Você está na página 1de 35

Curso de Harmonia Funcional – IAN

GUEST - INDICE –
1A. AULA A APRESENTAÇÃO DO CURSO PAG. 1
B PLANO DE AULAS VIDE ANEXO PAG. 1
C CONHECIMENTOS PRELIMINARES 1 – INTERVALOS; 2 – ESCALA MAIOR PAG. 1
D ACORDE E CIFRAGEM PAG. 2
E ACORDES DIATÔNICOS NO TOM MAIOR PAG. 2
F RESOLUÇÃO DOMINANTE PAG. 4
2A. AULA A DOMINANTES SECUNDÁRIOS 1 – PREPARAÇÃO DE ACORDE MAIOR PAG. 5
2 – PREPARAÇÃO DE ACORDE MENOR
3 - EMPREGO
B INVERSÃO PAG. 7
C INVERSÃO APARENTE PAG. 8
3A. AULA A PREPARAÇÃO DIMINUTA PAG. 9
B DIMINUTO DE PASSAGEM 1 – ASCENDENTE; 2 – DESCENDENTE PAG. 9
3 – PRECEDIDO E/OU SEGUIDO POR
INVERSÃO
C DIMINUTO AUXILIAR PAG.10
D POSIÇÃO DO ACORDE PAG.11
4A. AULA A PREPARAÇÃO POR SUB. V 7 PAG.12
B SUB. V 7 PRIMÁRIO E SECUNDARIO PAG.12
C RESUMO: 3 TIPOS DE PREPARAÇÃO PAG.13
D CIFRAGEM APARENTE PAG.14
E DOMINANTES EXTENDIDOS 1 – BAIXO: 5A J DESCENDENTE PAG.15
2 – BAIXO: ½ TOM DESCENDENTE
3 – BAIXO: 5A J E ½ TOM DESC.
5A. AULA A ESCALAS MENORES PAG.18
B ACORDES DIATÔNICOS: TOM MENOR PAG.18
C PREPARAÇÃO NO TOM MENOR 1- V7 SECUNDÁRIOS PAG.18
2 – SUB V7 PRIMARIO E SECUND.
3 – DIMINUTOS : ESCALA DIM.
6A. AULA A ACORDE DE EMPRÉSTIMO MODAL 1 – TOM MAIOR; 2 – TOM MENOR PAG.21
B DOMINANTE SEM FUNÇÃO DOMINANTE PAG.24
7A. AULA A FUNÇÕES E ACORDES SUBSTITUTOS PAG.26
B CAMINHOS HARMÔNICOS PAG.27
C FRASES PAG.27
D CADÊNCIA E RESOLUÇÃO PAG.29
E SUBSTITUIÇÃO HARMÔNICA PAG.29
8A. AULA A ALTERAÇÕES EM V7 1 – V7 (b9, b13 ); 2 – V7 (alt.); PAG.30
3 – V7 (#5) ou V7 (b5);
4 – V7 (b9, 13); 5 – V7 (b9);
6 – V7 (13)
B MODULAÇÃO PAG.32
9A. AULA A REARMONIZAÇÃO 1 – POR DOMINANTES EXTENDIDOS; PAG.34
2 – PEDAL; 3 – LINHA.
B HARMONIA MODAL PAG.36
C RESUMO GERAL QUADROS E GRÁFICOS PAG.41

1A. AULA A APRESENTAÇÃO DO CURSO PAG. 1

OBJETIVOS:
- COMPREENSÃO DA ESTRUTURA DO ACORDE
- CIFRAGEM CONTEMPORÂNEA E UNIFICADA
- LÓGICA DA HARMONIZAÇÃO
- ESCALA DE ACORDE E EMPREGO NO IMPROVISO E HARMONIZAÇÃO

C CONHECIMENTOSPRELIMINARES 1 – INTERVALOS; PAG. 1


2 – ESCALA MAIOR
1 – INTERVALOS MAIS USADOS :

INTERVALOS ENARMÔNICOS: 4 aum = 5 dim


5 aum = 6m
6 M = 7 dim
CALCULAR: BASE DA INVERSSÃO: 6 m = 3M
6 M = 3m
7 dim = 2 aum
7 m = 2M

2 – ESCALA MAIOR : INTERVALOS


D ACORDE E CIFRAGEM Os mais usados PAG. 2

ACORDE NOTAS DE ACORDE


TIPO

CIFRA NOME 3ª. 5ª. 6ª. 7ª.


X Maior M J
SEXTA TRIADE

X m Menor m J
X o Diminuto m dim
X + Aumentado M aum
X 6 Sexta M J M

X m6 Menor com sexta m J M

X 7 Sétima M J m
X 7M Sétima Maior M J M
X m7 Menor com sétima m J M
X m7(b5) Menor com sétima e quinta diminuta m dim m
X m7M Menor com sétima Maior m J M
X 7M(#5) Sétima maior com quinta aumentada M aum M
X o Diminuto ou sétima diminuta m dim dim
X 7(b5) Sétima com quinta diminuta M dim M
X 7(#5) Sétima com quinta aumentada M aum m

SUBENTENDIDOS: 3M - 5J - 6M - 7m
QUALQUER ALTERAÇÃO DEVE APARECER NA CIFRA.

E ACORDES DIATÔNICOS NO TOM MAIOR PAG. 2

ANÁLISE: I 7M/6 II m7 III m7 IV 7M/6 V7 VI m7 VII m7(b5)


CIFRA EM C 7M/6 D m7 E m7 F 7M/6 G7 A m7 B m7(b5)
DO MAIOR

ESCALAS DOS ACORDES DIATÔNICOS ( EXEMPLO EM DÓ MAIOR ):


( EXEMPLOS ORIGINAIS: A) O CRAVO BRIGOU COM A ROSA; B) PEIXE VIVO;
EXERCÍCIOS: ESCREVER AS CIFRAS E ANÁLISE DE: A)CARNEIRINHO EM SOL MAIOR;
B)MARIA BONITA EM LA MAIOR.

