Você está na página 1de 15

1

Missiologia

Porque Fazer Missões?

1. PORQUE É UMA ORDEM EXPRESSA DO SENHOR JESUS


Mateus 28.18-20; Marcos 16.15-16; Lucas 24.46,47; João 20.19-21

2. PORQUE É A PRÓPRIA RAZÃO DE SER DA IGREJA


Mateus 16.18

3. PORQUE É O RESULTADO IMEDIATO DA AÇÃO DO ESPÍRITO SANTO


Atos 1.8

4. PORQUE É UM PRIVILÉGIO.
1 Pedro 1.12

5. PORQUE DEVEMOS SEGUIR BONS EXEMPLOS.


a) De Jesus - João 4.31-35;
b) De Paulo - Atos 17.6 e
c) Dos demais crentes primitivos - 1 Tessalonicenses 1.2-8.

6. PORQUE DEVE HAVER EM NOSSO CORAÇÃO O MESMO AMOR QUE HÁ NO CORAÇÃO DE DEUS
João 3.16; Judas 23

7. PORQUE DEVEMOS SER SENSÍVEIS E SUBMISSOS À VONTADE DE DEUS PARA CONOSCO


Efésios 5.17; Romanos 12.1-2
a) A história das Assembléias de Deus e das demais denominações evangélicas no Brasil, mostram
que Deus tem um plano especial para nós;
b) Nossa raça misturada também diz alguma coisa e
c) A aceitação quase universal do brasileiro, é um privilégio e uma responsabilidade.

Vocação Missionária
De acordo com o dicionário Aurélio, vocação significa:
1. Tendência;
2. Disposição;
3. Talento e
4. Aptidão.

Porém vamos ver as características mais evidentes que todo obreiro deveria aspirar, antes de sair ao
campo missionário, em outra cultura diferente da sua.

1. RELAÇÕES ECLESIÁSTICAS:
a) É um membro comprometido com uma igreja local;
b) Mantém um bom testemunho;
c) Sabe sujeitar-se a autoridade da igreja;
Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 1
2
d) Sabe compartilhar a tarefa missionária com a igreja;

e) Tem o respaldo da igreja para ir ao campo missionário;


f) Exerce um ministério aprovado por sua igreja;
g) Sabe manter a comunicação com sua igreja e
h) Sabe relacionar-se com outros corpos eclesiásticos.

2. ANTROPOLOGIA CULTURAL:
a) Está informado das etnias do país que pretende trabalhar;
b) Sabe respeitar outras culturas;
c) Tem experiência de missões a curto prazo e
d) Sabe adaptar-se a outras culturas.

3. RELAÇÕES INTERPESSOAIS:
a) Aplica princípios bíblicos a suas relações interpessoais;
b) Sabe comportar-se diante de conflitos interpessoais;
c) Busca relacionamento com outros que não são como ele;
d) Mantém uma atitude correta diante da crítica;
e) Sabe escutar os outros e responder apropriadamente;
f) Tem experiência e vivência comunitária e
g) Sabe relacionar-se em termos de intimidade.

4. COMUNICAÇÃO TRANSCULTURAL:
a) Conhece a cultura receptora;
b) Esta disposto a identificar-se com a cultura anfitriã;
c) Conhece o que é comunicação;
d) Sabe como controlar o choque transcultural;
e) Valoriza a todos por igual sem prejuízos raciais ou sociais;
f) Esta disposto a infiltrar-se em outra cultura;
g) Enfrenta os problemas da comunicação;
h) Sabe distinguir princípios bíblicos e costumes e
i) Detecta pontes de comunicação transcultural para evangelizar.

5. ORIENTAÇÃO LINGÜÍSTICA:
a) É disciplinado e perseverante;
b) Conhece técnicas de aprendizagem de idiomas;
c) Mostra disposição de aprender;
d) Sabe ser humilde e desinibido e
e) Sabe reconhecer seus erros.

Conhecimentos Bíblicos:
a) Está convencido de que a Bíblia é a Palavra de Deus;
b) Conhece e ama a Bíblia;
c) Conhece a interpretação bíblica;
d) Entende que a Bíblia contem a solução para a problemática da humanidade;
e) Sabe ensinar a Bíblia usando vários métodos;
f) Aplica a mensagem bíblica a si mesmo e a seu cotidiano;
g) Conhece as bases bíblicas com relação a missões e
h) Tem o hábito de memorizar as escrituras.

Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 2


3

Conhecimentos Teológicos:
a) Conhece a Deus, sua pessoa e sua obra;
b) Compreende a missão de Deus;
c) Conhece a doutrina e o plano da salvação;
d) Conhece a função e a missão da igreja;
e) Conhece o conceito e a projeção do reino;
f) Conhece as diferentes religiões e
g) Sabe defender a autenticidade e autoridade da Bíblia.

Apresentamos aqui, alguns pontos fundamentais a serem trilhados pelo vocacionado. Que possamos
estar conscientes de nossa responsabilidade missionária a fim de não envergonhar o evangelho de nosso
Senhor Jesus Cristo e que todas as nações venham a conhecer a Jesus Cristo como o SOBERANO DAS
NAÇÕES (1 Timóteo 6.13-16).

