Você está na página 1de 4

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE IMÓVEL (TERRENO)

Pelo presente instrumento particular de compra e venda, de um lado, , brasileiro,


viúvo, Motorista, portador do RG nº , inscrito no CPF sob o nº , residente e domiciliado à Rua
, nº , Bairro , Cidade de, Estado do , doravante denominado simplesmente de VENDEDOR e
de outro lado, brasileira, solteira, , portadora do RG nº, inscrita no CPF sob o nº, residente e
domiciliada à Rua, nº , Bairro , Cidade de, Estado do , doravante denominada simplesmente
de COMPRADORA, têm, entre si, como justo e contratado o que se segue:

CAPÍTULO I – DO OBJETO

CLÁUSULA 1ª. O presente contrato tem como objeto a venda de um terreno, pelo
VENDEDOR a COMPRADORA, situado à Rua , bairro , CEP nº , Cidade de Manaus, no
Estado do , cuja medida do terreno corresponde a de frente para a referida rua e de largura na
linha dos fundos, com área total de , confrontando pelo lado esquerdo com a casa do
VENDEDOR, cujo endereço é apresentado acima.

CLÁUSULA 2ª. O VENDEDOR declara que sempre exerceu posse mansa e pacífica sobre o
imóvel, o qual está completamente livre e desembaraçado de quaisquer dívidas e ônus reais,
inclusive hipotecas, impostos e taxas em atraso, além disso declara expressamente:
a) que desconhece a existência de ações de qualquer natureza que se refiram ao
imóvel, objeto deste instrumento;
b) que não existe nenhum locatário, sublocatário, comodatário ou terceiro
ocupante no imóvel;
c) que o imóvel se encontra livre e desembaraçado de quaisquer ônus reais,
judiciais ou extrajudiciais.

CAPÍTULO II – DAS OBRIGAÇÕES


CLÁUSULA 3ª. A COMPRADORA se responsabilizará pelo pagamento dos impostos taxas
e despesas que incidam sobre o terreno a partir do momento em que for assinado este
contrato, mesmo que o lançamento seja feito em nome do VENDEDOR.

CLÁUSULA 4ª. O COMPRADOR se responsabilizará pelas despesas de escritura e registro


do imóvel, já o VENDEDOR se responsabilizará pelas despesas referentes a tradição,
conforme dispõe o art. 490 do Código Civil.

CLÁUSULA 5ª. A posse e propriedade do terreno, ora compromissado, passará à


COMPRADORA a partir da assinatura deste Contrato, assim como todos os documentos do
imóvel.

CLÁUSULA 6ª. Quando da assinatura deste Contrato, o VENDEDOR disponibilizará o


terreno à COMPRADORA livre de coisas que impeçam a fruição da posse por este último.

CLÁUSULA 7ª. Após a assinatura deste Contrato, obriga-se o VENDEDOR a outorgar e


assinar em nome da COMPRADORA a competente escritura definitiva de compra e venda do
imóvel, proceder com o que for necessário para o registro da escritura definitiva do imóvel no
Cartório de Registro de Imóveis e fornecer todos os dados necessários a regularização
documental da propriedade descrita na cláusula primeira.

Parágrafo Único. A recusa do VENDEDOR em outorgar a escritura Definitiva de que trata


esta Cláusula dará à COMPRADORA o direito de pedir adjudicação compulsória do imóvel,
além de perdas e danos que venham a ser causados em razão da citada recusa.

CLÁUSULA 8ª. Imitindo-se o COMPRADOR, desde logo, na posse do Terreno, ser-lhe-á


permitido realizar no imóvel as benfeitorias que julgar conveniente.

CLÁUSULA 9ª. Se a COMPRADORA for obrigada a pagar, diretamente ao Fisco, quaisquer


impostos, taxas, contribuições e demais encargos fiscais não satisfeitos pelo VENDEDOR nos
prazos legais, obriga-se este a reembolsá-la da importância despendida, no prazo máximo de
30 (trinta) dias contados do aviso que lhe for expedido pela COMPRADORA.

CAPÍTULO III – DO PAGAMENTO


CLÁUSULA 10ª. Por força deste instrumento, o VENDEDOR se compromete a vender à
COMPRADORA e esta a adquirir-lhe o imóvel supradescrito, pelo preço certo de R$ 20.000
(vinte mil reais).

CLÁUSULA 11ª. O VENDEDOR declara haver recebido da COMPRADORA o valor total


mencionado na CLÁUSULA 11ª deste Contrato, cujo pagamento ocorreu de forma parcelada
e foi quitado antes da assinatura deste instrumento.

CLÁUSULA 12ª. A COMPRADORA declara que pagou o valor total do objeto mencionado
na CLÁUSULA 11ª ao VENDEDOR.

CAPÍTULO IV – DAS MULTAS

CLÁUSULA 13ª. Caso alguma das partes não cumpra o disposto nas cláusulas estabelecidas
neste instrumento, responsabilizar-se-á pelo pagamento de multa equivalente a 1% (hum por
cento) do valor deste Contrato.

CAPÍTULO V – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

CLÁUSULA 14ª. O presente contrato passa a valer a partir da assinatura pelas partes, cujo
instrumento é pactuado em caráter irrevogável e irretratável, e vinculará não só os
contratantes, mas também seus herdeiros e sucessores, vedado o arrependimento por ambas as
partes, que ora renunciam expressamente à faculdade concedida pelo artigo 420 do Código
Civil.

Parágrafo Único. A COMPRADORA poderá ceder ou transferir os direitos que lhe decorre
deste contrato, independentemente de anuência do VENDEDOR, ficando cedentes e
cessionários solidários no cumprimento das obrigações ora ajustadas.

CLÁUSULA 15ª. Os contratantes autorizam o Oficial do Cartório de Registro de Imóveis a


proceder os registros, averbações, anotações e cancelamentos que se façam necessários em
função do ora acordado.
CLÁUSULA 16ª. Após a assinatura do presente instrumento, caso seja constatado a
impossibilidade de venda do objeto deste contrato, o VENDEDOR obriga-se a devolver a
COMPRADORA o valor total pago pela mesma, no prazo máximo de 60 (sessenta) dias.

CAPÍTULO VII – DO FORO

CLÁUSULA 17ª. Para dirimir quaisquer controvérsias oriundas do Contrato, as partes


elegem o foro da comarca de Manaus/AM.

E assim, por estarem justas e contratadas, firmam as partes o presente, em 2 (duas)


vias de igual teor, na presença das testemunhas abaixo.

Manaus, 23 de setembro de 2020

________________________________ _________________________________

VENDEDOR COMPRADORA

TESTEMUNHAS:

1ª) Ass. _____________________________ 2ª) Ass. ____________________________

Nome: Nome:

RG: RG:

CPF: CPF:

Você também pode gostar