F RESOLUÇÃO DOMINANTE PAG. 4

QUINTO GRAU COM SÉTIMA SEMPRE SE RESOLVE NA TÔNICA : V7 I


ESSA RESOLUÇÃO PODE SER SUBSTITUIDA PELA RESOLUÇÃO: SEGUNDO, QUINTO,
PRIMEIRO: II m7 V7 I

ONDE O SEGUNDO, QUINTO, TOMA O ESPAÇO DO QUINTO.

2A. A DOMINANTES SECUNDÁRIOS 1 – PREPARAÇÃO DE ACORDE MAIOR PAG. 5


AULA 2 – PREPARAÇÃO DE ACORDE MENOR
3 - EMPREGO

1 – PREPARAÇÃO DE ACORDE MAIOR: GRAUS I, IV, V – SÃO MAIORES.


IV7M, V7(9), I7M – SÃO MAIORES – ANTIGA PREPARAÇÃO
SENDO QUE IV7M PODE SER SUBSTITUIDO PELO II m7 (PREPARAÇÃO MODERNA).

EXEMPLOS:
2 – PREPARAÇÃO DE ACORDE MENOR:
A PREPARAÇÃO SEGUE O MODELO DA ESCALA MENOR HARMÔNICA :
IV m7, V 7 (b9), I m
PODE SER SUBSTITUIDO PELA SEQUÊNCIA:
II m7(b5), V 7(b9), I m

EXEMPLOS:

3 – EMPREGO:
PREPARAÇÃO DE DOMINANTES SECUNDÁRIOS (EXEMPLO EM SOL MAIOR):
ESCALAS DOS DOMINANTES SECUNDÁRIOS ( EXEMPLO EM DO MAIOR ):

EXEMPLOS ORIGINAIS:
A) CIRANDINHA EM FA MAIOR;
B) SALDADE DA BAHIA EM SOL MAIOR;
EXERCÍCIOS COM CIFRA E ANÁLISE: VAI TRABALHAR VAGABUNDO EM SOL MAIOR.

B INVERSÃO PAG. 7

EXEMPLO COM CARINHOSO EM FA MAIOR:

C INVERSÃO APARENTE PAG. 6


Am7/C = C6 Am7 (b5)/C =Cm6 F7(9)/A=Am7(b5) F7(9)/C= Cm6 F7(b9)/A= Ao
ACORDE DIMINUTO NÃO POSSUI INVERSÃO.

3A. AULA A PREPARAÇÃO DIMINUTA PAG. 6

VIIo Im VIIo Im VIIo I VIIo I


G#o Am Bo Cm Eo F Ao Bb

PREPARAÇÃO DIMINUTA PREPARA MAIOR E MENOR - BAIXO SOBE ½ TOM.


B DIMINUTO DE PASSAGEM 1 - ASCENDENTE; PAG.
2 - DESCENDENTE 6
3 - PRECEDIDO E/OU
SEGUIDO POR INVERSÃO

1 – ASCENDENTE - BAIXO SOBE ½ TOM:


I 7M #I o II m #II o III m III o IV #IV o V #V o VI m VII o I
C 7M C#o Dm D#o Em E o F F# o G G# o A m B o C

2 – DESCENDENTE - BAIXO DESCE ½ TOM:


III m7 bIIIo II m7
E m7 Eb o D m7

3 - PRECEDIDO E/OU SEGUIDO POR INVERSÃO

I7M #Io V7/5A.


C7M C#o G7/D

V7/5A. #II o I/3A.


G7/D D#o C/E

IV 7M #IV o I/5A.
F 7M F# o C/G

VI m7 #VI o V7/3A.
A m7 A# o G7/B

A LINHA DO BAIXO AINDA É CROMÁTICA.


( VEJA EXEMPLO ORIGINAL : MINHA NAMORADA EM SOL MAIOR )

C DIMINUTO AUXILIAR PAG.10

Cº C Go G Fo F
DIMINUTO AUXILIAR SÓ RESOLVE EM ACORDE MAIOR TÔNICA OU
DOMINANTE OU EM OUTRO ACORDE MAIOR.
( VEJA EXEMPLO: LAMENTO EM LA MAIOR E VAI TRABALHAR VAGABUNDO EM SOL MAIOR )

ESCALAS DE ACORDES DIMINUTOS - EXEMPLO EM DO MAIOR:


QUALQUER ACORDE DIMINUTO TEM A ESCALA FEITA PELAS NOTAS DO ACORDE,
MAIS AS NOTAS UM TOM ACIMA DAS NOTAS DO ACORDE, SENDO AS NOTAS NÃO
DIATÔNICAS SÓ DE PASSAGEM, CONFORME 3 EXEMPLOS ABAIXO:

NÂO É COSTUME CIFRAR AS TENSÕES NOS DIMINUTOS.


O DIMINUTO É USADO, GERALMENTE, COM UMA SÓ NOTA DE TENSÃO OU NENHUMA.

EXERCÍCIO ORIGINAL: ESSE SEU OLHAR EM SOL MAIOR

D POSIÇÃO DO ACORDE PAG.11

SOM DO 3A. ( 4A. )


CUIDADOS

ACORDE 7A. ( 6A. )


INDICADAS NA CIFRA
NÃO FALTAR TENSÕES SUBENTENDIDAS NA CIFRA
DUPLICAVEL 1A. E 5A. EXCETO:
INVERSÃO,
NOTAS COMPONENTES DISPENSÁVEL 1A. E 5A. DIMINUTO OU
MEIO DIMINUTO
PERFIL, O MAIS SIMÉTRICO POSSÍVEL
CONDUÇÃO DAS VOZES O MAIS LINEAR POSSÍVEL

4A. AULA A PREPARAÇÃO POR SUB. V 7 PAG.12

QUANDO A MELODIA PERMITE, HÁ A OPÇÃO NA PREPARAÇÃO:


USO DO V7 - BAIXO DESCE UMA 5A. J USO DO SUB V7 - BAIXO DESCE ½ TOM

V7 I7M SUB V7 I7M


B7(9) E7M F7(9) E7M
V7(b9) Im7 SUB V7 Im7
B7(b9) Em7 F7(b9) Em7

II m7 V7 I7M II m7 SUB V7 I7M

F#m7 B7(9) E7M F#m7 F7(9) E7M

II m7 (b5) V7 I m7 II m7(b5) SUB V7 Im7

F#m7 (b5) B7(b9) E m7 F#m7(b5) F7(9) Em7

OBSERVAÇÃO:
EM SUB V7 USA-SE T9, T13, T#11, T#9, (T#5)
NÃO USAR Tb9, Tb13.