Evangelismo
“Porque o amor de Cristo nos constrange...” (2 Coríntios 5.14)
Todo o verdadeiro Filho de Deus, seja criança, jovem ou ancião deve possuir o desejo ardente de
ganhar almas para Cristo. O Mestre nos chamou para sermos “Pescadores de Homens”, “Arrebatadores de
Almas” e “Suas Testemunhas”.
Para cumprirmos a missão suprema, é necessário ter um conhecimento bíblico e usar na prática a
Palavra de Deus, de modo convincente e com autoridade do Espírito Santo. Paulo, o apóstolo aos gentios na
sua 2 Epístola à Timóteo, capítulo 2.4-15, nos dá uma síntese da grande responsabilidade que temos para
com as almas perdidas, e Nosso Pai Celestial, quando diz-nos: “Procura apresentar-te a Deus, aprovado,
como obreiro que não tem de se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.
Há um conhecimento profundo e prático dos métodos e técnicas na arte de Evangelismo Pessoal, os
crentes devem acrescentar o CALOR DO SEU CORAÇÃO, um sentimento de urgência em alcançar os
perdidos que será manifestado se for dado ouvidos à Palavra em 2 Coríntios 5.14,15 - “Porque o amor de
Cristo nos constrange... e Ele morreu por todos para que os que vivem não vivam mais para si, mas para
aquele que por eles morreu e ressuscitou” . Um coração cheio de amor a Cristo e incendiado pelo Espírito
Santo é a marca do verdadeiro ganhador de almas. Paulo estava transbordando desta maravilhosa verdade
quando disse: “Em nada tenho minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira e
o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do Evangelho da Graça de Deus” (Atos 20.24).
Finalmente, irmãos, só o GANHADOR DE ALMAS, cujo coração é um mar de amor, ardendo como
uma fornalha de ouro derretido, é que poderá subir, ora descer ao mais profundo abismo de corrupção, a fim
de arrebatar as almas do fogo. Que o Espírito Santo possa usar a Palavra de Deus, e que por meio DESTA,
muitos crentes possam ser cheios do Espírito, habilitados para o serviço do mestre e venham conduzir muitas
almas a Cristo.
Em Atos 18.9,10 - “... não temas, mas fala e não te cales, pois tenho muito povo nesta cidade” .

Provérbios 11.30

O EVANGELISMO PESSOAL - É o método que constitui a vanguarda das Boas Novas pelo qual os
crentes cheios do Espírito Santo tentam encaminhar os homens a Jesus Cristo, não apenas informando-os
que sem Jesus estão perdidos. Porém, os tornam cônscios de que precisam ser reconciliados em Deus e
recebam a adoção de filhos por Jesus Cristo como nos diz o Evangelho de João 1.12.

Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 3


4

O Evangelismo Pessoal salienta a realidade de culpa do homem e lhe mostra a sua necessidade de
salvação como está escrito em Lucas 19.10; Hebreus 2.3 ..., pois o Filho do Homem veio buscar e salvar o
que se havia perdido.
1. O Evangelismo Pessoal é o método mais frutuoso na grande comissão designada pelo DIVINO MESTRE -
João 15.16 o mesmo Jesus deu-nos o exemplo quando falou à Samaritana e com Zaqueu, com
Nicodemos, com Pedro, Filipe, Natanel e em muitas outras vezes deu-nos o exemplo do EVANGELISMO
PESSOAL.
2. “ELE” não somente praticou o Evangelismo Pessoal, mas também ordenou aos seus discípulos que
fizessem, isto está constituído nas palavras citadas em Lucas 10.1 ... “Enviou-os de dois em dois” . Sim
porque este é o método mais eficiente na gloriosa tarefa de ganhar almas.
3. Os discípulos no PENTECOSTES, valeram-se deste método de evangelização em todo o seu ministério.
Exemplo: Filipe e o Eunuco - Atos 8.26-40; Paulo - Atos 13.7; 16.13,14; 30-40

Os grandes Evangelistas da história contemporânea, quais sejam D.L. Moody, Finey e outros, foram
verdadeiros gigantes no Evangelismo Pessoal.
E Deus que em nós nestes dias, em que as comunicações, a conversa e o diálogo têm-se tornado
muito importante em todos os setores da vida, valha-nos DESTE MÉTODO para a conversão de preciosas
almas para o reino de Deus.
4. A Evangelização do mundo é tarefa suprema da Igreja e de cada crente em particular. Não é tão somente
dos pastores, os obreiros consagrados ao ministério da palavra, devem ganhar almas; “Porque quem
ganha almas, sábio é” - Provérbios 11.30

QUESTIONÁRIO

1) Que é o Evangelismo Pessoal? ___________________________________


2) Quem é o nosso máximo exemplo no Evangelismo Pessoal? (Dê exemplos)
___________________________________________________________
3) Como foi que ELE determinou no trabalho do Evangelismo Pessoal?
___________________________________________________________
4) Mencionar alguns discípulos que também praticaram o Evangelismo Pessoal.
___________________________________________________________

O Que é o Evamgelismo?
O dicionário define o Evangelismo assim: “Zelo em propagar o Evangelho” . No Novo Testamento o
Evangelismo pode ser definido da seguinte maneira: “O EMPREGO DA PALAVRA DE DEUS PARA TODOS
OS CRENTES, COM O SINCERO DESEJO NO CORAÇÃO DE GANHAR ALMAS PARA CRISTO, EM TODO
LUGAR, EM TODO TEMPO E POR TODOS OS MEIOS.”
Cada crente devia considerar o trabalho de Evangelismo Pessoal como uma honra e grande privilégio
que é lhe confiado a fazer pelo Seu Mestre. O crente devia reconhecer que não somente é grande privilégio,
mas também é a sua responsabilidade diante de Deus de testificar de Jesus às almas perdidas, e fazer tudo
ao seu alcance para trazê-las à salvação em Jesus Cristo. O verdadeiro crente tendo bebido da ÁGUA DA
VIDA que é Jesus, e tendo provado como é doce e bom servi-lo devia ter em si o ardente desejo de
encaminhar os outros a Eterna Salvação que só se acha em Cristo, o Filho de Deus.

Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 4


5
Os crentes, bem como as Igrejas de hoje, devem ser evangélicas e principalmente evangelísticas.
Não basta serem somente evangélicos. TÊM DE SER EVANGÉLICAS.

A Igreja Evangélica é como uma represa de água pura, quem quiser da água pura e gostosa, tem de
subir a rampa para chegar até onde a água está guardada.
A Igreja Evangelística também, como uma represa de água pura; mas esta tem encanamentos que
levam a água pura para a comunidade e às nações do mundo. Os encanamentos são os crentes cheios de
amor e compaixão pelas almas perdidas e cheios de poder do Espírito Santo, poder este que dá um ardente
desejo no coração do crente de trabalhar sem cessar para Jesus
Nós encontramos na Bíblia muitos versículos e passagens sobre as quais podemos buscar este
importante trabalho de ganhar almas para Cristo, como: Mateus 28.19,20; Lucas 19.10; João 4.20; 20.21;
Atos 8.4; 1 Pedro 4.10, etc.
Os mandamentos de Jesus acerca deste trabalho são explícitos:
1. “Ide portanto, fazei discípulos de todas as Nações.” (Mateus 20.19)
2. “Ide, por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda a criatura.” (Marcos 16.15).

Para quem Jesus falou estas palavras? Quem são os seus discípulos? Quem são os discípulos de
Cristo hoje, em nossos dias? Quando lemos estes versículos, devemos pensar e determinar para quem Jesus
estava falando quando disse: “IDE, EU VOS ENVIO”.
Certamente Jesus estava falando para todos os crentes (Seus discípulos) de todas as raças, tempos
e lugares.
Existem muitos meios de Evangelização:
1. Cultos públicos na igreja;
2. Campanha de Reavivamento;
3. Escola Dominical;
4. Escolas Veranais para Crianças;
5. Cultos dominicais para Crianças;
6. Cultos nos hospitais, nas cadeias, nos asilos e orfanatos;
7. Cultos ao Ar Livre;
8. Literatura Evangélica;
9. Evangelismo Pessoal;
10. Programas radiofônicos;
11. Cartas de Evangelização;
12. Campanhas de visitas de natureza evangelística;
13. Hinos especiais
De todos estes meios de Evangelização, o Evangelismo Pessoal é o meio que produz mais frutos
para o reino de Deus. A Igreja de Colosso não começou com um grande culto de avivamento sob a direção
do apóstolo Paulo, mas, sim, com o resultado fiel do testemunho e obra pessoal de um EPAFRAS.
O conhecido pregador e autor Dr. J. C. Peck, disse certa vez: “Se eu tivesse a certeza que me
restava somente dez anos de vida, e a condição do entrar no céu e ter a vida eterna, fosse ganhar mil ou dez
mil almas para Cristo, dando-me a oportunidade de escolher em ganhá-las pela pregação em cultos públicos
ou pelo Evangelismo Pessoal, ou escolheria sempre o EVANGELIMSO PESSOAL.

A Necessidade do Evangelismo
TODOS OS HOMENS SÃO PECADORES E PRECISAM DE UM SALVADOR
Romanos 3.23 Gálatas 3.22

CRISTO MORREU POR TODOS.


Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 5
6
Isaías 53.5 Mateus 11.28
2 Coríntios 5.14,15 1 Timóteo 2.6

TODOS NÓS TEMOS RECEBIDO. TODOS NÓS DEVEMOS DAR.


Mateus 10.6 João 1.16
1 Coríntios 9.19 1 Coríntios 9.22

ARREPENDIMENTO PARA TODOS OS HOMENS


Lucas 13.3 Atos 2.38
Atos 17.30 2 Pedro 3.9

A GRANDE NECESSIDADE DO BRASIL


1. As religiões;
2. O estado espiritual;
3. Os ensinamentos religiosos nas escolas públicas e
4. O interesse do povo em geral em religião.

“Obreiros do Senhor”
I
Obreiros do Senhor
Tu que és forte e valente, não desanimes;
Continues a trabalhar
Por onde andares, Cristo contigo está
Lutai, lutai, grande obreiro
Jesus te coroará (BIS)
II
Ceifeiros do Senhor
Olha a seara madura
A colheita se aproxima
Não podemos ficar parados
Foi Jesus quem mandou
“Ide” as almas ganhar
“Ide” por vilas e valados
O Evangelho anunciar. (BIS)
III
Não leves alforjes
Túnicas não deves levar
Com o pão não te preocupes
Alguém irá te dar
Assim é a vida do obreiro
Que na Seara trabalha
Só recebe seu salário
Quando lá no céu chegar. (BIS)

Visitação: A Alma do Evangelismo Pessoal


1- O Evangelismo Pessoal se pratica de diversas maneiras, segundo a orientação do Espírito Santo.
Mas a vida deste trabalho é a visitação de Casa e de LUGAR em LUGAR. É assim que se dá continuidade as

Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 6


7
obras que talvez tenham sido iniciadas no trem, no ônibus, na rua, etc. É impossível praticar Evangelismo
Pessoal sem um programa ativo de visitação, porque esse método de trabalho faz parte do plano de Deus.

