Você está na página 1de 1

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - CAMPUS VII

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO - DEDC VII


LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
Disciplina: Prática Pedagógica e Estágio Supervisionado I

RESUMO 4

ALUNO(A): Hévila Aléxia


Data de entrega: 28/09/2021

Título do texto: O Planejamento do Trabalho Pedagógico: Algumas Indagações e


Tentativas de Respostas.

O planejamento está se tornando cada vez mais difícil de ser realizado pelos
professores, tendo em vista as especificidades de cada escola e realidade dos
estudantes que estão inclusos nesses espaços. O planejamento é tido como um meio
de facilitar e viabilizar a democratização do ensino, com as atuais mudanças nas
práticas docentes esse conceito deve ser revisto, reconsiderado e redirecionado. Nos
planos de aulas atuais os docentes devem preencher um formulário e entregar a
secretária responsável, neste formulário geralmente contém: objetivos gerais e
específicos, conteúdos, estratégias e avaliação, muitos professores apenas copiam o
plano do ano anterior e o entregam para o responsável. Isso pode ser um fator
negativo, pois desconsidera as especificidades e necessidades existentes na turma
nova, fazendo com que os alunos se encaixem em uma realidade que não é a sua,
sendo um mero receptor de informações. Ao contrário disto o plano deve ser realizado,
assumido e vivenciado de acordo com o cotidiano da pratica social docente, agindo
como um processo reflexivo, o planejamento segundo esse ponto de vista será uma
atitude critica do educador diante de seu trabalho como docente, visando a melhor
aprendizagem de seus educandos. Vale ressaltar que muitos educadores confundem
plano de ensino com planejamento de ensino, mesmo com um plano de ensino
perfeito não exclui a necessidade de se planejar tudo que será trabalhado em sala de
aula. O preparo das aulas é uma das atividades mais importantes do trabalho de um
profissional da educação, nada pode substituir essa etapa. A aula no contexto escolar,
é síntese curricular que constrói o processo de ensinar e aprender, no qual o aluno irá
perceber, sentir e compreender cada aula como um processo vivido por ele com o
intuito de aprendizado e reflexão. Para que o planejamento de aula tenha efetividade,
e seja realizado corretamente é necessário que o grupo de educadores da escola
assuma a necessidade de transformar a realidade da escola e prepare o planejamento
como um dos meios a serem utilizados para efetivar essa transformação. Por fim, o
processo de planejamento de aula, e suas respectivas demandas em elaborar,
vivenciar e acompanhar, se torna o próprio espaço da pratica docente do professor.

Referência Bibliográfica

FUSARI, José Cerchi. O planejamento do trabalho pedagógico: algumas indagações e


tentativas de respostas. Idéias, São Paulo, n. 8, p. 44-53, 1990.

Você também pode gostar