ESCALA DO DOMINANTE SUBSTITUTO DE MI MAIOR: LÍDIO b7

B SUB. V 7 PRIMÁRIO E SECUNDARIO PAG.12

CADA GRAU PODE SER PREPARADO POR SUB V7 OU II SUB V7


VEJA EXEMPLO EM RE MAIOR:

I 7M II m7(b5) SUB V7 II m7 II m7 (b5) SUB V7 IIIm7 II m7(b5) SUB V7 IV7M


D 7M F#m7(b5) F7 E m7 G# m7(b5) G 7 F# m7 A m7 (b5) Ab7 G 7M
II m7 SUB V7 V 7 II m7 (b5) SUB V7 VI m7 II m7 SUB V 7 I7M
B m7 Bb7 A7 C# m7(b5) C7 B m7 E m7 Eb7 D7M

TOQUE A MESMA PROGRESSÃO SUBSTITUINDO: II m7 SUB V7 POR SUB V7


EXEMPLO: BATIDA DIFERENTE EM FÁ MAIOR;
EXERCÍCIO: SAMBA DE UMA NOTA SÓ – PRIMEIRA PARTE – MI MAIOR.

C RESUMO: 3 TIPOS DE PREPARAÇÃO PAG.13

BAIXO DESCE V7 I7M V7(b9) Im7


D7(9) G7M D7(b9) Gm7
5A. J

BAIXO DESCE II m7 V7 I7M II m7(b5) V7(b9) Gm7


A m7 D7 (9) G7M A m7(b5) D7(b9) Gm7
5A. J

BAIXO DESCE SUB V7 I7M SUB V7 Im7


Ab 7(9) G7M Ab 7(9) Gm7
½ TOM

BAIXO DESCE II m7 SUB V7 I7M II m7(b5) SUB V7 Im7


A m7 Ab 7(9) G7M A m7(b5) Ab 7(9) Gm7
½ TOM

BAIXO SOBE VII o I VII o Im


F# o G F# o Gm
½ TOM

EXEMPLO: VAMOS MANINHA (SOL M) USAR AS 3 PREPARAÇÕES:

D CIFRAGEM APARENTE PAG.14


EXEMPLOS; A) CORCOVADO (DO M) - (INICIO):

EXEMPLOS; B) SAMBA DA MINHA TERRA (RE M) - (“QUEM NÃO GOSTA DE SAMBA”):

E DOMINANTES 1 – BAIXO: 5A J DESCENDENTE PAG.1


EXTENDIDOS 2 – BAIXO: ½ TOM DESCENDENTE 5
3 – BAIXO: 5A J E ½ TOM DESC.
1 – BAIXO DESCE 5A. J:

D7 G7 C7 Dm7 G7 Cm7 F7 Bbm7 Eb7 Dm7 G7 Gm7 C7 Cm7 F7

2 – BAIXO DESCE ½ TOM:

D7 Db7 C7 Dm7 Db7 Cm7 B7 Bbm7 A7 Dm7 Db7 C#m7 C7 Cm7 B7

3 – BAIXO COM 5A. J E ½ TOM DESCENDENTE:


Dm7 G7 C#m7 F#7 Cm7 F7 Dm7 Db7 Gm7 Gb7 Cm7 B7

Dm7 G7 F#m7 B7 Bbm7 Eb7 Dm7 Db7 F#m7 F7 Bbm7 A7

D7 G7 F#7 B7 Bb7 Eb7

DOMINANTES EXTENDIDOS - FÓRMULAS MAIS USADAS:

VEJA EXEMPLO ORIGINAL: A) LAMENTO (DO M); B) TRISTE (Bb M); C) PRECISO
APRENDER A SER SÓ (SOL M); D) FEITIÇO DE ORAÇÃO (RE M)
EXERCÍCIOS: A) JANUÁRIA (LA M); B) CARINHOSO (FA M); C) TRISTEZA (Eb M);
D) ESTRADA DE SOL (FA M) (UM TRECHO NO MEIO).

5A. AULA A ESCALAS MENORES EXEMPLO EM DO menor PAG.18

B ACORDES DIATÔNICOS: TOM MENOR PAG.18


C PREPARAÇÃO NO 1- V7 SECUNDÁRIOS PAG.18
TOM MENOR 2 – SUB V7 PRIMARIO E SECUND.
3 – DIMINUTOS : ESCALA DIM.

1- V7 SECUNDÁRIOS: 3a M e 7a M (trítono), demais notas


diatônicas ao tom. Exemplo (do m):
OBSERVAÇÃO: PREPARAÇÃO DOS GRAUS QUE TAMBÉM PERTENCEM AO TOM
RELATIVO MAIOR TEM AS MESMAS ESCALAS DOS DOMINANTES SECUNDÁRIOS
( V7 ) DO RALATIVO MAIOR ( VEJA 2A AULA ).

EXEMPLO: V7 / b VI EM MENOR É IGUAL A:


V7 / IV NO RELATIVO MAIOR, ISTO É, MIXOLÍDIO.