2- O trabalho de visitação pessoal, começou no Éden, pelo próprio Deus (Gênesis 3.8) e continuou
através da história do Velho Testamento. Abraão foi visitado por Deus várias vezes; Moisés, Salomão,
Samuel, Elias e outros. Era o método por excelência de Deus para familiarizar seu povo com sua presença e
também com suas leis.
3- Passado o período da velha dispensação, Deus enviou Seu Filho para um programa mais intenso,
dar continuidade no trabalho de visitação ao seu povo. (Lucas 1.77,78) E assim sem trégua Jesus percorria
todas as cidades e aldeias. (Mateus 9.35) Visitou o lar dos irmãos: Lázaro, Maria e Marta; foi a casa de
Zaqueu, o publicano; á casa de Simão, o leproso; visitou a sogra de Pedro que jazia com febre e muitos
receberam sua benfazeja visita.
Findando o Seu Ministério terrestre deixou atrás de Si o eloqüente exemplo do trabalho pessoal.
Enfermos, atribulados, pecadores sem paz, etc. Ele os visitou deixando-lhes conforto e salvação. E, assim,
muitos foram curados, outros confortados e beneficiados de muitas maneiras.
4- Após seu glorioso ministério, antes de subir ao Pai, esclareceu aos seus discípulos na tarefa de
visitação pessoal, dizendo: Ide, pregai a toda a criatura, e sob os auspícios desta sublime ordem, saíram eles,
os servos do Senhor, por toda a parte, visitando, pregando e confortando o ânimo dos discípulos recém
convertidos. (Atos 14.21,22; 15.30-41) E Paulo ia também de casa em casa, (Atos 20.18-21) semeando a
palavra de Deus.

Precauções que Devem Ser Tomadas Antes de Iniciar o


Trabalho de Visitação Pessoal - Mateus 10.16
Pode ser um trabalho de inestimável valor, o “Ministério de Visitação Pessoal”, reveste-se das mais
variadas circunstâncias, as quais devem ser aproveitadas como oportunidades para ganharmos uma alma
para Jesus. Lembremo-nos que o texto chave para esta lição é Mateus 10.16.

Simplicidade e Prudência

Vejamos algumas das precauções que se deve tomar:


1- Evitar visitas em horários de refeições, salvo se houver prévia combinação para esse horário.
2- Não efetuar visita em local e horário de trabalho; nessas circunstâncias só se deve entregar
folhetos e formular rapidamente um convite para as reuniões, e combinar uma visita em local e horário
próprios.
3- Evitar o desperdício de tempo, com assuntos extras e profanos, os quais sejam esportes, políticas,
etc. Pode porém se aproveitar desses assuntos para entrar com a MENSAGEM DO EVANGELHO.
Exemplos: Ao político fala-se do reino de Cristo no Coração.
Ao esportista fala-se da “carreira” para ganhar a Taça Celeste, e assim
por diante. Veja-se os exemplos de João 4, Lucas 21, etc.

4- Faça tudo que sua visita seja “Angélica” e deixe a atmosfera do lar visitado impregnado do BOM
CHEIRO DE CRISTO, 2 Coríntios 2.15. Não demore; não fale mal de ninguém, não ralhe com as crianças.
5- Quando tiver de visitar presídios, hospitais, etc., procura-se sempre saber os regulamentos de tais
instituições e obedeça-os a risca. E, nunca se esqueça que O QUE GANHA ALMAS, SÁBIO É. (Provérbios
11.30).

Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 7


8
6- Não se sabendo o sistema da família, deve-se evitar ao menos nas primeiras visitas, visitar-lhes
quando aí só estiverem mulheres; salvo se o visitador for do sexo feminino.

Observação: Outros pormenores. O Evangelho ativo irá descobrir a medida que


for pondo mãos ao arado: PORQUE SÓ SE APRENDE A ARAR A
TERRA ARANDO O TERRENO. Ver o hino 394 - “Quem sua mão ao
arado já pôs”.

QUESTIONÁRIOS

1) Quais são as duas coisas indispensáveis no caráter da pessoa que se entrega ao Evangelismo Pessoal?
(De acordo com Mateus 10.16).
2) Quais são algumas das precauções que devem tomar na prática da visitação pessoal?
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
____________________________

Elementos de Sucesso na Arte de Visitação Pessoal


Para executar esse trabalho de maneira efetiva, precisamos:
1- TATO. Esta palavra tem as seguintes definições: diplomacia, jeito, discernimento, uma rápida
apreciação intuitiva de que é certo e próprio em qualquer situação. A habilidade de fazer e dizer o que é certo
de maneira que não ofenda as pessoas.
Bons exemplos no uso do TATO:
a) Cristo com os fariseus (Lucas 20.19-26);
b) Paulo perante o tribunal (Atos 23.1-17) e
c) Felipe e o eunuco etíope (Atos 8.26-29).

