Você está na página 1de 14

5

Agrupamento Vertical de Escolas de Airães


10

Escola Básica 2,3 / Sec. De Airães


15

20

25

30

35

FICHA DE AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA


40
DE

45
LÍNGUA PORTUGUESA

2010/2011
50

55

8.º ANO DE ESCOLARIDADE


60
3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO

65

70

75

80
Aluno: __________________________________ nº ____ Turma ___

85
5

GRUPO I

Texto A:
10
Calipso era uma ninfa, mulher no aspecto, deusa na alma e na imortalidade.
Ulisses, ao regressar de Tróia com vários dos seus camaradas, todos embarcados num
pequeno navio, naufragaram em pleno mar. (…) Incendiado por uma faísca, o barco
afundou-se. Só Ulisses escapou à morte, e, durante nove dias, errou ao sabor das
15vagas. Por fim, abraçado ao resto das quilhas do navio, o mar atirou-o às praias da ilha
de Ogígia, onde morava Calipso. (…).
Estava Calipso na sua habitação, que era uma gruta encantadora, trabalhando
num lindo tear de rico marfim com uma lançadeira de ouro. Madeiras olorosas ardiam
alegremente à entrada da gruta. Olmos, choupos e ciprestes, povoados de aves
20gorjeantes, sombreavam a gruta agasalhadora, e vinhas cobertas de cachos vestiam as
pedras. Quatro fontes prateadas nasciam cada uma de seu lado, e cercavam com suas
águas límpidos prados esmaltados de toda a espécie de flores. Calipso ali vivia,
contente, enquanto Ulisses chorava a desdita do seu exílio, o olhar sempre atraído
pelos horizontes do mar…
25 Assim os encontrou Mercúrio. E dirigindo-se à ninfa, depois de ter recebido das
mãos dela a ambrósia e o néctar, comida e bebida dos deuses, logo lhe transmitiu as
ordens de Júpiter, que eram mandar embora Ulisses, dando-lhe embarcação e
provisões para a viagem até ao seu reino. Calipso, embora triste por ter de ficar
sozinha, não ousou desobedecer. Mercúrio voou para o Olimpo. E a ninfa logo chamou
30Ulisses e lhe comunicou a boa nova, acrescentando:
“- Não te queixes mais, príncipe desgraçado; abate algumas árvores da floresta,
constrói uma jangada que te leve sobre as vagas; oferecer-te-ei as provisões
necessárias, e vestuário que te defenda da violência do ar; farei com que um vento
favorável te conduza em boa hora à tua pátria, se os deuses te quiserem conceder um
35regresso feliz.”
Ulisses quase nem acreditava em tal promessa! Mas quando verificou que era
sincera e verdadeira, riu e chorou de júbilo e não hesitou mais.
A noite chegara, e teve de conter a sua impaciência até ao dia seguinte. Mas,
assim que a manhã rompeu, Calipso entregou-lhe um belo machado de bronze, de finos
40gumes, com sólido cabo de oliveira, e levou-o à extremidade da ilha, onde as árvores
eram mais fortes e maiores. Com traves de olmo, de choupo e de pinheiro fez Ulisses a
jangada. Sempre que uma ferramenta lhe era necessária – agora uma serra, logo uma
verruma – a ninfa aparecia e dava-lha.

45
João de Barros – A Odisseia de Homero (adaptação em prosa)

Página 2 de 14
1. Depois de leres atentamente o texto, responde às questões que se seguem, Cotaçõe
s
assinalando com X a opção correcta.

1.1. A acção narrada acontece quando:


 Ulisses está de regresso ao seu reino.
 Ulisses se dirige a Tróia.
 Ulisses está em Tróia.
 Ulisses está no seu reino.

1.2. A acção narrada acontece:


 na ilha de Ítaca.
 em Tróia.
 na ilha dos Ciclopes.
 na ilha de Ogígia.

1.3. As personagens intervenientes na acção são:


 Calipso, Ulisses e Mercúrio.
 Júpiter, Ulisses e Calipso.
 Júpiter, Mercúrio e Calipso.
 Mercúrio, Júpiter e Ulisses.

1.4. Identifica a natureza das personagens.


 Todas as personagens são seres humanos.
 Todas as personagens são deuses da mitologia grega.
 Ulisses é humano e as restantes são deuses.
 Calipso é humana e as restantes são deuses.

1.5. Tendo em consideração a informação fornecida no primeiro parágrafo,


caracteriza a personagem Ulisses:
 frágil e corajoso.
 robusto e tímido.
 frágil e tímido.
 corajoso e robusto.