2 – SUB V7 PRIMARIO E SECUNDÁRIOS:


ESCALA LÍDIO b7 (VEJA 4a AULA)

3 – DIMINUTOS : ESCALA DIMINUTA (VEJA 3a AULA)

EXEMPLO ORIGINAL: MANIA DE VOCÊ (Re m); LUIZA ( Do m )

6A. A ACORDE DE EMPRÉSTIMO 1 – TOM MAIOR; PAG.21


AULA MODAL ( AEM ) 2 – TOM MENOR

ACORDE DE EMPRÉSTIMO MODAL ( AEM ) (EXEMPLO DO MAIOR E do menor )

1 – TOM MAIOR; No meio de uma progressão aparece um ou mais


acordes “emprestados” do tom homônimo menor:

AEM AEM AEM


I IVm6 I I IV m7 b VII7 I
C Fm6 C C F m7 Bb 7 C
AEM AEM AEM
I Vm7 I I II m7(b5) V7(b9) I
C Gm7 C C D m7(B5) G7(b9) C
AEM AEM AEM
I bVII7M b VI7M I I I b III 7M I
C Bb 7M Ab 7M C C C E b 7M C

OBSERVE:
A) OS AEM POSSUEM PELO MENOS UMA DAS 3 NOTAS : b3 b6 b7
TÍPICAS DO TOM MENOR;
B) PODE AINDA APARECER b2:
I b III 7M b II 7M I
C E b 7M D b 7M C

C) ANTES E DEPOIS DE AEM, VÊM ACORDES DO TOM ORIGINAL ( MAIOR ),


MUITAS VEZES O 1O GRAU, COMO NESSES EXEMPLOS.
D) AEM PODE SER PREPARADO PELAS 3 MANEIRAS VISTAS NA 4a. AULA:
V7, SUB V7, E DIM, SENDO V7 O MAIS USADO, CHAMADO DE
DOMINANTE AUXILIAR:
DOM.
AUX. AEM
I V7 b VI 7M V7 I I V7 b II7M SUB V7 I7M
C E b7 A b 7M G7 C C Ab7 D b 7M Db7 C7M

EXEMPLO ORIGINAL: ESSE CARA (DO M); EXERCÍCIO: VOU VIVENDO (FA M).

2 – TOM MENOR; No meio de uma progressão aparece um ou


mais acordes “emprestados” do tom homônimo maior:

AEM AEM AEM


Im 7 IV m7 III m7 VI m7 b VI 7M bII 7M Im 7
Cm7 Fm7 Em7 Am7 A b7M Db7M Cm7

O ACORDE Db 7M NÃO É “EMPRESTADO” DO HOMÔNIMO MAIOR,


MAS DO HOMÔNIMO FRÍGIO. b II 7M É AEM NO TOM MAIOR E NO MENOR,
VEJA SUA ESCALA:

ESCALAS DE AEM:
SÃO AS MESMAS DOS ACORDES DIATÔNICOS NO TOM MAIOR (1 a AULA) E
NO TOM MENOR ( VEJA 5a AULA).

OBSERVE:
A) OS AEM NO TOM MENOR POSSUEM 3M DO TOM, TÍPICA NO TOM
MAIOR,
B) AS MESMAS OBSERVAÇÕES B), C), D) NOS AEM DO TOM MAIOR.

EXEMPLO ORIGINAL: LUIZA(Do menor); EXERCÍCIO: ATRÁS DA PORTA( Si menor).

B DOMINANTE SEM FUNÇÃO DOMINANTE PAG.24


ESTRUTURA DOMINANTE, MAS NÃO PREPARA NENHUM ACORDE: NÚMERO

ROMANO NÃO SERÁ V7 E NÃO HAVERÁ A SETA: ;

MAS O NÚMERO ROMANO EM FUNÇÃO DO TOM PRINCIPAL. SÃO SEIS ACORDES

(EXEMPLO EM DO MAIOR):

TODOS COSTUMAN “RESOLVER” NO PRIMEIRO GRAU (I) –


( I7 É O PRIMEIRO GRAU DO BLUES ).

IV 7 I b VII7 I b VI 7 I VII 7 I
F7 C Bb7 C Ab7 C B7 C

NO TOM MENOR: ( EXEMPLO DO MENOR )

Im7 IV 7 Im7 Im7 b VI 7 Im7


Cm7 F7 Cm7 Cm7 Ab7 Cm7

EXEMPLOS ORIGINAIS: A) CANÇÃO DO SAL ( RE M ), B) CHOVE LA FORA ( FA


M ), C) DINDI ( SI b M ), D) CHEIRO DE SAUDADE ( LA M ), E) LAGOA DO
ABAETÉ (Re menor).
EXERCÍCIO: HARMONIZE ALGUNS TRECHOS COM ACORDES DOMINANTES SEM
FUNÇÃO DOMINANTE.

7A. AULA A FUNÇÕES E ACORDES SUBSTITUTOS PAG.26


EXEMPLO EM DO MAIOR E Do menor:

CARACTERIZAÇÃO:

TÔNICA (T): CONCLUSIVA, ESTÁVEL, FINAL.


DOMINANTE (D): SUSPENSIVA, INSTÁVEL, PREPARATÓRIA.
SUBDOMINANTE (S): PASSAGEIRA, DE PREPARAÇÃO MAIS FRACA QUE A
DOMINANTE.

B CAMINHOS HARMÔNICOS PAG.27


C FRASES PAG.27

D CADÊNCIA E RESOLUÇÃO PAG.29


CADÊNCIA: FINAL HARMÔNICO DE UMA FRASE MUSICAL.
RESOLUÇÃO: CAIDA HARMÔNICA NO MEIO DA PROGRESSÃO.
FÓRMULA
EM
PONTUAÇÃO
CORRESPON-
EXEMPLO EM DO M
CADÊNCIA OU RESOLUÇÃO FUNÇÕES DENTE NA OU DO m:
LITERATURA
V7 I SubV7 I D PONTO FINAL CASINHA PEQUENA 2a VEZ
OU PONTO Fm Cm
G7 C Db7 C T TINHA UM COQUEIRO AO LADO QUE
DE
PERFEITA EXCLAMAÇÃO G7 Cm
COITADO DE SAUDADE JÁ MORREU.
VIIo Im V7/7 I/7 D T CASINHA PEQUENA 1a VEZ
COM Fm Cm
Bo Cm G/F C/E INVERSÃO TINHA UM COQUEIRO AO LADO QUE
VIRGULA
IMPERFEITA OU SUBS- Bo Cm
TITUIÇÃO COITADO DE SAUDADE JÁ MORREU.