O talento não preenche o lugar do Tato. Todos os crentes podem possui-lo. Vem de Deus em
resposta à oração (Atos 13.9-10; Tiago 1.15; 1 João 2.29).
2- CONTATO. Definido como: O ato de exercer o sentido do TATO. Um encontro entre duas pessoas
ou mais pessoas. Um homem pode ter todo o tato deste mundo, mas sem contato, não tem valor.
CONTATO É TATO EM PRÁTICA: Pode ter a melhor isca na lata de pescar, mas não vai pegar peixe
enquanto não entrar em contato com os peixes. Um crente pode ter habilidade, jeito com outros e um bom
conhecimento da palavra de Deus, mas ele não entrará em contato com os incrédulos, então, nunca irá
ganhá-los para Cristo.
Primeiramente: CONTATO COM DEUS
Depois: CONTATO COM OS HOMENS
Carecemos de contato com Deus antes de termos contato com os homens. Um bom exemplo bíblico:
Jacó, Gênesis 32.
3- HABILIDADE. Definido como aptidão, capacidade, talento, um certo poder que consegue os fins
desejados.

Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 8


9
Precisamos habilidade em compreender os homens. Personalidades diferentes têm de ser tratadas
de maneira diferente. Circunstâncias, às vezes, determinam nosso tratamento da pessoa.

Precisamos habilidade no uso da Palavra de Deus. Felipe conhecia bem as Escrituras e podia
mostrar que Jesus é o Messias prometido no Velho Testamento. Outro bom exemplo: Jesus na Sinagoga.
(Lucas 4.17)
PRECISAMOS DESTA HABILIDADE PARA AS SEGUINTES FINALIDADES:
a) Mostrar aos homens pela Bíblia, que são pecadores. (Isaías 64.6; Romanos 3.16,17)
b) Apontar aos homens, Cristo, o Salvador do mundo. (João 3.16,17; 1 Timóteo 1.15)
c) Estabelecer os homens na Fé, e orientá-los na vida cristã. (1 Pedro 3.15; 2 Pedro 3.18)
PRECISAMOS DE HABILIDADE PARA FAZER PESSOAS DECIDIREM-SE POR CRISTO:
Isto é mais difícil do que muitos pesam; um peixe pode mexer com a isca, mas talvez não consiga
pegá-lo. Esta habilidade de convencê-los a decidirem-se por Cristo não vem de nós é dado por Deus. (1
Pedro 4.11)
4- APROVEITAR AS OPORTUNIDADES. Tempos e circunstâncias favoráveis, em todo lugar, tais
como: no ônibus, nas ruas, nos trens, nas lojas, no trabalho, nas escolas e outros lugares, devemos lembrar-
nos destes dois pontos:
a) Não forçar as oportunidades.
b) Não perder as oportunidades.
Neste trabalho de Evangelismo Pessoal, às vezes alguém pergunta: “Devemos falar de Cristo às
pessoas, somente quando nos sentimos comovidos a falar?” .
A melhor resposta a esta pergunto é: “Se nós estamos em constante comunhão com Cristo sentir-
nos-emos comovidos a falar de Cristo a qualquer hora que a oportunidade se apresente” .
5- UMA CONVICÇÃO ABSOLUTA DAS VERDADES ESPIRITUAIS. Tais como:
a) Que o homem está perdido.
b) Que Jesus morreu pelos perdidos.
c) Que fora de Jesus Cristo não dá salvação.
d) Que sem salvação em Jesus Cristo não é possível para o homem entrar no céu.
e) Que em Jesus todos podem gozar salvação e vida eterna.
f) Que pela Fé em Jesus, crendo e aceitando-O como Salvador, recebemos esta salvação, etc.
6- UMA FÉ INABALÁVEL. Nunca desanime. Confie somente em Deus. Faça a sua parte e deixe os
resultados com Deus. O que é impossível para nós é possível para Deus.
7- PACIÊNCIA ILIMITADA. Longanimidade sem fim. O ganhador de almas tem que suportar com
amor e paciência as contradições dos pecadores contra si próprios, pois seus argumentos são contra eles
mesmos. Entre os que aceitam a Jesus como Salvador, há homens insinceros que somente seguem a Cristo
pelo interesse dos “pães e peixes”. Há outros que se desviam do dia para outro. Quantas vezes Jesus
mandou perdoar aquele que peca contra nós? (Lucas 18.21,22)
8- EQUIPAMENTO ESPECIAL. De muita importância neste trabalho. Um bom conhecimento das
Sagradas Escrituras. Uma vida de oração e consagração. (Daniel 6.10; Marcos 1.35; Atos 9.10)

Como Tratar Aqueles a quem Falamos Acerca


de Sua “Condição Espiritual”

Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 9


10
Os grandes embaraços no trabalho de Evangelismo Pessoal são as objeções apresentadas por
pessoas que não estão interessadas no assunto. Outros são interessados, mas se embaraçam com algumas
coisas. Abordaremos nestas aulas seguintes, algumas das principais objeções, dificuldades e suas viáveis
soluções.

1) EU ME CONSIDERO BOM. NÃO PRETENDO MUDAR DE RELIGIÃO .


Em relação ao assunto em questão, que é a salvação da alma, assunto diretamente ligado a Deus,
ninguém é BOM. (Isaías 64.6; Marcos 10.18; Romanos 3.23)

2) QUALQUER RELIGIÃO SERVE.


Das características de uma boa religião, destacamos uma delas: guardar-se da corrupção do mundo é o
que o Espírito Santo requer de cada um. (Ezequiel 18.31; Tiago 1.27) Temos alguns exemplos bíblicos: O
moço rico (Marcos 10.17-22); Nicodemos (João 3); Cornélio (Atos 10). Entre outros casos bíblicos,
revelam-nos pessoas boas como você, que precisaram aceitar Jesus, porque lhes faltavam alguma coisa.

