www.perolanews.com.

br

FARMÁCIA NOSSA SENHORA APARECIDA

Avenida 14 de Março, nº 570 A,
4ª EDIÇÃO LADÁRIO-MS, 20 DE ABRIL DE 2009 R$ 1,00

Centro, Ladário-MS

"Limites territoriais: Ladário x Corumbá"

Desabafo

Vereador Neninho-PMDB

Página 04

MOTO-TÁXI CEAC

3226-1610

Transparência e Cidadania (ADURRA): Na Festival América do Sul terá programação Munir quer audiência pública era dos "SEM" tudo é possível Página 03 gratuita este ano Página 06 para discutir direitos dos Pantanal permanece na série A do Campeo- Navio de Assistência Hospitalar Tenente servidores municipais nato Estadual de MS Página 02 Página 05 Maximiano Editorial: "Fazer vocês podem até fazer, mas Trabalhos apresentados pelos vereadores de não devem" Página 04 Página 02 Ladário (7ª e 8ª sessões)

Vereador Munir-PMDB no plenário da Câmara

Página 07

02

4ª EDIÇÃO LADÁRIO-MS, 20 DE ABRIL - 2009

www.perolanews.com.br Editorial

iz o dito popular que ‘promessa é dívida’. Assim, quando alguém promete algo para uma pessoa, ou uma comunidade, passa a ter o compromisso de cumprir aquilo que foi dito. Na vida é assim. Quando um homem, no altar, promete ser fiel a uma mulher, ele tem que fazer de tudo para honrar o que foi dito. Se por um acaso alguém quebra uma promessa ou compromisso, geram na pessoa prejudicada sentimentos como revolta, indignação, desilusão. No ano passado, em todo o Brasil, políticos que queriam chegar a serem prefeitos, em suas cidades, prometeram e assumiram inúmeros compromissos para ganhar o voto do eleitor, chegando à vitória. Saneamento básico, honestidade no trato da coisa pública, empregos, educação, saúde, vários temas foram abordados durante a campanha. Os então candidatos à prefeitura de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira, e de Ladário, José Antônio Assad e Faria, ambos do PT, não fugiram a regra, e por isso foram eleitos para estarem a frente das Prefeituras, em um mandato de quatro anos. Este na verdade foi o maior compromisso, a primeira promessa que quem disputou uma prefeitura assumiu com seu eleitorado: cumprir totalmente os quatro anos de Governo. Afinal de contas é sabido, e está na lei, que o mandato de um prefeito tem esse período para ser cumprido. Mas informações muito fortes começam a ganhar as discussões no meio político com reflexos entre a população. Ruiter Cunha e José Assad estariam

D

Pode mas não deve
Por: Montero Netto E-mail: pressplanet@gmail.com

pensando em romper o compromisso assumido junto ao eleitor pantaneiro, pois os dois estariam preparando tudo para no ano que vem (2010), disputarem as eleições para deputado estadual e deputado federal. Não se sabe ainda se Ruiter teria pretensões para Campo Grande e Assad para Brasília, ou vive e versa. Nesse quadro, o que mais chama a atenção é que, se tudo se confirmar, Ruiter e Assad estariam jogando pela janela todos os anseios e expectativas que receberam nas urnas de uma população, que estaria sendo “moralmente traída”. Cabe frisar, deixar claro que, ao depositar seu voto na urna, os eleitores de Corumbá e Ladário elegeram os chamados “cabeças de chapa” e não seus vices para comandar os destinos dos dois municípios. Muitos podem estar agora dizendo que legalmente Cunha e Assad tem o direito em tentar uma nova eleição caso queiram. Concordo! Afinal de contas os dois petistas não tiveram seus direitos políticos cassados, não tendo nenhum impeditivo jurídico para podar suas ambições. Mas temos que analisar o