IV I bVII7 I S T PONTO PROCISSÂO


OU C7
F C Bb7 C AQUI NA TERRA ESPERANDO
PONTO E
PLAGAL VIRGULA
F C7
QUE JESUS PROMETEU
TERMINA VIRGULA,
IV/3 V V7 V7 NA
VAI TRABALHAR VAGABUNDO
DOIS PONTOS Go G7 Go G7S
F/A G D7 G7 DOMI- OU INTERRO VAI TRABALHAR, VAI TRABALHAR
NANTE.
À DOMINANTE GAÇÃO.
D
O
RESOLVIDANÃO DOMINANTE

V7 III7 V7 b VI7M TRISTEZA


INESPERADO Dm7 G7 Gm7 C7
G7 Em7 G7 Ab7M QUERO DE NOVO CANTAR
ACONTECE
DECEPTIVA LAIA
F 7M
LA LA.

E SUBSTITUIÇÃO HARMÔNICA EX. : SAUDADE DA BAHIA PAG.29


( FA MAIOR )
8A. A ALTERAÇÕES EM V7 1 – V7 (b9, b13 ); 2 – V7 (alt.); PAG.30
AULA 3 – V7 (#5) ou V7 (b5);
4 – V7 (b9, 13); 5 – V7 (b9);
6 – V7 (13)
EXEMPLOS EM DO MAIOR E DO menor:
1 – V7 (b9 b13) ou V7(b9), V7(b13);
ESCALA: MENOR HARMÔNICA 5a ABAIXO:
EMPREGO: PREPARO MENOR MAIS COMUM (PREPARA MAIOR TAMBÉM):

EXEMPLO: AS PASTORINHAS:

2 –CIFRAGEM: V7 (alt); V7 (b9 b13); V7 (#5 #9); V7 (#5 b9); V7 (b5 #9)
COMPATÍVEL: SUB V7 (ESCALA: LIDIO b7, VEJA A 4a AULA)
ESCALA: ALTERADA
EMPREGO: PREPARA MAIOR E MENOR:
a) O MORRO NÃO TEM VEZ:

b) ÁGUA DE BEBER (INTRODUÇÃO):

3 – CIFRAGEM: V7(#5) OU V7(b5)


ESCALA: TONS
EMPREGO: PREPARA MAIOR

EXEMPLO: PARA MACHUCAR MEU CORAÇÃO

4 – CIFRAGEM: V7 (b9 13) OU V7 (b9 #11 13)


COMPATÍVEL: VIIo ( ESCALA: DIMINUTA, VEJA 3a AULA)
ESCALA: DIMINUTA
EMPREGO: PREPARO MAIOR
Exemplo: beijo partido (final)

5 – CIFRAGEM: V7(b9) [ T13 NÃO É USADO NA FORMAÇÃO DO


ACORDE, Tb13 NÃO EXISTE NA ESCALA.]
ESCALA: MIXOLÍDIO b9
EMPREGO: PREPARA MAIOR, SONORIDADE BÁSICA E SIMPLES:

EXEMPLO: TRISTEZA (11O COMPASSO EM DIANTE)

6 – CIFRAGEM : V7 (b13)
ESCALA: MIXOLÍDIA b13
EMPREGO: V7/II QUANDO MELODIA É T9

EXEMPLO: MEDITAÇÃO

OBSERVAÇÃO: NÃO CONFUNDIR V7(b9) MIXOLÍDIO b9 E V7(b13)


MIXOLÍDIO b13 COM V7(b9 b13) MENOR HARMÔNICO 5a ABAIXO.
[ OS DOIS 1O S CASOS SÃO RAROS.]

EXERCÍCIO OFICIAL: O QUE É AMAR ( SI b M )

B MODULAÇÃO PAG.32
ACONTECE, QUANDO:
1 – HÁ ACORDE QUE NÃO PODE SER ANALIZADO NO 1O TOM
(DE MODO GERAL, NÃO SE ENQUADRA NOS CASOS APRENDIDOS)
2 – SENTIMOS UM NOVO TOM, PELA PRESENÇA DE CADÊNCIA.

NÃO CONSIDERAMOS MODULAÇÃO QUALQUER CASO DE AEM,


OU DOMINANTE SECUNDÁRIO.

EXEMPLOS: A) VALSA DE UMA CIDADE (FA M) (2a FRASE)

- A7M E F#m7 NÃO PODEM SER ANALIZADOS EM FA MAIOR.


- Bm7 E7 NOS COMPASSOS 7 E 8 CRIAM EXPECTATIVA DE Am7,
E ENTÃO Am7 SERIA IIIm7 E Bm7 E7 DOMINANTE
SECUNDÁRIO. A7M É SURPRESA, E Bm7 E7 FUNCIONA IIm7
V7/III EM FA M, E II m7 V7/I EM LA MAIOR, O NOVO TOM.
ESSA MODULAÇÃO É POR ACORDES(S) COMUM(S).

EXEMPLO:B) DINDI (DO M)


C) OLÊ OLÁ (MI m) (PASSAGEM PARA SEGUNDA PARTE)
EXERCÍCIOD: CASCATA DE SETE QUEDAS (DO M)

9A. A REARMONIZAÇÃO 1 – POR DOMINANTES EXTENDIDOS; PAG.