3) AH, PARA SER SALVO NÃO PRECISA IR A IGREJA.


Sim, ir ao templo não salva ninguém, mas quem é realmente convertido a Cristo, deseja estar nas
reuniões da Igreja, junto com seus irmãos. (Salmos 133; Atos 2.44; Hebreus 10.25; 1 João 1.3,7).

4) SOU MAU ELEMENTO E DEUS NÃO QUE PECADOR ASSIM.


Leia Isaías 1.18 e João 3.16. Deus não faz acepção de pessoas que se arrependem. (Atos 10.34;
Romanos 2.11), e onde abundou o pecado superabundou a graça. (Romanos 5.20).

5) AGORA NÃO. ME DECIDIREI MAIS TARDE.


Você disse: “Mais tarde...” Mais tarde sempre é tarde, e está escrito que os que de madrugada buscam
ao Senhor O acham. (Provérbios 8.17) Hoje, disse o Senhor, é o dia da salvação (2 Coríntios 6.12 e o
amanhã nos é muito incerto (Provérbios 27.1).

6) NÃO TENHO TENDÊNCIA RELIGIOSA.


A insensibilidade é um grande perigo em todas as atividades da vida. 1 Timóteo 4.2, principalmente nas
coisas espirituais.

7) NO FIM DO MUNDO SEREI SALVO; DEUS NÃO CONDENA NINGUÉM...


Mas Deus pela atitude do pecador rebelde, condena-o pela sua maneira de proceder para com a Palavra
de Deus. (Ezequiel 18.32; Mateus 12.27; João 3.17-19; 12.47; 2 Pedro 2.4-9).

8) JÁ ESTOU NO FIM DA VIDA... NÃO SIRVO MAIS...


Enquanto há vida, há esperança. Antes da sepultura, muita coisa pode realizar. (Eclesiastes 9.10)

9) MEUS AMIGOS E COLEGAS ME DEIXARÃO SE EU ME TORNAR CRENTE .


Lucas 12.16. Os verdadeiros colegas são os irmãos em Cristo. (Salmos 1.1; Provérbios 24.1,2; Marcos
10.29,30 e 1 Coríntios 15.33). Os mais chegados amigos e parentes e mesmo os pais, podem abandoná-
lo, mas Cristo, o fiel amigo, jamais. (Salmos 27.10; Isaías 49.15; Mateus 12.46).

10) NÃO SER LER...


Lamentamos isto, mas alguém de sua casa sabe? Certamente. A Bíblia deve ser o livro da família, os
que sabem ler, leiam-na e os demais ouçam reverentemente e todos serão edificados nas verdades
divinas. (Lucas 11.28; Apocalipse 1.3)

11) NÃO TENHO TEMPO PARA LER.


Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 10
11
A sétima parte do nosso tempo pertence a Deus. Deus nos deu seis partes e reservou somente uma
parte para ELE. (Êxodo 20.9-11; Salmos 90.12) Não desperdicemos o tempo de Deus. Daí a César o que
é de César e a Deus o que é de Deus. (Mateus 22.21)

12) NÃO TENHO DINHEIRO PARA COMPRAR UMA BÍBLIA AGORA .


Fique com o livro sem compromisso, leia-o e voltares breve para falarmos sobre o seu conteúdo.

13) SUA BÍBLIA É PROTESTANTE OU CATÓLICA?


A Bíblia, como Palavra de Deus, é mais antiga do que o Catolicismo, o Protestantismo ou qualquer
filosofia humana. Entretanto, é realmente um livro Protestante, porque apresenta os mais severos contra o
pecado. (1 Timóteo 1.9,10) Mas ela, a Bíblia, é católica, porque é Universal: está no Céu e na Terra e em
toda parte, por ser a Palavra de Deus.

14) SUA BÍBLIA NÃO É APROVADA PELA IGREJA.


Não, porque é a Bíblia que aprova a Igreja e não a Igreja a Bíblia. Pela doutrina contida na Bíblia, pode-
se avaliar se uma Igreja é falsa ou verdadeira. (João 12.43)

15) LEIGO NÃO PODE LER A BÍBLIA.


Perguntamos: Você é criatura de Deus? Qual o filho que não tem direito de ler a carta de seu pai? A
Bíblia é a carta de Deus, o Pai Celestial, destina-se aos seus milhares de filhos aqui na terra. (Romanos
15.4; 2 Timóteo 3.14-17)

16) A BÍBLIA FOI ESCRITA POR HOMENS.


Todos os livros do mundo foram escritos por homens e foram escritos para serem lidos. Porém a Bíblia
tem a Inspiração Divina. De sorte que quando o fizeram sob a Revelação de Deus (2 Pedro 1.19-21). A
prova está, no fato de que ela, a Bíblia é um livro contra a bebedice, o roubo, a mentira, a incredulidade,
etc. Alguém disse: A leitura da Bíblia me afasta do pecado ou o pecado me afasta da leitura da Bíblia.

17) A BÍBLIA NÃO É O MELHOR LIVRO.


Qual é, então, o melhor livro, e o que tem feito pela regeneração da humanidade? Onde está o criminoso
que foi recuperado pela gramática, pela matemática, ou pela física? Mas, mulheres recuperadas, homens
e lares inteiros transformados, podemos apontar aos milhares, em todo o mundo e dezenas ao nosso
redor, pela simples leitura prática da Bíblia Sagrada. (Salmos 119.11)

18) O PAPEL ACEITA TUDO.