1.6. Ulisses foi parar à ilha habitada por Calipso, porque:


 abandonou os companheiros de viagem.
 precisava de mantimentos.
 sofreu um naufrágio.
 queria conhecer Calipso.

1.7. Selecciona os adjectivos que caracterizam o ambiente interior da gruta.


 acolhedor e confortável
 encantador e frio
 perfumado e triste
 descuidado e alegre
A transportar

Página 3 de 14
1. Depois de leres atentamente o texto, responde às questões que se seguem, Cotaçõe
s
assinalando com X a opção correcta.

1.1. A acção narrada acontece quando:

Página 4 de 14
Transporte

2. Assinala com um X as afirmações verdadeiras (V) e as falsas (F), de acordo com o


texto.

V F
Ulisses sentia-se triste e com saudades da sua terra.

Calipso gostava de ter Ulisses junto de si.

Mercúrio dirigiu-se à ninfa para impedir que ela deixasse partir Ulisses.

A ninfa desobedeceu à ordem de Júpiter.

Ulisses alimentava-se de ambrósia e néctar.

Calipso não recebeu Mercúrio com cortesia, oferecendo-lhe ambrósia e água.

Calipso ficou amargurada com a ideia de ver partir Ulisses.

Calipso prometeu a Ulisses deixá-lo partir.

3. “E a ninfa logo chamou Ulisses e lhe comunicou a boa nova (…) Ulisses quase nem
acreditava em tal promessa!” (linhas 19 a 26)

3.1. Explica por que motivo Ulisses sentiu dúvidas em relação à promessa de
Calipso.
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________

4. “Sempre que uma ferramenta lhe era necessária – agora uma serra, logo uma
verruma – a ninfa aparecia e dava-lha.” (linhas 32 a 33)

4.1. Considerando que Calipso não desejava a partida de Ulisses, como explicas a
sua atitude?
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________

A transportar

Página 5 de 14
Transport
e
5. Escreve, em cada um dos rectângulos, o nome da classe a que pertencem as
palavras retiradas dos três primeiros parágrafos.

Classe
Calipso (l.1)
era (l.1)
uma (l.1)
ninfa (l.1)
com (l.2)
seus (l.2)
todos (l.2)
pequeno (l.3)
naufragaram (l.3)
o (l.3)
de (l.8)
alegremente (l.9)
ali (l.12)
enquanto (l.13)
sempre (l.3)
para (l.19)
lhe (l.20)

Completa o quadro.

Verbos
Tempo e Modo Formas verbais
(infinitivo)
Pret. Imperf. do indicativo (ela) era (l.1)
escapar Futuro do indicativo (vós)
chorava (ela) – (l.13)
abater Imperativo (tu)
ter Presente do indicativo (eles)
ser Pret. Perf. Do indicativo (eu)
preparar Pret. Imperf. do conjuntivo (ele)
queixes (tu) – (l.21)

A transportar

Página 6 de 14
Transporte
6. Escreve, em cada um dos rectângulos, o nome da função sintáctica desempenhada
pelas palavras ou expressões retiradas do texto.

Funções sintácticas
Calipso (l.1)
era uma ninfa (l.1)
uma ninfa (l.1)
com vários dos seus camaradas (l.2)
em pleno mar (l.3)
durante nove dias (l.4)
lindo (l.8)
de ouro (l.8)
alegremente (l.9)
a gruta agasalhadora (l.10)
à ninfa (l.15)
príncipe desgraçado (l.21)

7. Divide e classifica as orações presentes nas frases transcritas.


a) “Só Ulisses escapou à morte, e (…) errou ao sabor das vagas.” (linhas 4 e 5)
______________________________________________________
______________________________________________________
______________________________________________________

b) Ulisses, agarrado à quilha, subia ou descia ao sabor das vagas.


______________________________________________________
______________________________________________________
______________________________________________________

c) “Calipso ali vivia, contente, enquanto Ulisses chorava a desdita do seu exílio…”
(linhas 12 e 13)
______________________________________________________
______________________________________________________
______________________________________________________

d) “Ulisses (…) riu e chorou de júbilo e não hesitou mais.” (linhas 26 e 27)
______________________________________________________
______________________________________________________
______________________________________________________