AULA 2 – PEDAL; 3 – LINHA. 34

1 – POR DOMINANTES EXTENDIDOS;


EXEMPLO: TRISTEZA (SOL M) [ V7 SUBV7 SUS4 A ESCOLHER ]

2 – PEDAL;
EXEMPLOS: A) ATIREI UM PAU NO GATO ( LA M) [BAIXO, PEDAL E EXTENDIDOS]

B) NA BAIXA DO SAPATEIRO (FA M) [ BAIXO PEDAL E EXTENDIDOS ]


3 – LINHA
EXEMPLOS: A) BERIMBAU (RE m) [EM ACORDES DE ESTRUTURA CONSTANTE ]

D.C.

OS BAIXOS DEVEM SER CONSERVADOS DA HARMONIA


ORIGINAL.

B) APITO NO SAMBA ( SOL M ) [ LINHA DE BAIXO ]

C) QUEM QUISER ENCONTRAR O AMOR ( FA m ) [ LINHAS E EXTENDIDOS ]


EXERCÍCIO: FAÇA UMA REARMONIZAÇÃO COM DOMINANTES EXTENDIDOS,
OUTRA COM PEDAL, OUTRA COM LINHA.
RESUMO DA

DOMINANTES V7
EXTENDIDOS SUB V7 BAIXO DESCE UMA 5a J
V74 OU ½ TOM
II m7
PEDDAL NA MELODIA
NO MEIO
NO BAIXO DOMINANTE TÔNICA
REARMONIZAÇÃO

LINHA NO MEIO
NO BAIXO

B HARMONIA MODAL PAG. 36


SÉRIE DO JÔNICO
NATURAIS

SÉRIE RE DÓRICO
SÉRIE MI FRÍGIO
SÉRIE FA LÍDIO
SÉRIE SOL MIXOLÍDIO
SÉRIE LA EÓLICO
SÉRIE SI LÓCRIO
HARMONIA DIATÔNICA
MODOS

FOLCLÓRICOS
( USADOS PELOS POVOS DO MUNDO)
FEITOS EM CASA

CAR AUSÊNCIAS DAS FUNÇÕES DE T, D, S.


ACT TRÍTONO NÃO É RESOLVIDO ( NEM HÁ EXPECTATIVA )
ERI AUSENCIA DE DOMINANTES OU SUB V7, OU II m7 V7.
STI PRESENÇA DE NOTAS, ACORDES E CADÊNCIAS TÍPICAS
CAS

OC PURO
OR

MISTURAS COM OUTROS MODOS
NC COM O TONALISMO
IAS

EXEMPLOS:
A) PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS FLORES ( RE EÓLICO ):

B) UPA NEGUINHO ( LÁ MIXOLÍDIO ):

C) ARRASTÃO ( SOL DÓRICO E LA DÓRICO, SEGUIDOS SEGUIDOS DE OUTROS


MODOS ):
D) CRAVO E CANELA ( SOL JÔNICO E SOL MIXOLÍDIO ) :

E) MORRO VELHO ( FÁ E RÉ COMO CENTROS MODAIS ) (FUSÃO DE MODOS) :


F) RODA:
ORIGINAL – ( LA CENTRO ) - FUSÃO MODAL – TONAL
REARMONIZAÇÃO - ( LA CENTRO ) - MODAL COM ESTRUTURAS CONSTANTES
EXERCÍCIOS:
A) REARMONIZE UM MÚSICA MODAL;
B) REARMONIZE, MODALMENTE, UMA MÚSICA.

PRIMEIRO SEMINÁRIO BRASILEIRO DE MÚSICA INSTRUMENTAL, OURO PRETO;


CURSO DE ARRANJO E REARMONIZAÇÃO, UFG – GOIÂNIA.