É verdade, o papel aceita tudo, é como o coração humano. Isto é devido ao livre arbítrio que vem de
Deus. E por que o papel nunca recusou nada é que a Palavra de Deus foi nele também escrita. Algumas
pessoas têm aceitado tudo em seus corações e porque não aceitar também de bom grado a Bíblia?
(Provérbios 7.1,3; 2 Coríntios 3.3).

19) EU NÃO CREIO EM DEUS.


Você quer ser ateu com a Bíblia ou sem ela? Sem a Bíblia? É claro que você tem receio de que o Santo
Livro o tire do ateísmo. Quem quiser permanecer ateu não deve mesmo ler esse livro. Porém, tenho aqui
uma mensagem para você: Deus fala por seu dileto filho Jesus Cristo. Leia João 11.25.

20) A BÍBLIA DE VOCÊS É FALSA. FALTAM-LHE SETE LIVROS .


Apraz-nos informar que em recente resolução de uma comissão de padres, ficou resolvido que a Igreja
Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 11
12
Católica Romana aceitaria a Bíblia Protestante como verdadeira. Se em uma cesta houver 73 laranjas e 7
das quais forem retiradas as 66 restantes ficarão imprestáveis?

21) NINGUÉM SEGUE COMO ESTÁ ESCRITO NA BÍBLIA.


A leitura Bíblica é uma escola. Adquirir a Bíblia é matricular-se na Escola Divina. Você sabe é melhor o

aluno rude na escola que o muito inteligentes fora dela. Você conhece tudo sobre os crentes? Todos eles são
maus crentes?

22) NA BÍBLIA HÁ MUITAS DISCORDÂNCIAS.


Peça-lhe para mostrar algumas. A Bíblia é o livro mais harmonioso que existe. O que acontece é que a
mente humana em seu estado carnal é incapaz de entender as coisas do Espírito de Deus. (1 Coríntios
2.13-16)

23) LEIO A BÍBLIA MAS NÃO ENTENDO.


Leia o Salmo 119.18. Como é que o aluno aprende? Perguntando ao Mestre. Pergunte ao Mestre Divino,
autor da Bíblia e ELE lhe revelará o que for necessário. (Tiago 1.5,6)

24) MAS... COMO PODEREI SABER A VERDADEIRA RELIGIÃO ?


Não confunda religião com Igrejas. Todas as Igrejas Evangélicas são agências de Deus, para difusão do
seu Santo Evangelho. Porém, o caminho para o céu, é somente Jesus Cristo. O Senhor Jesus é o
personagem central da Bíblia, em todo seu poder, graça e bondade.

O DESVIADO

1. Procure saber ou achar a razão porque se desviou:


a) Mau tratamento ou inconsistência dos crentes;
b) Ligação com o mundo que não quer quebrar; e/ou
c) Falta de cuidado com a vida espiritual.

2. As duas classes de desviados são:


 ARREPENDIDO. Aquele que gostaria outra vez de receber o perdão de Deus e conhecer a paz no
coração como antes.
a) Mostrar a bondade e misericórdia de Deus para o pródigo. (Jeremias 3.12,13; Lucas
15.11-24);
b) Mostrar que Deus quer que o pecador volte e só pode do mesmo a confissão dos seus
pecados. (2 Coríntios 7.14; 1 João 19.);
c) Dar algumas instruções de como permanecer firme na vida cristã. (2 Coríntios 9.8-10).
Oração, leitura bíblica, testemunho e trabalho na causa de Deus, fiel assistência aos
cultos.
 ARROGANTE. Aquele que não está arrependido e está agora completamente indiferente às
coisas espirituais.
a) Mostrar o perigo de seu pecado presente. (2 Reis 11.9; Jeremias 2.13,19; Amós 4.11);
b) Mostrar qual é o julgamento de Deus para com aqueles que se desviam e não se
arrependem. (Hebreus 10.6-31).

O CATÓLICO

Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 12


13

Necessitamos conhecer bem os argumentos e crenças da Igreja Romana. As diferenças entre a


Igreja Protestante e a Igreja Romana estão nos meios pelos quais a graça de Deus é dada aos homens.
1. O CATÓLICO CRÊ QUE: Somente podemos receber a graça de Deus pela orientação da Igreja Romana
(Católica).

2. O PROTESTANTE CRÊ QUE: Recebemos a graça de Deus pela Fé individual em Cristo.

TRÊS COISA A LEMBRAR QUANDO TRATAR COM OS CATÓLICOS:


1. Nunca criticar ou desprezar a religião deles;
2. Mostrar muita cortesia e amor para com eles e
3. Usar se possível, uma Bíblia Católica, e mostrar as referências bíblicas nela.