caso com maior profundidade, maior sensatez e análise crítica. Se queriam agir assim, porque na campanha, nos palanques que ocuparam, nos microfones dos veículos de comunicação que tiveram espaço, não esclareceram a população que queriam ser prefeitos por apenas dois anos e não quatro? Porque Ruiter e Zé Antonio não esclareceram que desejavam colocar seus projetos pessoais acima dos projetos comuns? Com certeza, se assim o fizessem, usando a sinceridade como “arma de campanha” e não o “marketing midiático” da propaganda ostensiva, poderiam não ter tido o resultado que tiveram, ao passarem pelo crivo do voto consciente. Bem conjecturas à parte, se o quadro eleitoral se configurar saibam os corumbaenses e ladarenses que, a eleição passada será marcada na história político-administrativa da fronteira oeste do Brasil como aquela em que os eleitores de cada município, de uma só vez, elegeram dois prefeitos para governar em mandatos de dois anos cada, ao invés de quatro como manda a lei que, moralmente, estará sendo subvertida. Aos prefeitos, se é que posso tomar essa liberdade, vai aqui um conselho que meu velho pai, seu Lisardo, me dava quando eu queria fazer algo que não fosse bom: “fazer vocês podem até fazer, mas não devem”, quem avisa amigo é.

Destaque
m audiência com o governador André Puccinelli, o Comandante do 6º Distrito Naval de Ladário, ContraAlmirante, Edlander Santos, informou que Mato Grosso do Sul passou a contar com um navio específico da Marinha para prestar atendimento médico às famílias ribeirinhas do Pantanal. Trata-se do Navio de Assistência Hospitalar Tenente Maximiano (Nash): “Estamos esperando o nível do Rio Paraguai subir para realizarmos o primeiro atendimento às famílias. A missão provavelmente será realizada em maio”, informou o comandante. Durante a audiência, o governador André Puccinelli atendeu o pedido da Marinha, comprometendo-se, por meio da Secretaria Estadual de Saúde, a fornecer os medicamentos que forem necessários para atender às famílias ribeirinhas. A secretária Beatriz Dobaschi participou da reunião para agilizar os procedimentos que forem necessários para dar suporte à assistência hospitalar que será realizada por meio do navio da Marinha. “Tenho muito a agradecer às Forças Armadas. Quando fui prefeito de Campo Grande, a Aeronáutica e o Exército prestaram grande auxílio no combate à dengue. Essa ação da Marinha, somada com nossas ações assistenciais, buscam garantir atendimento àqueles que vivem isolados no Pantanal”, ressaltou o governador. André Puccinelli sugeriu que a Marinha, durante a missão, além das famílias ribeirinhas, dê atenção especial à comunidade indígena dos Guatós. O navio O Navio de Assistência Hospitalar “Tenente Maximiano” é equipado para realizar assistência médico-hospitalar, odontológica

E

Navio de Assistência Hospitalar Tenente Maximiano
Fonte: Notícias.MS

e sanitária às populações ribeirinhas da região do Pantanal do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul, às margens do Rio Paraguai. O NAsH também pode ser utilizado para atender às necessidades de apoio logístico durante os deslocamentos das

tropas e dos navios que realizam operações na faixa de fronteira; contribuir com a patrulha naval; realizar operações de socorro e atividades de defesa civil; auxiliar na implementação e fiscalização do cumprimento de leis e regulamentos em coordenação com outros órgãos do Poder Executivo Federal e Estadual, e ainda, fazer o recebimento e tratamento de baixas em operações ribeirinhas. A incorporação do navio representa um significativo incremento para a Estrutura Nacional de Defesa na região Centro-Oeste. A embarcação conta com centro cirúrgico, enfermaria, sala de esterilização, sala de expurgo, farmácia, laboratório, consultório médico, consultórios odontológicos e compartimento equipado com aparelho de raios-X. O Navio de Assistência Hospitalar "Tenente Maximiano”, leva o nome de um pernambucano natural da cidade de Bom Conselho, que viveu grande parte de sua vida na região do Pantanal, onde prestou serviços relevantes à nação, no período em que serviu a Marinha do Brasil no Distrito Naval de Ladário. Ele ingressou na Marinha do Brasil em 1913, como voluntário, aos 20 anos. Durante a extensa carreira militar, participou das duas Guerras Mundiais, onde demonstrou extrema bravura sob situações limite, o que o levou a ser condecorado com a “Cruz de Campanha”, pela participação na 1ª Guerra, e com a “Medalha de Serviços de Guerra com duas estrelas” pela 2ª Guerra. Esteve também presente na Revolução Constitucionalista de 1932 e na repressão à Intentona Comunista em 1937. O Tenente Maximiano morreu em abril de 2006, aos 113 anos.

