Você está na página 1de 7

CURSO EaD - Turma 05/07 a 30/07/2021

NORMA ABNT NBR


BRASILEIRA 15158

Segunda edição
06.04.2016

Limpeza de superfícies de aço por produtos


químicos
Steel surface cleaning by chemical products
Exemplar para uso exclusivo - ASSOCIACAO BRASILEIRA DE CORROSAO - ABRACO - 33.988.536/0001-16

ICS 25.220.10 ISBN 978-85-07-06140-3

Número de referência
ABNT NBR 15158:2016
3 páginas

© ABNT 2016
Impresso por: GUSTAVO CRISTANTE IZAR
CURSO EaD - Turma 05/07 a 30/07/2021

ABNT NBR 15158:2016


Exemplar para uso exclusivo - ASSOCIACAO BRASILEIRA DE CORROSAO - ABRACO - 33.988.536/0001-16

© ABNT 2016
Todos os direitos reservados. A menos que especificado de outro modo, nenhuma parte desta publicação pode ser
reproduzida ou utilizada por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia e microfilme, sem permissão por
escrito da ABNT.

ABNT
Av.Treze de Maio, 13 - 28º andar
20031-901 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: + 55 21 3974-2300
Fax: + 55 21 3974-2346
abnt@abnt.org.br
www.abnt.org.br

ii © ABNT 2016 - Todos os direitos reservados


Impresso por: GUSTAVO CRISTANTE IZAR
CURSO EaD - Turma 05/07 a 30/07/2021

ABNT NBR 15158:2016

Sumário Página

Prefácio................................................................................................................................................iv
1 Escopo.................................................................................................................................1
2 Requisitos gerais................................................................................................................1
3 Requisitos específicos.......................................................................................................1
4 Precauções de segurança..................................................................................................2
5 Inspeção...............................................................................................................................2
Bibliografia............................................................................................................................................3
Exemplar para uso exclusivo - ASSOCIACAO BRASILEIRA DE CORROSAO - ABRACO - 33.988.536/0001-16

© ABNT 2016 - Todos os direitos reservados iii


Impresso por: GUSTAVO CRISTANTE IZAR
CURSO EaD - Turma 05/07 a 30/07/2021

ABNT NBR 15158:2016

Prefácio

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o Foro Nacional de Normalização.


As Normas Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB),
dos Organismos de Normalização Setorial (ABNT/ONS) e das Comissões de Estudo Especiais
(ABNT/CEE), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas pelas partes interessadas
no tema objeto da normalização.

Os Documentos Técnicos ABNT são elaborados conforme as regras da Diretiva ABNT, Parte 2.

A ABNT chama a atenção para que, apesar de ter sido solicitada manifestação sobre eventuais
direitos de patentes durante a Consulta Nacional, estes podem ocorrer e devem ser comunicados
à ABNT a qualquer momento (Lei nº 9.279, de 14 de maio de 1996).

Ressalta-se que Normas Brasileiras podem ser objeto de citação em Regulamentos Técnicos.
Nestes casos, os Órgãos responsáveis pelos Regulamentos Técnicos podem determinar outras datas
para exigência dos requisitos desta Norma.

A ABNT NBR 15158 foi elaborada no Comitê Brasileiro de Corrosão (ABNT/CB-043), pela Comissão
Exemplar para uso exclusivo - ASSOCIACAO BRASILEIRA DE CORROSAO - ABRACO - 33.988.536/0001-16

de Estudo de Pintura Industrial (CE-043:000.002). O Projeto circulou em Consulta Nacional conforme


Edital nº 12, de 07.12.2015 a 04.02.2016.

Esta segunda edição cancela e substitui a edição anterior (ABNT NBR 15158:2004), a qual foi tecni-
camente revisada.

O Escopo em inglês desta Norma Brasileira é o seguinte:

Scope
This Standard establishes the procedure for carbon steel surface cleaning, painted or not, by means
of chemical products such as solvents, degreasers, detergents, water or other materials and methods
by physical and chemical action before the application of paint or removing of mill scale, rust or old
paint.

This Standard only applies to work beginning on the date of this publication.

iv © ABNT 2016 - Todos os direitos reservados


Impresso por: GUSTAVO CRISTANTE IZAR
CURSO EaD - Turma 05/07 a 30/07/2021

NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 15158:2016

Limpeza de superfícies de aço por produtos químicos

1 Escopo
1.1 Esta Norma estabelece o procedimento para a limpeza de superfícies de aço-carbono, pintadas
ou não, por meio de produtos químicos, como solventes, desengraxantes, detergentes, água ou outros
materiais e métodos por ação físico-química, antes da aplicação de tinta ou da remoção de carepa
de laminação, de ferrugem ou de tinta antiga.

1.2 Esta Norma somente se aplica a trabalhos iniciados a partir da data de sua publicação.

2 Requisitos gerais
2.1 A limpeza tem como finalidade a remoção de óleos, graxas, sais e outros contaminantes da
superfície. Caso seja observada na superfície do aço carbono, pintada ou não, a presença de terra,
salpicos de cimento, corrosão estratificada e outros contaminantes sólidos que possam interferir na
limpeza, estes devem ser previamente removidos.
Exemplar para uso exclusivo - ASSOCIACAO BRASILEIRA DE CORROSAO - ABRACO - 33.988.536/0001-16

2.2 A limpeza deve ser feita antes da execução dos tratamentos de superfícies que removam
ferrugem, carepa de laminação ou camada de tinta antiga aderente e antes da aplicação de qualquer
tinta.

2.3 Qualquer que seja o método usado para limpeza, não pode ser deixado nenhum resíduo sobre
a superfície.

3 Requisitos específicos
3.1 A limpeza com produtos químicos deve consistir na ordem de operações apresentadas em 3.1.1
e 3.1.2.

3.1.1 Remover o óleo ou graxa pelo emprego de um dos seguintes métodos:

 a) para contaminações pequenas e localizadas:

—— friccionar a superfície com panos limpos e embebidos com solventes;

—— a limpeza final deve ser feita com solvente e panos brancos e limpos;

 b) para contaminações generalizadas ou em grandes áreas:

—— utilizar, preferencialmente, desengraxantes ou detergentes biodegradáveis adequados,


e posterior lavagem com água doce limpa, em volume suficiente para remoção dos
contaminantes.

3.1.2 Para remoção de sais solúveis, deve ser utilizada água doce, limpa, preferencialmente pres-
surizada e em abundância.

3.2 Se forem usados removedores de tinta que tenham ação química, todos os resíduos devem
ser eliminados pelo emprego de produtos químicos apropriados e, em seguida, a superfície deve ser
lavada com água doce e limpa em abundância.

© ABNT 2016 - Todos os direitos reservados 1


Impresso por: GUSTAVO CRISTANTE IZAR
CURSO EaD - Turma 05/07 a 30/07/2021

ABNT NBR 15158:2016

3.3 Deve ser observado o menor intervalo de tempo possível entre a limpeza inicial e a execução
da etapa seguinte (aplicação de demão de tinta, preparo de superfície), de modo a evitar nova contami-
nação. Caso ocorra alguma contaminação, o procedimento de limpeza inicial deve ser repetido.

3.4 É importante que, após a limpeza com produtos alcalinos, como, por exemplo, detergentes
ou desengraxantes, não permaneça qualquer resíduo sobre a superfície. A condição de pH da super-
fície deve ser avaliada por meio de indicador universal. O resultado deve ser igual ao pH da água de
lavagem usada.

4 Precauções de segurança
4.1 Devem ser observadas as precauções de segurança, especialmente aquelas constantes em
procedimentos, regulamentos e fichas de segurança sobre produtos químicos. Deve-se providenciar
exaustão adequada, proibir o uso de fumo, evitar eletricidade estática, usar máscara (risco de vapores
orgânicos ou ar mandado) e proteger os olhos e a pele.

4.2 O uso de solventes orgânicos para limpeza deve ser restrito, de forma a reduzir os riscos de
agressão ao meio ambiente, optando-se de preferência pela utilização de detergentes biodegradáveis.
Exemplar para uso exclusivo - ASSOCIACAO BRASILEIRA DE CORROSAO - ABRACO - 33.988.536/0001-16

4.3 Devem ser observadas as normas de segurança e os procedimentos específicos recomendados


para o manuseio e o armazenamento de produtos químicos perigosos. No caso de agentes de limpeza
alcalinos ou ácidos, devem ser tomadas precauções para evitar o contato com certas soluções,
que podem causar sérias queimaduras. Deve-se dar especial proteção aos olhos dos trabalhadores,
exigindo-se o uso de óculos de segurança ou anteparos. Se houver necessidade de operações
manuais que obriguem o contato com as soluções, os trabalhadores devem usar luvas de borracha.
No caso do emprego de agentes de limpeza alcalinos por meio de pulverização, devem ser usadas
máscaras (riscos de vapores orgânicos ou ar mandado).

4.4 Em áreas confinadas é difícil a remoção de resíduos de desengraxantes e detergentes.


Neste caso, deve ser providenciada uma drenagem adequada para o escoamento total destes resí-
duos juntamente com a água de lavagem.

4.5 As avaliações quantitativas de exposição dos trabalhadores envolvidos nas operações de limpeza
por produtos químicos não podem exceder os limites previstos na NR-15 da Portaria do Ministério
do Trabalho e Emprego, Decreto nº 3214. Para isto, deve ser monitorado o limite máximo de concen-
tração de solvente permissível para respiração (toxidez), bem como o índice de explosividade deter-
minado pelo órgão local de segurança.

5 Inspeção
Todo trabalho executado de acordo com esta Norma deve ser submetido à inspeção por parte do
usuário ou seu representante, com a finalidade de se detectarem vestígios de algum contaminante,
após efetuada a limpeza por solventes.

2 © ABNT 2016 - Todos os direitos reservados


Impresso por: GUSTAVO CRISTANTE IZAR
CURSO EaD - Turma 05/07 a 30/07/2021

ABNT NBR 15158:2016

Bibliografia

[1]  NR-15, Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho – Portaria nº 3214


Exemplar para uso exclusivo - ASSOCIACAO BRASILEIRA DE CORROSAO - ABRACO - 33.988.536/0001-16

© ABNT 2016 - Todos os direitos reservados 3


Impresso por: GUSTAVO CRISTANTE IZAR

Você também pode gostar