COMO TRATAR COM OS CATÓLICOS:


1. Perguntar se eles gozam de certeza da salvação em Cristo.(João 3.36; 5.24; Atos 13.38,39; Romanos
8.14; 1 João 1.19; 5.13) Ele poderá saber já nesta presente vida:
a) A certeza dos pecados perdoados;
b) De possuir a Vida Eterna e
c) Alegria e paz em servir à Cristo.
2. Mostrar a necessidade do Novo Testamento:
a) Mostrar a diferença nas Escrituras entre o batismo e regeneração (Atos 8.9-24; 1 Coríntios 4.15; 2
Coríntios 5.17);
b) Definir para ele o que é regeneração. (João 1.12; Romanos 10.9,10; Gálatas 6.15; 1 João 5.1,4; 1
Pedro 1.23);
c) As evidências e sinais em nossas vidas, de novo nascimento:
 Vencemos o mundo (1 João 5.4);
 Amamos os salvos e os caminhos do Senhor (1 João 3.14) e
 Vencemos o pecado (1 João 3.9).
d) Mostrar que confirmação ou reforma não é regeneração. (Mateus 7.21-23; Lucas 11.24-26;
13.25,26);
e) Mostrar a necessidade de verdadeiro arrependimento. (Provérbios 28.13; Isaías 55.7; Jonas 3.10;
Atos 4.12; 1 Timóteo 2.5) Estes trechos mostram-nos claramente como e a quem devem ser feitas
as nossas confissões e
f) Encorajar o católico a ler a Bíblia.

PONTOS A SEREM CONSIDERADOS NA DISTRIBUIÇÃO DE FOLHETOS:

1) Conhecer o folheto e sua mensagem;


2) Entregá-lo com atitude de interesse;
3) Não insistir para que alguém o tome;
4) Manter-se calmo e com atitude de alerta;
5) Não discutir com ninguém;
6) Se alguém jogar fora o folheto, tornar a ajuntá-lo e
7) Oferecer o folheto com um sorriso sincero e com as seguintes palavras: “BOA TARDE, QUERO
OFERECER-LHE”:
a) Uma mensagem importante;
Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 13
14
b) Algo de importância para sua vida;
c) Um recado de Deus;
d) Um pequeno folheto que explica o caminho da Eterna Salvação.
8) Dar o folheto carimbado preferencialmente com o carimbo contendo o endereço da Igreja local.
9) Conhecer como guiar uma alma a Cristo.

OCASIÕES PRÓPRIAS PARA DISTRIBUIÇÃO DE FOLHETOS


1) Cultos ao ar livre;
2) Trabalhos nas ruas e praças;
3) Deixá-los nos carros e portões;
4) Em visitas evangelísticas nas casas;
5) Trabalhos de Evangelismo Pessoal;
6) Em viagens de ônibus ou trens;
7) Nas portas de Igrejas e
8) Nas cartas de Evangelismo.

VERSÍCULOS A SEREM DESTACADOS (GRIFADOS) QUANDO ENTREGAR UM DOS EVANGELHOS

MATEUS MARCOS LUCAS JOÃO


1.21 2.17 1.78,79 1.12
6.24 4.3-8 2.11 1.29
6.33 8.36,37 4.18 3.3
7.13,14 10.28-30 5.31,32 3.16-18
7.21 13.31 6.47-49 3.36
11.28-30 14.20 8.5-15 5.24
16.26 16.15,16 9.23-25 5.28,29
24.35 16.6 12.16-21 6.35,37,47
25.13 12.40 8.32,36
28.5-7 16.13 10.9,10
18.28-30 11.25,26
19.10 14.16
21.33
24.46,47

CERTAS PASSAGENS QUE DEVEMOS CONHECER BEM E ONDE ENCONTRÁ-LAS NA “BÍBLIA”


1) Os dez Mandamentos (Êxodo 20; Deuteronômio 5);
2) O Sermão da Montanha (Mateus 5, 6, 7);
3) Oração do PAI NOSSO (Mateus 6; Lucas 11);
4) A Grande Comissão (Mateus 28);
5) O plano da Salvação:
a) Isaías 53.4,5; João 3.16; 5.24; Romanos 5.8.
b) Atos 2, 8, 9, 10, 11.
6) Passagens claras acerca da FÉ:
a) Fé: Romanos 5.1,2; Gálatas 3.22,23;
b) Arrependimento: Atos 2.38; 319; 2 Pedro 3.9;
c) Confissão: Provérbios 28.13; Romanos 10.9,10; 1 João 19;
d) Batismo: Mateus 3.13-16; Marcos 15.16; João 3.22,23; Atos 2.38;
e) O nome Cristão: Atos 11.26;
f) A Ceia do Senhor: Lucas 22.13-20;

Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 14


15
g) Oração: Salmos 5.2; Isaías 45.20-22; Lucas 19.1; 11; Efésios 6.18.
h) A Obra do Espírito Santo: Lucas 11.13; Atos 2.38;
i) Mordomia: Malaquias 3.10; Lucas 6; 1 Coríntios 9.7,14;
j) Promessa aos pacientes: João 3.16; 5.24; 6.36; 1 João 7-9;
k) Aviso aos incrédulos e desobedientes : Provérbios 27.1; Mateus 7.13,14; 21.23; Marcos 8.36,37;
João 3.18, 36; 5.28,29; Romanos 6.28; 2 Coríntios 5.10; 1 Tessalonicenses 1.7-9; Hebreus 9.27;

l) Conforto aos desolados: João 11.25,26; 1 Coríntios 5.1; 15.51-57; 2 Coríntios 5.1;
m) Cura Divina: Isaías 53.4,5; Mateus 8.16; Tiago 5.13-15;
n) Arrebatamento da Igreja: 1 Tessalonicenses 4;
o) A Segunda Vinda do SENHOR: Apocalipse 1.7.

AUTOR JOÃO JAYME IGNÁCIO


Revisado por Othoniel Rodrigues

Rua Padre Adelino, 700 – Belenzinho – SP – SP. CEP: 03303-000  3315-0986 B 15