EXPEDIENTE
Jornal Pérola do Pantanal News CNPJ: 10.500.362/0001-03 Contato: 67-32263226 E-mail: jornalperola@ibest.com.br Colunistas Financeiro: Douglas Assad Arruda CORECON Nº. D 1030-MS Editor Chefe Responsável: Montero Netto Domingos Salvio de Arruda Glaucia Assad Arruda MTB. Nº 32.814-SP

"O jornal não se responsabiliza por matérias assinadas ou de origens definidas. Os originais, mesmo quando não publicados, ficarão no arquivo do jornal".

www.perolanews.com.br Transparência e Cidadania
Ou vai ou racha!!!!!!
Na era dos “SEM” tudo é possível

4ª EDIÇÃO LADÁRIO-MS, 20 DE ABRIL - 2009

03

00 dias, SEM plano de cargos e salários (os servidores que acreditavam em dias melhores agradecem. E como agradecem!); 100 dias, SEM reunião do conselho do Fundeb (os professores que gostariam de um acompanhamento mais eficaz dos recursos que financiam a Educação, agradecem!); 100 dias, SEM saber como anda a Comissão de Valorização do Magistério (O professor que tem como data base 1º de maio, para rever o plano de cargos e salários, agradece!); 100 dias, SEM o vale-transporte (o servidor, que tira de seu suado e minguado salário para custear despesas com transporte coletivo, de sua residência para o trabalho e vice versa, agradece pela falta de um decreto regulamentador); 100 dias, ADURRA SEM limpeza pública eficaz (a comunidade que está vendo, mato, mato, mato e mais mato, agradece pelas ruas que estão virando caminhos). Agora viver “SEM”, dá tristeza e gera depressão. Mas, viver “COM”, sem ser seu, tem que usar da equidade. Isso mesmo, equidade. “Papagaio come milho e periquito leva a fama”. Agora, fazer cortesia com o boné alheio, lançando obras de outros administradores, é querer tapar o sol com a peneira. Como diz meu compadre: "O céu não é tão perto assim, pra chegar até lá tem que remar e remar muito”.

1

ara Corumbá, isso mesmo leia Corumbááááááááááá! “Oh! may good”, tragam esses bons fluídos e ventos pra cá, que inveja, oh! Que inveja... A prefeitura de Corumbá “dobrou” o piso nacional do magistério ao reajustar o salário do professor para R$ 1.000,00 (mil reais), por 20 horas aulas mês. O anúncio do reajuste foi feito pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT). O valor ainda não inclui adicional, como a regência de classe, um percentual a que tem direito o professor que efetivamente leciona. Dá-lhe Ruiter, dá-lhe Ruiter, olê, olê, olá... Prefeitão porreta, que olha para o professor e diz: “você, meu amigo de fé, meu irmão camarada...” Parabéns Ruiter, nota dez, pela sua demonstração de amor, valorizando o trabalho do professor, aquele que educa gerações. Se todos os prefeitos fossem assim né!

P

R$ 1 Mil de piso para o professor com 20 h/aulas

Coluna Pastor Iranil

astou o Perolanews estampar a situação da malha viária de Ladário, determinaram o início do recapeamento (o famoso tapa-buracos com todos os ingredientes, etc..) pelas ruas da cidade. Esperamos que todas as vias, que necessitam desse tipo de serviço, venham a ser atendidas. Desta forma, os condutores de veículos agradecem.

B

Dito e feito

ecebemos reclamações de munícipes que nos procuraram para mostrar as saliências (desnivelamentos) que existem nos paralelepípedos, situados nas calçadas da avenida 14 de Março, que foram ocasionados pelas raízes das árvores. Os munícipes ainda comentaram que, uma senhora caiu e outras tropeçaram nesse desnível. Fica aqui nosso alerta e lembrete.

R

Reclamações

Corumbá e Ladário

Câmara de Ladário aprovou em sessão ordinária um Projeto de Lei de autoria do vereador Pastor Iranil (PSDB), que dá mais transparência ao legislativo. A iniciativa moderna, corajosa, e acima de tudo moralizadora, determina que o voto dos parlamentares, em caso de veto, que antes da aprovação desse projeto era secreto passa a ser aberto. Diante dessa atitude, damos nossos parabéns a Câmara Municipal de Ladário, pela posição corajosa da 14ª Legislatura colocando uma nova roupagem no poder legislativo ladarense. A partir de agora à forma transparente de agir dos parlamentares é lei.

