Você está na página 1de 2

EXERCITANDO(Aula02-Top2)

Nos exercícios 1 a 14, faça o gráfico da função indicada:


1. f (x)  x 2  1 com  1  x  2; 2. g(x)  2(x  1)2 com 0  x  2;
3. h(x)  x3  1 com  1  x  1; 4. p(x)  2(x  1)3 com 0  x  2;
6. H(x)  x  8 ;
3
5. F(x )  3(x  1)3  2;
2x
7. k(x)  x  1 ;
3
8. r(x)  4  x 2 ;
x 1
9. M(x)  4  x 2  1; 10. N ( x )  2  3 1  x 2 ;
11. s( x )  2  x  1; 12. v(x)  x 2  4 ;
13. S(x)  3 1  x ; 14. U(x)  3 x  2 ;

Nos exercícios 15 a 20, faça o gráfico da função indicada:


0 se x  1
15. f (x)  
1 se x  1
;
16.

 x  1 se  2  x  2 e x  1
2
g( x )   1  x ;

 x se x  2, 1 e 2

p( x )   x 2  1 se x  1 x  1;
17. 
ou
1  x 2 se  1  x  1 18.
 x 2 se  2  x  0

P( x )   x se 0  x  1 ;

 1 se 1  x  2

2
19. m(x)  1  x ; 20. s(x)  [x  1].

Nos exercícios 21 a 24, faça o gráfico da função dada usando os gráficos das
funções seno e co-seno dados no final deste tópico:
21. f (x)  2  sen x; 22. g((x )  1  cos x;
23. q(x)  3 cos x  1 sen x; 24. r(x)  2 sen x cos x.
2 2

Nos exercícios 25 e 26, encontre fog:


ìï - 2 se x < 2 ìï x - 1 se x < 2
ï ïï
25. f (x) = ïíï x + 1 se 2 £ x £ 4 e g(x) = í 2x
ïï
se 2 £ x £ 4;
ïï x se x > 4 ïî 3 se x > 4
î
ìï - 2x se x < 1 ìï x se x < 1
ï ïï
26. f (x) = ïíï x + 1 se 1 £ x £ 2 e g(x) = í
ïï
2 se 1 £ x £ 2.
ïï - 1 se x > 2 ïî x - 1 se x > 2
î

Dado um subconjunto A  R , se existe x o  A tal que x o  x para todo


x  A, escreve-se x o  valor mínimo de A (ou de forma abreviada, x o  mín. A) ;
analogamente, x o  máx. A se x o  A e x o  x para todo x  A. Sejam f e g
funções com o mesmo domínio D, então mín. f (x), g(x) define uma função p com
domínio D, escreve-se p(x)  mín.
xD
 f (x), g(x) ; similarmente, define uma função q por
3

q(x)  máx. f (x), g(x) . Nos exercícios 27 e 28, escreva a função dada como uma função
xD
definida por mais de uma equação.

x 0,1

27. f (x)  mín. x  , 4  x  x  ;
2 1
2  
28. g(x)  máx. x  , 4  x  x  .
x 1,1
2 1
2 
29. Mostre que a parábola cúbica (definida neste tópico) é simétrica em relação ao seu
ponto de inflexão.

RESPOSTAS (Exercícios ímpares)


1. Y 3. Y 5. Y 7. Y

X X
O O X
X O
O
9. Y 11. Y 13. Y 15. Y

X
X X O X
O O O

17. Y 19. Y 21. Y 23. Y


O X
X
O X O X
O
25.  2 se x2 27.  4(x  x 2 ) se 0  x  1
 5 se x2  4
(fog)(x)   ; f (x)   x  2 se 4  x  12 .
1 1
2x se 2x4
 
 4 se x4 2
 4(x  x ) se 2  x  1
1

Você também pode gostar