A transportar

Página 7 de 14
Transporte
6. Escreve, em cada um dos rectângulos, o nome da função sintáctica desempenhada
pelas palavras ou expressões retiradas do texto.
Transporte
Funções sintácticas
e) Como a tempestade foi violenta, o barco afundou-se.
Calipso (l.1)
______________________________________________________
era uma ninfa (l.1)
uma______________________________________________________
ninfa (l.1)
com______________________________________________________
vários dos seus camaradas (l.2)
em pleno mar (l.3)
f) A ilhanove
durante de Ogígia era encantadora, mas Ulisses não esquecia a sua terra.
dias (l.4)
lindo (l.8)
______________________________________________________
de ouro (l.8)
______________________________________________________
alegremente (l.9)
______________________________________________________
a gruta agasalhadora (l.10)
g) à ninfa (l.15)
Calipso não desobedeceu aos deuses, por isso Ulisses conseguiu partir.
príncipe desgraçado (l.21)
______________________________________________________
______________________________________________________
______________________________________________________

h) Como a tempestade foi violenta, o barco afundou-se.


______________________________________________________
______________________________________________________
______________________________________________________

i) A ilha de Ogígia era encantadora, mas Ulisses não esquecia a sua terra.
______________________________________________________
______________________________________________________
______________________________________________________

j) Calipso não desobedeceu aos deuses, por isso Ulisses conseguiu partir.
______________________________________________________
______________________________________________________
______________________________________________________

8. Completa o quadro registando os nomes dos recursos estilísticos presentes nas


expressões.

Recurso estilístico
Madeiras olorosas… (l.8)
Olmos, choupos e ciprestes (…) sombreavam a gruta… (ls.9 e 10)
… vinhas (…) vestiam as pedras (ls. 10 e 11)
… límpidos prados esmaltados (l.12)

Página 8 de 14
Transporte
6. Escreve, em cada um dos rectângulos, o nome da função sintáctica desempenhada
pelas palavras ou expressões retiradas do texto.

Funções sintácticas
Calipso (l.1) A transportar
era uma ninfa (l.1) Transporte
Texto B:

Página 9 de 14
Transporte
6. Escreve, em cada um dos rectângulos, o nome da função sintáctica desempenhada
pelas palavras ou expressões retiradas do texto.
[…]
Funções sintácticas
Eles não sabem que o sonho
Calipso (l.1) É vinho, é espuma, é fermento,
era uma ninfa (l.1)
Bichinho álacre e sedento,
uma ninfa (l.1) De focinho pontiagudo,
com vários dos Queseus fossa
camaradas
através de tudo
(l.2)
em pleno mar (l.3)Num perpétuo movimento.
durante nove dias […](l.4)
lindo (l.8) António Gedeão – Poesias Completas
de ouro (l.8)
1. Identifica
alegremente o género
(l.9) literário a que pertence o texto transcrito.
_________________________________________________
a gruta agasalhadora (l.10)
_________________________________________________
à ninfa (l.15)
príncipe desgraçado (l.21)

2. No excerto apresentado, o sonho é identificado com elementos concretos: vinho,


7. Divide e classifica as orações presentes nas frases transcritas.
espuma, fermento e bichinho.
a) “Só Ulisses escapou à morte, e (…) errou ao sabor das vagas.” (linhas 4 e 5)
a) Estes elementos concretos estão associados à ideia de:
______________________________________________________
 transformação e movimento.
______________________________________________________
 construção e movimento.
______________________________________________________
 reconstituição e movimento.
b) destruição
Ulisses,
 e movimento.
agarrado à quilha, subia ou descia ao sabor das vagas.
______________________________________________________
3. Esta______________________________________________________
estrofe é constituída por seis _____________, tomando, por isso, a
______________________________________________________
designação de ______________.

c) “Calipso ali vivia, contente, enquanto Ulisses chorava a desdita do seu exílio…”
4. Identifica o esquema rimático que corresponde ao texto.
(linhas 12 e 13)
 aabccb
______________________________________________________
 abbccb
______________________________________________________
 abbcbb
______________________________________________________
 abccbb
d) “Ulisses (…) riu e chorou de júbilo e não hesitou mais.” (linhas 26 e 27)
______________________________________________________
5. Identifica os tipos de rima presentes.
______________________________________________________
 Cruzada e emparelhada
______________________________________________________
 Interpolada e cruzada
 Emparelhada e interpolada
 Alternada e emparelhada
A transportar