A O E

Agora é Lei

3231-5859

Disk - Entrega

Em nome do consenso

deputado estadual Júnior Mochi (PSDB), autor do polêmico projeto que altera o rateio do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) aos 78 municípios sul-mato-grossenses, deverá abrir mão do Fator de Reequilíbrio Social (FRES) em nome do consenso em torno da proposta. A questão é o principal impasse relacionado à idéia, pois tira recursos de municípios mais aquinhoados para ajudar os pobres. No lugar do FRES, Mochi está articulando com os deputados Youssif Domingos (PMDB) e Paulo Duarte (PT) uma nova proposta, que ampliaria o número de municípios beneficiados de 52 para 64. Em contrapartida, o recurso distribuído seria inferior. Ladário, por exemplo, com o Fres aumentaria a receita de ICMS em torno de 38%, assim passaria a receber 20% a mais.

KORICHÃO
MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
Rua Riachuelo, nº 1.302, bairro Boa Esperança, Ladário-MS

FONE/FAX 3226-1798

odos nós gostamos de ser respeitados, mas nem sempre estamos dispostos a respeitar o outro, a falta de respeito tem sido constada no dia a dia da nossa sociedade; são filhos que não respeitam os pais; alunos que não respeitam professores; homens e mulheres que não se respeitam; a lista é infindável. Muitos estão vivendo no contrasenso, querendo respeito sem respeitar. Temos o direito de discordar, mas não de ofender o nosso semelhante. A tendência natural de todo ser humano é exigir respeito, mas Cristo nos ensina que devemos tratar os outros da mesma maneira que desejamos ser tratados; até os nossos inimigos devem ser alvo do nosso amor e respeito, quanto mais àqueles que vivem ao nosso lado. Caro leitor não se deixe enganar “tudo o que o homem semear, isto também ceifará”, que o respeito seja uma semente preciosa em nossa mente e em nosso coração para que possamos espalhá-la no âmbito de nossos relacionamentos e ensinar a nossa geração o valor desta atitude.

T

RESPEITO

Exemplo digno?

www.perolanews.com.br

u ví e não é boato. Alguns trabalhadores a serviço da Prefeitura Municipal de Ladário, mais ou menos dez dias atrás, estavam fazendo a coleta de lixo com uma bandeja de isopor retirando os detritos com as mãos limpas. O pior é que esse serviço insalubre estava sendo feito em plena avenida 14 de Março. Porém, muitos cidadões que assistiam a essa triste e lamentável cena pediram para que eu atentasse para tal absurdo. Ééééééé. Depois falam que estamos de marcação. Olha, vamos dar materiais de segurança e equipamentos aos trabalhadores, pois tenho a absoluta certeza que a CIPA irá agradecer.

www.perolanews.com.br

www.perolanews.com.br

04

4ª EDIÇÃO LADÁRIO-MS, 20 DE ABRIL - 2009

www.perolanews.com.br Vereadores
Fonte: JPPNews Fonte: JPPNews

presentou parecer da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, quanto ao Projeto de Decreto Legislativo nº 002, de 24 de março de 2009, que dispõe sobre a concessão de Título de Cidadania Ladarense e dá outras providências, qual vota pela sua aprovação a vereadora Mirian de Oliveira, Relatora da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final.
Fonte: JPPNews

A

VEREADORA MIRIAN-PR

presentou Indicação nº 028/2009 pedindo que fosse encaminhado expediente ao Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal, José Antonio Assad e Faria, com cópia para o Ilustríssimo Senhor Jorge José Pinto de Castro, Secretário de Obras, solicitando a viabilidade de troca de lâmpadas e manutenção na instalação elétrica dos postes da ladeira que decorre a Rua Conde de Azambuja, dando acesso ao porto geral e a Rua do Porto denominada “Izadir Gonçalves Maciel”.

