Você está na página 1de 2

PRINCÍPIO DE PASCAL 2

PROFº: RENAN MONTEIRO Frente: 03 Aula: 08 ED220507


(PE/EST/CN)

01. PRENSA HIDRAULICA


É um dispositivo largamente utilizado, cuja finalidade Cotidiano
principal é a multiplicação de forças. Os elevadores para
veículos automotores, utilizados em postos de serviço e
oficinas, por exemplo, baseiam-se nos princípios fundamentais
da prensa hidráulica.

Freio a Disco

Ao acionarmos o pedal do freio estamos


exercendo, através do pistão, uma pressão no
fluido existente no cilindro. Essa pressão se
transmite aos pistões existentes no cilindro de
freio da roda, que comprimem as pastilhas contra
o disco de freio ligado à roda.

Figura 1

Em sua versão mais elementar, a prensa hidráulica é um


tubo em U, cujos ramos devem ter áreas da secção transversal
diferentes. Normalmente, esse tubo é preenchido com um
liquido viscoso (em geral, óleo) aprisionado por dois pistões,
conforme indica a figura a seguir:

F1 F2

A2
A1

Ao exercermos uma força F1 no pistão 1, provocamos


um incremento de pressão nos pontos do liquido vizinhos da
base do pistão. Esse incremento, conforme o Teorema de
Pascal é transmitido integralmente aos demais pontos do
liquido. Isto significa que os pontos vizinhos da base do pistão Figura 2
2 também recebem o incremento de pressão e, por isso,
exercem uma força F2 na base desse pistão. Temos, então:

p1 = p2

F1/A1 = F2/A2

Nota:
Embora a prensa hidráulica multiplique forças,
não multiplica trabalho. Desprezando dissipações, os
trabalhos desenvolvidos nos dois ramos têm
módulos iguais.

Fale conosco www.portalimpacto.com.br


EXERCICIOS 04. (Mack – SP) O diagrama da figura mostra o principio do
sistema hidráulico do freio de um automóvel. Quando uma
força de 50N é exercida no pedal, qual a força aplicada pelo
01. (FMB – MG) Os ramos de uma prensa hidráulica têm
êmbolo de 80mm² de área?
diâmetro de 20 cm e 6 cm, respectivamente. Aplicando uma
força de 90 N sobre o embolo menor, o liquido exercerá, sobre
o êmbolo maior, uma força de:

F1 F2

A2
A1

a) 300N
b) 1000N a) 100N
c) 600N b) 200N
d) 1200N c) 300N
d) 400N
e) 810N
e) 500N
02. A figura abaixo representa uma prensa hidráulica. Uma
força de intensidade F1 é exercida do êmbolo de área A1, para
erguer um corpo de peso P sobre o êmbolo maior de área Questões de Vestibulares
10A1. Em relação a F1, qual o valor da intensidade F2 da força
aplicada no êmbolo de área maior?
01. (UFPA) O macaco hidráulico da figura está em equilíbrio.
F1 Os êmbolos formam áreas iguais a 2A e 5A. Qual a intensidade
da força F?
A2 = 10A1
A1
24cm 6cm
7000N

a) F2 = 4.F1
b) F2 = 6.F1 F
c) F2 = 8.F1
d) F2 = 10.F1
e) F2 = 12.F1

a) 400N
03. Por meio do dispositivo da figura, pretende-se elevar um b) 500N
carro de 2000 Kg de massa a uma altura de 3m em relação à c) 700N
sua posição inicial. Para isso, aplica-se sobre o êmbolo 1 a d) 900N
força F1 indicada e o carro sobe muito lentamente, em e) 1000N
movimento uniforme:

02. (UEPA) Considere o arranjo da figura, onde um liquido


está confinado na região delimitada pelos êmbolos A e B, de
áreas A = 80cm² e B = 20cm², respectivamente. O sistema
está em equilíbrio. Despreze os pesos dos êmbolos e os atritos.
Se mA = 4Kg, qual o valor de mB?

As áreas dos êmbolos 1 e 2 valem, respectivamente,


1m² e 10m² e no local, g = 10 m/s². Desprezando a ação da
gravidade sobre os êmbolos e sobre o óleo e também os atritos
e a compressibilidade do óleo, determine:
a) 4Kg
a) a intensidade de F1 b) 16Kg
c) 1Kg
b) o trabalho da força que o dispositivo aplica no carro, bem d) 8Kg
como o trabalho de F1 e) 2Kg

Fale conosco www.portalimpacto.com.br

Você também pode gostar