REPERTÓRIO POR OCORRÊNCIAS HARMÔNICAS


1a AULA – LOBO BOBO (LYRA, BÔSCOLI)
E) ACORDES DIATÔNICOS NO TOM MAIOR: PARTIDO ALTO (D.IVONE LARA)
O CRAVO BRIGOU COM A ROSA [TRADICIONAL] MARACANGALHA (DORIVAL)
CARNEIRINHO [TRADICIONAL] HOMENAGEM AO MALANDRO (CHICO)
PIRULITO QUE BATE BATE (TRAD.) O CANTADOR (DORY, MOTTA)
MEU LIMÃO, MEU LIMOEIRO (TRAD.) BILHETE (LINS)
MULHER RENDEIRA (TRAD.) LUGAR COMUM (GIL, DONATO)
PASSA PASSA GAVIÃO (TRAD.) TATUAGEM (CHICO, RUY)
PEGUEI UM ITA NO NORTE (DORIVAL) TEMPO FELIZ (BADEM, VINICIUS)
SAMBA DA MINHA TERRA (DORIVAL) LUCIANA (TOM, VINICIUS)
MARIA BONITA, ASA BRANCA (GONZAGA, TEIXEIRA) FRAQUEZA (DENIS BREAN, GUILHERME)
SAMBA DA BENÇÃO (BADEM, VINÍCIUS) SE TODOS FOSSEM IGUAIS A VOCÊ (TOM, VINICIUS)
SERAFIM E SEUS FILHOS (MAURITY) COQUEIRO DE ITAPOÂ (DORIVAL)
ATRÁS DO TRIO ELÉTRICO (CAETANO_ A RITA (CHICO)
MARACANGALHA (DORIVAL) MULATA ASSANHADA (ATAULFO ALVES)
BIM BOM (JOÃO FILHO) AI IO IÔ (VOGELER, PEIXOTO)
SE ACASO VOCÊ CHEGASSE (LUPICINIO) POR CAUSA DE VOCÊ (DOLORES DURAN)
BALANÇO ZONA SUL (MADI) B) INVERSÃO:
OUÇA (MAYSA) FELICIDADE FOI SE EMBORA (LUPICINIO)
MOLAMBO (FLORENÇA) ÁGUAS DE MARÇO (TOM)
2a AULA: ODEON (NAZARETH)
A) DOMINANTES SECUNDÁRIOS NO TOM MAIOR : CARIMHOSO (PIXIGUINHA, BARRO)
SAUDADE DA BAHIA (DORIVAL) APELO [MENOR] (BADEM, VINICIUS)
VAI TRABALHAR VAGABUNDO (CHICO) INSENSATEZ [MENOR] (TOM)
FUI NO TORORÓ (TRADICIONAL) ADEUS GUACIRA (TRADICIONAL)
CIRANDINHA (TRAD.) VIOLA ENLUARADA (VALLE)
VAMOS MANINHA (TRAD.) COQUEIRO DE ITAPOÂ (DORIVAL)
SAMBA DE ORLY (CHICO) MIL PERDÔES (CHICO)
SAMPA (CAETANO) 3a AULA:
MARINA (DORIVAL) B) DIMINUTO DE PASSAGEM:
ANA MARIA (JUCA CHAVES) ESSE SEU OLHAR (TOM)
CONVERSA DE BOTEQUIM (NOEL, VADICO) COPACABANA (RIBEIRO, BARRO)
NOITE DOS MASCARADOS (CHICO) SAMBA DO AVIÂO (TOM)
FEITIÇO NA VILA (NOEL) AZULÃO (TRADICIONAL)
CAROLINA (CHICO) AGORA É CINZA (BIDÊ, MARÇAL)
E NADA MAIS (DURVAL) NOSSOS MOMENTOS (BARBOSA)
GENTE HUMILDE (GAROTO) LÍGIA (TOM)
RONDA (VANZOLINI) GENTE HUMILDE (GARÔTO)
EU SONHEI QUE TU CANTAVAS TÃO LINDA (LAMERTINE) C) DIMINUTO AUXILIAR:
ILUSÃO ATOA (ALF) VAI TRABALHAR VAGABUNDO (CHICO)
PRIMAVERA (LYRA, VINÍCIUS) APANHEI-TE CAVAQUINHO (ABEL FER.)
ROSA MORENA (DORIVAL) CHEGA DE SAUDADE (TOM)
DIZ QUE FUI POR AI (BETI) LAMENTO (PIXINGUINHA, VINÍCIUS)
DORALICE (DORIVAL) ROSA MORENA (DORIVAL)
ME DEIXO EM PAZ (MONSUETO, AMORIM)
REPERTÓRIO POR OCORRÊNCIAS HARMÔNICAS
4a AULA: ÁGUA DE BEBER (TOM, VINICIUS)
B) SUB V7: REGRA TRÊS (TOQUINHO, VINICIUS)
SAMBA DE UMA NOTA SÓ (TOM) CASINHA PEQUENINA (TRADICIONAL)
GAROTA DE IMPANEMA (TOM, VINICIUS) NOITE DO MEU BEM (DOLORES)
BATIDA DIFERENTE (SINHORA) RODA VIVA (CHICO)
SURPRESA (DONATO) NADA SERÁ COMO ANTES (MILTOM, RONALDO)
D) CIFRAGEM APARENTE: O MORRO NÃO TEM VEZ (TOM)
CORCOVADO (TOM) CHORO (JOBIM)
PRA MACHUCAR MEU CORAÇÃO (ARY BARRSO) AS PASTORINHAS (NOEL, BARRO)
JANUÁRIA (CHICO) CHEGA DE SAUDADE (TOM, VINICIUS)
ELA É CARIOCA (TOM, VINICIUS) MENINA MOÇA (LUIZ ANTÔNIO)
O AMOR EM PAZ (TOM, VINICIUS) ENQUANTO A TRISTEZA NÃO VEM (SERGIO RICARDO)

E) DOMINANTES EXTENDIDOS MODINHA (SERGIO BITTENCOURT)

TRISTEZA (HAROLDO LOBO) A FELICIDADE (TOM, VINICIUS)

INÚTIL PAISAGEM (TOM, ALOIZIO) RETRATO EM PRETO E BRANCO (TOM, CHICO)

ESTRADA DO SOL (TOM, DOLORES) FITA AMARELA (NOEL)

CARINHOSO (PIXINGUINHA, BARRO) MENINA FLOR (BONFÁ)

DUAS CONTAS (GARÔTO) SAMBA EM PRELÚDIO (BADEM)

FEITIÇO DE ORAÇÃO (NOVEL) MULHER DE TRINTA (LUIS ANTÔNIO)

LAMENTO (PIXINGUINHA) NAS CEU UMA ROSA NA FAVELA,

AMAR EM PAZ (TOM) É DE MANHÃ, É DE MADRUGADA,

TRISTEZA DE NÓS DOIS (?) LAPINHA (BADEM)

TRISTE (TOM) BOATO,

JANUÁRIA (CHICO) MARIA VAI COM AS OUTRAS (CHICO)

A BANDA (CHICO) REFÉM DA SOLIDÃO (BADEM)

FEITINHA PRA POETA, OLHOU PRA MIM, PENSATIVA AMIGOS SIMPLESMENTE,

(FISHER) LUIZA (TOM)

O QUE É AMAR (ALF) ATRÁS DA PORTA (CHICO, HIME)

LÍGIA (TOM) MANIA DE VOCÊ (RITA LEE)

SÓ LOUCO (CAYMMI) MAIS UM ADEUS (TOQUINHO, VINICIUS)

PRECISO APRENDER A SER SÓ (VALLE) SERRADO (DJAVAM)

A RÂ (VALLE) BANANEIRA (GIL, DONATO)

MENINA FLOR (BONFÁ) APRIL CHILD (MOACIR SANTOS)

COMEÇAR DE NOVO (LINS) TEMA DE AMOR (TOM)

5a AULA DE ONDES VENS (DORY, MOTTA)

B) E C) – ACORDES NO TOM MENOR: ILUSÃO ATOA (ALF)

TEREZINHA DE JESUS (TRADICIONAL) O QUE SERÁ (CHICO)