A

VEREADOR NENINHO-PMDB

a sessão ordinária da última terça-feira (14) em Ladário, o vereador Neninho (PMDB), demonstrou através de seu pronunciamento um grande descontentamento com a situação em que se encontram o processo que trata da questão dos limites territoriais de Ladário. O parlamentar alegou que no último dia 13, data em que ocorreu a solenidade de 100 dias da Administração petista Ladarense, seria um momento magnífico para discutir essa pendenga que, passa ano sai ano, não acaba chegando a um consenso, até a fazer “aniversário”. Segundo Neninho, com a presença das diversas e ilustres autoridades – de nível estadual e federal – que compareceram a “festa política”, a questão poderia ter sido tratada como merece, com a definição positiva para a reivindicação do cidadão ladarense que quer o que é seu de volta. “Esse era o momento ideal para o prefeito de Corumbá, que diz ser amigo do povo ladarense, devolver para nós o que é nosso (limites), pois com certeza estariamos aumentando as nossas receitas e para Ladário seria muito bom”, afirma Neninho. Descontentamento Vale ressaltar o descontentamento da população nessa história que vê, de forma desconfiada, que a conversa hoje é outra. Durante a campanha eleitoral de 2008, o prefeito reeleito de Corumbá Ruiter Cunha de Oliveira do PT, deu a entender que teria, com a eleição de seu ex-empregado, o atual prefeito de Ladário, o petista José Antonio Assad e Faria, uma postura mais maleável sobre os limites. Entretanto, Ruiter Cunha, que sempre foi contra a revisão dos limites entre Corumbá e Ladário parece continuar a manter a posição contraria. Já Assad parece não querer jamais entrar em conflito com seu “padrinho-criador”. Vale lembrar que, se quiserem, os dois alcaides podem tirar a questão da justiça, assinando um acordo bi-lateral, onde resolveriam a questão de vez. Resta saber se eles querem.
Fonte: JPPNews

N

"Limites territoriais: Ladário x Corumbá"

Desabafo

Edital
SINDICATO DOS TAXISTAS E MOTORISTAS PROFISSIONAIS DA CIDADE DE LADÁRIO CONVOCAÇÃO Ficam convocados todos os interessados e Associados do SINDICATO DOS TAXISTAS E MOTORISTAS PROFISSIONAIS DA CIDADE DE LADÁRIO, para Assembleia Extraordinária, a realizar-se no dia 21 de abril às 13h30min, nesta cidade de Ladário-MS, no seguinte endereço: Rua Julio Miller nº 90.

presentou Projeto de Lei nº05/2009, que Institui a Semana da Consciência Negra no município de Ladário e da outras providências e o Projeto de Decreto nº 003/09, que dispõe sobre a concessão de Título de Cidadania Ladarense ao Major QOPM Waldir Ribeiro Acosta, Chefe do Quartel da 2º Cia do 15º BPMA em Corumbá. Apresentou requerimento pedindo ao Poder Executivo que encaminhe a essa casa de leis o relatório dos meses de janeiro à abril, como determina a Lei Orgânica e que encaminhe o relatório das viagens dos servidores a serviço do município após o seu regresso dentro de 72 horas à Câmara.

A

VEREADOR MUNIR-PMDB

Em pauta o seguinte assunto: Aprovação do Estatuto, Eleição e Posse da Diretoria definitiva para o Biênio 2009/2010. Ladário-MS, 28 de março de 2009 Waldemir Alves da Silva Presidente Interino

www.perolanews.com.br Esporte

4ª EDIÇÃO LADÁRIO-MS, 20 DE ABRIL - 2009

05

Pantanal permanece na série A Ministro afirma que a Capital tem do Campeonato Estadual de MS boas chances de sediar a Copa 2014
Fonte: Notícias.MS Fonte: JPPNews

Pantanal Futebol Clube conseguiu a sua permanência na série A do Campeonato Estadual de Futebol Profissional de MS ao vencer de forma espetacular o Comercial, equipe de Campo Grande, pelo placar de 4 x 1 na tarde de quarta-feira (15) no Estádio Vicente Fortunato (Vicentão) em Ladário. “Foi muito emocionante o jogo, pois precisávamos da vitória para dar andamento em nosso projeto para os próximos anos, pois temos uma boa equipe”, disse Luciano Jara, integrante da diretoria do Pantanal. Os gols do time ladarense foram marcados por Edê, Luís Cláudio, Juninho e Rodrigo.