Página 10 de 14
Transporte
6. Escreve, em cada um dos rectângulos, o nome da função sintáctica desempenhada
pelas palavras ou expressões retiradas do texto.
Transporte
Texto C:
Funções sintácticas
Calipso (l.1) Os Cinco Sentidos
era(Entram
uma ninfacinco
(l.1)Figuras trazidas pelo Vento. Estas cinco Figuras representam os
CincoumaSentidos: a Vista, o Olfacto, o Tacto, o Paladar e o Ouvido. Pelo aspecto, deve
ninfa (l.1)
ver-se
comlogo o que
vários dosrepresentam.)
seus camaradas (l.2)
Evaem pleno mar (l.3)
(rindo a bom rir) – Lá vêm eles, os lindíssimos mamarrachos!!!
Adãodurante nove(um dias
pouco(l.4)atrapalhado) – Eram estes… os… presentes que aqui
lindo (l.8) deixaste, da outra vez?!
Joãode ouro (l.8)
Ora vivam lá, amigos! Então o que têm feito por aqui?
alegremente
A Vista (l.9) por aí, a ver umas coisas…
Eu andei
a gruta agasalhadora
O Olfacto Eu andei por(l.10)aí, a cheirar umas coisas…
à ninfa (l.15)
O Tacto Eu andei por aí, a tocar umas coisas…
príncipe desgraçado
O Paladar Eu andei por aí, a provar umas coisas…
(l.21)
O Ouvido Eu andei por aí, a ouvir umas coisas…
João O quê?!!! E foi isso que vocês fizeram neste tempo todo?! Então não
7. Divide e classifica as orações presentes nas frases transcritas.
entraram em contacto com estes… extraterrestres?! Descuidaram
a) “Só Ulisses
assimescapou
a vossaàfunção…
morte, ea (…)
vossaerrou ao sabor das vagas.” (linhas 4 e 5)
missão?!!!
______________________________________________________
Maria Alberta Menéres – À Beira do Lago dos Encantos

______________________________________________________
1. Identifica o género literário a que pertence o excerto transcrito.
______________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
b) Ulisses, agarrado à quilha, subia ou descia ao sabor das vagas.
2. A expressão “(rindo a bom rir)” corresponde a uma:
______________________________________________________
 fala de personagem.
______________________________________________________
 fala de narrador.
______________________________________________________
 fala de autor.
 didascália ou indicação cénica.
c) “Calipso ali vivia, contente, enquanto Ulisses chorava a desdita do seu exílio…”
(linhas 12 e 13) “– Lá vêm eles, os lindíssimos mamarrachos!!!” corresponde a uma:
3. A expressão
 ______________________________________________________
fala de personagem.
 ______________________________________________________
fala de narrador.
 ______________________________________________________
fala de autor.
 didascália ou indicação cénica.
d) “Ulisses (…) riu e chorou de júbilo e não hesitou mais.” (linhas 26 e 27)
4. Com base na leitura do excerto, diz se os Cinco Sentidos cumpriram a sua função.
______________________________________________________
Comprova a tua resposta com dados textuais.
______________________________________________________
_______________________________________________________
______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

Página 11 de 14
Transporte
6. Escreve, em cada um dos rectângulos, o nome da função sintáctica desempenhada
pelas palavras ou expressões retiradas do texto.
_______________________________________________________
Funções sintácticas A transportar
_______________________________________________________
Calipso (l.1)

Página 12 de 14
A
transportar

Grupo II

O texto A do Grupo I relata as peripécias de uma viagem ocorrida no mar.


Qualquer viagem, independentemente do meio e das circunstâncias em que se
realize, proporciona sempre a vivência de experiências e emoções.

Redige um texto narrativo em que recordes ou imagines uma viagem.


Constrói a narrativa, desenvolvendo a acção num espaço e num tempo e
descrevendo a personagem ou personagens intervenientes.
Escreve um mínimo de 180 e um máximo de 240 palavras.

Toma atenção às instruções que se seguem.


• Organiza as ideias de forma coerente.
• Revê o texto com cuidado e, se necessário, corrige-o.
• Se fizeres rascunho, copia o texto para a folha de respostas, pois só será
classificado o que estiver escrito nessa folha.

Observações:
1. Para efeitos de contagem, considera-se uma palavra qualquer sequência
delimitada por espaços em branco, mesmo quando esta integre elementos
ligados por hífen (ex.: /di-lo-ei/). Qualquer número conta como uma única
palavra, independentemente dos algarismos que o constituam (ex.: /2008/).
2. Relativamente ao desvio dos limites de extensão indicados – um mínimo de 180 e
um máximo de 240 palavras –, há que atender ao seguinte:
– a um texto com extensão inferior a 60 palavras é atribuída a
classificação de 0 (zero) pontos;
– nos outros casos, um desvio dos limites de extensão requeridos implica
uma desvalorização parcial (até dois pontos) do texto produzido.
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________

A transportar

Página 13 de 11
Transporte

_
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
FIM

TOTAL

Página 14 de 11