho Jonathan Lima Hahn Leonardo Renner Koppe Makswell Seyiti Kawashima Raphael Montero Rodrigo Quaresma Thiago Morani Dos Santos
Michel Medeiros De Souza Pedro Ivo Nascimento
Ítalo Melo Goulart Jorge Alberto Carvalho Sena Leonardo Silva Marcello Bicalho Raul Natale Júnior De Andrade Thiago Moreira Washington Alencar
Miguel Peters Bezerra Dos Santos
Iuri Gelbi Silva Londe Jorge Botelho Leonardo Silva Marcelo Augusto Reis Silva Rauldouken O’Bedlam Rodrigo Shibuya Thiago Rosa Wellington Barros Moraes
Miguel Souza Silva Pedro Luiz De Nazaré
Iuri Ullmann Nascimento Jorge Eduardo Dantas Liano Batista Marcelo Henrique Da Silva De Souza Martins Renan Carvalho Rodrigo Soares Tiago Alves Araujo Wellington Morais
Miquéias Barros
Ivan Costa De Oliveira Marcelo Roger Dos Roger Andressa Lewis Tiago César Oliveira Welton Beck Guadagnin
Lincoln Ribeiro Rosa Da Silva Pedro Luiz Paulino Renan Damazio Delfino
Ivan Ivanoff De Oliveira José Alexandre Buso Weiller Santos Reis Dos Santos Rogerio Ribeiro Campos Tiago Henrique Ribeiro Welton Sousa
Lobo Lancaster Murilo Lamegal Renan Gonçalves Zanato
Ivan Zanutto Bastos José Enio Benício De Paiva Marcelo Vítor Pinheiro Pedro Machado Rogers Ribeiro Gonçalves Tiago Lima Weslei Mosko
Lucas Bernardo Monteiro Natalia Rousu Renan Maneli Mezabarba
Ivens Bruno Sampaio José Felipe Ayres Marcelo Werner Pedro Mayworm Romullo Assis Dos Santos Tiago Monnerat De F. Lopes Wesley Diniz Ferreira
Lucas De Souza Figueiredo Neimar Alves Renan Rodrigues Cação
Dos Santos Pereira Filho Márcio Do Prado Uemura Romulo Bartalini Tiago Resemblink Willian Alencar Humphreys
Lucas Martinelli Tabajara Neudson Fernandes Pedro Ribeiro Martins Renato Da Cunha Silva
Jaan Sindeaux Jose Fernando Barbosa Marcio Fernandes Alves Leite Ronaldo Filho Tiago Ribeiro Willian Andrey Cruz
Lucas Moreira De Carvalho Vasconcelos Pedro Santos Renato Farias
Dos Santos Dos Reis Arcas
Jackson Callado Lucas Ollyver Gonçalves Márcio Kubiach Nicholas Lemos Pedro Victor Duarte Renato Potz Ruan Pablo Tiago Soares
José Ricardo Gonçalves Wolf Fivousix
Jaime Paz Lopes Barbosa Marcio Lomiranda Nicole Mezzasalma Pedro Victor Santos Renzo Rosa Reis Rubens Dos Santos Tião Luna
Barretto Yan Adriano Dos Santos
Jandir Roberto Manica Neto Lucas Rodolfo De Márcio W. Rangel Silva Nikolas Carneiro Pedro Vitor Schumacher Rhenan Gualhanunes Samuel Hamilton Belem Cruz Túlio Paulo Lages Da Silva
José Roberto Froes Da Costa Yuki Hiro
Jarbas Trindade Oliveira Rosa Marco Menezes Nivaldo Pereira De Péricles Vianna Migliorini Ricardo César Ribeiro Sascha Borges Lucas Ubiratan Augusto Lima
Juan Campos Barezzi Yuri Jardilino
Jayme Calixto Lucas Sá Teles Dos Anjos Marco Palhares De Barros Oliveira Junior Phil Calçado Dos Santos Sasukerdg Mendes Ugo Portela Pereira
Judson Jeferson Yuri Kleiton Araujo Sanches
Jb Dantas Pereira Moraes Lucas Tessari Marcos Goulart Lima Odmir Fortes Pierre Jorge De Ricardo Dantas De Oliveira Sebastião Proença Uziel Parada
Jean Carlo Luciano Del Monaco Marcos Mineiro Oroitz Zabala Souza Dourado De Oliveira Neto Valter Tartarotti Ries Yuri Machado
Juliano Azzi Dellamea Ricardo Ferreira Gerlin
Jean Coppieters Luciano Dias Pablo Henrique Da Silva Pietro Vicari Sergio Chagas Vially Israel Yves-Medhard Tibe Da
Juliano Martins Marcos Neiva Ricardo Filinto
Cunha Tibe-Bi
Jean Rodrigo Ferreira Julio Cezar Silva Luciano Dias Marcos Pincelli Pablo Pochmann Rafael Baquini Bueno Ricardo Mauricio Sérgio Dalbon Victor Amatucci
Jeferson Dantas Carvalho De Toledo Luciano Jorge De Jesus Marcus Andrade Pablo Raphael Rafael Duarte Collaço Dutra Ribeiro Sérgio Gomes Victor Castro De Sa
Jefferson Kaique Nascimento Luciano Vellasco Marcus Rocher Pablo Urpia Rafael Fata Ricardo Okabe Sergio Henrique Shumaher Victor Goulart
Jefferson Anderson Ferreira Kalleu Vinicius Luciano Verdolin Arcoverde Marcus Vinicius Patricia De Fatima Lopes Rafael Freitas De Souza Ritielle De Souza Sergio Lúcio Lopes Duarte Victor Guimo
Jefferson Ramos Ouvidor Natividade Pereira Luciano Viana Genico Prendes Patrick Orestes Dorneles Rafael Galdino Marinho Roberto De Medeiros Farias Sidgley Santana De Oliveira Victor Hermano