O

ministro de Turismo, Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho, afirmou que Campo Grande tem boas chances de ser escolhida como uma das 12 sedes da Copa do Mundo 2014. A afirmação foi feita durante coletiva com a imprensa, que aconteceu no Aeroporto Internacional, em solenidade que marcou o lançamento do 6º Festival América do Sul e lançamento oficial do vôo em escala comercial da Trip. A linha aérea Campo Grande/Bonito foi viabilizada por intermédio do governador André Puccinelli e do prefeito Nelson Trad Filho. “Estou numa grande expectativa com o dia 30 de maio, quando a Fifa vai escolher as 12 cidades. Tenho certeza que Campo Grande tem boas chances”, afirmou. Em Bonito, o governador André Puccinelli, também fez questão de falar sobre Copa do Mundo. “Hoje sabemos que Deus é pantaneiro. Como 70% do Pantanal é em Mato Grosso do Sul, a copa do mundo será aqui”, afirmou o governador, em seu discurso, no aeroporto do município. O ministro também comentou sobre os principais atrativos do Brasil com relação a Copa do Mundo. “Como ministro, torço para as 17 cidades. Será uma bela disputa. Quem ganha com isso é o Brasil, é o mundo, que terá condições de conhecer regiões tão diferentes como o Nordeste, Pantanal, Amazônia, o sul do País, o Rio de Janeiro”, ressaltou. No caso de Mato Grosso do Sul, o ministro do Turismo ressaltou que o Estado conta com 60 % do Pantanal, com vários pólos turísticos e com Bonito. “Bonito é o principal portão de entrada do ecoturismo do Brasil e é uma referência internacional. “Esse vôo que estamos inaugurando vai potencializar tudo isso. Além disso, essa estrutura permite ao município contar com um grande centro de eventos”, finalizou.

O

HISTÓRIA DA COPA
Copa do Mundo é o segundo maior evento esportivo do mundo, ficando atrás apenas das Olimpíadas de Verão. Realizada a cada quatro anos, o evento será realizado no Brasil em 2014, com a participação de 32 nações. A competição esportiva é o evento mais assistido em todo o mundo, ultrapassando até mesmo os Jogos Olímpicos. A audiência da Copa de 2002, segundo a FIFA, foi estimada em 2,8 bilhões de telespectadores, sendo que 1,1 bilhões assistiram a partida final. Somente o sorteio que decidiu as chaves de cada seleção foi vista por mais de 300 milhões de pessoas. De todas as seleções do mundo, 207 já competiram por uma vaga na Copa do Mundo. Já se classificaram pelo menos uma vez, 78. Dessas, somente 11 chegaram a uma final e 7 venceram. Como se vê, é um evento em que tradição tem grande importância. O Brasil é o maior vencedor de Copas, ganhando as edições de 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. Neste ano, com o penta, uma inédita vantagem de dois títulos em relação aos “segundos colocados“ na lista dos maiores campeões mundiais. Em 2006, com a vitória italiana a diferença voltou a ser de uma com a conquista azzura.

A

06

4ª EDIÇÃO LADÁRIO-MS, 20 DE ABRIL - 2009

www.perolanews.com.br Corumbá Estado

Festival América do Sul terá programação gratuita este ano
oferece uma programação bastante diversificada onde destacase a cantora Mercedes Sosa, mais as expressões culturais de nove países que participarão do festival. Corumbá vai viver momentos inesquecíveis”, afirmou o presidente da FCMS Américo Calheiros. Nilde Brun, diretora-presidente da Fundtur e presidente do Fórum Nacional de Dirigentes e Secretários Estaduais de Turismo (Fornatur), afirmou que, além de movimentar a cena cultural do município sede e do Estado, o objetivo do festival é injetar a economia local, para que a população seja beneficiada. “Contamos com o apoio da população para aproveitar este evento maravilhoso e ajudar a divulgar nossas potencialidades para toda a América do Sul, convidando parentes e amigos de outros Estados e países e virem para o Festival”, disse ela. O ministro do Turismo, Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho, ressaltou em discurso a importância da realização do evento e da participação popular no Festival: “É um estado que tem grande importância devido a sua posição privilegiada, com fronteira com o Paraguai e a Bolívia, com divisa com quatro estados, com mais de 60% do pantanal em seu território; uma região rica em belezas naturais, com grande oportunidade de se tornar um grande centro econômico com matriz econômica no turismo, além da agropecuária. Parabéns ao prefeito de Corumbá, ao governador, à bancada federal, ao trade turístico e aproveito a ocasião para convidar a todos a estarmos lá em Corumbá, de 29 de abril a 03 de maio, na 6ª edição do Festival América do Sul.” Programação As atrações musicais nacionais e internacionais são Elza Soares (29 de abril), Zeca Baleiro (30 de abril), Mercedes Sosa (1º de maio), Paralamas do Sucesso (2 de maio), Luiz Melodia (3 de maio), La Secreta (Paraguai), Pedro La Colina (Chile), Wayramanta (Peru) e Orquestra Típica de Tango “De Puro Guapos” (Argentina). As atrações musicais locais ficam por conta de Mandioca Loca, Facas Voadoras, Banda Grass, Tostão e Guarany, Erick e Roger Batista e Benites.As atrações de dança, teatro e circo serão apresentadas pelo grupo de dança folclórica Caporales (Bolívia), Grupo Tá na Rua, Cia Ânima de Teatro e Performance (RJ), Duo Ângelo Madureira e Catarina (SP), Solo Paula Águas (RJ) mais os artistas de rua independentes. Entre as atrações locais estão Grupo Teatral Flor e Espinho, Associação Cultural Fulano Di Tal, Cia das Artes, Cia Dançurbana e CTG Chama Crioula.
Fonte: Notícias.MS

