Você está na página 1de 2

Ata nºxxx

Aos (data), do ano de xxxx, pelas xxx horas, reuniu a Assembleia Geral ordinária da
“xxxxxxxxxxx, L.da", pessoa coletiva n.º xxxxxxxxxx, com capital social de xxxxxxx, na
sua sede (morada), freguesia de xxxxxxxx, concelho de xxxxxxxxxxx, com a seguinte
ordem de trabalhos; ------------------------------------------------
Encontravam-se presentes os sócios xxxxxxxxxxxxxx com o capital de
xxxxxxxxxxxxxxxxxx euros e o sócio xxxxxxxxxxxxx com o xxxxxxxxxxxx euros, que
perfaz a totalidade do capital, estando assim presente a totalidade do capital. --
Pelos sócios, foi manifestada vontade para, não obstante o não cumprimento das
formalidades legais de prévia convocação, deliberarem, ao abrigo do artigo 54º do
Código das Sociedades, sobre os pontos da ordem de trabalhos, que constituíram
com os seguintes:-----------------------------------------------------------------------
Ponto Um: Deliberar sobre o aumento de capital social, por entradas em dinheiro,
para .... euros.
Ponto Dois: Deliberar, em consequência, sobre a alteração do pacto social,
mediante a modificação do artigo terceiro.
Ponto três: Conferir poderes ao gerente da sociedade F..., para outorgar a escritura
notarial de aumento de capital e de alteração de pacto social.
Presidiu o sócio F..., o qual, depois de verificar estarem preenchidos os requisitos
do mencionado artigo cinquenta e quatro, número um, do Código das Sociedades
Comerciais, considerou a Assembleia validamente constituída, podendo, em
consequência, deliberar de forma eficaz sobre os pontos constantes da
antecedente Ordem de Trabalhos.
Entrou-se no ponto primeiro da ordem de trabalhos, tendo o sócio-gerente F ....
referido o interesse em dotar a sociedade de um capital próprio mais elevado e
proposto que fosse deliberado um aumento de capital para ..... euros, a realizar por
entradas em dinheiro, no montante de ....... euros.
O sócio G ..., referiu concordar com a proposta apresentada, sugerindo, pois, que o
aumento de capital de ... euros, fosse realizado em dinheiro e subscrito pelos
sócios, na proporção das respectivas participações no capital social.
Posta assim a votação a proposta, foi a mesma aprovada por unanimidade, tendo
ficado deliberado proceder ao aumento do capital social de ....euros para ..... euros,
por entradas em dinheiro no montante de .... euros, a realizar até à data da
escritura pelos sócios F..... e G ....., na proporção das respectivas quotas. Desta
forma, a quota no valor nominal de ...... euros, de que é titular o sócio F...., passará
a Ter o valor nominal de ..... euros e a quota no valor nominal de .... euros, de que é
titular o sócio G ....., passará a ter o valor nominal de ....... euros.
Ficando deliberado por unanimidade alterar o artigo terceiro do pacto social
dando-lhe, a seguinte redacção:

“Artigo 3º
O capital social é de ....... euros, já integralmente subscrito e realizado em dinheiro,
e encontra-se dividido em duas quotas, sendo uma de ....... euros pertencente ao
sócio F....., e uma de ...... euros pertencente ao sócio G... ”.

Ficando deliberado, por unanimidade, conferir poderes a qualquer um dos


gerentes, para individualmente executar as deliberações ora tomadas,
designadamente para outorgar a escritura notarial de aumento de capital e de
alteração do pacto social.
Esgotada a ordem do dia, o Sócio que presidiu à sessão agradeceu a todos a sua
presença e o modo como contribuíram para o bom decurso e o bom termo dos
trabalhos e deu por encerrada a reunião, após o que foi redigida a presente ata
que, por traduzir as deliberações tomadas, é assinada por todos os presentes. -----

Você também pode gostar