AMAZONAS (DONATO) AS ROSAS NÃO FALAM (CARTOLA)

MANHÃ DE CARNAVAL (BONFÁ) NINGUEM ME AMA (FERNANDO LOBO)


REPERTÓRIO POR OCORRÊNCIAS HARMÔNICAS
6a AULA –
A) ACORDE DE EMPRÉSTIMO MODAL: B) MODULAÇÃO:
VIVO SONHANDO (TOM) OLÊ OLÁ (CHICO)
VOCÊ ABUSOU (ª CARLOS FOCI) MADALENA (LINS)
WAVE (TOM) TRISTE (TOM)
WALTRZIN (VICTOR BRASIL) DINDI (TOM, ALOYSIO)
CANÇÃO QUE MORRE NO AR (LYRA, BOSCOLI) VAI PASSAR (CHICO, LUIME)
ESSE CARA (CAETANO) EU E A BRISA (ALF)
VOU VIVENDO, VALSA DE UM CIDADE (MADI)
CHOVE LÁ FORA (MADI) DESAFINADO (TOM, MENDONÇA)
NÓS E O MAR (MENESCAL) GAROTA DE IPANEMA (TOM, VINICIUS)
DEUS BRASILEIRO (VALLE) AMAR EM PAZ (TOM)
MINHA SAUDADE (JOÃO GILBERTO) TRISTEZA DE NÓS DOIS ( EINHORU, DURVAL)
O BARQUINHO (MENESCAL) GENTE (VALLE)
SAMBA DE VERÃO (VALLE) PENSATIVA (FISHER)
O QUE É AMAR (ALF) A CASCATA DAS SETE QUEDAS (ALEX MALHEIROS)
PRA VOCÊ (SILVIO CÉZAR) DAQUILO QUE EU SEI (LINS, MARTIS)
GOTA DÁGUA [MENOR] (CHICO) EU TE AMO (TOM, CHICO)
BEBÊ [MENOR] (HERMETO) MIL PERDÔES (CHICO)
ATRÁS DA PORTA [MENOR] (HIME, CHICO) BEBÊ (HERMETO)
LUIZA [MENOR] (TOM) CANÇÃO QUE MORRE NO AR (LYRA, BOSCOLI)
B) DOMINANTE SEM FUNÃO DOMINANTE: 9a AULA
MEDITAÇÃO (TOM, MENDONÇA) A) REARMONIZAÇÃO:
PRECISO APRENDER A SER SÓ (VALLE) TRISTEZA (HAROLDO LOBO)
AMÉLIA (LAGO) ATÉ QUEM SABE (DONATO)
INÚTIL PAISAGEM (TOM, ALOYSIO) NA BAIXA DO SAPATEIRO (ARY BARROSO)
DINDI (TOM, ALOYSIO) ATIREI O PAU NO GATO (TRADICIONAL)
CANÇÃO DO SOL (MILTOM) QUEM QUISER ENCONTRAR O AMOR ( VANDRÉ)
LAGOA DE ABAETÉ (DORIVAL) CARINHOSO (PIXINGUINHA, BARRO)
CHEGA DE SALDADE SÓ LOUCO (DORIVAL)
CHOVE LÁ FORA (MADI) A FELICIDADE (TOM, VINICIUS)
8 AULA
a
B) HARMONIA MODAL:
A) ALTERAÇÕES EM V7 : PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS FLORES [EOLICO]
SÓ TINHA DE SER VOCÊ (TOM, ALOYSIO) (VANDRÉ)
AMANHECENDO (MENESCAL) ROMARIA [MIXOLÍDIO] (TEIXEIRA)
MAS QUE NADA (BEM) UPA NEGUINHO [ MIXO, LID b7, DORICO] (EDU LOBO)
O MORRO NÃO TEM VEZ (TOM, VINICIUS) PONTEIO [FRIGIO, MIXOLÍDIO] (EDU LOBO, CAPINAU)
ÁGUA DE BEBER (TOM, VINICIUS) ARRASTÃO [DORICO,MIXOLIDIO] (EDU LOBO, VINICIUS)
THE DOLPHIM (LUIZ EÇA) CANÇÃO DO SOL [ LIDIO b7, MIXOLIDIO] (MILTON)
PRA MACHUCAR MEU CORAÇÃO (ARY BARROSO) CHOVENDO NA ROSEIRA [ MIXOLIDIO, FRIGIO] (TOM)
LUIZA (TOM) NANÃ [ BLUES MENOR ]
BEIJO PARTIDO (TONINHO HORTA) CORONÉ ANTÔNIO BENTO [MIXOLIDIO]
O QUE É O AMAR (ALF) LAGOA DO ABETÉ [EOLICO, DORICO] (DORIVAL)
CRAVO E CANELA [JONICO, MIXOLÍDIO] (MILTON)
RODA [DIVERSOS] ( GIL)
MORRO VELHO [ MIXOLIDIO, FRIGIO] (MILTON)
PROCISSÃO [MIXOLÍDIO] (GIL)

CURSO DE

1o SEMINÁRIO BRASILEIRO DE MÚSICA INSTRUMENTAL, OURO PRETO


CURSO DE HARMONIA FUNCIONAL, UFG

GOIÂNIA - EDIÇÃO 2002


-
RESUMO GERAL
[COMENTÁRIOS]

I – OS QUADROS:
ASPECTOS OS DOIS QUADROS ANEXOS
QUADRO DE SITUAÇÃO TONAL QUADRO 99 ESCALAS
APRESENTA ACORDES VINCULADOS AO ACORDES VINCULADOS AOTOM, COM
TOM EM SEUS SÍBOLOS CIFRAS E ESCALASEXEMPLIFICADAS
ANALÍTICOS NO TOM DE DO MAIOR/MENOR
ORGANIZAÇÃO COLUNA 5 TIPOS DE ESTRUTURAS BÁSICAS TOM MAIOR E MENOR
VERTEBRAL
LINHA
HORIZONTAL