cidade de Corumbá sedia, de 29 de abril a 03 de maio, a 6ª edição do Festival América do Sul. A cidade foi escolhida por sua posição estratégica privilegiada, como ponto de integração da América do Sul. O lançamento do evento aconteceu no dia 03 passado, em solenidade realizada no Aeroporto Internacional de Campo Grande, antes do voo inaugural Campo Grande / Bonito, que contou com a presença do governador André Puccinelli e do ministro do Turismo, Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho. Nas cinco primeiras edições, de 2004 a 2008, foram registrados cerca de 600 mil espectadores, entre artistas, intelectuais, pensadores, autoridades governamentais, turistas, estudantes e a comunidade dos municípios de Corumbá e Ladário, em Mato Grosso do Sul e Puerto Quijarro e Puerto Suarez, na Bolívia. “Nessa edição teremos várias mudanças: em relação à infra-estrutura e ao espaço, teremos uma nova concepção. A grande tenda no Porto Geral de Corumbá deixa de acontecer e nos vamos concentrar a maioria das atividades na praça Generoso Ponce, com dois grandes palcos: palco das Américas e palco Brasil, no mesmo perímetro. Ali também teremos o Pavilhão de Artesanato e a utilização, no porto, do Moinho Cultural e também da Casa Vasquez, para a realização de atividades de teatro e dança. Portanto é uma nova roupagem do festival”, explanou Américo Calheiros. Outra boa notícia para a população é a gratuidade do evento: “Com o cancelamento da grande tenda, teremos todas as atividades gratuitas para a população, isso sem duvida fará com que haja uma afluência maior de pessoas”, explicou Américo Calheiros. O Festival América do Sul é um grande painel das expressões artísticas e culturais, que se fazem presente por meio da música, cinema, literatura e artesanato. “Essa edição

A

www.perolanews.com.br

Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), criou o Comitê Estadual de Controle da Dengue que, tem como um dos principais objetivos, promover maior integração entre a vigilância de epidemiologia e controle de vetores e criar parcerias com outras secretarias como educação e obras. Formado por integrantes dos conselhos estaduais e municipais de saúde, usuários e gestores governamentais, o Comitê também deve intermediar ações de prevenção a doença e combate ao vetor, bem como, trazer soluções pontuais em casos de epidemia. A entidade criada hoje obedece as normas do Programa Nacional de Combate a Dengue. Dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) revelam que, este ano, foram notificados 4.463 casos de dengue no Estado. Desse total 487 foram confirmados e 2.785 aguardam resultado dos exames. Para o diretor de vigilância em saúde da SES, Eugênio de Barros, as ações efetivas de combate a dengue devem ser feitas logo depois da notificação. “Não podemos esperar os resultados dos exames laboratoriais, problemas de saúde pública devem ser combatidos com urgência, senão a situação se agrava cada vez mais,” enfatizou. Corumbá é a cidade com maior número de notificações, com registro de 3.197 casos suspeitos de dengue, alta incidência causada em parte por ter fronteira seca com a Bolívia que teve uma epidemia com, aproximadamente, dez mil casos de dengue. O trabalho na região foi diferenciado e contou com a ajuda do governo sul-mato-grossense ao país vizinho. Além das ações efetivas no município, o governo também doou inseticida e larvicida para a Bolívia, empréstimo de equipamento para borrifação e bloqueio das áreas mais infestadas pelo vetor. Segundo o coordenador estadual de controle de vetores, para reverter os índices registrados em todo o Mato Grosso do Sul, a Secretaria também, disponibilizou equipamentos de borrifação para os municípios mais afetados pelo mosquito Aedes Aegypt, definiu visitas domiciliares com controle mecânico e químico para combate ao vetor, realizou mutirão de limpeza nos bairros e campanhas educativas para conscientizar a população.O Comitê Estadual de Controle da Dengue deve realizar reuniões mensais para monitorar as ações permanentes de combate a doença e ao vetor.

O

SES cria Comitê Estadual de Controle da Dengue

CASA DE CARNE
LADARENSE
Rua Conde de Azambuja, nº 226, Centro, Ladário-MS
Fone

"O Kasarão"
Marmita e Marmitex (de segunda a sábado)

KUXIXO
Av. 14 de Março, nº 491, Centro, Ladário-MS

Calçadão Lanches

Fone: 3226-1663

3226-2245

3226-1081

Telefone

3226-3175
Rua D. Pedro II, Centro, Ladário-MS

DISK ENTREGA

www.perolanews.com.br Ladário

4ª EDIÇÃO LADÁRIO-MS, 20 DE ABRIL - 2009

07

Munir quer audiência pública para discutir direitos dos servidores municipais
Fonte: JPPNews

vereador e líder da bancada do PMDB, Munir Sadeq Ramunieh, em sessão ordinária realizada no último dia 14 (terça-feira), apresentou na palavra livre, sugestão para a Câmara de Ladário promover uma audiência pública. O objetivo do evento é discutir os direitos e deveres dos servidores públicos municipais. Em entrevista ao JPPNEWS, o vereador esclareceu que existe hoje em Ladário um grande número de servidores que reclamam que seus direitos não estão sendo respeitados. “Surge aí à necessidade de elucidarmos essa situação junto aos órgãos competentes, como o Ministério Público e o Ministério do Trabalho, para fazermos um trabalho de conscientização e amadurecimento de quem realmente tem direito”, disse Munir. O parlamentar garantiu ainda que não pode admitir que em 2009, ainda existam trabalhadores que não recebem o vale-transporte para o deslocamento de sua residência ao local de trabalho e vice versa. Também, disse o edil que é inadimissível ver trabalhadores sem materiais de segurança individual, catando lixo com a mão, colocando em risco a sua própria segurança. Ação efetiva Munir protocolou na Câmara um Projeto de Lei que regulamenta o artigo 98 da Lei nº 508 de 1991, com a finalidade de dar os parâmetros para regular de vez o direito do valetransporte para os servidores municipais. Durante sua tramitação a matéria foi considerada incostitucional, quanto ao direito de iniciativa, já que a proposta aumentaria a despesa do poder executivo. Assim, o projeto foi rejeitado pela soberania do plenário da 14ª legislatura. Agora o vereador do PMDB está procurando meios para conseguir esse direito para os servidores ladarense, propondo ainda ir mais além, definindo coisas concretas sobre os direitos e deveres dos mesmos. A audiência pública deverá acontecer daqui a 40 dias, e será objeto de ampla divulgação nos veículos de comunicação da região e do Estado.

O

Entretenimento

O novo Secretário de...

SALÃO DA JANETI
Rua Riachuelo, nº 1.101, bairro Boa Esperança, Ladário-MS

Fone: 3226-3473

Rua D. Pedro II, nº 319, Centro (entre a rua Tamandaré e avenida 14 de Março), Ladário-MS

BORRACHARIA DOM BINHO 8115-5227 DISK SOCORRO 3226-2908

Recheios: * Queijo; * Queijo c/ Presunto; * Queijo c/ Banana; * Queijo c/ Goiabada; * Frango; * Palmito; e * Chocolate.

Krep's Suiço
Atendemos Festas e Eventos
Tel. 3226-4018 Cel. 9266-8736

08

4ª EDIÇÃO LADÁRIO-MS, 20 DE ABRIL - 2009

www.perolanews.com.br

EXAMES
A melhor casa de show DE LADÁRIO E CORUMBÁ. Todos os domingos a partir das 22 horas, pagode AO VIVO e DJ. você não pode perder, venha conferir!
RADIOlógICOS (RAIOS-X); UlTRASSOM; PATOlOgIA ClíNICA (lAbORATóRIO); RADIOgRAfIA; ODONTOlógICA; DOCUMENTAÇÃO ORTODôNTICA.

Rua XV de Novembro, nº 889, Centro, Corumbá-MS, Telefone (67) 3231-7033

LADÁRIO TEM PORTO ALFANDEGADO!

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful